*Featured Lançamentos Mitsubishi Preços Sedãs

Exclusivo: Mitsubishi Lancer 2016 chega com novas versões e multimídia com tela plana

mitsubishi-lancer1-700x365 Exclusivo: Mitsubishi Lancer 2016 chega com novas versões e multimídia com tela plana

O Mitsubishi Lancer 2016 chegará muito em breve e com novidades. A primeira alteração é em relação à nomenclatura das versões, que passam a ser HL, HLE e GT, além da versão de entrada sem nome, que dispõe de transmissão manual. A versão GT AWD deixa de ser oferecida.



Visualmente, o Mitsubishi Lancer 2016 terá o para-choque dianteiro com laterais remodeladas, mas preservando os faróis de neblina. Outro ponto de destaque é a parte central da grade na mesma cor do carro, bem como frisos cromados. As lentes dos piscas passam a ser transparentes.

O Mitsubishi Lancer 2016 mantém as mesmas rodas de liga leve e passa a oferecer nas versões MT, HL, HLE e GT, uma nova multimídia com tela plana chamada Black Glass. Ela tem 7 polegadas e é sensível ao toque. Nas versões MT e HL há um sistema de áudio com rádio/DVD/CD/VCD/MP3/Mini SD Card/USB/Bluetooth.

Já nas opções HLE e GT, o dispositivo vem com navegador GPS e mais de 5.400 cidades mapeadas, bem como a função DIS, que incorpora acelerômetro, aceleração lateral, bússola, inclinação frontal e altitude. A imagem no alto é ilustrativa, mas é exatamente igual ao carro que será oferecido aqui, exceto as rodas. Detalhe: Trata-se de um Lancer 2008/2009 nos EUA.

Confira abaixo os preços de cada versão do Mitsubishi Lancer 2016:

• Lancer 2016 2.0 MT – R$ 68.990
• Lancer 2016 2.0 HL CVT – R$ 73.990
• Lancer 2016 2.0 HLE CVT – R$ 85.490
• Lancer 2016 2.0 GT CVT – R$ 89.490

COMPARTILHAR:
  • oloko

    Pelo menos a GT diminuiu de preço(?) porque era quase 100 conto né?

    • b.c

      100 mil era a awd.

      • 4lex5andro

        esse lancer, por fora, parece mudar muito pouco ..

        nada alem de um arremate no parachoque dianteiro e um boleamento bem sutil na coluna c ..

        • !Marcelo Surf!

          A coluna C não mudou

    • EuMeSmObYmYsElF

      não diminuiu de preço. só perdeu a versão awd

      • Pietro

        AWD que era bem interessante…

      • iCardeX

        E essa era a que oferecia o ESP e o TCS.

        • oloko

          Po vai dizer que essa de 90 conto não tem ESP?

    • Gran RS 78

      Não diminuiu, e sim perdeu a versão AWD. Na verdade a versão de entrada subiu mil reais, pois era oferecida por 67.900,00.

    • Estava entre ele, civic e cruze. Optei pelo cruze por ter o melhor interior e ser o mais em conta dos completos e com mais equipamentos de série.

      • Fábio Dantas

        Foi a mesma dúvida que eu e minha mãe tivemos quando escolhemos o carro dela, em 2012. Acabamos fechando no Cruze LT, por temor de manutenção cara. Acabou que, por coincidência, o irmão dela comprou um GT AWD, que nos mostrou que seria um medo bobo (causado pelo Cerato que ela tinha antes, que tinha manutenção caríssima e um motor lixo). A manutenção custou o mesmo e o seguro, idem, além de ser um excelente carro. Não que o Cruze não seja, mas ele não ficaria atrás se fosse a escolha. Se não me engano, ele ficou com o carro um ano e meio, rodou bastante e vendeu bem satisfeito, na troca em uma MB A200 (que ele não gostou hahaha)

        • Cruze ainda acho a melhor escolha, na casa dos 78.000,00 que paguei na época, agora a versão nova está os absurdos 90.000,00. Uma coisa que fiz foi pintar o interior de preto fosco, ficou top. (console central, rodas e retrovisor)

      • beto

        Boa escolha!

  • Bruno Silva

    Acho q a foto não tá certa não. Enfim, poucas alterações para um carro lento e defasado. A Mitsubishi demora muito, muito mesmo para atualizar seus carros. a Pajero Full, Lancer, TR4 (saiu de linha), tudo desatualizado perante a concorrência. O ASX está envelhecendo, ao passo que rivais lançados na mesma época já estão trocando de geração.

    • Netovski

      O que vende no Brasil é design, e desconfio que ainda não tem sedã que bata o visual do lancer em termos de esportividade nessa faixa de preço.

      • Bruno Silva

        Por essa lógica então, o Lancer deveria vender bem, não?

        • GPE

          Correto!

          • Eduardo Brito

            O problema da Mitsubishi aqui no Brasil é que ela não tem presença no mercado, contado com poucas concessionárias.

        • Luciano J

          Totalmente incorreto, pois corolla vende bem porque é Toyota e blá blá blá, civic idem, cruze e focus tradição das marcas no Brasil e numero de revendas enorme, já a mit além de não ter tradição em carros no país, não se preocupa em marketing e sua rede é minuscula perante aos concorrentes mais bem posicionados no mercado. Resumindo, mesmo vendendo pouco, não se pode afirmar que uma carro não é esportivo e ou tem um design mais interessante do que os concorrentes.

          • Fábio Dantas

            Ao menos quando avaliei o carro, para minha mãe, tivemos receio exatamente da rede de concessionários, por conta da manutenção. Infelizmente, carro acaba sendo um fator considerável no orçamento de famílias “normais”, ou seja, precisamos avaliar custo de compra, custo de manutenção, depreciação, etc. E a divulgação deste tipo de fator pela Mit é meio deficitária. Acaba que um baita carro fica escondido na falta de divulgação de venda e pós-venda.

      • Ricston

        Eu não acho o Lancer feio de forma nenhuma, mas, por outro lado, este design datado de 2008, praticamente sem alterações, já deu para mim. Acho que, em termos de design, há outros carros mais interessantes, na categoria dele.

        • Marcelo Amorim

          Só que a presenca de poucos Lancer na rua ainda o deixam bem exclusivo,particularmente acho muito atraente ainda.

      • gpalms

        Visual esportivo ele tem… Mas o problema desse carro sempre foi a relação peso/potência, e consequentemente o consumo, um pouco acima da média.
        Além disso, o acabamento é simples, espartano.
        Como consumidor isso que me chama a atenção…

      • CorsarioViajante

        O Lancer tem cara de esportivo… De uns dez anos atrás. Hoje já está quase caricato, é o típico “carro japonês esportivo que fazia sucesso no video-game”.

      • Vattt

        Esse da foto não me parece nada esportivo, e a versão com rodas maiores, spoilers e aerofólio ficam bem acima da faixa de preço. que dá espaço para outros esportivos mais apimentados.

    • duhehe

      A ASX é muito cara pelo que é, e gasta uma gasolina que da MEDO !

      TIvemos por um breve periodo de tempo uma TR4, ou vendia a TR4 ou entrava em sociedade com o posto de gasolina.

      • Marcelo Amorim

        Tive um Full 3.0 V6 e um amigo uma TR4,o consumo delas era praticamente o mesmo,apesar da Full ser maior e motor maior.

      • CorsarioViajante

        Sempre que eu vejo o V6 flex da mitsubishi fico pensando em qual será o consumo.

        • José Eduardo D’Acampora Guazzi

          5/6 km/l não chega a ser consumo, é sociedade com posto.

    • oloko

      E uma coisa que notei quando procurei lancer usado na internet, é que se acha muuitos modelos com baixissima quilometragem, muitos mesmo, acho que quem compra não gosta muito do carro e já o vende, esses dias fui em uma css ford e vi um lancer gt para vender com 4 mil km, o ex dono tinha trocado num fusion…

    • Fernando Sade

      Lento???? Você deve estar comparando com um Porsche ou uma Ferrari. Motor Mivec 2.0 de 160cv e 20mkgf de torque. Tá certo que é piada comparado com as versões turbo do Lancer mas mesmo assim é um 2.0 aspirado de respeito.

  • RicRB

    Será que a Mitsubishi conseguiu resolver o problema de superaquecimento do câmbio Cvt??! Relato bem comum pelos donos do Lancer…..
    A Mitsubishi tem fama de peças de reposição caras…. talvez, uma das explicações do Lancer ter vendas tão tímidas… será que uma mudança nas nomenclatura as versões serão suficiente para ter alguma repercussão em termos de vendas??!
    Ps: Pena o Lancer Evolution ter chegado ao fim…

    • Gustavo73

      Pelo que o pessoal fala, colocar um radiador de óleo no câmbio seria o suficiente.

    • alexandre

      Lancer aqui no Brasil tem vendas tímidas pois quem procura um Lancer quer câmbio manual ou automático de verdade. A versão manual é muito capada, afastando compradores. Nas versões completas, somente CVT… Aí fica difícil vender…

  • Carlos Cardoso

    Como assim, “tela plana”??? Esse carro tem o design dos anos 90. Como o Bruno Silva falou, a Mitsubishi demora muito a atualizar. Acredito que das “grandes” é a que tem a linha mais defasada de todas. As novas gerações parece que ainda vão demorar.

    • Gran RS 78

      Concordo, mas os modelos são vendidos tbm em mercados desenvolvidos. O Lancer, ASX, e Pajero Full, são defasados, mas estão sendo vendidos no Brasil e em outros países com o mesmo desenho.

    • Milton Baptista

      Existe multimídia de tubo?

      • Clark Kent

        Exatamente… Existe multimídia sem tela plana?

        • Alessandro Lagoeiro

          Já estamos na era de tela curva!

  • GPE

    Ficou mais feio. Muito mais

    • heliofig

      De acordo. Piorou…

    • Davi Millan

      A grade Jet Figther com o interior preto era o legal do carro e o que dava a sensação (só sensação mesmo) de esportividade. Agora nem da pra chamar aquilo de grade tipo Jet Fighter assim como aconteceu com o ASX.

    • Doccar

      Piorou e muito. Parece ter voltado uns 15 anos no desenho.

  • Rubens

    Mesmo sabendo que o lancer é uma das piores opções de compra. Eu tenho vontade de ter um MT. Deve ser algo relacionado a adolescência …
    Mas só vontade mesmo… Não compraria…
    Talvez um usado pouco rodado na faixa do 50 mil poderia pensar… Branquinho com roda preta! Ta desatualizado, mas o carro é bonito vai..

    • motstand01

      Comentei isso com alguém uma vez. De vez em quando eu me pego com muita vontade de comprar um Lancer. Mas basta refletir 2 minutos pra entender que essa vontade é inconsciente e vem do que a Mitsubishi era na década de 90, com os carros sensacionais que fazia, como Eclipse, 3000GT, Galant e o próprio EVO. Pois hoje, os carros da Mitsubishi são, em sua maioria, defasados e sem graça, essa é a verdade. Nesse contexto, o Lancer, especialmente no visual, é um dos poucos Mitsubishi que ainda remete um pouco àquela época de ouro, por algum motivo, talvez visual, talvez pelo nome. Mas é tão antiquado que não justifica a sua compra como 0km por esses preços. Talvez como usado, mais barato, até valha.

      • Rubens

        Perfeito! E isso mesmo.

      • Andre Cupertino

        Foi só começar a fabricar aqui que a Mit virou essa múmia.

  • Junoba

    Esse é o preço de ´´fachada“da Mitsubishi. Se caso não for pago a vista, eles devem acrescentar até 5k~7k a mais no preço do carro. Ano passado tinha um AUT 13/14 que estava encalhado, por 79k aqui na minha cidade. Cobram ágio até assim.

  • Filipo

    Takáru, né?

  • Junoba

    Sobre o modelo da foto, o atual vendido por aqui, também possui a grade frontal diferencada:

    • 4lex5andro

      carros identicos ..

      de fato, somente o arremate sobre o farol de neblina, no modelo nacional é menos contundente ..

  • Fabio Marquez

    Esse carro é tão empolgante que eu dormi enquanto lia sua extensa lista de novidades…

  • pzl

    Reunião na Mitsubishi BR:

    – Bom dia amigos, o que precisamos fazer para destruir ainda mais a marca Mit e afundar ainda mais as vendas do Lancer?
    – Já sei! Usem o parachoque horrível do Lancer ES americano, diminuam o aro, continuem a não inserir um controle de estabilidade no projeto e nenhuma outra inovação.
    – Vamos dividir em 4 versões! E oferecer o GT agora com retrovisor fotocromico, que é uma tecnologia que foi usada em Monzas de série, mas nós precisamos vender como a última novidade da NASA
    – Não esqueçam dos preços! R$ 90.000! Pois com certeza não chegaremos nem perto do Golf, Corolla, Jetta, A3.
    – ÓTIMO! Parabéns pessoal! A fábrica de Catalão fechará no próximo ano se continuarmos assim.

    • José Luís

      kkkkk excelente!

  • Gustavo73

    Esp? Mais Airbags nas versões intermediárias? Não, coloca uma tela inventa um nome “bonito” para ela e pronto. Nem mudar o desenho das rodas eles mudaram. Algo que acontecia a cada dois anos nos ano oitenta.

    • iCardeX

      Ainda estou tentando entender o destaque dado a “multimídia com tela plana”.

      • Gustavo73

        Acho que ninguém entendeu. Por isso a minha “explicação” tosca de dar um nome bonitinho. Não conheço nenhum CMM por mais xingling que seja que seja diferente. A Mit deveria colocar o esp e mais airbags, até o chamado santanão tem 4 airbags de série. O Corolla tem 5. Apesar da idade ainda acho um carro bonito. E aí eles mexem no único lugar que deveriam deixar quieto? Troca o desenho fas rodas. Mexam no câmbio que teve atualizações no exterior. Coloquem mais equipamentos. Mas não vamos falar de uma maneira diferente do que qualquer telinha de carro já tem!

      • leomix leo

        Kkkkkk acho que eles ainda acham que o brasileiro está habituado com TVs de CRT com tela curva.

        • iCardeX

          O detalhe mais interessante é que essa maravilhosa e moderna central MM não serve como extensão de informações do computador de bordo. Ah, vá!

          • Gustavo73

            Porque ela é aftermarket, colocada aqui até nos carros importados como já aconteceu com o Outlander.

        • Edson Fernandes

          O curioso que o termo “tela plana” ainda se refere a tvs de tubo, pois tela plana foi usada para dizer que a tela reta iria melhorar a visão e diminuir a dificuldade para quem estivesse de lado na tv.

      • CorsarioViajante

        Como eu não me ligo muito em centrais multimídia, achei que era algo que apenas eu não saberia o significado. Mas pelo visto não…

  • Fabio Correa

    A traseira e o interior desse carro são horríveis.

  • Fabio

    fala serio!!!

  • Deivid

    Esse é o ‘Astra’ dessa década

    • radiobrasil

      Mas o Astra em seu fim de vida era o mais barato e ANDAVA BEM rss

  • FFSB

    ” Detalhe: Trata-se de um Lancer 2008/2009 nos EUA.”

  • Edson Fernandes

    Bizarro.

    Perde versão, não equipa com mais itens de segurança para tornar o produto atrativo e ainda coloca um nome terrivel de antigo na central multimidia.

    Alo Mitsubishi… Se vc colocar tela FULL HD na central, um som superior, ISSO vende, agora falar de uma tecnologia de 2000 ou pouco antes disso… é bizarro. Vc esta querendo mesmo ver seu produto ir para o espaço? Outra coisa… vcs já viram LCD de tela não plana? Nem mesmo nos idos de 1990 isso era assim.

  • Airplane

    Poxa: multimidia tela plana. Incrível, hein?!
    Design ultrapassado da década de 90. Jurássico!
    Ideal para tiozão.
    E ainda por cima mataram a melhor versão.
    Já passou da hora de se aposentar.
    O mercado dará sua resposta!

  • CorsarioViajante

    Com essas pequenas alterações visuais, transformaram um carro com visual esportivo cansado em um carro com visual genérico e cansado.

    Nada bom. Quando tiraram o clássico bocão da grade subitamente apareceu como estas linhas já são antigas e datadas. É como aquele sujeito que sempre usou barba e, quando tira, você nota como ele envelheceu.

    • Ricston

      Perfeito o comentário.

  • Boris

    Mitsulixo

  • Cesar A

    Cuma? Lancer 2016 BR = Lancer 2008/2009 nos EUA? 8 anos de defasagem? A Mitsu deve estar de brincadeira, só pode…

  • Diggo

    O GPS parece ser bom, pois 5.400 seão praticamente todos os municípios brasileiros. No resto muda pra não ficar igual.

  • Vattt

    Esse carro da foto parece ser bem antigo que as versões que rodam nas ruas!!! E por esses preços praticados eu preferia um Sentra que me parece bem mais moderno e requintado.

  • Trambique

    o que já não era legal, conseguiu piorar e muito.

  • Angelo Lucca

    Mais um desenho harmônico (embora datado) estragado… Passou da hora de ter uma nova geração… Guardadas as devidas proporções, é o mesmo que aconteceu com o Linea/Bravo que tinham uma boa harmonia no desenho geral e após aplicarem os face-lifts deixaram os carros um tanto estranhos… Aliás são poucos os carros que após um face-lift mantêm e/ou melhoram a harmonia… Um bom exemplo que considero “pra melhor” é o New Fiesta que quando começou à ser produzido no BR ficou mais bonito que o mexicano, embora com acabamento inferior…

  • O Lancer anda até se posicionando melhor em termos de preços no mercado. Os preços praticados hoje são praticamente os mesmos da época do seu lançamento, passados quase 4 anos.
    Mas continua tendo problemas crônicos que afastam a clientela. O câmbio CVT mal acertado para o (bom) motor de 160 cv, o acabamento interior muito aquém da média do mercado e o espaço interno limitado para um sedã médio são as piores mazelas .
    Essa remodelação também não ficou legal. Já tinha visto o carro com essa configuração em uma viagem ao exterior no começo do ano. Ainda comentei com a minha esposa que o vendido no Brasil tinha um visual melhor. A perda da “boca” frontal tira muito do visual esportivo do carro, que era seu maior diferencial.

  • Magnus Lincoln

    Continua um belo carro .

  • Fat Jack

    O conjunto de rodas e pneus oferecidos não eram nas medidas 215/45-18″?
    Visualmente estas rodas parecem menores enquanto os pneus mais altos…
    Não apreciei as alterações não, parecem terem tentado dar um visual mais “comportado” ao carro… desnecessário (e dispensável) num carro com tamanha identidade visual.
    Acho que os problemas de superaquecimento do câmbio CVT que algumas unidades tiveram literalmente “queimaram” a imagem do carro.
    Pra mim (como consumidor) o problema é que a versão manual (que com seus 160cv deve ser bem interessante) não tem revenda e não sou apreciador do CVT…

  • Rubem

    multimídia com tela plana!? era de tubo de imagem antes!????

  • Ubiratã Muniz Silva

    Ainda acho que a Mit poderia oferecer, na versão de entrada, rodas menores (que não as atuais) com pneus de perfil mais alto. Reduziria muito o custo de produção e (principalmente) de manutenção do carro, e de quebra seria uma configuração mais adequada ao nosso piso lunar. E deixaria o carro um tiquinho mais confortável.

  • Cade as fotos?

  • Andre Cupertino

    Multimídia de tela plana? Honrem sua marca e equipem esse carro com uma TV Mitsubishi Preto e Branca de 5 polegadas.

  • ARENANB

    Nunca achei bonito, e o interior do que era até então chegava a dar dó!

  • Antonio Carlos Fernandes

    Que lixo! Acabaram com o carro. Vou comprar correndo a versão 2015 e rezar para que alguém tenha bom senso e devolva para o 2017 tudo que perderam no 2016. De carro bravo, com cara de tubarão, passaram para um carro quase comum. A grade dianteira era o grande diferencial do Lancer e, literalmente, foi para o saco. Uma pena…

  • Antonio Carlos Fernandes

    Olha a diferença!!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email