*Destaque Fiat Sedãs

Fiat Cronos: primeiras impressões do sedã compacto

Fiat Cronos: primeiras impressões do sedã compacto

Sem celular, câmera ou filmadora. Foi assim nosso primeiro encontro com o Fiat Cronos. Não, não fomos roubados, mas essa era a condição para ver o próximo lançamento da FCA. Parece estranho chegar ao evento e no mesmo instante a marca revelar as primeiras imagens através da internet. De acordo com a marca italiana, o motivo do bloqueio foi para medir a reação dos jornalistas – e das pessoas no geral – à ausência de conectividade.


Hoje, num mundo altamente conectado, ficar sem acesso às redes sociais ou mesmo internet é algo impensável para alguns e a sensação de estar diante de um novo produto sem poder clica-lo ou descreve-lo em vídeo realmente é desconcertante. De qualquer forma, o que vimos do Fiat Cronos já foi o suficiente para ter impressões importantes do novo sedã compacto da marca italiana, que será feito na Argentina.

Com duas imagens oficiais reveladas, o Fiat Cronos se apresenta como um sedã compacto de fato e não um modelo que poderia ser confundido com um modelo maior, como é o caso do Volkswagen Virtus, que alguns chamam de “mini-Jetta”. A proposta da Fiat é de um modelo aparentemente menor. O modelo não teve as dimensões reveladas e nem havia qualquer indicativo (como um manual) sobre o assunto.

Visualmente, o Fiat Cronos não aparenta uma distância entre os eixos maior que os 2,53 m do Argo, com o qual compartilha muitos elementos. Se de fato tiver um acréscimo, este não deverá ser tão grande a ponto de alterar o espaço interior, como ocorre no Virtus em relação ao Polo 2018/2019. A frente é muito expressiva, esportiva e atraente.


Fiat Cronos: primeiras impressões do sedã compacto

A grade com acabamento em preto brilhante possui grelha exclusiva, assim como um friso cromado horizontal, para dar um ar mais elegante. O para-choque tem um aspecto que reforça essa impressão, com um grande e vistoso cromado, bem como a reprodução dos elementos da grade na parte inferior. O protetor parece mais volumoso que no Argo, mas os faróis de neblina estão em posição mais próxima das extremidades. A moldura é em preto brilhante.

Os faróis duplos são escurecidos e possuem LEDs diurnos. O capô ganhou dois vincos pronunciados na frente, acompanhando a nova grade. O Fiat Cronos Precision 1.8 AT6 foi a versão mostrada pela marca. O logotipo da versão devidamente colocado nos para-lamas identificavam a opção, que segundo comentários, será a topo de linha. Não se fala em versão HGT. Também, nem é a proposta para um sedã, ainda mais este, que tenta conciliar esportividade e sobriedade num mesmo pacote.

Os retrovisores possuem repetidores de direção e são os mesmos do Argo, mas as maçanetas são cromadas. Na base das portas, um friso cromado para ampliar a impressão de um visual mais premium. As rodas de liga leve aro 17 polegadas – com pneus 205/45 R17 – tem um belo visual, mas um grande problema.

Elas são mais largas que a banda de rodagem dos pneus e, mesmo que não fossem, seu desenho é bem pronunciado para fora do corpo do pneu, o que provocará muitos danos caso o condutor não observe a guia durante estacionamento. Outro problema são os buracos, que provavelmente danificarão ainda mais essa roda.

Fiat Cronos: primeiras impressões do sedã compacto

Na traseira, o Fiat Cronos tem um aspecto bom. As lanternas da versão Precision são totalmente em LED, mesclando feixes de luz como na Toro com diodos emissores de luz individuais. O conjunto é bem vistoso e cortado pela tampa do porta-malas, que é alta e curta, mas que não tem um friso cromado sobre a placa, por exemplo, solução vista em quase todo sedã com pretensões “premium”. A abertura é feita por dois botões do lado direito, um para destravamento geral do carro e outro apenas para a tampa.

O para-choque tem refletores e acabamento inspirado na grade dianteira, além de sensores de estacionamento. Há também câmera de ré sobre placa. No mais, o Fiat Cronos chama atenção pelas colunas C estreitas e a curva suave da base das janelas, criando um visual interessante. No geral, a primeira impressão do modelo é de um carro jovem e de pegada esportiva, mais do que um produto mais focado em famílias ou elegância.

Neste último caso, a Fiat só pôde acrescentar uma tonalidade marrom no revestimento central do painel, que é o mesmo do Fiat Argo. Além disso, o ambiente apresenta difusores de ar devidamente cromados, revestimentos escuros e um quadro de instrumentos com o grande display TFT entre os mostradores analógicos. O mesmo volante multifuncional com paddle shifts e comandos de mídia atrás da direção está presente.

A multimídia com Android Auto e Car Play também está presente, bem como as demais aplicações. Assim como no Argo, um porta-copos único. O painel conta ainda com botões do Start&Stop e do controle de tração e estabilidade. Igualmente, o banco do motorista tem apoio de braço retrátil e regulagem de altura. No teto, os espelhos dos para-sóis não possuem iluminação. Já o ar-condicionado é automático, como no Argo.

Fiat Cronos: primeiras impressões do sedã compacto

A impressão do ambiente é a de se estar a bordo do Argo. Atrás, a principal dúvida em relação ao hatch compacto, era o espaço traseiro. Ele é o mesmo visto no Argo e bem menor que o apresentado pelo Virtus, com os joelhos bem próximos do encosto dianteiro. Por conta disso, fica a impressão de que a base é a mesma do Argo.

Os bancos da versão apresentada eram em tecido com padronagem interessante, tendo encosto traseiro bipartido com cinto de três pontos e apoio de cabeça ajustável também para o quinto passageiro. A altura interna não é muito boa, com a cabeça de uma pessoa de 1,85 m encostando no revestimento superior. Não há alto-falantes atrás do banco.

Talvez o motivo seja o espaço do porta-malas. De acordo com a Fiat, o Cronos tem mais de 521 litros, capacidade do bagageiro do Volkswagen Virtus. Pelo que pudemos observar, todos os espaços possíveis foram aproveitados, inclusive sob a cobertura atrás do banco traseiro – daí a suspeita sobre a ausência de alto-falantes – e nas laterais, sendo até mesmo aproveitado o espaço sob as lanternas.

Fiat Cronos: primeiras impressões do sedã compacto

Os pescoços de ganso ficam livres, sem revestimentos. Não há prancha para separação de bagagem ou qualquer compartimento extra, além do estepe, que tem feltro nas laterais para reduzir o ruído e uma cobertura em carpete, que felizmente não é similar à do Uno. Para baixar a tampa, uma alça de tecido no lugar de um puxador, mas a tampa tem revestimento em carpete também, assim como todo o compartimento.

Equipado com motores Firefly 1.3 e E.torQ Evo 1.8, o Fiat Cronos deverá oferecer como opção transmissão automatizada GSR-Comfort no 1.3 e a Aisin automática de seis marchas no 1.8. A proposta de conteúdo nos pareceu similar à do Argo, tendo praticamente tudo o que pode ser adquirido no hatch. Desenhado por Peter Fassbender, chefe de design da FCA, o sedã já é um candidato à vaga no Top 20 dos mais vendidos. Difícil apostar o contrário. É bonito, tem bom porta-malas e conteúdo. Só falta um bom preço. O lançamento ocorrerá no início de 2018.

Evento a convite da Fiat.

[Fotos do interior ilustrativas]

 

Fiat Cronos: primeiras impressões do sedã compacto
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email