Esportivos Hatches Volkswagen

A experiência de um leitor com um Volkswagen Golf GTI 2004

volkswagen-golf-gti-2004-1-700x525 A experiência de um leitor com um Volkswagen Golf GTI 2004

Por cinco anos fui um feliz proprietário de um Golf GTI. Nas minhas buscas nos classificados, lembro que fiz questão de ser purista e eliminar todas as opções com bancos em couro e câmbio automático. Queria um GTI preto, com bancos de tecido e câmbio manual.



Depois de muito tempo de busca, eis que surge uma unidade 2004, com apenas dois anos de uso e pouco mais de 20 mil km rodados. Na negociação acertamos em R$ 43.000,00. O icônico carro era exatamente o que eu buscava e eu não hesitei em fechar a compra.

O carro

Não é preciso falar muito das qualidades do motor 1.8 turbo de 180hp e do câmbio de engates curtos e precisos. Você já teve a experiência de dirigir o mesmo carro por cinco anos seguidos e não se cansar um dia sequer? Talvez isso o defina.

Andando na cidade, em quase toda esquina alguém me provocava para dar uma esticadinha. E foram muitas! Mesmo querendo andar devagar, o assovio da turbina enchendo a partir das 2.000 rotações sempre me instigava a colar o pé direto no assoalho.

volkswagen-golf-gti-2004-2-700x525 A experiência de um leitor com um Volkswagen Golf GTI 2004

Entre estilingadas e momentos de parcimônia o GTI era tão amigo que não conseguia nem cobrar a conta: cumpria rigorosos 9,5km/l na cidade. Naquela época, o Brasil ainda não havia difundido a “mágica” tecnologia flexível e a gasolina rendia mais pra todo mundo.

Além das acelerações causarem vertigem nos desavisados, o Golf era extremamente equilibrado nas curvas. Nunca passei vergonha diante das BMW e Audi que me acompanhavam na descida da serra, mas a diversão mesmo acontecia nas retas! E mais uma vez o companheiro de aventuras me divertia na estrada fazendo 11 km/l.

Também sempre fiz questão de ter muita segurança embarcada nos carros que queria e nisso ele não fazia feio. Eram quatro air bags, ABS e controle de estabilidade – tudo de série. Tive a sorte de nunca precisar ver nenhum air bag me encarando!

volkswagen-golf-gti-2004-3-700x525 A experiência de um leitor com um Volkswagen Golf GTI 2004

A conta

As manutenções foram poucas e programadas, com exceção de uma quebra da bomba d’água que me custou pouco mais de R$ 300,00. Sem usar uma hipérbole, posso dizer que só gastei menos com manutenção no meu primeiro carro, um Gol 1.0 16v.

O que pegava mesmo era o valor do seguro, que a cada ano me tirava entre 2 e 3 mil da conta. Mas quer saber? O prazer de ter um GTI na garagem compensava cada centavo gasto.

Conclusão

Depois de cinco anos de diversão, a quilometragem já chegava aos seis dígitos. Começava também uma nova etapa na minha vida, onde passava a ser mais importante ter um imóvel do que um bom carro.

Infelizmente, na vida tudo tem um fim e em 2010, mais por conjuntura que qualquer outra situação, decidi colocá-lo a venda. Às vezes é preciso tomar decisões importantes para seguir adiante, mesmo que pese no coração.

O Golf GTI fez parte da minha história e por isso ele é um ícone para mim. Sempre me pego pensando qual carro de hoje em dia custa pouco mais de 57 mil (valor da NF que estava no porta luvas quando o comprei), entrega 180 cavalos com muito conforto e segurança e ainda não cobra a conta no posto? E pensar que hoje em dia há quem compre HB20X pagando isso.

O novo GTI está chegando e eu mal posso esperar. Pés no chão para não se render ao ágio dos concessionários, paciência para esperar baixar a poeira do lançamento e lá vamos nós!

Por augustrehl

  • TacodeSinuca

    " cada ano me tirava entre 2 e 3 mil da conta"

    Não é São Paulo certo? Pois 2, 3 mil é seguro de Uno por aqui =/

    • Rafa

      Cara, em que lugar de São Paulo vc mora pra pagar tudo isso em seguro de Uno? Aqui em casa temos um Corolla 12 e um Picanto 13 e nenhum dos dois chega nem perto de 2K de seguro!

      • TacodeSinuca

        Bônus em cima de bônus, e perfil de casado?Sem contar que ninguém rouba Corolla e Picanto, são dois carros de baixa procura por bandidos, e nenhum deles não chega nem próximo da esportividade dai o seguro ser mais barato, é bem provável que um Uno ou Gol tenha o seguro bem mais caro que esses dois carros.
        Quer ver uma incoerência? Um March SV para mim fica com o seguro mais caro que um Cruze…

        • Rafa

          Um pouquinho de bônus sim (o que é normal, pra qualquer pessoa que tenha carro há mais de um ano). Mas não sou casado e tenho 28 anos…talvez seja por causa da região mesmo (que não é considerada perigosa).

    • mark_v10

      com certeza não,meu amigo quase cai da cadeira quando escutou o valor do seguro pro stilo dele=5.000!
      parabéns pelo (ex) carro e pelo cuidado com o mesmo,é um carro que dando a manutenção e os cuidados necessários com certeza vai lhe retribuir muitas alegrias ao volante.

    • rodriflorencio

      Depende muito da região de SP. Estou na grande SP com um carro de risco e desempenho similar sou casado e pago 1900 na Porto com Bonus 4.

  • Lanpenn

    Realmente pra quem gosta de carro e de dirigir, um carro esportivo deve ser uma boa pedida!

    E econômico o seu Golf hein!

    Pelo jeito o dono cuidava do carro. Apesar de existir pessoas desonestas, também temos pessoas honestas, e acho que foi o que aconteceu com você, pegou um carro usado em bom estado e ficou 5 anos com ele.

    Por isso que eu falo que vale a pena procurar um usado em bom estado que, por mais que seja chato ou difícil, compensa com certeza.

    E parabéns pelo carro!

  • AntonioTonda

    Quero um Golf GTI preto 2004

  • Também, convertendo esses 57 mil hoje teriamos quase 100 mil reais, o novo golf gti, mais moderno, mais potente, mais seguro, mais equipado, custa menos hoje do que este gti 2004 custou em 2004.

    • DCald

      De acordo com a calculadora do BC, 57mil em 07/2004 equivalem a 94,5mil em 08/2013…

      Ou seja, praticamente o preço de um Golf VII GTI (muito mais equipado e com 220cv)

  • Impressionante, um carro mt bom mesmo.. pena que o golfssauro estava sendo vendido sem airbag e abs.. esp passava longe.. se estivesse vendendo com essa configuração, 4AB, abs e ESP ainda continuaria na briga!

  • Rodrigo

    É preciso atualizar o valor do carro em 2004 para comprar com os preços de hoje. R$57.000,00 em setembro de 2004 correspondem atualmente a pouco mais de R$90.000,00 (57.000 x 1,5836400 = 90.267,48). Preço muito próximo do Golf GTI 2014.

    * Usei índice de correção do TJMG – tabela disponível em: http://www.tjmg.jus.br/data/files/F9/77/E2/0C/2F7

  • dudupruvinelli

    CONSUMO DE ONIX 1.0! HAHAH Cara, parabéns pelo carro! Eu tive a oportunidade de dirigir um GTI MK7 e… é sem palavras. Só pilotando mesmo pra saber. Parabéns novamente. Muito mais bonito esse aí do que o IV 1/2.

    • thales_sr

      Dirigiu onde esse GTi?

      • dudupruvinelli

        No Velopark.

    • Matheus_P

      que evento foi esse dudu? abs

    • Filipe Augustus

      Eu dirigi um GTI 4 180cv, só que era tiptronic e blindado, e o cambio esgoelava muito, vc tinha a sensação de que o cambio fosse explodir a qualquer momento por causa do peso extra da blindagem, no modo automático…
      Mais mesmo assim, era um carro com o desempenho muito bom, sempre quis comprar um GTI VR6 2003, mais não tenho coragem de pagar quase 50 mil reais por um, se fosse até uns 35 mil eu me arriscaria…..

      • Fabio D.

        Relaxa, já dirigi coisa pior blindada. E nem me refiro ao C5 2.0. Foi um Fit 1.5 mesmo… mermããããão que Jaca! Hahahahaha!

        • Filipe Augustus

          Caramba, Fit blindado deve ser osso, aqui perto de casa tinha um Gol 1.016V Turbo blindado, não sei que fim levou……

          • Fabio D.

            Bicho, eu não entendi até hoje o porquê de blindar um Fit. Dizia o dono que precisava de um carro pequeno pra andar na cidade (o outro carro dele é um Camry) e seguro, já que temia por sequestro (é muito, muito rico). Aí comprou o carro. Mas acabou não dando certo, hoje tem um Civic blindado.

            • Dragoniten

              Muito, muito rico e comprando Fit/Civic pra blindar? Vá entender.

              • Fabio D.

                Cara, nunca entendi o lance de blindar o Fit. Mas, como ele disse, precisava de um carro menor pra andar na cidade e seguro. Sim, rico, muito rico. Sei lá, um camarada com um patrimônio de 500 milhões de dólares (sim, isso tudo) em espécie, um Yacht de 3,5 mi ancorado na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, morando numa cobertura vizinha ao João Havelange, em Ipanema, mansões fantásticas em Boston e Los Angeles… me parece ter uma condiçãozinha confortável! E mora no Rio hahahahaha!

                Enfim, a garagem do sujeito comportava outras máquinas, mas o carrinho era só pra quebrar o galho mesmo.

                • Dragoniten

                  Se eu cagasse tanta grana assim, compraria um Smart, colocaria um motor mais forte pra conseguir empurrar bem o carro e dale blindar a baratinha, hahahah.

    • fabioalisson

      E tem gente que ainda defende essas porcarias 1.0…

      Eficiência é isso pra mim: 180 cv, muito torque, e mesmo arrancando forte, fazer 9,5 km/l na cidade.

      • Carlsson

        Não acredite em qualquer coisa que vc lê na internet…
        Pegue um GTI de 180cv e ande "arrancando forte"… Truco nesses 9,5 km/l.
        Andando 'FORTE' não faz nem 9 na estrada.
        Ou será que alguns aí estão precisando aprender a andar 'FORTE'… Talvez seja isso

        • mho

          Fato.
          Astra e Vectra andando na manha, 120km/h, faz 12km/l na rodovia mas se pisar fundo e o limite de velocidade for o limite do carro o consumo vai para entre 6 e 7km/l.

        • krokao

          Esses meninos não sabem o que é andar forte.
          9,0 km/L num GTi andando forte? pfffff
          Em pista o consumo do meu punto eTorq foi de 5,0km/L. Na cidade faço em torno de 13,5km/L.

      • lightness RS

        Arrancado forte tu não faz 9,5 nem que a vaca tussa!!!!!!!!

        Tenho um A3 com o mesmo motor, ele é ecônomico, SE ANDAR NA PONTA DO PÉ, se andar arrancando forte na cidade teu consumo fica em 6km/l. Na verdade é assim com todo carro né!

        Ora 9,5 km/l NA CIDADE E PISANDO FORTE, mas nem num carro 1.4 tu faz isso.

        • Tainan Astorga

          Meu 206 1.6 16v 110cv faz 10km/l na cidade andando ~forte~, de longe é mais econômico que qualquer 1.0.
          Andando de boas eu já consegui 12,8km/l na cidade.

      • Leandro1978

        Um 1.0 com Ecoboost, que equipa, inclusive, o novo Focus, eu defendo, sim. Pena não estar disponível aqui.

        • fabioalisson

          Aí sim, é um 1.0 com tecnologia, um motor decente, e não um "1.0 frequis" made in Bananalândia.

  • Rodrigo

    É preciso atualizar o valor do carro em 2004 para comprar com os preços de hoje. R$57.000,00 em setembro de 2004 correspondem atualmente a pouco mais de R$90.000,00 (57.000 x 1,5836400 = 90.267,48). Preço muito próximo do Golf GTI 2014.

  • dtgenerico

    Em 2004 o carro foi comprado 0km por R$ 57 mil. Naquela época o salário mínimo era de R$ 260,00. Ou seja, o Golf GTI valia cerca de 220 salários mínimos. Faça a conta para hoje: 220 salários X R$ 678,00 (salário mínimo hoje) = R$ 150 mil.

    Agora se pergunte: que carro com a mesma ou maior potência e/ou comportamento esportivo do Golf GTI 2004 compro hoje com 150 mil reais???

    • netovski

      A inflação ou IPCA são muito mais realistas que o salário mínimo. Se os valores de automóveis acompanhassem o equivalente ao salário mínimo de suas épocas anteriores Celta e Mille custariam hoje 60 mil.

      • Marcelo

        Não falta muito pra chegar la…

    • Astrehl

      Amigo, acredito que indexar o poder de compra histórico com base no salário mínimo não seja apropriado para este caso, uma vez que o próprio salário mínimo foi reajusto acima da inflação. Logo, prefiro considerar a comparação com base no salário médio do brasileiro, que em 2004 era de R$ 917,00. Isto me diz que foram necessários 62 meses de trabalho para comprar o GTI. Já em 2013, considerando R$ 94.000,00 para o modelo "equivalente" e o salário médio de R$ 1792,00, serão necessários 52 meses de labuta para fazer a compra. Teoricamente nossa vida "melhorou". Mas fala a verdade, a classe média alta de hoje está confortável pagando quase cem mil num carro?

    • aleneo2

      Nao entendi se sua ideia é mostrar como o mercado melhorou ou se na sua opiniao piorou (na minha opiniao o mercado melhorou).

      pq por 150 mil tem muito carro com o comportamento e desempenho tao bom quanto o GTI.

      O proprio GTI 7
      RCZ
      DS3
      Punto TJET
      A3
      Serie 1
      Fusca
      Jetta TSI

      e agora na espera de um 208 GTI, Fiesta ST, Focus ST…

      tem bastante coisa boa para comprar por esse preço.

      • Andr3

        eu iria de lancer sportback

      • mgbalbo

        O que ele quis mostrar é que o valor de 54k que o autor citou está defasado e não serve como base de comparação, como quando ele citou o hb20x e fiesta.

      • Henrique

        Punto T-Jet, com comportamento e desempenho de Golf GTI? Tá de brincadeira, né? nem do 2004!!

    • Matheus_P

      Engracado… por que nos eua o preco de um corolla ou civic aumentou apenas 3mil dólares em 10 anos, e aqui o valou amentou quase 50 mil???

      • TacodeSinuca

        Isso!
        No Brasil sempre se trabalha muito mais para se comprar muito menos, essa é a equação básica de um país lixo ;)

        • Zergling

          Não seja ignorante. Aumentou quase 50 mil mas está muito mais barato de comprar hoje por 100 mil que há 8 anos atrás por 50 mil. Estude as regras básicas de economia e veja que hoje trabalhamos menos para comprar mais que antes.

          • TacodeSinuca

            Vc esta fazendo comparações do Brasil atual com o Brasil de antigamente, eu estou comparando o Brasil de qualquer época com algum outro país de verdade, no caso o EUA.

      • AVC

        Porque nos EUA a inflação é bem menor que aqui e a concorrência é muito maior.

      • rodrigo_tm

        Primeiro a inflação de la é diferente da inflação daqui. Depois, la o consumidor é muito mais consciente e não aceita pagar os absurdos pedidos aqui.

      • mgbalbo

        A inflação lá é mais ou menos 2%

      • fschulz84

        Isso sem contar que para mim, esta é a conta mais imprecisa que existe… Os indíces de inflação e demais para mim só servem pra governo divulgar alguma coisa…

        Quanto aumentou a "casa própria" nos últimos anos? Muito acima da inflação e de outros índices!
        Quanto aumentou itens básicos como alimentação e vestuário? Valores diferentes dos apresentados.

        Eu tenho meu próprio índice… Há 10 anos uma pessoa com meu cargo e sênioridade, conseguiria comprar um bom apto de mais de 80m² em um bairro classe média de São Paulo e ainda conseguiria ter pelo menos um hatch médio na garagem.

        Hoje em dia, mal se consegue comprar um ap de 50m² nas regiões periféricas com o mesmo perfil..

        • Rodrigo

          Índice é justamente a média das variações dos preços. A média nunca vai corresponder com uma análise unilateral de um determinado preço (imóvel no caso).

          A atualização serve apenas para mostrar quanto dinheiro é preciso ter hoje para fazer frente ao poder de compra de R$57.000,00 em 2004.

      • Rodrigo

        A atualização serve apenas para trazer ao presente o valor de compra de um determinado montante. Só isso. A atualização indica que o carro custa o mesmo. A atualização leva em conta a inflação apurada no Brasil. Não sei qual é a dos EUA.
        Comparar superficialmente preços em real vs dólar não faz sentido. São realidades econômicas diversas porque desconsideram a distorções do câmbio. É por isso que se criam índices para apurar o poder de compra de cada moeda.
        O real está supervalorizado há anos, ou seja, os produtos estão artificialmente caros em dólar. (claro que a carga tributária tem um peso enorme, mas não é única responsável)

      • Adenauer Cordeiro Filho

        mas não se pode comparar, economias totalmente diferentes e tal. para se ter uma ideia, só uma ideia. o salário minimo era 260 reais. e hoje ele mais que dobrou, claro tem que evr ainda poder de compra, impostos, dolar e etc

  • shdn2010

    Eu sou apaixonado pelo golf gti, uma pena que ele, assim como todos os carros no brasil, o preço é um absurdo comparado a outros paises, digo paises de primeiro mundo. E não adianta tentar explicar, so sendo apaixonado por turbo, para saber que faz e muito a diferença.

  • Thiago_NCO

    Não gostei do relato. Emotivo demais. Parece uma declaração de amor, e não uma análise mais racional.
    5 anos de convivência e nenhuma crítica? Nenhuma reclamação? Ceeerto.

    • figado

      Vc quer uma análise racional de alguém que comprou um GTI, ou qualquer esportivo que seja? Ceeeerto…

    • saosao

      Realmente emotiva, maaaas…. a sensação percebida pelo dono por vezes é mais emocional que racional, logo, o carro para ele é perfeito, não tem defeitos, nem mesmo o seguro ou a falta de ESP…

      • Dragoniten

        "Também sempre fiz questão de ter muita segurança embarcada nos carros que queria e nisso ele não fazia feio. Eram quatro air bags, ABS e controle de estabilidade – tudo de série."

        Falta do que, você disse?

        • 3dimensional

          Esses haters…
          Não aceitam misturar carros e emotividade. Pra eles é só meio de transporte mesmo…melhor mudar de página.

          • saosao

            Eu só me esqueci desse fato, jovem, não precisa chamar de hater. Eu adoro esse carro.
            Se quer agressão barata existe forum de futebol para isso.

            • 3dimensional

              A mens. nem era pra você…mas tudo bem.

        • saosao

          Ops!

          • Dragoniten

            Acontece, hahaha. Só faltou terminar de ler a matéria :p

  • ctnmartins

    Um dos relatos mais fracos até o momento. Nenhuma crítica ou ressalva por parte do proprietário. Poucas fotos e detalhes sobre pós-venda.
    Acredito que seja um carro excelente, mas é bom segurar um pouquinho a emoção e ser mais racional na hora de escrever.

    • epicentro01

      Cara, achei o pior post da história do NA. O cara só quis dizer que era um inconsequente, que fazia racha nas ruas e descia lenha em rodovias, tentando disputar com outros. O típico cabeça de m….. que coloca em risco a segurança de outras pessoas e depois se acha o injustiçado.

    • Antonio_Brust

      Sem contar que Golf GTI é um verdadeiro MAMÃO em revenda. Muitos torcem o olho pelo estigma de "carro de mano", utilizado pra apavorar pelas ruas, esgoelando e mexendo no carro. Com km alta então, ele MOFA nos pátios de revenda.

    • 3dimensional

      RELATO s.m. Ação ou efeito de relatar.
      Narração, descrição, explanação ou explicação feita oralmente sobre uma situação ou acontecimento: relato de experiência.
      (Etm. do latim: relatus)

      RELATO não é ANÁLISE nem REVIEW cara!
      Cada um fala o que quiser do seu carro! Aceita quem quiser.

      Estes relatos são VOLUNTÁRIOS e não tem obrigação nenhuma de seguir preceitos.
      Mas parece que tem gente que se incomoda quando não lê uma caçamba de críticas ou defeitos sobre determinado veículo…

      Pensando um pouco, só posso supor que você ou não deve curtir a VW ou o próprio Golf, e entrou aqui apenas enxergando uma bela oportunidade para fazer crítica em cima da crítica, pois SE você conhecesse o carro em questão a fundo, discordaria muito pouco do que o autor disse.
      Paciência!

      • ctnmartins

        Lendo comentários como esse constatamos a séria dificuldade que pessoas alfabetizadas tem de compreender o que lê. Pior, é recorrer ao dicionário, copiar e colar uma definição que em NADA contribui para a discussão e ainda fazer juízo sobre minha preferência por carros, COMO SE ISSO FOSSE RELEVANTE.
        É obvio que o NA não definiu, até o momento, o mínimo a ser descrito pelos relatores para que tenham seus relatos aprovados e publicados no blog. A definição de exigências mínimas para publicação de opiniões de donos de automóveis é comum em outros sítios da internet e acredito que essa seja uma boa prática e que poderia ser adotada pelo NA, com o fito de melhorar a qualidade e a utilidade do que é exposto. Ora, eu posso fazer o relato de uma linha falando sobre um automóvel, como no Ex.:
        Adoro meu Fusca 1978, dou rolés pela cidade com ele a 35 anos.
        Embora pueril, isso é um relato. Agora eu pergunto: Isso é um bom relato? É isso que os leitores do NA procuram?

        Se eu achar que esse relato foi ruim, não posso expressar minha opinião nos comentários? Se não, então qual o sentido de liberar uma sessão de comentários?

        A premissa de que todo carro é passível de críticas, bem como seus fabricantes, deriva do simples fato que esses bens de consumo não são perfeitos.

        Por fim, aconselho aos incautos que reflitam sobre o que é um fórum de discussão e qual a sua utilidade.

        • SantErreira

          Cara, se você não gosta desse tipo de relato tem uma coisa muito simples que você pode fazer.. Não ler! É simples demais!

          • ctnmartins

            Você é um gênio! Agora me explique como eu irei fazer juízo sobre um texto, sem lê-lo antes….

        • 3dimensional

          Cada um vai julgar o que acha bom ou ruim, porém ainda acho que o que você esperava era uma análise e não um mero relato sem grandes pretensões do autor.
          De análises frias e totalmente embasadas apenas em números a internet está cheia, basta procurar.

          E não creio que o NA deva padronizar ou limitar textos voluntários de leitores não.
          Assim como o cara pode chegar aqui satisfeito e só tecer amores sobre o carro, pode chegar também p*to por ter tido diversos problemas e detonar a imagem do veículo. Totalmente normal usar a emotividade nessas horas para extravasar o sentimento.
          Basta compreensão…

          Sem mais.

          • ctnmartins

            Você está sendo completamente contraditório. Veja o que você escreveu:
            Cada um vai julgar o que acha bom ou ruim, porém ainda acho que o que você esperava era uma análise e não um mero relato sem grandes pretensões do autor.
            Ora, isso foi exatamente o que eu fiz, expor minha opinião e dizer que achei o relato ruim. Ou a liberdade de escrever é privativa de quem envia relato? E minha liberdade de opinião onde fica?
            De análises frias e totalmente embasadas apenas em números a internet está cheia, basta procurar. Comentário despiciendo. Você fala como se só existem duas formas de opinar ou escrever sobre algo, quando existem infinitas. Uma limitação na compreensão do mundo.
            Basta compreensão
            Eis aqui sua maior contradição: eu tenho que aceitar qualquer texto que vejo no NA, mesmo tendo a liberdade de fazê-lo, mas você, ao contrário, pode censurar meus comentários?

            • 3dimensional

              Caro, em momento algum lhe censurei!
              Você criticou o autor, eu lhe critiquei. Onde há censura nisso?
              Apenas acho exagero criticar um texto quase que exigindo uma pauta, em que o autor se deu o trabalho de fazer, repito, de forma VOLUNTÁRIA.
              Apenas isso.

              Mas, já que a crítica vem tão fácil, apenas por curiosidade, você poderia indicar quais relatos super rebuscados o senhor já escreveu e disponibilizou aqui no NA para vermos quão instrutivo é o seu texto. Quem sabe assim outros leitores não possam aprender como fazer "relatos"(análises) e elevar o patamar ao seu nível?
              Mas claro que você nem tem obrigação nenhuma de ter escrito nada. É apenas para o caso de ter alguma coisa por aqui que eu ainda não tenha lido, para saber que a qualidade que você exige é a mesma que você entrega.

              Abraços

  • PeriJR

    Não sei se foi a intenção do autor mas "Depois de cinco anos de diversão, a quilometragem já chegava aos seis dígitos.", qual o problema nisso? Se a manutenção está em dia, falta muita km ainda pro motor abrir o bico. Eu sei, eu sei, no mercado vai valer menos por isso, mas mesmo assim é ridículo trocar por causa disso.

    • saosao

      Também acho, mas ele disse também que tinha mais coisas envolvidas, como focar em imóvel entre outras coisas.
      Apesar de que se desfazer desse belo carro para ajudar a pagar um imóvel não seja tão boa coisa. Eu tenho um Civic 2004 e pago financiamento do apartamento. Não vendi e nem refinanciei o Civic para ajudar a pagar o apartamento. Procuro não misturar as coisas. Além disso, o cara pagou R$43 mil na época, hoje ele deve ter vendido o carro por no máximo R$25 mil, o que para um imóvel, convenhamos, não chega nem a 10% do valor (considerando o que um proprietário de um Golf GTI possa comprar).

      • Fabio D.

        Dependendo do apartamento, hoje, isso não paga nem as cortinas…

        • saosao

          Pois é. Estou fazendo a reforma quase que completa do apartamento, e só de mão de obra de pedreiros já está indo R$20 mil…

          • Fabio D.

            Rapaz, pedreiro bom tá ficando caro e raro mesmo. Às vezes vale mais a pena pagar um empreiteiro, fecha um contrato, fixa prazo e paga de forma mais organizada. Equipe, material, etc… Ao menos comigo foi mais jogo!

            • saosao

              É engraçado, onde quer que vc vá sempre tem alguma história mal terminada com pedreiros.
              Eu acabei fechando com uma empreiteira que trabalha pro meu pai há décadas e além do trabalho de pedreiro, ainda coordena toda a obra, como encanador, gesseiro, etc. É de confiança, então fico tranquilo.

      • PeriJR

        Sim, concordo, mas "Começava também uma nova etapa na minha vida…", esse "também" me diz que ele levou a questão da km em consideração para trocar, motivo do qual discordo.

  • Fabio p.

    Belo carro, tive a oportunidade de dirigir um desses, era de um amigo, ele compro e mando para a Audi que deu uma incrementada no chip do carango, indo para 195hp. Eu andei com ele mais na estrada, era divertido deixar a velocidade do carro cair para 80km/h em quinta marcha e pisar no acelerador, o ponteiro do velocímetro subia como se fosse o de giro, era um carro fantástico. O único carro na época que eu acho que daria para brincar legal junto com ele era um Vectra GSI dos primeiros que a GM trouxe, esse carro também tinha um motor aspirado que era monstro.

  • Careca

    Sempre achei justo o consumo Volkswagem, hoje com meu OLD POLO 2012 faço 10,5 na cidade e 13,5 na estrada, pena que peca na quantidade de ruídos…

  • zemarreta

    Bom, eu usei esse motor 1.8T da VW/Audi por quase dois anos e não fiquei tão impressionado com ele. Para quem gosta de andar sempre com o motor cheio (leia-se acima de umas 2500RPM) era realmente um prato cheio, mas se vc gosta de andar com mais torque em baixa, era um motor xoxo. De todo modo, meu carro tinha esse motor acoplado a um câmbio CVT que insistia em manter as rotações beeem abaixo do ponto de torque máximo (no meu carro isso se dava a 1.950RPM), ou seja, o carro sempre tinha reações mais dopadas, mesmo eu sendo progressivo no acelerador (a programação do câmbio insistia em manter a rotação em 1500-1600RPM). Em um determinado ponto, ele saltava de uma vez de umas 1500RPM para umas 2500RPM e o carro dava (literalmente) um pulo pra frente. Legal no começo, mas muito chato depois de algumas poucas semanas, quando vc precisa apenas de uma forcinha extra para fazer uma ultrapassagem urbana, e ele sempre fica dando esses pulos e lhe obrigando a controlar a ter cuidado para ele não bater num carro um pouco mais a frente.
    Além disso, ele tinha um lag bastante considerável, e sempre rolava um pouco de estresse em cruzamentos, que vc tem que entrar rápido. Vc cravava o pé ele passava coisa de um segundo meio indeciso, antes de acelerar feito animal.
    Hoje tenho um THP e vejo como a tecnologia dos turbos evoluiu nesse período! Ao contrário desse 1.8T, o THP é dócil e progressivo. Precisa de um pouquinho mais força, aperte um pouquinho o acelerador, que o torque de 24,5mkgf a 1400RPM vai aumentando progressivamente a potência nas rodas, sem dupla personalidade, nem saltos repentinos. Quer potência máxima ele te dá também, basta pisar fundo no acelerador.

    • Carlsson

      Então vc tinha um Audi A4?

      • zemarreta

        Exato. E antes que vc ache que sou milionário kkkkk, eu comprei o carro já com cinco anos de uso.

        • Carlsson

          Hehehe. Pois é, eu adivinhei pela menção ao câmbio CVT.

        • AICHAN

          cinco anos de uso é pouco e a manutenção é cara. conclusão: vc é mini-milionário! haha

          • zemarreta

            Na verdade, o preço dele foi de quase um terço do valor original! e a manutenção realmente me deu um pouco de dor de cabeça, até por isso passei pra frente depois de quase dois anos.

            • Dragoniten

              E qual dos mil modelos de carros equipados com o THP você tem?

              • zemarreta

                3008. Aliás, excelente carro.

                • Dragoniten

                  Ótima escolha! Estou tentando convencer a chefe da minha namorada a comprar um. Ela está em dúvida entre um 3008 e uma CRV, mas convenhamos que não há real concorrência entre os dois modelos, considerando a diferença de preço e equipamentos.

  • Carlsson

    Ótimo carro.
    Antes de babarem e correrem para o Olx, Webmotors e Mercadolivre procurar um igual, notem que ele comprou esse carro lá em 2005/06, com 2 anos de uso e quilometragem bastante baixa (eu faço 20.000km em 1 ano). Nota-se, também, que é um carro de quem gosta de carro, pois não tem frescura (teto solar, banco de couro com aquecimento, tiptronic) e tem 180cv sob o seu comando. Além do mais, o texto sugere que ele procurou bem pelo veículo.
    Hoje em dia (não só hoje, pouco depois do final da produção, em 2006) está impossível encontrar um GTI IV em bom estado. Impossível não é, eu sei, mas praticamente.
    Os GTI IV "e meio", por sua vez, quase todos foram vendidos em leilão, que eram carros de testes e/ou frota de imprensa, além de alguns supostamente de uso da própria Volks (o que eu estranho, pois eles têm Passat, Touareg, etc). É só observar: se tiver placa A _ _ – _ _ _ _ é batata, carro de leilão.
    Pior que isso é procurar por um tiptronic blindado. Às vezes até se acha blindados em bom estado, pouco rodados, mas dizem por aí (Jalopnik) que o processo é "praticamente irrevesível". Não sei até onde vai essa irreversibilidade, mas creio que seja algo difícil e custoso.
    Acho que não preciso repetir aquela historinha dos carros de imprensa que levam lenha forte (e mau uso) nos testes, né?
    P.S.: existe um VR6 prata à venda no site Reginaldo de Campinas, que mostra algo ao redor de 50.000 km no painel e fotos do manual com revisão de 60.000km carimbada. Cuidado pra não levar uma rasteira, tal qual o dono do Corolla de alguns dias atrás.

    • zemarreta

      Já que vc mencionou, o que vc acha desses tais carros "da frota própria" da VW que são vendidos em sites de leilão como o Superbid?

      • Carlsson

        Pois é, eu acredito que são carros da frota destinada à imprensa. Talvez alguns sejam mesmo de uso e transporte de funcionários da empresa na região de Curitiba, algo que algum paranaense poderia nos confirmar. Mas eu ouso duvidar disso, pois a Volks tem Touareg, Passat, Jetta, etc., para transportar e entregar aos seus chefes para uso pessoal. Enfim, quanto aos carros de frota de imprensa, há pouco tempo li no site do Bob Sharp que, quando ele foi testar o Megane turbinado, o carro já estava com o câmbio avariado e não engatava direito a primeira marcha, pois um jornalista tinha cometido um equívoco ao trocar de marcha em giro alto (enfiou 1ª no lugar da 3ª ou sabe-se lá o quê). Ademais, os testes são feitos sem dó, pois querem tirar tudo do carro. Não que vá estragar, mas 10, 15, 20 jornalistas durante aqueles poucos 20.000km de vida de um carro desses na frota oficial (hipoteticamente), ou seja, cada um com seu modo de condução, métodos, enfim, creio que não seja um bom carro de se comprar usado.
        Aí, no leilão, vc não pode dar uma voltinha. No máximo liga o motor…

        • zemarreta

          Esses da Superbid acho que nem ligar o motor dá…
          De todo modo, o que fico pensando é que justamente esses passatões e touaregs que devem ser um bom negócio porque devem ser os carros realmente da diretoria.
          Tinha uma Touareg do modelo antigo que fiquei tentado. Como era modelo antigo, imaginei que dificilmente seria modelo pra imprensa (quem vai ficar fazendo teste com um carro que está para mudar?), e era um "Das Auto" total: motorzão V8, suspensão a ar, piloto automático adaptativo, teto solar com geração de energia solar, para ligar o ventilador embaixo do sol, quando o carro estivesse estacionado, preço de menos de 90 mil Dilmas, e um visual superdiscreto que não chama a atenção da manolagem. Certamente uma pechincha para o carro, mas ainda assim dinheiro pra cara***. Acabei desistindo por um misto de falta de coragem (manutenção deve ter custos estratosféricos, com essas peças compartilhadas por Q7 e Cayenne) e de conveniência (hoje quero um 7 lugares).

          • Carlsson

            Também já dei uma espiada nessas belezinhas que vendem por lá. Aliás, Touareg é que nem Golf GTI 4,5, ou seja, só em leilão mesmo, porque ninguém compra zero.
            De fato a manutenção deve ser nas alturas, pois é nada menos que um Cayenne mesmo.
            Conheço um juiz aposentado que comprou um Cayenne 2006, bem impecável, e está conseguindo manter com o salário de juiz (20 e poucos mil reais ao mês). Ah, ele também tem um Mustang V-8 manual 2008 e um Charger dos anos 70.

    • Fabio D.

      Aliás, fico curioso com um fato. No condomínio onde ficam os prédios da empresa que trabalho (ocupamos dois de um total de oito prédios), sempre vejo uns carros da VW rodando. Não são modelos caros, são Polos, SpaceFox, Jetta… No máximo Passat, mas são todos das versões mais caras e novos. Placas AVW. Seriam da frota da marca? Porque, até onde sei, não existe um escritório da marca lá ou qualquer coisa ligada a esse mercado, só empresas de tecnologia e telecomunicações, além de uma construtora. Sabe me dizer se a frota dos caras usa essa placa? Abs!

      • Carlsson

        Tudo indica que sim… Ou, quem sabe, compraram um lote inteiro no Superbid.
        Os carros da frota oficial da VW sempre têm placas escolhidas, tipo AVW, AVB, AAV com números em sequência ou números-chave. Concluí isso fuçando os carros que eles vendem no leilão mesmo.

        • Fabio D.

          Eu tava olhando o site lá, não conhecia. Tem Chery Face 0km por 13 mil. Sério, se eu tivesse uma graninha sobrando, comprava pra dar de presente pra minha avó ir pra dança de salão dela… uhahuahuahua baratinho, pô!

          • Carlsson

            Tem muita coisa legal ali…
            Há uns 5 ou 6 anos um tio meu comprou um SpaceFox batido nesse site. Ele mora em SP-Capital e o carro estava exposto lá. Ele examinou cuidadosamente o carro, observou que tinha baixa quilometragem, pneus originais de fábrica, etc., aí comprou, por um preço bem baixo (coisa de 50% do valor). Arrumou, usou um bom tempo e vendeu pelo preço de mercado… Aí comecei a analisar. Só que, realmente, tem que ter o cash em mãos pra comprar algo ali.

    • 3dimensional

      Cara, de onde tirou que Golfs com inicial de placa A são carros de leilão???
      A única conclusão que se pode tirar disso é que os carros eram do Paraná! Daí achar que tais carros são provenientes de leilões só porque vieram do estado onde foram produzidos é um chute e tanto!

      • Carlsson

        Não é um chute, é probabilidade…
        Ninguém comprou Golf GTI mk 4,5 por R$ 110.000 (tiptronic com teto solar). Se comprou, foi 10% dos que rodam no Paraná.
        Além do mais, quem comprou e cuidou bem, vende rapidinho, pra conhecidos.
        Ademais, os de leilão são comprados por garagistas.
        Por isso tudo eu concluo que Golfs GTI mk 4,5 facilmente à venda por aí, pelo menos a maioria dos anunciados, é fruto de leilão.
        Claro que há boas e raras exceções, e até tem um tom de sátira nessa probabilidade…

  • epicentro01

    Achei o pior post da história do NA. O cara só quis dizer que era um inconsequente, que fazia racha nas ruas e descia lenha em rodovias, tentando disputar com outros. O típico cabeça de m….. que coloca em risco a segurança de outras pessoas e depois se acha o injustiçado. Nunca teve um Air Bag abrindo. Que comentário ridículo.

    • lexbh

      tempestade em copo d'agua top hein amigão? uehuehuhe

      • Bruno Carvalho

        Infelizmente ele está certo. O dono do post só fez se mostrar um inconsequente.

    • SantErreira

      Nossa, realmente o cara falou o tempo todo ali que era piloto de rua.. Seu hipócrita! Aqui no NA parece que tem gente que é muito frustrado na vida, tem logica não.

      • epicentro01

        Prezado. Você sabe a definição da palavra hipócrita? Você me conhece para me chamar de hipócrita? O texto dele não agregou conteúdo nenhum, a não ser uma demonstração de imprudência. Se você gostou do conteúdo do texto, que bom. Significa que o site atende à todos os tipos de pessoas, mesmo os que não conseguem tirar o real conteúdo dos mesmos. Quanto a parte da frustração, realmente eu deveria me sentir frustrado por não ter um Golf velho e não fazer m… pelas ruas.

        • SantErreira

          Vai me dizer agora que nunca deu uma puxadinha mais forte na rua? Por você achar este golf um carro velho isso só mostra que você veio aqui esperando o dono criticar o carro ate a ultima linha do relato. Como isso não aconteceu você veio ate os comentários (direito seu) pra vomitar a sua ignorância.

  • lexbh

    PS: Essa de " tal carro gastou mais que o meu " em manutenção é mto relativo. Pra provar ou nao isso Só SOMENTE só s se o mesmo motorista pegar o carro 0km e andar até X km do mesmo jeito nos dois carros, caso contrário não há como comparar.Pelo que li, voce falou que chegou aos seis digitos agora, ou seja, roda muito pouco….

    • Carlsson

      Além do mais, o cara pode ter a sorte de pegar um daqueles carros que se sai melhor na linha de montagem, isto é, que inexplicavelmente saiu bem acertado em tudo; ou pode ter o azar de pegar uma bomba recheada de defeitos…
      Tem um sem número de variáveis no meio da conversa.

  • Bruno Alves

    Parabéns pelo carro, meu sonho é um Golf desses principalmente na versão de 180cv. A única coisa que eu não gostei no seu ex-carro foi essas rodas, que não são originais. Mas o carro era seu, gosto é gosto.

    • Carlsson

      Eu queria um desses pra brincar, só pra usos esporádicos.
      O problema é achar inteiro, ou minimamente razoável.
      Pior é ver aqueles que mais parecem uma lasanha à bolonhesa e com 60.000km no painel.
      O mercado de usados no Brasil é uma sátira ao bom senso… (sugiro que se observe o mercado de usados nos EUA, onde não se vende carro com pneu careca e se mostra as 150k milhas, 200k. 300k milhas sem medo).

  • Robert

    O GTI MK7 será um dos carros mais baratos do mercado se você assumir que a trjetória do preço do usado vai ser igual aos modelos 2007/2008. mantiveram o preço nas alturas mesmo com 4 anos de uso.

    Só que não vai ser assim. A não ser que a VW deixe de produzi-lo de novo. O que também não vai acontecer pois o Brasil está em 4o lugar mundial como mercado de carros, e a VW não pode ignorar isso.

  • Fred

    Aluguei um MK7 (1.4 TDI) na Espanha e rodei 1.800km. Baita carro, quebrou parte do preconceito que eu tinha em relação à VW.

  • lcac123

    Amigo, esse seu carro era realmente um mito! E o novo veio ainda melhor! Espero também comprar o meu Golf 7, em breve! hehehe

  • CharlesAle

    Um grande carro,é pena que a maioria desses GTIs hoje estão muito malhados…..

  • gabriel8520

    Desculpe não tive paciência de ler essa matéria ate o fim, vc fala como se o carro vc perfeito

    • saosao

      Tem que levar em conta que o carro em questão é um esportivo, e nesse caso, a emoção sempre sobrepuja a razão.
      Tem que ler como um amante de esportivos, e não necessariamente como usuário de carro no dia-a-dia.

  • Anderson_sp

    Muito difícil pra não dizer que é raro achar um inteiro igual a quando saiu da loja (no sentido de originalidade), a maioria que eu vejo já está tudo em fim de vida xunnado ao extremo, nem o A3 1.8T se salva também.

  • mho

    Pessoal, carros esportivos são apaixonantes mesmo e se o sonho da pessoa era ter aquilo então ela vai enfatizar as partes boas.
    Conheço uma pessoa que comprou um GTI Mk4 de duas portas e rodou muito pouco. Aí um dia ele resolveu vender e a outra pessoa que comprou, colocou as rodas aro 17" do Polo GTI e também roda muito pouco. Chuto que se tiver 30 mil km será muito.

  • 3dimensional

    Bacana o relato do autor.
    Só não entendi bem o fato dele ter sido extremamente "purista" em procurar um carro manual, com bancos em tecido e não ter se importado pelo fato das rodas e lanternas traseiras não serem as originais dos GTI…(rodas Montreal/Long Beach e as lanternas escurecidas).

    Também tenho um, porém 2003 e mais completo(alguns chamam conforto de frescura, fazer o quê…).
    O meu tem câmbio tip(perfeito pra cidade), teto, couro(hoje preferiria alcântara), aquecimento nos bancos(só diz que é frescura quem nunca experimentou num dia gelado).
    Uso o carro em condições severas(cidade) diariamente e esse mês ainda o motor vira 160 mil km. Pergunta se o carro fuma ao menos de leve. E tem gente que acha que carro com 100.000 é ferro velho!
    Quem é dono é suspeito pra falar, mas quem já teve um sabe, é carro pra quem gosta de carro e não de um mero meio de transporte.
    Por curtir demais o carro, foi sem muita ansiedade que aguardei o anúncio de uma nova versão e felizmente, hoje já sei ao certo qual será o seu substituto(pra daqui uns anos ainda). O irmão mais novo chegou!

    Abraços e uma dica(haters à parte) pra quem nunca experimentou e tem vontade: experimenta a dorga jovem! :-D

    • Astrehl

      Os faróis são originais sim. A partir de 2004 este foi o padrão adotado pela VW.

    • Edgar

      olha, estou olhando um gti 2004 tip super conservado… mas meu medo é de não aguentar com preço de manutenção… acabei de me mudar pra uma casa que carece de uma pequena reforma, e ainda tenho um herdeiro pra nascer… se não fosse isso, certamente pegaria o golfão…
      o que me diz da manutenção? sei que não é de palio ou gol claro, mas é tão mais caro assim que aperte no orçamento?

  • Fernando

    Bla,bla,bla… quase todos criticam.

    Este é um relato de mais um feliz e cuidadoso dono de VW. Quem tem inveja deveria comprar um, não precisa ser GTI, qualquer Golf MATA A PAU…pena a nova versão ter demorado.

    Pudera eu poder comprar o novo 1.4 TSI, acho que o carro vai compensar.
    Quem sabe usado. Vai Volks!
    Só falta melhorar o preço…

  • Jader Oliveira da Cruz

    Golf carro parecido com o gol e polo, ja é sem graça!

  • Michel

    Quem já dirigiu sabe o que o motor e o câmbio desse carro fazem, mesmo quem não gosta de dirigir , qdo dirigi um Golf GTI se sente bem logo após virar a 1° esquina. Espero que a nova geração seja no minimo tão boa quanto esta.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend