Argentina Brasil Fiat

Fiat irá lançar SUV compacto no Brasil em 2021

Fiat irá lançar SUV compacto no Brasil em 2021

No próximo ano, a Fiat irá lançar um SUV compacto no Brasil. A confirmação da notícia veio de Martín Zuppi, diretor-geral da FCA Argentina, em entrevista ao portal Argentina Autoblog. Zuppi adiantou que o veículo será produzido no Brasil e será posicionado na categoria B.


“Temos um projeto muito importante com o desenvolvimento de um Fiat SUV para o Mercosul, que, se tudo der certo, seria apresentado em 2021. Será posicionado no segmento B. Seria fabricado no Brasil”, disse ao portal argentino.

Ao invés de trazer o 500X para o mercado brasileiro, a montadora italiana preferiu desenvolver um produto exclusivo para o Brasil. Até onde se sabe, o futuro carro está em fase inicial de testes. O modelo utilizará a plataforma do hatch compacto Argo e deve ter motor 1.3 turbo Firefly -, que ainda não está disponível por aqui.

Fiat irá lançar SUV compacto no Brasil em 2021

Martín Zuppi também comentou que não há planos para a produção de outro modelo Fiat na fábrica de Córdoba, na Argentina.

“Em 2019, fabricamos 32 mil Cronos. O plano para 2020 é atingir 40 mil unidades. Continuamos com o desenvolvimento do Cronos, buscando novas versões ou configurações, o que nos permite entregar ao cliente o que ele está esperando. Se o Brasil tiver uma expansão como mercado, a produção de Cronos em Córdoba continuará a crescer. O segmento de sedãs, no mercado brasileiro, teve alguma retração. Mas continuamos com uma capacidade instalada em Córdoba acima de 120 mil unidades por ano, embora produzindo por enquanto em um único turno”, disse ao Argentina Autoblog.

Zuppi também adiantou as expectativas deste ano para o setor: “Temos em mente que 2020 será um mercado semelhante a 2019, onde esperamos que uma queda na taxa de juros permita o ressurgimento do consumo. Por mais que tenhamos dobrado o dólar, a chave para revitalizar o mercado virá do lado das taxas mais baixas”.

[Fontes: UOL e Argentina Autoblog]

Darlan Helder

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011

  • Mauro Moraes

    Fiat atrasada e tomando decisões erradas. Não sei quem bateu o martelo dos Fiat Argo e Cronos, mas já nasceram ultrapassados. Fiat colhe o que planta.

    • dallebu

      O Fiat Argo está vendendo muito bem, não entendi.

      • Mardem

        Ele até vende bem, mas muito impulsionado pelas vendas diretas. Outro ponto é que, sim, o Argo e o Cronos já nasceram defasados. Têm aspecto barato, com soluções estéticas questionáveis e design muito aquém do que se espera de um carro de origem italiana. Não tem como negar isso. Ao lado de Polo e Onix, o Argo aparenta ser um carro de 2012. E este foi o problema de ambos os projetos. Eles miraram no Onix 2012…mas foram lançados em 2017. O Onix se renovou e mostrou o quão antiquado o Argo é.

        • Porto Velho

          Argo so perde em porcentagem de vendas no varejo pro Polo e pro HB20. É bem lenda isso de que o Argo é dependente de venda direta. Ele vai pior no ranking de vendas diretas do que no de vendas no varejo.

          Vende bastante diretamente porque o mercado como um todo adotou isso.

          • Verdades sobre o mercado

            No primeiro ano de mercado o ARgo não era vendido para locadoras. Só após 1 ano de vendas bem abaixo do projetado é que a Fiat se rendeu às locadoras, e mesmo assim ainda precisou lançar uma versão “pelada” para poder aumentar as vendas. A versão TRekking também vem ajudando.

            • Porto Velho

              A versão “pelada” é a quarta mais vendida no line up, atrás da Drive 1.0, Trekking 1.3 e Drive 1.3. A Fiat nem faz mais promoções pesadas em cima dela como fazia.

              E como disse, se o Argo vende muito de forma direto, é porque o mercado pendeu pra esse lado. A porcentagem de vendas diretas sobre vendas totais só é maior que a do Polo e do HB20. Sandero, Onix, Ka e cia limitada tem participação bem maior de vendas diretas sobre o total de venda.

              • Verdades sobre o mercado

                Ela só perde para a Drive 1.0 justamente por causa das locadoras que compram a Drive 1.0, pois no varejo o que está com força é a versão de entrada.

                • Roberto

                  Negativo. Há 5 meses a FIAT só faz promoção no varejo para Drive 1.0 e ainda põe o rádio de 9 polegadas com opcional, tudo isso por 46.990.

        • osvaldo back

          trabalho em uma concessionaria fiat no interior do parana, onde 80% das nossas vendas sao frotistas, na sua grande maioria produtores rurais, e afirmo ate a data de hoje o argo é o carro com o menor desconto para frotista na gama fiat, para se ter uma ideia existe versoes ( drive 1.3 e trekking 1.3) onde o desconto e de apenas 1%, o que vende na sua grande maioria e varejo

          abraço

        • Rafael Oliveira

          aspecto barato no Argo? Entre em um Polo de entrada….

          • Jean Lehn

            O desing e principalmente os recortes de portas beiram ao nojo!

            • Luke

              Nojo porquê? O Kicks é um produto ainda mais caro com o mesmo tipo de recorte de porta e nunca vi ninguém reclamar disso.

              • Jean Lehn

                O dia que o engodo da Fiat sonhar em ter os recortes de portas do KICKS ele vai ser feliz!

                • Luka

                  Mesma diferença entre b*sta e esterco, é tudo mesmo tipo de recorte de porta. Se é pra melhorar algo, melhore a segurança primeiro antes de ligar pra perfumaria.

          • p3drov

            Argo tem 3 estrelas no Latin Ncap, estrutura classificada como instável, motor 1.8 do tempo do ronca, tem uma plataforma que deriva do Punto 2007 e é vendido apenas em mercados emergentes.

            Polo tem 5 estrelas, estrutura estável, motores modernos, plataforma do Golf, é vendido na Europa e possui motores modernos em toda a linha.

            Qual deles tem aspecto de barato mesmo?

        • Whering Filho

          A impressão geral do FIAT é: deveria ser melhor.

      • Verdades sobre o mercado

        Está vendendo muito bem depois que a Fiat mudou toda a estratégia entre elas ir para o mercado de locadoras (devido às vendas abaixo do planejado no varejo) e a criação de uma versão “pelada”. A versão TReeking foi outra que ajudou. Falta também um câmbio AT “de verdade” na motorização 1.3. É um bom produto, mas a Fiat errou muito e o esforço foi gigantesco para conseguir vender o volume atual.

      • Jean Lehn

        Vendendo bem ? kkk piada ne!

        • Roberto

          8k nos ultimos meses, mesmo nível ou mais que Ka, HB20 e Polo.

    • Verdades sobre o mercado

      Argo e Cronos não nasceram ultrapassados, mas sim com diversos erros:
      1) Preço de lançamento
      2) Preço dos pacotes opcionais
      3) Falta de um AT “de verdade” na motorização 1.3
      Não fossem estes 3 erros creio que o Argo poderia ter brigado em volume com Ka e HB20 nos 2 últimos anos, e o Cronos poderia ter sido o 2o sedan compacto mais vendido.
      Quanto à demora nas decisões da Fiat, é inquestionável, quase 20 anos para ter um concorrente no segmento do Ecosport ?! Aquela Fiat ágil dos anos 90 e 2000 morreu ! Infelizmente

      • Claudio

        Disse tudo. A FIAT está tão lenta que mais parece a FORD.

      • Jean Lehn

        Desing, recorte das portas, frente derretida, portas estufadas um erro!

        • Verdades sobre o mercado

          Longe de ser vanguarda, mas não dá para chamar de ultrapassados quando foram lançados. Bons produtos mas que o fabricante errou nas estratégias

      • Roberto

        O Cronos de entrada (sem ser drive) já é bem razoável, mas não tem promoção no varejo. Tabela é de 59k
        Para o varejo, é oferecida a Drive 1.3, completinha, vem até com sensor de ré e CMM de 7 polegadas.
        54k na troca por outro carro.
        Se o Argo viesse em mesmo pacote por 50k (1.3 Drive com CMM e sensor de ré), venderia bem mais.

      • Baetatrip

        …Concordo!
        Fiat nos anos 90 era bem competitiva…… Tinha bons produtos lado a rivais e vendia muito bem….
        Como: Uno+ Palio + Tipo + Tempra
        Hoje: Mobi + Uno+ Argo só!
        Argo e mistureba com Mobi e ex Palio….. E ficou carro bem inferior do que aquele carros nos anos 90!

      • LL

        Concordo com tudo, porém acho que agora com a renovação do onix principalmente, ele começa a parecer defasado.

        • Verdades sobre o mercado

          Sim, temos que lembrar que o ARgo foi lançado há quase 3 anos, na época ele era superior à Onix, HB20 e Ka. Logo em seguida veio o Polo e já deixou o ARgo para trás(especialmente nas versões TSI x 1.8), e agora com o Onix ele definitivamente ficou para trás, mas quando foi lançado não dava para chamar de ultrapassado não.

      • Fernando Bueno

        Ela não morreu…..ela está focando em segmentos rentáveis….jeep ..ram …são segmentos que são lucrativos….ela ainda é ágil….pq carro no Brasil é artigo de luxo e ela está focando onde o consumidor está comprando…..anos 90 e 2000 era época de só havia carros populares e ela focava neles…

        • Verdades sobre o mercado

          Se (pseudo-)SUV não é rentável não sei o que é então. Já se vão 17 anos desde o pioneiro Ecosport. Antigamente a Fiat era precursora.

    • Raimundo A.

      Atrasado em qual sentido? Bem, se a montadora seguisse o que comentaristas de sites pedem, ou acertaram em tudo ou errariam em tudo, porque há os que idolatram e os que detestam.
      Lançou o Argo e o Cronos. Na Europa, a Fiat atualizou o Punto? Não. A linha Tipo não iria substituir o Punto, mas indiretamente fez e até esta tem variantes ameaçadas ou que irão mudar de categoria(crossover) segundo boatos. Ou criava um produto para substituir o Punto aqui e terminou também entrando no lugar do Palio ou continuaríamos sem ter novidade. O Cronos foi no embalo como sucessor do Grand Siena que não saiu ainda, mas não ocupa a vaga do Linea porque para o lugar deste existe o Tipo sedã, inclusive vendido na Argentina, onde também é o 500X.
      Usando estratégia de reduzir custos, a FCA poderia ter posto o 500X aqui até porque usa a mesma base do Renegade, mas a ideia inicial era a Jeep crescer sem concorrência interna. Após um tempo, se convenceram que pode ter concorrência, mas não seria tão direta e vieram os dois CUVs compactos citados no último planejamento. Teria ainda o Low D, o Toro SUV de sete lugares, mas o Fiat teria migrado para a Jeep.
      Um tempo atrás, ao saber do desenvolvimento do Toro, muitos já diziam que se não era sobre chassi seria um fiasco. Decisão errada. O enorme erro tá aí como líder desde do lançamento e só deve ter forte concorrente em 2021.
      Argo vendendo bem embora para quem na era do Palio disputava com a GM e a VW liderança, há muito perdeu com a sacada da GM e o seu Onix.
      Argo e Cronos podem ter os itens de segurança e é só a Fiat autorizar. Não tem até então porque querem e isso não é ser ultrapassado, mas dançar conforme regimento e no seu ritmo. Claro, muitos como você e eu, que gosto de segurança, não vão gostar, mas a receita é simples: não gosta, compre o concorrente.

      • Verdades sobre o mercado

        Ecosport é de 2003 e Duster de 2011 (ou 2010), se isso não é atraso…

        • Tibúrcio

          O nome EcoSport é de 2003.
          A plataforma do Ecosport vendido atualmente é de 2012…

          • Verdades sobre o mercado

            O conceito é o mesmo desde 2003, e até hoje a Fiat não tem um concorrente, serão 18 ou 19 anos de atraso…

      • Miguel

        Gosto do Argo e Cronos, mas eles poderiam não ter existido se a Fiat tivesse trazido a família Tipo pra cá.
        Ela poderia ter se adiantado a esse segmento compacto que está aumentando suas medidas (Vide Polo e Virtus), e creio eu que teria muito sucesso, pois os carros são bonitos, e a SW poderia até substituir a Palio Adv.

        Assim como ao invés de trazer o 500X, vão continuar com essa ideia de carro pra terceiro mundo, justo agora que a FCA-PSA precisa começar a sinergia entre elas…

        Espero que se toquem que se vender vários Fiat e Jeep é melhor do que vender só um.

        • vicegag

          “Carro exclusivo para o Brasil “, já sabemos o que vem por aí, mais um fruto da jabuticabeira.

        • Raimundo A.

          Bem, os Tipo substituíram Bravo, Croma e Linea. São médios, mas com preço próximo aos compactos premium. Você acha que o Tipo sem o Argo teria preço deste? Aqui não é a Europa. Se isso fosse verdade, o Bravo era para ter o preço do Punto.

          O erro, para mim, foi os dois não serem melhores como se esperava vendo o que Punto e o Linea tinham. Se não teria Linea aqui, por que não fizeram o Cronos maior? A Fiat usa a desculpa de fazer um veículo com design mais equilibrado. E o Linea era desequilibrado sendo um Punto esticado? A dupla atual tem menos equipamentos de segurança ativa e passiva que Punto e Linea.
          Não quiseram trazer os Tipo, beleza, mas não limitassem Argo e Cronos nas medidas e equipamentos.
          A pergunta é se o 500X consegue ser vendido com preço bem menor que o Renegade? Em nenhum mercado, com o mesmo nível de equipamentos e mecânica, a diferença de preço deles é mínima. Até existe um posicionamento do tipo por o Jeep mais caro para ter status mais premium ou estilo diferenciado.
          Vamos esperar o lançamento do novo CUV para ver se foi acertado o projeto comparado ao 500X. Ao menos, em termos de mecânica, foi dito que terá motor turbo e CVT. Muitos queriam o 500X por conta da mecânica ser melhor que o Renegade flex daqui. Do contrário, iriam reclamar da mesma forma um 500X usando o 1.8 E-torQ caso fosse feito aqui. Vamos ser justos na análise e interpretação de comentários de outros.
          Produto feito para terceiro mundo, a América Latina é, temos o Toro compartilhando a mesma estrutura de carroceria com o global Compass e usando a mesma plataforma global com este, 500X, Renegade, Tipo, Dobló NG, 500L. É o líder e atende muito bem os que não precisam das picapes médias. Se a Fiat estivesse não visse a lacuna entre as compactas e as médias, que por sinal a Renault lançou primeiro o seu Oroch, mas um gambiarra do Duster, hoje não tinha um produto líder.
          Melhor ver no que vai dar esses produtos e reclamar se realmente não agradarem quando qualquer um poder avaliar. Quem dizia que o Toro seria um Stradão mordeu a língua.

          • Miguel

            Bom, como falei, aqui o tipo seria considerado compacto acima do Siena se viesse (tem 2,63 de entre-eixos, virtus 2,65) então claro que tiveram outras variáveis pra não trazer o carro, mas acho que dormiram no ponto porque poderiam ter antecipado uma tendência.
            Linea era um carro bom, mas era pequeno, colocar ele como sedã médio foi um erro estratégico da Fiat comentado até hj.

            Quanto ao 500X, não acho que ter preço parecido iria influenciar nas vendas do Renegade. Veja, o visual do Renegade não é unanimidade, é Jeep, “premium”, tem características mais fora de estrada, então porque deixar de vender 2 carros diferentes só pra manter um em linha? E o motor não fez o Renegade vender menos, acho que seria a mesma coisa com o 500X.
            Acho bobagem da Fiat, e assim como o Argo, vão inventar mais um carro pra terceiro mundo.
            E embora seja óbvio que pode sair um carro interessante, eu não teria, e essa é a MINHA opinião como cliente, e nós estamos aqui no site como todo mundo, fazendo conjecturas do que pode ser e do que não agrada, e se vc ficou ofendido não leia nada contra a fiat aqui…

  • Bikudin

    Tem que ficar esperto com a Fiat, ela adora lançar carros mortos, lembrando do Marea, Brava, Tempra e Tipo…afff

    • Porto Velho

      Mortos tipo Strada, Uno, Palio, Siena? Todos sendo fabricados por mais de 20 anos?

      Aliás, o que o Ka de hoje tem a ver com o anterior a 2015? O que o Polo tem a ver com a geração passada? Só resta o nome. Se o Argo se chamasse Palio ou Punto, continuaria sendo um carro completamente diferente.

      • Bikudin

        Vixxi… acho bom vc ler de novo o que eu escrevi.

    • Verdades sobre o mercado

      esqueceu do Bravo e do Linea, mas um (pseudo-)SUV compacto dificilmente não fará sucesso, é o produto do momento.
      obs: Tempra fez sucesso.

      • MarcosGojira

        Tempra era carrão!!!

      • Bikudin

        Realmente, esqueci, esse Bravo e Linea estão tão apagados q acabei esquecendo…rsrs. Ok, exagerei no Tempra…rs.

  • omaisbanidodona

    Alguem sabe a quantas anda o FIAT UNO ??

    • Verdades sobre o mercado

      Praticamente morto no varejo(o Mobi acabou com ele) e sobrevive graças às vendas para frotas.

  • Emygdio Carlos

    Lentidão gigantesca para entender o mercado!

  • Mardem

    E lá vem mais uma jabuticaba, com plataforma defasada e design cafona pro terceiro mundo.
    Saudades imensas daquela Fiat dos anos 90, atenta, vanguardista e que trazia produtos globais para o Brasil.

  • Raimundo A.

    De tanto ler notícias sobre os CUVs da Fiat, essa só cria uma especulação que o segundo CUV, serão dois compactos, talvez fique para 2022. O Filosa disse que os dois CUV, design tradicional e outro estilo coupé, compactos, seriam lançados com período de tempo curto entre os dois. Já tinha dito que este ano não viriam porque teriam dependência dos motores turbo cuja previsão é produção no final do ano para oferta em 2021. Assim, os CUVs seriam ofertados em 2021.

    Essa agora diz que será um SUV, feito no Brasil, nenhuma novidade, com oferta em 2021. O outro, talvez para manter o suspense, ou viria no segundo semestre de 2021, mas ainda não foi visto, ou ficou para 2022.

  • Marcus Vinicius

    Talvez um Argo SW/Adventure fabricado na Argentina para suceder a Palio Adventure

    • Luke

      Acho difícil, o segmento que SW ta decaindo muito e não tem vendas que justifique a criação de uma nova, hoje o mercado quer SUVs, entao a marca acaba decidindo criar esses já que é o que o mercado atual quer, se um dia voltar a ter procura maio por station wagons até possa ter uma nova Weekend, mas por enquanto o mais provável é chegar ainda mais SUVs de todas as marcas.

    • Verdades sobre o mercado

      Esqueça, as SW morreram no BRasil pois custaria o preço de um (pseudo-)SUV, e aí é covardia.

  • Matafuego

    “Ao invés de trazer o 500X para o mercado brasileiro, a montadora italiana preferiu desenvolver um produto exclusivo para o Brasil.” -> Lá vamos nós com carros exclusivos para o exigente mercado brasileiro!

    • Vae Victis

      O 500X tem o mesmo preço que o Renegade. Eu acho que eles querem fazer um produto mais popular.

  • Jean Lehn

    Como insistem em produzir na Argentina , não entendo isso!

    • Verdades sobre o mercado

      Para poder vender para a ARgentina tem que importar deles também, faz parte do acordo.

  • Airplane

    Uai, por que tanta pressa ?

  • Sino Weibo

    Com os concorrentes cada vez melhores realmente ele acha que os Cronos vai vender mais esse ano?

  • EDU

    E por essas e outras da Fiat que vou cuidando com carinho do 500 Sport Air aqui de casa. So burrada essa marca anda fazendo e foi-se o tempo que ela era rapida pra lançar algo no mercado. 500X faria sucesso aqui e so montar na fabrica da Jeep

  • roger ferraz

    Fiat nunca mais !!!

  • delvane sousa

    SUV, Compacto. Duas palavras que não me despertam o menor interesse. Pra mim a pior combinação possível no mundo veicular.

    • Porto Velho

      Depois que fui pro litoral, entendi completamente o uso deles. Estrada de terra acaba com carros baixos. Esses SUVs “de shopping” passam brincando simplesmente por serem altos.

  • Luiz Felipe S. Silva

    Pessoal falando que a Fiat tá atrasada, de certo modo tá mesmo, mas porque ela focou na Jeep, em segmentos onde ela sabia que com a marca propria talvez não alcançasse o sucesso desejado.
    A FCA hoje deve ser a empresa que mais está rindo com os lucros no mercado brasileiro.

  • Compro Vidro de Perfume Vaziou

    Ta muito atrasada, já era pra ta com o 500X a tempos no BR, carro seria visto com bons olhos e por ser diferente da maioria faria sucesso, carro muito lindo, só precisaria ser atualizado e usar os novos Firefly Turbo… Espero que esse novo SUV dê certo, pq se tratando da ficar SUV só me vem a cabeça a loucura que foi lançar a Freedom

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email