*Destaque Crossovers Fiat Mercado SUVs

Fiat pode voltar ao segmento de utilitários esportivos

fiat-500x-2017 Fiat pode voltar ao segmento de utilitários esportivos

Stefan Ketter, presidente da FCA para a América Latina, em entrevista para o site G1, revelou que a Fiat não descarta ter um novo utilitário esportivo. O executivo brasileiro destacou a grande presença da Jeep – parte do grupo – nas vendas de SUVs com seus modelos Compass e Renegade, que fecharam 2017 em primeiro e quarto, respectivamente, no ranking do segmento.



Porém, Ketter disse também não ver sentido em produtos que concorram entre si dentro das marcas da FCA. O executivo teme uma concorrência contra os produtos da Jeep, que é focada nos utilitários esportivos. Pelo visto, com a dupla da marca americana, o grupo estaria nesse momento satisfeito, já que ocupa uma posição de destaque nesse caso.

Mas, e a Fiat? A marca italiana não tem potencial para emplacar também um utilitário esportivo? Até pouco tempo atrás, a empresa passou a vender no Brasil o Freemont, uma variante Fiat do Dodge Journey. O problema é que era um carro já conhecido do mercado e, mesmo com sete lugares, tinha pouco apelo em uma faixa de preço alta. Resultado, hoje ele já não está mais entre nós….

fiat-500x-2017 Fiat pode voltar ao segmento de utilitários esportivos

Desde o anúncio de que o Jeep Renegade seria feito no Brasil, existia uma expectativa de que o Fiat 500X viria a ser feito no país também, visto que compartilhava a mesma plataforma do SUV “americano”. Embora sejam de porte semelhante e categoria, o crossover da marca italiana tem naturalmente uma pegada bem diferente, sendo mais esportivo e urbano, personalizável e até requintado em comparação com o valente, robusto, retrô e aventureiro Renegade.

Tanto é que essa diferença é crucial para as vendas de ambos na Europa, já que além de cada produto ter uma pegada individual – e público com alvos diferentes – as marcas também possuem imagens bem distintas, ainda mais aqui no Brasil, onde a Jeep ainda tem um apelo mais premium por conta do longo período de importação de produtos de luxo e exclusividade, como Grand Cherokee e Wrangler, por exemplo.

fiat-500x-2017 Fiat pode voltar ao segmento de utilitários esportivos

Ou seja, o 500X seria uma boa oportunidade para a Fiat elevar suas vendas e ainda as do grupo, uma vez que seu lineup foi bem reduzido e não há muitas novidades previstas para o horizonte nacional após o Cronos, exceto por uma atualização da Strada e seus irmãos de passeio, Mobi e Uno. Na Argentina, o Fiat 500X coexiste com o Jeep Renegade. Fala-se nesse momento em um “baby Jeep” na Europa, que pode não gerar um equivalente Fiat por conta de sua origem, o Panda 4×4, que já existe e é um clássico europeu.

Outra opção viável para a Fiat é um SUV derivado da picape Toro, que teria sete lugares para ocupar o espaço deixado pelo Freemont. Como o modelo feito em Goiana parece muito promissor para eventuais outras funcionalidades, entre elas originar um utilitário esportivo, ficaria mais fácil para a marca trazer de volta o nome Freemont ou batizar com algo novo, o que seria mais provável. Isso também evitaria uma batida de frente com a Jeep, pois o Grand Commander no momento parece mais exclusivo dos chineses.

[Fonte: G1]

 

COMPARTILHAR:
  • Dudu Pimentel

    Um SUV Fiat feito em cima do Renegade ou o 500X seriam boas opções…e tem ter câmbio MT6 e AT6 e motores 1.3 16V Firefly Turbo, com injeção direta e uns 165 cv e uns 24,5 kgfm e quem sabe um novo 1.8 16V Tigershark, com uns 145 cv e 19 kgfm no etanol?

    • Pedro154

      Acho bem mais plausível que o próprio Renegade receba o 1.3 Turbo em versões intermediárias. Um SUV menor que ele certamente teria o motor 1.0 Turbo.

      • Peerre

        Esses motores turbos da Fiat já existem?
        Sempre vejo o pessoal falando sobre motores turbo da Fiat.

        • Pedro154

          Estão em fase de desenvolvimento. Serão lançados em 2019.

      • Dudu Pimentel

        Sim…a FCA inclusive afirmou que o Renegade será um dos primeiros a ganhar o motor 1.3 16V Firefly Turbo, que terá em torno de 160 cv e 24 kgfm de torque (terá ID e substituirá o E-Torque 1.8…possivelmente Cronos, Toro e Argo tb terão essa mecânica, junto com uma nova transmissão MT6).

        • Pedro154

          Um Argo 1.3 16V Firefly Turbo vai ser irado! Aqui no AutoSegredos, também saiu a notícia de que a nova geração do Uno terá o motor 1.0 12V FF Turbo. Tomara que seja a volta do Uno R.

          • Dudu Pimentel

            A volta do Uno R acho um pouco difícil (mas não impossível), mas se voltasse, seria uma opção de esportivo interessante (atualmente, o hot hatch mais barato do Brasil é Sandero RS e custa 70 mil reais)

    • tiago

      Acho que não existe 1.8 16v tigershark, inclusive o tigershark está saindo de cena, apesar de não ser tão velho quanto o etorq.

      • Gu92

        O projeto do etorq é de 1997 ou seja 21 anos já, está mais do que na hora da Fiat lançar um firefly 1.3 turbo em seu lugar!

      • Dudu Pimentel

        Ok, mas um Tigershark é mais moderno que o E-Torque…por isso pensei em 1.8 16V com essa tecnologia…poderia ter um Firefly 1.8 16V tb

        • Edson Fernandes

          Que ao invés de criar um motor especifico, coloque logo o motor 2.0 tigershark no Renegade.

          • Dudu Pimentel

            Tb pode ser…a Jeep lançou o Wranger com um novo motor, 2.0 Hurricane Turbo, que tem ID e mais de 270 cv e 35 kgfm…uma versão sem turbo, mas com ID e flex, seria uma coisa interessante tanto prá ele e para a Toro, não acha?

            • Edson Fernandes

              Só acho dificil fazer isso viu. Disse do Tigershark porque seria muito interessante para o Renegade.

        • tiago

          E-torq – brasileiro antigo tritec 1.6 e 1.8
          Etorque – Mild Hybrid global 2.0 com motor elétrico auxiliar e 48v.

          Não entendi pq deram esse nome pro novo 2.0, pq ficou confuso.

  • Maycon Farias

    Um SUV da Toro seria excelente, mas por outro lado não seria bom para as vendas, porque estaria na mesma faixa de preço do Compass. Realmente a Fiat está em um beco sem saída, dois SUVS de sucesso sem espaço para ela.

    • Handlay P.B.

      Creio que não é bom a Fiat engendrar um SUV de 7 lugares para evitar uma concorrência interna, visto que o Compass vai de R$ 109.990,00 até R$ 165.990,00 (sem os opcionais), ou seja, a Fiat teria que colocar o preço de tal carro lá em cima. Seria melhor e mais barato desenvolver uma versão com tamanho avultado do Compass, isso poderia aumentar significativamente suas vendas.

  • Joaquim Grillo

    Não é por nada não mas acredito que o 500x faria sucesso aqui

    • O carro é lindo demais! E como a matéria fala, é mais requintado. Eu gostei muito.

    • Pedro Neto

      com certeza…. mas ja demoraram muito

    • Caio Elisei

      Mas já passou da hora de lançar!! Já perderam muita grana com isso…

      Só na cabeça dos executivos da Fiat que Renegade e 500X disputam o mesmo consumidor.

      Por ex: minha mãe é doida num 500X (e ela possui hoje um 500 normal), mas não gosta do Renegade…

  • th!nk.t4nk

    Ano passado o 500X vendeu 30% mais que o Renegade na Europa. Mas isso é o gosto local. No Brasil creio que suas formas arredondas nao fariam tanto sucesso, porém dependendo do preço poderia ter seu apelo. Teria de ser posicionado no máximo na faixa do Ecosport pra ter alguma chance (e de repente uma versao mais barata com o Firefly 1.3).

    • tiago

      500x aproveita melhor o espaço da base comum, além de retornar um consumo ligeiramente melhor, portanto, é mais racional que o renegade, este se apoia mais no estilo retrô/robusto.

  • Pedro154

    Poxa, vendo essa foto dessa versão do Panda, até que achei ele bem legal. A Fiat poderia muito bem trazê-lo para o Brasil e equipar com o futuro 1.0 12v Firefly Turbo. Seria muito interessante.

    • Gu92

      O Panda europeu lembra muito o nosso Uno, sendo apenas um pouco maior e com tração 4×4 em algumas versões e 4×2 em outras!

      • Pedro154

        Sim. O Panda representa o que o nosso Uno deveria ser.

      • Jean Lehn

        Nosso uno E O PANDA simplificado pode ver os recortes das portas capo teto parabrisa

      • Emanuel Schott

        O Panda é menor que o Uno. Fica no meio termo entre os nossos Mobi e Uno.

        E não acredito que o Panda viria pra cá. O Uno é uma versão de baixo custo dele.

      • th!nk.t4nk

        O Panda é um pouco mais estreito e curto, mas a meu ver é melhor resolvido esteticamente. O Uno foi baseado nele, com muitas simplificaçoes. O que acho mais legal no Panda é o câmbio em posiçao elevada. Um carrinho excelente, mas nao combina com o Brasil, por ter só 4 lugares.

        • Gu92

          Mas ter só 4 lugares na Europa não quer dizer nada, pois para o Brasil poderia seria modificado, visto o Up! Que na Alemanha tem 4 lugares e no Brasil possui 5, acho que esse design do Panda agradaria bastante os consumidores brasileiros por ser aventureiro, mais alto e robusto que nosso Uno, além de ter um interior bem bacana!

          • th!nk.t4nk

            Sim, teria de ser mais largo. Tentaram fazer isso com o Uno. O problema foi terem simplificado o interior, achei isso um grande erro (a ergonomia do Panda é sensacional). Tirar o câmbio de 6 marchas foi outro absurdo. Uma sequencia de erros que prejudicou o sucesso do carrinho, uma pena. E a versao 4×4 deveria ter sido oferecida também logo nos primeiros meses, ao invés daquele Way todo plastificado. Creio que teria seu mercado, se tivessem caprichado mais.

  • Joaquim Grillo

    Onde a fumaça a fogo acredito que já fecharam esse carro vem pra cá sim, visando a concorrência que tá se mexendo seria um concorrente e tanto.

  • Adauto Vieira Dias Júnior

    Meu sonho é ter na garagem esse Fiat 500X. Acho lindo demais ! Espero q até no fim de 2019 a início de 2020 ele seja lançado no país!

  • Gran RS 78

    A Fiat parece que não quer vender mais no Brasil, pois o 500X iria cair como uma luva para o mercado brasileiro, e iria aumentar a participação da marca italiana por aqui. O modelo é oferecido em outros países da América Latina e no segundo maior mercado da marca, o Brasil, ela esnoba os consumidores brasileiros.

  • Vattt

    Quem sabe um Argo Adventure para brigar com Onix Active, Sandero Stepway, HB20X, Crossfox e Aircross? Porque o 500x apesar de bonito e bom, terá preço próximo ao Renegade. Éééééé éééé do Brasiiiiil.

  • Samluzbh

    Não creio que a FCA faça algo do nível do Renegade ou superior, apesar de vender pouco atrapalharia o sucesso da JEEP, se vier algo sera pra concorrer com EcoSport e companhia.

  • Leandro Morais

    Poderiam trazer o Panda 4×4 para o Brasil…seria um sucesso de vendas. Ainda existem muitas estradas sem pavimentação no interior do país

  • Igor Guimasi

    Já não temos o “Fiat Renagade”?

  • Mario

    Sem chances! SUV é com a Jeep e o resto com a Fiat! Um SUV da Toro é o Compass! Não adianta insistir.

  • Bruno Gomes

    A FIAT ainda não entendeu que comprador de Jeep não é comprador de FIAT e sim de outras marcas que migraram para a Jeep. O 500X cairia como uma luva e daria um fôlego à marca. Como sempre repito, com exceção da Toro, a Fiat está dormindo no ponto. Mobi, Argo e até o futuro Cronos são produtos que o mercado não está dando tanto valor. Infelizmente o que vem reinando são os Crossovers e SUV, produtos que a Fiat e a VW ainda não se atentaram. Torço e muito pela vinda desse modelo num preço abaixo do Renegade.

    • Vattt

      Verdade, e ela quem começou no Brasil com a Weekend Adventure e depois a VW com o Crossfox que perderam espaço para a Ecosport, que perdeu para o Duster que perdeu para o HR-V e assim foi… Acho que estão esperando os lançamentos de todas as marcas para lançar seus produtos!!!
      Mas a Fiat só tem espaço abaixo do Renegade, dai na minha pouca visão de mercado, apenas um Argo adventure ou 500X “barateado” na base do Argo para ter preço baixo, ou até subir o preço de toda gama Jeep para esse SUV da Fiat ocupar o lugar do Renegade no quesito preço pq no de qualidade terá de ser barato!!!

  • Jean Lehn

    So importar o 500 X top de linha e vender a uns R$ 89,990 vai ter filas , pois o carro e lindo em Materia de BELEZA ele e o Captur são os mais belos!

  • Marcelo Henrique

    Tem que enxugar e resumir em:
    Jeep: jipes, SUVs e camionetes.
    Dodge: Muscle Cars ou V6.
    Chrysler: carros de luxo.
    Fiat: compactos e familiares (talvez um esportivo para chamar atenção da molecada)
    Alfa Romeo: esportivos puros e luxuosos.
    Lancia: luxo e esportivos AWD.

    • Mario

      Picapes no mundo seria a RAM, aqui no Br a Fiat, já que tem a toro e strada.

  • Olavo

    “Mark my words, boy”, a Fiat vai falir logo, logo. A Ferrari já se desligou da Fiat FCA para não queimar o filme. A Fiat está implorando para outras empresas comprá-la mas ninguém quer, quem quer, quer pagar pouco porquê sabe que é bomba.
    Esse é o resultado de baixa satisfação do cliente.
    https://www.thestar.com/amp/business/2016/04/29/why-fiat-chrysler-may-have-reached-the-end-of-the-road-olive.html

  • Raimundo A.

    Notícia atrasada. Li a coluna do Jorge Moraes, Vrum PE, sobre entrevista com o citado da FCA, na semana passada, e o mesmo disse que a Fiat estaria mirando um produto para SUV com capacidade para o fora de estrada. Todavia, como o texto do G1 também relata, há receio sobre concorrência direta, não querem briga interna, com veículos Jeep aqui, e só esta teria SUVs de verdades.

    O produto poderia ser o quarto a ser feito em Goiana/PE até porque a unidade foi projetada para fazer quatro veículos sobre a mesma base. Considerando que o Commander ficará acima do Compass e deve ficar entre o Cherokee e o Grand Cherokee, especulação passada sobre o Toro ganhar variante SUV que existe e se chama Compass- mudam detalhes- com a capacidade para sete passageiros, é um rumo se for para suceder o Freemont.

    Entretanto, planejamento que encerra este ano já previa um C-CUV para a Fiat, só que no EMEA. Com apelo SUV, este planejamento também previa sucessor para o Fiat Avventura, baseado no Punto, e este sendo renovado, poderia derivar do Argo que é como o Cronos previsto para o APAC.

    A Fiat poderia ter um crossover abaixo do Renegade numa espécie de Argo Way. Algo fácil de fazer e há mercado. Já ter um produto para a vaga do Freemont é mais complicado por conta do mercado devido a preferência pela Jeep. Além disso, há não tem tanto tempo, falou-se num Compass alongado para a China tendo capacidade para sete passageiros também. Se este virar realidade, pra quê um SUV Fiat?

    • Mario

      Acho difícil lançar algo abaixo do Renegade, e acima do Argo. Vamos nos preços, o Argo top sai por 75k, e o Renegade mais barato sai por 85k. Neste vácuo de 10k, é impossível lançar algo melhor que o Renegade, então seria um produto na base do Argo, com alguma ‘coisa’ a mais. Mas não poderia interferir nas vendas do Renegade. Acho, sinceramente, que a FCA não fará isso. No máximo lançar um Renegade mais ‘pé-de-boi’.

  • Fabão Rocky

    Esse Fiat Panda parece uma espécie de Towner Cross. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Handlay P.B.

    Creio que se a Fiat lançasse o 500X no Brasil, ele poderia sugar as vendas do Renegade, posto que provavelmente a maioria dos Renegade vendidos são a gasolina que talvez não sejam focados para andar em terrenos mais difíceis, ou seja, a maioria dos SUVs compactos vendidos são para andar na cidade e fazer altos off-roads nas rampas do shopping. Ademais, é melhor a FCA engendrar um Compass de 7 lugares que um Fiat SUV de 7 lugares para não causar certa mistura nas marcas de tal grupo. Dirigir SUVs deve ser pior que dirigir carro baixo, em uma pista anfractuosa tem que avultar o cuidado ao dirigir esses carros altos.

  • Danillo Santos

    Não consigo gostar dessa família Fiat 500

    • Geruzzus Filho

      Já eu, acho o 500 belíssimo! E também gosto de todos os seus derivados. Se o 500X vier e não custar um órgão vital, terei um!

  • NaoFaloComBandeirantes

    Diga-se de passagem: comendo mosca de não ter um até hoje.

  • Fabio Marquez

    Da para fazer alguma coisa em cima daquele Compass de sete lugares que apareceu na China esses dias…

  • Edson Fernandes

    Se o 500X viesse, ele mataria as vendas da Jeep com o Renegade. Seria um belo tiro no pé ao meu ver. Muita gente migraria e acabaria com a marca Jeep.

    • Mario

      Concordo. E a FCA sabe disso. A Fiat não lançará nenhum SUV. Sem falar, que as vendas do renegade estão ‘mais ou menos’.

  • Joaquim Grillo

    A meu ver a fiat tá vacilando trazendo o fiat 500 e deixando o tipo sedan e hatch e o 500x pra trás

  • Vicente Melo

    Bom dia, gostaria de saber se o presidente, sr Ketter está apar dos defeitos de fabricação da Toro Fredon Manual,comprei uma só vive na consecionaria hoje estou de pé, defeito desde 0km na embreagem e outtos….Att.vicente

  • Celso

    Percebam como o Panda tem muitas similaridades com o Uno.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email