*Destaque *Featured Fiat Lançamentos Pickups

Fiat Strada 2017: novas versões e preço inicial de R$ 46.790

fiat-strada-2017-1 Fiat Strada 2017: novas versões e preço inicial de R$ 46.790

Para seguir sendo líder do segmento de picapes compactas e também entre os comerciais leves, a Fiat Strada acaba de chegar à linha 2017 com pequenas novidades. A gama do utilitário passa a dispor de oito configurações diferentes, sendo cinco novas: Working Plus 1.4 Flex (cabine simples), Hard Working 1.4 Flex (cabines simples, estendida e dupla) e Adventure 1.8 16V Flex Dualogic (cabine dupla).



De acordo com o divulgado da montadora italiana, “a nova gama passa a ser ainda mais competitiva, oferecendo ao consumidor um excelente custo-benefício”.

fiat-strada-2017-5 Fiat Strada 2017: novas versões e preço inicial de R$ 46.790

Fiat Strada 2017 – visual

O visual da Fiat Strada 2017 segue sem nenhuma mudança. O modelo é praticamente o mesmo desde 1998, mas com uma série de alterações na parte estética para entregar linhas mais modernas e dentro da filosofia da fabricante. As atuais formas do utilitário foram introduzidas em 2012, quando a picape ganhou ainda a opção de carroceria cabine dupla com três portas, algo inédito na categoria.

A picape compacta da Fiat é marcada pelos faróis anguloso na dianteira, além da grade com formato retangular, que a partir da versão de acabamento Adventure ostenta um friso cromado com o logotipo da empresa ao centro e para-choque robusto em plástico preto. Já nas laterais, as formas são mais limpas, com destaque apenas para um vinco definido na parte central. A traseira, por sua vez, tem formato pronunciado, com direito a lanternas horizontais que invadem as laterais.

O interior também segue sem mudanças significativas em relação às linhas anteriores do veículo. Assim como nas demais picapes da categoria, a Strada 2017 abusa dos plásticos no acabamento. Todavia, pelo menos nas versões mais caras, os painéis de porta contam com revestimento em tecido.

fiat-strada-2017-4 Fiat Strada 2017: novas versões e preço inicial de R$ 46.790

Fiat Strada 2017 – versões e equipamentos

A nova versão Working Plus 1.4 Flex Cabine Simples da linha 2017 da Fiat Strada se diferencia por oferecer capota marítima, iluminação na caçamba, direção hidráulica, brake light, janela traseira corrediça, grade protetora do vidro traseiro e porta-escada.

Há ainda os itens já presentes na Working 1.4 Flex Cabine Simples, como airbags frontais, freios ABS com EBD, follow me home, computador de bordo, protetor de caçamba, retrovisores externos com comando interno mecânico, rodas de aço de 14 polegadas com pneus 175/70 R14, tampa da caçamba removível e com chave, volante EAS (Energy Absorbing System), entre outros.

Já as versões Hard Working 1.4 Flex trazem os itens da Working Plus, mais ar-condicionado, calotas integrais, faróis de neblina, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas e banco do motorista com ajuste de altura. O modelo com Cabine Estendida dispõe ainda de barras longitudinais de teto e ganchos para amarração de carga na cabine. Por fim, a variante Cabine Dupla traz também porta-óculos, terceira porta e cintos de segurança laterais traseiros retráteis.

Por fim, as versões topo de linha Adventure, além do visual diferenciado, contam com rodas de liga-leve de 16 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, retrovisores externos com ajuste elétrico e repetidores de seta e rádio Connect CD MP3/WMA integrado ao painel com RDS, viva voz Bluetooth e entrada USB. O modelo Cabine Dupla conta ainda com bolsa porta-objetos, porta-copo na lateral traseira e apoios de cabeça traseiros rebaixados com regulagem de altura.

Na Adventure Cabine Dupla com câmbio Dualogic, há transmissão automatizada Dualogic Plus e aletas atrás do volante para trocas manuais de marcha.

Como opcional, há sistema multimídia, sistema Locker do bloqueio de diferencial, sensor de estacionamento traseiro, rádio USB MP3 e pintura metálica. Há ainda mais de 57 acessórios Mopar, que na Strada 2017 contam com garantia estendida: na hora da compra, além dos 12 meses da garantia contratual, o consumidor poderá contratar mais 12 ou 24 meses de cobertura direto na concessionária. Também é possível fazer junto ao financiamento do veículo, o plano de revisão sob medida, podendo adquirir de 2 a 10 revisões.

fiat-strada-2017-14 Fiat Strada 2017: novas versões e preço inicial de R$ 46.790

Fiat Strada 2017 – motorização

A gama de motores da Fiat Strada 2017 também é a mesma. As versões Working, Working Plus e Hard Working são equipadas com um motor 1.4 litro Fire flex de quatro cilindros, que rende 85 cavalos de potência com gasolina e 88 cv com etanol, a 5.750 rpm, e torque de 12,4 kgfm e 12,5 kgfm, respectivamente, a 3.500 rpm, com transmissão manual de cinco velocidades.

Já as variantes Adventure usam um 1.8 litro E.torQ flex de quatro cilindros, capaz de gerar 130 cv com gasolina e 132 cv com etanol, a 5.250 rpm, e torque de 18,4 kgfm e 18,9 kgfm, respectivamente, a 4.500 rpm, com câmbio manual ou automatizado Dualogic Plus, ambos de cinco marchas.

fiat-strada-2017-9 Fiat Strada 2017: novas versões e preço inicial de R$ 46.790

Fiat Strada 2017 – preços

Fiat Strada Working 1.4 Flex CS 2017 – R$ 46.790
Fiat Strada Working Plus 1.4 Flex CS 2017 – R$ 48.820
Fiat Strada Hard Working 1.4 Flex CS 2017 – R$ 52.880
Fiat Strada Hard Working 1.4 Flex CE 2017 – R$ 57.040
Fiat Strada Hard Working 1.4 Flex CD 2017 – R$ 64.250
Fiat Strada Adventure 1.8 16V Flex CE 2017 – R$ 66.280
Fiat Strada Adventure 1.8 16V Flex CD 2017 – R$ 73.130
Fiat Strada Adventure 1.8 16V Flex Dualogic CD 2017 – R$ 77.600

fiat-strada-2017-18 Fiat Strada 2017: novas versões e preço inicial de R$ 46.790

Fiat Strada 2017 – fichas técnicas

HardworkingWorking Plus 1.4 8V Flex CSWorking 1.4 Flex CSAdventure 1.8 16V CEAdventure 1.8 16V CD
Ignição
TipoMagneti Marelli, eletrônica digital incorporada ao sistema de injeçãoMagneti Marelli, eletrônica digital incorporada ao sistema de injeçãoMagneti Marelli, eletrônica digital incorporada ao sistema de injeçãoMagneti Marelli, eletrônica digital incorporada ao sistema de injeçãoMagneti Marelli, eletrônica digital incorporada ao sistema de injeção
Alimentação
CombustívelGasolina/EtanolGasolina/EtanolGasolina/EtanolGasolina/EtanolGasolina/Etanol
Injeção eletrônicaMagneti Marelli, multiponto, sequencialMagnetti Marelli, multiponto, seqüencialMagnetti Marelli, multiponto, seqüencialMagneti Marelli, multiponto, sequencialMagneti Marelli, multiponto, seqüencial
Câmbio
Número de marchas5 à frente e uma à ré5 à frente e uma à ré5 à frente e uma à ré5 à frente e uma à ré5 à frente e uma à ré
Relações de transmissão1ª – 4,273; 2ª – 2,316; 3ª – 1,444; 4ª – 1,029; 5ª – 0,795; Ré – 3.9091ª – 4,273 / 2ª – 2,316 / 3ª – 1,444 / 4ª – 1,029 / 5ª – 0,795 / Ré – 3,9091ª – 4,273 / 2ª – 2,316 / 3ª – 1,444 / 4ª – 1,029 / 5ª – 0,795 / Ré – 3,9091ª – 4,273 / 2ª – 2,238 / 3ª – 1,520 / 4ª – 1,156 / 5ª – 0,872 (0,919 Dualogic) / Ré – 3,9091ª – 4,273 / 2ª – 2,238 / 3ª – 1,520 / 4ª – 1,156 /5ª – 0,872 (0,919 Dualogic) / Ré – 3,909
Relação de transmissão do diferencial4,4004,4004,4004,0674,067
TraçãoDianteira com juntas homocinéticasDianteira com juntas homocinéticasDianteira com juntas homocinéticasDianteira com juntas homocinéticasDianteira com juntas homocinéticas
Embreagem
TipoMonodisco a seco com mola a disco e comando hidráulicoMonodisco a seco com mola a disco e comando mecânicoMonodisco a seco com mola a disco e comando mecânicoMonodisco a seco com mola a disco e comando hidráulicoMonodisco a seco com mola a disco e comando hidráulico
Sistema de Freios
ServiçoHidráulico com comando a pedal e ABSHidráulico com comando a pedal e ABSHidráulico com comando a pedal e ABSHidráulico com comando a pedal e ABSHidráulico com comando a pedal e ABS
DianteiroA disco ventilado (Ø de 257 mm) com pinça flutuanteA disco ventilado (Ø de 257 mm), com pinça flutuanteA disco ventilado (Ø de 257 mm), com pinça flutuanteA disco ventilado (Ø de 284 mm) com pinça flutuanteA disco ventilado (Ø de 284 mm), com pinça flutuante
TraseiroA tambor (Ø de 228 mm) com sapata autocentrante e regulagem automática de jogoA tambor (Ø de 228 mm) com sapata autocentrante e regulagem automática de jogoA tambor (Ø de 228 mm) com sapata autocentrante e regulagem automática de jogoA tambor (Ø de 228 mm) com sapata autocentrante e regulagem automática de jogoA tambor (Ø de 228 mm) com sapata autocentrante e regulagem automática de jogo
Suspensão dianteira
TipoMacPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores transversais e barra estabilizadoraMacPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores transversais, com barra estabilizadoraMacPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores transversais, com barra estabilizadoraMacPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores transversais, com barra estabilizadoraMacPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores transversais, com barra estabilizadora
AmortecedoresHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeitoHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeitoHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeitoHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeitoHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeito
Elemento elásticoMola HelicoidalMola HelicoidalMola HelicoidalMola HelicoidalMola Helicoidal
Suspensão traseira
TipoEixo rígido tipo ÔmegaEixo rígido tipo ÔmegaEixo rígido tipo ÔmegaEixo rígido tipo ÔmegaEixo rígido tipo Ômega
AmortecedoresHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeitoHidráulicos pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeitoHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeitoHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeitoHidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeito
Elemento elásticoMola parabólica longitudinalMola parabólica longitudinalMola parabólica longitudinalMola parabólica longitudinalMola parabólica longitudinal
Direção
TipoMecânica com pinhão e cremalheiraMecânica com pinhão e cremalheiraMecânica com pinhão e cremalheiraHidráulica, com pinhão e cremalheiraHidráulica, com pinhão e cremalheira
Diâmetro mínimo de curva10,7 m10,7 m10,7 m11,3 m11,3 m
Rodas
Aro5,5X14”5.5X14”5.5X14”6,0X16”6,0X16”
Pneus175/70 R14175/70 R14175/70 R14205/60 R16205/60 R16
Peso do veículo
Em ordem de marcha (Std A)1.174Kg1.086,0 Kg1063,0 Kg1.201 Kg (Manual) 1.206 Kg (Dualogic)1.253 Kg (Manual) 1.258 Kg (Dualogic)
Capacidade de carga650 Kg705 Kg650 Kg685 Kg650 Kg
Carga máxima rebocável400 Kg400 Kg400 Kg400 Kg400 Kg
Dimensões externas
Comprimento do veículo4.438 mm4.438 mm4.438 mm4.471 mm4.471 mm
Largura do veículo1.664 mm1.664 mm1.664 mm1.740 mm1.740 mm
Altura do veículo (vazio)1.580 mm1.590 mm (cab. simples) / 1.559 mm (cab. estendida)1.580 mm1.648 mm1.648 mm
Distância entre-eixos2.718 mm2.718 mm2.718 mm2.753 mm2.753 mm
Bitola dianteira1.425 mm1.425 mm1.425 mm1.469 mm1.469 mm
Bitola traseira1.390 mm1.390 mm1.390 mm1.430 mm1.430 mm
Altura mínima do solo (vazio)170 mm170 mm170 mm194 mm194 mm
Volume do porta-malas680 litros1.220 litros / 910 litros680 litros910 litros680 litros
Tanque de combustível58 litros58 litros58 litros58 litros58 litros
Desempenho
Velocidade máxima170 km/h (G) / 173 km/h (E)170 km/h (G) / 173 km/h (E)170 km/h (G) / 173 km/h (E)178 km/h (G) / 179 km/h (E)178 km/h (G) / 179 km/h (E)
0 a 100Km/h13,4 s (G) / 12,4 s (E)12,7 s (G) / 12,2 s (E)12,7 s (G) / 12,2 s (E)10,6 s (G) / 10,3 s (E)10,6 s (G) / 10,3 s (E)
Motor
PosiçãoTransversal, dianteiroTransversal, dianteiroTransversal, dianteiro Transversal, dianteiro Transversal, dianteiro
Número de cilindros4 em linha4 em linha4 em linha 4 em linha 4 em linha
Diâmetro x Curso72,0 x 84,0 mm72,0 x 84,0 mm72,0 x 84,0 mm 80,5 x 85,8 mm 80,5 x 85,8 mm
Cilindrada total1.368 cm³1.368 cm³1.368 cm³ 1.747 cm³ 1.747 cm³
Taxa de compressão12,35:112,35: 110,35:1 12,35: 1 11,2:1 11,2:1
Potência máxima85 cv / 5.750 rpm (G) 88 cv / 5.750 rpm (E)85 cv / 5.750 rpm (G) 88 cv / 5.750 rpm (E)85 cv / 5.750 rpm (G) 88 cv / 5.750 rpm (E) 130 cv/ 5.250 rpm (G) 132 cv / 5.250 rpm (E) 130 cv/ 5.250 rpm (G) 132 cv / 5.250 rpm (E)
Torque máximo12,4 Kgfm / 3.500 rpm (G) 12,5 Kgfm / 3.500 rpm (E)12,4 Kgfm / 3.500 rpm (G) 12,5 Kgfm / 3.500 rpm (E)12,4 Kgfm / 3.500 rpm (G) 12,5 Kgfm / 3.500 rpm (E) 18,4 Kgfm / 4.500 rpm (G) 18,9 Kgfm / 4.500 rpm (E)  18,4 Kgfm / 4.500 rpm (G) 18,9 Kgfm / 4.500 rpm (E)
Nº de válvulas por cilindro222 4 4
Eixo de comando de válvulasUm no cabeçoteUm no cabeçoteUm no cabeçote Um no cabeçote Um no cabeçote

Galeria de fotos da Fiat Strada 2017

COMPARTILHAR:
  • Rmx

    Acho que a FIAT vai vender esse Palio dos anos 90 até 2090 batendo o recorde de Fusca e Kombi!
    É tão impossível assim atualizar o desenho para a atual linha Palio mantendo ou melhorando os pontos positivos desse modelo.
    Seria sempre um carro básico sem muita tecnologia, uma boa picapinha derivada de um compacto!

    • Artur

      Calma, logo logo chega a X6P, projeto de picape baseada no novo Punto (ou Palio, sei lá, rsrs), projeto X6H (hatch) e X6S (sedan). Está prometida para 2018.

      • Faltou completar: com preço inicial sugerido em 70 mil reais.

        • Artur

          Não dá para saber antes de lançar, mas não duvido…

    • Gran RS 78

      Enquanto ela for líder de vendas acho que a Fiat continuará com a Strada do jeito que esta. O mais intrigante para não dizer revoltante, o modelo ganhou o título de melhor pickup compacta pelos proprietários da eleição “Os eleitos”, da revista Quatro Rodas desse ano. O mais interessante foi que um dos pontos mais elogiados pelos proprietários da Strada foi a ” modernidade do projeto”, kkkk. Para vc ver o quanto que os consumidores entendem de seus carros.

      • Alessandro

        Cara, é a melhor picape compacta que temos, sem dúvidas. Longe de ser um produto ruim ou ultrapassado.

        • Gran RS 78

          Discordo de vc. A Strada é boa somente nas versões básicas para trabalho,pois as mais completas custam uma fortuna.Na minha opinião a Saveiro é muito mais moderna e bonita que a Strada. Vc deve estar brincando quando disse que ela não é ultrapassada, pois ela é a mesma desde 1997, deriva do primeiro Palio, somente com reestilizações. Ela é um dinossauro sobre rodas.

    • Leo

      Acho que o que pesa é a confiabilidade das versões de trabalho. É difícil enfiar na cabeça do público desse tipo de carro que um novo projeto pode ser tão robusto quanto ela…

  • Elfo Safadão.

    cadê a nova estrada?
    se foi uma piada, foi de muito mal gosto pessoal do NA…

    • Hater x Haters

      Em lugar nenhum estava escrito “nova Strada”…

  • zekinha71

    É bom a Fiat começar a desenvolver a sucessora da Strada, por enquanto ela está reinando, mas se surgir uma concorrente melhor, vai perder mercado rapidamente.
    É só ver o que aconteceu com o Gol, e na própria casa com Palio e Uno, eram tudo top de vendas e agora estão despencando

    • Hater x Haters

      Nenhuma montadora manifestou que vai lançar uma Pick Up compacta. Por isso a Strada vai reinar por um bom tempo ainda…até chegar a X6P da própria Fiat…
      E chega de chororô. Ela é ultrapassada? É! Mas ela é muito boa no que faz. É a preferida de empresas e produtores rurais pela sua robustez e facilidade de manutenção. A Saveiro não aguenta o tranco.
      Strada, Land Rover Defender, VW Kombi, Lada Niva, Ford Crown Victoria, Nissan Tsuru, e um grande etc, duraram ou duram até hoje pois são bons no que fazem e o consumidor não quer o fim desses carros.

      • zekinha71

        Quando saiu a Strada com o primeiro FL eu comprei antes mesmo de divulgarem que ela ia mudar.
        Saia na rua e todo mundo ficava olhando, depois dessa veio mais umas 4, todas guerreiras, aguentavam carregar lenha, entulho, sacos de farinha, engradados de bebidas, sem arriar a suspensão.
        Sua concorrentes parecem carrinho de boutique, mas olhando esse painel me lembrei da primeira que tive, lá em 2001.
        Vamos ver com vai ser a X6P, espero que não façam burrada, porque até agora pouco se sabe como será.
        E dos que vc citou, jamais deveriam ter matado o Defender, nem que fosse fabricado por encomenda, pra mim sempre será o maior ícone, era perfeito pra que foi projetado.

        • visanpai

          Os orfãos da Pampa compram a Strada. Isso não é nenhum demérito para a Fiat, mas sim para a concorrência.

        • Rmx

          Se aguentava tanto assim porque já está na quinta ? As quatro primeiras não aguentaram ?
          Se tivesse comprado 5 de outra marca estaria reclamando que tiveram que trocar porque não aguentavam!
          Eu não aguento isso ! Kkkkkkk

          • zekinha71

            Já ouviu falar em aumento dos custos de veículos de serviços, depois de um tempo sai mais barato passar pra frente e comprar outro zero.
            Ou vc acha que as transportadoras trocam de carretas, e empresas de onibus fazem trocas, só pra ostentar que tem dinheiro.
            Vc já viu quanto custa um navio, e depois de 20 anos de uso é muito mais barato mandar pro desmonte e comprar outro, do que bancar o seguro.
            Pesquise quanto custa um Boeing ou Airbus top novos, e veja quanto tempo as companhias mantem em uso, aliás no caso de grandes aviões, a maioria nem é comprada, é feito leasing pra manter os custos baixos. Deu algum problema na companhia, elas rapidamente devolvem os aviões, e vez de ter que tentarem vender e ficar tendo que fazer manutenção, mesmo estando no solo parados.
            Uma coisa é comprar um carro pra uso pessoal, daí se for bom, as pessoas coerentes querem ficar com ele um bom tempo, outra coisa é comprar pra ralar em empresa.

      • Daniel

        Concordo em parte com a sua opinião, mas a evolução é algo necessário… quando a GM lançou o Omega (acho que em 93 ou 92) e descontinuou o Opala, muita gente achou absurdo. Ou seja, o consumidor queria a continuidade do Opala, mas não dava mais por vários fatores, senão até hoje teríamos o Opala em linha (mas com ABS e airbag hahaha).

      • Mario

        Perfeito comentário do HaterxHaters. os caras reclamam que é a mesma desde 1990, mas não fazem nada melhor!!! Onde está a super, mega, nova saveiro???

      • EuMeSmObYmYsElF

        não justifica custar quase 50 mil dinheiros

      • zekinha71

        Enquanto eu tive Strada nunca tive problemas com elas, daí meu irmão fez a besteira de pegar uma Saveiro G4, comprada zero, na primeira semana já começou barulho nas correias, depois era a injeção que não sabia o que era marcha lenta.
        Ficava oscilando entre 800 e 2.500 rpm direto.
        Toda semana parava na ccs, e o serviço na empresa parado.
        O problema só foi solucionada depois de seis meses, quando um ladrão fez o favor de roubar.
        Depois ele insistiu e comprou uma G5, deu alguns probleminhas, mas também foram solucionados com ladrão.
        Ou seja as Stradas ficavam largadas na rua 24 horas, não davam problemas e nunca foram roubadas, já as Saveiros é só deixar um pouco na rua que já somem, fora manutenção, e seguro bem mais caro.

    • Mario

      Zekinha, se a strada perder para alguém, será para a Toro. Daí pra baixo não tem concorrentes. A VW já demonstrou que não tem capacidade para tal.

  • Louis

    Painel retrô. KKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Põe retro nisso! Parece que colocaram a foto do interior de um carro do início dos anos 90.

      • Louis

        Mas é dos anos 90. hehehe Basicamente um Palio 96

  • Fanjos

    Nesse tópico estamos em 1999….mas a Matrix quer que vc pense isso, porque 1999 é o auge da civilização, a data próxima na verdade é de 2099, mas o dia certo nós não sabemos.

    • Ailton

      Off tópico: faltam 5 meses para a previsão, de menos de 1000 civics vendidos por mês. 😂

      • Fanjos

        Anota ae!
        Isso vai comprovar umas das teorias do Grande Filtro Automotivo
        – A primeira teoria diz que veículos dessa categoria nessa faixa de preço são raros, e que tirando o fator novidade as vendas devem cair, e com consequência ter descontos pomposos futuramente, estará tudo bem. (Aposto nessa teoria, que é o mesmo que acreditar que a terra é o centro do universo)

        – A segunda teoria diz que veículos dessa categoria nessa faixa de preço não são tão raros e mesmo depois do fator novidade passar ainda venderá o suficiente para desovar os estoques, e não haverá descontos, mas não terá muitos aumentos, pois venderá somente o suficiente, então estaremos parcialmente bem

        – A terceira teoria diz que veículos dessa categoria nessa faixa de preço é comum e mesmo depois do fator novidade passar ainda venderá muito mais do que deveria, e alem de não haver descontos, terá muitos, mas muitos aumentos saborosos e estaremos ferrados!

  • Fabio Marquez

    Poxa, tiraram o motor 1.6 de cena. O desempenho dele era muito bom, mas pena que tinha pouca saída…

    • Fernando S.

      O correto seria ter tirado essa 1.4 manca do catálogo e deixado a 1.6 nos mesmos preços q as 1.4 estão.

      Mas brasileiro não reclama, deixa assim. Ficar atrás de uma Strada em uma subida com a caçamba metade cheia é desesperador, anda na mesma velocidade de um caminhão bi articulado carregado.

      • Retrato do Papai

        para quem utiliza a strada para trabalho (a maioria, já que quem quer um carro para curtir geralmente parte para a saveiro), simplesmente não faria sentido tirar o fire 1.4, que anda de forma decente, aguenta o tranco e pode fazer manutenção na esquina de casa, além de ser bem tolerante com desleixos na manutenção… diferente do etorq que tem peças bem mais caras e difíceis de achar fora da rede de ccs, mão de obra não tão abundante (principalmente quando falamos do interiorzão etc.)… resumindo, tirar o fire 1.4 seria como decretar a morte da strada

  • Fernando S.

    47 mil reais com direção mecânica. E ainda vende a baciadas kkkk

  • Fernando S.

    E direção mecanica nas duas primeiras versões.

  • Ju

    O problema não é a FIAT vender um projeto dos anos 90 com preço exorbitante; o que mais preocupa é quem compra um projeto dos anos 90 com preço exorbitante.

  • Daniel

    Quase 78K num “Palio recortado”, baseado em uma plataforma de 1996. Pelo que li na matéria, um dos grandes diferenciais das versões mais caras são as “portas com revestimento em tecido”… fala sério. E a versão básica por quase 47K? Essa devia partir do mesmo preço inicial de um Mobi ou menos. Todo mês fico pasmo de ver essa velharia como líder da categoria… deve ser pura falta de opção mesmo.

    • Romario Kitana

      É isso mesmo Daniel, muito defasado e extremamente caro. Se bem que eu estava mesmo pensando em comprar uma strada dessas aí completa ou uma spacecross top de linha, também por 80 mil. Qual você acha que vou fazer mais papel de otário?

      • Daniel

        Não acho que quem compra esses carros faz papel de otário. Como eu disse, acredito ser falta de opção, por isso esses carros são tão caros apesar de defasados. Entre essas duas opções eu ficaria com a Spacecross pelo maior conforto e projeto mais moderno, mas penso que há outras boas opções nessa faixa… talvez seja uma boa esperar mais uns meses para chegada de versões mais em conta do Kicks ou pesquisar outros SUVs compactos, mas tudo depende do seu gosto e necessidades.

        • Romario Kitana

          Em que pese o preço dos carros estarem um absurdo, pagar 80 mil na mesma base mecânica de um carro de 40 mil não me parece ser coisa que pessoas inteligentes fariam. Quem compra essas versões ainda está andando numa bosta de Strada ou numa porcaria de um Fox! Mas cada faz a merda que quiser com o dinheiro que ganha. Só sei que eu não sairia da concessionária Fiat com uma Strada “completa” em vez de uma Toro básica. Mas, novamente, tem idiota a rodo nesse país, e as montadoras ficam dando risada já que conseguem enganar esse povo chucro e sem o mínimo de informação.

        • Romario Kitana

          Em que pese o preço dos carros estarem um absurdo, pagar 80 mil na mesma base mecânica de um carro de 40 mil não me parece ser coisa que pessoas inteligentes fariam. Quem compra essas versões ainda está andando numa Strada ou num Fox! Mas cada faz o que quiser com o dinheiro que ganha. Só sei que eu não sairia da concessionária Fiat com uma Strada “completa” em vez de uma Toro básica. Mas, tem muita gente desinformada nesse país, e as montadoras nadam de braçada já que conseguem enganar esse povo chucro.

          • thiago barbosa

            acredito nao serem desenformados, pois quem escolhe a strada e nao a toro e pq são publicos diferentes… quem vai na toro é por lazer, ou levar bugiganga….. quem compra strada é pq quer sussego, e para trabalho….
            Quem garante que a toro aguenta igual ou mais que a strada?? e manutenção, seguro, peças de reposiçao??? com ctz as peças da strada são muito mais em conta, sem contar que muitos nao ligam se são originais ou paralelas, e ai pagam merrecas por peças…. agora e a toro? teria coragem de colocar farol paralelo em uma??? isso se achar né… pastilhas, pneus, consumo, td a toro dara maior gasto, e quem quer colocar para bater, usar sem dó preferi pagar pela strada

            concordo que esta defasada, mas continua sendo um otimo projeto, mesmo 20 anos depois, inclusive melhor q muitos modernos

            obs: nao tenho strada antes q falem qu su fa boy…kkkkk

            • Romario Kitana

              Com certeza quem compra a Strada CABINE DUPLA de 80 mil vai utilizá-la para o trabalho já que ela tem uma caçamba que não cabe quase nada! Não concorda comigo e quer comprar uma Strada em vez de uma Toro, ok. Mas acredito que para trabalhar a versão de 40 mil dá e sobra, ainda mais por ter uma caçamba maior.

              • Alessandro

                Romario, quanta ignorância. A CD é ótima para empresas que precisam transportar algum material para trabalho e mais de 2 funcionários. Exemplo: Instaladora de ar condicionado, Manutenção Elétrica, MAnutenção mecânica, etc

                • Romario Kitana

                  Bem, se eu fosse chefe compraria a cabine dupla mais simples de 64 mil pra peãozada bater e não a de 78. Mas sei lá né. Vai ver que é por isso que sou peão rs

        • Alessandro

          Você ficaria com uma spacecross ao invés de uma strada?! Bora carregar dois fardos de feijão nessa spacecross? huahuahuahua!

          • Daniel

            Para o tipo de uso que eu faria (uso urbano e viagens em no máximo 2 pessoas), os dois veículos atenderiam igualmente bem, por isso comparei exclusivamente a idade e concepção dos projetos. Já para quem vai carregar sacos de feijão, cimento, etc, de fato a spacecross é totalmente inadequada.

    • Alessandro

      Você está lembrado que a maioria compra com desconto para CNPJ? E você está lembrado que ela praticamente dita os preços do mercado já que não tem concorrente!?

      • Daniel

        Eu tenho CNPJ e os descontos da Fiat pra quem tem CNPJ não são tão significativos. E, como eu disse antes, há falta de opção, portanto fica implícito que esse veículo antiquado dita os preços na categoria.

  • expoJapãoAcelLondrina

    palio

  • Guilherme Ferreira Lucio Lemes

    Esperava a substituição pelo novo 1.3 também! Estranho, mas compreensivo, pois o público dela gosta muito desse motor 1.4 por causa do valor de manutenção ser baixo.

    • Leandro

      O fire é robusto e eficiente no trabalho. Ponto. O Firefly ainda não teve tempo de mercado para provar isso. Provavelmente seguirá pelo mesmo caminho….mas convenhamos: se a Fiat é líder absoluta com a Strada, se não tem nenhum concorrente vindo aí… E se já está planejando uma nova Strada para 2018, pra que gastar $ agora?

  • Feliphe Santos

    Nem adianta reclamar da Fiat “ahh, preço alto ” “eita carro desatualizado, de 1999”! A Fiat não vai mudar enquanto a Strada continuar líder, ponto.

  • Luccas Villela

    Que horror, tiraram a versão Trekking que era a melhor da linha. Estão exterminando o 1.6 16V. Acho ele melhor que o 1.8.

  • Kaian Reis

    Weekend abandonou o motor 1.6 e-torq, agora a strada também, os únicos que usam e o palio, grand siena e o punto, mas ambos vão sair de linha para chegada dos novos projetos X6H e X6S, será que é o fim do 1.6 e-torq?

  • delvane sousa

    Meu pai tem uma há mais de 10 anos. Mora e trabalha no sitio com ela. Esta com 140 mil km rodados, 99% rodados em estrada de terra. É um veículo rústico mas muito resistente. Pau pra toda obra mesmo.

  • Omega

    Fiat Strada Working 1.4 Flex CS 2017 – R$ 46.790 ???? Em 2009 era a partir de R$ 33.800…….. aonde vamos parar??

    • EuMeSmObYmYsElF

      com inflação de 63% de 2009 a 2016, ainda vai longe, amigo… enquanto isso em países sérios…

  • thiago barbosa

    mew, nao entendo qual o problema reclamado por muitos pelo projeto antiquado da strada??? é antigo, mas melhor que muitos projetos modernos!! foi comprovado o quanto o carro aguenta!!! motor e manco, mas atende a necessidade desta cliente-la!! conforto aceitavel por ser um ultilitario!! consumo razoavel “1.4”!! manutençao baratissima e assistencia em qlq esquina!!! com ctz a melhor opçao para quem procura um ultilitario.

    saveiro pode ser mais moderninha, mais bonitinha, mas nao chegue nem perto para quem usa sem dó!!!
    (ah, mais com o preço de uma strada top compro uma toro)
    mas a toro aguenta o mesmo que a strada??? nao sabemos!!! bate um farol de uma toro e vai ver o preço!! quebra o retrovisor então!!! seguro!!! pneu!! etc… a toro esta mais para para clientes que procuram lazer, satisfaçao e nao robustez…

    não tenho strada pois não necessito de pick-up, mas ja tive, e ja andei em varias, com ctz seria minha compra caso necessitasse

    • Romario Kitana

      Nada contra não. Também acho interessante na versão de entrada e deve ser pau pra toda obra. Só acho no mínimo excêntrico o cidadão que compra a versão top e paga 80 mil. Mas gosto é gosto. Tem mano que compra golf, A3 por 30 mil e gasta outros 30 colocando roda, som… eu compraria outro carro logo de cara. Acredito que seja essa sensação de exclusividade que motive alguém a comprar a Strada top. Estando feliz é o que importa. Eu pessoalmente me sentiria um otário.

  • Diego Berri

    Tem que ser muito louco para pagar R$ 77.000 em uma Strada, por R$ 95.000 já tem A3 Sedan, é uma piada mesmo, sem contar que a Saveiro dá de 10 a zero…

  • Lucas Nascimento

    Tem trouxa que paga 70 mil nesse Palio Fire de 1998 que foi transformado numa picape.

    Com plásticos de má qualidade, mal encaixados e cheio de rebarbas;

    Motor E-porc ultrapassado e beberrão, e sem VVT (Controle de Válvulas Variável);

    Motor 1.4 ultrapassado de apenas 80 cv (sendo que o 1.0 3 cilindros da Ford tem 85 cv)

    Nota zero em segurança (qualidade da carroceria).

    É aquele ditado, “O que seria dos espertos se os trouxas não existissem”.

  • Impala_67

    Nova S10 CD Advantage 2017, 6 marchas, MYLINK 2ª Geração, OnStar, Motor 206cv SIDI Flex com injeção direta, Completa por 89.900,00 chega a ser uma PEXINXA perto da Strada Adventure.

  • Leandro Santos

    A versão nova tá pronta. Desde 1998.mas como continua líder desde lá, só dão uns tapinhas no visual.

  • Igor

    Bem que a Fiat podia ser camarada e disponibilizar o motor 1.3 Firefly na Strada. A Strada também já merecia ser derivada do novo Palio, para ter um espaço interno melhor.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email