Fiat Hatches Mercado

Fiat Argo comemora 100 mil unidades vendidas no Brasil

Fiat Argo comemora 100 mil unidades vendidas no Brasil

Lançado em maio de 2017, o Fiat Argo completa 100.000 unidades vendidas no Brasil. Ele surgiu como um sucessor direto do Palio, que saiu de cena após 20 anos de mercado nacional.


O hatch compacto também eliminou o Punto nesse processo, criando assim uma nova linha de produto da marca italiana no Brasil, onde a plataforma deste último foi atualizada para a criação do novo carro e do sedã Cronos.

De lá para cá, o Fiat Argo partiu para cima do principal rival, o Volkswagen Polo, recebendo na sequência o Toyota Yaris como outro potencial concorrente. Mas, apesar da pretensão, no começo o hatch não teve o desempenho esperado, mas ainda assim vendeu 30 mil unidades no primeiro ano.

No segundo, em 2018, o Fiat Argo emplacou 63.017 unidades. Em fevereiro de 2019, o modelo vendeu 6.700 unidades, de acordo com a marca, ocupando assim a quarta posição. No ranking do ano passado, o hatch compacto ficou em nono lugar. Com alguns prêmios ganhos no período, o Argo é atualmente o principal produto carro de passeio da Fiat, mas, em vendas, é superado pela picape Strada.


Fiat Argo comemora 100 mil unidades vendidas no Brasil

Equipado com motores Firefly, o Fiat Argo tem versão 1.0 de três cilindros com 6V, que entrega até 77 cavalos, além do 1.3 de quatro cilindros de 8V, que entrega até 109 cavalos. O hatch também possui o motor E.torQ Evo 1.8 com até 139 cavalos, sendo este equipado opcionalmente com transmissão automática de seis marchas.

Com motor 1.3 Firefly, o Fiat Argo também possui o câmbio automatizado de cinco marchas, o GSR-Comfort. Por ora, o modelo é oferecido em versões 1.0, Drive, Drive GSR, Precision e HGT, esta última com visual personalizado e com proposta esportiva.

Para 2019, o Fiat Argo deve apostar em versão aventureira, assim como na melhoria da oferta no mercado nacional. Espera-se mais adiante, a introdução do motor Firefly Turbo, especialmente na versão 1.0 com algo em torno de 120 cavalos.

 

 

Fiat Argo comemora 100 mil unidades vendidas no Brasil
Nota média 4.9 de 7 votos

  • Whering Alberto

    Poderia ser um carro melhor.

    • JOSE DO EGITO

      Sem nenhum demerito mas andei em um esse fim de semana e senti num PALIO !! é impressionante

      • Murilo Soares de O. Filho

        Tenho um Argo 1.3 Drive, Confesso que alguns itens poderiam melhorar, como o Câmbio Manual, mesmo com uma evolução considerável em relação ao Palio, ainda está abaixo do câmbio da VW, que são referência. O motor 1.3 é muito bom, assim como o Firefly 1.0. O 1.8 está com os dias contados, apesar de gastão é um motor bem robusto. Quanto a comparação com o Palio está enganado, é bem superior ao Palio, meu carro anterior era um Palio de segunda geração 1.4, dirigibilidade, conforto, rigidez e estabilidade muito melhor, está mais para uma evolução do Punto mesmo. Confesso que fiquei tentado a mudar de marca quando fui trocar o Palio, mas a concorrência não ajuda, o único que realmente balançou foi o novo Polo, que tem um dirigibilidade superior ao Argo, mas seu interior realmente desencanta nas versões mais simples, questão de gosto mesmo. Acabou no fim que por ser cliente Fiat a alguns anos e pelo pontos do cartão Fiat Itau, a compra do Argo foi a melhor solução. Quanto ao nome poderia ter mantido até por questão de continuidade o nome Palio ou Punto, mas por questões estratégicas, que eu ainda não compreendi, a Fiat optou por mudar o nome…

        • Emanuel Schott

          Sobre o câmbio: tenho um Drive 1.0 e a única reclamação que tenho sobre ele é a falta de uma sexta marcha. O motor gira mais que o necessário em velocidades razoáveis. Ele é macio como qualquer Fiat, mas tá longe de ser impreciso como era nos antigos. Pessoalmente não gosto do câmbio da VW, é muito curto e firme e isso me causa estranheza. Prefiro os câmbios da Hyundai e da Ford.

          • Murilo Soares de O. Filho

            Como eu disse, tudo é questão de gosto, mas tem pessoas que só reclamam mesmo.

          • pedro rt

            continuo achando os cambios da vw e hyundai os melhores pros populares

          • Unknown

            Também prefiro os engates da FORD em relação aos VWs.

        • Perse

          Tenho um Punto e fiz test drive num Argo. Ainda prefiro o Punto (meu é sporting)

      • Ricardo

        Dirigir um Uno, Pálio, Punto e Argo acho que é tudo a mesma sensação, aquela posição de dirigir horrível.

        • Unknown

          E ainda teve um rapaz que quis me convencer que o Punto é superior ao New Fiesta, em dirigibilidade… kkkkk

          • ocampi

            Superior ao Fiesta, só o Focus.

          • Emanuel Schott

            Que dirigibilidade do Fiesta? Dirigir socado no chão ou batendo a cabeça no teto?

            • Unknown

              Quando você souber a diferença entre dirigibilidade e ergonomia, você volta aqui para comentar…

        • dallebu

          “Uno, Palio, Punto, Argo é tudo a mesma sensação…” Rapaz, sinto te informar, mas acho que você precisa treinar mais a sua sensibilidade sensorial rsrsr

          • ocampi

            Pois é tem gente que força a barra.

          • Bruno Luís

            Punto e bem melhor que Palio e uno . Em relação ao Argo o centro de gravidade do banco do motorista do punto e bem mais baixo que o do Argo, o argo vc fica mais alto bem parecido do Fox…

            • Malvino Jose Moreira Junior

              E o Fox tem regulagem ótima, vc pode se sentir altinho ou la no chão . Claro que não chega a ser como no gol.

          • Ricardo

            Punto é parecido com o Pálio?

          • Tiago Bastos

            Você ainda refrescou na parte que fala da “péssima posição de dirigir”
            Se tem uma coisa que e elogiada em Fiat é a posição de dirigir.

      • Emanuel Schott

        Ele é bem superior ao Palio.

        • pedro rt

          superior ao palio mas inferior ao punto, posso dizer pq ja tive um punto e ja testei o argo.

      • pedro rt

        natural pensar assim afinal e o SUCESSOR dele…

    • Zaskia Gotik

      veja “Alita: Battle Angel” neste site! todos os filmes disponíveis !! copie o blog aqui: FAMILYSERIESHD.BLOGSPOT.COM

  • TheuAMG

    Tira o câmbio GSR e o motor 1.8 e corta essa politica de lotar o carro de opcionais q vc vai ver o q é vender Fiat.

    • Verdades sobre o mercado

      Os preços dos opcionais também são muito altos. Tem muita gordura para cortar e assim aumentar a atratividade.

      • dallebu

        Depende. 3.500 reais o pacote com Ar digital, sensor de chuva, sensor crepuscular, cluster LCD de 7″, espelhos com rebatimento elétrico e luz de cortesia em LED, chave presencial e partida por botão.
        Tem gente que gasta isso num Smartphone.

        • Verdades sobre o mercado

          Respeito sua opinião mas achei nada a ver sua comparação. 1) sensor de estacionamento mais câmera de ré por 1.850,00 ! 2) retrovisores elétricos + vidros elétricos traseiro por 1.400,00 ! 3) por menos que o valor do kit que você citou você compra praticamente os mesmo itens e mais shift paddles, câmera traseira, detector de fadiga, sensor de estacionamento dianteiro, piloto automático, entre outros no Polo Confortline. viu como tá caro ? Uma CMM tá 2.100,00 no Argo. No Polo 1.6 por 3.500,00 além do Multimídia você leva rodas de liga-leve, retrovisores elétricos e sensor de estacionamento, ou seja, admitindo -se os mesmos 2.100,00 na CMM do Polo, os demais itens custariam “apenas” 1.400,00, e olha que este kit do Polo no lançamento era 2.600,00 e incluía kit seguranca(ESP/Hill Holder/EDS), apesar que não tinha retrovisores elétricos nem sensores de estacionamento(que eram ofertados no kit do Virtus por 350,00). Viu como tem bastante gordura nos kits do Argo ?

  • Luconces

    Parabéns para a Fiat, é uma marca respeitável.

    Agora, sobre o carro, nessas imagens da para ver bem a desproporção do balanço dianteiro, os olhos de gato de gosto meio chinês no parachoque traseiro, a quantidade de lata nos paralamas… Fiat, quem já te viu, quem te vê…

    • Annita Fingenberg

      Nunca havia reparado nestes detalhes, tendo em vista esse carro não estar nos meus planos. Mas agora que você disse, que coisa bizarra é aquele para-lamas. O argo é um Mobão no quesito estilo. Eu curto muito o POLO, desenho sóbrio, tecnologia boa, mas é outro que não desce com aquele interior extremamente pobre. O interior de um Argo com o restante do Polo seria top.

      • Luconces

        Pois é, isso me chamou a atenção desde o lançamento, essa frente bicuda/queixadinha é de matar. Os faróis de neblina mais ao centro deixam o carro estrábico…

        No final, é uma pena pois o design italiano autêntico é muito bem resolvido vide os fadados Palio e Punto.

        Uma pena a Fiat estar indo nessa direção mais regional para o desenho dos seus carros.

      • pedro rt

        o argo e concorrente do onix, hb20 e ka nao do polo… o polo e superior e concorre com o yaris, fiesta, fit, 208 e c3

        • Gran RS 78

          Vc está enganado, pois o Argo concorre com Polo, assim como Onix, Ka, Fiesta etc tbm são concorrentes diretos, pois são hatchs compactos e nada mais.

    • Alvaro

      Pois é, é uma pena que faltou pouco para o design desse carro ficar bem palatável. O pará-choque ainda dá para resolver em um facelift, mas há economias na fase projetual que infelizmente vai ser custoso demais para corrigir nessa geração: a desproporção comentada na dianteira, os pará-lamas cheio de lata e em acréscimo, a quantidade de lata nos recortes das portas, que equipara aos Ka e Onix, distanciando de Polo, Yaris e HB20 que possuem mais refinamento nesse detalhe.
      Era só a montadora ter pegado o Tipo europeu e ter diminuído de tamanho que estava ótimo!

  • Verdades sobre o mercado

    Bom produto, mas a Fiat errou(e ainda erra) na estratégia(saudades daquela Fiat estrategista). Poderia estar brigando com HB20 e Ka pela 2a/3a posição em vendas.

  • Alvaro Mendes

    Perdeu a mão Fiat…E não foi de agora pois as duas últimas gerações do palio deixavam também muito a desejar.
    A Fiat não conseguiu fazer um carro que desse conta da concorrência porque simplesmente este modelo não emociona, o visual de Gran Mobi não ajuda, muito genérico. Poderia ter um design mais interessante inspirado no estilo da Toro.
    Além disso a mecânica não ajuda com motores e câmbio abaixo da concorrência.

    • Emanuel Schott

      Que mecanica? Os motores Firefly são excelentes.

      Sobre o câmbio: a única reclamação que tenho dele é a falta de uma sexta marcha. O motor gira muito além do necessário em velocidades razoáveis. Ele é macio como todo Fiat (e isso é só questão de costume, eu acho horrível o câmbio firme dos VW), mas ele é bem mais preciso que os antigos.

  • O melhor interior de carros compactos do Brasil. Pena que os valores estejam fora da realidade, pois poderia estar brigando com o Onix.

    • JOSE DO EGITO

      Vc acha melhor ainda do que o HB20?

      • Pô, Zé… com certeza.

      • Verdades sobre o mercado

        É bem melhor que o do HB20.

        • Gran RS 78

          Não acho, pra mim estão no mesmo nível.

    • Raphael Pereira

      Nenhum deles chega aos pés do interior bem feito do 208, que também é compacto!

      • Outra categoria de preço…

      • SK15

        Tive um 208 16/17 (disse o ano pq dizem que os mais novos são piores então talvez seja isso) e agora um Argo e na boa é o oposto o 208 não chega nem aos pés … cheio de remendos e rebarbas a montagem entre o porta luva e o plastico que fica o air-bag do passageiro era triste em menos de 6 meses fico cheio de grilos dentro que a CSS disse ser do carro … o estofado tem a espuma ruim uma viagem mais longa tipo 1h já deixava todos dentro quebrados falta coisas simples como porta oculos ou alça de segurança isso so entrado no mérito da cabine pq o carro é cheio de defeitos … além de coisas mal projetadas como o limpador de para brisa que não da pra levantar pq raspa no capo e o pós venda da Peugout é péssimo.

        • Raphael Pereira

          Tive um 2013, nunca tive um problemas, nem vi remendos nos acabamentos, alem de nao ter criticas as CSS da minha regiao. A efeito de comparação com o C3 , ele sim vi falhas de acabamento bem toscas, sem falar na qualidade inferior.

          • SK15

            Bem não sei o 208 a bomba e combustível começou a grilar com 5.000km e o carro morrer e não querer ligar, e foi um parto fazer a CSS Peugeot trocar, eles diziam que era normal, mas estava mega alto o som fui 5x lá até queimar a bomba na mão deles e eles não tinha uma misera bomba no estoque, fiquei 1 mês sem o carro nessas idas e vindas, o Argo teve problema semelhante na bomba, dependendo da rotação ele ficava fraco relatei isso na CSS na revisão quando fui pegar o carro eles falaram trocamos a bomba pelo defeito … sem eu ter que quase implorar pra trocar como na Peugeot por isso nem de graça quero mais eles …

          • Gran RS 78

            Realmente, o acabamento do C3 é muito ruim, especialmente nas portas, que são totalmente de plásticos de péssima qualidade. Nem um simples veludo para apoiar os braços ele possui, sem contar que riscam com uma facilidade impressionante.

      • JOSE DO EGITO

        Argo,HB20,208 ……. mais aguem tem o melhor interior????…

        • Raphael Pereira

          Polo! Hahaha!

  • Pedrov154 #17 🇧🇷

    E nada do teste de segurança, né, dona Fiat? 🤔

    • Raphael Pereira

      Chuto 3 estrelas com a estrutura mediana

  • Muy buen auto

  • Domenico Monteleone

    É um bom carro, uma evolução se comparado a outros Fiat, mas não causou paixão no mercado, vende razoavelmente bem quando a Fiat faz promoções agressivas.

    • pedro rt

      uma grande evolucao se comparado ao uno, mobi ou palio e um carro bonito e interessante, o melhor hatch abaixo dos 50mil na minha opniao.

      • Gran RS 78

        Sou mais um HB20 em tudo.

  • dallebu

    O Argo em comparação ao Novo Palio é uma evolução enorme em tudo. Quem diz que dirigir o Palio ou Argo é a mesma sensação simplesmente não tem alguma sensibilidade.
    O “problema” desse carro é a motorização 1.8 que não chama a atenção quando comparado ao preço cobrado.
    Falando em preço, com todos os opcionais ele pode ficar mais caro que HB20, Onix e Ka, mas oferece muito mais também.
    HB20, Onix e Ka oferecem chave presencial, partida por botão, sensor de chuva e crepuscular, retrovisores com rebatimento elétrico e luz de cortesia em LED, Ar condicionado digital automático (só HB20 tem), ESP, ASR, Hill Holder, cluster com tela LCD de 7″ e a estrutura com aços de ultra alta resistência e estampados a quente? Não oferecem, ou oferecem em partes, por isso o Argo custa mais nas versões top recheadas. Se o Argo tivesse o mesmo preço mas dês do início tivesse vindo com um motor 1.3 Turbo de 150 cv o preço iria estar justificado no imaginário coletivo. O Polo custa a mesma coisa e tem os mesmos ítens, mas o excelente motor TSI “justifica”, mas quando você pensa em pagar 70/75k num Argo e lembra que o motor embora não seja ruim não se destaca, aí desanima. Por mais que eu goste do Argo eu iria engolir o acabamento mediano e iria de Polo só por causa do motor muito melhor (já testei os dois e sei o quanto o 1.0 TSI é melhor)

    • Bruno Silva

      Ka Titanium tem partida por botão, 6 airbags, ESP, ASR, hill holder, O Argo só tem airbag duplo, mesmo na versão top, com opcional de airbag lateral. O Ford também foi reforçado, nas versões com ESP e mais airbags teria 4-5 estrelas. O Argo 1.8 tem umas das piores médias de consumo do segmento, pra mim só vale nas versões de entrada.

    • Pete Alves

      “Evolução em tudo”? O estilo não pode ser considerado uma evolução, mas apenas diferente, em relação ao Palio de 2a geração, que foi deixado de lado sem nunca ter recebido um mero facelift. E o câmbio GSR da versão intermediária e o motor 1.8 da topo de linha são mais do mesmo feijão com arroz da linha Fiat.

    • pedro rt

      o argo e a melhor opcao ate 50mil, acima disso so recomendo o polo nesse segmento.. agora se vc quer um excelente carro desse segmento mas nao quer um fiat ou vw recomendo o 208

  • Baetatrip

    Saudades nos anos 90/00, que tinha boa variedade de produtos de 1.0 até 2.4!
    Marea Weekend 2.4 era lindo e bem acabado!
    Hoje em dia é 1.0 ate 1.8! Acabamento de porcaria!

  • Erick

    Pra mim deveria ter o nome “PALIO” e o Cronos “SIENA”…
    A FIAT foi “ingrata” com a dupla Palio e Siena que bateu durante muito tempo nos concorrentes e durante anos ficou no pódio.

    • Pete Alves

      O interessante é que fez várias reestilizacoes na 1a, geração e deixaram a 2a de lado, que nasceu e morreu com exatamente o mesmo visual. Um Paliozinho com aparencia modernizada poderia estar fazendo melhor papel que o Uno,.

    • Dick Buck

      Ironicamente o Siena ainda vende mais que o Cronos.

      • Erick

        Exato! MG, Goiania e Brasília tenho percebido isso, principalmente o 1.4 que tem vendido mais que o 1.0 .

  • romulo

    poderia estar melhor nao fosse a ma estrategia e insistencia da fiat em maus arranjos de cambio e motor

  • Alvaro

    Esse carro era para ser muito bom, mas a proposta dele parece ter ficado em cima do muro.
    Aqui vai uma “divagação” pessoal: Creio que originalmente, o carro tinha sido pensando em ser o substituto do (velho) Palio e fazer o que a Fiat sempre fez de melhor, carros simples e robustos com grande volume de vendas. Um modelo para rivalizar no custo/benefício contra Onix.
    Mas parece que no meio do caminho do projeto já com boa parte definida, deu-se uma guinada que o carro deveria ser mais “premium” e de olho nas boas vendas do HB20 que vende bem no varejo e nas versões mais caras. Então resolveram investir em um carro com acabamento superior para justificar a subida de patamar. Resultado, saiu um carro que ficou o meio termo. Motorização e câmbio com que eles tinham na prateleira, design externo com soluções simples (evidente pela quantidade de lata nos recortes das portas e pará-lamas) enquanto o interior ficou muito bem trabalhado.

    • Emanuel Schott

      Quando fala de motor, esquece dos motores Firefly e só foca no eTorq.

      O motor 1.8 só foi colocado pra preencher a lacuna que o Bravo deixou, mas o que faz volume de vendas é o 1.0 e o 1.3 que não devem nada pra concorrencia, muito pelo contrário.

      • pedro rt

        ate hj so vejo argo 1.0 na rua, 1.3 e meio dificil e o 1.8 e rarissimo

        • Emanuel Schott

          É bem difícil identificar se é 1.0 ou 1.3, só dá pra ter certeza na versão “pelada” ou olhando o câmbio GSR no interior. As versões Drive 1.0 e 1.3 manual são idênticas. O 1.3 tem rodas de liga leve e farol de neblina como opcional, porem muita gente instala no 1.0 como acessórios.

          De certeza mesmo só dá pra identificar os 1.8.

  • Natán Barreto

    A Fiat simplesmente lançou uma espécie de Palio inspirado no HB20. O carro tinha tudo pra ser mais sucesso ainda, porém a Fiat caga os preços dos opcionais (até mais que a VW) e brinca com o consumidor oferecendo num carro 2019 o câmbio Dualogic e o motor 1.8 que bebe mais que V6.

    Apesar de falarem tanto do acabamento do Polo que no Argo é melhor, eu jamais trocaria o VW pelo Fiat, pq apesar do acabamento o motor TSI e outras tecnologias são muito mais importantes.

    • pedro rt

      se a fiat tvesse cabeça mais “chevrolet” tirava de linha as versoes 1.8 e o 1.3 GSR e colocaria no lugar um 1.3 AT6. baixaria mais o preço de todas as versoes e tirava mais os pacotes de opcionais focando mais em custo x beneficio e faria mais propaganda. ta ai o receita de sucesso do onix q pode ser colocada em qualquer carro compacto pra fazer sucesso no BR.

      • Emanuel Schott

        Já vi em diversos lugares que a Fiat não vende mais Argos por falta de motor. Não tem nada a ver com ter motor 1.8 ou câmbio automatizado (que é bem longe de ser ruim como todo mundo, as vezes sem testar, fala) A capacidade produtiva do Firefly é baixa (por isso Uno e Mobi com Fire).

  • pedro rt

    poderia chegar aos 200mil ou quem sabe aos 300mil mais rapido se tirassem de linha as versoes 1.8 e colocasse no lugar o drive 1.3 AT6 alem claro de baixar mais os preços. vender o drive 1.3 por exemplo a 49990 e nao 54990..

  • HugoCT

    Se tivesse sido lançado com motor 1.3 e cambio At6 iria vender ainda mais. Mas no meio deste ano, a Fiat vai lançar o drive 1.3 At6, se vier pelo preço do GSR é sucesso na certa. A fiat tem que criar um 1.3 mais enfeitado, com rodas mais vistosas na versão 1.3

  • Samluzbh

    Observei que são poucas as reclamações desse carro a principal é o preço, com poucos acertos a Fiat teria mais sucesso.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email