Fiat Hatches Recalls

Fiat 500 sofre recall por falha na embreagem

Fiat 500 Sport Air

O grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou hoje (quinta-feira, 16) um recall envolvendo o compacto Fiat 500 no Brasil. De acordo com o divulgado, unidades ano/modelo 2012 a 2016, equipadas com câmbio manual e chassis entre 3C3CFBR1C100677 a 3C3AFFAR1GT173711 podem apresentar uma falha na embreagem.

Nos exemplares envolvidos, o pedal de embreagem pode apresentar curso excessivo, impossibilitando a troca de marchas, além de causar a perda de tração do veículo, aumentando o risco de acidentes, com lesão aos ocupantes e/ou terceiros. Porém, a campanha é apenas de alerta, já que uma solução para a falha ainda não foi encontrada. Posteriormente, a marca vai comunicar uma segunda etapa do recall quando uma solução definitiva estiver disponível.

Para maiores informações, a Fiat disponibiliza o telefone 0800 707 1000 e o site www.fiat.com.br.





  • Fabio Marquez

    Da caixa de direção que apresenta ruídos (principalmente na versão Cult 1.4) a dona Fiat não fala nada. Deixei de comprar um modelo pois sei bem que no dia que o carro saísse da garantia, estaria no sabão.

    • TunAV

      Fiat é bucha. Tolo quem compra…

    • Christian Balzano

      Meu é automático e escapei desse recall. Mas já tive que arrumar a caixa de direção (fora da garantia), o valor não foi uma coisa de outro mundo se comparado a outros carros. Acho que para ter esse carro deve estar ciente que as peças não são baratas. É um carro pra quem curte.

    • Rodrigo

      Se fosse só a caixa de direção ainda estava bem… Pergunta para o dono (ou ex donos) do modelo com câmbio dualogic quanto custa pra trocar os atuadores.
      Essa da embreagem me pegou de surpresa, pois amigo meu veio pedir minha opinião sobre o 500 e falei pra fugir dos modelos dualogic (apenas). Parece que não…

      • Por enquanto não tenho o que reclamar do meu dualogic

      • Pacheco

        O problema do Dualogic é toda a linha. Conheço Taxista que só não tacou fogo no carro pq era crime.

        • Rodrigo

          Conheço um taxista que trocou o sistema easitronic (mesma coisa) de sua Meriva e adaptou um câmbio convencional com embreagem.
          Mas a minha irmã não aguentou e vendeu o Fiat 500 dualogic dela assim que terminou a garantia.

          • Pacheco

            Sim, existiram muitos Meriva com cambio manual colocado depois pelos donos, cansados dos problemas do EasyTronic.

            Antes do Uber, eu pegava muito Taxi por aplicativo e quem chegava de Cambio Dualogic reclamava após 2 min de conversa.

            • Jose Silva

              tenho um fiat dualogic com 6 anos de uso, meu desde zero, nunca tive problemas com câmbio, mas gosto de fazer a troca do óleo do sistema a cada 30.000km ou 2 anos de uso, custa em média R$150, o sistema nem 1 litro de óleo usa. Uso o carro todos os dias.

              • Pacheco

                Puxa, parabens. Primeira pessoa que me elogia o Dualogic depois de tanto tempo.

                • Jose Silva

                  Não é um elogio, só falei que tenho um fiat dualogic com 6 anos de uso, uso o carro no mínimo 30 min por dia em transito altamente pesado com velocidade média de 15 km/h e nunca tive problema. Faço parte de vários clubes de carros da fiat e pude perceber que o sistema dualogic consome óleo ao longo do tempo de uso e que 95% dos problemas relacionados ao cambio está envolvido a falta de óleo como nível baixo ou até a falta dele mesmo causando dano nas outras peças. Colhendo as informações eu faço a manutenção no meu trocando o óleo do sistema a cada 30.000km ou 2 anos de uso, e já troquei 2 vezes e vou para terceira no final do ano. Toda vez que eu pedi para trocar o óleo o nível estava um pouco abaixo do recomendável mostrando claramente que o sistema consome óleo. Só que o sistema utiliza menos de 1 litro de óleo, e sua troca sai menos de R$150. Talvez esse seja o segredo de evitar problemas.

                  Quanto ao funcionamento eu acho o cambio na cidade prático, atende a necessidade com conforto mas as vezes irritante em certas situações, mas tem quando você aprende a dirigir e o funcionamento do cambio você pode antecipar certas situações irritantes como por exemplo o carro está de terceira marcha e você entra em uma esquina e no meio da conversão o carro reduz para segunda dando um lag no acelerador em certa velocidade, você pode evitar a situação jogando a segunda marcha antes de entrar na esquina. Já o funcionamento na rodovia é excelente, nada a reclamar.

                  • Pacheco

                    Quer dizer, vc mantem a manutenção igual de um automatico e não igual de um manual.

                    • Jose Silva

                      dualogic é automático, possui seu sistema automático e o mesmo deve passar por manutenção que 75% das pessoas não fazem e vai até quebrar.

                    • Pacheco

                      Sim, nós sabemos disso. Mas a FIAT gostava de alegar que ele teria manutenção e durabilidade de um cambio manual. Lembro que quando lançou o Stilo, falava que até a embreagem era a mesma, mesmo sabendo que não deveria, pois ela sofre um desgaste diferente.

                    • Jose Silva

                      Demorei para entender sua pergunta.
                      Sim, o cambio dualogic é um cambio manual normal, mas em cima dele tem o sistema robotizado que é o dualogic. O sistema robotizado ele tem um reservatório que pega menos de 1 litro de óleo, além do óleo do cambio manual que troca a cada 80.000km ou 4 anos. Esse do dualogic consome óleo com passar do tempo mesmo, eu recomendo olhar o nível em toda revisão anual. No mais a embreagem é quase a mesma, muda uns detalhes para o dualogic fazer o reconhecimento, o preço deles são praticamente idênticas, o preço varia em torno de R$400, o mais caro é o atuador da embreagem que custa em média R$700 mas só troca se tiver ruim.

                    • Pacheco

                      Então. Eu concordo com essa manutenção.
                      Mas a Fiat nunca divulgou isso. Pega o material de lançamento do Stilo Dualogic e vc vai ver que ela sempre descreveu como um manual. Um carro sem manutenção nenhuma.

                      Porem, sabemos que tem essa manutenção. Até mais barata que um automatico, mas tem.

                    • Pacheco

                      Mas não foi o divulgado. Todo cambio tem manutenção, porem a Fiat divulgou ele como manual sem manutenção, um erro. O mesmo erro do oleo a cada 20 mil km da Marea.

                    • Jose Silva

                      Então, a montadora diz que é vitalício, não precisa trocar, mas deve ser inspecionado a cada revisão, se tiver abaixo do máximo tem que completar ou inspecionar ser tem vazamento. Eu troco pq é barato mesmo, e não confio em nenhum óleo vitalício em nada.

                    • Pacheco

                      Mas não existe oleo vitalicio. Nem oleo de direção hidraulica, cambio manual, fluido de freio. Mas quem já viu alguem trocar isso fora da rede de concessionario? Uma vez pedi pra trocar o oleo da direção e o fluido de freio e vieram me perguntar o por que disso, que era jogar dinheiro fora.

    • Alexandre Maciel

      Ela não fala mas andou trocando sem ser solicitada. O 500 da esposa de um amigo teve a caixa de direção trocada numa das revisões sem qualquer reclamação por parte dele.

    • Carlos_Drake

      sem esse tipo de problema nos 3 500 da familia.

      • Fabricio Conchon

        então pra balancear… arrumei o meu mais de 3 vezes já…. estamos na média.
        (estalos na árvore de direção – 500 cult)

  • Levando em consideração que já tive que trocar meu kit de embreagem aos 40k km (modelo Cult manual), não é surpresa aparecer esse recall. Na época ninguém entendia como a peça chegou naquele estado em tão pouco tempo, e só então descobri que, além desse defeito, para trocar esse kit desse carro a pessoa precisa de muita, mas muuita paciência.

  • GPE

    Nem sabe a solução… Parabéns, Fiat

    • FearWRX

      Pois é, pra chorar né?

  • Detector de Mentiras

    Não sei se infrói, mas as minhas Strada têm embreagem bem pesada, com baixa km (cerca de 50 mil)

  • Diogo Oliveira

    Por que que nos dias de hoje tem tanto recall? Poha, a cada 5 Minutos é um Recall de uma marca ou carro diferente. Será que as montadoras de hoje em dia ficam construindo seus carros igual desesperadas? Ou é de má vontade mesmo?
    (OBS: Não estou falando da Fiat, estou falando de TODAS as marcas)

    • Murilo Soares de O. Filho

      Não acho isso, hoje os órgãos de proteção aos consumidores, batem em cima, as pessoas estão mais concientes de seus direitos, antigamente, se os carros apresentasse algo errado…f@da se o consumidor.

      • Pacheco

        E com toda tecnologia embarcada, tudo é provável a dar defeito.

        Sem falar que atualmente existe um controle de qualidade continuo e as multas e consequências de um problema é maior que o eventual prejuízo de reparo.

  • Murilo Soares de O. Filho

    O texto diz, podem apresentar, então, será analisado.

  • Muriçoca

    Comprei um 500 Cult 1.4 2015 para minha noiva, o carro tem 16.000km, peguei o carro tem 2 semanas, no ultimo final de semana em uma viagem que fizemos com o carro a luz do AirBag acendeu e não apagaou mais, e toda hora apitando, e ontem vejo na tv a noticia do recall. Primeiro Fiat que compro, e já começamos mal, 2 surpresas em menos de uma semana. Quero ver quanto tempo agora na css pra solucinar a porcaria da luz e esse recall que anunciaram sem solução.

  • dallebu

    Resumindo:
    Fiat 500 1.4 16V – 200.000 km
    – Sem problemas de quebras ou avarias eletrônicas
    – Duas balanças dianteiras trocadas com 162.000 km
    – Amortecedores foram trocados com 80.000 km, e aos 200.000 km precisavam ser trocados.
    – Bomba d’água chegou aos 200.000 km começando a apresentar vazamento.
    – Alternador com uma trinca na carcaça, precisaria ser trocado.
    – Sem grilos no interior do carro, couro do volante com desgaste moderado, bancos perderam um pouco a firmeza original da espuma.
    – Embreagem ainda original, e rodaria ainda uns bons km…
    – Motor rodaria com tranquilidade até os 400.000 km
    – Câmbio uma manteiga, melhor do que quando era novo
    – Sistema de arrefecimento perfeito
    – Desempenho melhorou 10%, consumo melhorou 6%
    O jornalista termina elogiando o carro e dizendo que a manutenção preventiva é fundamental e que a quilometragem não é tudo…
    OBS. Era a primeira vez que a revista chegava a 200.000 km num teste de longa duração, que sempre paravam nos 100.000

    • Fabricio Conchon

      meu 1.4 8v está com 94 mil km… sem problemas dignos de nota…. exceto a famigerada árvore da direção que no começo dava uns estalos.. e foi regulada (e trocada) mais de 3 vezes, dentro da garantia. fora isso, exelente carrinho… rumo aos 200 k

  • Edson Fernandes

    Ta virando moda essa coisa de lançar recall em duas fases?

    Então se ela não sabe como resolver, nada mais justo que trocar a embreagem se o problema aparecer! Assim que encontrar a solução chama novamente para intervenção!

    Que absurdo esse tipo de coisa. O cliente que paga o pato? esse recall nunca deveria ser aprovado, pois se o cliente vir a ter problema, ele terá de pagar do bolso para arrumar. (ou ao menos conseguir continuar a rodar com o carro enquanto a embreagem que pode ainda novamente dar problema)

  • Fabricio Conchon

    Recomendo que os colegas proprietários que tiverem que consultar o 0800 da FIAT o façam munidos do chassi do veículo, pois num primeiro momento, logo que a FIAT anunciou esse chamado, consultei o 0800 e me pediram a placa, e pela placa disseram que meu carro não estava envolvido.Agora consultando pelo chassi me confirmaram que me carro está sim na lista dos veículos envolvidos. (e por enquanto, só aguardando a decisão da 2a fase… pra ver o que farão com esses veículos)



Send this to friend