EUA: Picape elétrica da VW é “a chance de uma vida”

tanoak

Parece que agora a Volkswagen está convencida de que uma picape elétrica é “a chance de uma vida” no mercado norte-americano.


Scott Keogh, CEO da VW nos EUA, disse que uma picape elétrica é a oportunidade única da marca se fixar no principal segmento do mercado americano.

Keogh disse: “Acho que é a chance de uma vida neste segmento porque a eletrificação dá a você um momento de redefinição. Dá a chance de trazer algumas, digamos, alternativas e algumas novas ideias para este grande segmento”.

No entanto, para quem já está esperando um produto pronto, Keogh dá um gelo: “É algo que estamos analisando ativamente, mas nada para realmente relatar agora”.

A eletrificação se tornou a oportunidade para muitas empresas entrarem no segmento de picapes, altamente dominada por GM, Ford e Stellantis, tendo ainda Toyota, Nissan e Honda em menor grau.

Com a Rivian liderando as startups de picapes, o mercado americano vai se adaptando com ações das próprias fabricantes tradicionais.

Ford F-150 Lightning, Chevrolet Silverado EV, GMC Sierra EV e RAM 1500 EV são propostas para mudar a realidade a partir dos modelos mais leves entre as grandes.

Como é um segmento bem tradicional, até mesmo as Big Three rodam com cuidado sobre gelo fino, buscando mostrar que, apesar de serem elétricas, estas picapes continuam tão ou mais funcionais que as comuns.

Além disso, para torná-las mais versáteis, disposições e arranjos únicos são inseridos para tornar a vida do proprietário melhor e com um adicional importante.

Tendo capacidade para alimentar residências por alguns dias, em caso de blecautes, algo muito comum nos EUA, as picapes elétricas são agora vistas com outros olhos, até em estados tradicionalistas, como o Texas.

Para a VW, integrar soluções como essa, pode fazer a diferença adiante, num mercado de picapes elétricas mais diversificado, ampliando as chances de fixar seu assento na região.

[Fonte: Business Insider]

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.