Elétricos EUA Finanças Montadoras/Fábricas

Faraday Future desiste de mega fábrica e crise financeira piora

faraday-future-ff91-3 Faraday Future desiste de mega fábrica e crise financeira piora

A Faraday Future está indo por um caminho que provavelmente a levará à ruína. Em dificuldades financeiras, a startup sino-americana comandada pelo bilionário chinês Jia Yueting – fundador da LeEco e com participação em outras empresas do setor – desistiu oficialmente de sua mega fábrica no estado de Nevada, EUA.



A planta de produção custaria US$ 1 bilhão, mas os serviços de terraplanagem e fundações da estrutura pararam em 2016 por falta de pagamento. Localizada ao norte de Las Vegas, a enorme fábrica iniciou a crise envolvendo a empresa. Yueting não conseguiu captar mais investidores para o negócio, já que está envolvido em sua própria crise, por conta de inúmeros empreendimentos no setor automotivo em que participa.

O bilionário pede mais prazo para salvar o negócio da LeEco, enquanto a Faraday Future diz que, apesar da crise, ainda concentrará suas operações nos EUA e busca novos meios para continuar a operação. Comenta-se que a empreitada agora é reduzir a capacidade de produção e escolher um novo local para realizar isso.

Já o elétrico FF91 participou recentemente do Pikes Peak International Hill Climb para manter-se em evidência, enquanto a empresa luta para sobreviver. Enquanto isso, o governo de Nevada mantém a esperança na Faraday Future, mas sem colocar os US$ 335 milhões de benefícios fiscais para o empreendimento, ao mesmo tempo que políticos da oposição reiteram que apostar no negócio foi um erro desde o começo.

[Fonte: The Truth About Cars]

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend