Fiat Pickups

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos
Fiat Toro diesel

Até o lançamento da Fiat Toro diesel e também da sua companheira de segmento, Renault Oroch, os consumidores de picapes precisavam optar entre dois outros segmentos do mercado.

Ou picapes pequenas (como Strada e Saveiro) ou médias (como S10, Ranger, Amarok e Hilux).


Para ocupar a lacuna existente entre esses modelos, a Fiat Toro chegou com uma proposta semelhante a de modelos maiores, mas numa carroceria mais versátil e nas configurações Fiat Toro flex e Fiat Toro diesel.

E não dá para negar que tal receita deu e ainda dá muito certo: a Toro é uma das picapes mais vendidas do Brasil!

Conseguiu fechar o primeiro semestre de 2019 com 28,6 mil unidades emplacadas, segundo a segundo picape mais emplacada do País, com uma vantagem de 8,8 mil carros frente a Toyota Hilux.


Apesar do preço elevado demais, a Fiat Toro diesel é o modelo mais adequado da linha. Entrega eficiência e força, que não estão disponíveis com tanta fartura nas configurações flex.

Confira abaixo tudo sobre a Toro diesel:

Fiat Toro diesel – história

Lançamento da Fiat Toro em 2016

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

A Fiat Toro diesel chegou ao mercado brasileiro em fevereiro de 2016 como a segunda picape de porte compacto/médio do País – a primeira foi a Renault Duster Oroch.

Produzida na fábrica da FCA em Goiana, Pernambuco, ao lado dos Jeep Renegade e Compass, a picape estreou em versões com motores 1.8 flex e 2.0 diesel.

A versão mais em conta da linha Toro 2016 era a Freedom com motor 1.8 flex e câmbio automático, que partia de R$ 76,5 mil.

Entre os modelos da Fiat Toro diesel, a configuração mais barata era a Freedom 2.0 diesel com câmbio manual e tração 4×2, a partir de R$ 93,9 mil – tal versão já não é mais oferecida.

No topo da gama, o modelo mais caro era a Toro Volcano, com motor 2.0 diesel, câmbio automático e tração 4×4, por a partir de R$ 116,5 mil.

Ela tinha bons recursos como ar-condicionado de duas zonas, rodas aro 17, painel de instrumentos com tela TFT de sete polegadas, central Uconnect com tela de cinco polegadas, faróis com LEDs diurnos, entre outros.

Fiat Toro ganha novos equipamentos em 2017

As primeiras mudanças da linha Fiat Toro diesel foram anunciadas em maio de 2017 – a primeira de toda a gama foi a introdução do motor 2.4 flex com câmbio de nove marchas.

Na ocasião, a Fiat anunciou a chegada de novas versões e novos equipamentos de série.

Entre os modelos a diesel, a Toro passou a contar com a nova versão Freedom 2.0 Diesel AT9 4×4, com o mesmo conteúdo da versão Freedom 2.0 Diesel Manual 4×4, mas com a diferença, obviamente, de dispor da transmissão automática de nove marchas e paddle shifts.

Tal configuração contava ainda com alarme, iluminação na caçamba e retrovisores externos elétricos.

Já a topo de linha Toro Volcano recebeu capota marítima e paddle shifts. Outra novidade foi a opção de pintura do teto na cor preta.

Os preços da Fiat Toro Diesel 2017 variavam de R$ 103.790 a R$ 129.990.

Linha 2019 da Toro com novas versões e itens

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Já a Fiat Toro 2019, anunciada em março de 2018, chegou com as novas versões Endurance 1.8 Flex AT e Volcano 2.4 Flex AT, além de novos equipamentos de série.

A Fiat Toro Diesel na versão Freedom AT passou a contar com retrovisores externos com ajuste elétrico e memória, ar-condicionado automático digital de duas zonas, faróis de neblina com moldura cromada, sistema multimídia Uconnect Touch Nav 5’’, sistema de som com seis alto-falantes, volante multifuncional em couro, segunda entrada USB e 12V, brake light, iluminação da caçamba, maçanetas e retrovisores a cor do carro, barras longitudinais de teto, apoia-braço dianteiro e traseiro, entre outros.

Já a topo de linha Toro Volcano Diesel ganhou chave presencial, partida do motor por botão, partida remota pela chave, sensores de luz e chuva, sensores individuais de pressão dos pneus, rodas de liga-leve de 18 polegadas, banco do motorista com ajustes elétricos e retrovisor interno eletrocrômico.

Os preços da Toro Diesel 2019 variavam de R$ 131.590 a R$ 142.990.

Fiat Toro 2020 estreia novas versões e recursos

As últimas mudanças da Fiat Toro diesel e gasolina foram anunciadas em junho de 2019, como novidades para a linha 2020 da picape.

O utilitário ganhou novas versões de entrada, como a Endurance Diesel com câmbio automático, além de novos equipamentos.

Entre os novos recursos, a Toro 2020 agora tem central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, espelhamento de smartphones via Android Auto e Apple CarPlay e navegador GPS, que é de série em todas as versões da picape da Fiat, com exceção dos modelos Endurance (onde tal item é opcional).

No visual, também há novidades. Há um novo para-choque dianteiro tipo overbumper (para-choque de impulsão com quebra-mato), santantonio e protetor do vidro traseiro nas versões Endurance e novas opções de cores.

Ela dispõe ainda de alarme com comando na chave em todas as versões.

Outra novidade é o pacote especial S-Design, que traz visual customizado e novos itens.

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro diesel – detalhes

A Fia Toro diesel segue praticamente a mesma linha do modelo flex. Todavia, o motor turbodiesel boa parte dos parâmetros da picape.

Embora seja um veículo essencialmente urbano, o utilitário não faz feio em trechos off-road, com recursos interessantes como a tração 4×4 com reduzida.

Vale lembrar que a Toro diesel é praticamente um SUV com caçamba, já que deriva do mesmo projeto do Renegade.

Tanto é que, ao contrário das picapes médias que são construídas sob chassi com longarinas, a Toro possui uma estrutura monobloco, onde carroceria e chassi formam uma única peça.

E isso não é um demérito da Fiat Toro. Muito pelo contrário. Embora as picapes maiores sejam mais robustas, a Toro não faz feio, sobretudo para aqueles que buscam por uma picape mais versátil para o dia a dia.

A versão diesel é ainda melhor por contar com um motor que entrega 35,7 kgfm de torque já a partir de 1.750 rpm, além do câmbio automático da marca alemã ZF, com nove marchas, e ainda sistema de tração 4×4 com opção de reduzida – que facilita a circulação por trechos não pavimentados.

Fora isso, só com o motor mais potente a Toro consegue transportar uma tonelada na caçamba.

O compartimento traz ainda uma capacidade volumétrica de 820 litros e acesso por duas portas que abrem horizontalmente, como as portas convencionais da cabine.

A Toro diesel oferece ainda suspensão traseira do tipo multibraço, o que melhora o comportamento da picape em todas as situações.

Devemos reforçar, todavia, que a Fiat Toro diesel é bem mais cara que a Fiat Toro flex.

A diferença de preço pode chegar a R$ 31 mil (entre a Toro Freedom 1.8 Flex e a Toro Freedom 2.0 Diesel). Ou seja, valor suficiente para levar também um Fiat Mobi 0 km.

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro diesel – versões

A Toro diesel 2020 está disponível nas versões de acabamento Endurance, Freedom, Volcano e Ranch.

Todas elas contam com motor 2.0 litros turbodiesel, câmbio automático de nove marchas e sistema de tração 4×4.

Confira abaixo a gama de versões da Fiat Toro diesel 2020:

  • Fiat Toro Endurance 2.0 Diesel 4×4 2020
  • Fiat Toro Freedom 2.0 Diesel 4×4 2020
  • Fiat Toro Freedom S-Design 2.0 Diesel 4×4 2020
  • Fiat Toro Volcano 2.0 Diesel 4×4 2020
  • Fiat Toro Ranch 2.0 Diesel 4×4 2020

Fiat Toro diesel – equipamentos

Fiat Toro Endurance 2.0 Diesel AT9 4×4 2020

Segurança: airbags frontais, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas, controle de descida, alarme antifurto, encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, protetor de cárter, Isofix, entre outros.

Conforto: ar-condicionado, apoia-pé para o motorista, banco do motorista com ajuste de altura, direção elétrica, faróis com follow me home, piloto automático com controlador de velocidade, vidros dianteiros e traseiros elétricos com one touch e antiesmagamento para o motorista, volante com ajuste de altura e profundidade, entre outros.

Visual e acabamento: lanternas traseiras em LED, para-choque frontal com over bumper, para-choque traseiro com soleira cromada, porta-luvas iluminado, porta-óculos, rodas de liga-leve de 17 polegadas com pneus de uso misto, entre outros.

Tecnologia: preparação para som com quatro alto-falantes e antena, computador de bordo, painel de instrumentos com tela TFT de 3,5 polegadas, entre outros.

Fiat Toro Freedom 2.0 Diesel AT9 4×4 2020

Segurança: agrega faróis de neblina com sistema Cornering.

Conforto: recebe ar-condicionado automático digital de duas zonas, sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré e volante multifuncional em couro com paddle shifts.

Visual e acabamento: traz capota marítima, moldura cromada nos faróis de neblina, ganchos para amarração de carga, porta-escadas, retrovisores externos com repetidores de seta, capa dos retrovisores e maçanetas na cor da carroceria, apoia-braço central dianteiro com porta-objetos e grade frontal superior cromada.

Tecnologia: ganha central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, Android Auto, navegador GPS, volante multifuncional e sistema de som com seis alto-falantes.

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro Volcano 2.0 Diesel AT9 4×4 2020

Segurança: ganha airbags laterais, de cortina e para os joelhos do motorista, faróis com luzes de condução diurna,

Conforto: recebe banco do motorista com ajuste elétrico em oito posições, chave presencial, partida do motor por botão, partida remota do motor pela chave, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos com luz de conforto e rebatimento elétrico, sensores de luz e chuva, entre outros.

Visual e acabamento: traz console central bicolor, grade frontal com frisos cromados, luzes ambiente em LED, maçanetas externas cromadas, moldura inferior das portas com frisos cromados, rodas de liga-leve de 18 polegadas, volante revestido em couro, grade frontal em preto brilhante, entre outros.

Tecnologia: traz painel de instrumentos com display colorido de sete polegadas, entre outros.

Fiat Toro Ranch 2.0 Diesel AT9 4×4 2020

Visual e acabamento: adota bancos revestidos em couro e vinil marrom com gravação a laser do logo “Ranch” nos encostos dianteiros, barras de proteção no vidro traseiro, capa dos retrovisores cromada, cobertura da alavanca do freio de estacionamento, volante em couro com costuras marrom, couro marrom nos painéis de porta e apoia braço, engate de reboque removível, interior escurecido, moldura dos alto-falantes com pintura exclusiva, moldura do painel de instrumentos exclusiva, santantônio cromado, sobretapetes em carpete com o logotipo da versão, entre outros.

Fiat Toro diesel – opcionais

Veja abaixo os opcionais de cada versão da Toro diesel 2020:

Fiat Toro Endurance 2.0 Diesel AT9 4×4 2020

  • Pack Convenience Multimidia (R$ 3.000): central multimídia com tela de sete polegadas, Android Auto, Apple CarPlay, navegador GPS e câmera de ré, sistema de som com seis alto-falantes e Bluetooth e volante multifuncional em couro.
  • Kit Chrome Mopar Custom Shop (R$ 490): capa de maçaneta cromada, protetor de soleira cromado e badge Mopar Custom Shop.
  • Pack Convenience (R$ 3.500): faróis de neblina, terceira luz de freio, iluminação na caçamba, sensor de estacionamento traseiro, retrovisores externos elétricos com repetidores de seta e função Tilt Down, alarme antifurto, entre outros.
  • Kit Protection Mopar Custom Shop (R$ 1.099): parafusos antifurto, para-barros dianteiros e traseiros, badge Custom Shop e frisos das portas na cor preta com o nome Toro.

Fiat Toro Freedom 2.0 Diesel AT9 4×4 2020

  • Kit Landscape Chrome Mopar Custom Shop (R$ 3.290): estribos laterais cromados, santantônio cromado, barra de proteção do vidro traseiro e engate reboque removível traseiro.
  • Pack Stile (R$ 3.700): bancos revestidos parcialmente em couro e descanso de braço traseiro central com porta-copos.
  • Kit Landscape Black Mopar Custom Shop (R$ 2.990): engate de reboque, grade de proteção do vidro traseiro, badge Mopar Custom Shop, santantônio e estribos laterais cromados.
  • Pack S-Design (R$ 5.000): faixas adesivas no capô e na tampa da caçamba, rodas com pintura escurecida, grade superior dianteira e barras de teto na cor cinza, logotipos da Fiat e de identificação de versão e motor escurecidos, santantônio na caçamba, estribos laterais pretos, volante e kit chaves, pintura cinza na capa dos retrovisores externos, badge “S-Design” nas portas dianteiras, apoia-braços com porta-copos no banco traseiro, painel das portas em couro, acabamento diferenciado no painel, teto e colunas internos escurecidos, bancos em couro e tecido, entre outros.
  • Kit Chrome Mopar Custom Shop (R$ 490): capa de maçaneta cromada, protetor de soleira cromado e badge Mopar Custom Shop.
  • Kit Protection Mopar Custom Shop (R$ 1.099): parafusos antifurto, para-barros dianteiros e traseiros, badge Custom Shop e frisos das portas na cor preta com o nome Toro.

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro Volcano 2.0 Diesel AT9 4×4 2020

  • Bancos revestidos parcialmente em couro (R$ 3.500)
  • Pack Deluxe (R$ 6.500): bancos revestidos parcialmente em couro e teto solar elétrico.
  • Kit Protection Mopar Custom Shop (R$ 1.099): parafusos antifurto, para-barros dianteiros e traseiros, badge Custom Shop e frisos das portas na cor preta com o nome Toro.

Fiat Toro Ranch 2.0 Diesel AT9 4×4 2020

Não possui opcionais.

Fiat Toro diesel – preços

A atual gama da Toro diesel 2020 tem versões que partem de R$ 129.990, podendo chegar a R$ 159.990 na configuração topo de linha Ranch.

Veja abaixo os preços da linha Toro diesel 2020:

  • Fiat Toro Endurance 2.0 Diesel 4×4 2020: R$ 129.990
  • Fiat Toro Freedom 2.0 Diesel 4×4 2020: R$ 140.990
  • Fiat Toro Freedom S-Design 2.0 Diesel 4×4 2020: R$ 145.990
  • Fiat Toro Volcano 2.0 Diesel 4×4 2020: R$ 152.990
  • Fiat Toro Ranch 2.0 Diesel 4×4 2020: R$ 159.990

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro diesel – motor

Dá para considerar que a linha Toro tem dois extremos: um mais fraco e outro mais forte. No primeiro, as versões com motor flex.

No segundo, os modelos a diesel. Neste último caso, a Toro 2020 ganha mais força, robustez e pode encarar trechos que uma picape média (como Amarok, S10 e Hilux) também encarariam.

Sob o capô, a picape esconde um motor 2.0 litros turbodiesel da linha MultiJet II, dotado de quatro cilindros, 16 válvulas, turbocompressor, intercooler, injeção direta de combustível, duplo comando de válvulas no cabeçote e comando por correia dentada.

Tal motor desenvolve 170 cavalos de potência, a 3.750 rpm, e 35,7 kgfm de torque, a partir de 1.750 giros. Trata-se do mesmo propulsor usado em modelos como Jeep Renegade e Jeep Compass.

Ele está atrelado ao câmbio automático de nove velocidades, que inclusive tem a primeira marcha com função de reduzida para o percurso off-road – por conta disso, a picape sempre sai de segunda marcha.

Há também o sistema de tração 4×4 com um botão seletor no console central para alternar entre os modos “Auto” (uso normal), “4WD” (que manda torque para o eixo traseiro em tempo integral) e “4×4 Low” como reduzida (onde a tração passa a atuar com parâmetros de distribuição de força pré-definidos e itens como freios ABS, controles de estabilidade e tração e a transmissão são alterados).

Em comparação com a Toro flex, a Toro diesel entrega um melhor desempenho em todos os sentidos, incluído acelerações e retomadas.

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro diesel – consumo

Veja abaixo os números de consumo da Toro diesel segundo as aferições do Inmetro:

Fiat Toro 2.0 Diesel 2020

  • 10 km/l na cidade e 12,6 km/l na estrada com diesel;
  • Notas “B” na comparação relativa na categoria e “D” na comparação absoluta geral do Inmetro.

Com esses números de consumo, a Toro 2020 consegue entregar autonomia de 600 quilômetros no trecho urbano e 756 km no trecho rodoviário, tendo em vista que ela possui um tanque de combustível com capacidade para 60 litros.

Fiat Toro diesel – desempenho

De acordo com dados da Fiat, a Toro diesel 2020 consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 10 segundos e atinge velocidade máxima de 188 km/h.

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro diesel – revisões e manutenção

A Fiat trabalha com revisões com preços fixos para a linha Toro diesel 2020. Porém, em seu site há os valores apenas das cinco primeiras revisões. Confira:

  • Revisão de 20.000 km: R$ 784
  • Revisão de 40.000 km: R$ 1.204
  • Revisão de 60.000 km: R$ 1.404
  • Revisão de 80.000 km: R$ 2.092
  • Revisão de 100.000 km: R$ 1.088

Fiat Toro diesel – garantia

Assim como os demais carros da Fiat, a Toro diesel 2020 conta com garantia de fábrica de três anos, sem limite de quilometragem.

Entretanto, a marca oferece como opcional a Garantia Estendida Fiat, que amplia a garantia do carro em 12 ou 24 meses, podendo totalizar cinco anos de garantia no caso da picape.

Há duas opções de Garantia Estendida: o Plano Force, que inclui a cobertura apenas de motor e câmbio, e o Plano Pleno, que além de motor e câmbio, cobre também o sistema de tração, sistemas de refrigeração e elétrico, direção, freios, injeção, suspensão, juntas e vedações, itens de tecnologia e ar-condicionado.

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos

Fiat Toro diesel – ficha técnica

Motor

2.0 Turbo

Tipo

Dianteiro, transversal e diesel

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm³

1.956

Válvulas

16

Taxa de compressão

16,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima

170 cv a 3.750 rpm

Torque Máximo

35,7 kgfm a 1.750 rpm

Transmissão

Tipo

Automático de nove marchas

Tração

Tipo

Integral sob demanda

Freios

Tipo

Disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

Independente, McPherson, com molas helicoidais

Traseira

Independente, multibraço, com molas helicoidais

Rodas e Pneus

Rodas

Rodas de liga-leve de 17 ou 18 polegadas

Pneus

225/65 R17 ou 225/60 R18

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.944

Largura (mm)

1.844

Altura (mm)

1.743

Distância entre os eixos (mm)

2.990

Capacidades

Capacidade de carga (kg)

1.000

Tanque (litros)

60

Peso vazio em ordem de marcha (kg)

1.871

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

Não divulgado

Fiat Toro diesel – fotos

Fiat Toro diesel: preço, consumo, motor, desempenho e equipamentos
Nota média 4 de 4 votos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Rodolfo Deo

    Gosto dessa picape. eu consideraria uma a Diesel, seria útil para o que eu preciso, e lembrando que sem os pneus adequados, tração 4×4 não adianta nada pra trilhas mais pesadas.

    • Alfredo Araujo

      “Dia desses”, eu “sambando” em um lamaçal pelo interior do RJ, com meu urbaníssimo Civic, fiquei bobo, ao ver um Vera Cruz, com pneus lisos igual ao meu, passar com toda facilidade do mundo !
      Achava q os pneus fariam falta… mas só a eletrônica e a tração 4×4 bastaram, para q o Hyundai atravessasse o atoleiro com um pé nas costas !

  • O_Sabichão

    Meu pai tem uma Volcano. É vendida com vários descontos, especialmente para quem tem empresa ou é agricultor.
    Eu confesso que não gosto do design externo, mas a parte interna é muito bem acabada.
    A mecânica diesel dispensa comentários, forte e econômica.
    Ela arranca fraca na cidade… Dá a impressão que a eletrônica corta o motor. Mas em rodovia é forte em retomada, mais do que um carro 2.0 aspirado sem sombra de dúvidas (que já é bom).

  • Fanjos

    O seguro deve ser lá no alto, porque não usam algum 2.0 turbo a gasolina mesmo?Daria um desempenho muito parecido e custaria menos

    • Nanico_41

      A minha saiu 2200 com franquia reduzida.
      Se fosse 2.0 turbo a gasolina não ia fazer 17km/l na estrada.

      • Fanjos

        Seguro de graça, nem no meu Ka 1.5 eu pagava isso.
        Um amigo de 55 anos, no ano passado foi para comprar a Diesel e deu quase 7k de seguro para ele, acabou ficando com a 1.8 e paga um pouco mais de 3k

        • Nanico_41

          Estranho isso. Eu moro na região de Campinas e ando 50mil km por ano +-, só pra ter uma ideia de perfil.
          Tem um colega meu que paga por volta de 5k no seguro do Corolla (!?) na mesma idade, 30 e poucos, e roda 10mil km no ano.

  • Danilo

    Eu gostaria de saber o seguinte: O que é tão caro no carro que é trocado na revisão de 20.000 Km pra custar 1200 reais. Um absurdo. Acho que eles tabelam as revisões de acordo com o preço do carro e não com o que é trocado.

    • Dante Moore

      Eu não entendo uma coisa: motor e câmbio são iguais ao do jeep Renegade e Compass e as revisões destes 2 últimos são de 20000 em 20000 Km. A 1a revisão do Compass, 20.000Km, custa 1400,00. Se for somar as 2 revisões do Toro da uns 2.000. Então pq as revisões do Toro são de 10.000 e em 10.000 e a do Compass e Renegade de 20.000 em 20.000? E pq sai mais cara tb?

      • dallebu

        Porque possivelmente quem definiu as revisões da Toro levou em consideração a possibilidade do dono usar a capacidade de carga com certa frequência, o que força mais todo o conjunto motor/câmbio.

      • Nanico_41

        Eu tenho uma toro diesel e as revisões são a cada 20mil km.

        • Dante Moore

          Na matéria está de 10.000 em 10.000 Km a revisão. Acho que se enganaram. No teu caso vc troca o óleo de 20.000 em 20.000 ou de 10.000 em 10.000?

          • Nanico_41

            A cada 20mil, conforme manual.
            O pessoal deve ter confundido.

      • Danilo

        Creio que a da toro por ser considerado carro de carga tenha esse “capricho” em ter diminuído os km’s da revisão, más nós sabemos que tem muita gente que compra Toro e nunca abriu a loninha da caçamba, kkkk. Más é muito caro as revisões até do Renegade e do Compass também, pois as trocas são as mesmas, apesar de rodarem mais. Realmente um absurdo. Más pra carro caro, manutenção cara.

    • Sergio c

      Como disse um amigo meu, CSS não ganha dinheiro vendendo carros 0KM(as vezes até empatam pegando trocas), mas sim, ganham muito dinheiro na “indústria” das revisões. P trocar dois filtros e uns 5 litros de óleo é coisa de quase mil Reais. E chega a quase ser uma linha de produção as revisões nas CSSs, é um grande entra e sai de veículos p revisão em questão de uma hora, imagina isso no dia, na semana e no mês o din din que entra na CSS…….

      • TchauQueridos

        Engano seu. Ganham muito dinheiro dinheiro vendendo 0 km e ‘semi-novo’.
        Nas revisões ganham muito também.
        Pra ter uma ideia o óleo que vendem de 35 a 45 o litro, pagam 15.

      • Danilo

        É muita grana mesmo. A primeira troca de óleo da strada que comprei eu fiz na concessionária, daí como eu acompanho de perto fiquei surpreso de ver o litro do óleo melado de óleo por fora e quando o rapaz tirou a tampa, não tinha o lacre, daí falei pra não colocar e questionei aquilo e todo sem graça o gerente me levou no estoque da oficina e me mostrou o tambor de 200 litros do mesmo óleo do frasco, e quando fui pagar a nota o valor do óleo era o mesmo do frasco (sei o valor pois tinha feito uma revisão num siena a um tempo atrás e o óleo era lacrado), então olha só, que doideira, devem comprar esse oleo de tambor de 200 litros muito mais barato e enfiando ele no consumidor ao mesmo preço. E no que você disse, tem concessionária que além dos produtos trocados ainda recheiam a nota de serviço com estopa, desengripante, graxa líquida e por aí vai, uma verdadeira máfia. Resumindo, essa strada minha só foi na concessionária uma vez trocar o óleo enquanto era período de garantia (que custou uns 200 reais) e de lá até hoje, já se passaram 4 anos e 55 mil km depois só eu que faço as trocas de óleo a 90 reais o óleo e o filtro. kkkkkk

  • CanalhaRS

    Quando foi lançada tinha preço interessantes que a deixava no nicho das “Pseudo Picapes”, para uso urbano e lazer. Mas hoje em dia, com que custa, já entrou na seara das picapes de verdade, não tem mais sentido.

    • O_Sabichão

      Produtor Rural e CNPJ paga uns R$ 25 mil a menos, tal qual na linha Ranger XLS.

      Fenômeno mesmo é a Hilux SRX, que via de regra não tem mais do que 5% de desconto, seja PF ou PJ, independentemente.

      • danlaradd .

        Cotei hoje desconto para produtor rural na Ranger e deu apenas 11% de desconto, 17 mil na XLS

        • danlaradd .

          Na JEEP o desconto oferecido foi de 7%

  • Willian Félix

    Mais de 80% das vendas são diretas, CNPJ ou produtor Rural, aqui na minha cidade a concessionária ta dando 23% de desconto. por isso o preço de tabela cheio é alto.

  • Miguel

    Eu lembro é da propaganda engraçadinha da Oroch tentando dizer “sou seu pai”. Coitada, foi comida com farofa!
    Mais uma vez a Fiat lançou o carro certo no momento certo.

  • danlaradd .

    É complicado, a Ranch custa o mesmo que uma Ranger 2.2 XLS Diesel, que custa o mesmo que um Renegade Trailwalk com teto, que custa o mesmo que um Troller T4. Estou na duvida entre esses 4 carros e não sei o que compro. Moro na zona rural e trabalho na cidade, ando estrada de terra todo dia, não da pra ter um carro baixo nessa situação e os SUVs da moda não dao conta do batente…

    • Pega uma Toro Volcano com desconto pra produtor. Tem mais opcionais que a Ranch. O Renegade complica no tamanho do porta-malas, e a Ranger, embora muito boa, além de ser muito grande pra cidade, tem o pós da Ford.

    • vi.22

      Se vai usar mto a caçamba tão de ranger, se quer conforto e uso esporádico vá de toro, e um excelente veículo.

    • Alexandre Monteiro

      Uma Ranger XLT 3.2 19/19 tá saindo por R$ 146.000,00 agora tem que correr que tá acabando, acho que até o final de Agosto/19 vai entrar a 2020 e daí já era desconto.

    • TchauQueridos

      Se vai pegar muita estrada de terra ja pode descartar Renegade. A frente dele é muito baixa, bate em qualquer lugar.

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Mas ele esta falando da versão Traillhawk, só escutei reclamações nas antigas a gasolina que tinham parachoques baixo.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Deveria Oferecer versão 4×4 nas versões 2.4. Seria uma opção a mais pra quem não gosta de diesel.

  • Japa palio adventure

    A versão rancho é top

  • Marcos

    Achei que seria mais econômica. Minha S-10 diesel 4×4 tem praticamente o mesmo consumo. Na estrada é o mesmo.

    • Nanico_41

      Esse consumo é o do inmetro né.
      A minha faz 17km/l na estrada sem esforço.

    • Alexandre Monteiro

      Segundo o Inmetro a S10 2.8 4×4 aut. faz 9,5 km/l no combinado e a Toro Diesel aut. faz 11,0 km/l também no combinado, então acredito que uma conta interessante seria dizer que a Toro é uns 16% mais econômica.

  • Bikudin

    Motor Diesel com correia dentada, ja ta igual a Amarok, isso é uma coisa q quase todos não dão importancia e não sabe qual o risco q corre, ainda mais com motor Diesel, desanimador, Toro e Amarok estão fora da minha opção, correia dentada serve para baixar o custo do fabricante e claro, para ganhar mais em manutenção.

  • Herege

    Só vale a pena se for de graça, porcaria overpriced.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email