Brasil Condução autônoma Gadgets Mercado Montadoras/Fábricas Tecnologia

Fabricante de processadores diz que todo carro zero km no Brasil terá chip inteligente a partir de 2018

ford-sync-3-carplay-android-auto-3 Fabricante de processadores diz que todo carro zero km no Brasil terá chip inteligente a partir de 2018







A Qualcomm, maior fabricante de processadores do mundo, disse na MWC – evento de tecnologia realizado em Barcelona, Espanha – que todo carro zero km terá chip inteligente a partir de 2018 no Brasil.

A previsão do fabricante de processadores é baseada nas associações de empresas do setor de tecnologia com fabricantes de automóveis. A integração entre veículo, tablet e smartphone será maior com recursos de localização, monitoramento de combustível e agendamento de revisões.

Na visão da Qualcomm, nos próximos anos deverão ser conectados os veículos de transporte coletivo, carga e particulares, tais como táxi e serviços de aplicativo. Num primeiro momento, os carros estarão conectados à rede através desses chips, iniciando a primeira onda de conectividade entre carro e redes inteligentes.

Na segunda, entram os carros autônomos, que terão o reforço da conexão 5G, que promete muito mais velocidade na troca de dados, sem interferências ou quedas de sinal, como ocorre no 4G. Ford e Tesla acreditam que os dois setores estão passando por uma união, que levará o condutor à condição de passageiro, mas com diversos serviços online agregados.

A Qualcomm já fechou uma parceria com a Volkswagen na MWC e negocia com Audi e Peugeot. A BMW se juntou com a Intel para relógios e pulseiras inteligentes. A Honda assinou com a Cisco para serviços de manutenção e alerta de estado do veículo. A Hertz se associou com a Nokia e a SAP para criar serviços remotos em carros de aluguel.

No caso do 5G a bordo dos carros, Ericsson, Telefónica, Instituto Real de Tecnologia da Suécia e Applus Idiada estão testando carros autônomos guiados através da nova rede de comunicação. Os veículos são testados em Barcelona e Tarragona, também na Espanha. Essa rede 5G gerou até uma associação com fabricantes de veículos, empresas de telecomunicações e fabricantes de sistemas de comunicação digital.

As companhias prometem que não só carros, caminhões e ônibus estarão ligados à rede por chips ou conexão por nuvem. Lanchas, barcos diversos, aviões, trens, motos e até carros de Fórmula 1 também estarão altamente conectados.

[Fonte: O Globo]

Agradecimentos ao Ricardo Piquet.

 




Send this to a friend