*Destaque *Featured Fiat Hatches Linha 2018 Preços

Fiat Uno 2018: preço, fotos, consumo, versões, detalhes

fiat-uno-2018-1 Fiat Uno 2018: preço, fotos, consumo, versões, detalhes

O Uno 2018 passa a ter algumas novidades este ano. O modelo popular da Fiat que agora fica acima do Mobi passa a adotar a designação GSR-Comfort para seu câmbio automatizado, que até então era chamado de Dualogic. De acordo com a marca italiana, o novo sistema estava presente no compacto desde a linha 2017, mas com o nome anterior. A opção, ao contrário do Mobi GSR, está disponível apenas com o motor Firefly 1.3.



Uno 2018 – detalhes

Veja os detalhes do modelo: O Uno 2018 é vendido nas versões Drive, Way e Sporting, com motores 1.0 e 1.3. Na linha 2018 o Fiat Uno ganha de série o alerta de pressão dos pneus. Outra novidade é que a versão de entrada passa a ser denominada Drive 1.0, partindo assim de R$ 42.980.

No mais, o nível de conteúdo do Fiat Uno permanece o mesmo de antes e nas versões que eram oferecidas anteriormente, destacando-se o sistema Start&Stop, direção elétrica com função City, Paddle Shifts e modo Sport (GSR), controles de tração e estabilidade, bem como assistente de partida em rampa, entre outros equipamentos.

O Uno 2018 mantém o estilo do modelo 2017, que sofreu atualização visual. Assim, o hatch da Fiat apresenta grandes faróis monoparabolas com elementos estéticos alusivos ao modelo, um tipo de “easter egg” visto em quase todo o acabamento externo e interno do carro, sendo uma característica do chamado “quadrado redondo” anterior. A frente é alta e tem grade em dois níveis, bem como para-choque com mescla de linhas e molduras, virando uma salada que foi aceita pelo consumidor.

As lanternas traseiras são transparentes e expõem os mesmos elementos estéticos exclusivos do Uno 2018, enquanto o para-choque tem formato robusto, mas chega a ter perfil esportivo no Sporting, incluindo escape cromado e difusor de ar. Sensores de estacionamento traseiros podem ser vistos, assim como uma câmera de ré, As colunas verticais dão robustez ao carro, que pode ser bem personalizada na versão esportiva, desde faixas laterais até colunas decoradas.

Por dentro, o Uno 2018 tem volante bem grande para o tamanho do habitáculo. Os difusores de ar são simpáticos e funcionais. Há poucos porta-copos, mas não falta o quase inútil console de teto. Os materiais plásticos estão cheios de easter eggs, o que reduz sua má impressão. O cluster tem boa visualização das informações, especialmente do computador de bordo, que é bem completo e ainda tem alerta de pressão dos pneus.

As janelas tem altura baixa e dão mais liberdade visual ao condutor, mas parece que o carro assim diminui ainda mais. Para quem vai atrás, o espaço é bem pequeno. Afinal, são 2,37 m de entre eixos. O porta-malas tem bom espaço, mas o carpete sobre o estepe é puro baixo custo. A ênfase parece ser ganhar mais uns 10 litros… No geral, manteve a individualidade em relação ao resto da gama. Agora é saber qual será seu futuro com Argo e Mobi.

Uno 2018 – novidades

Na linha 2018, o Fiat Uno não apresenta mudanças dignas de nota. O compacto da marca italiana mantém seu bom pacote de equipamentos, que inclui controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, sistema de áudio com Bluetooth e USB, sistema Live On com integração de smartphone, cinto traseiro central de 3 pontos com apoio de cabeça, Isofix, console de teto, padronagem de bancos e portas interessante, direção elétrica com função City, ar-condicionado, entre outros.

fiat-uno-2018-2-1024x668 Fiat Uno 2018: preço, fotos, consumo, versões, detalhes

Uno 2018 – versões

Estas são as versões do Fiat Uno, na linha 2018:

Uno Drive 1.0 2018
Uno Way 1.0 2018
Uno Way 1.3 2018
Uno Way 1.3 GSR 2018
Uno Sporting 1.3 2018
Uno Sporting 1.3 GSR 2018

Uno 2018 – equipamentos

Uno Drive 1.0 – Motor Firefly 1.0 – Ar-condicionado, direção Elétrica com função CITY, limpador/lavador e desembaçador do vidro traseiro, volante com regulagem de altura e detalhes em Grafite, vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento, travas elétricas nas quatro portas, rodas de aço com calotas aro 14 polegadas, pneus 175/65 R14, computador de bordo, airbag duplo, freios com ABS e EDB, entre outros.

Opcionais: Kit Tech Live On (computador de bordo mais completo, assistente de partida em rampa, sistema Live On, controles de tração e estabilidade, chave canivete, faróis de neblina, display TFT no painel, vidros traseiros e retrovisores elétricos, alarme e sensor de pressão dos pneus) por R$ 4.592. Kit Comfort (console no teto, apoio de braço para motorista, porta-objetos diversos, entre outros) por R$ 1.005. Kit Tech (computador de bordo mais completo, rádio Connect com Bluetooth e USB, assistente de partida em rampa, controles de tração e estabilidade, chave canivete, faróis de neblina, display TFT no painel, vidros traseiros e retrovisores elétricos, alarme e sensor de pressão dos pneus) por R$ 4.387.

Uno Way 1.0/1.3 – Motores Firefly 1.0/1.3 – Itens de série do Drive, mais suspensão elevada, pneus de uso misto 175/70 R14, calotas exclusivas, protetores adicionais nos para-choques, proteção nas portas e barras no teto, além de padronagem exclusiva no interior.

Opcionais: Kit Tech Live On por R$ 4.162. Kit Comfort por R$ 1.005. Kit Tech por R$ 3.957.

Uno Way 1.3 GSR – Motor Firefly 1.3 com automatizado GSR-Comfort, paddle shifts e comandos por teclas.

Opcionais: Kit Tech Live On por R$ 4.664. Kit Comfort por R$ 944. Kit Tech por R$ 4.459.

Uno Sporting 1.3 – Itens acima, mais visual personalizado, kit aerodinâmico e rodas de liga leve exclusivas aro 15 polegadas com pneus 185/60 R15.

Opcionais: Kit Tech Live On (com sensor de estacionamento) por R$ 4.141. Kit Comfort (com sensor de estacionamento) por R$ 944. Kit Tech por R$ 3.936.

Uno Sporting 1.3 GSR – Itens acima, mais câmbio automatizado GSR-Comfort com paddle shifts, visual personalizado, kit aerodinâmico e rodas de liga leve exclusivas aro 15 polegadas com pneus 185/60 R15.

Opcionais: Kit Tech Live On (com sensor de estacionamento) por R$ 3.362. Kit Comfort (com sensor de estacionamento) por R$ 944. Kit Tech por R$ 3.157.

fiat-uno-2018-3-1024x682 Fiat Uno 2018: preço, fotos, consumo, versões, detalhes

Uno 2018 – preços

  • Drive 1.0 – R$ 42.980
  • Way 1.0 – R$ 44.150
  • Way 1.3 – R$ 49.120
  • Way 1.3 GSR – R$ 53.630
  • Sporting 1.3 – R$ 51.080
  • Sporting 1.3 GSR – R$ 55.580

Uno 2018 – motor

O Uno 2018 manteve o mesmo powertrain do modelo 2017, que foi lançado em Betim-MG com muitas modificações em estilo, tecnologia e mecânica, sendo a maior revitalização do Novo Uno desde seu lançamento. A partir disso, toda a gama recebeu os novos motores GSE Firefly, que foram igualmente lançados na fábrica-sede da Fiat Chrysler na Grande Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

Assim, o Uno 2018 tem nas versões mais baratas o motor GSE Firefly 1.0 que tem três cilindros em linha, bloco e cabeçote de alumínio, duas válvulas por cilindro, comando de válvulas com gerenciamento eletrônico, coletor de escape integrado ao cabeçote, partida a frio sem tanquinho, entre outras novidades.

Pequeno, o motor Firefly 1.0 é calçado por coxins especiais, que filtram muito de seu ruído. O sistema de refrigeração também é novo, assim como o sistema de proteção da bateria e recuperação de energia através do alternador. O propulsor utiliza um óleo de baixa viscosidade para reduzir o atrito e prover menor arrasto aos pistões, bielas, virabrequim, anéis e outras partes móveis.

O Firefly 1.0 entrega 72 cv a 6.250 rpm com gasolina e 77 cv a 6.250 rpm com etanol, bem como 10,4 kgfm a 3.250 rpm e 10,9 kgfm a 3.250 rpm, respectivamente com gasolina e etanol. Ele trabalha com uma caixa de mudanças de cinco marchas e dá ao Uno 2018 uma performance boa dentro da categoria.

O outro propulsor do Uno 2018 é o Firefly 1.3 da família GSE da FCA. Ele tem quatro cilindros em linha e também duas válvulas por cilindro, totalizando 8. Ele emprega as mesmas tecnologias já descritas no Firefly 1.0, mas por conta de sua arquitetura, possui características bem distantes do pequeno de três cilindros, sendo basicamente mais suave no funcionamento e também na resposta, já que precisa de mais giros para obter um bom torque em baixas rotações.

Com 101 cv a 6.250 rpm com gasolina e 109 cv a 6.250 rpm com etanol, bem como 13,7 kgfm a 4.000 rpm e 14,2 kgfm a 4.000 rpm, respectivamente com gasolina e etanol, o Firefly 1.3 aparece como a opção mais potente do Uno 2018. Este ainda tem a opção de câmbio automatizado GSR-Comfort. Comenta-se na imprensa que futuramente haverá uma versão turbinada desse propulsor, fato que a Fiat também sugere.

fiat-uno-2017-impressões-NA-1 Fiat Uno 2018: preço, fotos, consumo, versões, detalhes

Uno 2018 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima em km/h

  • Uno com motor 1.0 – 12,5 segundos – 157 km/h
  • Uno com motor 1.3 – 9,8 segundos – 177 km/h
  • Uno com motor 1.3 GSR – 9,8 segundos – 177 km/h

O novo motor Firefly 1.0 tem boas respostas em baixa rotação, característica dos motores de três cilindros, dando ao compacto da marca italiana saídas bem dispostas e retomadas animadoras. O conjunto motor/câmbio ficou bem afinado, garantindo conforto durante a condução. A transmissão em si é a mesma já usada anterior e ainda mantém curso longo da alavanca, enquanto os engates são suaves, mas pouco precisos.

No meio urbano, o Uno 1.0 2018 tem uma boa performance, mantendo sempre um giro acima de 2.000 rpm, já dá para ter uma condução econômica. O indicador de marcha ajuda bastante nessa tarefa. Assim, na cidade, ele faz 9,2 km/l com álcool e 13,1 km/l com gasolina.

Partindo para a estrada, o hatch da Fiat já sofre um pouco mais. Subidas muito íngremes requerem boa redução e giro elevado para manter o embalo. Nas ultrapassagens, a mesma coisa. Carregado, é necessário atenção redobrada e paciência para executar a passagem em segurança. Em cruzeiro, dá para manter o giro na casa dos 3.500 rpm. Já o consumo, este fica em 10,4 km/l com etanol e 15,1 km/l com gasolina. Como se vê acima, ele precisa de 12,5 segundos para ir de 0 a 100 km/h e atinge 157 km/h. Nada mal para um 1.0 litro.

No caso do Uno 1.3 2018, a coisa muda um pouco de figura. O hatch vem com o novo motor Firefly 1.3, que tem bons números de potência e torque, mas perde em baixas rotações. Essa característica é facilmente notada ao conduzir o Uno 1.3 2018, que necessita de um emprego maior no pedal de acelerador nas saídas, retomadas e subidas íngremes. Mas, a partir de 3.000 rpm, o propulsor acorda e dá ao compacto da Fiat uma performance muito superior ao Firefly 1.0, logicamente, e ao antigo Fire 1.4, que entrega até 88 cv.

O Firefly 1.3 8V tem muita disposição e até confere alguma pegada esportiva se for bem tocado pelo motorista. Ele não reclama de giros altos e pode rapidamente alcançar 5.000 rpm, dando ao Uno 2018 uma condução bem animadora e à versão Sporting, a esportividade que ela nunca teve com o motor Fire 1.4 8V.

O câmbio de cinco marchas é bem escalonado para este motor, entregando engates suaves, mas com curso longo e desajeitado da alavanca, matando um pouco do espírito da versão Sporting e da pegada garantida pelo Firefly 1.3. O Uno 1.3 2018 ainda assim é bem econômico. Na cidade, onde apresenta bom comportamento no dia a dia, o modelo faz 9,2 km/l com etanol e 12,9 km/l com gasolina. Na estrada, onde dá para ter mais prazer ao volante, ele entrega 10,1 km/l com etanol e 14,0 km/l com gasolina.

Se o consumo é bom, a performance não poderia ser diferente. Afinal, o Uno 2018 é leve e tem quase 110 cv de potência disponível. Assim, ele parte da imobilidade até os 100 km/h em 9,8 segundos com velocidade final de 177 km/h. Se isso parece bom, saída que a outra opção de transmissão no Uno 1.3 2018 também apresenta a mesma performance. É estranho, mas com uma tecnologia mais recente, o automatizado da Fiat ganhou um “plus” a mais.

fiat-uno-attractive-sporting-way-NA-128-1 Fiat Uno 2018: preço, fotos, consumo, versões, detalhes

O antigo câmbio Dualogic foi suprimido pelo mais recente GSR-Comfort, um sistema mais moderno de automatização das trocas de marchas e acionamento da embreagem. Acionado por teclas no console, ele permite mudanças automáticas ou manuais, bem como modo de condução esportiva.

O gerenciamento eletrônico da caixa dá ao Uno 1.3 GSR 2018 um sistema com menor pausa nas trocas de marcha, que passam a ser mais suaves e rápidas. Além disso, permite dupla redução e retenção de marcha para retomadas. A tecnologia permite ainda manter a aceleração levemente acionada em aclives com o carro engatado, reduzindo a tendência do veículo mover-se para trás.

Com mudanças também nos paddle shifts, o GSR-Comfort atua diretamente no ajuste do motor quando em modo Sport, garantindo assim um desempenho extra deste, permitindo que se iguale os números de desempenho com o manual. Além disso, dá ao Uno 1.3 GSR 2018 a possibilidade de ser mais econômico na cidade que a versão manual. Mas, a sensação nas trocas ainda fica aquém daquela vista no Mobi Drive GSR 2018, que é bem mais esperto e tem performance irreal para um 1.0.

O Uno 1.3 GSR 2018 ainda se dá bem com esse câmbio automatizado por ter assistente de partida em rampa, que garante os freios acionados em manobras, lembrando que o motorista não tem controle sobre a embreagem e o sistema falha nesse aspecto. Em segurança, o GSR-Comfort, por exemplo, impede o engate de marchas se uma das portas estiver aberta ou se o pedal de freio não for acionado.

Com esse pacote tecnológico, o Uno 2018 com motor 1.3 Firefly e câmbio GSR-Comfort vai de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos com final de 177 km/h. Na cidade, seu melhor ambiente, o carrinho faz 9,3 km/l com etanol e 13,2 km/l com gasolina, melhor que todas as outras opções, incluindo o 1.0. Isso mostra o nível de eficiência que se conseguiu nesse novo automatizado. Por fim, na estrada, o compacto faz 10,1 km/l com álcool e 13,7 km/l com gasolina. Bons números.

No mais, o Uno 2018 tem uma boa direção elétrica que ainda conta com o sistema City, que a deixa ainda mais leve, sendo desnecessária no dia a dia e mesmo em manobras bem apertadas. O Fiat Argo 2018 mostrou que essa tecnologia já está ultrapassada, pois uma mesma programação pode dar a leveza necessária e a progressiva imprescindível em velocidade.

Com volante grande, embora com comandos satélites, o Uno 2018 tem freios apenas medianos, não muito eficientes em velocidades mais altas. É necessário aliviar a carga em frenagens longas porque os discos não são ventilados e seu aquecimento gera perda de eficiência e aumento na distância até parar.

A suspensão tem um bom ajuste. Afinal, a Fiat tem mais de 40 anos de experiência no solo brasileiro e assim não poderia ser diferente. Ela é macia e suporta bem nossas péssimas condições de rodagem. Até no fora de estrada, o Uno Way 2018 demonstra certa habilidade em transpor trechos ruins. Mas, para evitar a rolagem característica do modelo, a Fiat introduziu controles de tração e estabilidade, importantes em pisos escorregadios, curvas fechadas ou desvios rápidos. O nível de ruído geral é razoável, ficando dentro da média da categoria.

fiat-uno-attractive-sporting-way-NA-127 Fiat Uno 2018: preço, fotos, consumo, versões, detalhes

Uno 2018 – consumo

Cidade

  • Uno com motor 1.0 – 9,2 km/l com álcool – 13,1 km/l com gasolina
  • Uno com motor 1.3 – 9,2 km/l com álcool – 12,9 km/l com gasolina
  • Uno com motor 1.3 GSR – 9,3 km/l com álcool – 13,2 km/l com gasolina

Estrada

  • Uno com motor 1.0 – 10,4 km/l com álcool – 15,1 km/l com gasolina
  • Uno com motor 1.3 – 10,1 km/l com álcool – 14,0 km/l com gasolina
  • Uno com motor 1.3 GSR – 10,1 km/l com álcool – 13,7 km/l com gasolina

Uno 2018 – manutenção e revisão

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.0

Preços 1.3

10.000 km

R$ 220

R$ 256

20.000 km

R$ 436

R$ 468

30.000 km

R$ 388

R$ 428

40.000 km

R$ 728

R$ 752

50.000 km

R$ 400

R$ 436

60.000 km

R$ 612

R$ 660

Uno 2018 – ficha técnica

Motor

Firefly 1.0

Firefly 1.3

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

3 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

999

1332

Válvulas

6

8

Taxa de compressão

13,2:1

13,2:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 72 cv @ 6250 rpm / Etanol: 77 cv @ 6250 rpm

Gasolina: 101 cv @ 6250 rpm / Etanol: 109 cv @ 6250 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 10,4 kgfm @ 3250 rpm / Etanol: 10,9 kgfm @ 3250 rpm

Gasolina: 13,7 kgfm @ 3500 rpm / Etanol: 14,2 kgfm @ 3500 rpm

Transmissão

Tipo

Manual 5 marchas

Manual 5 marchas / Automatizado 5 marchas

Freios

Tipo

Disco / tambor

Disco / tambor

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Aço aro 14 polegadas

Liga Leve aro 14 / 15 polegadas

Pneus

175/65 R14

175/70 R14 / 185/60 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)

3820

3820

Largura sem retrovisores (mm)

1636

1636

Altura (mm)

1510

1510 / 1555

Distância entre os eixos (mm)

2376

2376

Capacidades

Porta-malas (litros)

280

280

Tanque (litros)

48

48

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

400

400

Peso em ordem de marcha (kg)

1010

1055 (MT) / 1057 (AMT)

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,35

0,35

Uno 2018 – fotos

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

4.0

COMPARTILHAR:
  • HugoCT

    Mais custo benéfico que o Up ele tem. Nesse valor, o painel do Up é uma chapa de plastico, sem conta giros, sem computado de bordo, resumindo, sem nada.

    • Bruno Silva

      Que valor? Tá viajando!! O Up! move TSI tá no mesmo preço do Uno 1.3 e vem bem mais equipado.

      • Pedro154

        Ele provavelmente se refere ao Take Up. Calma. Fica tranquilo! 😳

        • HugoCT

          exatamente

      • Cleidson

        Uno tem ESP.

        • Bruno Silva

          Só no Dualogic.

          • Dias

            Não, na verdade o ESP é um opcional se nao me engano, faz parte de um pacote tecnologico .

            • Rodrigo Figueiredo Bertelli

              Exato. ESP, Hill Holder dá pra ter até no Uno de 42.980. Custa mais 3.873, então o carro vai para 46.853. Mas tem.

      • G.Alonso

        up!? Mais equipado? Não é não, só tem motor mais forte. E mesmo assim, Uno ainda pode ter controle de estabilidade e tração, hill holder, tem cinto de 3 pontos para todos os ocupantes, start-stop… up! só tem carroceria segura.

        • Ronaldo P

          O Up tem controle de tração

          • Ronaldo P

            O Up em matéria de motor e carroceria vence disparado

          • G.Alonso

            Tem nada, tem um sistema fajuto que freia o carro para não derrapar devido a força exagerada colocada no motor.

        • Ronaldo P

          Controle de estabilidade num carro desse tamanho acho uma bobagem

          • GPE

            Desculpa aí mas falou besteira. Só carro grande q perde o controle em curva? É isso mesmo?

        • Ronaldo P

          Há acabamento o Up ganha disparado tb tanto em carroceria como internos

        • Ronaldo P

          O Up é menos confortável pq tem a carroceria mais segura mas andando na estrada por exemplo sem buracos considero ele bem confortável e agradável de dirigir

          • G.Alonso

            Ele é mais agradável de dirigir mesmo.

          • Felipe

            “O Up é menos confortável pq tem a carroceria mais segura”
            Você escreveu isso mesmo? Desconfortável por que é seguro?
            Conte me mais: O que mais air bags e a “sopa de letrinhas” interferem no conforto de um carro?

            • ILNO

              Acho que ele quis dizer por causa do acerto do carro, o UP tem uma suspensão mais firme e mais baixa que o Uno, consequentemente uma maior estabilidade… pelo menos foi oq eu entendi

              • Felipe

                Será? Mas um carro pode ter uma carroceria segura independente do acerto da suspensão… Não sei se foi bem nesse sentido que ele falou não, mas… Vai saber, né?

        • dogmarley

          vc pode por air 18 air-bags numa Kombi e ela ainda será insegura!
          a sopa de letrinhas toda não adianta se a solda for ruim, chapas espaçadas e plataforma de 147 remendada

          • G.Alonso

            Claro que adianta, sempre é melhor evitar o acidente do que bater, principalmente num inseguro, como você diz.

            • dogmarley

              qual desses dispositivos que vc citou impedem um caminhão de te arrastar 30m ?
              a carroceria segura faz diferença nesse caso

              • G.Alonso

                Nem carroceria segura e nem carroceria porcaria segura um caminhão não. Carroceria segura também não impede o caminhão de te arrastar e a segurança dela tem limite, se for a 67 km/h como nos testes e numa posição ideal, caso contrário, é destruída também.

      • Duh

        Uno é mais equipado, Up só tem motor e só corre em linha reta, sem tirar que a suspensão é mais desconfortável.

      • Marcio Faro Motta

        Por R$ 57,1 mil o mesmo preço? É mais caro até do que o Sporting GSR que custa 55 mil e tem controle de tração, hill holder, controle de estabilidade, start and stop…

      • pedro rt

        nao existe up! tsi por menos de 52mil. portanto o uno 1.3 e uma opcao melhor pois custa 49mil

    • Joaquim Grillo

      Fla isso não rapas VWista vem sempre falar do motor TSI o melhor do mundo, o carro pode até ver sem nada de opcional mas eles pagam as breba por esse motor

      • Diogo Augusto

        Os caras acham que o Up é superesportivo pra ter que vir só com o poderozíssimo motor de 105 Cv…
        Já vi até Gearhead pagando pau pra essa Geladeira com motor de Golf… da até vergonha…

      • Pedro154

        O amigo ali forçou muito a barra para colocar o up! em uma condição de superioridade. Na comparação Uno Drive e Take Up!, é evidente que o Uno Drive sai ganhando em termos de equipamentos e design interno, sem necessariamente dever em motorização, pois o motor 1.0 FireFly é de construção moderna, assim como o 1.0 MPI.

        • Lucas Campos

          E o Uno anda mais que o Up MPI. Além de ser mais espaçoso e infinitamente melhor acabado.

          • Gustavo73

            Mais espaçoso aonde, tem entre-eixos menor e é mais estreito.

            • Lucas Campos

              Senta no banco traseiro dos dois e vc descobre qual tem mais espaço.

              • Gustavo73

                Já sentei.

        • Joaquim Grillo

          só de acabamento o uno já tá em vantagem

      • VaeVictis

        Um motor deve ter 4 cilindros para ser o melhor: TSI não é o melhor.

        • Verdades sobre o mercado

          O 1.3 Firefly é um ótimo motor, mas o TSI já provou que tem números de desempenho e consumo melhores que o 1.3 Firefly, portanto sob estes aspectos o TSI é melhor. Gostaria de entender sua teoria sobre precisar ser 4 cilindros para ser melhor …

          • VaeVictis

            Os 4 cilindros tem o equilíbrio perfeito. Quando dois cilindros está no ponto morto superior, o outro dois está no ponto morto inferior. O 3-cilindros é desequilibrado e produz vibrações em todo o veículo. É um compromisso de baixo custo, não pode ser considerado um bom motor.
            Além disso, todos nós sabemos que um motor turbo não é tão robusto como um aspirado.

            • Felipe

              Cara, você podia fazer um quadro de humor nesses programas que falam sobre carros… Muito bom!!!

          • Felipe

            Ele escreveu de forma irônica… Não tem cabimento, chega a ser de fato engraçado alguém ter esse “pensamento” em 2017! Hahahahahah!

        • Felipe

          Pegou pesado na ironia, hein rapaz!
          Hahahahahah!

    • Wellington Myph13

      Rapaz, eu jurava que a Take tinha ao menos recebido o novo cluster do Fusca, mas consultei na config do site e continua o comunzão e sem conta-giros, pqp… Nem pra tirarem das versões mais completas anteriores com conta-giros e colocar nele não fizeram… Essa foi cruel…
      Quebraram o up! de vez, porque a versão de entrada não vai encantar ninguém (já não encantava, mas era mais barato)… Se ao menos tivesse o cluster novo e completo (talvez único opcional poderia ser o Som) por 40.990,00 seria mais aceitável… Move up! pula pra 48mil, são 8mil de diferença, pula demais…

    • Felipe

      Desculpe minha inocência, mas quem concorre com o UP! não é o Mobi?!

      • Verdades sobre o mercado

        Na verdade esta história de concorrente é relativo. Sob o ponto de vista de sub-compacto é o Mobi, mas sob ponto de vista de preço acaba concorrendo também com Onix, Ka, HB20, Gol, Uno …

        • Felipe

          Sim, mas existe classificação de categorias justamente pra segmentar os automóveis. Pelo preço muitos médios, pode se levar SUVs ou picapes pra casa sem que eles sejam concorrentes, por exemplo… O que vai definir a compra é a classificação e o uso que o dono der ao carro. Comparar Uno com UP! apenas por preço, é uma tremenda ignorância.

          • GPE

            Rapaz, não é não. Espaço interno nao muda mt coisa, a mala é praticamente igual, desempenho similar, nível de acabamento idem (o up é mais simples mas nao se desmonta como o Uno) e preços similares… Só em tamanho externo q o Uno realmente é maior.

          • Gustavo73

            Ainda bem que o Up tem mais entre-eixos e largura.

            • Felipe

              Ainda bem que o Uno foi reposicionado pra ser subcompacto.

              • Gustavo73

                Uno sempre foi um subcompacto. Os compactos da Fiat sempre foram Palio e Punto.

      • HugoCT

        Tanto o Uno como outros modelos pegam a mesma faixa de preço do Up, ai acaba sendo concorrente tbm .

        • Felipe

          Não se analisa concorrência por preço. Civic Touring, S10 Flex e Compass Longitude completo, tem preços semelhantes… E aí?

          • André Luis Versiani

            Mas observa-se que não é só o preço, a Fiat tem dois carros atacando o Up!

            • Felipe

              Enquanto isso, Gol e Fox praticamente nadam de braçada diante dos ataques ao UP! e das vendas dos compactos da Fiat.

    • Rafael

      É melhor ter uma chapa de plastico só do que esse amontoado de plástico barato de controle remoto Philco. Pelo menos um Up com 60 mil km continua sem barulhos, enquanto qualquer fiat já está se desmontando, com o volante todo surrado e os botões e manopla descascando… triste ver uma porcaria dessas sendo vendida tão cara e tanta gente defendendo. Fiats são uma agressão ao consumidor. Já entrei num grand siena 1.6 dualogic topo de linha com menos de 40 mil km ja estava assim, todo desmontando – e o dono nem era cupim

  • Dias

    Hoje ao meu vê, o UNO é uns dos melhores carros que possui melhor custo benefício no BR. Pois ele tem muitos itens de série e tecnologia que muitos carros do valor dele não possuem na mesma faixa de preço, sem falar que é muito econômico e baixa manutençao. Tô para compra um ainda esse ano, de preferencia o WAY. Tenho um New Fiesta 1.5 SE mas nao me atende do jeito q eu quero, chega até se algo retrogrado, já que vou sair de um nivel mais alto pra ir ao um mais baixo. Só que pra mim do jeito q o país estar, é mais negocio investir em um popular. A gasolina aqui é 4$ , manter um carro na minha regiao sem ser popular é muito gasto.

    • Tosca16

      O pessoal vai me bater, mesmo pagando um pouco mais de seguro e manutenção, iria de C3 1.2 PureTech… Que mesmo vindo menos equipado na mesma faixa de preço, é muito mais carro !

      • Dias

        Com certeza, se eu não morasse no interior e não tivesse um sítio que tem uns 20 km de estrada de terra ruim, eu ficaria com o meu NEW FIESTA. Ou pegaria outro carro popular mais atraente que o UNO, vou esperar lança o ARGO e ver o rumo que ele vai tomar em questaõ de preço e o que tem a oferecer.

        • Tosca16

          Acho que a FIAT vai posicioná-lo acima do Uno, aliás isso é óbvio; quero dizer que se tiver uma versão ou outra na mesma faixa de preço o Uno seria bem mais atrativo, pois creio que pelo valor do 1.3 Firefly no Uno vc mal pegaria um Argo 1.0, que ao meu ver nem deveria de existir, se não for abaixo dos 50 mil reais.

      • Felippe2010

        Ou o Pug 208 1.2

      • Debraido

        Andei num C3 1.2, o motor impressiona. Forte nas saídas. Mas iria de 208 com a mesma mecânica. O interior do C3 está datado.

        • Tosca16

          Sim sim, entretanto ainda é mais carro que o UNO… falei C3 porque creio que começa com preços mais baixos, se não estiver enganado, ao 208.

      • Wellington Myph13

        C3 é mais barato em seguro do que o Uno. Mas ele parte de 48k, que já aparecem motores mais fortes do que o 1.2 nessa faixa, ou 1.0 novos que rendem tanto quanto ele, com mais itens de série.

      • Lucas086

        Também seria minha escolha, em março tinha ele por 39,900, não existe carro melhor pelo preço.

      • Matthew

        Esses dias eu fui numa concessionária PSA da minha cidade e fiquei impressionado com o nível de atendimento do vendedor. Mostrou o carro nos mínimos detalhes (C3) em mais de uma versão, me ofereceu teste drive mesmo eu falando que só tava olhando de curioso e achei as condições de pagamento campeão; 60% de entrada e saldo em 36 vezes. O preço do carro era 49k. Sem dúvida alguma o Puretech 1.2 é um baita motor, mas pra quem pretende ficar mais de 5 anos com o carro talvez possa ter problemas no futuro com a disponibilidade de peças, considerando que o motor é importado.

        • Tosca16

          Eu iria sem dúvidas, entre C3 e Uno, de C3 mas entendo quem tem o pé atrás.

        • Edson Fernandes

          Esse motor veio para fica rno Brasil. Pode ficar tranquilo que daqui a 5 anos terá muitas peças de prateleira dele. O motor 1.4 veio em 2006 e eu tive um C3 2008… te digo que tinha uma oferta gigante de peças.

        • Gustavo73

          Ele será nacionalizado pelo que tenho lido

    • Wellington Myph13

      O uno peca nos detalhes.
      De série não vem ajuste do banco, sem abertura do porta malas interno, porta malas com um tapete solto terrível, espaco interno traseiro pequeno, entre outros detalhes que incomodam num carro que agora parte de 42mil.
      Pra acrescentar essas coisas, não sai menos de 48mil…

      Um Onix novo vc leva por 43mil em ofertas e a suspensão está bem acertadá pra ruas de terra, só fica devendo motor pro Firefly.
      Sandero é bom pra isso também, custando 42k leva até o vibe com rodas de liga 15, farol neblina e multimídia 7…
      Não acho o Uno nem perto de ser melhor CxB…
      Tem o Ka também, mas ele tem fama de virar escola de samba muito rápido… 39900 em ofertas…

      • Paulo Lustosa

        Minha tia teve um Way 11/11 e tinha abertura interna de porta malas, como esse novo não tem?

        • Wellington Myph13

          Não é de série, faz parte de um pacote que custa 3600 reais.
          De série, tem que ir lá atras e enfiar a chavinha no miolo.
          O Palio tem o sistema “Push” de série que vc aperta o logotipo da Fiat e ele abre o porta-malas (Coisa que nem de opcional tem no Uno, só abrindo internamente, ou enfiando a chave msm), isso é uma mão na roda em carros Hatch… O etios colocou de série esse botão no 1.3X e o up! tem de série isso tb…

          • Paulo Lustosa

            Achei estranho isso, pq esse Way só tinha o ar, dh, vidro e trava e tinha essa alavanca interna

          • Paulo Lustosa

            Mais uma bola fora da Fiat capando o que era de serie

    • GPE

      Na teoria é bonito mas na prática é uma merd@. Acabamento de carro da fiat é uma vergonha. Minha mãe tem um palio desse último modelo, só ela usa e usa pouco, ela é cuidadosa mas os plásticos ficam esbranquiçados, as saídas de ar quebraram 3 das 4 (e a fiat trocou por reconhecer q é defeituoso), o carro tem um péssimo acerto de chassi, dobra demais, nao faz curva, direção sem feeling… agora é cheio de parafernalha e aviso de isso e aquilo… mas nao te da vontade de dirigir. To nem falando de prazer. To falando de vontade mesmo.

      E minha amiga teve um Uno Sporting e aconteceu coisa parecida com o que ocorreu com o palio de minha mae. Segundo impressoes dela, o carro foi se desmontando aos poucos.

  • Artur

    O Live On já era oferecido na linha 2017? Pensava que era exclusividade do Mobi.

  • Tosca16

    + 50 mil num UNO, e olhe que até que não está ruim frente aos concorrentes, pode ser até o melhor Uno de todos os tempos, mas nunca pensei que aquele carro “barato” ia ficar tão caro assim…

    • Dias

      Verdade, porém temos que ver o lado que ele deixou de ser popular. Todos os carros no Brasil estao caros! Se nao tivesse o Mobi o Uno iria ser ainda considerado um carro de entrada e popular, mas agora como ele nao tem mais esse papel é se conformar com a realidade do preço.

      • Tosca16

        Sinceramente, é uma salada de frutas aí medonha… o UNO está muito mais a frente em questão de equipamentos que o projeto, digo que seria melhor matar essa geração e adiantar a vinda de uma nova geração do modelo, o visual por mais que façam retoques tá datado, e ainda reina no modelo esse ar de “popular”, por mais que não seja, olhando por exemplo a lista vasta de equipamentos.

        • Dias

          Você tem razão! A Fiat já deveria ter dado uma nova geraçao ao UNO, caso ele venha a ter deve vim lá pra 2019 ou 2020. Deve demorar ainda um bocado, pois nao faz nem 1 ano q lançou a linha 2017 e á saiu a 2018. A toyota comecou com essa loucura com o etios e as outras montadoras estao seguindo. Ao meu ver a Fiat só nao vende mais porque ainda nao possui uma central multimídia de verdade dela propria como o My link e tal. Voce acha q o UNO vai demorar a ganhar uma nova geraçao?

          • Tosca16

            Creio que tudo dependerá das vendas do modelo e do Argo, porque a FIAT não tá nada feliz com a queda nas vendas, por mais que esteja o grupo FCA vendendo bem os modelos mais caros como os da marca JEEP e da FIAT por exemplo a Toro… e Strada mesmo sendo líder tá datada, vai ter que mudar, mesmo que as vendas sigam boas.

      • visanpai

        Aqui em casa temos um 1.4 Way 2012 completo (até PC de bordo) e digo que o modelo anterior (quadrado) é superior em espaço, as portas tinham melhor acabamento (tecido na maior parte), o isolamento acústico é infinitamente melhor e por aí vai. Ou seja, este Uno continua sendo um pé duro em essência (basta andar nele pra perceber), mas estão tentando gourmetizar ele a todo custo.

        • GPE

          Falei algo parecido mais acima. Na teoria é cheio de equipamentos, mas na prática é um carro datado, ruim de curva, acabamento fraco e q se desmonta.

  • Edney

    Não existe uma versão normal do 1. 3? Ou é Way ou Sporting, é isso mesmo?

    • Nilza Silva

      Pois eh, vim quente pensando que tinham lançado uma versão 1.3 comum, mas ainda fica nessa de Way ou Sporting…

    • Silvio

      Pois é, seria a versão ideal, sem ser altinho como o way, nem cheio de penduricalhos e fantasia como o Sporting. E ainda por cima mais barato… uma pena não existir.

  • Franco da Silva

    Fui fazer um test drive para conhecer o Firefly, depois de 500 m reclamei dos barulhos internos (algo nas colunas ou nas portas, além do painel). A vendedora disse que era estranho mesmo e voltamos para pegar outro carro. Adivinha se não tinha os mesmos barulhos…
    Ah, FIAT, capricha! Agora, nem carro 0km fica sem aquela sinfonia interna?! Antes era ali pelos 30.000 km pelo menos…

    • dor53

      conta outra.

      • Franco da Silva

        É só fazer o teste. Concessionária Via Porto, em Novo Hamburgo, RS.
        Não tenho nenhuma relação com essas empresas automobilísticas. Já comentei diversas vezes que tive carros de várias marcas, incluindo 3 da Fiat.

        • oscar.fr

          O asfalto da cidade do campeão estadual é péssimo. Basta colocar o carro em NH que vc acha que está andando em uma carroça.

          • Franco da Silva

            Ahahaha. Isso é verdade! Até por isso estava vendo a volta de um Uno Way para a família, pela suspensão “mole”. Mas desisti…

    • Rodrigo

      Aham…

    • Lucas086

      Andei esse fds com um fox run com 1231 km e o banco rangendo parecendo uma poltrona velha… outro dia desses, andei em um hb20 da Movida com 600 km, e o painel tinha um barulho tipo uma bolinha de gudi que ia e vinha… não é exclusividade da Fiat, Vw ou Hyundai, são todas…

      • Franco da Silva

        Talvez… mas no test drive, só o Uno fez.
        Testei Uno, Fox, up!, C3, Fiesta, HB20 e 208.

  • Duh

    Uno tá bem interessante, agr pq a versão Sporting é mais cara que a Way? Outra esse azul da sporting devia ter para as outras versões.

    • G.Alonso

      Pq a Sporting é a topo de linha, e já vem mais equipada, com rodas de liga leve e outros.

  • Joaquim Grillo

    meu deus a fiat perdeu a noção?

    • Alexandro Henrico von Mann

      Só a Fiat?

      • Esquilo Tranquilo

        Em lugar onde spacecross passa de 100 mil delações, eu diria que todos perderam a noção.

        • Malvino Jose Moreira Junior

          hahaha nova moeda ficou pica , 100 mil dimas , 100 mil temes , mas essa kkkkkkk superou

    • Lucas Campos

      Vocês que perderam a noção. Já ouviram falar em inflação? Pega 30mil reais de 2012 e faz as correções. Considerando 7% ao ano. Da 42mil reais. Em 2012 um uno de entrada custava 30mil. Hoje custa 42mil. Normal. Apenas correção de inflação.
      Quem está há 5 anos na mesma empresa e no mesmo cargo, hoje ganha o mesmo que ganhava em 2012? Claro que não né!? Existe Inflação… dissídio coletivo, mas só tem noção disso quem para pra raciocinar e gasta um minuto fazendo um cálculo simples de inflação considerando 5 anos. Aí vc vai descobrir que os carros continuam custando o mesmo que custavam a 5 anos, a única diferença é q moramos num país que tem inflação alta.

      Vocês precisam atualizar a noção de valor de dinheiro de vocês. 10mil reais de 5 anos atras n são os mesmos 10mil de hoje.
      Aqui n é EUA. Aqui tem inflação alta.

      • Fanjos

        A maioria do pessoal não teve reposição salarial a altura das correções, na maioria das vezes não chegou a 1/3 da correção, ou seja arrocho, e podemos dizer que são os sortudos que mantiveram os empregos mesmo ganhando menos em termos de valor real.

        Mas Lacra o 13, Muda mais e bora 100 mil no carrinho de entrada mais barato!

  • Wellington Myph13

    Ai vai o cabra na css e leva um Mobi por 41k…

  • Daniel

    “passa a adotar a designação…”, “que até então era chamado…”, “outra novidade é que a versão de entrada passa a ser denominada…”, “no mais, o nível de conteúdo permanece o mesmo…”
    Tudo isso em apenas dois parágrafos, ou seja mudanças só de nome. Que vergonha Fiat.

    • Duh

      A pior parte é que é mais equipado que o Up que acabou de ter um facelift.

      • Wellington Myph13

        Na verdade ele tem mais opcionais de equipamento. Porque de série não chega nem aos pés do up.
        Tem que considerar sempre 3800 do tecnológico e 800 do conforto, então são 4600 pra ter o que o up tem mas ganha além disso o cinto 3 pontos central, esp/tcs/hla e vidros elétricos traseiros…
        Fiat é campeã nisso. Oferta inicial sem porcaria nenhuma no carro, e se quiser algo ao menos mais decente, pegue este pacote x e esse y.
        Além de que Alarme e CMM só como acessórios com apenas 1 ano de garantia e valores absurdos…

        • G.Alonso

          Mas o VW também é assim, só que ele já vem para a concessionária com os opcionais inclusos. O Fox não tinha ou continua não tendo alarme de série, pq o up! teria? Uno já vem de série com ar, direção elétrica e vidros elétricos dianteiros. Um Uno 1.0 com ESP, apoio de cabeça e cinto de 3 pontos para todos sai mais barato que um Move up! MPI.

          • Wellington Myph13

            Up sempre teve chave canivete e alarme volumétrico desde a Move up.
            E se vc não acompanhou as últimas notícias, a VW mudou a estratégia de versões e opcionais. Agora tem mais itens de série, pode ver pelo up que agora vem com rodas de liga leve, som e sensor de série. A Take up que continua besta mas fazer o que, ela completa fica 43.240,00… 500 reais de diferença pro uno de entrada…

            • G.Alonso

              Desde a Move up!, o que significa que não é de série, já que a versão básica é a Take. Sobre essa mudança, você também deveria acompanhar, pois a Fiat também está com pacotes de opcionais reduzidos, o Uno mesmo só tem 1 ou 2 pacotes (não contando os que mudam somente do som normal para o Live On) . O Mobi tem 1 ou 2 pacotes de opcional dependendo da versão. O Palio tem 1 pacote de opcional para as versões que agrega som ou rodas, e a versão Sporting nem tem opcional.

              • Wellington Myph13

                Claro que é de série, na versão move up. De série entra por versão.
                O problema dos opcionais da Fiat é que são todos atrelados, não se leva ajuste de altura do banco sem levar 10 outras coisas junto, e nem leva o som com Bluetooth sem levar 3000 em opcionais.
                Na VW ao menos os detalhes de conforto já vem e ao menos dá pra pegar só som a parte. Não que eu seja fã de opcionais, mas a Fiat quebra tb… E o Palio nem tem opcional pq está pra sair de linha.

                • G.Alonso

                  Rapaz, a lista de opcionais da VW é extensa também, não é só da Fiat não. Ela pode estar mudando agora, mas, a Fiat também. E outra, pagar pelo som e levar os outros itens por 3 mil é barato.
                  Exemplo dos opcionais da VW:
                  “Keyless” – sistema de alarme com comando remoto
                  “Park pilot” – sensores de estacionamento dianteiros e traseiros
                  1 luz de leitura dianteira e 2 traseiras
                  Chave tipo “canivete” com comando remoto
                  Rede no porta-malas
                  Rodas de liga leve aro 15″ “Turim” com pneus de baixa resistência a rolagem 195/55 R15
                  Tampa do porta-malas com abertura por controle remoto
                  Tapetes de carpete
                  Tomada 12V no console central e no compartimento de bagagens
                  Travamento elétrico das portas e porta-malas (com controle remoto)
                  Volante multifuncional revestido de couro com apliques e comandos do sistema de som e do “I-System”

                  Só entrar no site e botar para configurar o Fox que vai ver isso aí. Pacote Urban. Está tentando defender o indefensável.

                  • Wellington Myph13

                    Vamos lá, eu não estou defendendo nada, estou acusando a Fiat de fazer pior nos opcionais que a VW.
                    Vou dar o seguinte exemplo:
                    Gol 1.0 Trendline já tem ajuste de altura de banco (Odeio carro sem essa regulagem, pode chamar de fresco, mas é minha preferência, e a de muitos que conheço), e se quiser eu compro o som com bluetooth a parte (Eu uso)
                    No Uno, pra ter estes simples dois itens, tem que adicionar o pacote todo do Kit Tech + o Conforto.
                    A Fiat tira itens de conforto bestas da linha de produção, pra enfiar em um pacotão de opcionais.
                    Pra comparar um up! ou Gol com Som, vc tem que adicionar tudo isso no Uno pra ter algo decente, senão é bancão sem regulagem, volante sem regulagem, som com MP3 e USB sem Bluetooth e sem botão de abrir porta-malas do tipo PUSH que tem no Palio que é uma mão na roda pra quem tem carro Hatch…

                    O Pacote Urban é tão “besta” que se vc entrar no Highline Basico, ele já tem tudo que tem na Comfortline + Urban, e custa 1000 reais a mais… Só que o motor já pula pro 16V, e o carro vale mais na Tabela… Sem noção…

                    EDIT: Antes a Fiat tivesse colocado um pacote conforto, pacote tech e pacote safety, excluindo o ESP do pacote comum, barateando ele pra comparar… Ou se queria ser referência, que adicionasse de série o ESP e deixasse os pacotes mais baratos… Simples…

                    • G.Alonso

                      Sim, só que o Uno tem direção elétrica e ar condicionado de série, o Gol nem isso tinha. O ajuste de altura do banco é uma porcaria, nem funciona.
                      O pacote Urban nem deveria existir mesmo, somente agregar o que tem nele ao veículo e deixar o mesmo preço, pois na concessionária consegue levar o carro com o pacote e desconto abaixo da tabela.

  • José Júnior

    Me assusta é carros de categorias superiores não oferecerem nem como opcional o tal do controle de estabilidade…

    • Airplane

      Também é assustador não haver controle de estabilidade em todas versões do Uno 2018 !
      Segurança seletiva, só para os que tem mais grana !
      Morram os pobres ?

  • RKK

    Ou seja, GSR=Dualogic.

    • Fanjos

      TrancoLogic ou DualTranco, vulgo cambio de brinquedo, ou robô burro que não tirou CNH dirigindo o cambio mecânico tosco para vc.

      • Verdades sobre o mercado

        Sou crítico do Uno (penso que o lugar dele é o do Mobi que nem deveria ter sido lançado) mas o câmbio Dualogic (a partir da atualização Plus) tem um funcionamento muito bom e serve muito bem para quem está saindo de um veículo com câmbio mecânico. O problema é que a imprensa especializada fica comparando com câmbio automático com conversor de torque (ou CVT) e fica metendo o pau. O problema do automatizado de uma embreagem é o preço cobrado (atualmente absurdamente quase igual a um automático convencional) que deveria custar de R$ 2.000,00 a R$ 2.500,00 e a manutenção que é bem cara e pode acontecer antes dos 100.000 km, coisa que no automático convencional normalmente só ocorre após 200.000 km.

        • Nada disso. O problema não é o uso do câmbio. O usuário acostuma-se logo com o câmbio e isso é superado. O problema real é a manutenção. Sim, cedo ou tarde ele vai dar problema. Você precisará trocar a embreagem e deixar mais de 2 mil no mecânico. O mercado de usados rejeita veementemente esse tipo de transmissão, e não é a toa. Todos os câmbios automatizado ainda são frágeis e não aguentam o tranco. Um vizinho, consultor da VW me disse que a concessionária não recompra carros com imotion fora da garantia. Pq será?

  • Alexandre Maciel

    Esse carrinho é bem descartável, a ponto de ter coisas se soltando em termos de borracha e/ou acabamento. Com esse preço a situação piora… e muito… tsc

    • Felipe

      Guarnições!
      Aluguei um Attractive 1.0 (Já GSE) outro dia desses por falta de opção de um carro melhor, olhei o painel: 1.149 km.
      Barulhos e rangidos de plástico internamente sempre existem… Mas quando precisei abrir a porta traseira veio o susto: Toda a guarnição de borracha dela se soltou, do nada! E depois pra colocar aquilo no lugar, ela não se mantinha fixada!! E a porta que não fechava direito por causa da guarnição soltando?! Carrinho vagabundo.

  • João R

    Melhor ninguém se perder nesses “embalos” das montadoras querendo ofrecer cosinha maquiada por preço de veículo de outro patamar. Carro de entrada… É CARRO DE ENTRADA (ultra-low-cost para atender a demanda mais precaria e menos exigente do mercado nacional, simples assim). Jamais poderá se comparar um carro desses com um carro pequeno com perfil europeio (salvo que tenham dado uma boa depenada nele, reduzindo nos sistemas de segurança, acabamento, motores e tal).

    Ao meu humilde ver… até 43mil da para considerar um UNO, GOL, ONIX, HB20 e qualquer um desses (são propostas para abrir o olho do consumidor que menos grana tem parcelando em truzentas vezes e pagando afinal uma nota). Eles lucram demais quando o carro vem com adereços eletrônicos made-in-china que custam muito pouco em troca de acrescentar fácil-fácil 10mil na nota do consumidor. Não são carros ruins, apenas superfaturados que não valem nem 80% do que pedem por eles, mas… o mercado tá para isso… para eles se juntarem, repossicionarem os preços e o povo engolir (ou não?! ;))

    Próximo dos 50mil para mim está claro C3, 208, Fiesta e Polo (quando pousar no país). Concordo com varias pessoas que citaram o motor 1.2 da citroen-Peugeot. Simplesmente sensacional!

  • wagner

    Em se tratando de Fiat esse preço de tabela em não levo em consideração. O Uno é vendido de fato a 38.990,00

  • Gran RS 78

    Milagre, a Fiat abaixou os preços do Uno 2018.

  • Iann Alvarenga

    esse uno é um carro muito bom, tem me atendido muito bem, além de ser bem economico, versatil e bem mais em conta.

  • Lucas086

    Carrinho bom, pela proposta, e a Fiat trabalha bem os descontos… estou no segundo e sem grandes surpresas, e no meu caso, paguei em um Sporting com 3 encostos de cabeça, cinto 3 pontos para todos, o mesmo que um onix lt ou um hb20 confort, 1.0.

  • Heron Bonfim

    Está cada dia mais feio. Cara de carro chinês.

  • Diogo Reis

    Que coisa…preços completamente malucos. Com um Uno custando 53 mil, não dá pra falar que o Corolla é caro por 100.

  • Marcos Pastori

    Ou seja…Argo 1.0, no mínimo R$49mil. O 1.3, por R$ 55mil. O 1.8 Precision não sai menos de R$60mil.

    • Lucas086

      Preços da concorrência, caro é um onix ltz por 55 mil ou um hb20 por 60… imagina esse 1.8 em um carro leve, pelo menos teoricamente, que nem esse Argo deve ser?

      • Marcos Pastori

        Pois é, eu imagino que apesar de ser mais antigo do que os da concorrência, esse motor eTorQ EVO no Argo vai deixar todos os outros para trás, em matéria de desempenho.

        Se o preço vier esse, realmente não está ruim. Irá roubar bastante as vendas do Uno. Eu imagino este saindo de linha em 2019 ou 2020 no máximo.

        • Lucas086

          Por isso estou esperando chegar o Argo para trocar meu Uno, pq penso que a Fiat vai fazer tipo a Chevrolet, um carro explorando varias faixas de preço, apesar que tem o Mobi, mas enfim, vamos aguardar.

        • Retrato do Papai

          ela só não pode fazer igual fez com o punto: deixou o motor 1.8 apenas nas versões esportivas sporting / blackmotion (essa tendo um visual extremamente sobrecarregado), o que afasta muitos clientes em virtude do seguro caríssimo, ou mesmo por causa do apelo visual… deixei de pegar um punto porque a versão essence possuía apenas o motor 1.6, o qual achei exageradamente letárgico em giros baixos, deixando a condução em cidade bem desagradável

  • Rafael Straus

    Não acho que o Uno vá durar muito tempo.

    Já é canibalizado pelo lado de baixo pelo Mobi.

    Com a chegada do Argo, COM CERTEZA perderá vendas para o lado de cima.

    Vai se tornar um carro sem sentido no line-up e morrerá. Igual ao que aconteceu ao Agile (morto pelo Onix).

  • Aristarco Pederneiras

    Não entendo o medo do povo em comprar Citröen ou Pug hoje em dia, eu tenho meu C3 Origine 1.5, muito econômico, seguro com preço bom e não me deu nenhum problema até hoje. Faço revisões de TUDO em dia e sempre acho peças, seja na concessionária, internet ou em lojas que só vendem PSA (todas as grandes cidades possuem essas lojas assim como as especializadas em Coreanas e Japonesas). Mesmo quem mora no interior, compre as peças pela internet… Ou vcs acham que no interior vocês conseguirão a bobina do Gol ou Uno? Fala sério, já estou cansado conversar com pessoas que não acham peças das “grandes” montadoras! A única que se salva mesmo é a Toyota.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    R$ 51 mil num Uninho Sporting 1.3 é grana, mas se ver que hoje nesse preço já se encontra um Gol comfortline 1.0 completo, Hb20 comfort plus 1.0, Up move 1.0 aspirado nessa faixa de R$ 50 mil, até que o Uno está barato pelo motor e ítens de série que oferece.

  • Brasil_MG

    R$ 38.000 estaria de bom tamanho para a versão DRIVE…Não vale mais que isso!

  • Lucas Goya

    Olha aonde chegamos, UNO partindo de 43 mil. KKKKKKKKKKKK!
    Nada é tão ruim que não pode piorar.

  • Felipe

    Galera comparando Uno com UP!
    Mas quem concorre com o UP! é o Mobi!
    Ah nem… chega de internet por hoje!

    • Mayck Colares

      Quem concorre com o up é um carro que custe o preço dele, se a vw subiu muito o preço do up já não dá mais pra concorrer com um carro mais barato. O que vale é o poder de compra.

      • Felipe

        Sim, mas existe uma classificação de categorias justamente pra isso. Pelo
        preço muitos médios, pode se levar SUVs ou picapes pra casa sem que eles sejam concorrentes, por exemplo… O que vai definir a compra é a classificação e o uso que o cliente der ao carro. Assim, comparar Uno com UP! puramente por preço, é ignorância.

  • Verdades sobre o mercado

    Há coisas que não dá para entender nas montadoras. O Uno está sendo equipado com o sensor de pressão dos pneus de série desde o mais simples e este item é opcional para Toro Diesel TOP de linha ! Na geração anterior o Cruze LT não tinha sensor de estacionamento nem como opcional, enquanto o Prisma LT 1.0 tinha de série !

  • dogmarley

    Fiat pecou devia deixar a Drive 1.3 também..
    e entre esse Uno e up! vou de up!

  • 100% dos mecânicos que eu conheço falam que nunca comprariam carro com câmbio automatizado. Sério, não sei pq as montadoras insistem nessa solução. Vi milhares de vídeos no YouTube sobre problemas nesse tipo de câmbio. Se o Uno 1.3 viesse com um AT de verdade pelo mesmo preco, mataria a pau.

  • TK GARAGE

    Pesquisei muito sobre o carro antes de comprar um, acabei comprando um novo, sporting 1.4, 2016, mec. com todos opcionais possiveis, inclusive multimidia com gps e camera de re, apoio de braço, cinto de tres pontas para tdos passageiros, tapete de carpete, banco traseiro bipartido, banco motorista com reg. altura, trio elet., dh, ar. cond., etc…

    Me saiu por 55k a um ano atraz, mas tem mais equipamentos que muitos sedans medios de 80k e mais que qlq outro carro na mesma faixa de preço!!! atualmente esta com 20mil km, nem um barulho interno, e nem um problema apresentado……..
    unico ponto negativo e o desempenho, porem o suficiente para o dia a dia (lembrando que o meu e o 1.4, e nao o 1.3 firefy)

    Eu ja havia viajado e avaliado o up tsi anteriormente, unica vantagem que vi foi o desempenho, nitidamente superior, mas como a proposta do carro não é ser esportivo, não vejo tanta vantagem!!! ja o acabamento, conforto, espaço interno, e lista de equipamentos, o uno esta muito a frente!! em design tbem na minha opnião!!! (talvez o up tenha melhor projeto, mas na pratica nao se percebi) ……

    super recomendo !!!

    • Lucas086

      Em 2015, dirigir todos os carros até 40,000, que era meu teto… decido em pegar um Ka SE 1.5, do nada a ccs subiu o preço do carro em 2,000 reais, cancelei e me veio a duvida: outro Uno Sporting, já que tinha saído de um 2011 com 86 mil km rodados, ou encarar um onix, ou hb20, ambos 1.0? Nem pensei muito, fui de uno sporting com kit confort e kit do alarme mais chave canivete e 4 vidros elétricos, e não me arrependo nem um pouco. Manutenção simples. barata, relativamente econômico, se souber cambiar não passa vergonha na estrada, menos barulhento que o 2011, acabamento beeem melhor, acho um dos melhores do segmento… o que não gosto nele é o espaço interno, como ando 99% do tempo sozinho, nem ligo e o reservatório do fluido do arrefecimento, que tem que estar de olho, pode romper onde pega uma das mangueiras.

  • Andre Henrique Melo

    GSR-Comfort fujam desta nova bomba da Fiat.Sabiam que somente Fiat tinha acesso a programação do seu GSR pelo sacaner da Magneti que e o fabricante do cambio? Varias oficinas quebrando a cabeça.Tiveram que fazer uma programação do zero para resolver.https://www.youtube.com/watch?time_continue=3&v=y9Wd7-NIsAE

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email