Ecologia EUA Governamental/Legal Tesla

EUA: Elon Musk abandona conselho presidencial após saída de Paris

elon-musk EUA: Elon Musk abandona conselho presidencial após saída de Paris

Elon Musk, CEO da Tesla, deixou o conselho presidencial do governo americano. Após o anúncio de Donald Trump em Paris, o executivo cumpriu a ameaça que havia feito anteriormente, caso os EUA saíssem do Acordo de Paris sobre mudanças climáticas.



Musk vem dizendo que as mudanças climáticas decorrentes da emissão de CO2 são um problema real e que a saída dos EUA será um prejuízo para o país e o mundo. Defensor da energia solar como alternativa ecológica e sustentável.

Já o governo Trump quer aliviar a pressão ambiental sobre combustíveis fósseis. A ideia é negociar um retorno no futuro ou simplesmente deixar a posição dos EUA como agora. Para a Tesla, realmente é incompatível manter uma relação com a administração que segue na direção oposta ao que a empresa prega.

Para o presidente americano, os EUA estão muito limitados por regras ambientais, enquanto a China ainda pode construir usinas termelétricas movidas a carvão. Ele quer regras mais justas para beneficiar os americanos. Já o país asiático possui as cidades mais poluídas do mundo e agora corre contra o tempo para encher as ruas de carros elétricos, embora sua matriz energética seja de fato baseada no carvão.

A saída dos EUA do Acordo de Paris irá demorar quatro anos, tempo suficiente para que Trump possa manter o assunto em pauta na próxima campanha eleitoral. Criado em dezembro de 2015, o acordo COP 21 da ONU prevê que os países membros reduzam o ritmo das emissões de CO2 para que o aquecimento fique abaixo de 2°C, buscando o limite de 1,5°C.

[Fonte: Auto Plus]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend