Fiat Cronos Precision 2025: Apesar do motor mais fraco, tem visual bem melhor que seus concorrentes

cronos precision (24)

O Fiat Cronos é um dos poucos remanescentes do quase finado grupo de sedans pequenos, seu único rival com participação de mercado é o HB20S.

Dentre os rivais um pouco menos diretos, estão Onix Plus, Virtus, Yaris, City e Versa, mas todos são sedans compactos.

Construído na mesma base do Argo, o Cronos têm em sua versão “Precision” seu ápice (em preço e qualidade).

Avaliamos uma unidade e trouxemos todos os detalhes para você.

Partindo de R$ 112.990,00, de acordo com o site da Fiat, a versão Precision 1.3 AT vem de série com:

Acendimento automático dos faróis, ar condicionado automático digital, bancos revestidos em couro, câmera de ré, faróis de neblina dianteiros, keyless enter ‘n go (Abertura e fechamento do veículo por aproximação da chave + Partida por botão), retrovisores externos com ajuste e rebatimentos elétricos, central multimídia de 7″ com Android Auto e Apple CarPlay, câmbio automático do tipo CVT (com 7 velocidades simuladas) , direção elétrica, airbag duplo (motorista e passageiro), freios ABS, LED nos faróis dianteiros, piloto automático, quadro de instrumentos digital de 3,5″, rodas de liga leve aro 16″, sensor de estacionamento traseiro, TPMS (Monitoramento de pressão dos pneus) e mais.

Motor aspirado não faz feio, mas poderia ser turbo, pelo preço

cronos precision (23)

O motor 1.3 aspirado tem bons números, tendo em vista a baixa cilindrada e a ausência de sobrealimentação.

São 107 cv e 13,7 kgfm de torque, quando rodando com etanol.

Na gasolina os números caem senívelmente, com 98 cv e 13,2 kgfm.

Acoplado ao câmbio CVT de 7 velocidades, tem uma aceleração de 0 a 100 km/h em 11,1 s, com velocidade máxima na casa dos 180 km/h.

O HB20S, na versão turbo (que parte de R$ 114.990,00) tem números não muito melhores, com 0 a 100 km/h na casa dos 10,7s e velocidade máxima de 191 km/h.

Onix Plus, na versão automática, tem 0 a 100 km/h na casa dos 10,5s e velocidade máxima de 185 km/h.

Virtus, na versão automática 1.0 turbo faz 0 a 100 km/h em 10,4s, com velocidade máxima de 201 km/h.

Com os motores turbo do grupo Stellantis, seria possível o Cronos ter desempenho muito superior, a exemplo do Pulse 1.0 turbo, que faz 0 a 100 km/h em menos de 9,5s.

No quesito consumo, o Cronos faz 9,3 km/l na cidade e 11,0 km/l na rodovia, isso com etanol.

Na gasolina são 13,3 km/l e 15,0 km/l, respectivamente, ótimos números.

Seu rival turbo não chega perto, são 8,3 km/l na cidade e 9,9 km/l na rodovia, com etanol.

Rodando com gasolina faz 11,7 km/l e 13,9 km/l, respectivamente.

Desenho melhor que do rival

cronos precision (2)

Talvez o Cronos não seja o carro mais bonito da Fiat, porém tem um desenho sóbrio, sendo, na minha opinião, mais bonito que o HB20S.

Não que o asiático seja feio, mas ele se perdeu um pouco na geração passada, e ainda não corrigiu 100% o design para a atual (ainda assim está infinitamente melhor).

Voltando ao Cronos, em relação às demais versões, ele se destaca por mais uso de frisos cromados e pelo conjunto bonito de rodas.

De frente, a grade superior tem frisos cromados que a atravessam de ponta-a-ponta, chegando até os faróis.

cronos precision (5)

Os faróis são relativamente grandes, com fundo escurecido, se estendem até um pedaço da lateral.

cronos precision (1)

O para-choque, logo abaixo deles, tem um vinco, que cobre os faróis de neblina, posicionados um pouco para cima do que se costuma ver no mercado.

Mais para baixo está a grade inferior, com um friso cromado generoso, que percorre todo o comprimento do para-choque.

O capô tem dois vincos que começam quase na direção do logo da Fiat e se abrem, conforme caminham em direção ao para-brisas.

cronos precision (19)

As já citadas rodas tem fundo na cor grafite e diamantação nos raios, que totalizam 5.

cronos precision (7)

Visto de lado, tem um teto um tanto quanto côncavo, e queda linear, que encontra a tampa do porta-malas, de forma sútil, assim como o final, sem aerofólio.

Mais cromado está presente na lateral, especialmente nas maçanetas e no friso da parte inferior das portas.

As lanternas são compridas, avançam em direção à lateral, pontiagudas, se abrindo em direção à traseira.

Na transição da lateral para a traseira, as lanternas começam a afunilar, em direção ao centro da tampa do porta malas, sendo quase inteiramente vermelhas, tem dois pontos transparentes, para a seta e luz de ré.

cronos precision (8)

A porção inferior do para-choque é em plástico preto.

Na tampa do porta-malas, no canto inferior direito, está o emblema “Precision AT”, fazendo menção à versão e “Cronos” no canto inferior esquerdo.

Interior diferenciado e conservador

cronos precision (11)

O interior do Cronos Precision é bem diferente das versões de entrada, com apliques de couro em diversos pontos.

cronos precision (18)

Os bancos tem a região central em couro preto e nas áreas mais externas um marrom claro, dando um ar de sofisticação.

O desenho dos bancos é “chapado”, com abas discretas, bem ao estilo “poltrona” e nada arrojado.

O apoio de braços central é na cor marrom.

cronos precision (10)

Na forração de portas, o mesmo, apliques em couro marrom garantem a impressão de um acabamento melhor.

cronos precision (13)

No painel, a cor marrom aparece novamente, aplicada no acabamento que começa ao lado do motorista, passa pelos difusores centrais de ar e chega na porta do passageiro.

Diversos frisos cromados são aplicados nos mais diversos itens.

A central multimídia se destaca do painel, na região superior, não é muito bonita ou moderna, mas tem recursos suficientes para o dia-a-dia.

O acionamento do ar-condicionado digital fica logo abaixo.

cronos precision (14)

A manopla de câmbio não tem nenhum destaque, é bem simples.

cronos precision (17)

O volante tem desenho agradável, tirando talvez a região do airbag/busina, que parece um pouco grande demais.

Base suavemente reta, empunhadura grossa com acabamento em couro e botões multifuncionais ornamentam o conjunto.

O cluster é analógico, com mostradores até que bonitos, tendo somente o computador de bordo central digital.

cronos precision (21)

No banco de trás, espaço até que bom para a categoria, mas não espere muito conforto para pessoas maiores.

cronos precision (22)

O porta-malas é espaçoso e não deve faltar para o uso diário ou até em viagens.

Vende “muito bem, obrigado”

O Cronos terminou o acumulado de janeiro a maio de 2024 na primeira posição dentre os emplacamentos de sedans pequenos.

Foram 13.363 unidades no período, HB20S, com 10.322 unidades, fica na segunda posição.

Se adicionarmos os sedans compactos ao balaio, o Cronos só perde para o Onix Plus.

O carro da Chevrolet emplacou 23.369 unidades, na primeira posição dentre os compactos, seguido por Virtus e Yaris, com 12.426 e 7.684, respectivamente.

Ou seja, Cronos vende mais que Virtus e Yaris também.

Motor de bom desempenho, baixo consumo e preço convidativo jogam a favor do Cronos, porém na versão de topo, bem que merecia um motor turbo.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.




c12OrqyAeQ65CANuSaRgcOXX3cvWvBvO3VrU zKQNKMIjAIN28coKUHnlTgz76QZ90
Autor: Luca Magnani

Engenheiro mecânico na indústria automotiva, pós graduado pela Universidade da Indústria do Paraná em Engenharia de veículos elétricos e híbridos.