Fiat Mobi chega a 400.000 unidades produzidas

O Fiat Mobi alcançou uma importante marca no Brasil, a produção de 400.000 unidades, que abasteceu tanto o mercado nacional quanto 12 países vizinhos que recebem o produto do fabricante italiano.


Feito em Betim, o Fiat Mobi é um projeto bem localizado e se utilizou o conhecido motor Fire, assim como de componentes compartilhados com outros carros da marca para reduzir o custo.

Lançado em 2016, o Mobi chegou ao mercado na hora errada, tendo perdido o bonde dos carros populares, que já havia acabado com a crise, porém, resistiu bem como carro de acesso da Fiat.

Tendo recebido motor Firefly 1.0 6V e câmbio automatizado GSR-Comfort, o Mobi ganhou importância e, com o Argo, espremeu o Uno até a extinção deste, no final de 2021.

Hoje, o Fiat Mobi já não “ostenta” mais Firefly ou GSR-Comfort, mas se mantém como uma das últimas duas opções de carros subcompactos de entrada no mercado nacional.

O outro é o arquirrival Renault Kwid, porém, agora um pouco mais caro e deixando para o Mobi, o título de mais barato do mercado nacional.

Com 3,56 m de comprimento e 2,30 m de entre-eixos, o Fiat Mobi carece de espaço e especialmente de porta-malas, mas é suficiente para atender frotas de serviços, locadoras e carros de aplicativo.

Basicamente é o que salva suas vendas hoje em dia, num mercado cada vez mais focado em alto valor agregado.

Oferecido nas versões Like e Trekking, o Fiat Mobi precisou de controles de tração e estabilidade, assim como assistente de partida em rampa.

Adicionando ainda freios ABS, airbag duplo, sensor de pressão dos pneus e fixação Isofix, o Fiat Mobi está em dia com as prestações legais de segurança.

Ele pode ter ainda ar-condicionado, direção assistida, travas e vidros elétricos dianteiros, retrovisores elétricos, alarme, volante multifuncional com regulagem de altura e rodas de liga leve escurecidas, além do sistema multimídia UConnect com sistemas Android Auto e Apple Car Play sem fio.

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.

Deixe um comentário