Fiat Hatches Segredos-Flagras

Fiat Mobi: Novo compacto aparece mais uma vez

mobi-flagra-2-1

O Fiat Mobi aos poucos vai se revelando ao mercado nacional através de inúmeros flagrantes sem camuflagem, sendo em geral preparados para exibição nos concessionários. O modelo chegará com motor 1.0 de quatro cilindros inicialmente, cuja potência deve ficar abaixo de 80 cv.

mobi-flagra-2-2

Agora, mais uma vez o novo compacto da marca italiana dá as caras totalmente limpo. Trata-se de uma unidade da versão Easy modelo 16/17. Esta deve começar em R$ 30 mil, já que é a opção de entrada.

mobi-flagra-3

O exemplar do Fiat Mobi, de cor cinza, aparece com calotas integrais, maçanetas em cor preta, ar condicionado e painel com computador de bordo. No entanto, não há sistema de áudio, volante multifuncional ou vidros elétricos. O lançamento deve ocorrer em abril.

Galeria de fotos do Fiat Mobi:

[Fotos: Ferd]





  • SDS SP

    Mas nem o trivial limpador / lavador de vidro traseiro vem na versão básica? Que economia porca, hein dona Fiat?
    Ao lado da VWB, continua nessa de oferecer tudo como opcional…

    • Blessa

      O pior é que vai vender pelo preço “baixo” e porque os brasileiros adoram a Fiat “não sei porque” daqui a pouco começam a falar até que é bonitinho e por ai vai, meu deus não sei quem é pior, o consumidor brasileiro ou indiano que aceitam qualquer porcaria.

      • Joka

        hahaha…. cara não sei que tipo de brasileiro é esse que é fã dos carros da FIAT, provavelmente são aqueles em que o carro precisa ser só “bonitinho”, não entendem nada de carro… aff

        • invalid_pilot

          Pelos 15 anos de liderança da marca, te digo que são maioria nos compradores de carros… infelizmente

          • Christian Sant Ana Santos

            Você é hater conhecido, tenho Up! e Uno e prefiro o Uno e daí, vai querer comparar credenciais?

            • invalid_pilot

              Kkkkkk

              Sou hater de museu mesmo, não da Fiat

        • Christian Sant Ana Santos

          Ou então são pessoas que andam em todos e podem escolher, independente da experiência ou formação que tenham. Deixe de ser preconceituoso e ignorante.

        • Mardem

          Eu tenho um 500. Gosto dos carros da Fiat de longa data. Sou designer e prezo por um projeto bem feito. Pra mim, o carro precisa sim ser “bonitinho”. Já dizia Vinicius: “As muito feias que me perdoem//Mas beleza é fundamental”. Então confere, eu gosto do design dos italianos. Quanto ao resto, o motor do meu carro é o 1.4 Evo que tanto massacram por aí. Pra mim, é mais do que suficiente. A manutenção é barata e faço 12,5 km/l na cidade e na estrada, 16/17 km/l. Não é um carro pra tirar racha e sim, eu seria muito mais feliz com um Abarth de 167 cv. Como o dinheiro não está sobrando, fico com o meu. Voltando ao Mobi, como já disse, gosto dos Fiat, mas não sou alienado a ponto de achar que essa coisa seja decente. Pra mim, foi uma grande bola fora da marca. O seu critério de julgar quem entende ou não de carros está muito embasado no seu gosto. O que não te serve pode servir a outros.

          • DPSF

            Esse motor fire 1.4 é de baixissima manutenção. 3 litros de oleo para troca com filtro. Com 120 reais troca-se a correia e o esticador, 80 reais compra os cabos de vela, mais 50 reais compramos as velas para o motor fire 1.4… bicos injetores para esse motor tem ao montes no mercado. filtro de ar custa 20 reais, filtro de oleo 20 reais também, na css o filtro de gasolina pagando a vista saí por 17 reais…. Putz, a manutenção do motor Fire é de baixo custo. Falem oq quiser, mas para quem quer um carro com manutenção barata, esses fiats com motor fire são imbativeis. Tive um GS atrative 13/13 com esse motor, e só troquei por causa que não confiava mais no carro, pois o meu GS foi um dos primeiros daqueles lotes que deram problemas nas supensões dianteiras… mas se não fosse isso, ainda estaria com o carro…

            • Edinaldo_Tapica

              Enquanto isso em 2010 uma bobina de ignição pro pug 206 do meu coroa custou 280 reais! A do meu Fiesta (que por ser Ford é estigmatizado de carro caro de manutenção) custou 80! Sério, e ainda tem gente que vem dizer porque não entende como brasileiro adora Fiat: Baixo custo de manutenção e disponibilidade de peças meus caros!

            • Mardem

              Justamente! É claro que o motor não é o suprassumo da tecnologia nem a quintessência da potência, mas cumpre bem o seu papel. O único porém que eu tenho ao conjunto é o câmbio de relações curtas demais no caso do 500. Como é um carro de cidade, privilegiaram o torque em baixa. Mas quando você pega uma estrada, o conta-giros marca mais de 5.250 rpm, isso a 120 km/h. Uma sexta marcha cairia como uma luva no carrinho!

          • Edinaldo_Tapica

            Gosto de ler comentários sensatos como o seu. Haterismo é um saco pqp… O cara tem prazer em esculhambar uma marca. Eu odeio Peugeot por exemplo, engenharia complexa, falta de peças, componentes eletrônicos que vivem dando defeito… E nem por isso faço questão de entrar em toda postagem do NA que fala algo da Peugeot e vomitar ódio! Manolos, é sério, parem fe encher o saco…

            • Mardem

              Realmente, a internet tem se tornado cada vez mais um lugar inóspito. E é simples ação do ódio gratuito. “Não gosto porque não gosto”. Até aí, tudo bem cada um tem o direito de gostar ou não de algo. O problema é quando começam os “Não gosto porque não gosto e quem gosta é burro”. Dias difíceis!

        • Rauser Froes

          Toda generalização é burra!

        • automotivo

          acredito q tem
          haver com poder aquisitivo
          custo de manutençaõ
          blá blá

          fosse assim o gol não teria sido campeão por trocentos ANOS SEGUIDOS, e ele tem o logo VW.
          Talvez não seja do seu tempo.

      • Carros japoneses dessa categoria (Na verdade eles seriam uma categoria abaixo) também não primam pela beleza. O problema dos carros aqui não é serem feios (Sinceramente eu não achei o Mobi feio). Mas o que se paga pela qualidade dos mesmos.

        • João Cagnoni

          Não existe carro japonês nessa categoria. Etios é indiano, March é em boa parte francês… Enfim, me corrijam se eu estiver errado.

          • Rafael Neves

            Etios: Design indiano,Conjunto mecânico Japonês
            March: Projeto Japonês, Conjunto mecânico francês

            • Edinaldo_Tapica

              Era assim… Creio que o atual motor do March tricilindrico seja projeto japonês

          • Obviamente eu me referia ao mercado japonês, de carros preferencialmente urbanos onde espaço interno não é prioridade, já que no início da thread foi citado o mercado externo.

            • Carro popular japones tem bom espaço sim. Espaço de Idea. Nao sei de onde que tiram que carros japoneses sao compactos sem espaço. E olha que tenho 1,80m.

              Por sinal, enquanto no Brasil só tem carroças com motor fureco, o Japao vai de VAMOS Turbo. kkkk. O nome do carro diz tudo. Tirei a foto no farol. Parece compacto sem espaço pra voce? Repare que o carro tem teto alto.

              • E quem escreveu que eles não tem espaço?

                • Voce escreveu.
                  “…carros preferencialmente urbanos onde espaço interno não é prioridade…”

                  • “..carros preferencialmente urbanos onde espaço interno não é prioridade..”
                    “..Nao sei de onde que tiram que carros japoneses sao compactos sem espaço…”

                    Espaço interno não ser prioridade é bem diferente dele não existir. E os médios japoneses? Sedãs grandes… Eles podem ter bom espaço interno pelo tamanho reduzido, mas a prioridade é outra… Foi isso que escrevi.

      • pedro rt

        eu sou brasileiro e nao gosto de fiat, as excecoes sao poucas entre os modelos dela q eu gosto, prefiro mais carros de outra marca

        • th!nk.t4nk

          Mas não é nem questão de preferir. É quem oferece o menor custo. Esse Mobi aí é pra ser o carro mais barato do Brasil. É até difícil falar em concorrência, mas vamos ver. O Up deverá ficar um pouco acima em preços.

          • Leandro

            Exatamente. Eles tentaram fazer um carro moderninho, mas no segmento de entrada mais seco…onde só carro mais antigo cpetia (palio fire e antes o Mille).
            Tentaram dar uma roupagem atual a algo barato. Não é o caso do up, que é pequeno mas com preço de carro maior.

    • Fabio Marquez

      Limpador e desembaçador traseiros não custam 50 reais para a montadora. Não imaginam o sufoco que já passei sem esses itens dirigindo um velho Mille Fire do meu trabalho na chuva.

      • Luis_Zo

        50 reais pra montadora é um mar de dinheiro.

        Faça as contas: em um veículo como Renegade, vendendo seus 60 mil carros por ano, 50 reais por carro são 3 milhões por ano. Se esse Mobi vender a metade, são 1,5 milhões.

        Considerando que o lucro liquido de 2015 da montadora inteira deve ficar ao redor de 80 milhões, que empresário, em são consciência, sacrificaria 1,5 milhões (ou quase 2% dos lucros) por um limpador traseiro????

        Não é que eles não imaginam o sufoco em andar sem o limpador, eles imaginam sim… Mas no final, de quem foi a decisão de comprar um carro com ou sem esse item?

        • Blessa

          Se ninguém comprar carro pelado, as montadoras não vão vender, mas como tem e muita gente que compra, ai eles só não tiram o valante porque é obrigatório, lucro acima de tudo e Fod… os brasileiros.

          • Luis_Zo

            Se você fosse o presidente de uma montadora, você Bruno, abriria mão de 3.000.000,00 de lucro em algo que os clientes não estão dispostos a pagar?

            Eu pessoalmente sou a favor do lucro e da prosperidade, meu e dos outros inclusive.

            • Blessa

              Então a unica a se beneficiar com isso é a montadora, com seu lucro, e F**** o povo, gostaria muito de ser presidente como você mesmo disse, principalmente da Fiat para acabar com essa vergonha de linha de produtos de entrada e com esse motor Fire que já era usado na década de 80 na Itália.

              • Jorge Osório Cortese Magalhães

                A montadora só se beneficiará se o consumidor comprar. Caso contrário, ficará no prejuízo. Elas procuram produzir o que o consumidor deseja e está disposto a pagar. Quem não quer carro sem limpador traseiro não é obrigado a comprar…

                • Blessa

                  Concordo.

              • Luis_Zo

                Cara, é uma montadora, não uma ONG.

                Pra que acabar com produtos que vendem bem e trazem muito lucro? Só pra “agradar” o povo? Me desculpe, mas esse é o típico raciocínio de esquerda, de robin-hoods ou de cristãos/católicos tradicionais.

                E olha onde estamos chegando com tudo isso…

                • Blessa

                  Cara odeio a esquerda, sei que o negocio de qualquer empresa é ganhar dinheiro seja lá como for, só fiz um comentário como consumidor.

        • SDS SP

          Isso sem contar outras simplificações que no final trazem um baita resultado.

          Contudo, o que traz lucro de verdade para as montadoras são os carros mais caros, como uma Toro ou Renegade da vida.

      • Denis

        Meu primeiro carro foi um Uno Mille 2 portas 1992 de cor preta sólida.
        Nele não haviam:
        – Apoios de cabeças dianteiros
        – Retrovisor externo lado esquerdo (sem comando interno)
        – Acendedor de cigarros
        – Vidros verdes
        – Ventilação interna

        O Uno Mille Electronic tinha todos os opcionais do básico. Mais os restantes que eram cobrados a parte como:

        – Limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro
        – Desembaçador com ar quente
        – Retrovisores externos com controle interno
        – Vidros laterais traseiros basculantes (2 portas)
        – Preparação para som (2 altos falantes e antena)

        Isso tudo era um dinheirão para deixar o Mille menos “básico” possível.
        (Época terrível).

        • pedro rt

          tinha uma prima minha nessa epoca q tinha esse uno mille peladao, ela vendeu e comprou um corsa 1.0 1994 basico na epoca do lançamento, ambos eram na desprezível cor branco na epoca…

          • Denis

            Quando o Uno Mille Electronic ganhou a versão 4 portas (isso em 1993), o modelo passou a ter ar-condicionado e rodas de liga leve aro 13 como opcionais. É raro encontrar esta versão hoje com dois itens exclusivos, já que boa parte dos Mille Electronic eram básicos por básicos.

            • pedro rt

              o dela era o uno mille 2p, era 1992 tmb mas era branco e vinha com aquele U maiúsculo na tampa traseira ao lado do nome mille

              • Denis

                Tipo este: (kkkkk)

                • pedro rt

                  ?? nao vi

                  • Denis

                    clica de novo no site, ele vai aparecer.

                    • pedro rt

                      me lembro q no final de 98 minha mae tava pensando em comprar um carro barato 0km e indiquei o mille SX eu gostava da diversidade de cores q ele tinha naquela epoca, ia desde um verde lodo metalico ate um vermelho bem escuro na cor solida. ela acabou nao comprando e esperando passar mais alguns anos ate comprar um carro um pouco melhor.

        • Blessa

          Isso era “normal” a 24 anos atrás, hoje faça mil favor estamos em 2016 seculo 21.

          • th!nk.t4nk

            Até bem pouco tempo o Gol não tinha nem temporizador do limpador do pára-brisas. Quem pegasse o modelo de entrada tinha que ficar empurrando e puxando a alavanca a cada 5 segundos. Se for a fundo, tem concorrente sendo mais sacada que a FIAT por aí.

        • Deadlock

          E meu primeiro carro foi um fusca, sem direção hidráulica, sem ar-condicionado, sem servo-freio, motor possante de 46 cv, barulhento, claustrofóbico, sem som, mas eu o adorava porque era o que podia ter na época…

        • Pacheco

          Lembrando que a versão basica tinha como Opcional até o servofreio. Até isso.

    • Vagnerclp

      Que acaba acrescentando 50% a mais no valor do carro se quiser com tudo. Isso quando dá, não sei na fiat, mas na volks, a venda de pacotes é um saco até no configurador (o item escolhido não é compatível com o pacote selecionado, por favor escolha outro). Aff!!

    • dallebu

      O carro é tão básico que esse da foto não vem nem com a logo da Fiat na traseira, deve ser opcional kkkkkkkkkkkkkkk

    • ‘Eduardo Oliveira

      Eles vendem assim por causa dos frotistas (Net, Vivo, locadoras e etc.)

  • Maycon Farias

    Versão Easy? nada, ta mais para versão pé de boi kkkk. Confesso que aquele preto aventureiro e o branco completinho são agradáveis e aceitáveis.

  • Efulefante

    Onde ficaria o limpador(*interrogação* – teclado sem ponto de interrogação ¬¬)
    Naquele furo ao lado do brake light(interrogação de novo)

    • KevinGR

      tenta alt gr + w, é uma outra forma de fazer a interrogação

      • Efulefante

        Realmente. Valeu!
        Tá meio apagado já (notebook de empresa)

    • R.C.B.

      Ainda bem que não, não sei pessoalmente, mas por fotos essa traseira não curti, ao contrário da frente.

      • th!nk.t4nk

        Bizarro, a lanterna é maior que a roda hahaha.

        • Redpeak77

          interessantemente observado!

    • pedro rt

      aquele ponto preto ao lado do brake light e onde seria o lavador do vidro, o limpador fica no meio do vidro mas esse ai nao tem

    • Jackson

      Esguicho para o limpador, quando equipado.

  • EuMeSmObYmYsElF

    nem o trio dignidade.. hahahaha

    • Maçaranduba o Porradeiro.

      Trio dignidade pra Fiat é motor, câmbio e pneu…
      Se quiser mais, vai ter pagar…

      • dallebu

        Esse Mobi Easy da foto não veio nem com a logo da Fiat na traseira, deve fazer parte de algum pacote “Kit visibilidade” Limpador/lavador + desembaçador + Logo Fiat kkkkkkkkkkkkkkk

  • gustavo

    A frente do carro e Parruda !! ao contrario do UP que tem uma frente estilo smurf !! isso ja faz uma diferença no apelo visual, mais imponente.

    • Se tiver uma central multimídia então… nem precisa de ar condicionado!

      • gustavo

        Boa piada !!!

      • BillyTheKid

        Se for aquela central extremamente gigantesca de 5″ então, vai ser difícil achar espaço pra colocar o botão de pisca-alerta e outras inutilidades no painel do carro!

    • Blessa

      Concordo que o UP é feio, mas esse Mobi é monstruoso.

      • gustavo

        Ok vamos esperar ao vivo, em foto e diferente.

      • Claudio Abreu

        O up é sério; esse mobi é uma palhaçada…

    • invalid_pilot

      Um preza uso ao invés de forma e o outro forma ao invés do uso

      Cada um vai numa filosofia

      • gustavo

        Ou seja um e smurf e outro touro !!

        • invalid_pilot

          Prefiro Smurf com utilidade e modernidade, do que touro que ja nasce cansado e que vive de aparência.

  • EJ

    Com certeza, há um motivo de CUSTO na parada, mas eu fico pensando só numa coisa: a tampa traseira é de vidro. Não sairia mais em conta encomendar pro fabricante, só um modelo de tampa de vidro, que já viesse com espaço pro limpador? Não daria ganho de escala além do conforto ao comprador do Mobi? Do jeito que a Fiat bateu o martelo, eles terão duas tampas de vidro DIFERENTES pra um carro só.

    • invalid_pilot

      VW faz coisa pior no Up! como por exemplo 2 modelos de manopla de cambio (Take e Move + demais), opção de ambientação clara ou escura (Move) e 2 de volantes (Sem couro e com couro)

      • Zoran Borut

        Os itens que você citou se referem a acabamento, não a segurança como é o caso do limpador e do lavador traseiro. E a questão aqui é o argumento de que a Fiat não oferecerá esses itens para “r’eduzir custo”, o que conforme o colega mencionou, soa meio ilógico pela necessidade de produzir 2 tampas diferentes -o que aumentaria o custo, ao invés de reduzir.
        Sua comparação com concorrentes aqui ficou descabida. “E daí que faz assim, outros também fazem”‘ não é resposta para “Por que essa montadora fez assim?”‘.

        • Leandro

          Ele só quis dar um exemplo de que talvez a redução de custos vale a pena, mesmo tendo 2 modelos de peças. Senão, tanto no caso da Fiat quanto da VW, isso não ocorreria. Não são amadores assim…

        • invalid_pilot

          Manopla tosca e Velocímetro do Take nao é redução de custo… Essa foi minha crítica, os caras reduzem itens bobos pra que a cada 1 real economizado em cada unidade virem milhões no volume

    • Jackson

      Eles encomendam somente um vidro com os devidos furos. Se vai ter limpador tiram o plástico que cobre o furo e incluem o equipamento.

  • Vicente

    Nesse pé de boi, na nossa realidade econômica, R$ 20 mil estava MUITO bem pago.

    • Zoran Borut

      Se a Chery fosse esperta, voltaria a vender o QQ por esse valor ou algo bem próximo, e venderia muito – mas está cobrando 30 mil pelos modelos 2014/2015 a gasolina encalhados.

  • Clovislauro

    A Fiat vai se surpreender como as vendas desse Mobi serão fracas, o desrespeito a ignorância do consumidor brasileiro tem limite, nem brasileiro vai mais engolir essa gambiarra. Por vivermos momentos bem difíceis, o povo está aprendendo a deixar de ser idiota.

    • KevinGR

      rapaz, depois do agile não duvido de nada

      • pedro rt

        pois e, o AGILE ate hj acho a pior coisa q ja inventaram no nosso mercado, depois dele vem outros remendos de pessimo gosto como o 207, clio 2013, monstrana e symbol e a atual spin/spin activ e etios cross…

    • Matafuego

      Eu já acho que depende do preço. Se vier acima de R$ 30K na versão de entrada, vai encontrar concorrência de coisa melhor. No mais, pode ser o novo queridinho dos frotistas.

      • Zoran Borut

        Frotista geralmente não compra lançamento que tenha peças e mão-de-obra difíceis de encontrar logo de início, além de terem menos espaço para negociação. Foi isso que impediu a popularização do up! nas frotas – mesmo com toda a economia oferecida pelo carrinho. Talvez em 4 ou 5 anos o up! comece a ser mais visto em frotas.

        • Matafuego

          A mecânica é a velha conhecida da Fiat (para o bem e para o mal): motor Fire. Mas vc tem razão se levarmos em conta aquela tampa do porta-malas totalmente envidraçada.

        • Jackson

          Eu tenho um Up e na garagem onde deixo eu fui o primeiro. Comprei em outubro de 2014 e hoje são 5 Up na garagem. Um azul, um preto, um prata e dois brancos.

    • Uma novidade com preço baixo pode vender sim.

      Nunca duvide da burrice do povo brasileiro! ela pode te surpreender ainda mais

    • BillyTheKid

      Tem muitos falando que vai vender bem, mas eu também acho que vai micar.

      O carro é muito feio, poucas pessoas gostaram desse design, e isso junto com “mimos” vale muito em carro 0km, sendo que o Mobi aparentemente não tem nenhum dos dois…

    • É um Uno piorado (sim, a Fiat conseguiu).

      • pedro rt

        alem de ser um uno simplificado e um uno com pior espaço interno pras pernas e pes

    • Eduardo Gregório

      Que outras opções temos em torno de 30 mil atualmente?
      Gol está custando quase 40k…

      • Marcelo Amorim

        Se fosse 30k com ar,dh,te e ve,tava até razoavel.

      • Tosoobservando

        Tem carros de 30 mil e mesmo assim nao vendem nada, enquanto isso no top 5 tem HB20, Onix, e Corolla (tudo caro), ou seja, compra carro quem ta podendo, eles pagam caro.

        • SDS SP

          Se fosse hoje, esses carros mal teriam saído das pranchetas…

        • Zoran Borut

          Onix tem bons descontos na prática e facilidade de negociação (financiamento). Ainda assim, o 1.0 mais vendido ano passado foi o Ka. Não se trata só de se estar podendo, mas demudança nas preferências do consumidor mesmo, que está evitando modelos pé de boi e preferindo os mais completos – afinal, vai financiar mesmo, a diferença na parcela não é tão grande para R$ 6 mil de diferença. Agora em 2016 realmente as vendas dos modelos pequenos e “menos caros” caíram, mas não mudou o padrão de preferência por carros mais completos.

      • pedro rt

        o clio ta saindo por 32mil, o celer hatch por 33mil, o up! por 37mil, o onix ls por 36mil… pra resumir o melhor custo beneficio e compra na casa dos 30mil continua sendo o up!

    • Vicente

      Meu velho, gostaria MUITO que tu estivesse certo. Mas é quase certo que estás errado. Sad, but true.

  • Newton Freitas

    Tá estranho, cadê os logotipos e nomenclaturas traseiras?

    • Leandro

      Carro pré-série.

  • Sabatino

    Era so por a trazeira do Panda ou do 500L que ficaria melhor.

  • Leandro Santos

    Véi do céu. Um aleluia pra quem, em sua sã consciência, comprará esse carro por 30 mil, podendo gastar num usado infinitamente mais completo.

    • E com infinitamente mais problemas também.

      Não acredito que ainda hoje em dia essa comparação zero popular vs. usado completo, de categorias diferentes ainda seja colocada.

      Todo mundo sabe que tem carro usado de 30 mil bom, mas tem gente que não quer comprar um carro com 5 anos de uso, quer um zero km.

      • Leonardo C.

        Eu mesmo me encaixo nesse perfil, prefiro um zero km, pois fico uns 8 anos com o carro ou uns 120 mil KM, por mais vantajoso que o usado possa ser, no meu caso ainda tenho o zero como preterido (não essa claustrofobia que será esse Mobi, prefiro um Onix, Sandero, Palio Essence ou um C3 Origine, que são os modelos que estou buscando para trocar meu Corsa Hatch 2008 básico e seus 107.000 km

        • gustavo

          Falou com atitude !! sem mais.

        • Alessandro

          Te diria que se metade dos compradores brasileiros tivessem essa atitude teríamos duas situações: Preço de carros novos mais baratos, e preço de usado lá embaixo. Algo parecido com o mercado americano.

        • Daniel

          Não entendi… Vc primeiro prefere um 0km e logo após pretere.

          • Leonardo C.

            Foi erro de digitação, desculpe-me.

        • Vicente

          Perfeito, temos o mesmo perfil. No momento, estou vendendo um Fiesta 2009, com 103 mil km rodados, único dono. Já tive um Vectra Challenge 2001 que tirei zero e o vendi com 145 mil km. Comprei um Sentra zero em 2013, mas infelizmente deu PT. Acabei de comprar um Focus zero km, que não vai sair da garagem de casa antes dos 100 mil km rodados.

      • Marcus

        Perfeito comentário! E as pessoas esquecem que a manutenção de um carro usado é compatível com a categoria dele. E é aí que muitos se lascam. Cansamos de ver por aqui os “expertos” sugerindo pegar Fusion semivelho por 40K no lugar de um sedan zero, mas se esquecem que a manutenção dele é digna de um Fusion zero, e não de um popular de 40K. Por isso vemos muitos carrões de outros tempos se arrastando por aí, sem qualquer manutenção, e até mesmo sem seguro.

        • FPC

          na minha cidade tem uma página do facebook, em que direto as pessoas ficam postando esses semi-velhos “tops” de linhas que foram roubados e pedindo ajuda pra quem souber de algo, só carros sem seguro. Gosto é igual c*, eu prefiro meu up! onde eu pago 865,00 de seguro, pago meu ipva sem dificuldades, e faço as revisões na concessionária sem aperto, do que passar apertado depois com um “top” de linha sem seguro, sem manutenção ou até no fim das contas sem ele.

      • Maycon Farias

        Tive 3 experiencias super agradáveis com usados, no mesmo tempo conheci colegas com carros novos e com problemas tão prematuros quanto o de um usado. O ultimo usado da Toyota comprado com 80 mil rodados no ato da compra, chegou aos 156 mil sem problemas além das trocas e revisões periódicas. Eu acho que vc está generalizando demais, existi sim uma boa parcela de excelentes carros usados que sem dúvida são melhores que apenas um cheiro de carro novo. Existe cliente e mercado para os dois lados.

        • Sim, existe mercado pra ambos.
          Mas essa comparação “usado completo vs. zero pelado” é muito batida, clichê.

          Todo mundo já sabe dos prós e contras.

          Só não se esqueçam que para ter usado, alguém tem que comprar o zero km. Não dá pro mercado viver só de usados.

          • Maycon Farias

            Sim concordo, na realidade o que precisamos é de carro zero seguro, moderno e barato compatível com outros mercados. Infelizmente um zero inseguro e pelado é tão tosco e caro que eu jamais faria tal ato kkk. No dia que o mercado* mudar, realmente vai ser tão vantajoso um zero que o usado vai custar algumas centenas de reais apenas, como acontece no EUA por exemplo.

          • SDS SP

            Correto e do jeito que as coisas andam (vendas caindo vertiginosamente), achar carro pouco rodado no mercsdo será uma tarefa cada vez mais árdua.

        • Alessandro

          Detalhe: Para existir o usado alguem tem que ter comprado o Novo.

        • Marcelo Amorim

          Povo compra carro sem procedencia e diz que usado nao vale a pena,vai entender.Só comprei zero uma vez na vida e nunca mais,depois basta procurar um particular único ou segundo dono,com manutencoes realizadas devidamente comprovadas,verificar estado de funilaria e pronto,nao tem erro.

          • O que vc chama de ‘procedência”?

            • Vicente

              Posso responder pelo Marcelo? No momento, estou vendendo um Fiesta 2009, sou o único dono. Revisões até 60 mil km na CSS, devidamente carimbadas no manual. Após, revisões em uma conceituada oficina da região onde moro, onde o futuro proprietário pode consultar, se não quiser ler as notas fiscais que tenho, todo o histórico do carro, com cada troca de peça e manutenção efetuada. Qulometragem confere com a idade do carro, docs provam que sou único dono, e registros de oficina provam todo o cuidado com que o veículo foi tratado. ISSO é procedência.

        • Leo

          Eu tive um 0 km pior do que todos os usados que eu já havia comprado.

    • Fernando Bento Chaves Santana

      Se for a vista vale mesmo a pena comprar um usado com até cinco anos de uso. Depois de pesquisar bastante para não pagar gato por lebre. E pode ser um carro pequeno mesmo para escapar do custo de manutenção mais alto dos carros médios e grandes. Com paciência, planejamento e dinheiro na mão é possível comprar um carro usado em excelentes condições, afinal nem todos os proprietários são destruidores de carros. Mas acredito que o maior problema é para quem quer, ou precisa, comprar financiado alongo prazo pois taxas de juros para financiar um usado são muito altas. Se a compra financiada a longo prazo for a única opção de quem queira adquirir o carro, aí não tem jeito: financiar um carro novo será melhor negócio.

    • pedro rt

      prefiro comprar um FIT usado q esse carro 0KM…

      • th!nk.t4nk

        É, um conhecido meu pegou um Fit usado também. Mas deu muito azar com o carro, gastou uma boa grana com manutenção. No fim das contas foi um tremendo abacaxi que consumiu tempo e paciência dele. Depois dessa no Brasil não confio em carro usado nenhum mais.

      • Zoran Borut

        Os preços que pedem nos Fit usados não dão muita vantagem para esse carro, não. É possível encontrar carros mais completos, menos rodados e mesmo de categorias superiores pelo mesmo valor, ou pagar muito menos por um de categoria equivalente. Como o maior diferencial dos Honda e Toyota está mesmo no atendimento em concessionárias, isso acaba deixando de fazer tanto sentido quando se trata de um usado. Manutenção, torca de peças, todo usado vai precisar, e Honda não escapa disso – e o que se economiza comprando um equivalente ao invés do Fit paga-se essa manutenção com folga.

  • O título mais adequado para este post seria:

    “Fiat Mobi: assombração aparece mais uma vez”

  • Lucas086

    Não acredito que a mesma Fiat da Toro foi a que fez esse Mobi, como pode um carro ainda menor que o Uno? Eu tenho um uno e pro meu uso ainda vai, 99,999999% sozinho e os outros 1% com minha namorada, olhando essa porta traseira, como cabe alguém aí? E usar o motor 1.0 que bebi o mesmo que o 1.4 e não anda bem? Só a dianteira desse carro salva.

  • Autofahrer!

    Agora o Up vai ganhar o vidro inteiriço na traseira. Hahaha….

    • Jackson

      Que nada a Volks achou mais barato colocar aquele adesivo preto imitando uma tampa traseira toda de vidro.

  • Fernando Coelho

    Com este desenho pífio o Renault Kwid nadará de braçadas largas! Bastará saber o preço que o francês (indiano) chegará ao mercado no fim do ano e se virá muito pelado ou não. Agora é esperar o salão em outubro pra ver.

    • pedro rt

      nao precisa tanto, em agosto o KWID sera lançado, e antes do salao em outubro a renault vai lançar o DOKKER, substituto da velha kangoo

      • Fernando Coelho

        Eu ouço falar do Renault Lodgy desde 2011 e que ela seria lançado no país. Em relação ao Dokker, ouço falar desde 2013 que também seria lançado. O Kwid eu sei que é certo ser lançado e a última notícia que eu ouvi é que seria no Salão de SP. Mas se lançarem antes será uma surpresa bem-vinda. Agora em relação a Kangoo, há uma nova geração na Europa que não é a mesma daqui e pode ser visto rodando em carros da FedEx, que estão usando a Z.E. Se trocarem pela Dokker será uma grande pena, pois o Brasil vai se afastando cada vez mais da linha europeia em várias montadoras, e nossos carros a cada dia que passam ficam mais “pobres” de tão simplificados! É esperar pra ver!

  • Krazinsky

    Estavam fazendo umas filmagens com esse carro ali no Viaduto 9 de Julho neste Sábado (em frente ao Estadão)- havia 1 vermelho e 1 azul e os carros são horríveis; em uma das pausas (eles faziam tomadas andando pelo viaduto quando o farol fechava) conversei com um dos motoristas e olhei dentro do carro e é muito simples mesmo; o menino falou que esse modelo chegará por aproximadamente 36k, mas até o Up! é mais bonito que ele.

  • CÁSSIO

    só queria saber o custo deste vidro traseiro ai deve ser uma facada ……..

    • th!nk.t4nk

      Talvez, mas desentortar uma tampa também não é baratinho. O custo deve ser semelhante, considerando que é um carrinho popular de larga escala.

    • Malvino Jose Moreira Junior

      Parece ser mais barato hein! ex: quanto é um para-brisa? E quanto é o reparo da tampa da mala com pintura e serviço ! Eu gastei 450,00 uma vez em um palio e só entrou agora foi mais 400,00 no space fox. Lembrando que essa carro tem um para choque que parece que da um palmo ali de distancia na foto. Mas boa pergunta Cássio!

  • Gueu Barboza

    Pelo menos a Fiat teve a coragem de colocar o vidro inteiro na porta do bagageiro, o que a VW não fez com o up! quando fez a mesma peça com aço aparente, tirando muito do apelo moderno do carrinho…

    • The Canadian

      No Brasil o up veio como um “popular”, na Europa a vw oferece varios itens “sofisticados” como teto solar e ar digital(versão reestilizada), imagina o custo pra trocar a tampa inteira de vidro.

      • invalid_pilot

        É que na Europa não existe carro de entrada como aqui, lá ele é citycar – que pra ser vendido aqui como carro de entrada, foi depenado.

        Se viesse com tudo que tem direito, custaria o mesmo do Fiat 500.

        A Fiat ao invés de depenar o 500 preferiu fazer esse Mobi

        • The Canadian

          Exatamente, e a tampa de vidro foi um dos itens que foram retirados a fim de baratear o custo de manutenção.

          • invalid_pilot

            La ele tem frenagem automática e airbag lateral tbm

            • The Canadian

              Infelizmente não é só o up que sofre esses cortes de custo e não é só a vw que faz isso.

        • Zoran Borut

          A tampa de metal do nosso up! é equivalente à usada nos Skoda Citigo e Seat Mii, versões mais baratas que o up!.

      • Gueu Barboza

        O argumento do alto custo de reparação é pífio. A VWBR é careira mesmo. Cobra caro por tudo e explora o cliente ao máximo. Já viu o nível de acabamento do novo Gol top que chega perto dos 60mil??? Na Europa o up! custa a partir de 11mil euros. Isso é popular. Só perde para os Dacia.

        • The Canadian

          A versão de entrada do up europeu é quase tão pobre quanto a nossa e custa mais de 40 mil dilmas, e o mais carro, tirando o elétrico, custa mais de 50 mil dilmas, não adianta espernear que nem a vw nem ninguém venderia um carro que custa 10 mil euros por 10, 15 mil reais, não tem como, a não ser que nossa moeda valesse o mesmo que o euro, e acho que nem assim pois são mercados diferentes e consumidores diferentes.

        • The Canadian

          Com 60 mil reais na Europa se compra um polo 1.0 comfortline, que é mais carro que o gol em todos os sentidos, mas versões topo de linha geralmente não possuem custoxbenefício pois já invadem preços de carros de categorias superiores.
          O up básico europeu, quase tão básico quanto o nosso, custa quase 10 mil euros, o que dá um pouco mais de 41 mil reais, e a versão topo, tirando a elétrica, custa mais de 50 mil reais, sim, vem mais equipado que o nosso mas sem o motor 1.0 tsi, não tem como a vw nem ninguém vender um carro que custa 10 mil euros na Europa por 10 mil, 15 mil reais, não tem como, as moedas não valem a mesma coisa, o poder de compra é diferente e o mercado consumidor é diferente, mesmo que fosse 1 real x 1 euro ele provavelmente custaria mais aqui de qualquer jeito.

          • pedro rt

            nao da pra comparar oq um operario ou o salario de um europeu com o do brasileiro, sao realidades muito diferentes alem das necessidades e muitas outras coisas mas isso nao vale apenas contar com aquela famosa conversao de valores

            • The Canadian

              Sim, a conversão de valores direta é apenas para comparar o preço e não leva em conta outros fatores.

            • th!nk.t4nk

              A conversão direta é válida se considerar o custo de fabricação do carro. E os salários médios na Europa não são tão altos assim como os brasileiros imaginam. Dependendo do país, nem carrinho popular o cara consegue ter zero km, se tiver um emprego meia-boca (os custos de moradia são muito mais elevados, por exemplo). O que salva é que tem muito carro usado com custo razoável, e qualidade suficiente pra durar mais tempo.

              • Cell

                Brasileiros pensam que os salários na Europa são iguais nos EUA, estão bem mal informados. Na Europa, além de ganhar menos, ainda tem mais descontos no contracheque, em alguns países com IR de 50%. Salários altos e com menos descontos na Europa, só na Suiça e na Noruega, mas com custo de vida altíssimo.

      • Gueu Barboza

        Desisto!

      • UP tbm é “popular” na Europa. É um city car/subcompact, A diferença é que nosso mercado não entende o conceito de city car, não tem nicho ainda pra o carro só se prestar a ser isso- a prova é que aqui tiveram que esticar o UP para ele ter um porta-malas maior e ter quatro-portas.

        • Zoran Borut

          Quatro portas o up! europeu também tem, assim como suas derivações Seat Mii e Skoda Citigo.

  • Jaspion

    vai ser carro pra custar abaixo de 30k. com a alta de preços dos ultimos tempos, abriu-se um novo buraco a ser preenchido

  • Filipo

    Fiat Spazio New Generation!!!

    • invalid_pilot

      Spazio era mais bonito que isso e o Oggi era mais simpático tbm

    • pedro rt

      isso ta mais pra nuova seicento/topolino

  • Júlio Câmara

    O CESVI não curtiu a tampa do porta malas de vidro.

  • Carlos Costa

    Frente de Freemont, Portas de Pálio e traseira “vai que cola”…um carro um tanto esquisito.

  • Mardem

    A Fiat tá sendo vítima do vazamento seletivo de informações do Lava-jato.
    Eles encostam o carro pra lavar, vem alguém e bate foto. Nenhum juiz pra pedir sigilo!? Vergonha!

    Hahaha

    E quanto ao carro, quanto mais eu vejo, mais eu me recuso a acreditar que a Fiat aprovou essa aberração!

  • invalid_pilot

    A Fiat percebeu que ficar “vazando imagens” é benéfico para gerar buzz sobre o carro… certeza que esses vazamentos do Mobi e da Toro são casos pensados

    • Zoran Borut

      Só a Fiat?

      • invalid_pilot

        Nessa quantidade de 2x por semana só a Fiat que faz..

  • Jeremias Flores

    me parece que as linhas da dianteira não conversam em nada com as da traseira. em resumo, pra mim ele ficou feio

  • Tiago

    E eu dizendo que os carros chineses eram feios, kkkkkkk

  • HugoCT

    Esperando o lançamento e preços para elaborar meu comentário. Criticar sem ao menos ter conhecido o carro é complicado. De perfil e frente gostei, mas a traseira, claro vai dividir opiniões. Se seus preços ficaram entre 28.000 à 40.000 creio que irá fazer sucesso, pois um popular 1.0 bom e completo hoje não sai por menos de 38 mil.

    • pedro rt

      eu tmb gostei do carro visto de maneira geral mas acho ele pequeno dmais fora q o interior fica sempre com aquela inpressao de uno simplificado sempre

  • Filipe Mascarenhas

    Nossa que traseira mais feia em Fiat, será que as montadoras não fazem uma pesquisa de mercado com o consumidor antes de lançar, conseguiu ser mais feio que o up.

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Será que haverá carroceria com duas portas?

  • ViniCarvalho77

    New QQ é mais bonito que o Mobi, pelo menos em fotos…

  • Marcelo Amorim

    Eu tentava lembrar qual a inspiracao que a Fiat teve pra essa traseira e nao conseguia,hj me lembrei:

  • Lucas Irrthum

    Acho que já deu de flagras do Fiat Mobi, não? Todo mundo já viu que é uma lata de sardinha com design chinês.

    • Raul Cotrim de Mattos

      Isso se chama marketing disfarçado.

      • Lucas Irrthum

        Sim, entendo perfeitamente. Inclusive, essas fotos “vazadas” auxiliam e muito no marketing, pois dificilmente alguém compra algo hoje sem consultar a internet.

    • pedro rt

      lata de sardinha e mas chines nao

      • Lucas Irrthum

        O chinês fica por conta do design das lanternas.

        • th!nk.t4nk

          Chinês desenha melhor heim… Sério.

          • Murilo Soares de O. Filho

            Exagero, chinês não desenha, copia.

  • Mike

    Concordo que o carrinho é feio…. mas nada que umas rodas 17 e um tombinho não resolvam…. achei até que ele ficou “nervosinho” assim… O que acham?

    • pedro rt

      achei q o carro fica melhor original, rebaixado combina mais com carro maior e nao com carrinho

    • Edson Fernandes

      A frente até fica legal… mas a traseira não ajuda…

      • Mike

        Até que não ficou tão ruim…. Acho q dá pra deixar ele arrumadinho…. precisava de uma foto de traseira com um ângulo melhor pra fazer a montagem com as 17.

        • SDS SP

          Sempre melhora, mas vamos combinar que um bom jogo de rodas aro 17 com pneus decentes, não saem por menos de 5k, ai melhor comprar algo melhor.

          • Mike

            Acho q no caso dele, um joguinho de replica da Fiat mesmo, serve…. e consegue por menos de 3 mil… tudo novo.

        • Murilo Soares de O. Filho

          Olhando pó esse ângulo até é bacana.

    • The Canadian

      Me lembrou isso, não sei porque.

      • Mike

        Foi inspirado…. com ctz…. hahahhaa

    • HugoCT

      A frente dele é robusta, o pessoal anda falando mal sem ter visto ainda kkkk, legal a projeção com as rodas.

  • Felipe Alfano Perrone

    Eu gostei desse fundo de vidro, tirando as lanternas, mas eu acho que não vai dar certo. Nosso transito só tem doente mental, e também tem as velhas batidinhas na traseira, fazendo manobras e talz. Vai ser um prejuizo enorme qualquer batidinha nessa tampa

  • Compro Vidro de Perfume Vaziou

    Essa versão pé de boi por dentro é uma desgraça, putz .. Agora pelo que percebi ali tem uma compartimento para uma central, só resta saber se a Fiat vai fazer ela em parceria com a mopar

  • pedro rt

    e pensar q pra fzer esse carro la em BETIM nesse periodo de crise eles tveram q tirar uma serie de carros pra abrir espaço na producao dele, e isso e bom pois a marca precisa estar sempre em continua renovacao se nao quiser ser engolida pelas concorrentes

  • pedro rt

    e pensar q o nosso MOBI vai ser o novo TOPOLINO vendido na europa… so que la ele sera 2 portas e ainda menor q o nosso no comprimento!

    • Mardem

      Desculpe, mas tenho que discordar.
      1. Europeu não aceita frankeinstein.
      2. Não tem plataforma 326/327 na europa. Teria de ser feito na do Panda/500, que são outro nível de subcompactos.
      3. Não espere que esse monstro seja aceito em qualquer clínica com o público europeu. Teria de ser um projeto totalmente diferente.
      4. Esse monstrinho que a Fiat gerou vai, no máximo, ser exportado para o cone Sul. Se muito, México. Pode até ser que seja feito na Índia, já que eles também aceitam essas aberrações no mercado. Europa? Jamé!

      • pedro rt

        essa noticia ja saiu em outro site especializado em segredos e a fiat de betim vai sim produzir e exportar o mobi 2 portas pro mercado europeu, o mobi nao foi pensado pra ser vendido somente no brasil mas tmb pra toda a america latina e europa, a diferença e q o europeu quer um carro 2portas e um pouco menor pra ficar um degrau abaixo do panda como carro de entrada da marca alem de ser um city car

        • Mardem

          Betim exportar pra europa? Com a volatilidade do mercado nacional? Com a situação política atual? Com o dólar flutuante? É muito otimismo acreditar nisso.
          E é como eu disse, o Mobi não tem design pra vender na europa. É pobre em todos os sentidos. É feio, feito nas coxas, remendado. Não tem cacife pra concorrer com Toyota Aygo, Citroen C1, Peugeot 108, Renault Twingo e mesmo o Up. Teria de ser outro carro completamente diferente dessa desgraça que vamos receber. E aí, é mais vantajoso produzir na Polônia. Simples assim.

          • Edson Fernandes

            Mardem, segundo a Fiat o mobi recebeu mais soldas de proteção para ser mais seguro.

            Além disso, o Panda é SIM na plataforma do Uno / Novo Palio.

            • Mardem

              Pelo que me consta, são chapas coladas. Mas não me referia à segurança. Pode ser até que o Mobi surpreenda. Mas o design é totalmente fora de mão. Não condiz com o que se oferece no mercado europeu na mesma categoria. E por remendo, me refiro às peças compartilhadas com o Uno. Se fosse pra vender na europa, seria outro carro. Esse é jabuticaba mesmo.

              • pedro rt

                quem deve julgar se e jabuticaba ou nao e o proprio grupo fiat do brasil e italia nao voce, por tanto o carro vai pra europa com 2 portas e um design na dianteira diferente, mais coisas a mudar ainda ninguem sabe mas se souber pode ter certeza q aquele maior site de segredos de carros do brasil vai revelar antes de qualquer outro

                • Mardem

                  Estou vendo que você não está entendendo o que eu estou tentando dizer. Não sou eu quem julgo ou deixa de julgar alguma coisa na Fiat (quem me dera). Peço que procure pelos carros que eu citei no comentário acima e compare com o Mobi. Vai ver o abismo que os separa. Se tiver um topolino, ele vai seguir o que vemos hoje com Uno e Panda, sendo o Uno o primo pobre e o Panda o primo rico. O Panda é refinado e tem um design bem resolvido. O Uno é bonitinho, mas peca nos acabamentos, tem um interior (pré-facelift) sofrível e é depenado em termos de segurança. É isso.

                  • pedro rt

                    o mobi 2portas ou, nuova topolino, vai pra europa e saira de betim. questao de comparar com outros carros city car nao cabe a vc nem a mim e sim ao consumidor europeu ja q e ele q vai comprar e escolher o carro

                    • Mardem

                      Ok. Já vi que estou dando murro em ponta de faca.

              • Edson Fernandes

                Isso é verdade. Mas perceba que carros da VW costumam compartilhar entre eles muitos itens em comum.

          • pedro rt

            vc se esqueçeu q a fiat de betim e a maior fabrica da america latina, a maior fiat do mundo e uma das maiores fabricas do mundo??? e pelo q sei quem esta em crise e o brasil nao as financas da fiat q pelo jeito estao indo muito bem pra estar 13 anos na liderança

            • Mardem

              Eu sei de tudo isso e não estou desmerecendo a planta de Betim. Pra agregar às suas informações, ela foi a maior do mundo até ser recentemente desbancada pela Hyundai. É a 2ª maior atualmente. Mas como eu expliquei no comentário, a logística é muito mais favorável a uma produção do Topolino (que não teria nada em comum com o Mobi, diga-se de passagem) na Polônia. Se for pra ser feito aqui, será outro carro.

              • pedro rt

                eu falei maior do mundo entre todas as fabricas da FIAT nao entre todas as marcas, e nao falei sobre a possivel logistica, eu sempre trabalho com FATOS nao com possibildades e isso ja foi fechado o novo topolino vai sair da fabrica de betim e vai pra toda a europa com pequenas mudanças no design externo e com 2 portas, se chamara topolino e sera o novo carro de entrada da marca, e vai custar por volta de 5mil a 7mil euros

                • Mardem

                  Ok. Se você acredita nisso, ótimo. Eu só consigo ler nessas entrelinhas “vai pra toda a europa com pequenas mudanças no design externo e com 2 portas” um sonoro “VAI SER UM CARRO TOTALMENTE DIFERENTE DO MOBI”. Posso estar errado, mas é a minha convicção. Só pra esclarecer, também gosto de Fiat, mas esse Mobi é sofrido demais!

                  • pedro rt

                    eu nao estou dando a minha opniao e sim falando sobre tudo q o caça segredos e editor de outro site falou, portanto e isso da forma q falei, do jeito q eu falei. nao sei se o interior vai ser diferente mas a plataforma, estrutura serao identicos, o design vai mudar pouca coisa e o motor sera outro. ja o preço vai ser o mais barato da linha fiat tmb por la

  • Fernando S.

    Pessoal, esse tanque de combustível não vai chegar a 40 litros visualmente, ou seja, autonomia pequena.

    • Ely Takeshita

      o up tem 55l, porque este não chegaria a 40l?

  • mudinho enforcado

    Mobi e seu “dick”…dãaaaaaaa

    • Rafael Neves

      KKKKKKKKKK ba dum tssss

  • Adriano

    E pensar que vi audi 2012, land rover e etc por 8 a 10 mil euros na irlanda, ai vc ve uma noticia que uma merd@ dessa custará 30 mil, eu to indo embora, fiquem com essa bomba ae galera kkkkkkkkkkk

  • Fábio

    Algo me diz que esse carro não venderá bem, e será o 1º compacto a micar da Fiat.

    • Rafael Trindade

      Up! também não vende bem, na europa os planos da VW é tirar ele de linha ano que vem. Aqui esperavam vender 8.000 por mes, e estão vendendo 5.500

      • Jad Bal Ja

        E?

      • 5.500/mês nem é tão ruim assim, levando-se em conta a crise que se instalou no país.

        Pra mim, as vendas do Up! vão aumentar depois do lançamento dessa aberração da Fiat.

      • Rodrigo

        O pior é que nem 5500 vendem ao mês… sai na média de 3500 a 3800/ mês

      • SDS SP

        Na verdade, esses carros nunca tiveram vendas expressivas. Só olhar os concorrentes diretos.

  • zeh

    não seria motor 3cilindros?

    • pedro rt

      o motor GSE 1.0 so vai chegar ano q vem

  • Thiago Porto

    A cada lançamento o Kwid vai ficando mais bonito e bem acabado.!!!!

    • Sim!

      O UP! já é uma obra-prima perto dessa coisa aí…

  • fbl

    Seria o Tata Nano da fiat?

  • Rodrigo

    Na boa, quanto mais “flagras” pior a coisa fica. Se começar em R$30k então, esquece Fiat. Pode baixar para R$22k essa versão Easy, do contrário até um popular chinês passa a ser mais vantajoso (pelo menos vem com ar e direção, no mínimo).

    • Malvino Jose Moreira Junior

      Mas não veem com as peças para reposição, a maior dificuldade é achar peça para alguns chineses, no caso de uma batida então.Mas concordo com vc na parte que é mais vantajoso por ser completo.

  • R1 – o comentário nº1

    Gostei do detalhe da tampa traseira toda em vidro, ficou bem moderno e vai vender muito.

  • João Cagnoni

    Pagando um sinal você leva o “Mobi”, na hora de busca vem o “Lete”.

  • JCosta

    Esse carro é o filho do poltergeist…

  • Le chat noir

    O pessoal critica mas comparado ao uno antes da reestilização já é uma evolução, digo, o modelo atual antes do tapa no visual. Acredito que vá vender bem se vier relativamente barato e com a construção de toro que nem estão falando por ai… ( na real só se vier barato mesmo ) hehe

  • th!nk.t4nk

    To achando que a FIAT vai oferecer algum diferencial (item) nesse carro, ou ser mais ofensiva nos preços. Não faz sentido empurrar por 30 mil peladíssimo, e com esse visual capenga. Tem algo mal explicado ainda.

    • Gustavo73

      A questão não é fazer sentido senão acho que ele não existiria(Mobi)enor pelo preço do Uno Vivace. A questão é mostrar algo “novo” e jogar o preço do Uno no alto. Mesmo vai acontecer com o Kiwd virá por uns 35 mil com o básico o valor do Clio hoje.

  • FranciscoAdrianoSilva

    Essa tampa traseira em vidro vai dá dor de cabeça.

  • Andre Morais

    Lanterninha feia heim pelamor

  • Leandro

    32 mil é 2 portas.
    Se o mobi vier por 28 mil como especulam e só existindo 4p, vemos que tem 4 mil diferenca pra colocar um limpador aí.

    • Gustavo73

      Especulasse vir por 30 mil reais pelado o modelo mais simples. Isso é mais caro que o Vivace hoje e menor. Não tenho ilusões com esses a partir de que aparecem meses antes do lançamento. Seguindo a linha hoje dos preços do Vivace quando equivalentes em equipamentos os preços não fugiram muito do Up por exemplo.

  • FABIANO SCHMITHE

    A Fiat não e nada boba , esta arrebentando o mercado com a Toro a fila já chega a três meses,
    Acredito que vai usar uma grande estrategia para acabar de desbancar a concorrência.

  • 1945_DE

    Como pode um projeto tão porco gerar tanta discussão. O projeto é bem a cara do Brasil. Não sabe da onde veio, não sabe aonde está e não tem a minima ideia para onde vai. Mai como é a regra, em terra em que se anda a pé, quem tem um Mobi é rei. Paciência, quem sabe um dia esse país mude.

  • Ademir Junior

    Essa janelinha traseira é simplesmente claustrofóbica!!!

  • Murilo Soares de O. Filho

    Bom o eu disse, vou esperar o lançamento antes de dar o veredito, o Up quando lançou eu disse que jamais teria um, depois que andei em um gostei, mas não compraria, pelo preço mesmo…pois se preço não fosse empecilho, ia de 500.

  • Tarcio

    A Fiat fez acordo com alguma empresa chinesa para projetar este Mobi. vai ser feio assim lá na China, kkkk . Essa tampa traseira de vidro, qualquer esbarrão já era.

  • Tarcio

    Vai ser difícil a Fiat segurar a concorrência com esse Mobi, ante o Kwid por exemplo.

    • Malvino Jose Moreira Junior

      Cade a versão tropicalizada pé de boi? kkkkk Assim é mole rs… Brincadeiras a parte esse Kwid e bonito mesmo!

  • Bom, melhor esperar para ver o carrinho ao vivo antes de tecer comentários mais apimentados. A Fiat procura um verdadeiro sucessor para o Mille desde que ele foi descontinuado. Essa é uma clara tentativa nesse sentido.

  • William Germano Leite

    Esse não é o carro que a partir de 2010 a Fiat abriu um hot site pedindo para as pessoas escreverem que tipo de carro elas desejariam? Digo que esse carro não tem nada do que eu pedi no hot site… kkkkkkkkkkkkkk

  • Snake Green

    UP da Fiat?

  • Snake Green

    Ainda vou ficar com meu corolla Brad Pitt. rsrsrs

  • Malvino Jose Moreira Junior

    Por que a Fiat não acerta em traseiras ? Faz o simples

  • Carlos Vinicius Amadeo Rosin

    a frente parece uma ducato…com traseira de up TSI kkkk

  • FocusMan

    Esse carro me dá náuseas!

  • Rene Fraga

    Eu particularmente não gosto e não teria Fiat, mas gosto é gosto e não se discute, e acho que vindo esse “PlayMobi” ai e se for acessível em relação a valores é sempre valido, afinal todas as classes tem o direito de ter o seu veiculo próprio, e vejo pessoas falando “os Brasileiros” tem mau gosto, não sabem escolher, compram qualquer coisa etc…. Ai eu me pergunto? De que Pais vocês vieram? Pq eu sou Brasileiro.

  • Magno

    Que coisinha feia . Parece que tentaram fazer plástica num Uno usando um açougueiro como medico . Não vi nada de bonito nesse carrim

  • Allan Cic

    1.0 de quatro cilindros, com menos de 80 cv, sem vidros elétricos, pé rapado de tudo…..por 30k?
    Para quem só tinha a Dilma ou o Aécio para presidente, até que o lixo da Fiat empata com nossa realidade.



Send this to friend