*Destaque Fiat Peruas

Fiat Weekend pode ter sido descontinuada na fábrica de Betim

fiat-weekend-adventure-2017-1 Fiat Weekend pode ter sido descontinuada na fábrica de Betim

Um dos automóveis mais antigos em linha no mercado brasileiro (com projeto que data de 1997), a Fiat Weekend parece, enfim, ter sido descontinuada na planta da marca italiana em Betim, no estado de Minas Gerais. De acordo com fontes ligadas à empresa, a perua já não sai mais da linha de produção mineira e há apenas 48 unidades disponíveis em estoque – a FCA desmente a informação e afirma que 332 exemplares foram produzidos em dezembro.



Entre janeiro e dezembro deste ano, somente 3.278 unidades da Fiat Weekend foram emplacadas, o que dá uma média de menos de 300 exemplares por mês.

fiat-weekend-adventure-2017-1 Fiat Weekend pode ter sido descontinuada na fábrica de Betim

Como mostra o configurador online da Fiat, a Weekend está disponível em duas versões de acabamento. A mais em conta é a Attractive com motor 1.4 litro Fire flex de 86 cavalos de potência e 12,5 kgfm de torque, associado a um câmbio manual de cinco marchas. Ele parte de R$ 60.390 e oferece itens como banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro rebatível, computador de bordo, direção hidráulica, faróis de neblina, sistema de som com entrada USB e conexão Bluetooth, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas e volante com regulagem de altura.

Há uma série de itens como opcional, como vidros traseiros elétricos, banco traseiro bipartido, retrovisores externos elétricos, rodas de liga-leve, volante multifuncional em couro e, pasmem, ar-condicionado. Esses equipamentos elevam o preço da Fiat Weekend Attractive para R$ 69.550.

fiat-weekend-adventure-2017-1 Fiat Weekend pode ter sido descontinuada na fábrica de Betim

O modelo topo de linha Fiat Weekend Adventure, dotado do motor 1.8 E.torQ flex de 132 cv e 18,9 kgfm, com câmbio manual de cinco velocidades. Ele parte de R$ 75.990 e oferece os mesmos equipamentos de série da Attractive, além dos opcionais ofertados como de série neste caso, e ainda retrovisores externos com luzes indicadoras de direção integradas e sensor de estacionamento traseiro. O único opcional é o bloqueio do diferencial Locker, aumentando o preço para R$ 78.902.

[Fonte: Auto Papo]

COMPARTILHAR:
  • Leandro Balmant

    Mas já? É cedo ainda!

    • zekinha71

      Nem chegou perto da idade da Kombosa.

  • El Gato Negro

    Ainda fabricavam essa coisa? Sério?

    • RRodrigo Souza

      é o carro da policia no Brasil ,

      • El Gato Negro

        Aqui em Porto Alegre se vê algumas, é verdade. Mas a Brigada Militar acaba de adquirir cerca de 110 unidades do Corolla, para atualizar minimamente a sucateada frota gaúcha.

      • Edson Fernandes

        Eu vejo em SP muitos Renault (Logan e Sandero) e VW (Gol e Voyage). Talvez seja em MG mesmo.

        • RRodrigo Souza

          eu entendo, mas eu não generalizei informando que policia só usa weekend. Quis informar que é um dos carros da policia no Brasil, se formos ver tem policia que utiliza até l200,frontier, existem vários carros ,mas o weekend é um deles

  • rgrigio

    R$ 79.000 em um Pálio Perua… Rapaz…

    • Fabão Rocky

      E ainda de 1997, ou seja, mesma carroceria de 20 anos atrás.

    • Zack De La Rocha

      Lembro do primeiro carro 0km que comprei, em 2010 um civic LXS automático, $70.000… que tristeza

      • ViniciusVS

        Aplicando a correção o seu Civic peladão custaria hoje míseros R$ 102.000, realmente uma tristeza.

        • André Luis Versiani

          Galera esquece de corrigir, salário era outro…

          • RRodrigo Souza

            sim,mas mesmo assim os valores subiram muito, se antes o salario era vamos supor 700 reais , hoje está 900 e pouco. Todos nós sabemos que independendo do valor do salario mínimo no país, os carros que temos aki são vendidos muito acima do que valem. lá fora o civic é apenas um carro sedan comum, que equivaleria ao prisma/Voyage/siena aqui no brasil em faixa de preço. ai o civic no brasil vem como um sedan médio de luxo esportivo e a coisa toda custando muito acima, temos em vista o camaro e o mustang que la fora custam entre 30 a 50 mil dólares e quando vem para o brasil o preço é totalmente astronômico.

            • Daniel

              Em 2010 o salario minimo era 510 reais. hoje é 937 reais
              Seu Civic custou 137,3 SM hoje, um Civic de 102mil hj equivale a 108,9SM

              Carro sempre foi caro por aqui.

              • ViniciusVS

                Vale lembrar que um Civic equivalente ao LXS dele hoke custa 95mil que é o Sport CVT.

                Com 102 ele quase compra o Civic EXL…

                • Edson Fernandes

                  E ainda o LXS é bem menos equipado que o Sport CVT….

                  • ViniciusVS

                    Sim, até porque estava na oitava geração ainda quase saindo de linha e chegando a 9th…

  • Walter Augusto

    1.4 litro Fire flex de 86 cavalos….imagina isso com o porta malas cheio e 4 pessoas.

    • ViniciusVS

      O carro não foi feito pra isso, quem ler o manual do proprietário encontrará o limite de carga do automóvel.

      Infelizmente as pessoas não entendem o conceito de versatilidade, é somente uma perua compacta com foco em uso urbano e eventual uso rodoviário, desempenho realmente não é o forte do carro mas fazer isso que você falou é usar o produto de maneira inadequada afinal é um carro e não um ônibus.

      • Lucas

        A Palio Weekend foi feita pra acomodar quantas pessoas então? Ela tem cinco assentos e porta-malas pra que?

        • ViniciusVS

          Porta malas grande é para acomodar melhor a bagagem e não para fazer carreto Lucas…

          Tem objetos que são grandes ou altos e ai é melhor acomodar em um carro com teto alto ou porta malas grande, um dos defeitos de carro sedan é justamente a abertura e a altura do porta malas ser limitada, coisa que Hatch e perua não sofre…

          Ele tem 5 lugares, porém deve sempre respeitar os limites de carga segundo o manual, geralmente carro compacto tem limitação de carga de 400 kg e 5 passageiros já ficam no limite de carga, não é porque cabe que vai usar o carro no limite né?

          • Vicktorio Lopez

            ok, então, na sua cabeça, UMA PERUA, não foi feita para acomodar uma familia inteira e sua bagagem?
            é, faz sentido né?

          • Lucas

            Mas em nenhum momento o rapaz disse que queria fazer carreto… Apenas sugeriu colocar 5 pessoas no carro mais suas bagagens… Nada além do usual, ou que ultrapasse o limite de carga do veículo, afinal, ele foi feito pra isso.

            • ViniciusVS

              Seguindo o manual sim…

              • Lucas

                Qual a capacidade de carga desse carro então?

        • Daniel

          deve ser pra levar só os pets e caixas de isopor vazias… hahaha

          Um conhecido meu tinha uma dessas (2010 – não mudou nada de lá pra ca!)… Sem bagagem e com 4 pessoas (nenhuma delas com sobrepeso) o bagulho já sofria pra andar e bebia horrores… o que ele fez??? Meteu um GNV! Dai que a coisa ficou linda, pra passar o quebra-molas tinha que passar pra gasolina e desligar o AC! heuhueuehue

          • Edson Fernandes

            Aff…

            Sei lá… eu já acho exagero o que o pessoal fala da weekend 1.4. Se fosse assim, nunca veriamos Siena, Prisma, HB20, entre outros 1.0 (de geração anterior vale frisar exceto o proprio HB20) sofreriam absurdos. Ok, não que a performance desses seja segura, mas está bem longe de ser um carro que não leve tranquilamente cheio na estrada.

            Falo isso por viajar muito em um Uno 1.0 ELX 1995 cheio (era do meu pai antes de compra-lo), depois Siena (primeiro 1.0 16v que andava mto bem por sinal) e depois um 1.0 8v fire… esse era terrivel…

            Viajar viaja, mas super limitado em força. Mas entretanto, todavia, já viajei em Palio e siena 1.4 e nesse ao contrário do 1.0 foi super tranquilo. Tem torque o sufuciente se a tocada for dentro dos limites de velocidade. Não entendo a necessidade de precisar dizer que é tão ruim.

            Eu fico sempre pensando que qualquer 1.0 até os atuais, então sofrem igual se pensar neles cheios de pessoa e porta mala. Isso daí passa a não ser apenas “culpa” da Weekend.

            • Daniel

              Cara, é triste mesmo esse 1.4 fiat.
              Lembro quando fui fazer o test drive dos 1.4 (na epoca foi Corsa, Punto, Fit e, 1.6 o fiesta e polo… mas já passando do orçamento)… o pior de todos foi o punto 1.4… reclamei com o vendedor e ele falou que o problema é que eu devia estar mal acostumado com carro mais potente… dai eu apontei pra fora e mostrei meu Celta VHC 71pocotós… que, andava mais que o punto (a 4Rodas chegou a essa conclusão tbm, com os testes em pista).
              Mas, muito pior que o punto, era a weekend… cara, pensa num carro amarrado… agora “triplica por 10!” hahaha…

              E olha que eu tenho um BR800 com 32 búfalos-selvagens de potencia!

              Esses sedanzinhos 1.0 são bem ruinzinhos, mas alguns, como o prisma/classic e os mais modernos hb20/ka+ até se mexem direitinho.
              De qualquer forma, são carros sempre perigosos na estrada para ultrapassagens.

              • Edson Fernandes

                Bem… eu já acho que de tocada numa boa… o 1.4 da Fiat não compromete. Obviamente a comparação com qualquer 1.4 ou superior de outras marcas realmente ele anda menos.

                Não é a mesma realidade em relação ao 1.0 fire e os demais 1.0? rs

                Mas te digo que não acho tão ruim qto pintam não. E o Celta e Prisma além do Classic se dão bem pelo encurtamento do cambio. A Fiat nesse aspecto nunca deu bola para o motor 1.4. Sempre manteve a relação desde sempre para o motor. Tanto que no Punto ao contrário de sua impressão, eu achei que no Punto esse motor é realmente terrivel.

                Até mesmo o Idea 1.4, Siena e pra mim o Palio Weekend é mais agradavel. Graças a Deus depois de 3 sienas, meu pai pegou um Versa…

      • Walter Augusto

        Kkkkk, cara, ri muito com sua resposta. Então é a mesma coisa que a volvo lançar um ônibus com motor de Fusca e colocar no manual que o ônibus só pode transportar o motorista. Olha o tamanho dessa Palio. Falar que não é pra transportar 4 ou 5 passageiros. Meu, na boa, deixa esse fanatismo de lado…..faz mal.

        • RRodrigo Souza

          né, ao falarmos para uma família viajar no carro com bagagens, ele já entendeu que iriam usar o carro para fazer carretos pelo jeito, ou carregar cimento para depósitos de construção kkk

      • Ganso

        Viajei com uma pálio wekend dessas da empresa que trabalho. Motor 1.4, eu e mais um colega de trabalho e duas malas pequenas. O carro não anda. Parece 1.0.

        • Daniel

          Não ofenda os 1.0… tem muitos 1.0 por ai que se arrastam direitinho!

      • RRodrigo Souza

        ele quis dizer ,imagina um pai de família com a esposa e com os filhos numa viagem .o porta malas estaria cheio , ele não quis falar para transformar uma weekend em uma van de transporte de cargas.

    • Zé Mundico

      Não é carro de carga nem de trabalho e sim carro de passeio.

    • Pedro154

      Com o A/C ligado na 3ª velocidade e subindo um morro! 😂

    • Snaro

      Tive um Palio 2013 com essa motorização (fiquei com ele até maio/2016). Era de chorar. Imagina numa perua lotada…

  • Duh

    O absurdo é ter gente que ainda compra isso. Super caro para um projeto que só foi mexido quando surgiu depois passou décadas e sempre foi o msm.

    • Uranium

      99% é PJ, por falta de outra opção similar (SpaceFox bebe mais e tem menos porta-malas, SpaceCross saiu de linha). Tem concessionária Fiat por aí que não fatura um desses há muitos meses.

      • ViniciusVS

        Esse carro deveria custar o mesmo que o Classic quando estava em linha, afinal é um projeto da mesma época e realmente é mais versátil que Mobi, Kwid e etc…

        • Uranium

          Para não ser injusto com o motor 1.4, o espaço e a versatilidade, eu digo que 45 mil reais, com ar condicionado DE SÉRIE, estaria bem pago.

          • ViniciusVS

            Uns 35 com o kit dignidade ( Ar condicionado, Direção Hidráulica, Vidros elétricos e travas elétricas)

            Se o Kwid pode, porque não essa Weekend jurássica com projeto totalmente pago e motor bem mais defasado? nesse valor esse carro venderia muito e teria potencial para ficar entre os líderes, seria bem melhor a Fiat ter investido nesse carro que no próprio Mobi.

            Mais de 40k na Weekend eu acho difícil vender pois tem opções mais modernas no mercado.

            • Uranium

              Uma Weekend ano 97 já é muito mais carro que um Kwid, quanto mais uma 0km… acho até injusta a comparação. O carro é velho sim, mas é bom, apenas passa longe de valer 60 mil reais, sem sequer ar condicionado de série. 45 mil com o ar condicionado incluso, preço de HB20 1.0, seria justíssimo.

              • ViniciusVS

                Acontece que a grande maioria prefere um HB20 1.0 pelado…

                Nesse valor o carro continuaria sem vender, o público que tem olhos para weekend é aquele que compra Mobi/Kwid

                • Uranium

                  Não faz sentido nenhum o que você disse cara, na boa. Como que o público de um Weekend é o mesmo do Mobi??? Pelo amor de deus… não tem nenhuma lógica nisso.

                  • ViniciusVS

                    Preço e o fato de ser ultrapassado, quem tem mais dinheiro não quer um simples Palio…

                • RRodrigo Souza

                  a primeira coisa que muitos olham é o designe do carro, ai vamos fazer assim, Hyundai é uma marca importada ai lança um carro “popular” que tem um desenho razoável ,bonito ao meu ver, e muitas pessoas compram para também ostentar por causa da marca, todo mundo acredito eu que entre um gol e um HB20 preferiria o HB20.eu mesmo prefiro um HB20 do que os carros que disputam entre si, o novo ônix o desenho dele acho bonito mas não compraria pois não tem nada de segurança.

                  • ViniciusVS

                    É exatamente isso, quem tem um troco a mais não quer Gol, Uno, Palio… São carros que tem a imagem de pé de boi, de carro de entrada, a classe média ainda compra carro para se aparecer e não para usar, ai nesse valor vai preferir um HB20 1.0 a um Gol 1.6 ou Weekend 1.4

                    É bem essa a nossa realidade.

                    • Edson Fernandes

                      Entre um gol 1.6 e um HB20 1.0, eu iria feliz da vida no Gol. Sei la, esse negocio de percepção varia da versão de produto. O gol 1.6 é bem mais quisto para jovens do que um hb20 1.0. O motor nesse caso sendo equivalentes em itens de serie, faz toda a diferença para o Gol.

            • Pedro154

              Investir em SWs no brasilzão do Onix e dos SUVs é muito arriscado, ou mesmo perder dinheiro. Neste fim da década de 2010, a madame e o monsieur exigem crossovers compactos para aventurar-se nas perigosíssimas rampas de estacionamento de shopping. Quanta adrenalina! Nos resta lamentar o fim das SWs por aqui no Brasil, pois é questão de tempo até a Spacefox morrer e a VW desistir de vender a Golf Variant.

              • ViniciusVS

                Não sei agora, mas até pouco tempo tinha Golf Variant 2015 encalhada no fundo de concessionárias…

                Na prática tem no catalogo pwra esvaziar o estoque velho

              • Marcos Souza

                Acho errado falar de quem compra SUV pra andar no shopping. Se fosse essa linha de pensamento, deveríamos apenas andar de up, Mobi nas cidades pois sedans só seriam para viagens. Tem gente q gosta de carro alto. Outros de peruas.

                • Pedro154

                  Eu também gosto de alguns “SUVs” compactos, mas é impossível não ‘rir’ um pouquinho de alguns (não são todos, claro) donos que se sentem poderosos e capazes de tudo no trânsito só porque estão alguns centímetros mais distantes do chão. Meu questionamento quanto aos “SUVs” compactos é o fato de terem tomado o lugar das saudosas SWs.

    • Zé Mundico

      Carro para frotista de prestação de serviços e para polícia militar, até que dava conta.

  • Lucas

    Um lixo, deveria custar 30 mil reais. Já vai tarde.

    • Daniel dos Santos

      …se vc fosse empresario, iria pensar diferente..

      • Lucas

        Eu olho com olhar de consumidor… A fábrica deve entrar em festa quando uma Weekend é vendida.

      • RRodrigo Souza

        mesmo pensando como empresário o valor deste carro está muito caro

      • Daniel

        Olha, como empresario, se precisasse de uma peruinha, pelo mesmo preço vc compra uma Spin… que é 1.8, já vem mais equipada, porta-malas maior, mais segura, melhor valor de revenda, e, descontos generosos para frotistas.

        • Edson Fernandes

          Então nem como empresario se pensa na Weekend…rs

  • Cleidson

    E das sw menos caras só sobra a spacefox que daqui a pouco deve ir embora tbm

    • Pedro154

      Inclusive, a Spacefox perdeu várias versões agora em outubro se não me engano. Acho que em 2018 ela pega o beco de vez.

    • Ricardo

      Nunca considerarei a Spacefox uma perua de verdade! Parati sim era!

      • ViniciusVS

        Pq não Ricardo?

        • visanpai

          Pelo formato, ela é quase uma minivan.

        • Ricardo

          Sei lá! Me parece mais uma SUV do que uma Perua!

          • ViniciusVS

            Sério? eu acho bem mais perua que SUV

            No máximo estilo minivan.

            • Ricardo

              Sim, minivan é definição mais adequada.

      • Zé Mundico

        Parati era apenas um Gol esticado, como Marajó e Panorama.

        • Ricardo

          Como todas as peruas!

    • Daniel

      Tem a Spin tbm… que é uma SW do cobalt.

      • ViniciusVS

        A Chevrolet diz que é minivan, mas eu considero como uma Perua também.

  • Pedro154

    É uma pena que esse segmento esteja agonizando. Recordo-me dos anos 90 e da primeira metade dos anos 2000, em que a gente tinha um leque de variantes dos carros que eram vendidos por aqui. Sedans, pick-ups, peruas e minivans, em todas as cores e com diversas opções de motores. É uma pena que o mercado atual esteja engessado no preto, prata e branco e nos hatchs e SUVs. Noto esse “tédio” até nas padronagens dos interiores: naquela época, as estampas dos bancos e dos paineis eram coloridas (quem lembra daquele Palio que tinha bancos azuis?) e bem mais alegres. Minha chateação não é exatamente o fim da Weekend, que já é a muito tempo um projeto antiquado, mas sim o que o término de sua produção representa: mais uma baixa para o segmento das SWs.

    • Zé Mundico

      Peruas dignas do nome eram apenas Caravan e Belina Del Rey. Embora derivadas do Opala e DelRey, tinham características, conforto e espaço de peruas.
      O resto eram adaptações “esticadas” do Gol (Parati), do Chevete (Marajó) e do Uno (Weekend).

      • Bruno Pacheco

        … e eram tão dignas quanto Caravan e Belina, cada uma no seu segmento, cada uma atendendo ao seu público e nicho de mercado.

      • RVM

        meu pai teve uma belina del Rey guia. puts… completo em todos os aspectos… tinha até ar condicionado e vidro elétrico e som com auto reversecomprado, comprado omprado na mesbla veiculos. era um sonho de carro

      • RRodrigo Souza

        mas se formos ver a belina e caravan também era adaptação, pois os carros que você citou eram sedans opala e del rey, mas poderíamos falar que a parati era derivado do Voyage e ficaria tudo igual ?ambos são adaptação ao meu ver.

      • ViniciusVS

        Esqueceu da Quantum, Royale, Omega Suprema e Ipanema.

    • RRodrigo Souza

      hoje em dia ao meu ver, existem por exemplo 5 carros de cada marca. ai vem umas 3 opções de motor, mais 2 de cambio. ai vem kit isso ,kit disso e daquilo, quando vamos ver cada marca vende 5 carros com dezenas de opções

  • vi.22

    o carro foi bom no seu tempo, mas passou da hora….

    • Fanjos

      Passou a decada

  • Nossa muito cara, em 2010 eu cheguei a ver o preço de um Weekend Attractive 1.4 era R$45.000, hj é 60k a versão de entrada, por isso que eu vejo poucas nas ruas.

  • Fanjos

    achei que essa noticia era de 2005

    • Acho que essa notícia vai aparecer até na retrospectiva da globo kkkk.

      • Fanjos

        Acho que já apareceu a 12 anos atras

  • durango

    Não é possível!
    Onde poderemos comprar carroças velhas?

    • Eduardo Alves

      Em qualquer concessionaria do Brasil voce acha um carro neandertal

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Prevejo uma SUV compacta com a marca fiat e não jeep dessa vez, mata de vez Weekend e Doblô, só falta aposentar os 1.0 fire e 1.4 evo. O 1.8 e-torq em versões intermediárias ou entrada de alguns modelos ainda dá um caldo, mas poderiam trabalhar pra nacionalizar o 2.0 tigershark, a não ser que pretendam trocá-lo pelo 1.3 turbo

  • Ricardo Prado

    “Um dos automóveis mais antigos em linha no mercado brasileiro”

    Mas é, de fato, o mais antigo. Não?

    • Hoffmann

      Sim, é o mais antigo. Ela é de 1997, a Strada de 1998.

      • Mas ela passou por remodelação, logo o gol não seria mais antigo?

        • Racer

          Ela ganhou só facelift…o carro continua o mesmo.

        • Hoffmann

          Se for olhar o nome Gol, sim, é o carro mais antigo produzido continuamente no país. Mas ele teve nova geração em 2008, totalmente diferente da anterior, de 1994 – Gol bola, que teve face-lifts em 1999(chamado erroneamente de G3), 2003 e 2006(chamado erroneamente de G4).

          Já o Weekend ficou preso na 1a geração, a de 1997, que foi reestilizada em 2001, 2004, 2007 e 2012 (apenas para-choques novos nesta última), diferente do Palio, que ganhou nova geração em 2011. Então se for olhar a “idade do projeto”(entre aspas porque estou me referindo a quando foram lançados efetivamente no mercado, não sei quanto tempo passaram em desenvolvimento) o Gol é 11 anos mais novo que o Weekend pois é de 2008 enquanto o Fiat é de 1997.

        • Edson Fernandes

          O Gol em realidade é um Polo de 2002 piorado. Perdeu os reforços estruturais e algumas soldas a laser que haviam no Polo.

    • Fabão Rocky

      Exatamente isso q pensei!

    • Pedro154

      De certo modo, o mais velho é a Monstrana. A plataforma é a mesma do Corsa B, que foi lançado em 1993 na Europa.

      • Cristian Dorneles

        Errado.

        Essa base roda lá desde 1982.

        • Pedro154

          A plataforma do Corsa B é a mesma do Corsa A? Putz, então a GMB tá pior do que eu pensava…

          • Edson Fernandes

            É uma melhoria sobre a Plataforma A. Ela introduziu segurança que não existia na plataforma que era bem antiga.

            Mas pergunto: O que é a plataforma do Palio? é a plataforma italiana… do Uno de 1980…rs

            O Palio foi justamente produzido aqui porque na epoca o “grande Punto” era muito caro para produção no brasil segundo a Fiat.

          • Cristian Dorneles

            Sim, é a mesma.

  • Lucas Fernando

    O carro é bom, projeto velho que já não tem mais defeitos, carro pra “ralar” no dia-a-dia, pra uso severo e gastar pouco ou quase nada com manutenção. O problema é o preço, muito, mas muito cara mesmo. Se custasse R$ 40.000 a versão Adventure (completa – Ar, direção, kit eletrico…) seria uma excelente opção para quem precisa de um carro desse perfil.

    • Eduardo Alves

      Nao tem defeitos? Rapaz tive uma em 2012 e varios viu. Como custar 40 mil se o palio ao lado custa mais?

      • Lucas Fernando

        Mas os defeitos da sua eram muito graves (de impossibilitar o uso) ou coisas quase irrelevantes? Via de regra, essa família Palio não costuma ser problemática. Sobre custar 40 mil, eu acho que pra esse modelo é possível, do jeito que ela é, é uma plataforma totalmente paga, ferramental pago, com centenas de fornecedores de peças e componentes, com equipamentos baratos pra fabrica, aços simples, parte elétrica antiga e também barata, ECU simples, sem grandes equipamentos de segurança. Acho que a 40 mil R$ a FIAT ainda tem muito lucro… Ao menos para PJ e Governo continuaria vendendo bem.

    • Alexandre

      Não consigo entender a lógica , se é que existe, das montadoras. Se vende pouco fica caro pois o custo de fábricação aumenta, se vende muito é lei da oferta. Vai entender……….

      • TijucaBH

        Custo do projeto já foi todo amortizado e também compartilha muitos itens com a Strada, barateando o custo.

  • Hoffmann

    Morre diabo!

  • Airplane

    RIP – Rest in peace !

  • EDU

    Se entrar no site Webmotors colocar estado de SP ( o meu no caso) carro de 17 para cima e zero km com fotos so aparece 1 unico anuncio de uma Weekend zero km por $70 mil reais e tambem 1 Doblo no valor de $83 mil . Ambos sao do modelo Adventure . Com certeza nao devem estar sendo mais fabricados.

  • Alexandre

    Impressionante como um palio de 1° geração com uma traseira e entre eixo aumentado pode chegar a custar mais de 70000 reais. Acredito que deve ter um desconto fora de série para alguém animar comprar.

  • Alessandro Araujo

    Já vai tarde. Carroça cheia de plásticos, com motores anêmicos e beberrões e custando os olhos da cara!

  • Bandeira Branca

    O que as PM irão comprar agora? Kkkk

    Uma resolução em MG definiu que só se pode comprar perua ou SUV com motor até 1800 cc.

    A policia rodoviária comprou Renegade…

    Na minha opinião o mais adequado seria uma Duster 2.0, mas fazer o que…

    • Fabio Marquez

      A empresa que aluga a frota para as polícias comprou um bom lote de Adventure, além de alguns Citroen C3 AirCross.

      • Bandeira Branca

        Mas será que estão como “reserva”? Pois o contrato de locação que está em vigor são 1000 viaturas…

        • Fabio Marquez

          Já distribuíram tudo na RMBH.

    • ViniciusVS

      Simples, Chevrolet Spin…

      Aqui em São Paulo já tem várias substituindo as antigas Weekend e Spacefox.

      • Bruno Pacheco

        Várias capivaras na capital… Quando não é PM, é taxi. Acredito até ser boa na sua proposta, mas puta carro feio… Saudades Zafira.

    • Luiz Alexandre S Reis

      Em Minas a legislação é para proteger os carros da FCA.

  • RPM

    Depois de ver a reportagem do Volt,e olhar as fotos dessa weekend……..que carroça meu Deus!!!

  • TijucaBH

    Logica simples: custa caro mas os descontos para PJ sao altos. Ninguem compra como pessoa física. Tem muitos tipos de utilização que nao existem competidores no mercado e a Adventure é bem robusta e com bom porta malas.
    Lembro-me que fui visitar uma industria de etanol no Triângulo Mineiro e eles usava Novo Uno Way 1.4. De 2 em 2 anos trocavam de carro é o carro ficava nun estado lastimável, pois o uso era extremamente severo. Questionei se era o carro mais adequado. Disseram que o mais adequado era a L200, mas custava 2,5 vezes o valor do uno, tinha um valor de manutenção 3 vezes maior (por mais que desse menos manutenção) e no entanto poderiam trocar de 4 em 4 anos. Colocando na balança o uso do Uno mesmo com algumas limitações era extremamente vantajoso financeiramente falando. À propósito, essa mesma empresa tinha muitas weekend Adventure para uso dos supervisores e gerentes.

  • Lucas086

    Já vi adventure com 300 dias de loja… quando vendeu, o gerente deu folga ao vendedor kkkjk

    • ViniciusVS

      Quase fez aniversário kkkkk

      • Lucas086

        Se chegasse a 365, ia ter bolo e guaraná kkkk

    • Basil Sandhurst

      A verdadeira lástima é que nessa notícia traduz um obituário para as peruas.
      Tá cheio de madame deixando filho na escola ou cachorro no pet shop usando um enorme SUV (Shopping Utility Vehicle).
      O público não compra mais esse tipo de carro, nem aqui, nem em outros mercados, agora é tudo SUV. Uma grande pena.
      Uma perua moderna é muito mais confortável e gostosa de dirigir numa estrada do que estes SUV medianos com motor 1.6 (inclusive custando 90 mil mas que ninguém agora diz que está caro).
      Abs

      • Gilberto DePiento

        Você sem perceber explicou o motivo da preferência por “SUV de shopping”: o público consumidor está concentrado em grandes cidades, tem uso predominantemente urbano, a esmagadora maioria pega estrada poucas vezes por ano. Neste contexto de uso, dimensões menores e altura maior do solo são pontos preferíveis a melhor estabilidade e dirigibilidade.

      • Lucas086

        Concordo plenamente, os tais Suvs mataram não só peruas como hatch médios… é um segmento que não teria, mas até entendo a proposta.

  • Danilo

    menos uma porcaria rodando, e porcaria cara.

    como diz meu pai, se voce trocar ela por um saquinho de Mer**a, voce perde a embalagem.

    • Fabio Marquez

      Ta falando o que não sabe, a única coisa que esse carro fica devendo é espaço para quem vai atrás (projeto antigo). Tem uma Adv 2014 no meu trabalho e ela está rodando firme até agora, passando na mão de diversos motoristas. Tem carro lá para mais de 200k tranquilamente. Só sei que vai fazer falta no mercado.

      • Edson Fernandes

        Você pagaria R$75000 numa hoje?

        • Fabio Marquez

          Não, esse preço é representativo… Para quem realmente compra esse carro o valor é coisa de 20k a menos (até menos em compra de frota)… Emplaquei uma 1.4 esses dias no meu trampo, completa com ar, direção,vidros elétricos, som por 43k com desconto para taxista… Na tabela ela sairia por uns 70k. Aliás, nem deve existir esse carro para venda “civil” há um bom tempo.

  • Fabio Marquez

    A versão 1.4 completa com ar e tudo que tem direito sai por 43 mil para taxista, emplaquei uma semana passada… O preço de 69 e 75 da Adventure são só enfeite.

    • T1000

      Mas.taxista tem isencao. Tinha q ser 43k ja com.todas as taxas.

  • DAlexsandro Costa

    A modinha agora é SUV’s, baita carro, marcou época.

    • T1000

      menos, e so um palio.com.porta malas, o resto do carro e o mesmo.

    • Zé Mundico

      Marcou época na polícia militar e frotas de prestadores de serviço.

  • Mauricio L.

    tem que fazer palio weekend last edition cheia de adesivo e aplique plástico ao bom e velho estilo FIAT, cinto de segurança colorido e tudo que tem direito.

  • Isaac Ferreira Santo

    Impressionante como essa Palio weekend esta defasada. Parece um modelo de uns 10 anos atrás.

    • Edson Fernandes

      Parece não… é um carro de 1996 com apenas mudanças cosmeticas….

  • Carlos Pato

    Lamentável a Fiat ter um carro para substituir e nao querer trazê-lo ( Tipo Sw)….. se a lançasse com um preço bom teria um bom mercado (vide Megane GT em seus últimos anos)…. Muita gente está migrando para os SUVs por falta de opção….

  • Fernando Bueno

    Tive duas….uma ELX 1.6 MPI em 1999 e outra Stile 1.6 16v 2002…..ambas no seu tempo..eram ótimos carros pouco me deram dor de cabeça

  • Diogo Augusto

    Devia ter sido descontinuada à 12 anos atrás… essa é uma perua que certamente não deixará saudades

  • Thiago André

    Multimídia no carro? No Grand Siena nem se pagar por fora tem.

    • Edson Fernandes

      Aí teria como adaptar por fora. Eles nã fizeram um tabelier esperado para uma central multimidia.

  • afonso200

    ja vai tarde

  • Lucas

    É um carro bom pra polícia transportar vagabundos – cabem 8 ou 9 no porta-malas com facilidade.

  • Paulo

    Que piada… esse carro era pra ser baratinho.

  • marcosCAR

    Acho eu que poderiam reduzir os preços e deixar ela no mercado… Melhor que muitos carros mais novos.

  • Wagner Lopes

    Faz isso não Fiat, ainda tá cheio de desavisados pra pagar 60/70K nesse old palio……

  • RRN

    Uma pena o tempo passar e os carros ficarem obsoletos mas a Weekend foi um excelente carro. Espaçosa, econômica nas versões 1.4 e de manutenção baratíssima.
    Tomara que a Fiat realmente escute o mercado e lance a Toro SW que mesmo sendo mais cara poderá atender os clientes que querem uma SW.

  • Jose Silva

    Melhor sw da fiat foi mesmo a Marea Weekend 2.4 20v Automatic ou 2.0 Turbo.
    Pena que odiada e mal falada por muitos, mas um verdadeiro carrão.
    Eternas saudades da 2.4 20v automatic que tive. Vendi em um momento de infelicidade e besteira na minha vida em ficar escutando os outros falarem besteiras, foram 170.000km mais bem rodados dentro de um carro que eu já tive. Estas porcarias de Corolla, honda civic que tive depois nunca chegaram aos pés da ex weekend. Somente o Jetta me alegrou. Acho que um dia ainda compro uma wekkend completinha automatic por uns 10k e gasto mais uns 10k com ADG para deixar filé para rodar sem dor de cabeça. Duro mesmo foi minha idiotice em vender um carro quase de graça de pagar fortunas em um carro zero com motor 1.8 que parece uma aberração que não chega aos pés.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email