*Destaque Fiat Hatches Lançamentos

Fiat Mobi e Uno 2019 estreiam novas versões com motor 1.0 Fire

Fiat Mobi e Uno 2019 estreiam novas versões com motor 1.0 Fire

A Fiat é uma das marcas com o maior número de carros populares/compactos em sua linha. Entre os hatches, os consumidores da marca contam com a opção do Mobi, do Uno, do Argo e do pequeno 500. O pior é que, sobretudo entre o Uno e o Argo, havia um conflito entre versões e preços. Todavia, a marca acaba de corrigir tal problema com a chegada do Fiat Mobi 2019 e do Fiat Uno 2019, o primeiro com uma nova versão e uma nova série especial e o segundo com uma nova variante de entrada que volta a oferecer o velho motor 1.0 Fire.

No caso do Fiat Mobi 2019, a novidade fica por conta da nova versão Easy Comfort, segunda opção mais em conta da gama. Além dos itens do Easy de entrada (como sinalização de frenagem de emergência e painel com display digital de 3,5 polegadas), o modelo agrega ar-condicionado e rodas de 14 polegadas de série.

Fiat Mobi e Uno 2019 estreiam novas versões com motor 1.0 Fire

Outra novidade é o Mobi Way Extreme, que traz os adereços aventureiros do modelo Way e ainda um pacote com badge de identificação Extreme, retrovisores externos em cinza fosco, sistema de som com Bluetooth, entradas USB, auxiliar e SD card, alto-falantes e tweeters, rodas de liga-leve de 14 polegadas com pintura exclusiva, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro e acabamento interno escurecido.

O Fiat Uno 2019, por sua vez, perde boa parte das versões e agora conta somente com a Attractive 1.0 e a Drive 1.0. Antes, ele contava também com os modelos Way e Sporting, o primeiro com motores 1.0 Firefly e 1.3 Firefly e o segundo com o 1.3 Firefly, além de opção de transmissão automatizada GSR.

Fiat Mobi e Uno 2019 estreiam novas versões com motor 1.0 Fire

O modelo Attractive usa o motor 1.0 Fire 8V flex de quatro cilindros, com até 75 cv e 9,9 kgfm, e traz itens de série como ar-condicionado, direção hidráulica, sinalização de frenagem de emergência, faróis com follow me home e máscara negra, vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, volante com ajuste de altura, função Lane Change (aciona as setas indicando trocas de faixa), entre outros.

Como opcional, há o Kit Visibilidade (limpador, lavador e desembaçador temporizado do vidro traseiro) e Pack Connect (itens do kit anterior, mais preparação para som com alto-falantes, tweeters e antena e rádio Connect com entradas USB e auxiliar e conexão Bluetooth).

Fiat Mobi e Uno 2019 estreiam novas versões com motor 1.0 Fire

Por fim, o modelo Drive conta com o 1.0 Firefly 6V flex de três cilindros, que entrega até 77 cv e 10,9 kgfm. Ele é dotado de retrovisores e maçanetas na cor da carroceria, coluna “B” com revestimento preto, retrovisores externos com luzes indicadoras de direção, palhetas do limpador do para-brisa do tipo flat blade, grade dianteira texturizada com detalhes em cinza, limpador, lavador e desembaçador temporizado do vidro traseiro e direção elétrica com função City.

Ele pode receber o Kit Comfort Plus (vidros elétricos traseiros com one touch e antiesmagamento, faróis de neblina, apoia braço dianteiro, banco traseiro bipartido, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, banco do motorista ajustável em altura, monitoramento da pressão dos pneus, apoia pé para o motorista, comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do tanque de combustível, bolsa porta-revista nos bandos dianteiros, alças de segurança retráteis, porta óculos, espelho no para-sol do motorista, soleira de porta, terceiro apoio de cabeça traseiro, banco traseiro bipartido e retrovisores elétricos com Tilt Down). Esse pacote custa R$ 2.950.

Fiat Mobi e Uno 2019 estreiam novas versões com motor 1.0 Fire

Há também o Kit Connect Plus (chave canivete com telecomando, alarme antifurto, rádio Connect com entradas USB e auxiliar e Bluetooth, volante multifuncional, painel de instrumentos com tela TFT de alta resolução e computador de bordo e My Car Fiat Kit), por R$ 2.500, e o Kit Live On Plus (os mesmos itens do anterior, mais o sistema Fiat Live On que usa o celular como “central multimídia”), também por R$ 2.500.

Confira abaixo os novos preços das linhas Fiat Mobi 2019 e Fiat Uno 2019:

Mobi Easy 1.0: R$ 31.990
Mobi Easy Comfort 1.0: R$ 34.990
Mobi Like 1.0: R$ 37.990
Mobi Way 1.0: R$ 39.990
Mobi Drive 1.0: R$ 43.590
Mobi Drive GSR 1.0: R$ 46.990

Uno Attractive 1.0: R$ 39.990
Uno Drive 1.0: R$ 42.990

O Mobi 2019 pode ser encontrado nas cores sólidas Branco Banchisa, Preto Vulcano e Vermelho Alpine, a perolizada Branco Alaska e as metálicas Prata Bari, Cinza Scandium, Cinza Tellurim e Verde Amazon (as duas últimas exclusivas para a versão Way).

Já o Uno 2019 tem as opções as cores sólidas Branco Banchisa, Preto Vulcano e Vermelho Alpine, a perolizada Branco Alaska e as metálicas Prata Bari, Cinza Scandium. A versão Drive ainda pode contar com teto preto na cor Vermelho Alpine ou Branco Alaska.

Galeria de fotos do Fiat Mobi 2019 e Fiat Uno 2019

Fiat Mobi e Uno 2019 estreiam novas versões com motor 1.0 Fire
Nota média 5 de 1 votos

  • agora só falta um mobi sporting e o leque de opções está completo

  • th!nk.t4nk

    Já vi montadora demorar pra evoluir seus carros, mas andar pra trás é a primeira vez… Logo vão voltar com o motor Fiasa!

    • Gu92

      Me parece que vão relançar o Fiat 147 com o motor Fiasa 1050 carburado ainda este ano, daí sim a FCA vai voltar a ter um competidor de peso no mercado brasileiro!!!

      • kirig

        Aí sim!

    • Deadlock

      Back to jurassic park…

    • No_Name

      A crise brasileira está proporcionando isso. A VW acaba de dar passo atrás com o Golf 7,5 com falta de equipamentos e aquele preço ridículo colocado para terminar de acabar com o carro. A Ford retirou alguns itens dos Focus SE e SE Plus 18/18 na surdina e por aí vai.
      Tá complicado demais, preços em alta e depenando os carros para não subirem ainda mais os preços, que situação, né!

      • T1000

        O gol com etiqueta de golf você diz.
        Também tem o gol com etiqueta de polo.
        A VW está avacalhando pqp nem se preocupar mais em esconder a base barata dos seus carros.

    • T1000

      A Fiat não sabe o que fazer com a linha de produção do fire nao é possível demorar tanto para tirar essa porcaria de motor do mercado.

      • Gu92

        Lembrando que na Itália a linha de motores Fire foi lançada em 1985 e desembarcou por aqui só em 2001, ou seja, quando chegou aqui já era “velho” com 16 anos de produção na Europa!!

  • Lennes

    Nada evolui nessa FIAT, segue o jogo kkkk

  • oscar.fr

    No lugar de ter dado luz à aberração do Mobi, a FIAT poderia ter se esforçado em fazer do Uno um carro mais competitivo. Passados alguns anos, a marca não está nos seus melhores dias no segmento de entrada.

    • eu acho que no lugar de gastar dinheiro pra desenvolver o mobi teria sido melhor pegar o panda e adaptá-lo para o mercado local, o panda é pouco mais comprido que o mobi e um pouco menor que o uno, pronto tava resolvido o problema de ter 2 carros urbanos sem sentido

      • Paulo Lustosa

        Só alongar o Panda pra 2,37 de entre-eixos e tá pronto o Uno atual

        • Gu92

          Então poderíamos ter tido o Panda no Brasil desde 2010 no lugar do Uno, acho que teria sido bem mais interessante!!

          • Paulo Lustosa

            Sim, o Uno na verdade é a versão alongada do Panda com bitola mais larga e seção central da plataforma oriunda do Palio 178 pra ter a alavanca de câmbio no piso ao invés de ser no painel, que se mostrou inconveniente tanto no Panda quanto no 500.

  • Phantasma

    Esse carro não deveria existir, seria mais digno( se é que isso é possível nesse mercado) delegar o Uno a esse posicionamento e não empurrar essa jaguara a quem não tem condição de ter algo melhor.

  • SK15

    Fico pensando o pq disso? Será que tinha uns motores Fire “encostados” ou o FireFlay são tão mais caros de se produzir? qual o sentido disso é por causa de impostos? Mas ambos são 1.0 não mudaria alias que fim deu a tal Rota 2030 não ia diminuir as emissões de poluentes e diminuir consumo como coloca um motor mais antigo?

    • Emanuel Schott

      O custo de desenvolvimento do Fire já foi pago a anos (ou quem sabe até décadas). O Firefly ainda precisa ser pago.

      • Pedro Pto

        O Firefly já está desenvolvido! Deixar de oferecê-lo ou reduzir sua oferta não vai reduzir o investimento, já que ele já foi feito… A Fiat tinha era que aumentar a oferta desse motor para obter o retorno financeiro! Talvez a FPT ainda não tenha capacidade de produção do Firefly suficiente para ganhar em escala e esse custo de produção seja menor no Fire.

        • Emanuel Schott

          Mas pra desenvolver gastou-se dinheiro e esse dinheiro ainda não foi recuperado no Firefly. No Fire o dinheiro já foi recuperado a anos. Por isso o custo de venda do Firefly é maior do que o do Fire.

          • Thiago André

            Então se for assim, a Ford joga dinheiro no lixo com seu motores, Sigma e novos motores 3 cilindros. Até mesmo com o Zetec Rocam.

          • T1000

            E o dinheiro para manter produção controle estoque e logística de peças para 2 motores diferentes.
            Ainda mais que esse Firefly tem menos peças internas.
            Não é possível que valha mais a pena manter o fire.

  • Fanjos

    Volta para o mar oferenda!

  • Emanuel Schott

    Por R$39.000 o Uno volta a ser competitivo, ainda mais se rolar alguns descontos na hora da compra. Não ficou mais barato que a versão Like do Mobi (o que atrapalharia as vendas do subcompacto) e nem mais caro que o Argo 1.0 ou que alguns concorrentes melhores como HB20, Onix Joy e Ford Ka (como era até a linha 2018).

    O que não faz muito sentido agora é ter versões Firefly desses dois modelos.

  • Piston head

    Inacreditável

  • Benedict Benedito

    Agora só falta tirar de linha.

  • Filipo

    Mobi Drive mais caro que Uno Drive! É o poste mijando no cachorro ou não é?
    Nada mais a dizer! Só aguardar para ver o Uno agonizar ainda mais.

  • Bruno Leite

    Opcional: “Kit Visibilidade” HAHAHA
    o cara que não pegar esse kit não vai ver nada?!

  • kirig

    Será que se perguntaram porque o infeliz compraria um moribundo Uno, ainda mais com motor velho.

  • Thiago André

    A Ford vai deixar o Ka atual em linha na versão hacth e sedan com versao unica 1.0 e nome de Ford Ka Class e Ford Ka Class Sedan. O vendedor me disse que vao ser completinho com o básico necessário. Com ar, travas, direção, vidros elétricos dianteiros, desembasador traseiro e dianteiro. O Hacth vai vir por 39,900 e Sedan por 42,990. Vai ser para concorrer com kwid, Mobi, Grand Siena, Onix Joy e Prisma Joy. A Fiat que se cuide, ideal seria deixar a última geração do Palio com sobrenome Direito no lugar do Uno e Mobi por 38,900 completinho com era as antigas Palio e Siena. Ou até mesmo deixar o Argo assumir o que é popular de verdade sem necessidade de um modelo abaixo com faz a Ford, Gm, e outras.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email