*Destaque *Featured Fiat Hatches Lançamentos

Fiat Mobi Drive estreia motor Firefly 1.0 e tem preços a partir de R$ 39.870

fiat-mobi-drive-2017-3 Fiat Mobi Drive estreia motor Firefly 1.0 e tem preços a partir de R$ 39.870

Revelado durante o Salão do Automóvel de São Paulo, que aconteceu entre os dias 10 e 20 de novembro, o novo Fiat Mobi Drive está sendo apresentado para a imprensa nesta semana e se prepara para fazer sua estreia na rede de concessionárias da montadora no País. Trata-se de uma nova versão do hatch subcompacto que usa o inédito motor 1.0 litro três cilindros da família Firefly, já usado pelo Uno na linha 2017.



De acordo com o divulgado da Fiat, o novo Mobi Drive com o motor 1.0 Firefly “passa a estabelecer novos paradigmas no mercado nacional: ele é o veículo mais econômico do Brasil entre os equipados com motor 1.0 aspirado”. Além disso, o carro é o que oferece o maior torque entre os modelos da categoria.

Fiat Mobi Drive – visual

Na parte estética, o novo Fiat Mobi Drive segue a mesma linha das demais versões, sendo que a única diferença fica por conta do nome “Drive” estampado na tampa do porta-malas. O carro é marcado pelos enormes faróis espichados na dianteira da carroceria, que formam conjunto com a grade com dois filetes horizontais escurecidos, além do para-choque frontal com tomada de ar interligada aos faróis de neblina.

As laterais exibem vincos marcantes nas extremidades dos faróis e das lanternas traseiras e linha de cintura elevada. Por fim, a traseira do Fiat tem lanternas horizontais e tampa do porta-malas inteiramente em vidro e acabamento em preto.

Já o interior, por se tratar de um carro de entrada, o acabamento é predominantemente em plástico: as portas não dispõem sequer de uma pequena área em tecido. O painel tem plástico texturizado, saídas de ar arredondadas nas extremidades e verticais na parte central, painel de instrumentos com tela digital ao centro e detalhes em preto brilhante.

fiat-mobi-drive-2017-3 Fiat Mobi Drive estreia motor Firefly 1.0 e tem preços a partir de R$ 39.870

Fiat Mobi Drive – equipamentos

Entre os equipamentos de série, o novo Mobi Drive traz como destaque a direção elétrica (nos demais modelos há direção hidráulica) com a função City, ativada por meio de um botão no painel, que reduz ainda mais a necessidade de esforço durante as manobras e é desativada automaticamente em velocidades maiores. Há ainda painel de instrumentos com tela LCD, com funções como velocímetro digital, econômetro, trip A e B, alerta de lâmpadas queimadas, temperatura, número de horas em funcionamento do motor, entre outros.

Nos demais equipamentos, o carro oferece ar-condicionado, chave canivete com telecomando, vidros elétricos nas portas dianteiras e trava elétrica nas quatro portas com função one touch e antiesmagamento, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro, abertura interna da tampa do tanque de combustível e do porta-malas, volante com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, banco traseiro bipartido, cargo box, lane change, ESS, sinalização de frenagem de emergência, e pneus “superverde”.

Como opcional a Fiat passa a dispor do Live On (por R$ 4.650), que consegue transformar um smartphone comum na central multimídia do veículo, que pode ser acessada pela própria tela do aparelho ou pelo volante multifuncional através de conexão Bluetooth. Com esse recurso, o painel do carro ganha um suporte retrátil com acabamento em preto brilhante e entrada USB, que pode ser usada para carregar a bateria do aparelho.

O Fiat Live On dispõe de aplicativos de trânsito e de músicas como o Spotify, rádios, fotos, internet e realizar e receber chamadas e acessar alguns aplicativos que auxiliam o motorista, como o EcoDrive, que orienta a dirigir o veículo com mais economia de combustível e redução de emissões, e o Onde Parei?, que informa o último local em que o veículo foi estacionado.

A lista de opcionais inclui também sistema de som Connect com Bluetooth e entradas USB e auxiliar, retrovisores elétricos com Tilt Down e luz de seta integrada, sensor de estacionamento traseiro, volante multifuncional, faróis de neblina, alarme com telecomando, console de teto com espelho auxiliar e rodas de liga leve 14 polegadas, que formam um pacote por R$ 4.500. Há ainda bancos com acabamento premium, porta-óculos, porta-revistas nos encostos dos bancos dianteiros, apoio para o pé e detalhes com acabamento em preto brilhante.

fiat-mobi-drive-2017-3 Fiat Mobi Drive estreia motor Firefly 1.0 e tem preços a partir de R$ 39.870

Fiat Mobi Drive – motorização

O motor que equipa o Mobi Drive é fabricado na planta de Betim (MG) e é oriundo de um projeto global do grupo FCA, visando atender as necessidades dos clientes brasileiros e latino-americanos. Essa unidade é dotada de duas válvulas por cilindro, que segundo a marca oferece torque elevado e consumo otimizado, válvulas de admissão responsáveis pela aspiração da mistura ar-combustível para dentro dos cilindros, válvulas de escape que auxiliam a expulsão dos gases resultantes da combustão e sistema de roller finger, que adota um rolamento na mesma posição de maior atrito do conjunto, ou seja, no ponto de contato com o came (ressalto do eixo de comando), o que reduz a perda de energia e, com menos força para se movimentar internamente, mais potência e torque sobram às rodas.

A lista inclui ainda sistema de ignição Top Coil, que possui uma bobina por cilindro (ligada diretamente sobre as velas), aumentando a velocidade e a estabilidade da combustão, operando com 70 mJ, bomba de óleo de deslocamento variável e que altera seu fluxo de acordo com a necessidade do motor, taxa de compressão de 13,2:1, sistema HCSS (Heated Cold Start System) de partida a frio com pré-aquecimento (que dispensa o tanquinho auxiliar de gasolina), óleo 0W20, bloco e cabeçote em alumínio e corrente do comando de válvulas.

Este propulsor três cilindros da nova versão do Fiat Mobi consegue desenvolver 72 cavalos de potência com gasolina, a 6.000 rpm, e 77 cv com etanol, a 6.250 rpm, e torque de 10,4 e 10,9 kgfm, respectivamente, a 3.250 rpm. Junto a ele está uma transmissão manual de cinco velocidades.

Segundo dados divulgados ela marca, o novo Mobi Drive entrega consumo de 9,6 km/l na cidade e 11,3 km/l na estrada com etanol e 13,7 km/l e 16,1 km/l, respectivamente, com gasolina. Isso representa uma melhoria de aproximadamente 4% em relação às versões equipadas com o velho 1.0 Fire. Já a respeito do desempenho, o hatch consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 12 segundos com etanol ou 12,8 s com gasolina e atingir velocidade máxima de 164 km/h e 161 km/h.

fiat-mobi-drive-2017-3 Fiat Mobi Drive estreia motor Firefly 1.0 e tem preços a partir de R$ 39.870

Fiat Mobi Drive – preços

Confira abaixo os preços da linha do Fiat Mobi no Brasil:

Fiat Mobi Easy: R$ 32.380
Fiat Mobi Easy On: R$ 36.340
Fiat Mobi Like: R$ 38.470
Fiat Mobi Like On: R$ 42.930
Fiat Mobi Drive: R$ 39.870
Fiat Mobi Way: R$ 39.890
Fiat Mobi Way On: R$ 44.460

Fiat Mobi Drive – impressões ao dirigir

Tuiuti/SP – Andamos no Fiat Mobi Drive em duas situações. A primeira em uma prova de consumo em circuito fechado, onde conseguimos média de 24,4 km/litro, utilizando a faixa ideal de funcionamento do motor 1.0 Firefly, que é entre 2.000 e 2.500 rpm. Na segunda, rodamos em estradas da região, onde conseguimos média de 16,2 km/litro.

Em comparação com o 1.0 Fire, o 1.0 Firefly se mostrou mais esperto nas saídas, apesar das relações de marchas voltadas para economia de combustível. O pequeno propulsor de três cilindros mostra mais disposição rodando em estrada. Em um pequeno trecho urbano, com direito à lombadas, o Fiat Mobi Drive também está mais ágil que as demais versões.

Com indicador de marchas, o Fiat Mobi Drive pede trocas a partir de 3.000 rpm e condução normal, mas em ultrapassagens, é necessário elevar bastante o giro, alcançando 4.500 rpm. As retomadas são melhores que as do Fire 1.0, mas ainda assim é necessário atenção na hora de ultrapassar. Em velocidade de 110 km/h, a rotação atinge 3.100 rpm. O nível de ruído interno é adequado e semelhante ao do Fire. Não houve mudanças nos demais parâmetros do veículo.

fiat-mobi-drive-2017-3 Fiat Mobi Drive estreia motor Firefly 1.0 e tem preços a partir de R$ 39.870

Fiat Mobi Drive – ficha técnica

Fiat Mobi Drive
Motor
PosiçãoTransversal, dianteiro
Número de cilindros3 em linha
Diâmetro x curso70,0 x 86,5 mm
Cilindrada total999,0 cm³
Taxa de compressão13,2:1
Potência máxima/regime72 cv / 6.000 rpm (gasolina) 77 cv / 6.250 rpm (etanol)
Torque máximo/regime10,4 Kgfm / 3.250 rpm (gasolina) 10,9 Kgfm / 3.250 rpm (etanol)
Número de válvulas por cilindroDuas no cabeçote
Eixo de comando de válvulasUm no cabeçote
Alimentação
TipoMagnetti Marelli, eletrônica digital incorporada ao sistema de injeção
CombustívelGasolina/Etanol
Injeção eletrônicaMagnetti Marelli, multiponto, sequencial
Câmbio
Número de marchas5 à frente e uma à ré
Relações de transmissões1ª – 4,273 2ª – 2,316 3ª – 1,444 4ª – 1,029 5ª – 0,795 Ré – 3,909
Relação de transmissão do diferencial4,200
TraçãoDianteira com juntas homocinéticas
Sistema de freios
De serviçoHidráulico, comando a pedal com ABS e EBD
DianteiroA disco (Ø de 257 mm) com pinça flutuante
TraseiroA tambor (Ø de 185 mm) com regulagem automática
Suspensão dianteira
TipoMc Pherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores
AmortecedoresHidráulicos, telescópicos de duplo efeito
Elemento elásticoMola Helicoidal
Suspensão traseira
TipoEixo de torção com rodas semi independentes
AmortecedoresHidráulicos, telescópicos de duplo efeito
Elemento elásticoMola Helicoidal
Direção
TipoElétrica com pinhão e cremalheira
Diâmetro mínimo de curva9,96 m
Rodas
Aro5,5JX14 em chapa de aço
Pneus175/65 R14
Peso do veículo
Em ordem de marcha945 Kg
Capacidade de carga400 Kg
Capacidade máxima rebocável400 Kg
Dimensões
Comprimento do veículo3.566 mm
Largura do veículo1.633 mm
Altura do veículo (vazio)1.502 mm
Distância entre-eixos2.305 mm
Bitola dianteira1.406 mm
Bitola traseira1.400 mm
Altura mínima do solo156 mm
Volume do porta-malas215 litros
Tanque de combustível47 litros
Desempenho
Velocidade máxima161 km/h (Gasolina) / 164 km/h (etanol)
0 a 100 km/h12s8 (gasolina) / 12s0 (etanol)
Consumo
Ciclo urbano13,7 km/litro (gasolina); 9,6 km/litro (etanol)
Ciclo rodoviário16,1 km/litro (gasolina); 11,3 km/litro (etanol)

Galeria de fotos do Fiat Mobi Drive

COMPARTILHAR:
  • Newton Freitas

    Não entendi esse sistema Live On, ele não é só um aplicativo de celular que conecta com os sistemas de áudio do carro? Custa quase 5 mil isso?

    • Jurandir Filho

      também não entendi, caríssimo!!!

    • Franco da Silva

      Não!!! É um suporte com aplicativo. Por isso custa 5000! huahua

      • Newton Freitas

        Agora tá explicado hahahaha.

      • tiago

        Não é possível, kkkkkkkk 5.000 um aplicativo

    • Edney

      Pensei a mesma coisa… Será que vc escolhe quando compra se quer um iPhone 7 ou um S7? Paga quase $5k e ainda tem que usar o Seu celular como interface… Caracas!!!

      • Jurandir Filho

        Compra um ipad e gruda lá que sai mais barato

        • durango

          com Araldite, combina com a modernidade deste carro

    • BrPb

      No preço do suporte Fiat, você compra uma smartv de 43 polegadas, um playstation 4 e sobra uma grana pra comprar um smartphone bom.

      O suporte Fiat você deixa seu smaetphone exposto para os bandidos fazerem abordagens indesejadas no trânsito.

      Suporte por suporte, o do Ka é grátis. E vem com sistema de som verdadeiro com comando de voz.

      Verdade seja dita: esse suporte é apenas para mostrar que a Fiat tem tecnologia. Mas não adianta nada se não for acessível. Um suporte custar mais de 11% do valor do carro?

      • Fedido

        O conceito de “tecnologia” do brasileiro é muito exótico. Outro dia eu estava vendo uma Toro e chegou uma maluca toda empolgada gritando para a outra “Olha fulana! tem aquela tela no painel!!”

    • BillyTheKid

      Um novíssimo motor com 2 válvulas por cilindro (acho que é o único 6 válvulas do mundo, tamanha inovação), um aplicativo de celular de R$ 5 mil, espaço interno que faz um Onix/Sandero parecer um sedã médio, tudo isso por míseros R$ 40 mil…

      Para mim, a mensagem que a Fiat quer passar é claríssima: “Paguem por esse lixo, pois vocês são um bando de idiotas mesmo.”

      • tiago

        Perai, o aplicativo por 5 mil é totalmente zoado, mas o motor é moderno e eficiente e o espaço interno fica dentro do esperado para as medidas do carro.

        • BillyTheKid

          O motor é tão eficiente, que o Uno 1.0 6V consegue ter um consumo similar ao 1.0 8V do Onix… Sim, o criticado motor jurássico do Onix. Enfim, não vejo nada de impressionante nisso, se livrar daqueles 1.0 e 1.4 mais mancos e beberrões do mercado era o mínimo que a Fiat tinha que fazer.

          Quanto ao espaço, suponho que seja aceitável para 2 pessoas. Mas acho R$ 40 mil um preço salgadíssimo para um sub-compacto que não se destaca em nenhum aspecto…

          • tiago

            Como a GM fez para um motor antigo figurar entre os mais eficientes eu não sei, agora o firefly veio para ficar na parte de cima entre os mais eficientes e, realmente, ficou. O único 1.0 aspirado mais eficiente que o Uno 1.0 6v é o Ford ká MY 2016, todos os outros ficaram abaixo.

          • Artur

            É mais econômico que o Up! MSI.

          • Norm

            Uno Firefly se saiu bem no ranking da Quatro Rodas.

          • G.Alonso

            O 1.0 8v do Onix é mais econômico por ter 6 marchas…

          • Retrato do Papai

            não dá pra comparar o consumo de motores diferentes se eles estão em carros diferentes… se desse pra colocar o firefly no onix aí sim teríamos uma comparação adequada… mas certamente o câmbio de 6 marchas do onix ajuda muito a reduzir o consumo…

        • Jad Bal Ja

          Não fica não! O Up é mais espaçoso, o Picanto é mais espaçoso etc… O Mobi tem um dos piores espaços internos da categoria.

          • Samuh Vogetta S

            Na posição que eu dirijo meu Kia Picanto, quando eu sento atras do banco do motorista ainda sobra espaço para pernas e joelho…A vantagem do Picanto e Up é o diminuto balanço dianteiro em prol do espaço interno.

            • Jad Bal Ja

              Pois é, aquele narigão do Mobi é muito grande hahahah

        • Luis_Zo

          Cara, ficou esquisito mesmo o jeito que escreveram a reportagem, parece mesmo que é esse preço todo só pelo live on…

          Mas seguinte: existem 2 pacotes de opcionais. Nos dois o pacote vem com alarme, faróis de neblina, sensor de estacionamento, console no teto, acabamento diferenciado, roda 14 e volante com os comandos do radio.

          Pagando 4500 tu leva tudo isso ai em cima + radio “comum”

          Pagando 4650 tu leva tudo isso ai em cima + live on

          :)

        • Diego

          Discordo. O Up! é um subcompacto, a diferença é gritante, porta-malas do VW com 285 litros, já do fiat é de 215 litros, espaço interno é absurdamente pequeno, não leva com conforto nem mesmo uma criança dependendo da altura do motorista ou passageiro da frente. É um carro que tem um grande caput, essa é a diferença do UP! que conta com um pequeno Caput e todo o restante do espaço é bem distribuídp, tanto prova que tem uma mala maior do que a do KA que é dito como compacto.

      • DevXav

        Detalhe, não vi nada de tão revolucionário nesse motor deles..
        Se comparar com o do Up! (até mesmo o MSI), sinceramente não vi nenhuma inovação.

        • tiago

          Uno 1.0 Firefly
          Gasolina: 13,1 km/l na cidade e 15,1 km/l na estrada – Consumo combinado = 14,1 km/l
          Etanol: 9,2 km/l na cidade e 10.4 km/l na estrada – Consumo combinado = 9,8 km/l

          Up! 1.0 MPi
          Gasolina: 13,2 km/l na cidade e 14,3 km/l na estrada – Consumo combinado = 13,75 km/l
          Etanol: 9,1 km/l na cidade e 9.9 km/l na estrada – Consumo combinado = 9,5 km/l

          • BrPb

            Os dados do Up estão errados. O correto é 14,2 cidade e 15,3 estrada.

            • tiago

              de fato, você está correto.

              • Lourenço

                o UP tem nota máxima em segurança e mais econômico que essa caroça

                • Hater x Haters

                  Não é mais econômico. Veja o teste do inmetro.

                  • Lourenço

                    Ja verifiquei… UP é muito superior.

                    Quer um carro que tem uma mecânica ótima.. Toyota Etios e VW UP

        • Leandro

          Inovação é ele ser melhor que o up! Em quase todo dado de performance e ainda ter concepçao simples que prioriza baixa manutenção (6v, corrente ao invés de correia dentada, etc)…

          • DevXav

            Isso não é inovação e ele não é melhor que o Up! em basicamente nada. Verifique melhor suas informações.

          • Raphael

            Cara….esse lance tem nada haver…..a correia do up recomenda a troca com 120mil km….mais ou menos o tempo de troca da corrente de comando….sinceramente…o pecado do up, é pq seu design não é chamativo e seu preço chegando em fox e gol….esse mobi parece carro chinês. ….conseguiu ser mais apertado que o old ka 2003 que tem aqui em casa……rsrs….sem exagero. ..pelo menos o ka aqui de casa é 1.6 e muito mais divertido de dirigir….rsrs

            • DevXav

              No meu ponto de vista o pecado do Up! esstá só no preço… E põe pecado nisso.
              Exorbitantemente caro o suficiente pra deixar de ser atrativo. Uma pena!

      • Jackson

        Tchê, Onix mede 4.130 mm por 1.705 mm, Sandero mede 4.060 mm por 1.733 mm e Mobi 3.566 por 2.305, fica meio descabido fazer uma comparação. Concordo que o preço cobrado pelo Mobi está totalmente fora da realidade, mas nesse país o que não está?

        • Nitrous

          A comparação é válida já que os preços são bem similares, tanto Onix quanto Sandeiro entram na categoria dos 40mil. Agora esses carros não tem culpa se são muito mais espaçosos do que o Mobi.

          • Retrato do Papai

            se o preço de um carro fosse parâmetro para avaliar tamanho e espaço interno, uma Ferrari deveria ter o tamanho de um porta aviões e o espaço interno de um titanic

            • Nitrous

              Espaço pode não ser o único mas é sim um dos parâmetros de avaliação para essa categoria de carros populares. A ferrari obviamente oferece muito mais do que espaço interno ao seu comprador, o problema é que o mobi não se destaca em nada, nem espaço, nem design, nem economia, nem segurança, nem preço que deveria ser o principal.

              • Retrato do Papai

                realmente não se destaca em espaço… design é subjetivo então não dá para citar… segurança será uma incógnita enquanto não saírem os resultados do latin ncap (porém tendo como base o uno, não deverá ser grandes coisas)… mas em relação ao consumo, nesse aspecto sim ele se destaca com o firefly, sendo mais econômico que o up (que deixou de ser referência em economia de combustível)

      • Raul Pereira

        Meu amigo, pior que eles estão certos. O povo paga!

      • Retrato do Papai

        achei seu comentário muito hater… ou estou enganado?

        particularmente achei a ideia do motor ter apenas 2 válvulas por cilindro uma jogada muito bem bolada…

        – cabeçote mais simples = menos peças = menor custo de fabricação = menor custo de manutenção
        – menos válvulas = maior torque em giros baixos (o que é excelente para uso urbano)

        o único ponto negativo ao meu ver é a baixa potência de pico, porém esse motor foi projetado para uso urbano, então fará pouca falta… mas logicamente existem aquelas pessoas que gostam se exibir “mas o meu tem x cavalos a mais que o seu”

        isso me fez lembrar da época que a VW tinha um 1.0 16v com 76cv e a FIAT tinha um 1.3 8v com “apenas” 71cv… imagina qual motor os exxxpertos preferiam? a diferença de torque era bem pequenininha (quase 2 quilinhos, quase nada né), sem falar que esse torque chegava um pouquinho mais cedo, mas só um pouquinho (metade do rpm, 2250 vs 4500)… na prática numa saída de semáforo quem tinha o motor menos potente já estava em 3a marcha e quem tinha o motor mais potente ainda estava queimando embreagem pra sair da inércia… não preciso nem falar do comportamento em ladeiras ou com uso do ar condicionado né, ou preciso?

        na dúvida, passa na concessionária Hyundai mais próxima e faz um test drive num HB20 1.0 12v aspirado pra você ver a desgraça que é dirigir um carro que só começa a ter força na casa dos 3.500rpm (enquanto esse arcaico 6v despeja todo o torque a 3250rpm)

    • Gilberto Silva

      Fico me perguntando aqui, quantas CMM não conseguimos comprar com esse valor?? quando vi esse tal de Live On ainda como promessa pensei que seria super interessante, mas agora me decepcionei totalmente… absurdo.

      • Artur

        Com certeza. Deveria vir de série ou por um preço bem menor (tipo uns R$ 800 estaria bem pago).

    • dallebu

      Também pensei que fosse, mas é a matéria é que ta confusa.
      Na verdade o preço de 4.600 R$ do Live On inclui rodas de liga leve, farois de neblina, sensor de estacionamento, retrovisores elétricos com pisca integrado, acabamento personalizado e mais sofisticado, volante multifuncional, console de teto e alarme com chave canivete.
      Por 4.500 você leva os mesmo itens só que com o radio Connect comum.

      • Artur

        Ah bom. Se for isso mesmo, ok. Pensei que o Live On sozinho custasse os R$ 4.600! Kkkkk

    • Artur

      Deve estar incluído no preço o sistema de som e o aparelho que faz a conexão com o telefone e transmite a ele as informações para que se torne uma “central multimídia” e tudo mais. Mesmo assim, é caríssimo. Por esse preço se compra uma central multimídia completa e caixas de som decentes para colocar no lugar! Rsrs

    • Leandro

      5000 é o pacote de e equipamentos que ele está no meio.

    • Fedido

      Loucura é colocar esse rádio connect que não custa nem 300 Trumps para a Fiat e revender por $4.500

    • Efulefante

      Imagino que é o mesmo kit que vem o rádio… mais um pouco e troca o rádio pelo live on.

    • Luis_Zo

      Cara, ficou esquisito mesmo o jeito que escreveram a reportagem..

      É assim, existem 2 pacotes de opcionais. Nos dois o pacote vem com alarme, faróis de neblina, sensor de estacionamento, console no teto, acabamento diferenciado, roda 14 e volante com os comandos do radio.

      Pagando 4500 tu leva tudo isso ai em cima + radio “comum”

      Pagando 4650 tu leva tudo isso ai em cima + live on

      :)

    • Leandro

      Os 4mil pedidos no kit que contempla o Live on vem rodas de liga leve, acabamento interno melhor (outro tecido nos bancos, porta objetos no teto e etc), alarme, faróis de neblina, sensor de estacionamento, comandos do sistema de som no volante, etc.
      Não é só o app pra baixar. Na vdd, é o mesmo preço do rádio comum (tem outro kit equivalente com o mesmo preço e o radio padrão)

    • Adriano Cavalari

      Já não basta cobrar 32 mil, ainda te cobram 5 mil por um multimidia furreco q se vc nao tem smartphone ja era.

  • Dias

    É melhor pagar mais 2mil reais e ir logo para novo UNO,já que tem o mesmo motor e sem falar que tem mais espaço interno e itens de série na versão de entrada.

    • pedro rt

      o uno firefly e a melhor compra entre os 1.0. por ser o de melhor desempenho e estar entre os mais economicos por um preço razoavel

      • BrPb

        Esse Uno que você fala, tá por 38 mil e não possui: sistema de som, chave canivete, retrovisores e maçanetas com pintura, cinto de três pontos para todos.

        Nesse preço de 38 mil, a Chevrolet oferta o Onix Joy. Com mais 2 mil, o hb20 tem sistema de som e o Ka tem os itens que listei acima.

        O Uno é o barato que sai caro, literalmente.

        • Fernando S.

          Exato. Subiram o Uno de categoria por conta própria e querem ver se o mercado vai aceitar. Eu duvido.

        • Jad Bal Ja

          Na boa? Com exceção dos sistema de som, o resto é bobagem, chave canivete, retrovisores e maçanetas com pintura são meras frescuras, cinto de três pontos para todos é piada né? Tanto o Uno quanto o Mobi só levam mesmo 4 pessoas, só brasileiro gosta de se iludir que carros desse tamanho são para 5 lugares.

          • Artur

            Uai, cinto de 3 pontos para os 3 ocupantes traseiros é item de segurança! Não importa se não cabem 3 adultos, por exemplo. Se o carro é homologado para 5 passageiros e você colocar 3 atrás todos terão cinto de 3 pontos, e é isso que importa!

          • Hater x Haters

            Cintos de 3 pontos para todos é frescura? Deixa eu te informar já que vc saiu da caverna agora: cintos de 3 pontos será obrigatório a partir de 2020! E não interessa se o carro é minúsculo feito o Mobi.

            • Jad Bal Ja

              Meu amigo não precisa ter ataque de pelancas não, vc é sócio da Fiat ou algo assim? De que adianta ter cinto de 3 pontos para 3 lugares se só cabem 2 pessoas de fato?

          • BrPb

            A questão aqui não é se você gosta ou não de tais itens. Mas mostrar que um mais barato do que o outro, mas também pq entrega menos.

            Chave canivete no caso do Ka não é pq é canivete, mas pq possui os comandos de travamento e destravamento das portas.

            Mas inacreditável é você menosprezar carro que possui cinto de três pontos para todos – um avanço de tratando de Brasil – pq diz que não cabe 3 pessoas no banco traseiro. Nem precisava ter comentado.

    • Franco da Silva

      Claro! Pelo menos o Uno tem banco traseiro e porta-malas para mais que duas mochilas.

      • visanpai

        Se nem o Uno tem espaço no banco traseiro, imagino como ficam no Mobi.

      • vicegag

        Mobi deveria ter três portas, pelo menos a Fiat já declararia que o carro foi concebido para duas pessoas.

    • vicegag

      Esta miniatura de Uno tá quase custando o que o Punto 1.4 custava há tempos atrás, 42k, é uma vergonha.

      • Mário Leonardo Pires

        Eu comprei um punto attractive prata em março de 2014 por 39.500,00… Muito medo!

      • Jad Bal Ja

        Bem vindo ao feliz mundo da inflação descontrolada com direito a passeio por uma recessão de 3 anos! By Dilma a louca…

  • AndersonRomeiro

    Ano que vem a Fiat vai lançar um novo pela metade, com dois lugares 1.0 por 60 mil.
    Agora tanto carro melhor por preços melhores, vai ter muita gente comprando Mobi 1.0 por 40 mil. Imagine o Tipo 1.0 vai sair por 90 mil

    • pedro rt

      o tipo e de 1993 a 1997 o sucessor do palio/punto continuara se chamando punto

      • G.Alonso

        Duvido. Ele se chamará Palio.

    • dor53

      “tanto carro melhor por preços melhores”
      quais?

      • Marciofilho Santos

        o Uno. o Ka o UB20. o Up. todos ate 40 mil

        • tiago

          Preço promocional ou tabela?

          • Marciofilho Santos

            nao sei se o preço é promocional, mas tem anuncio na TV do HB confort por 39900, do Ka tb por 39900 e o Onix Joy por 39000

        • dor53

          nao sei muito bem o preço destes carros, mas tenho certeza q vc nao vai achar um deles com o mesmo numero de acessorios do mobi por menos de 3000 reais a mais

          • dor53

            porque?

            • dor53

              o up perde emtudo para o mobi

              • dor53

                gostei
                abç

    • Franco da Silva

      Mas o Mobi já tem só dois lugares.

  • Bruno Silva

    A Fiat tá brincando né?? Cobrar mais caro que uma central multimídia pra usar celular no painel?? Além de estar caro o carro em si, o motor firefly era pra substituir o motor de todas as versoes. Aqui no Rio o novo Ka tá 39.990, já completo, não levaria um Mobi nem a pau.

    • pedro rt

      o uno firefly e a melhor compra entre os 1.0 agora, o ka tem um acabamento muito ruim, com 4mil km o carro vira uma escola de samba

      • Rodrigo

        De novo essa historinha? Rsrsrs
        Carro alugado apanha, rapaz…

    • tiago

      Mas o mobi também tem descontos.

    • dallebu

      A matéria é que ta confusa.
      Na verdade o preço de 4.600 R$ do Live On inclui rodas de liga leve, farois de neblina, sensor de estacionamento, retrovisores elétricos com pisca integrado, acabamento personalizado e mais sofisticado, volante multifuncional, console de teto e alarme com chave canivete.
      Por 4.500 você leva os mesmo itens só que com o radio Connect comum.

    • G.Alonso

      De acordo com um colega acima, não é o Live On que custa quase 5 mil, é um pacote que agrega o Live On e outros equipamentos juntos.

  • Hen_Par

    SUBCOMPACTO a partir de R$40 mil.
    Parem essa joça, quero descer.

    • Randy Marsh

      Eu acho que depois da independência, ao inves de melhorar as coisas para o Brasileiro comum só pioraram… hoje se cobra +/- 50% de impostos para você morar no Brasil, na época da derrama o pessoal só cobrava 25% em ouro…

      • Eng Turbo

        20% “Um Quinto dos Infernos”…cultura inútil ;)

        • Randy Marsh

          A cultura inútil continua sendo a historia do Brasil. :>

      • Jurandir Filho

        Boa! kkk

    • EJ

      Torcendo pra não vender nada. Se for pra vender Mobi, q vendam aquele básico do básico com ar, que já vi promoções por 30k aqui em Fortaleza. Esse carro não dá pra ser vendido por mais que 33k, é um atestado muito grande de que o Brasileiro aceita qualquer coisa.

  • Mardem

    R$ 4.650,00 num suporte de celular? É isso produção?!
    Isso é preço de multimídia com tela touch!

    De resto, quero ver esse estrupício esmagado na parede do LatinNcap pra saber se ele é só feio mesmo, ou se é feio e inseguro!

    • Newton Freitas

      É mais fácil comprar um Iphone e usar como central multimídia, ou até um Ipad

      • leomix leo

        iPad air 2 paguei R$ 3,800,00.

    • Artur

      Parece que é um pacote de itens (rodas de liga leve, farois de neblina, sensor de estacionamento, retrovisores elétricos com pisca integrado, acabamento personalizado e mais sofisticado, volante multifuncional, console de teto e alarme com chave canivete) que agrega também o sistema Live On, e não somente o valor do item separadamente. Acho que quem escreveu a matéria se confundiu nesse aspecto.

      • Hater x Haters

        O hater aí em cima nem vai ler o que vc escreveu…
        NA pelo amor de Deus, esclareça isso melhor!!!!

  • Marciofilho Santos

    Balato né!!!! PQP se somar tudo passa dos 50 mil, nao seria melhor comprar o uno!!?? vi o carro no salão e a mala dele é terrível, o espaço do banco traseiro é piada!!! nao entendi o porque do lançamento desse carro se ja tem o UNO

    • EJ

      O banco traseiro do Mobi é quase uma reedição do banco da Strada Cabine Estendida…kkkk

  • pedro rt

    agora to vendo mais nas ruas mobi do q o uno 2016/2017

    • Mardem

      É que brasileiro gosta de uma boa promoção do tipo : PAGUE MAIS, LEVE MENOS.

      • pedro rt

        oq mais vejo e o LIKE, agora a cor mais bonita do catalogo o tal verde amalfi ainda nao vi em lugar nenhum

        • Mardem

          É aquela coisa… poderiam pintar o Mobi de pó de diamante que ia continuar feio. Já dizia o ditado: não lance as pérolas aos porcos! Hahaha
          E quem compra o Mobi vai escolher o bom e velho Preto, Prata, Branco. Então tá de bom tamanho.
          Acho que as cores mais legais deveriam ir para a Toro. O tal Azul Maserati do Uno ficaria lindo nela, mas cadê?

  • pedro rt

    a fiat ja esta diminuindo a producao do palio e punto pra tirar ambos de linha no começo de 2017. ai so vamos ter mobi e uno entre os hatches a venda. acho o uno a melhor compra entre os 1.0 hj

    • Verdades sobre o mercado

      Respeito sua opinião, mas o Uno é um veículo inferior ao Onix, Ka e HB20. Não é porque colocaram nele um bom motor e direção elétrica que ele virou algo tão melhor. Continua sendo um Uno. Se a Fiat tivesse investido no Palio (face-lift na traseira/dianteira, remodelação do interior e tecnologia que foi empregada no Uno) aí sim poderia brigar de igual com os líderes do segmento.

  • Joaquim Grillo

    boa sorte aos compradores kkkk

  • EJ

    Preço de HB20 aqui na minha cidade. Vai vender igual… nada.
    A versão que continuará vendendo mesmo é a mais básica com ar, que já anunciaram por aqui até a 30 mil, ou 33 com alguns itens a mais.

    • pedro rt

      a versao mais vendida e a LIKE a intermediaria.

  • Antonio_Brust

    Cuidado, vão falar que o Mobi é da mesma categoria do Uno, de subcompactos…

  • luiz

    HAUAUAUAHAUA pode mandar fechar a fábrica e enterrar logo

  • Raphael Pereira

    Na esperança do Kwid nao vir com preços altos.

    • Felipe

      Ih… não é querendo te desanimar não brother mas… em tempo de Fluence ultrapassando a “barreira” dos R$100mil, melhor nem esperar por um Kwid “decente” por menos que essa versão Drive do Mobi.

    • Franco da Silva

      A Renault já está fazendo várias peças publicitárias “disfarçadas” pela web chamando o Kwid de SUV. Será de 49.990 pra cima!

    • EJ

      Perca suas esperanças por o marketing da Renault quer emplacar ele como “mini -SUV”. E isso jamais permitirá conviver com preço contido.

  • CARnivoro

    O que???? Tá certo essa informação?? Essa sistema que usa o smartphone custa R$ 4.650????

    A Fiat tá louca??? Com este preço dá pra comprar uma central multimidia e ainda sobra grana!!

    • Hater x Haters

      A Fiat não tá louca, é o NA que não escreveu direito.

  • Mardem

    E essa contabilidade criativa da Fiat nos slides aí hein?!

  • Lucas086

    Agora enterra de vez o Up!.

  • Lucas

    A Fiat deveria se envergonhar dessa imundície. Que opcional NOJENTO é esse “live on”. Não tenho palavras para descrever o que acho disso.

    • Diogo Augusto

      Se fosse barato pelo menos… mas não… parece até que se comprar leva um Iphone 6 de brinde

  • RKK

    Comparado ao Up! com mesmos equipamento está com preço mais em conta (R$ 39 mil x R$ 42 mil), e com o motor mais atualizado em relação ao Mobi/Uno anterior (não que seja a última palavra em tecnologia). O câmbio dualogic, assim como o sistema Live On, é uma boa pedida como opcional.

  • Alvaro Guatura

    Que ridículo o preço desse sistema Live On, por esse preço deveria vir com um Iphone 6 ou outro smartphone equivalente

  • Louis

    Chery QQ é 25% mais barato.

    • Diogo Augusto

      e 25% mais equipado

    • Fernando S.

      Chery QQ x Fiat Mobi é briga de foice no escuro

  • marcosCAR

    Podem esquecer! O Ka em promoção por 39.000,00… o hb20 também em oferta pelo mesmo preço… Sendo assim o Mobi com o novo motor teria que partir de 35 mil por ser apertado e de desenho duvidoso…

  • Osmar Junior

    Não entendo a estratégia da Fiat no Br. Foi líder de vendas durante uma eternidade e, com exceção da Toro, não tem nenhum produto que seja referencia em sua categoria. Vacilou em não lançar o Mobi já com o motor 3c, e agora “mica” o carro para quem o comprou no lançamento. Uma pena

    • EJ

      Começou a lambança ao lançar essa edição atual do Uno, ao invés de focar em melhorias contínuas no Palio. E ela continua insistindo no Uno e agora no Mobi. Onix e HB20 agradecem.

  • HugoCT

    Todo carro 1.0 aspirado tem que ter atenção na hora da ultrapassagem, o pessoal tem mania de ir testar carro 1.0 acostumado em um 2.0. Já em termos de design ele é muito mais bonito que o Up e nessa versão drive está mais atrativo. Se pudesse ter 2 carros, um seria o mobi, mas a grana ta curta, então o jeito e ficar com um só mesmo.

    • Fernando S.

      Rodo constantemente em rodovia e os mais “apressadinhos” sempre são os donos de carro 1.0 (Celta, Palio, Gol, Uno), adoram dar farol (mesmo sendo impossível sair da faixa de esquerda).

      • ViniciusVS

        Uma coisa que não entendo, vejo isso na imigrantes…

        Na serra dono de 1.0 andando com o giro alto na esquerda e mudando de faixa toda hora para não perder o embalo, até ai ok,

        Chega no planalto ficam na esquerda pedindo passagem ou andando um colado no outro.

        Ai nas faixas do centro donos de carros mais fortes andando em velocidade de cruzeiro entre 110 ~ 120 km/h

        • invalid_pilot

          Mas é fato que no Planalto da Imigrantes anda-se mais, mais constante no meio e na direita do que na esquerda onde todo mundo se acha piloto

          • ViniciusVS

            Infelizmente é.

            Eu evito usar a esquerda e agora a Imigrantes tem bastante faixas, ficou bem tranquilo dirigir no meio.

  • Diogo Augusto

    Mano… quem comprou o 4 cilindros vai tomar naquele lugar… Fiat fazendo fiatisse… Poha mano, o Mobi é muito ruim velho… o carro é totalmente capado e pelado, e custa um preço absurdo… o Chery QQ ganha de 10 a zero quando se trata de equipamentos… só perdendo em desempenho e segurança (se bem que o Mobi também não fica muito longe de ser inseguro também não) e essa nova versão drive… POHA FIAT!! Cara se eu fosse os executivos da Fiat faria igual a VW fez como Up, ter 3 versões com 2 opções de motor cada… pra quem não entedeu eu to falando de: Cross Up, Cross Up TSI, High Up, High Up TSI, Move Up, Move Up TSI e etc… poderiam fazer o seguinte, fazer todas as versões terem a mesma quantidade de equipamentos que os ”On” e nas versões ”On” poderiam colocar o motor 1.3 Firefly do Uno, e as outras colocava o 1.0 3 cilindros Firefly… isso sem falar que podiam oferecer as versões ”On” com câmbio automático (automático mesmo, não a porcaria do Dualogic) pois afinal de acordo com a FIAT o mobi foi feito para ”andar na cidade com conforto” então se é assim porque a falta do câmbio automático? Geralmente essas pessoas que usam o carro para andar no agitado transito da cidade querem agilidade e conforto, sem precisar trocar marchas… sinceramente… esse foi sem dúvidas o PIOR LANÇAMENTO DA FIAT BR DE TODOS OS TEMPOS!!
    Pra terem uma noção de o quanto o Mobi é ruim em comparação ao QQ, vão ao Carros na Web e façam uma comparação com os dois…

    • G.Alonso

      Exagera não. A versão Take do up! não tem motor TSI, quem tem é a versão Move que você esqueceu de colocar.

      • Diogo Augusto

        Ah me desculpe, vou consertar o erro!! Valeu

    • HugoCT

      Ele é mais barato que os concorrentes – claro que considerando sem promoção de ambas as partes – pois a pouco tempo, o Ka estava a 39 mil, eu iria de Ka, claro, apesar de achar o mobi legal.

    • Leandro

      Que empresa seguiria o exemplo de uma concorrente que vende menos?

  • Whering Alberto

    A gente vai morrer vendo essas coisas acontecerem.

  • Elfo Safadão.

    Corra e garanta já o seu, antes que estoque acabe.

  • awatenor

    O que não dá pra entender mesmo é porque a redução de comprimento do veículo, em projeto, se deu no entre-eixos e balanço traseiro. Basta olhar o cofre de qualquer veículo que não o VW UP!: sobra muito espaço entre os componentes do motor e a extremidade do veículo. Decerto que podem-se elencar fatores: necessidade de distância entre as partes para melhor refrigeração e melhor absorção de impactos. Se isso fosse imprescindível, não se tinha feito no UP!. Creio que foi por puro conservadorismo, ou seja, o fato de a dianteira ficar com um balanço curto. O resultado final, como podemos comprovar, não ficou nem de longe harmonioso, mesmo desconsiderando alguns elementos estéticos duvidosos, como faróis, lanternas, aberturas, etc. Se analisado de perfil, atenta-se que o volume dianteiro recebeu destaque em demasia, e o restante da cabine, principalmente da coluna “B” para trás, parece tímido no geral. Não há equilíbrio no desenho.
    Caso se mantivesse o mesmo entre-eixos da plataforma utilizada e houvesse então redução no cofre, mesmo que resultasse em comprimento de aproximados 3,60 m, ainda seria enquadrado como sub-compacto, com a vantagem de se manter espaço interno inalterado, ou como se fez muito habilmente no Ford Ka, caso semelhante de reaproveitamento de plataforma, a remodelação do espaço interno, fins diferenciação ao modelo-base, no caso o Uno.

  • Fernando S.

    Eu pensei no que escrever e simplesmente não consegui. Só consigo lamentar e desejar pêsames a quem dispor a pagar 45 mil reais num mini-carro 1.0 aspirado (carro considerado “de entrada” da marca). Não vou nem entrar no mérito do mercado de usado pois não sou fã desse mercado, mas nesse valor dá pra pegar um up! TSI ou Ka 1.5

    • Artur

      De onde você tirou os R$ 45 mil? Aqui para mim está constando que parte de R$ 40 mil…

      • Fernando S.

        A versão drive está 44.500,00

        • Artur

          Cara ainda não achei essa versão de R$ 45 mil. A própria chamada da matéria diz claramente: “Fiat Mobi Drive estreia motor Firefly 1.0 e tem preços a partir de R$ 39.870”.
          Na parte onde contém os preços:
          “Fiat Mobi Easy: R$ 32.380
          Fiat Mobi Easy On: R$ 36.340
          Fiat Mobi Like: R$ 38.470
          Fiat Mobi Like On: R$ 42.930
          Fiat Mobi Drive: R$ 39.870
          Fiat Mobi Way: R$ 39.890
          Fiat Mobi Way On: R$ 44.460”
          Acho que você está confundindo com a versão Way On…

          • Fernando S.

            Ah, sim. É essa. É q no celular é ruim ficar subindo e descendo pra comentar. Mas é essa mesmo.

      • Artur

        O cara está mencionando o preço como se fosse da versão Drive “básica”. Qualquer carro com opcionais fica mais caro, obviamente.

  • Vinicius

    39k? Tá de sacanagem, esse preço pede 7 airbags, bancos revestidos em couro, luzes diurnas em LED, motor turbo, cambio automatizado de dupla embreagem, assistente de partida em rampa, controle de tração e estabilidade, ar condicionado digital e automático, esqueci de algo? #ilusão

    • Fernando S.

      Cinto de 3 pontos pra todos, assim como apoio de cabeça

    • se vale pro mobi vale para todos os outros carrinhos de 40 mil

    • ViniciusVS

      Banco com regulagem elétrica e memória, aquecimento dos bancos, porta objetos e porta luvas climatizado, ar condicionado dual zone, sistema de condução autonoma.

      E tudo isso por R$ 29,990 sem entrada em 120 parcelas sem juros.

  • Renato

    A foto do interior do carro mostra o espaço de uma sala de estar, com poltronas giratórias. Mas na realidade…

  • Marcelo Nascimento

    Não consigo olhar pra esse capú e não imaginar o motor na longitudinal…

  • Christian Balzano

    Esse Live On foi a maior crocodilagem que já ví na industria automotiva nos últimos 10 anos. O cara paga 5 mil para usar o próprio celular como kit multimídia… Coisa que qualquer carro pode fazer por menos de 50 reais, basta um suporte e um carregador automotivo. Trocar música pelo volante? Qualquer dispositivo bluetooth com BT AUDIO faz isso…. Rídiculo!

    • invalid_pilot

      Prefiro chamar de engana trouxa, porque só sendo muito tapado pra comprar esse opcional, aliás a Fiat disse que seria algo revolucionario e etc.

      Eu to achando que na vida real eles vão”dar de grátis” e assim cobrar o preço cheio tabela no carro ao invés de dar desconto

  • Alexandre Maciel

    Quando vejo matéria da Fiat só me vem à mente porcaria. Essa é mais uma. Ela pode querer, de todo jeito, melhorar isso aí mas, honestamente, um “carro” que, se não estou enganado, foi criado para ser menos caro do que o Uno, que já é uma bela porcaria, tem a obrigação de seguir o padrão da marca e não prestar.

  • Erick

    Estou pensando em um Mobi pra 2017, mas com o motor Fire.
    Motor 3 cilindros ainda da um certo receio.

    Ainda prefiro o velho Fire…nao dá dor de cabeça NUNCA!!!

    • invalid_pilot

      Espero que esteja sendo irônico

  • leomix leo

    Hb20 por R$ 39,290,00, IPVA e tanque cheio, aqui em Feira de Santana -BA ficou até atrativo perto do valor cobrado por esse Frankstein…

  • Thiago C

    Mas é feio, o bichinho… feio e safado.

  • só eu que acho esse carro feio pra burro?!

  • VW_Freak

    Carro feito para pessoas de até 1,60m …

  • Miguel

    Esse primo do Etios tá querendo derrubar a concorrência! KKKKKKKKKK
    Sinceramente, pra mim só o que presta nesse carro é o novo motor. A FIAT se superou com esse monstrengo.

  • Mr Andrey

    os caras do top speed fizeram uma media de 27 km por litro kkkk

  • Hater x Haters

    Acho esse carro simpático e agora com essa opção de motor ficou mais interessante. E acho mais bonito que o Up. Pelo menos agora a Fiat consertou o maior ponto fraco: motor.
    Mas mesmo assim com motor novo e eficiente reclamam, com motor velho reclamam tb. Cambada de enjoados!

    • invalid_pilot

      Era melhor terem nacionalizado e simplificado o 500 do que fazerem o Mobi…

  • Adriano Lius II

    40 mil nisso? prefiro andar no meu cruze de 48 mil.

  • dor53

    mais eficiente, equipado e barato q o up
    matou a pau

  • Fedido

    Por favor! Digam que o repórter colocou o último zero por engano!

  • Ricardo

    Hahahahahahahahahahhaahahahahahhahahahahahhahahahhahahahahhahahhahahahhahahahhahahahhahahahhahahahahhahahahhahahahahahahhahahahahahah…

  • Raul Pereira

    Vou comentar mais do mesmo, porque parece que as montadoras ainda não entenderam: cobrar 40 mil mangos por um carro feio no qual não cabem nem 4 adultos e não tem porta-mala? Entrei em um e não coube no banco de trás, isso porque tenho 1,73. Se o carro custasse 20k beleza, mas tão vendendo carro pela metade e cobrando o dobro. Só falta darem o nome de Black Friday.

  • Andres Francisco

    Sinceramente, não vi vantagem nesse Mobi. Não cumpre a proposta de carro barato, ainda por cima tem espaço interno e de bagagem ainda menor do que o Uno (que já não é lá grande coisa) e fez o Uno tomar, em preço, o lugar do Palio (o que, até agora, não foi bem absorvido pelo mercado já que as vendas continuam em baixa)….. Erro crasso da Fiat.

  • Pedro Henrique

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • TijucaBH

    Por 40k, considerando apenas carros zero km, prefiro um Ka ou um HB20 sem sombra de dúvida. Só quem é muito fã da Fiat ou do Mobi pra pagar esse preço. Engraçado que a Fiat lançou o carro com um motor ultrapassado e agora que atualizaram, querem cobrar a mais pelo que ja deveria ser obrigação desde o lançamento.

  • GPE

    Resumo do Mobi: muito dinheiro, pouco carro

    • 4lex5andro

      Dentro do portfolio Fiat compensaria optar pelo novo Uno em vez do Mobi.

      O principal diferencial seria mesmo o espaço interno e para bagagem.

  • Nitrous

    Realmente a Fiat ca*ou nessa, era muito mais fácil e barato seguir a formula do Onix. Deixasse o Uno anterior menos equipado no lugar da mobilete até 35mil.

  • Sincero

    Carro feio da porra… Olha aquela foto frontal 3/4 (antepenultima foto)… Como alguem aprova um design desse ?

  • Eduardo Cabral

    24,4km/l? Sonho de consumo de muitos aqui, mas infelizmente estava em condições “utópicas”.
    Enfim, carrinho simpático com um ar jovial, entretanto acho muito dinheiro pra pouco carro. Se estivesse na casa dos 32k, poderia ser TALVEZ uma boa pedida.
    A minha expectativa ainda gira em torno ainda do “kwid”, pois espero que pelo preço que possa vir (39k), entregue um consumo, equipamentos e acabamento superiores.

    :)

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email