_Destaque Conversíveis Cupês Esportivos Europa Ferrari Lançamentos

Ferrari Portofino chega para substituir Califórnia T entregando 600 cv

ferrari-portofino-1 Ferrari Portofino chega para substituir Califórnia T entregando 600 cv

A Ferrari revelou ao mundo sua mais nova criação, a Portofino. O modelo é o sucessor da conhecida Califórnia T, que sairá de cena. O novo bólido de Maranello é um conversível 2+2 com teto rígido retrátil, que de acordo com a marca, visa dar uma forma mais elegante e fluída ao produto.



Com olhar agressivo, a Ferrari Portofino vem com um conjunto ótico em formato de bumerangue com faróis full LED e LEDs diurnos, tendo ao lado pequenas entradas de ar. Um capô longo e com vincos pronunciados se destacam ao centro, assim como as saídas de ar nas laterais. Na altura das rodas, formas musculosas para dar volume ao novo superesportivo.

ferrari-portofino-2 Ferrari Portofino chega para substituir Califórnia T entregando 600 cv

O para-choque basicamente vem com duas entradas laterais para os radiadores do sistema de refrigeração, assim como uma grelha central exclusiva com o cavalino rampante prateado, lembrando que há outro estilizado logo abaixo do capô. Juntos às rodas dianteiras, duas saídas de ar com corte abrupto, reforça a esportividade da Ferrari Portofino, que ainda dispõe um belo conjunto de rodas e pneus de alta performance, bem como freios Brembo com pinças vermelhas e discos devidamente perfurados.

O bólido conta ainda com saias laterais pronunciadas numa seção em que a carroceria se retrai. A traseira da Ferrari Portofino tem duas lanternas circulares de LED e tampa do porta-malas proeminente, bem como para-choque reforçado com difusor de ar e quatro escapamento com quatro bocas cromadas. Com o teto erguido, o conjunto se transforma num verdadeiro cupê, sendo igualmente harmônico com este abaixado.

ferrari-portofino-7 Ferrari Portofino chega para substituir Califórnia T entregando 600 cv

Por dentro, a Ferrari Portofino tem um visual bem sofisticado, chamando atenção para o painel com enorme tela de multimídia de 10,3 polegadas, console central de alumínio com os botões de marcha, um sistema de áudio simplificado, assim como o de climatização. Os quatro difusores de ar protuberantes na parte superior se destacam.

No lado do passageiro, há um display multifuncional. No cluster, a Ferrari não mostrou sua forma completa, mas pelas imagens dá para notar que será análogo-digital com um belo conta-giros personalizado e centralizado. O volante tem fundo chato e todos os comandos para uma condução realmente esportiva. Os bancos são envolventes e revestidos em couro.

Devidamente feito em fibra de carbono, a Ferrari Portofino tem distribuição de peso de 46% no eixo dianteiro e 54% no traseiro. Seu V8 3.9 biturbo entrega 600 cv a 7.500 rpm e 77,2 kgfm entre 3.000 e 5.250 rpm. A transmissão é de dupla embreagem com sete marchas. De 0 a 100 km/h, o superesportivo precisa de 3,5 segundos e tem máxima de 320 km/h.

Ferrari Portofino – Galeria de fotos

 

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend