Fiat Pickups Preços

Fiat Toro tem aumento de preços em agosto

fiat-toro-volcano-avaliação-NA (98)

A picape Fiat Toro – vice-líder do segmento de comerciais leves – teve reajuste de preços em agosto. O aumento não foi aplicado a todas as versões, sendo apenas a opção de entrada Freedom 1.8 Flex e a topo de linha Volcano 2.0 Diesel.

O acréscimo foi de R$ 2.460 na Freedom 1.8 e de R$ 2.040 na Volcano. A Fiat Toro foi lançada em fevereiro e de lá para cá vendeu 20.056 unidades, sendo a terceira mais vendida no acumulado do ano. Em julho, a picape emplacou 4.313 exemplares.

Confira abaixo os velhos e os novos preços da Fiat Toro:

Freedom 1.8 Flex AT6 4×2: R$ 79.240 – R$ 81.700
Freedom 2.0 Diesel MT6 4×2: R$ 97.270 – sem aumento
Freedom 2.0 Diesel MT6 4×4: R$ 105.570 – sem aumento
Volcano 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 120.670 – R$ 122.710





  • Bruno

    Alguém sabe a porcentagem de vendas das versões desse carro?

    • Adriano Layan

      Em relação as versões de equipamentos eu não sei dizer, no entanto, em relação as motorizações li que 44% das vendas são de versões a diesel e obviamente o restante a gasolina.

      • Bruno

        Obrigado.

    • Pacheco

      Em SP eu só vejo as Diesel na rua… todo dia umas 3.

    • MMM

      Provavelmente as que aumentaram são as que mais vendem.

    • pedro rt

      eu sei q quem mais vende e a freedom flex e depois vem a volcano, as outras versoes freedom diesel sao dificeis de achar nas ruas

  • Adriano Tochio

    Ta barato pra caramba !!

    • Cléber_V

      Poisé, quando o dólar sobe é pq sobe, quando as vendas estão em baixa é pq estão em baixa, mas quando nada disso está acontecendo é pq é ganância mesmo…

      • th!nk.t4nk

        E a inflação? Aqui nos comentários do NA parece ser um universo onde a inflação não existe. Tudo é só ganância da montadora, sempre.

        • ObservadorCWB

          Mas a “ganância” de qualquer produtor não se reflete no aumento de preços que “gera” inflação ? Não me parece que haja “emissão” de dinheiro por parte do desgoverno, seja ele da afastada, ou do interino, que justifique o processo.

          • Luis_Zo

            Não é bem por aí o processo.

            A falta de um Banco Central independente e uma meta de inflação alta ( 4,5% por ex) é que geram inflação. Finn Kydland e Edward Prescott viram isso pela primeira vez em 1970 nos EUA.

            No Brasil não temos nenhum dos dois, nem banco central independente de verdade, nem uma meta de inflação baixa.

            Pra melhorar, o desgoverno anterior, através do credito, provocou um pleno emprego (que tem viés inflacionário) e o combateu com medidas politicas com intervenção no banco central e segurando preço da gasolina a custa de prejuízo da petro, por exemplo. Também considerou que a meta não era 4,5, mas sim 6,5% (limite superior).

            A bomba estorou e é isso ai que estamos vivendo hoje, mais de 10% de inflação em 2015.

            Ganancia gera sim inflação, mas não é o que explica esse aumento constante não.

            • Muito bonito na teoria,mas na prática não é bem assim.
              Não estamos em pleno emprego.
              O preço da gasolina foi segurado, mas hoje em dias está acima do preço mundial.
              Brasil é o único lugar do mundo que a lei da oferta e da procura não se aplica. A Inflação aqui parece não ter lógica nem explicação

        • Luis_Zo

          Exato. Ontem no supermercado vi que a mesma pimenta que comprei ha 1 ano atras por 13 reais estava 20, ou seja, 54% de aumento.

          O litro do leite então…

          Os carros aumentam de preço acompanhando levemente a inflação, mas como os valores absolutos são grandes (afinal de contas, 10% de 50k é 5 conto, e é mais do que muita gente ganha em 6 meses ou até no ano inteiro) povo fica falando que é “ganancia’.

          • Até o preço do Tigre branco, que segundo a Nissa é o que os fabricantes fazem com o dinheiro de venda dos carros, aumentou. Pelo preço do Tigre branco da época do Tiida você leva uma jaguatirica e olha lá.

          • Daniel Barros

            O leite tem mais a ver com o clima do que com o resto… (não estou desconsiderando a inflação)

        • O seu comentário é também ganância dos fabricantes, assim como o meu reply.

  • Dezen Seide

    Calma logo chega em 100 mil
    Vou esperar mais pra comprar a minha.. To louco pra pagar esse ágio uhullll

    • Pacheco

      Agora sim a Fiat está deixando os preços justos… kkkkk

  • CanalhaRS

    Baixar que não iria…jamaisssss!!!!

    • Pacheco

      Baixar? Só pra passar debaixo da Cordinha, já dizia nosso Iluste Cumpadre.

    • Victor Hugo

      Dá sim, baixa a qualidade, baixa equipamentos etc.

  • MauroRF

    Fanjos, ontem o aumento do Ka foi fraco, mas este foi mais forte, hein? Sabia que não o decepcionariam!

    • Gustavo73

      Calma que tem mais.

      • Pacheco

        To na oração aqui

      • Fanjos

        Assim que se fala

    • Fanjos

      Agora estou começando a gostar

  • Renato Almeida

    Já venderam mais de 1 milhão de carros em 2016, mesmo com o desemprego nas alturas, inflação acima dos 10%, empresas falindo, salários despencando e o preço dos automóveis desafiando o bom senso da população. Vai baixar pra quê? Tasca reajuste!

    • Diego Ávila Monteiro

      Vergonha de ser brasileiro. O pobre vai continuar fudido pra sempre e o rico dando risada, comprando e dando lucro pra essas montadoras safadas!

      • Dezen Seide

        Rico leia-se funcionários públicos, políticos e colonos
        O resto é povão mesmo

        • Funcionários Públicos?

          Coitadinhos. Se matam pra passar em concurso, vencem pela meritocracia, em igualdade de condições, ganham pouco no geral e ainda tem gente invejando eles? Parem com isso, gente… Melhorem.

          Lembrando que nem a aposentadoria integral eles não têm mais. Juízes mesmo, aposentam-se com os 5 mil reais do RGPS. (a não ser que paguem complementar).

          Agora políticos eu concordo bem bonitinho 😉

          • Danilo Fróes

            Acredito que ele quis dizer a galera da magistratura, auditoria etc.

            • A galera da magistratura estuda de 5 a 10 anos para passar no concurso… E depois que passa trabalha bastante, não tem a segurança necessária… Em que pese receba um bom salário. E como eu disse: hoje em dia, aposenta-se com R$ 5.189,82, se não pagar previdência complementar.
              O oba-oba do serviço público acabou há anos. O dinheiro está onde sempre deveria estar: na iniciativa privada.

              • ObservadorCWB

                Nem tanto né… um juiz possui hoje 60 dias de férias + 15 dias recesso + 52 finais de semana + feriados – trabalham 1 dia e folgam outro. NENHUM outro funcionário possui isso. Ganham quase o TETO do INSS em auxílio moradia e pleiteiam quase 7000 para CADA FILHO como auxílio educação. Quase tudo que ganham é como VERBA INDENIZATÓRIA – então escapam dos 27,5% do IR. O círculo vicioso da justiça lenta é como a propaganda do salgadinho…vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais ? As desigualdades são enormes e intransponíveis. Falar dos políticos então…dá NOJO…aposentadoria com OITO anos de mandato. Brasil..il..il…A maioria dos bons profissionais NUNCA para de estudar. Não há este ponto na vida : PASSEI, BASTA. São profissionais valorosos ? CLARO…. Possuem mérito ? CLARO….. embora seja quase incrível em alguns estados as “dinastias”………..os sobrenomes se perpetuam….

                • Na verdade não ganham tudo em verba indenizatória. É como vc disse: ganham cerca de 5 mil de verba indenizatória.
                  O salário em dinheiro limpo fica entre 20 e 25 mil reais de um juiz de primeiro grau hoje.

                  Uma pessoa que se dedica p/ o concurso de juiz, se fosse pra iniciativa privada com o MESMO ESFORÇO fica milionário. Os bons advogados ganham MUITO MAIS do que isso… Muito mais mesmo.

                  Vc ficaria 5, 6, 7 anos sem sair de casa lendo livros e fazendo exercícios em todo seu tempo livre? Pois é..
                  Claro, tem os privilegiados, que ficam só estudando. Mas também não passam antes de 2, 3 ou 4 anos. Estudando 12, 14h/dia… Passou e fica sossegado? Pode ser. Mas é uma escolha, é um planejamento. A oportunidade está aí para quem se interessar.

                  Alguns vão só pelo salário, sim, mas a maioria dos juízes NOVOS procura a carreira por pura vocação e vontade de trabalhar.
                  (principalmente após a constituição [fim da ditadura e censura dos documentos do Estado] e as novas leis de transparência, Ministério Público investigando e os concursos cada vez mais democráticos e sem sacanagens, cotas para negros, deficientes e pobres, dentre outros meios de promover a igualdade)

                  O fato das famílias já foi “nepotismo”, hoje não significa nada. É comum filho de médico fazer medicina, filho de advogado fazer Direito, e por aí vai. O filho de juiz vê que o serviço do pai é bom, recebe ajuda do pai pra ficar só estudando e passa mesmo. Bem que faz.

                  E te digo mais: os deputados que estão em Brasília não estão lá por acaso. Mas é outro assunto.

                  Vale mais a pena lutar pelo seu lugar do que ficar destilando ódio gratuito por aí, criticando os outros. Não estou dizendo que não devemos brigar contra os abusos desse povo, muito pelo contrário. Mas xingar na internet não muda nada

                  • ObservadorCWB

                    ódio gratuito ? Xingar ? Não fiz nenhum dos dois. O pessoal anda cheio de “não me toques” ultimamente. Se meras constatações lhe ferem, peço desculpas. Cordiais saudações.

                    • Calma, mona, não fica bege não. Só estamos conversando.

                    • ObservadorCWB

                      Precisei do Google para entender seu comentário. Mas está julgando pela própria tábua uma realidade que desconhece. Mas encerro por aqui. Parabéns pela trollagem.

                  • MMM

                    É o preço que se paga por ter estabilidade.

                • Artur

                  Cara, já deu pra ver que você não entende nada mesmo de salário de juiz e do Poder Judiciário, né?
                  O valor que eles recebem a título de salário é único e se chama “subsídio”. Tem sim os auxílios e tudo mais, esses realmente não entram no cômputo do IR, mas nem de longe configura a maior parte do salário como você irresponsavelmente faz supor.
                  O salário inicial de um juiz substituto é de aproximadamente R$ 24 mil. Sobre esse valor, que é único (o tal subsídio), incide sim IR e contribuição previdenciária.
                  Então eles devem receber, líquido, uns R$ 17 mil/mês.
                  Sobre os auxílios, que eu saiba no Estado de São Paulo é só auxílio-moradia (cerca de R$ 4 mil), se comprovar que reside em Comarca diversa do seu domicílio de origem, e se o cara acumular uma ou outra Vara recebe auxílio-sentença – SE for aprovado pela Presidência do TJ -, cujo valor é baixo (não sei o valor específico).
                  Esse negócio de R$ 7 mil por cada filho (auxílio-escola ou outra coisa parecida) é pura falácia. Esse valor, aqui em SP, não passa de R$ 400 e mediante envio, mensalmente, de comprovante de pagamento da escola particular do pirralho (é um percentual do valor pago e chega a um teto, o qual não lembro, mas é em torno desses R$ 400).
                  E cara, Juiz na esfera estadual não consegue tirar nem os 30 dias de férias regulamentares. Tem juiz que tira apenas 15 dias de férias por ano.
                  Eles têm meta para cumprir, CNJ e Corregedoria no pé deles o tempo todo.
                  Sou servidor público estadual e sei disso. Saiu hoje no DJE um Comunicado da Corregedoria daqui mandando os juízes sentenciarem até o final deste ano todos os processos conclusos até o final do primeiro semestre do ano passado.
                  Parece pouco, né? Só na minha Vara, que é de uma cidade considerada pequena do interior, recebemos 3.500 processos/ano, e a Juíza consegue proferir no máximo umas 250 sentenças/mês. Isso com auxílio de 2 estagiárias e 2 escreventes que ficam no gabinete ajudando em outras coisas também (audiências, atendimento a advogados, decisões mais complexas etc.). Sem contar que muita coisa mais simples (despachos e até algumas decisões) são feitas pelo próprio Cartório e conferidas pela Juíza.
                  Ou seja, há uma defasagem de cerca de 1.000 processos/ano para sentenciar, e o volume só vai aumentando…
                  A Juíza da minha Vara trabalha das 9h às 19h todos os dias (tem dia que ela vai até 20h30, 21h). Hoje temos um acervo de mais de 7 mil processos em andamento (sem contar o que está em grau de recurso, mais uns 3 a 4 mil) e uns 800 na fila para sentenciar.
                  Isso porque você não conhece as Varas da Fazenda Pública. Uma das Varas da Fazenda de São José do Rio Preto-SP, por exemplo (lá tem 2 Varas da Fazenda, salvo engano), tem “somente” 400 mil processos em andamento. Isso mesmo: 400 mil! E eles nem tem juiz “próprio”: são 3 juízes lá do fórum, de outras Varas (Cíveis ou Criminais) que acumulam a Vara e os processos são divididos entre eles.
                  No Judiciário posso te falar com certeza: nem tudo são flores.
                  E outra: esse negócio de recesso (se é que vai continuar a existir, porque o novo Código de Processo Civil acabou com o recesso, só mandou “parar” os prazos para os advogados em um determinado período no final do ano) não é mais um período de férias. Há uma escala entre os juízes das circunscrições judiciárias que participam de um plantão, que funciona em TODOS os dias do recesso (inclusive no dia 25 de dezembro e 1º de janeiro). Aliás, há plantão judiciário em TODOS os finais de semana, do qual todos os juízes participam, em ordem rotativa (a juíza da minha Vara, por exemplo, faz um plantão a cada 4 ou 5 meses, e nós, funcionários, também participamos – em quantidade menor, 4 escreventes por plantão).
                  Quanto aos parlamentares, concordo plenamente. Aposentar com oito anos de mandato é tosco. Sem contar que todos os deputados federais tem uma verba de gabinete gigantesca (supera os R$ 100 mil mensais) e passagens aéreas grátis para si e seus familiares para irem e voltarem de Brasília para todas as sessões que tenham de participar – sem contar os desvios e falcatruas.

                  • Tadeu GF

                    Perfeitas colocações, @artur_ventura:disqus .
                    Mas na internet é assim: o pessoal aponta o dedo para os outros, sem nem saber do que está falando, como se fossem os donos da verdade.
                    Acho mais engraçado ainda se formos lembrar que o cargo de juiz, por exemplo, é por concurso público. Ou seja: se o camarada pensa que é tão fácil e boa assim a vida de um juiz, é só ele se formar em Direito e estudar para o concurso. Pronto. Melhor do que ficar aqui em um fórum, chorando.

                • Tadeu GF

                  Vou te contar uma novidade, @observadorcwb:disqus : se você estudar, ao invés de ficar aqui reclamando, pode vir a ser um juiz, que você diz que tem tantas benesses e, pelo que dá a entender, tão pouco trabalho.
                  Mas ralar ninguém quer né? Melhor ficar reclamando dos outros num fórum de carros.

                  • ObservadorCWB

                    Mais um que pega o bonde andando e ao invés de falar do carro vem fazer críticas pessoais. Mas tudo bem. 1- Repare que o “criador da celeuma” APAGOU TODOS OS SEUS COMENTÁRIOS, FOI COVARDE então, na verdade, você está comentando sobre aspectos pontuais de uma resposta, nem sabe do que se trata; 2- Mandar-me estudar sem me conhecer é hilário. São anos de estudo. Tudo o que você conhece sobre educação formal fora Pós-DOC eu já fiz. Já fui professor universitário e atualmente trabalho MAIS que um juiz sim, posso garantir. São pelo menos 22 anos SEM SABER O QUE SÃO 30 dias de férias “corridas”. Sabe quais foram as duas grandes satisfações deste ano? 1-Não ter demitido NENHUM funcionário, mesmo contra toda maré que assola este país; e 2- Ser convidado para a “inauguração” do apartamento de uma funcionária que está adquirindo a tão sonhada casa própria. Não critique quem realiza sonhos e gera riqueza neste país, embora não saiba por quanto tempo mais.

      • Também detesto essa desigualdade e concentração de renda em pequenos grupos. 👍

        • Danilo Fróes

          Infelizmente a grande maioria que está “lá em cima” tem um discurso oposto aqui no huezil!

          • E influenciam fortemente os de baixo, mantendo-os mansos e de antolhos, para que nem pensem em se revoltar.
            Às vezes penso que estamos em Guerra Fria… Mas logo vejo um pobre coitado dizendo que é contra as ações afirmativas, os direitos trabalhistas, a igualdade de oportunidades… E logo me dou conta de que tudo está exatamente como é feito pra ser.

        • Pacheco

          Eu destesto pq não estou lá… se estivesse, estaria odiando esse povo que critica… hahahahahahhaa

  • Diego Ávila Monteiro

    Do jeito que tá a situação, carro chinês vai começar a ser um bom negócio!!

    • oscar.fr

      Carro chinês nunca terá aceitação em nosso mercado. Nem mesmo carros franceses são bem aceitos, imagina os chineses, que ainda tem muito para evoluir.

      • Diego Ávila Monteiro

        Nunca diga nunca! Carro Coreano era a mesma coisa até poucos anos atrás, quando chegou um tal de i30 e mudou tudo. Num país que Mobi é vendido por 45mil, Ônix por 60k, Prisma por 70, Doblo por 90k, carro chinês logo logo vai ser uma boa opção nesse país quebrado e fudido!

        • Dezen Seide

          Não se iluda
          O chinês virá um pouco abaixo do nacional
          Tipo palio por 40k, J3 por 38.990

        • ObservadorCWB

          i30 e Azera até 2010 foram os ÚNICOS CARROS com preço justo que este país já viu. i30 virou referência. E o Azera era vendido a preço de Corolla e Civic, mesmo estando vários degraus acima.

          • Sim, mas isso porque abaixaram os preços. Pouca gente lembra, mas eles chegaram custando a mesma coisa que players consagrados do mercado.
            E de qualquer forma, achava o preço do primeiro C, Classe A, Golf Alemão e 500 México bem mais atraentes que o i30 em relação a concorrência.

          • Edson Fernandes

            Teve o Tucson que até hoje tem o preço justo apesar de defasado.

        • oscar.fr

          Justamente porque o país está num momento difícil que os carros chineses não irão vender. Neste momento, o consumidor busca segurança, por isso que marcas como Honda e Toyota tem aumentado sua participação e marcas com menos prestígio como Peugeot e Citroën passam por dificuldades (vamos ver se o Kicks muda alguma coisa para a Nissan, que não tem a mesma fama de Honda e Toyota). No momento de crise o consumidor tem medo de arriscar. Hyundai ninguém lembrava que já tinha sido vendido aqui no Brasil e fora um fracasso, que tinha carros horríveis e de péssima qualidade, além de ter voltado em um momento econômico completamente diferente do atual. Duvido muito que os chineses repitam o sucesso dos coreanos aqui no Brasil. Consumidor brasileiro é extremamente desinformado e preconceituoso, mesmo com bons produtos, as franceses (tirando a linha popular da Renault) não vendem bem aqui.

      • ObservadorCWB

        Meu avô falava isso de TODO produto japonês: “Não criam nada, só sabem copiar e miniaturizar….” Com certeza o tempo será o senhor da história.

        • Fanjos

          Mas quem fazia isso eram os japoneses, chineses só copiam e de maneira precária ainda com peças baratas, dai que vem a expressão “xing ling”

          • Japoneses começaram assim na década de 50/60 também Fanjos.

            • Fanjos

              Nessa época eu não me lembro mesmo =x

          • ObservadorCWB

            Grande Fanjos. Pesquise sobre o programa espacial chinês. Este assunto é segredo de estado. Ninguém facilita muita coisa. E os caras se desenvolveram. Pesquise fabricantes de DRONES dos mais diversos, amplo domínio chinês, baterias, sistemas de imagem em UHD…até agricultura os caras tem avanços, também pudera, tem que alimentar “zilhões”. Podemos criticar muita coisa: sistema de governo, liberdades individuais, questões trabalhistas, poluição, alguns produtos descartáveis OK, mas onde está o dinheiro a evolução segue atrás.

  • Paul

    A partir de 81.700 Golpinhos?! Tá de sacanagem este preço neste carro…

    • Ailton Junior

      quase pelado, só com o essencial e calotaõ

      • G.Alonso

        Quase pelado… Direção elétrica, ar condicionado, controle de estabilidade e tração, som com bluetooth, entrada auxíliar e USB, piloto automático e controles de som no volante, regulagem de altura do banco e do volante, vidros elétricos nas 4 portas… Não tem nada de pelado.

        • Gustavo73

          Por 80k e pagando menos IPI por ser picape deveria ter no mínimo os 7 airbags de série.

          • G.Alonso

            Com certeza poderia, pegar o exemplo do Golf, Civic… entre outros que disponibilizam esses equipamentos de segurança de série. A partir de 80 mil todos já deveriam ter no mínimo 6 air bags. Abaixo disso poderia ter pelo menos como opcional, coisa que não existe.

        • saosao

          Hoje em dia isso é o básico.

    • Dezen Seide

      Golpe meu caro o governo do lulao e sua trupe já deu na Petrobras, BNDES, ..
      Não defendo nem Temer e tão pouco a quadrilha do PT
      Talvez Bolsonaro seja uma esperança em 2018 se até lá o governo corrupto não torná-lo inelegível

      • Louis

        Nem perca seu tempo dialogando com pe tralh as…

        • Pacheco

          Correto… não vale a pena.

          Vou usar a velha frase de um amigo: Não da pra ensinar um cego a enxergar.

        • Fanjos

          Sera que ele joga vôlei? Pq se joga vai tomar esse bloqueio!

    • Pedro Rocha

      Se Dilma voltar, a gente comemora junto com o povo venezuelano.

      • Paul

        Seu verde-amarelismo cego ainda vai te levar longe, pra longe da realidade. E até agora não citei Venezuela como exemplo de qualquer coisa que seja. Me inspiro mais em Cuba ou Suécia. Como bem preferir.

  • Brasil_MG

    essa Toro de R$ 82.000 deveria ser vendida a R$ 64.900. Com esse motor de punto não vale mais que isso!

    • G.Alonso

      Em 2012 valeria mais ou menos isso aí, até menos se bobear. Hoje vale 82 mil.

      • Brasil_MG

        Por isso que vende bem! sempre tem alguém que acha que é um excelente negócio, e que o carro vale o valor cobrado. R$ 82.000 mil por essa Toro 1.8 é ridículo.

        • G.Alonso

          Ridículo é você querer achar que o preço está como está por eu falar que ele vale. Eu disse que vale baseado na realidade que vivemos atualmente, você diz que não vale pq você acha que não vale e não tem argumentos que provam isso. Pára pra pensar, esse Toro é 12 mil mais caro que um Cobalt, um CrossFox, um HB20X, um New Fiesta, e é uma picape bem maior que esses citados. O CrossFox por exemplo, custa mais que um Toro de entrada quando está com todos os opcionais, ou seja, deixou a picape até barata. Eu disse que em 2012 a picape valeria os 65 mil que você disse, hoje, somada a inflação do período, o preço dela seria aproximadamente esse do aumento de hoje. Existe aumento real? Sim, desde o lançamento o preço do Toro subiu R$ 5.200,00, mas, o aumento real foi de R$ 2874,40, o resto foi inflação.

          • Cesar Mora

            Ihh cara, explicar que a inflação aumentou TUDO e que carros fazem parte do TUDO anda meio complicado por aqui rs.. tem uns 3 posts que tenho falado sobre isso quando dizem que tal carro está com um preço absurdo….

            Óbvio que nosso poder de compra diminuiu e isso impacta na percepção de valor das coisas, é meio que assim, quando Onix custava 32k com AR e DH, o corte de cabelo custava 25 e hj o Onix custa 44k enquanto o corte de cabelo subiu para 40… mas parece que os comentaristas daqui só compram carros, não percebem que outras coisas também tiveram reajustes rs…

            • Sua cabeleireira é gananciosa segundo alguns aqui. Com certeza ela é estrangeira, multinacional. Precisamos de mais cabeleireiras nacionais para baixar o preço do corte de cabelo.

              • Cesar Mora

                Hahahaha certeza e faz parte de um cartel de barbeiros que sobem juntos os preços mesmo cortando com tesouras sem a tecnologia das tesouras na europa!

          • Edson Fernandes

            Porque carros como o Tucson não tem aumento pela inflação?

            • G.Alonso

              Pelo mesmo motivo que as versões Freedom diesel do Toro não tiveram, se aumentar mais não vende.

              • Edson Fernandes

                Exato… mas como pode então dizermos que os demais aumentam devido a inflaçao e apenas tais produtos conseguem se manter nesse preço? Concorda que uma coisa não cola com a outra?

                Você também vai me dizer que isso é resultado da procura de um determinado produto e eu concordo. Porém ao questionar isso, eu estou dizendo que os aumentos não são justificaveis porque há produtos que não sofreram aumento durante um periodo onde se nota quem poderia resolver o problema.

                • G.Alonso

                  Sim, como eu disse, o preço sofreu reajuste e também sofreu aumento, que, inclusive, foi maior que o próprio reajuste. Precisa aumentar? Não, mas, vende mesmo aumentando, então a preferência, é lógico, é por ter lucros saudáveis tanto para a montadora que está ainda numa fase de corte de custos da obra da fábrica e para os concessionários que estão tendo dificuldades com as baixas vendas.

        • Esse negócio de querer que os outros não comprem é pura inveja.

          In-ve-ji-nha!

          Já foi muito debatido esse argumento e após a total queda de vendas na crise, em vez de diminuir os preços, eles reduziram custos mandando os operários embora.

          Ou seja, pobre sempre toma no copo. E dizem que não existe briga de classes…

  • KevinGR

    No lançamento custava 76.5 mil, 5.200 de aumento em menos de 6 meses pqp

    • G.Alonso

      O aumento real nesse caso é de, aproximadamente, R$ 2874,40, tirados a inflação do período.

      • Fanjos

        Só o salario da galera que não vê essa correção da inflação =/

        • G.Alonso

          Infelizmente.

      • Felipe

        Some isso à lei de oferta e procura e… Bingo!
        Chegamos no preço perfeito pra quem recebe!

  • Eduardo Motta

    Downsize brazuca: quem comprava carro de 80 tá comprando de 60, o de 70
    agora compra o de 50, o de 50 agora vai de 30 e o de 30 agora vai de usado, o
    do usado agora vai de busão…

  • Ricardo Blume

    Meu carro já tem mais de 10 anos. Já está na hora de trocar e venho pensando nisso já faz algum tempo. Está velho mas está bem conservado. Como não sou bobo e dou valor ao meu dinheiro, cuido dele como se fosse minha vida, até por que sei da dificuldade de comprar outro. Com esta política de preços das montadoras, de elevar seus preços quase que mensalmente, meu sonho de trocar de carro está ficando cada fez mais distante mas eu não vou cair nesta armadilha. Não venham me dizer que o dólar está nas alturas, que o custo Brasil é um dos mais altos do mundo e o caral#@ por que a mim ninguém enrola. Competição em nosso país tem o efeito inverso e o jogo de TODAS AS MONTADORAS é se rolar, rolou. Cobram 20 k por um modelo e o povo compra. Ai colocam 25 k pelo mesmo modelo semanas depois e o povo compra. Meses depois o mesmo modelo sai pela bagatela de 30 k e mais um monte de desculpas e o povo se endivida até o talo para ter o seu popularzinho pelado na garagem. Fiat, VW, Ford, GM e todas as outras: aqui não é EUA ou Europa onde a taxa de juros é justa, seus salários são suficientes para ter uma vida digna e seus governos não são fdp como o nosso. Portanto, a pick up Toro pode custar 200 k, o Mobi outros 80 k e o próximo lançamento de vocês o preço de uma pic# que eu não perco meu sono para essa mentalidade de vocês. Quando eu conseguir trocar de carro, será um semi-novo, já depreciadinho e em bom estado. MEU DINHEIRO NÃO É O LIXO QUE VOCÊS COBRAM PELOS SEUS PRODUTOS.

    • saosao

      Concordo com o que vc disse. Mas não se engane, tem uma incoerência aí.
      Um semi-novo, já “depreciadinho”, ainda custa caro. Às vezes mais caro que um 0km em outros países.
      A “vantagem” em relação ao valor, é que vc pagará apenas um pouco mais barato, mas ainda assim pagará bem caro.

      • Ricardo Blume

        É uma das poucas opções que temos. Ou somos roubados ou somos “meio roubado”. Do contrário, só busão amigo.

    • Deu piti bonito, hein amiga?
      Bem vinda ao mundo capitalista…
      💰💰💰💰

    • Louis

      Independentemente da longa discussão de quem é a culpa dos preços altos, a verdade é que carro está caríssimo para nossos padrões de ganho.
      Acabo de fazer revisão pesada em meus 2 carros, um deles já com 10 anos de uso. Agora fico mais 5 anos pelo menos com ele. Estou sentindo como se estivesse dirigindo um carro 0km, troquei a suspensão completa, embreagem, entre outras coisas. Revisão foi cara, mas muito mais em conta do que trocar de carro. E se trocasse por outro usado, também teria que fazer revisão.

  • Gabriel José

    Engraçado que o golf highline chegou em 2014 por 68 mil, agora custando 100 ninguém reclama. Logo mais vai vir a toro gasolina manual e essa atual de entrada vai ultrapassar os 90 e assim segue. Só perde dinheiro quem fica reclamando que tá caro, mais vale apostar num lançamento e depois ter um bom valor de revenda

    • Gustavo73

      O Golf chegou em 2013 ppr 68 é já reclamavam do preço naquela época.

    • Lofin

      Carro está virando investimento no Brasil..

    • Carro é para usar. Revender carro nunca vai dar lucro.
      Essa lenda morreu nos anos 80

      • Danilo Fróes

        No caso desse golf essa teoria não se aplica.

    • Danilo Fróes

      Se pesquisar rapidamente, tem esse golf highline 14/14 com mais de 65k rodado e sendo vendido por mais que 68k! Negócio da China!

      • fredggp

        E a inflação não conta? O investimento só é bom quando pelo menos vence a inflação. Valor absoluto não quer dizer nada, amigo…

        • Danilo Fróes

          Fiquei mais tranquilo no final do seu post! Hahaha sds

    • Bom, acho que ninguém reclama no post da Toro mesmo… Mas no post do Golf…

  • Ailton

    Quem fez test drive na flex, percebeu que o motor deixa a desejar. A versão flex merecia um motor 2.0 moderno com mais torque. As versões a diesel nem considero, pois eu partiria para uma ranger xls 2.2 diesel, com um bom desconto para cnpj.

    • Pacheco

      O problema é a qualidade da Toro top para a Ranger XLS.

      Em termos de qualidade de acabamento, só a Ranger XLT empata o jogo.

  • Danillo Barros

    Se tem quem pague eles tem que aumentar mesmo. Empresa que vive pra dar prejuízo só conheço estatal.

    • Pacheco

      Administra uma empresa igual se administra o Governo e vc estará falido em meses… kkkkk

  • GPE

    Que absurdo. Mais de 2mil de uma vez só

    • Pacheco

      Pouco né? Eu quero ver a de entrada nos 100 mil.

  • A Fiat está ó, de parabéns por essa camionetinha 👏👏👏

    Mas os preços não param de subir… Lembrando que ela vem de série com calotinhas de plástico por esse valor!

    Se bem que… Pensando bem, câmbio automático é mais importante do que rodas. 😉

  • edgar__rj

    Só observo.

  • Fanjos

    Interessante, depois dos aumentos da GM, vem a VW, a Fiat, a Ford, mas não existe cartel de preços viu galera….a Alfafaveia que disse, então deve ser verdade.
    Enquanto isso, eu encho o bucho, só porque estava de dieta.

  • Vinícius

    Uhuuuu! A Stradona ta ficando com preço de carro grande.

  • Marcus Vinicius

    Talvez a Fiat não esteja dando conta da demanda !

  • Sassá

    Não vejo vantagem, as dimensões em relação à piapes médias são menores apenas no comprimento, ela é mais larga que uma triton hpe, e o preço faz quem gosta de picape pescoçar versões com chassi. A menos que os em média 150 quilos a menos em relação às médias de chassi façam muita diferença.

  • Daniel dos Santos

    Os que nao tiveram aumento é pq t m margens boas



Send this to friend