*Destaque Fiat Hatches Segurança Vídeos

Fiat Mobi decepciona com uma estrela em teste do Latin NCAP (vídeo)

Fiat-Mobi-Latin-NCAP-3 Fiat Mobi decepciona com uma estrela em teste do Latin NCAP (vídeo)

O Latin NCAP divulgou nesta terça-feira, 1, os resultados da nova bateria de testes. Desta vez, foram avaliados os modelos Fiat Mobi (hatch subcompacto produzido e comercializado no Brasil), Chevrolet N300 (minivan para passageiros produzida na China) e Kia New Rio Sedan (sedã compacto fabricado no México). Todos os modelos decepcionaram no crash test, sendo que o Mobi conseguiu apenas uma estrela para a proteção do ocupante adulto.



O Fiat Mobi, que inclusive se posiciona como o carro mais barato da marca no País, teve ainda duas estrelas para a proteção do ocupante criança. Segundo o divulgado, o carro proporcionou proteção “marginal” ao peito dos adultos no teste de impacto frontal. A estrutura se manteve estável, mas com proteção fraca para o peito do adulto no impacto lateral.

No teste de impacto lateral, o desempenho estrutural do Mobi foi semelhante ao do Chevrolet Onix (que obteve zero estrela), com alta penetração. Por conta da falta de airbags laterais, além do desempenho estrutural ruim, o carro teve desempenho insatisfatório. A porta traseira do Fiat se abriu no teste de batida de impacto lateral, expondo os ocupantes a potenciais riscos.

Fiat-Mobi-Latin-NCAP-16 Fiat Mobi decepciona com uma estrela em teste do Latin NCAP (vídeo)

Fora isso, o Mobi não dispõe de cinto de segurança de três pontos para os ocupantes de todas as posições dos bancos, tampouco o sistema Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis no assento traseiro.

No caso do Chevrolet N300, a pontuação foi de zero estrela para a proteção do ocupante adulto e uma estrela para o ocupante criança. Nos testes, foi registrado um alto risco de lesões aos ocupantes, devido à falta de airbags e a estrutura instável. A proteção do ocupante criança também foi fraca, sobretudo pelos cintos de segurança de dois pontos em dois dos três bancos da segunda fileira, onde são instaladas as cadeirinhas infantis. No teste de colisão lateral, o veículo teve proteção marginal para o tórax do adulto e ambas as portas laterais do lado impactado se abriram.

Fiat-Mobi-Latin-NCAP-9 Fiat Mobi decepciona com uma estrela em teste do Latin NCAP (vídeo)

Por fim, o Kia New Rio Sedan ganhou duas estrelas para a proteção de adultos e duas estrelas para a proteção de crianças. Na colisão frontal, a estrutura se manteve estável. Já no impacto lateral, o carro teve bom desempenho estrutural, mas não proporcionou uma proteção melhor devido à ausência de airbags laterais (o carro tem apenas airbag para o motorista). Não há nem controle de estabilidade e freios ABS de série, como também o Isofix e cinto de três pontos para todos.

“É inaceitável que em 2017 os modelos mais populares sejam vendidos com padrões tão baixos de segurança, sendo que os fabricantes oferecem boa segurança padrão para todos os consumidores em mercados como os dos EUA por valores bem mais baixos. Os consumidores da América Latina não devemos pagar mais por maior segurança, a segurança dos veículos deve ser democratizada em nossa região”, disse o presidente da comissão diretora do Latin NCAP, Ricardo Morales Rubio.

Galeria de fotos do Fiat Mobi no Latin NCAP

  • Mardem

    É uma decepção já esperada. E olha que, no lançamento, a Fiat disse que fez reforços… Jabuticaba é isso né.
    Mas tem tampa traseira de vidro e porta celular!

    • Hen_Par

      Pior é saber que não faz nenhuma diferença pra esmagadora maioria dos consumidores do HUEBR, como o caso do Onix mostra.
      Não tem segurança, mas tem CMM…

      • Desde 2016
        5 estrelas = poste (cortina)
        4 estrelas = esp
        3 estrelas = aprovado no impacto frontal e lateral, e freios ABS.
        2 estrelas = REPROVADO
        1 estrela = lixo
        0 estrela = (vc nomeia o adjetivo).

        Fonte: Guru do latinncap, EU. rs

        Oh lokooo! A porta da Mobilete se abriu com o impacto. kkkkk Tecnologia de ponta da NASA, ejection system. Quanto a Chevrolata nem me surpreende.

        Mas nao muda nada, Zeronix ate aumentou as vendas apos o fracasso no teste. Alem do mais, mesmo aqui no forum o povao soh reclama quando tem os artigos sobre os testes, mas depois nos outros artigos ficam de mimimi encima da Honda e principalmente na Toyota. Jogadores de supertrunfo soh olham pra especificacoes tecnicas. Por sinal, enquanto as carrocas ¨super recheadas¨ sao reprovadas nos testes de IMPACTO, por outro lado a Honda e Toyota foram aprovados em TODOS os modelos testados.

        Soh sair desse artigo, e comeca tudo denovo com as criticas, especulacao, e mimimi encima da suposta fama das japas. E, antes ke me falem de protocolo, jah me antecipo dizendo sobre estrutura para absorver o impacto. Portanto o UP continua com nota MAXIMA para impactos frontal e lateral (nao eh obrigatorio ter airbags laterais para ser aprovado), e nao me falem de 3 estrelas como fosse carro feito de papel.

        Importante ainda dizer que no novo protocolo a pressao sobre o peito estah ligeiramente mais rigido em impacto frontal, tal fato nao muda em quase nd nos testes anteriores, exceto os carros que receberam 4 estrelas com score no limite. Palio, C3, sao um dos exemplos. Alias isso nenhum site automotivo citou, afinal o GURU eh EU. kkk.

        • Filipo

          Quero ver se você vai continuar defendendo a Honda e principalmente a Toyota, depois dos respectivos testes da dupla Fit e “fEtios”. Quanto ao Up!, de fato, é bem superior ao Mobi, mas isso não é novidade.
          Carros terceiro-mundistas para humanos de terceira categoria, infelizmente. Como quase ninguém aqui na Banânia liga para segurança, o brasileiro tem o que merece.

          • Fit e Etios ja foram testados. E nao estou defendendo, apenas citando ke os criticos sao apenas nesse artigo da latinncap, mas depois nos outros artigos voltam a reclamar dos pelados mas seguros. Isso me lembra a briga dos anti iphone, com os supremos xinglings ke sai a tinta na mao kkk

            • Filipo

              Não duvido nada o fEtios tirar a mesma nota que o Mobi no impacto lateral. Fosse ao menos o Yaris, mas como não é..

            • leomix leo

              iPad Air e iPhone 6, não deixam de ser ótimos produtos, mais os 2 soltaram a tinta tb. Mais a Apple simplesmente disse que era mal uso. Estou com o iPad por causa do trabalho, e feliz com um MotoG4 plus.

              • Minha irma tem ipad, e meu cunhado iphone 6 plus, ambos estao novinhos. Eu nao gosto do iOS, mas tenho ke admitir ke a qualidade de construcao e pos venda sao otimos. Eu tenho xperia z5

          • 1945_DE

            Como dizem por ai. Me inclua fora desta. O segundo carro da família foi trocado visando a segurança e a economia. (Cross UP TSI foi a escolha) É caro, mas tem tudo que eu preciso.

        • Luccas Villela

          Não entendi bem. O c3 e Palio teriam quantas estrelas hoje?

          • Esqueça as estrelas. Mas se ainda assim insiste, o Palio é 1 estrela, foi re-testado e reprovado. Tendo inclusive nota INFERIOR ao já consagrado Mobi-lete. Quanto ao C3, como nao foi testado o impacto lateral, não posso nem chutar. Mas acima de 2 estrelas é impossivel, já que no impacto frontal seria reprovado por si só.

            • João Cagnoni

              Você sabe que o C3 é carro de primeiro mundo e o Etios é de terceiro, né? Conhece bem a diferença das duas plataformas? Me irrita demais como você é fanboy dos japoneses e fala mal de todas as marcas sem nenhum conhecimento.

              • Sem NENHUM conhecimento:? Apaga que dá tempo filho. Quantos anos voce tem? Pelo visto é novo por aqui.

                C3 = 11.19
                Etios = 12.87

                Plataforma? Vai lá e conta pra latinncap que a plataforma do Onix é 5 estrelas na euroncap. kkkkk Sabe nd inocente.

                • João Cagnoni

                  Legal, uma pequena diferença no impacto frontal. Você tem coragem de colar aqui o fiasco que o Etios e o Corolla foram no impacto com cadeirinha de bebês? Vamos falar sobre a VW e Ford que estão anos luz à frente das japonesas nos crash tests?

        • João Cagnoni

          O C4 que tem nota melhor que o Corolla você simplismente ignora.

          • O C4 que nem foi testado? Ok. Vc ganhou champs. Nao posso responder sem ironia contra tamanha ignorancia. Com vc, nao mais reply. Use o google e se informe melhor.

            • João Cagnoni

              Conhece o Euro n Cap? Já foram testados diversas vezes. Com você eu perdi tempo dando Reply. Fanboy é fogo.

              • Heleno

                Eu hein, o maior fan boy de todos os tempos da Citroen falando que fanboy é fogo! kkkkkkk > rindo eternamente…

                • João Cagnoni

                  Não entendi… Acabei de comentar falando bem da JAC, do up, da Ford e agora sou fanboy Citroen? Aliás, acabei de comentar que a Citroen não investe devidamente na própria imagem e é a principal responsável pela desvalorização dos seus carros.
                  Estou ilustrando ao rapaz que carros japonês não tem nada demais e não duram mais que as outras igual os “crentes” acreditam.

                • carnero

                  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

              • Ernesto

                Rapaz, você que se acha tão conhecedor acha que carros fabricados aqui não sofrem adaptações? Até dos queridinhos franceses que você tanto defende, lembre-se do 208. Sem mais.

            • Wagner Lopes

              Confere lá no EuroNcap como a carroceria do C4 se saiu. Nesse quesito fico sossegado com os PSA.

              • O C4 Lounge vendido no Brasil é fabricado na Argentina. Não tem nada haver como o Euroncap que testa carros vendidos por lá. A qualidade da estrutura muda de acordo com o local fabricado. A qualidade dos aços empregados na fabricacao, alem de soldas, etc.

                Na epoca, a Nissan March recebeu 2 estrelas no latin ncap, obviamente sendo reprovado num misero teste de impacto frontal. Enquanto que o March (Micra) vendido na Europa recebeu na epoca 4 estrelas pelo Euroncap.

                Idem pro Suzuki Swift testado pelo latinncap com 3 estrelas (reprovado) que é vendido e fabricado na India, enquanto que o Swift vendido no Brasil é importado do Japao com 5 estrelas.

                Edit: exceto se voce importou, ou vive na Europa (ocidente)

                • Wagner Lopes

                  Isso não é uma regra. Reprojetar uma carroceria para adequações locais custa muito dinheiro e tempo. Sem falar nos equipamentos de solda na funilaria. Em modelos de baixo volume como C4, 307, Megane, etc é melhor manter o projeto o mais original possível pois o alto custo do reprojeto/equipamentos não se paga.

                  • Concordo no reprojeto, contudo sem o teste eh apenas uma tese. old Focus foi 4 estrelas no latin, mas 5 estrelas no euro. E suzuki swift sport eh carro de nicho, logo a tese de volume de vendas nao bate, idem pro Fiat 500 polones vs mexicano

                • carnero

                  Não perde tempo cara…

                  Como diz o ditado:
                  “Que Deus perdoe essas pessoas ruins” IMPERADOR, A.

        • João Cagnoni

          O que você acha da proteção para crianças dos japoneses? Nenhum comentário sobre o fracasso?

        • Luis Burro

          No brasil pode ser q queiram carros q a morte eh certa pq o sistema de saude eh um caos,e morrer agonizando ngm quer!

      • carroair30

        Eu acho que deveria ser feito uma pesquisa dos acidentes de carros por marca e modelo,pra sabermos quais carros mesmo estao sem segurança isso feito ali na pratica!

        • Antonio Lima

          Os campeões de venda tende a ter mais acidentes, tendo em visto o maior numero de veículos circulando!

        • Cristiano

          Quando um parente meu morreu (junto com outras duas pessoas) na BR 101 nun Cruze hatch top, o cara do atendimento da concessionária falou que o carro que tem mais chances dele retirar alguém com vida é o Corolla.

          Que muitas vezes nem acredita que tem gente viva la dentro mas que depois que corta a lata toda vê que ainda tem sobrevivente.

          Sei lá, acho que o Corolla vive muito de fama, mas é inegável que quem teve um sempre fala bem e quer voltar a ter o carro. Tem muito de fã clube aí mas não dá pra ser essa quase unanimidade toda se não tivesse realmente suas qualidades.

          Em tempo, meus carros são, C4 Picasso, Chrysler Town & Country e Jetta 2.0. Não sei se compraria um Corolla… Não sei se compraria nenhum sedã na verdade.

          • Renan Abreu de Moura

            Corolla? Sério msm? A 3 meses atrás ele não passava de no máximo 4 estrelas por falta de item básico de segurança, como o ESP. Isso na versão brasileira.

            • Cristiano

              Renan,

              Realmente eu não sei… Foi o que o cara falou . baseado na sua vivência diária, mas, possivelmente sem nenhuma valiação estatística, apenas no feeling.

              Pra tentar entender isso, só me vem a cabeça duas coisas:

              1) O ESP, e outros itens de segurança ativos, aumentam a pontuação nos testes mas não aumentam a taxa de sobrevivência depois que o acidente aconteceu. Ele ajuda a evitar o acidente mas, depois que bateu, eles não tem contribuição nenhuma.

              2) O fato de que esses acidentes, em sua grande maioria, ocorrem em velocidade acima de 100Km/h (as vezes muito mais do que isso) e nessas circunstâncias o item que me vem à minha cabeça que mais pode ajudar na sobrevivência são coisas como qualidade do aço, número de pontos de solda, menor número de partes perfurantes ou cortantes que são geradas depois de rompidos. Além disso, nessas condições, os Crash Tests não são feitos.

              Os testes feitos à 60Km/h, no meu caso, só aconteceriam dentro da cidade. Na estrada (não me crucifiquem, sei que to fazendo merda) eu estou pelo menos 2x mais rápido do que isso e algumas até 3x mais…

              Pode ser que o cara tenha razão.

            • José Barbosa

              Em tese, o perfil de quem compra um Corolla é “tiozão”, ou seja, vai andar numa tocada mais tranquila que quem compra um hatch esportivo. Aí, um acidente a, digamos, 90 km/h provoca muito mais estrago que um a 60 km/h, e surge este tipo de evidência anedótica.

  • Bruno Silva

    Uma pena. Fontes ligadas à Fiat na época disseram que teria qualidade de construção do Toro nesse carro, esperava no mínimo 3 estrelas.

    • Hater x Haters

      A Fiat nunca disse isso sobre o Mobi. Ela disse isso para o Argo.

      • Gustavo73

        Disse sim que teria qualidade construtiva.

        • SDS SP

          Inclusive foi noticiado no AS…
          Agora até com o Argo fiquei com o pé atrás…

          • Gustavo73

            Pois é e ele sabe. Acho que o Argo se sairá melhor dos Fiat no momento, 2 estrelas a terceira seria uma bela surpresa.

            • SDS SP

              Plataforma requentada não tem muito milagre. Pior que não é um carro barato.

              • Gustavo73

                Até poderia mas isso tem um custo. A mesma Fiat que falou do Mobi, falou do Argo. Essa é a questão. Espero realmente que o Argo me surpreenda.

        • Hater x Haters

          O cara editou. Ele tinha dito que usaria os mesmos aços da Toro e Renegade. A Fiat nunca tinha dito isso sobre o Mobi. Só disse que teria a mesma qualidade construtiva o que é diferente.
          Um carro pode ter qualidade cosntrutiva que for que pode ir mal nos testes. Ex: 208.

          • Gustavo73

            O Mobi não tem a mesma qualidade construtiva que Toro ou Renegade seja por qual ângulo for. E ele falou no mesmo momento sobre uso de aços padrão Toro e Renegade. E claramente isso não aconteceu. O Mobi no final se igualou ao Palio superando o Uno por não romper o assoalho.

      • Snoop Dogg

        calma fieteiro nao fique nervoso

        • Hater x Haters

          Não fiquei volks-lunático. E quero que a Fiat se f0da. ;)
          Seu companheiro de fanatismo disse uma coisa mas foi lá e editou.

      • Junoba

        Disse sim, um funcionário do alto da Fiat disse que Mobi teve o lançamento atrasado por causa dessas melhorias…

    • No_Name

      E você acreditou nisso? Kkkkk. A economia desse carro é visível por toda parte que se olha.
      Outro que aposto que será ruim é o Argo.

      • André

        Bem ou mal, o Mobi tem 100% mais estrelas que o líder absoluto em vendas, rsrsrs

        • Não querendo estragar sua matemática, mas nota 0 mais 100% continua zero. É que o zero é o tal do nada absoluto.

          • daneloi

            Se qualquer número vezes zero dá zero e qualquer número vezes infinito dá infinito, qual o resultado de zero vezes infinito?

    • José Barbosa

      Ainda esperando pelo resultado de outros carros da categoria, que não serão muito diferentes.

      • th!nk.t4nk

        Da Chevrolet eu já esperava um comportamento péssimo, mas o Mobi só confirmou que é tudo farinha do mesmo saco (ainda que o Mobi foi ligeiramente melhor que o Onix, que custa mais).

    • Saulo Gomes

      E falaram a verdade, vai ser exatamente igual quando testarem a Toro.

    • FocusMan

      A contrução do carro até que me surpreendeu no impacto frontal. Achei que iria pior.

      • Gustavo73

        Só o fato de não ter rompido o assoalho já é uma evolução frente ao Uno.

    • Marcio Souza

      Manda o link.

    • dallebu

      Reparei uma coisa!
      O teste lateral do Mobi foi feito com impacto no lado do passageiro. Será que eles encontraram reforços apenas no lado do motorista e resolveram bater no lado mais frágil pra a nota ruim repercutir mais na mídia? Se for assim foi uma sacada genial, pois a Fiat não va poder reclamar, admitindo a suposta “fraude” e gerando rebuliço. Com certeza uma nota ruim repercute mais do que uma nota boa e uma frase no presa release alertando que só tem reforço de um lado.

  • Hater x Haters

    E essa novela de terror deve continuar com o HB20, Sandero, Ka, Gol e talvez até Etios.

    • Paul J Kersey

      O etios tem 4 estrelas desde 2012.

      • Clayton Martins

        O protocolo era outro. O etios nem foi submetido a teste de colisão lateral, responsável por reprovar, dentre outros, o Onix e o Mobi.
        Um grande erro do LatinNcap está sendo testar diferentes carros com diferentes protocolos de avaliação. Nisso, surgem aberrações como a Nova Ranger receber 3 estrelas, enquando a Capotalux tem cinco, mesmo sem contar com ESP de série em todas as suas versões, situação que inviabilizaria a nota máxima no novo protocolo.

        • Antonio Lima

          Estão retestando, pelo protocolo antigo o onix tinha 3 estrelas e zerou agora. Fosse no teste antigo teoricamente o mobi ficaria com 4 estrelas. Uma coisa é certeza o UP! se retestado pode no máximo chegar a 3 estrelas, não tem airbags laterais e nem de cortina…. Como sempre testam a versão básica, também não te ESP!

        • O povo fica soh falando de estrelas, por isso dá nisso. Mas quanto ao Onix, no protocolo anterior com 3 estrelas já é reprovado.

        • TijucaBH

          Já li uma critica muito forte ao Latin Ncap justamente por conta disso!!

        • Gustavo73

          Isso acontece no mundo todo já que os protocolos estão evoluindo. Não vejo problema algum assim como acontece na Europa e EUA.

        • Paul J Kersey

          Na índia, 2015 – In late 2015 Toyota decided to equip all of its Etios models with 2
          airbags and 2 pretensioners and asked Global NCAP to test the car and
          provide a star rating for its crashworthiness.
          The recent test of the Toyota Etios showed a good level of adult
          occupant protection for the frontal passenger; achieving a rating of
          four stars and two stars in child occupant protection – Global NCAP congratulates Toyota on this voluntary initiative which
          has resulted in significant safety improvements for the Etios model sold
          in India. Global NCAP encourages all car manufacturers to follow the
          safety example set by Toyota and VW to improve occupant protection for
          all their models sold in India.

          “It is impressive to see a major manufacturer achieve a four star
          result and we look forward to the first five star car in India.” De qq forma, não sei se o protocolo de lá é o mesmo. Não tenho toyota, nem pretendo, mas se o carro é tido como seguro, que se pode fazer?

    • Alexandre Viotto

      O Ka foi ligeiramente melhor do que o Etios nos testes com o protocolo anterior…

  • Tochio

    E olha que ele ainda ganhou do Onix em !!! kkkkk

    • José Barbosa

      Depende… perdeu na proteção para crianças, que pode ser muito mais importante.

      • Antonio Lima

        Na real, quando vai comprar fica a duvida de comprar um onix e deixar os filhos órfãos ou comprar um mobi e perder os filhos, duvida cruel!

        • Tochio

          kkkk Rindo muito aqui !! kkkkk

    • Victor Freire

      eu vim seco pra dizer isso.

  • Retrato do Papai

    Particularmente fiquei surpreso com o mobi tirando uma estrela, esperava no máximo o mesmo resultado do zeronix…

    • Vitor Barcellos

      Mas foi 1 estrela só no impacto frontal. No impacto lateral, seguiu o Onix com suas 0 estrelas

      • Gustavo73

        Negativo, um estrela envolve o impacto lateral. Foi ruim mas não tão mortal como o Onix na batida lateral.

        • José Barbosa

          em nossas vias de pista simples é, reamlente, com batidas laterais que realmente devemos nos preocupar…

          • Gustavo73

            A maioria dos trajetos feito pelos carros acontece na cidade. A maioria dos acidentes também. Tentar minimizar isso realmente…

          • D136O

            No acidente que resultou em óbito e envolveu o jogador liedson foi uma colisao lateral, em uma estrada de via simples. se nao me engano era um Ka.

            • José Barbosa

              E aí volto à questão de que não fazemos o básico em termos de rodovias e queremos ter carros milagrosamente completos. Lembrando que não se tem pública a velocidade em que o Liedson estava, nem temos a tradição de responsabilizar civelmente. O dia que casos “didáticos” como este tiverem como resultado pagar uma pensão vitalícia acho que muda muito o comportamento do motorista médio no trânsito.

              • Rodrigo

                E, complementando seu comentário (endossado pelo que vc postou anteriormente) se o brasileiro começasse a processar o estado pelas más condições das vias também, pode estar certo que essa situação melhoraria. Mesmo que virasse precatório e demorasse umas 3 gerações pra ser pago, o estado acabaria fazendo a lição de casa.

              • D136O

                ta mas entao nao precisamos de caros bons e seguros pq nossas estradas são ruins? eu imaginaria o contrário. Independente da responsabilidade dos envolvidos os carros devem oferecer segurança em acidentes, os testes simulam situações reais plausíveis e demonstram que os carros nao atingem o nível desejado.

  • Mario

    Sempre falei que esse Mobi não deveria ter portas traseiras, já que serve apenas para duas pessoas. Esse Latin Ncap exigir air bags laterasi para o Mobi, está forçando a amizade, né? Eles sabem quanto custa os carros aqui no Brasil??? Se as montadoras forem colocar tudo que a latiNcap deseja, vai ser difícil comprar carros populares. Tudo tem um preço. O up! que tem 5 estrelas, é o mais caro dos populares. Devemos lembra-los que o salário mínimo aqui na banania é de menos de mil reais.

    • tech76

      O mínimo que um carro tem que ter é 6 airbags e ESP e uma estrutura boa, carro sem isso deveria ser proibido de ser vendido, o resto é desculpa, falar que o preço ficaria muito caro é desculpa.

      Ex: O Renault Kwid trouxe airbags laterais de série (que no caso protegem tórax e cabeça), o Ford Ka trouxe ESP nas versões top de linha, o VW Up! trouxe uma boa estrutura. O novo Ecosport 2018 tem 7AB, ESP e sensor de pressão dos pneus de série a partir de R$74.000,00 enquanto nenhum dos concorrentes oferece de série e alguns nem nas versões top de linha de R$100.000,00, qual a desculpa? Obs: o Ecosport 2017 custava o mesmo preço e não oferecia. Sim, é outra categoria de preços, mas serve para exemplificar.
      Certamente a Renault, Ford e VW não fariam isso se o custo fosse tão alto.

      Equipamentos básicos de segurança são: cinto com pré-tensionamento; airbags frontais, laterais e de cortina e controle de estabilidade.

      Equipamentos mais avançados de segurança: sistema de frenagem automático, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa, alerta de tráfego traseiro, entre outros. Esses equipamentos tudo bem ficarem de fora de carros mais baratos (apesar de já começarem a ser exigidos mesmo nos mais baratos nos países desenvolvidos).

      O único motivo para os carros não terem estrutura boa, 6AB e ESP de série em qualquer carro é o fato da maioria dos brasileiros não se importar com isso e nunca o custo, que atualmente não é significativo.

      • RRROL

        Concordo. Deveria ter obrigatoriedade de segurança. Exigindo estrutura segura, 7 airbags, Esp, TC, isofix, cinto de três s pontos. De série em todos os veículos. Esse papo de preço ir nas alturas é balela. Isso que do jeito que está o preço já cobrado daria para por tudo isso e ainda ter muito lucro.

        • José Barbosa

          Algumas ajudas eletrônicas são superestimadas. Na verdade, muito mais barato que isto tudo, o básico, é formar e educar motoristas para que evitem acidentes. Entretanto, educação é um problema em todas as esferas.

          • Osni Duarte

            Educação é um aspecto complicado. Eu pergunto: a imensa maioria das pessoas que dirigem não sabe o que é limite de velocidade? Não sabe o que significa um aviso de proibido ultrapassar? Uma placa “Pare” ou de preferencial? Lê um aviso de “reduza a velocidade – escola” e reduz? O problema maior é a índole das pessoas, que cometem infrações conscientemente pela certeza da impunidade e por querer subjugar os outros, alimentando o próprio ego. Junto com educação precisamos de maior fiscalização e punição efetiva dos infratores. Ah!, vai ter um monte de gente falando em indústria da multa e outras coisas. Além de educados, motoristas de outros países têm noção de cidadania e respeito ao próximo, mas também medo da punição severa.

      • José Barbosa

        Na verdade, o custo pode, sim, ser significativo. Tudo depende do projeto ter ou não considerado esta hipótese, na sua concepção. De nada adianta você por um cinto de três pontos no banco do meio se, em caso de impacto, piorar a deformação da carroceria ou não aguentar o impacto. Não pode pegar um caso de um veículo e achar que se aplica a todo o mercado. Ou vamos cair na boa e velha evidência anedótica: a mesma dos produtos milagrosos. E aí, se o Ecosport não tinha, mas poderia ter, só o fez também porque, vendo a perda das vendas, usou como argumento para determinados públicos. Não porque é boazinha ou preocupada com a nossa segurança.

      • Antonio Lima

        Enquanto isso o governo ao invés de se preocupar nos itens que você falou, estão pensando em voltar o extintor de incêndios…. Vai entender!

        • José Barbosa

          Tudo uma questão de lobby. Inclusive, lembro de uma reportagem sobre o extintor não dando conta de um princípio de incêndio simulado pelos bombeiros (da Globo/GO), bem como o risco de um leigo apagar um incêndio, que é algo tremendamente improvável, frise-se, é muito maior que o custo de pagar um seguro que cobriria a perda.

          • Antonio Lima

            Sim, estão pensando só no dinheiro da industria á proteção das pessoas!

    • Lelolol

      Preço e valor são duas coisas distintas, nao as confunda. O preço de itens de segurança nao é tão alto quanto vc pensa, porém seu valor, q tem menos a ver com dinheiro e mais com a importancia q nós damos a ele, é bem alto.
      Se os mesmos equipamentos de segurança q equipam um carro de luxo equipassem um carro simples, o de luxo perderia MUITO de seu valor agregado, nao tem a ver com o preço das peças, mas, sim, com seu valor, com o status q elas trazem, sacou?

      https://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2016/04/19/controle-de-estabilidade-ja-poderia-salvar-vidas-por-r-180-assista.htm

      • RRROL

        Luxo Segurança

      • 4lex5andro

        E não deveria ser, um item de segurança como hill holder ou esp, item de luxo. Deformidade de um sistema de valoração que prioriza o status de uma central multi-midia ou um teto solar em detrimento de premiar com boas vendas, carros bem construídos.

        E este sistema tem como principal agente não só o mercado mas o Estado também.

        • Lelolol

          “E este sistema tem como principal agente não só o mercado mas o Estado também.”

          Pode falar mais? Nao entendi oq vc quis dizer com sistema. Obrigado

    • Paul J Kersey

      Vc ta invertendo os valores, no sentido abstrato mesmo. E justamente pelo preço do carro ser alto que ele deveria vir com absolutamente todos os equipamentos possíveis. Eles não colocam pq a legislação admite que não se utilize. Nos eua, até a década de 60, muitos carros não tinham cinto de segurança e isso impactava nas contas de atendimento médico do governo, isso fez com que eles forçassem o uso do equipamento. Veja como o Brasil é escroto. Cada batida dessas gera prejuízo pro governo, pq o atendimento de urgência é feito pelo estado. Esse estado permite que as fábricas tenham alta lucratividade e não as obriga a instalar equipamentos de segurança que reduza os custos pro cidadão e isso vira um ciclo. Vc paga caro pelo carro, o governo pega dinheiro da fábrica (tributos), depois pega seu dinheiro pq vc comprou o carro (+tributos), depois ainda pega mais dinheiro seu pra pagar os custos do sistema de saúde (mais tributos), mas não dá o serviço que vc tem direito – http://blog.tuningparts.com.br/seguranca-do-carro-historia/

      • fredggp .

        Pois é Paul… Condordo com você. Outro absurdo é o tal seguro obrigatório…que no final é um tributo. Que seja obrigatório, tudo bem, já que seria a cobertura mínima para um veículo automotor . Mas se a pessoa já arca com seguro automotivo, não faz nenhum sentido pagar duas vezes. Isto é outro roubo aos bolsos do cidadão e não há quem acabe com isso. O certo é a obrigatoriedade desse seguro mínimo para qualquer carro e se quiser aumentar a cobertura (terceiros, incêndio, total, etc..) que acrescente na apólice.

  • Pedro Mello

    O Onix nem isso conseguiu e vende mais. Então não vai fazer diferença.

  • Alvaro

    Mobicídio!

    • Pedro Mello

      Onixicido é pior.

  • Filipo

    Até que foi melhor (ou seria menos pior?) que eu esperava no impacto lateral. Pelo menos não zerou, como o Zeronix! Mas no impacto frontal ele não foi bem, protegeu apenas marginalmente o motorista. E não tem nem o pré-tensionador para o passageiro da frente. O Up! foi bem melhor neste quesito (impacto frontal). Comprovadamente o Mobi é inseguro tanto em impactos frontais, como em laterais.
    Mais um lixo terceiro-mundista! Manda o próximo.

    • Vitor Barcellos

      Mas, com as novas regras, acredito que o Up! não receba as 5 estrelas. E com relação ao Mobi, foi até uma surpresa ele ter recebido 1 estrela no impacto frontal rs

      • Filipo

        O Up! pode até não continuar com as 5 estrelas (muito provável, mesmo se sua estrutura for boa, pois não oferece airbag lateral), mas em relação ao impacto frontal (o qual as regras ainda são as mesmas), o Up! é bem mais seguro que o Mobi.
        E a 1 estrela do Mobi foi por conta justamente do teste de impacto lateral. Agora, a menor nota (seja de impacto frontal ou lateral), vale para o geral. No frontal, acredito que o Mobi tenha conseguido 3 estrelas.

      • O up continua tendo nota maxima em impacto frontal e lateral. Esqueca as estrelas, isso confunde em termos de seguranca estrutural. O up eh soh por airbag de cortina, e ESP. Pois a estrtura eh boa. Ja ss carrocas de plastico pode por 30 airbags ke nao vai adiantar nd.

        • Filipe Augusto Moro

          A estrutura do Up vendido aqui é exatamente a mesma do vendido na Europa?

          • Nao. O up brasileiro é fabricado no Brasil. O up brasileiro é ligeiramente maior, e os vidros traseiros descem. Carros fabricados na europa, voce pode ver os testes no site da euroncap.

            • Filipe Augusto Moro

              Então como pode ter certeza de que o nosso Up teria nota máxima com os novos critérios do Latin Ncap? Por isso pergunto se a estrutura é a mesma e não algo um pouco mais simplificado.

              • O Up brasileiro já foi testado duas vezes pelo latinncap. Uma no lançamento, e outro na auditoria.
                http://www.latinncap.com/po/resultado/41/volkswagen-up-com-airbag-duplo

                Desde 2016
                5 estrelas = poste (cortina)
                4 estrelas = esp
                3 estrelas = aprovado no impacto frontal e lateral, e freios ABS.
                2 estrelas = REPROVADO
                1 estrela = lixo
                0 estrela = (vc nomeia o adjetivo).

              • Gustavo73

                Simples a estrutura é a mesma, as velocidades e ângulos não mudaram. Logo a ausência de ESP e do airbag lateral é que impede de obter 5 estrelas.

        • ViniciusVS

          “O UP continua tendo nota máxima em impacto frontal e lateral. Esqueca as estrelas”

          Esquecer quando convém né? porque até o Latin mudar o padrão o povo repetia igual papagaio que o UP tinha 5 estrelas, como agora depois da mudança no máximo conseguirá 3 estrelas então elas não são mais importante né?

          O UP não é a oitava maravilha do mundo, a VW precisa SIM evoluir para acompanhar as exigências do Latin Ncap, se não tem AB Lateral e nem ESP então não é mais 5 estrelas. Vamos aceitar a realidade, ela começou a parar no tempo…

          Na época do lançamento o Etios foi muito bem avaliado com 4 estrelas, hoje se fizerem o teste novamente ele ficará no mesmo patamar do Mobi… Em outras palavras, ou a Volkswagen cria vergonha e coloca ESP e AB lateral para manter as 5 estrelas ou com o tempo não vai mais conseguir acompanhar o Latin ncap perdendo estrelas e se tornando uma “carroça” como você mesmo diz. Não adianta defender o indefensável.

          • Ah? Nao entendi.

            Convem? Convem a quem? A questao é que ficar falando apenas nos numeros de estrelas, 99% das pessoas comparam o teste recente com os testes antigos. E isso acaba criando uma confusao. Eu disse pra ele esquecer as estrelas para compreender melhor os scores, e nao as estrelas.

            Exemplo na europa: O Golf fabricado na europa recebeu 5 estrelas no euroncap no lançamento. Mas logo no ano seguinte o euroncap passou a pontuar o sistema frenagem automatica. E o Golf nao tinha esse item, logo seria 4 estrelas. Mas ai dizer que o Golf é MENOS seguro que o UP com 5 estrelas tambem pelo euroncap antigo, seria um tanto bizarro. Pois protocolos mudam, tanto na latin ncap, euroncap, cncap (china), jncap (japao), asean ncap, etc.

            O Etios nao foi testado lateral, e nao eh preciso de airbag lateral para ser aprovado, logo pode ter 3 stars, ou zero. Isso eh chutometro

          • Wellington Myph13

            “5 estrelas = poste (cortina)
            4 estrelas = esp
            3 estrelas = aprovado no impacto frontal e lateral, e freios ABS.”

            Up! Levou 5 estrelas e na nova metodologia levaria 3. A falta de equipamentos tiras estrelas, mas não faz da estrutura dele menos segura.
            Palio tinha 4 e foi pra 1, ou seja, não foi tão bem no impacto frontal e foi fraco no lateral… Onix tinha 3 e zerou por causa dos mesmos motivos, mas com alerta maior no impacto lateral…

            Ele está tentando passar uma forma de enxergar além das estrelas pra não confundir com as notas anteriores…

        • Leonidas

          Não dá para afirmar que o up continua com nota máxima em relação ao teste novo. Alguns parametros dos testes foram alterados, fora que adicionaram mais modificadores. O teste tem que ser refeito. Não dá pra ter certeza qual seria nova nota do UP, atualmente a nota do UP no teste novo é INDEFINIDO. Provável que consiga 3 estrela, sim, mas não é impossível conseguir 2 ou 1.

          • Eu frisei, impacto frontal e lateral. O carro jah foi aprovado com nota maxima, e nao eh a ausencia de esp e poste ke vao rebaixar pra menos de 3.

  • KevinGR

    Nem com airbag lateral ia resover isso, a porta foi na costela do dummy!

    Não da nem pra acreditar que existe um carro (onix) que foi pior que isso.

  • V12 for life

    O N300 ser produzido na China não importa e sim onde ele é vendido já que esse é o critério para ser testado pelo LatinNcap, em qual mercado?
    O Mobi até que surpreendeu, conseguiu uma estrela a mais que o Onix. É uma pena que segurança no Brasil não seja se quer opcional.

    • Lelolol

      Tb achei babaca salientar onde ele é produzido. Parece q ocaras querem forçar essa imagem q oq vem da china é ruim, triste.

    • Djalma

      Surpreendeu negativamente né? Pois a Fiat falou que aplicou reforços com aços nobres nesses carro para reforçar a estrutura, por isso o carro era mais pesado que o Uno.

      • Gu92

        Daí eu pergunto como o Kwid pode ser tão leve mesmo com os “reforços”, ter apenas 780 kg é no mínimo intrigante!!

        • Wellington Myph13

          O fato do peso baixo não surpreende, ja que pode usar aços nobres, mais leves e resistentes, mas ai o que pega é o preço… Sendo barato como é, não da pra esperar muito… Tirar 2 estrelas vai ser fraco mas um excelente feito pra um carro barato assim…

        • Gustavo73

          Pode ser leve e seguro mas o preço será um problema. Se a Renault conseguiu fechar a conta só saberemos no teste. Difícil imaginar já que as versão indiana única existente falhou em 3 testes. Mas vai que.

  • Snoop Dogg

    Brasileiro deixa de comprar um Up! por causa de 3.000 reais, ai com essa economia eles colocam adesivos, sensores, perfumaria com conectividade e desfilam com um moedor de carne ambulante com o pensamento “Nao vou bater o carro mesmo, fiz uma boa escolha”. Quanto menos estrelas, mais no topo fica o modelo kkkk

    • Jackson A

      Up vai vim com 2 estrelas, não muda muito não.

      • João Martini

        Nos padrões atuais teria 3. Não tem jeito, sem ESP e os airbags laterais não ganha 5.

        • Jackson A

          3 só se passar no impacto lateral, eu duvido que isso aconteça.

          • João Martini

            Mas o Up já passou no impacto lateral, duas vezes.

            • Jackson A

              O brasileiro ainda não foi testado no novo teste, não que eu lembre.

  • Diego

    Acredito que o Argo seja a mesma porcaria deste Mobi. Infelizmente é a nossa realidade.

  • Tochio

    Esperar o que dessa colcha de retalho !!

  • tech76

    O mínimo que um carro tem que ter é 6 airbags e ESP e uma estrutura boa, carro sem isso deveria ser proibido de ser vendido, o resto é desculpa, falar que o preço ficaria muito caro é desculpa.

    Ex: O Renault Kwid trouxe airbags laterais de série (que no caso protegem tórax e cabeça), o Ford Ka trouxe ESP nas versões top de linha, o VW Up! trouxe uma boa estrutura. O novo Ecosport 2018 tem 7AB, ESP e sensor de pressãodos pneus de série a partir de R$74.000,00 enquanto nenhum dos concorrentes oferece de série e alguns nem nas versões top de linha de R$100.000,00, qual a desculpa? Obs: o Ecosport 2017 custava o mesmo preço e não oferecia. Sim, é outra categoria de preços, mas serve para exemplificar.
    Certamente a Renault, Ford e VW não fariam isso se o custo fosse tão alto.

    Equipamentos básicos de segurança são: cinto com pré-tensionamento; airbags frontais, laterais e de cortina e controle de estabilidade.

    Equipamentos mais avançados de segurança: sistema de frenagem automático, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa, alerta de tráfego traseiro, entre outros. Esses equipamentos tudo bem ficarem de fora de carros mais baratos (apesar de já começarem a ser exigidos mesmo nos mais baratos nos países desenvolvidos).

    O único motivo para os carros não terem estrutura boa, 6AB e ESP de série em qualquer carro é o fato da maioria dos brasileiros não se importar com isso e nunca o custo, que atualmente não é significativo..

    • Filipo

      Apenas corrigindo: o par de airbag lateral que o Kwid traz é apenas para tórax. O airbag lateral para cabeça é o de cortina, outro tipo.

  • Christian Balzano

    Imprudência e desrespeito no trânsito conta e merece campanha. Mas que falta uma campanha para banir carros 0 estrelas do mercado, falta. Quantas vidas poderiam ter sido salvas com um mínimo de rigidez estrutural, airbags laterais, controle de estabilidade e tração? Enquanto o lobby das montadores com o governo perdurar muitas pessoas vão morrer por culpa do carro, não só da imprudência.

    • José Barbosa

      Carros de uma década atrás, que ainda estão nas ruas, são ridiculamente mais frágeis. Compare um Mobi com um Uno, um Celta/Gol bolinha com um Ônix. Além de Abs, air bag, é uma dirigibilidade muito melhor. Doutra ponta, não adianta querer ter veículos absurdamente seguros em vias que são açougues a céu aberto. Sinto-me muito mais seguro esgoelando uma kombi ao máximo numa castelo branco do que andando abaixo do limite da 381 num renegade 5 estrelas.

      • Concordo com você sobre as vias, que uma 381 em MG é muito mais perigosa e com maiores chances de se sofrer acidentes, mas ainda acho que o principal motivo são os motoristas e sua imprudência sem limites. É só viajar e ver o show de horrores que a gente vê principalmente nas ultrapassagens.

        • José Barbosa

          Sim e não. Porque sabemos que há uma parcela de motoristas imprudentes, e precisamos de rodovias que se adaptem a isto, entretanto, via de regra a engenharia aplicada é porca e há complacência do poder público com invasões ou mesmo com veículso que nem deveriam por lá circular (falta de equipamentos mínimos, excesso de peso, motorista com longas jornadas etc). E, pegando como o exemplo a 381, além de um número excessivo de curvas perigosas, o fato de não ter sido duplicada apesar de ter um fluxo muito intenso. E só para deixar claro, estou falando da 381 “raiz”, não aquela que é duplicada e pedagiada, cujo trecho entre BH e João Monlevade é para poucos.

          • Eu vejo que a parcela de motoristas imprudentes é o fator determinante. Não existe isso de “rodovia que se adapte a isso”, a rodovia não vai tomar decisões pelos motoristas. A diferença é que a imprudência causa mais acidentes e mortes nas rodovias como a 381 “raiz”, não é a rodovia que causa os acidentes. Seria a mesma coisa que falar que são as armas que matam… Concordo totalmente com os quesitos da estrada cheia de curvas mal sinalizadas e dá não fiscalização do trânsito que influenciam sim para que ocorram acidentes, mas ainda passa longe do que a gente vê nas estradas que são os motoristas fazendo ultrapassagens absolutamente do tipo “roleta russa”.

            • José Barbosa

              Na verdade, existem inúmeras falhas estruturais grosseiras nas nossas rodovias que matam/agravam acidentes. Poderia citar aqui uma lista gigante que vai desde erros primários de projeto a falhas gravíssimas de conservação (buracos na entrada de pontes, por exemplo). Uma coisa que sempre achei curiosa, sendo mineiro, é o fato de que as rodovias que ligam BH a SP e Rio têm praticamente 80% da distância a ser percorrida dentro de MG. Variações de relevo à parte, tanto no RJ como em SP há túneis, enquanto em MG até hoje não existe UM túnel rodoviário. O relevo, por si só, não justificaria, pois há pontos próximos das divisas e outros de relevo até mais complicado. Mas isto é apenas um exemplo. O lado mais grave é o fato de termos pouquíssimas pistas duplicadas, mesmo onde o tráfego há tempos já justificaria este tipo de investimento. E mesmo onde se paga caro de pedágio e há obrigação contratual, as obras não andam, pelos mais variados motivos. E aí, a estrada mata, muitas vezes em quem não tem nem culpa na história.

      • Christian Balzano

        Você tem razão, as estradas são péssimas, mas são vários fatores, as montadoras também não podem se eximir da responsabilidade. São 40 mil mortes por ano. A sociedade precisa de estradas mais seguras, carros mais seguros e pessoas mais responsáveis. Pois 40 mil mortes ao ano é uma verdadeira carnificina. Não existem estudos, mas acredito que tenha um percentual nessas mortes que poderiam ser atribuídos aos carros sem segurança.

        Não quero entrar em mérito de uma década atrás, nem tinha a obrigatoriedade do Airbag e ABS, assim, os carros dos anos 80 eram mais inseguros que os anos 90, e os dos anos 70 mais inseguros com os carros dos anos 70 e assim chegaremos ao primeiro Ford T. O que importa é hoje. E hoje os carros no Brasil são tão inseguros quanto de décadas atrás.

  • 868686

    A surpresa seria se esse lixo tivesse alcançado boa pontuação.

  • Newton Freitas

    Acredito que deve ser problema na fechadura do modelo, a nova Espace também teve problemas com o impacto lateral. O problema do Mobi foi o fato de terem repetido por varias e varias vezes que era um carro seguro, com plataforma nova e era o carro mais seguro feito na fábrica de Betim com processos semelhantes a Toro. O modelo se comportou da mesma forma que o Uno e Palio, não dá para comparar com o Vw UP!, espero que o Kwid não saia um fiasco também.

  • Paul J Kersey

    É o que faltava pra ele virar o mais vendido do Brasil, pq brasileiro adora comprar bosta por preço de ouro.

  • Henrique Franco

    Fiat MORTI

  • Cyro

    A FIAT diz em nota que cumpre todas as normas e exigências vigentes nos pais.
    Diz ainda que investe milhoes em tecnologia para melhor atender o consumidor brasileiro
    (modo ironico)

    • 4lex5andro

      O título da matéria do n.a. chega a ser irônico. O Fiat Mobi decepcionaria se houvesse a expectativa de uma boa nota deste, como se fosse normal os compactos da Fiat {e outras fabricantes também} serem bem avaliados nos crash test.

  • Snoop Dogg

    Eu nao sei como Fiat consegue ser a segunda marca no brasil comercializando so porcaria, alem da TORO que eh algo mais aceitavel.

    • Jefferson Ferreira

      Ué o carro que zerou o crash test é líder… capaz até depois desse resultado aumentar as vendas… nosso mercado é bizarro…

      • Djalma

        90% dos consumidores nem imagina o que é Latin NCAP ou Euro NCAP.

      • Robinho

        o cara que esta com uma condenação de prisão, pode se candidatar a presidente, se houver uma eleição direta, e ainda ser eleito pelo povo (!!!) e tornar-se presidente novamente, nosso mercado não é bizarro…nosso povo é bizarro.

        • Alexandre Viotto

          Pior é o que está lá, através de um golpe, sofrer as acusações que sofreu e continuar, sem ser investigado enquanto estiver no cargo…

    • Hater x Haters

      E vc quer que compremos um Up horroroso 3 estrelas e sem ESP, é isso?

  • Diogo Augusto

    Por que eu não estou surpreso?

  • Marco Aurelio

    O correto seria dizer confirma o esperado ao invés de decepciona.

  • Leo

    E assim vamos nós, com algumas poucas marcas oferecendo um portfólio, dos populares aos luxuosos, decente em termos de segurança. As japonesas, a Ford, a Volks e acho que nada mais…

    • Alexandre Viotto

      Concordo plenamente! São as marcas que se saíram melhor nos testes, mas entre as japonesas, exclua-se a Nissan-Renault BR.

  • GABRIELCSFLORIPA

    OFF TOPIC
    Qual a melhor opção?
    A3 2.0 Sedan 2016 com 17.000 km
    320i Sport GP ActiveFlex 2015 com 30.000 km
    328i Sport GP ActiveFlex 2014 com 40.000 km

    • Charlis

      Vou tentar te ajudar …
      Não dirigi o A3 2.0, mas eu tenho a versão pobre dele em casa, o Jetta 2.0 TSI, e a BMW 320i.

      Primeiro sobre a 320i e o A3.
      Acho que você vai ganhar a mesma dor de cabeça, que é as revisões caras, e constantes.
      A Audi a cada 6 meses, e a BMW a hora que ela pede, cabe a sua sorte, ou talvez o seu pé direito.
      Mas no geral, vão empatar… aqueles 1200 reais básicos para trocar óleo e afins.
      Pastilhas, discos, e afins, se conseguir trazer de fora (eu faço isso), ajuda muito.

      Agora dirigindo…
      A BMW lhe dará mais prazer pela RWD, distribuição de peso 50/50, volante pesado e curto, banco quase que no assoalho.
      Nas curvas, você pode exagerar, que ela vai rir para você e pedir mais.
      E claro que você só percebe isso, forçando a barra, andando devagar, nem lembra aonde é a tração dela.
      Se estiver em ambiente controlado, colocar ela no Sport+ e desligar tudo, acelerar na curva e fazer um contra esterço, não há palavras para descrever.
      Agora para acelerar em linha reta, o A3 com certeza vai andar mais.
      O meu Jetta já anda mais, o A3 anda mais que o Jetta, então …

      Consumo de combustível…
      Jetta na estrada colocando no cruise, câmbio “D”, de 100 a 110 km/h, gasolina comum, sem A/C ele faz 16,2 km/l.
      Viajando nas condições atípicas (160km/h…) ele faz 10,8 km/l.
      A 320i, medi ela nesse FDS, no modo Ecopro, velocidade média de 96km/h, gasolina comum e sem ar, ela fez 19,1 km/l

      Sobre a 320i x 328i.
      Eu também comprei-a semi nova (assim como o Jetta).
      No meu caso, encontrei com 20 mil rodado, e comprei na CSS Agulhas Negras, com o esquema da Premium Selection, dando-lhe 2 anos de garantia total.

      A 328i, é praticamente o mesmo carro, com uma remap mais forte (245cv), não sei se tem alguma diferença no motor, como intercooler e afins.
      O que eu vi que muda bastante são os pneus, os traseiros são R18 255, isso é, MUITO mais caro que da 320i.
      Então, considerando isso, mais a diferença de 1 ano, e rodagem, eu fui na 320i.

      Agora bicho… BMW x Audi, eu amo os dois, rs.
      Acho que mais te compliquei do que ajudei, kkkk …
      Primeiramente dirija os 2, e veja se de cara prefere algum…

      Se ainda ficar com dúvidas, faça mais contas, e analise os opcionais relevantes de cada um pra você.
      O lance do Audi ser 2016 (garantia de fábrica), e apenas 17 mil KM, pesa bastante.

      Se tiver alguma dúvida da 320i pode perguntar.

      Abraços.

      • Guedes

        Belo relato! podia fazer um post por NA com suas impressões, comparando!

        • Charlis

          Acho que até fim do ano faço um do Jetta…
          A 320i é recente em casa ainda, tem alguns meses!
          Abcs!

      • Gustavo73

        Esqueça o Jetta o A3 2.0 não tem nada haver. Plataformas diferentes motores de gerações diferentes, só o DSG6 talvez seja exatamente o mesmo.

        • Charlis

          Comparei apenas o motor.
          Não é tão diferente, tem uma evolução em relação ao meu Jetta, igual ao Golf GTI.
          Tem injeção indireta e direta…
          De diferença gritante é mais isso mesmo.

          Abcs.

    • Gustavo73

      Difícil isso. O A3 é mais novo tem um belo 2.0 e o DSG6, mas não é da mesma categoria da Série 3. A 328 é mais “velha” mas tem mais motor e provavelmente equipamentos que as outras duas.
      Olha, bela dúvida a sua…

    • zekinha71

      Vai de MB e acaba a dúvida.

      • 4lex5andro

        Que dúvida legal essa, ter que escolher entre Audi, Bmw e talvez, Mercedes. Deve ser bom ter dilemas desse tipo.

  • Clayton Martins

    Que nossos carros de entrada são, com raras exceções, carroças inseguras todos deveriam saber. O que acho lamentável é o LatinNCAP não revisar as notas dos veículos testados com o antigo protocolo, o que acaba promovendo um desserviço à sociedade:
    Ex.: Um Palio tirou 4 estrelas em proteção para adultos no antigo protocolo, ao passo que a nova Ranger, sem ESP, recebeu apenas 3, ao ser avaliada por meio do protocolo atualizado.
    Para se ter uma ideia desse sistema de avaliação com dois pesos e duas medidas, o VW UP, carro de entrada melhor avaliado até o momento com 5 estrelas de proteção para adulto, só poderia atingir, de acordo com as exigências rigorosas do novo protocolo, no máximo, 3 estrelas!
    E como ficariam HB20, Ka, Sandero e outros carros de grande volume de vendas com a nova avaliação?

    • José Barbosa

      É a pergunta que não quer calar, mas seria prioridade se o Latin Ncap fosse um órgão que quisesse melhorar a sociedade, de fato, e não vender manchete.

      • Reginaldo Ferreira Campos

        Quem faz manchete é montadora avisando desconto na venda destes carros feitos de estrume.

    • Exato. Virou uma bagunça por causa disso.

    • Djalma

      O Pálio tirou nota 1 ou 2 estrelas pelo atual protocolo. O Up vai ser 4 estrelas nos testes atuais; se a VW colocarr ESP tira 5 estrelas de novo.

      • Clayton Martins

        Impossível o UP tirar quatro estrelas, uma vez que não possui ESC de série.

        Segue texto extraído do próprio sítio do LAtinNCAP:
        “6.2 Additional Requirements for 4 stars
        Similar to 5 stars, additional requirements apply to 4 star vehicles, albeit less stringent. In addition to
        meeting the required score, the following conditions must be met:
        6.2.1 ESC (Electronic Stability Control)
        Identical requirements as set in section 6.1.1 apply.”

      • Hater x Haters

        Vai ler a pg 17 do protocolo de janeiro 2017 vai. Evita de vc dizer essas besteiras.

        • Djalma

          Calma fanboy, tá desorientado com a 1 estrela do Mobi?

    • Reginaldo Ferreira Campos

      Já sei, você veio para confundir, não explicar. Com assim dois pesos e duas medidas se o próprio órgão publicou atualização dos parâmetros de teste À PARTIR DESTE ANO e que todos os carros serão testados novamente? E em que isso prejudica as notas sobre a estrutura do carro? Isso foi a defesa mais tresloucada de uma montadora que que já li.

      • Clayton Martins

        Vá em uma concessionária Toyota e veja lá se eles não estão dizendo que a Tombalux é mais segura que a Nova Ranger, pois tem cinco estrelas no LatinNCAP. Se você retrucar, eles irão no site do LatinNCAP e vão na guia comparativo e selecionar os dois modelos. Qual será o resultado? Hylux mais segura que a Ranger. Não, não há nenhuma referência a qual protocolo foi usado para cada um dos casos. A informação que aparece é o período em que cada uma foi testada: a Hylux em dezembro de 2015 e a Ranger em Abril de 2016. Aí eu te pergunto: como o vovô que sai de casa pra comprar a “caminhoneta”dele vai acreditar em outra coisa senão na mentira do vendedor?
        É uma vergonha o LatinNCAP permitir e disponibilizar uma ferramenta comparativa em que carros sejam confrontados por meio de protocolos diferentes.
        No final das contas, as empresas que estão pouco se lixando em equipar seus veículos de série com bons recursos de segurança usam o LAtinNCAP a seu favor, sendo uma minoria a parcela de consumidores que realmente tem conhecimento dos diferentes protocolos utilizados em diferentes períodos de tempo.

  • Mario

    O LatinNcap considera os airbags da Takata no uso? Neste caso, melhor não ter airbag, né? A cabeça do motorista do Mobi chega a sair da janela e dá uma panca na coluna.

  • Mario

    Essa empresa latinNcap já sofreu alguma auditoria? Qual é sua origem? Qual sua confiabilidade??? Exigir airbags lateral no Mobi, chega a ser engraçado.

    • João Cagnoni

      Engraçado por que? Esses carros de entrada em outros países vem até com 6 airbags e ESP.

    • SDS SP

      Não acho engraçado. É justo exigir os air bags extras para todos os modelos vendidos aqui. Mas como não há obrigatoriedade, vai ficar do jeito que está mesmo.

    • Guedes

      Se não fosse confiável as empresas não mandariam seus carros para serem avaliados.
      São as montadoras que mandam os carros pra eles avaliarem.

    • Gustavo73

      Auditoria? A origem é a mesma dos outros Ncaps os testes são feitos nos mesmos laboratórios. Acho engraçado tentar contestarem os resultados e não os carros.

      • SDS SP

        Pode ter certeza de que se a nota fosse boa, o comentário seria bem diferente…Crítica seletiva…

        • Gustavo73

          Claro que sim, vi tanto isso nos últimos 3/4 anos.

  • Gustavo73

    Teremos novos resultados em setembro, espero que a Latin mantenha o ritmo.

    • Ritmo de samba ne? kkk. Dê uma olhada lá encima o reply bizarro no meu post. Adianta nada a latinncap testar. Ainda que eu concorde que a latinncap é uma zona em termos de clareza nas explications, mas a preguiça do povao em se informar é muito pior.

      • Gustavo73

        Eu tento me informar minimamente. Tem gente que parece estar defendendo o emprego. Aí eu não posso fazer nada. Pra mim tem influência na hora da compra.

        • Parece defendendo? Segundo a enquete do NA, se a minha memoria nao falha, algo de 20% dos comentaristas daqui trabalham no setor automotivo. Só isso já explica a torcida de futecar.

          • Schlatter70

            Eu apostaria num percentual maior viu.

          • Gustavo73

            Mas tem uns que nossa senhora.

      • tiago

        É uma zona em explicar os métodos e resultados; é uma zona em escolher os veículos a serem testado – a prioridade deveria ser o top 20 da America Latina; é uma zona por não ter laboratório na região – cada teste depende de mandar os veículos para a Alemanha etc.
        Enfim, só não é pior do que não ter nada.

        • Gustavo73

          Não tem Zona nehuma é só ir no site e ver todos os protocolos. O resto é igual a Europa e EUA quem confia, banca o teste quem não se finge de morto.

  • Wagner Lopes

    Perfeito pra brasileiro comprar pagando preço de carro de verdade…

  • Lyn

    Agora é que vai vender muito. mes que vem estara no top 3.

  • João Cagnoni

    Eu gosto do Mobi, mas depois desses testes eu vou de up sem pensar novamente.

  • Jefferson Ferreira

    sinceramente não vejo diferença nenhuma pra esses carros de entrada e os chineses… é bateu morreu!!! A única diferença é o preço que o pessoal gasta mais por ser de marca tradicional mas a qualidade é a mesma… tudo porcaria!!! Não entendo como a pessoa gasta dinheiro com esses lixos de onix, mobi, gol…

    Vamos ver como o kwid vai ser sair… A expectativa não é nada boa tb….

  • Miro Saraiva

    Deveria receber uma estrela a mais pelo fato da porta abrir e assim facilitar o resgate das vítimas rs

  • João Cagnoni

    Como costumo dizer, a segurança de um carro vai muito além de crash test. Os carros da Fiat sempre foram conhecidos por capotar na primeira curva, mas agora também são fracos no crash test.

  • Maycon Farias

    “É inaceitável que em 2017 os modelos mais populares sejam vendidos com padrões tão baixos de segurança, sendo que os fabricantes oferecem boa segurança padrão para todos os consumidores em mercados como os dos EUA por valores bem mais baixos. Os consumidores da América Latina não devemos pagar mais por maior segurança, a segurança dos veículos deve ser democratizada em nossa região”, disse o presidente da comissão diretora do Latin NCAP, Ricardo Morales Rubio.
    ler isso é como ouvir uma boa música. Ou seja não é só os leitores do NA que pensam assim.

  • Victor Hugo

    Tem um tal de Ricesp ai que comprou MOBI e não deixa ninguém falar mal do carro. Cuidado Latin N CUP, se ele souber que vocês deram apenas uma estrela, ele vai querer provar que é mentira, substituindo o dummies, com ele próprio no volante.

  • Antonio Lima

    O Mobi ainda ganhou uma estrela e o onix que zerou, ambos são péssimo para segurança, sabe quando as montadoras vão se preocupar…. Nunca o mês passado quem foi o mais vendido no Brasil…. O zero estrelas!

    • Djalma

      Uma estrela ou zero estrela não muda nada, o estrago é o mesmo.

      • zekinha71

        Muda sim, um o velório é com caixão fechado, no outro dá pra abrir a tampa.

  • Cláudio Lima

    Agora os proprietários do Mobi se juntarão aos donos de Onix para tentarem desmoralizar o teste.

    • José Barbosa

      Em breve serão todos os compactos. Ou não, já que nunca sabemos quando os carros mais relevantes para nosso mercado serão testados.

      • Cláudio Lima

        Acredito que todos os carros terão nota zero ou, no maxímo , 2. Só não acho legal desmoralizar o teste.

  • oloko

    Alguém aqui achou que o mobi tiraria o top safety pick? haha era obvio que seria um lixo né, esse n300 é vendido na China então nada fora do normal também, o que foi meio decepcionante foi o new rio, que provavelmente será vendido aqui, mas também será a versão que tem pelo menos 2 air bags e abs e tal. Tomara que testem a versão vendida aqui também posteriormente

  • Charlis

    Sem surpresas algumas!
    Mas, isso não impactará em absolutamente nada suas vendas, já que compramos carros pelo tamanho da tela no painel!
    Deve ser alguma síndrome do Brasileiro desde as época de TVs LCDs.

    Agora estou MUITO curioso para ver o Kwid, espero que testem em breve.

    []s

  • Danilo

    No teste de colisão do Mobi fica nítido o grande empeno sofrido na tampa traseira de vidro.

  • Filipe Augustus

    “No teste de impacto lateral, o desempenho estrutural do Mobi foi semelhante ao do Chevrolet Onix (que obteve zero estrela), com alta penetração”. Vai sofrer uma alta penetração quem compra um carro desse e pagar um valor absurdo pra não ter segurança nenhuma! Muito melhor comprar um usado médio! Falo isso tanto pra ele, quanto para todos os carros fracos em segurança! Ai sempre aparece um pra dizer! “Se permita comprar um carro zero” KKKKKKK mas nem se eu tivesse meio milhão pra comprar um carro eu não comprava zero, ainda comprava uma Ferrari usada e com o troco uma Cayenne!

  • Guimasi

    Já é infinitamente melhor que o Onix… hehehehe

  • Jose Neto

    E ainda criticam os chineses…

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Ia falar exatamente isso.

  • FocusMan

    Essa classificação nova do latin N cap é bem interessante. Vai pressionar os fabricantes a colocaram os itens eletronicos de série nos carros? NÃO.

    Mais fácil roda de liga leve virar padrão do que item de segurança virar item de série sem legislação empurrar obrigatoriedade.

    • Gustavo73

      Não tenho dúvidas que a Ford equipar a EcoSport de série com múltiplos airbags e esp/tc esteja relacionado a isso. Uma bela surpresa por sinal. Espero que ela esteja no teste de setembro.

      • FocusMan

        Aposto na pontuação máxima para ela.

      • SDS SP

        Uma dúvida (já que você é bem esclarecido no assunto); a falta dos air bags laterais e de cortina é passível de perda de pontos?

        PS: sem os de cortina não dá para ter pontuação máxima.

        • Gustavo73

          Sem os de cortina ou laterais que não protejam uma área maior do corpo não passa no teste de colisão contra o poste logo nada de 5 estrelas. Antes para obter a quinta estrela precisava passar na colisão lateral contra barreira deformável, maneira de avaliar melhor a estrutura. Já imaginou um carro 5 estrelas com uma lateral menos estável?
          Sem ESP independente da pontuação na colisão nada de 4 ou 5 estrelas.

          • Leonidas

            Na verdade para para fazer o teste do poste o carro deve oferecer proteção para a cabeça, que de maneira geral, é implementado com air bag de cortina, mas a montadora pode ter outra solução. Para ter 5 estrelas, tem que passar no teste do post, teste esp e ter SBR. Mesmo que faça o teste do posto todo o corpo do dummie é checado, então fica dificil passar se não tiver o air bag lateral.

  • Thiago Ramos

    Isso é uma Prévia do que o Argo será…. tá tudo na pior. Se não fosse o Upzinho, o Brasil seria vergonha mundial.

  • Sidney Rufino

    Kia Rio parece ser ter uma boa construção. Faltam os esquipamentos de segurança (mais airbag etc).

  • V4nd3R

    Mas o Mobi é mais bonito do que o UP!!! Isso é Brasil!
    Onix e Mobi vendendo bem!!!

  • Felippe2010

    Como muitos já suspeitavam, está confirmado que o Mobi lete faz parte do clube ” carros da morte ” assim como o Onix, o UP! é mais caro mas ao menos sua qualidade construtiva e segurança justificam isso.

  • Vanderley Almeida

    E vi continuar vendendo. Povo é muito sem noção!

  • leomix leo

    Agora aumenta as vendas, foi assim com o Onix, ele estoura entre os 6 mais vendidos daqui a 2 meses. Kkkkkkk

  • Danilo Figueira

    isso ai….. em pleno 2017 no Brasil. Segurança nota 0. Midia, roda diamantada, Kit Xuning por 2500 a mais nota 10.

    ta de brincadeira…. Olha esses dias passou na minha mao um Opel corsa 2006 (exatamente igual o carro qu foi vendido ai no Brasil ate ser extinto pra dar lugar ao onix) e o modelo que peguei tinha airbags laterais e de cortina, fora o Ar digital e som de mp3 com comandos no volante… items que nem foram oferecidos no Brasil.

    Realidade do brasil pra carros esta distorcida em varios aspectos, segurança, preços, qualidade….

    Quem sabe o VW Polo da uma remexida nisso ai, assim como fez o Golf em 2013, que fez outras montadoras se mexer e trazer o motor turbo.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Quando falam que brasileiro está mais exigente, eu começo a cair na gargalhada. Exigente pra que? Só tem 3 coisas que o povo brasileiro é exigente: novela, futebol e carnaval.

  • Elias Mariano

    pra quem entende de carro, se isso aconteceu com Mobi, o Argo será o proximo vexame, porque a arquitetura do Argo é a mesma do Mobi, não tem nada do Punto ali, é só vê por baixo, pois as balanças são do Palio e para piorar o portamalas entrega mais do porjeto, que tem os amortecedores fixados para dentro, que o faz perder uns 15% de seu espaço, no mais aqui ninguem viu debaixo do Argo, só fala que a Fiat passou na midia que é igual ao punto kkkkk.

  • Airplane

    Lamentável !

  • Fábio A.

    Deveria ser diferente, pois é um projeto novo. Mas, o que esperar de um Uno piorado? Eu quero é novidade…

  • Rafael Tadeu

    Melhor que Onix!

  • Fiat Morre

  • Dreidecker
  • Zé Mundico

    Cá prá nós, mas numa porrada lateral dessas não tem airbag que dê jeito.
    Carro pequeno não faz milagres e a Física tem suas leis.

  • Pedro Henrique

    legal que eles bateram do lado do passageiro…
    boa alternativa pra pega de supetão marcas sacanas que reforçam só o lado testado

    • Eddie

      Voltei pra asistir o video do Mobi com o impacto no lado direito. Por que será? Rsss. Destes executivos de grandes corporações não duvido mais nada a ponto do LNCAP precisar colocar o dummie no banco da direita.

      • Pedro Henrique

        se os cara já faziam isso no IIHS com o teste do poste…
        imagina no latinNcap kkkkk

  • Jose Alexandre Mendonça Neto

    Decepção total, que carrinho meia boca, e duvido que este resultado atrapalhe as vendas do Mobi (caixão de rodas n’ 2),vide caso do Onix (caixão de rodas n’1).

  • zeh

    ….kkk fiquei sabendo que o Chevrolet Onix e Fiat Mobi estão dando uns amassos…kkkk

  • Sílvia

    Tá na medida p minha sogrinha !

    • Pedro Henrique

      credo q q a criança fez…

  • ilidio Machado

    Olha eu sempre gostei de carros da Fiat, mais depois disso ai, eu acho que os compradores deveriam se afastar desse tipo de carro (Mobi, Onix) que tiveram notas pífias nos teste…. há opções melhores e mais seguras! Não gosto do VW (apesar de ter um Jetta TSI pelo excelente custo desempenho) más olha o resultado do UP 5 estralas e motor eficiente, olha o Ka 4 estrelas excelente espaço e motor eficiente… não vejo sentido em comprar essas outras carroças sem segurança…. ainda há outras opções que todos já sabemos mas mesmo assim o Onix e líder… é que ele vem com Mylinc vdd esqueci que isso salva a vida do fidumaégua quando ele sofre um acidente….. é duro viu!!!

  • HENRY ME

    Não fiquei supreso não.
    Veículo ” entrada” e gambirra do uno

  • Helio

    Brasileiro é burro mesmo, compra onix e mobi, e nao compra o up por ser feinho, tai o feinho tem qualidade so ver na largura da base da porta do up e na solda inteira da carroceria, comprem o bonitinho ja serve de caixao.

  • Hernande Cruz

    Mas no Brasil isso não é importante, se fosse o onix não venderia tanto!

  • Ricardo Blume

    Isso já era esperado. Só não vale reclamar na hora da compra ou querê-lo comparar com o seu arqui inimigo Up! A diferença de mais de 3k (versões de entrada) explica por si só o por que. Segurança, infelizmente, não vende carro.

  • Speed Racer

    Que lixo!

  • Filipe

    É vergonhoso e inaceitável o que essas montadoras fazem nos países de terceiro mundo!!!

  • Matheus

    Sabias palavras do Sr. Ricardo Morales Rúbio. Inaceitável isso em 2017… E sabendo que um carro desses beira os 50 mil aqui nesse país.

  • Freaky Boss

    Vamos parar de jogar culpa toda para as montadoras. Quem determina o que a indústria oferece é o consumidor.
    Se segurança fosse realmente importante para o brasileiro, nesse nicho de compra, comprariam o UP pagando um pouco a mais. Mas não compra.( Eu JAMAIS deixaria de comprar UP para comprar onix)
    E outra: qual o problema da montadora vender um carro barato mas com pênalti em segurança?? Compra quem quer.
    Se a montadora estivesse mentindo aí eu seria contra, mas não está, então segue o jogo.

  • Samuel Almeida

    Por que o teste não é feito antes de lançar o carro?

    • Rodrigo

      As montadoras fazem vários testes desse tipo antes de lançarem o carro.
      A maioria já tem idéia de quantas estrelas seus projetos terão, de acordo com as regras do início do projeto.
      Mas suas análises não são divulgadas pois seria considerado parcial.
      E não se faz avaliação do NCAP antes do lançamento porque o carro “não existe”.
      Mas “não existe” no nível de produção, que é o que chega pro consumidor.
      Até acontece de rolar teste em pré-produção quando possível.

  • Alexandre Viotto

    Ainda assim conseguiu ser melhor que o Ônix! Incrível como a GM vai mal nestes testes de segurança… A Ford está bem melhor neste sentido, mas mesmo assim o Ka vende menos da metade do que o Ônix, vai entender…

  • Guily

    Essa desgraça de carro DEVIA TER ZERO ESTRELAS também! Nunca vi um desempenho (visualmente) tão horroroso, uma das partes que tem que ser mais forte, que é a coluna vertical, se entorta, porta abre! E à época de lançamento, éramos iludidos com algumas afirmações de que o MOBI era feito pra tirar umas 3 ESTRELAS KKKKK sabia de nada!

  • Marcio Mendes

    Estou pensando no crash test do Kwid brasileiro… Vai ser pior do que o Kwid indiano…

  • Leonardo azevedo

    To so esperando o KWID ser testado e mostrar que é mais seguro… mas 3 estrelas sei que ja não vai conseguir pois precisa ter o tal aviso do cinto de segurança pra isso

  • carlos rodrigues

    Hoje em dia quase todos os modelos possuem uma CMM não possuem air bags de cortina. As montadoras já perceberam que o perfil do consumidor brasileiro prioriza aos mimos de aparência e entretenimento aos de segurança. Enquanto isso, nossos carros continuarão matando nas cidades e estradas, pois são frágeis e desprotegidos, vide o que revelam os testes com o Mobi, Onix e CIA

  • 1945_DE

    É assustador o choque que o dummy sofre no impacto lateral. Com certeza em uma pessoa significaria lesões na bacia e coluna. Caro Fiat já não entrava na minha garagem, agora e que nunca vai entrar. É uma pena as pessoa continuarem a morrer atoa.
    https://www.youtube.com/watch?v=MUaL_BFdHKI

  • Gambixx

    Ué, vendo os comentários parece que ruim mesmo é o Ônix e o Kwid.

  • Diego

    Um comparativo interessante Mobi 2016 e Uno 2011:
    http://i.imgur.com/MtYoRbt.png
    http://i.imgur.com/8nezmWL.png

  • Anderson Freitas

    A Fiat não engana ninguem com essa Mobilete disfarçada

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend