*Destaque *Featured Fiat Lançamentos Pickups

Fiat Toro Blackjack começa a ser vendida por R$ 112.990

fiat-toro-blackjack-2018-1 Fiat Toro Blackjack começa a ser vendida por R$ 112.990

A Fiat anunciou hoje (segunda-feira, 18) a chegada da nova Toro Blackjack ao mercado brasileiro. O novo modelo tem como base a versão de acabamento Freedom com motor 2.4 litros e se diferencia por alguns detalhes no visual e também no acabamento interno. A Fiat Toro Blackjack está disponível na rede de concessionárias com preços que partem de R$ 112.990.



O visual da Fiat Toro Blackjack se diferencia das demais versões pela pintura em grafite escuro nas rodas de liga-leve de 17 polegadas, friso da grade dianteira, retrovisores externos e barras de teto, além dos logotipos na cor preta e uma faixa preta que percorre todo o capô e tampa da caçamba. A picape está disponível em duas tonalidades pretas para a carroceria: Shadow (sólida) e Carbon (metálica).

fiat-toro-blackjack-2018-3 Fiat Toro Blackjack começa a ser vendida por R$ 112.990

No interior, há detalhes na cor cinza claro, como a moldura da central multimídia (com o nome da versão), molduras das saídas de ar e molduras dos alto-falantes, além dos bancos revestidos em couro e tecido, com direito ainda ao nome da versão especial bordado nos encostos dianteiros.

A lista de itens de série oferece sistema multimídia com tela sensível ao toque de 6,2 polegadas, rádio, DVD player, TV digital, navegador GPS, USB, Bluetooth, câmera de ré e volante multifuncional. Há ainda faróis de neblina, luzes diurnas em LED, sensores de luz e chuva, retrovisor interno eletrocrômico, ar-condicionado digital de duas zonas, tapetes de carpete, porta-objetos abaixo do banco do passageiro, entre outros.

fiat-toro-blackjack-2018-9 Fiat Toro Blackjack começa a ser vendida por R$ 112.990

O motor que equipa a nova Fiat Toro Blackjack é o mesmo da Freedom 2.4, um 2.4 Tigershark MultiAir flex de quatro cilindros, que consegue desenvolver 174 cavalos de potência quando abastecido com gasolina e 186 cv com etanol, a 6.250 rpm, e torque de 23,5 e 24,9 kgfm, respectivamente. Junto a ele está um câmbio automático de nove velocidades e tração dianteira.

Galeria de fotos da Fiat Toro Blackjack

  • Franco Heringer

    Eu acho bizarro um cidadão pagar mais do que R$ 50 mil em um fiat, seja ele qual for. Agora, pagar acima de R$ 100 mil é de uma insanidade sem explicação lógica…. Refiro-me ao valor agregado do produto, que deveria seguir a mesma dinâmica dos USA. No Brasil, toyota vira artigo de “luxo”, não pela qualidade de acabamento e materiais nobres, mas tão somente pelos valores cobrados…

    • tiago

      Então uma Pickup cabine dupla 2.0 turbodiesel 4×4 deveria custar 49.900 para não ser bizarro?

      • leomix leo

        Acho que no máximo 89k, esses carros estão caros de mais, fui fazer cotação de seguro de um carro de 80k desisti, preferi ficar com meu 2012 quitado e com seguro relativamente barato. Segui o conselho de um amigo do grupo e não troque de carro. Viajei, reformei a casa, e guardei o restante. Fiz uma revisão boa, ele fica mais 5 anos comigo, no mínimo.

        • ViniciusVS

          Realmente, quem precisa escolher se troca de carro ou se reforma a casa tem que trabalhar com as prioridades mesmo. Sem dúvidas a melhor coisa que você fez, descansou e reformou um imóvel que vai retornar em maior qualidade de vida pra você e sua família. Carro realmente não é uma prioridade.

          Agora para aquele que tem renda para viajar, trocar de carro e reformar o imóvel ao mesmo tempo, acho que vale apena trocar sim.

        • afonso200

          idem meu Azera 11 e Altima 13/14 . trocar pra que

          • ObservadorCWB

            Baita escolhas. Embora deva conhecer quem critique. Quanto paguei 79 no Azera completíssimo em 2009 teve gente que achava melhor ter pago a mais no Sonata (que é muito menos carro que o Azerão). Tenho saudades da barca.

          • Fedido

            Se eu tivesse um Altima eu não trocava era nunca

      • Franco Heringer

        Refiro-me a FIAT! Estas carroças vendidas no Brasil com preços dignos de carros premium.

        • Alexandro Henrico von Mann

          Toro seria o que?

          • Franco Heringer

            Uma carroça a preços de carro premium, como todos os nacionais/coreanos e japoneses. Nada mais…

            • Alexandro Henrico von Mann

              ;) Mais um dono da verdade….

      • Franco Heringer

        Fiat, colega…. carroça, assim como 99% dos nacionais/coreanos… o próprio toyota é um absurdo o que se cobra!

    • Marcus Mendes

      S10 2018 CABINE DUPLA LT 4X2 – 2.5 AT FLEX R$ 109.490.
      Ranger XLT 2.5 Flex – MT Preço Sugerido R$ 118.420
      Ranger XLS 2.2 Diesel 4X4 – MT Preço Sugerido R$ 148.850

      • Fabio Marquez

        S-10 não tem ESP, a Ranger tem cambio manual… Fora que uma Toro Diesel é mais barata.

        • Elizangela Oliveira

          Na prática a XLS diesel automática sai por 120.

        • Marcus Mendes

          S10 e Ranger são pickups de verdade, a Tora é só um carro normal com caçamba.

          • Miguel

            Deve ser justamente por isso que ela deixa as outras na poeira…

            • Randy Marsh

              o objetivo de uma camionete é transporte de cargas, quer correr, pega um sedan..

      • Elizangela Oliveira

        A Ranger XLS encontra por menos de 112k.

    • Mario

      O que seria bacana?? Pagar 60k num up! 1.0???

      • Franco Heringer

        Não, o bacana seria pagar o preço justo, como se paga nos USA. Infelizmente no Brasil aceita-se tudo, e , se quisermos ter um carro “melhorzinho”, temos que bancar o preço de dois!

        • Mario

          Ah! Concordo! Mas ai não seria apenas para carros da fiat!

  • Raul Cotrim de Mattos

    A Fiat está de parabéns! Tem que arrancar cada centavo desses trochas… tenho dó não!

  • Maycon Farias

    Linda, uma das minhas futuras conquistas.

    • Renan Abreu de Moura

      Ironic mode?

      • Maycon Farias

        Não Não, Real Mode! Eu amo esse carro. Uma de minhas futuras aquisições sem duvida nenhuma, é claro uma usada bem conservada.

        • Wanderson Bonifacio

          Também gosto muito da Toro. Na minha opinião, o melhor Fiat de todos os tempos.

          • Dezen Seide

            Não é Fiat, é Jeep
            Apesar de pertencer ao grupo, não tem o mesmo DNA se é q me entende

            • ViniciusVS

              E tem o DNA da Jeep? uma RAM emergente talvez kkkk

            • Wanderson Bonifacio

              Não conheço nenhum Jeep Toro e sim Fiat Toro.

        • Leonardo Lima

          Aposto que as versões 2.4 vão sofrer a maior desvalorização, tornando-se uma ótima compra quando usadas

    • Mario

      Maycon, uma ótima escolha. Não dê ouvido para os fansboys do 1.0tsi super, mega, plus. Eles acham normal pagar 60k num up!. Também penso nesta opção. Parabéns pela escolha.

      • Maycon Farias

        Escolher ate que foi fácil, agora só falta a grana, quando eu puder comprar já vai estar mais para UsadaJack kkkk

      • Maycon Farias

        Inclusive hoje já é possível encontrar algumas 2016 na casa dos 75 mil, daqui a algum anos vai estar no preço que posso pagar.

  • Carlos Eduardo

    ” luzes diurnas em LED” alguém saberia dizer o porque desta afirmação? Pergunto isso pois até hoje tenho dúvida a respeito do filete de LED das versões de entrada em relação às tops. Há diferença, ou seja, um toro de entrada apesar de contar com os filetinhos de LED estes não seriam (teriam a função) exatamente luzes diurnas???

    • dallebu

      Parece que é isso mesmo, nas Toro de entrada seria apenas uma “assinatura em Led”, já nas mais caras os filetes em Led tem função de luz diurna, são bem mais fortes (e bonitos).

    • Louis

      Isso, a maioria das Toro é só luz de posição (lanterna) em led. DRL (forte) só nas top.

    • Luciano Souza

      A Led (assinatura), seria a lanterna, disponivel em todas as versões Fredoom (flex e diesel), nessa versão podem ser usadas com o farol de milha. A DRL (autorizado a rodar em rodovias durante o dia, no lugar do farol baixo), somente a versão Volcano e agora a BlackJack…Não podem ser usadas junto com o farol de milha, para usar, tem que estar com o farol baixo ligado.

  • afonso200

    e o teto solar ????????, é raro de ver algum toro gasolina com TETO, na CCS eles pediram 120 dias, dai fui ver o Compass quando lançou tbm pediram 90-120 dias, dai larguei de mao….

    • oloko

      Capaz de nem saberem que existe esse opcional, já que não se deve ver muitas com teto nas css

  • marcos maia

    Por 80 mil já encontra-se uma seminova a diesel.

  • Moreno Rocha

    Desses ‘belos’ nomes que a Fiat batiza seus carros, um que nunca fez sentido pra mim foi a linha Bravo/Punto Blackmotion.

    • Esquilo Tranquilo

      A blackmotion que vendia na cor branca kkk

      • Moreno Rocha

        Exato. Ficava tentando entender que raios significava Blackmotion, pois mesmo em inglês não me parecia fazer sentido algum… me lembrava sempre um borrão preto em movimento, o que também não casava com a cor clara do carro. Aliás, nunca vi um modelo Blackmotion na cor preta kk

  • Leonardo azevedo

    A FCA errou nos seus produtos o motor 2.4 dessa Toro deveria substituir o 2.0 do Compass e esse 2.0 aposentar os 1.8 de toro e renegade como eles não conseguem enxergar isso?

    • Leonardo Lima

      A questão é de tributação. Para carros e SUVs acima de 2.0 a alíquota é maior, enquanto picape não tem essa restrição. A estratégia da Fiat é a mesma de diversas outras marcas – de cabeça lembro de Honda CRV, Honda Accord, Toyota RAV4, Suzuki Grand Vitara 2009-2015, todos comercializados como 2.4 nos EUA e 2.0 por aqui. A melhor solução de engenharia nem sempre será a melhor solução de mercado.

      • Guily

        Mas ja que é acima de 2.0 que paga mais imposto, porque não colocam o 2.0 no Renegade?

        • Leonardo Lima

          Quanto ao 1.8, com certeza. Meu palpite: a regra de IPI por cilindrada está prestes a ser alterada, todas as montadoras devem estar esperando o Rota 2030 para definirem estratégias de mercado.

  • Jeremias Flores

    gosto do visual all black

  • Francisco Helio

    A 2.4l bebe tanto que até inventaram essa “serie” pra ver se vende… e ainda sem os 6 airbags básicos para um carro de 113.000, disponíveis até na Ecosport e Ranger flex.

    • Leonardo Lima

      Bebe menos que a Ranger flex, essa é campeã disparada no quesito

      • Francisco Helio

        Ranger flex pesa 2t e tem motor maior, além de ser mecânica.
        A questão que coloco refere-se a segurança.
        É inadmissível que se venda um carro por mais de 100.000 sem full airbags nem como opcional!

        • Leonardo Lima

          Realmente é um absurdo, eu não compraria sem full airbags. No lançamento da 2.4 existia um pack segurança de R$4900, provavelmente retirado por falta de demanda.

  • Fedido

    Achei tão gótica

    • Guily

      Gótica Suave kkkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend