Fiat Cronos 2021 não tem mais câmbio automatizado

Após ter tirado o câmbio GSR-Comfort do Argo, agora a Fiat o faz com o sedã compacto Cronos, que é fabricado na Argentina. O sistema automatizado enfim sai do portfólio da marca italiana, onde chegou em 2008.

Estreando como Dualogic no Fiat Stilo, o sistema robotizado de troca de marchas desenvolvido pela Magneti Marelli, equipou quase todos os carros da marca até então.


No Cronos, a oferta era na versão Drive com motor Firefly 1.3, que entrega 101 cavalos na gasolina e 109 cavalos no etanol, com torques de 13,7 e 14,2 kgfm, respectivamente.

Sem o GSR-Comfort, o Cronos só oferece opção automática nas versões Drive 1.8, Precision 1.8 e HGT 1.8, equipadas com a caixa de transmissão de seis marchas da Aisin.

Não tendo mais opção abaixo de R$ 70.000 para clientes PCD, o Cronos deve ganhar o reforço de uma transmissão CVT, já confirmado pela FCA e que deve chegar ao modelo em 2021, assim como também ao Argo e outros carros da Fiat.

Será a primeira vez desde o Uno Selecta italiano, nos anos 90, que a Fiat apostará na transmissão continuamente variável. Quanto ao câmbio automatizado, não existem mais opções do tipo no Brasil.

Na Fiat, o Dualogic equipou também Linea, Bravo, Punto, Palio, Siena, Grand Siena, Palio Weekend, Uno e Mobi, além de Argo e Cronos. A mesma tecnologia da Magneti Marelli foi usada pela Volkswagen como ASG.

Nesse caso, os modelos Fox, SpaceFox, Voyage, Gol, Polo, Polo Sedan e up! receberam o dispositivo. Além de Fiat e VW, o automatizado equipou os modelos Agile e Meriva na Chevrolet, assim como Sandero e Logan na Renault.

Saindo de cena no Brasil, contudo, o câmbio automatizado continua forte em alguns mercados, em especial na Índia, onde uma variedade de carros de até 4,00 metros utilizam essa tecnologia. Na Rússia, a Lada é conhecida por fazer uso desse sistema de troca de marchas.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.