Chevrolet EUA Ford Hatches México Mercado Montadoras/Fábricas Sedãs

Fim de linha para Chevrolet Cruze e Ford Taurus nos EUA

Fim de linha para Chevrolet Cruze e Ford Taurus nos EUA

Dia 1 de março foi bem funesto para o mercado americano e além. GM e Ford anunciaram o fim de alguns modelos e nesta sexta, que poderia ser 13, os Chevrolet Cruze e Ford Taurus disseram adeus à “América”. Se a notícia é ruim, ela ainda pode ser pior nos detalhes, começando pelo médio da General Motors.


Como já se sabia, a GM havia sentenciado o Cruze ao “machado”, como dizem por lá, mas até então pensava-se que apenas nos EUA. Pois é, ele também sai de linha no México, que já foi alvo de disputa com a filial americana e cuja briga chegou até a Casa Branca. Mas isso ainda não é o pior.

Lordstown e Ramos Arizpe perderam, mas outras plantas da GM devem seguir o mesmo caminho mais adiante. O motivo é que a GM anunciou que não haverá sucessor para o Cruze. Isso mesmo, depois do atual, adeus… Aqui, ele ainda nem foi atualizado, então, possui alguma lenha para queimar no início da próxima década, apesar de os turnos em Rosário (Argentina) terem caído de 3 para 1.

Sem sucessão, o Cruze abre espaço para novas possibilidades, na verdade, duas: Volta no tempo e traz o Monza, já que o mesmo ressuscitou na China, ou aposta num SUV maior que o Tracker e menor que o Equinox. Não seria estranho um crossover Chevrolet “fastback”, tendência que vem ganhando adeptos, inclusive o Skoda Vision iV Concept, que estreou em Genebra e que pode virar VW e/ou Seat mais adiante.


Taurus

Fim de linha para Chevrolet Cruze e Ford Taurus nos EUA

Após 34 anos de mercado americano, o Ford Taurus baixou em seu féretro. O sedã executivo não resistiu aos SUVs, assim como o Cruze. Ele já havia saído de linha em 2006, mas voltou em 2008. Desta vez, dificilmente hae já investiu verá uma nova ressurreição do modelo, que deixa a linha de montagem em Chicago.

Apresentado em 1985, o Ford Taurus foi muito popular no começo e teve mais de 8 milhões de unidades do sedã e da perua. No lugar dele, a Ford pretende produzir mais SUVs e já investiu US$ 1 bilhão na fábrica. Entretanto, na China, o Taurus continuará em uma nova geração, exclusiva daquele mercado.

Fim de linha para Chevrolet Cruze e Ford Taurus nos EUA
Nota média 2.6 de 14 votos

  • Kiyoshi Yamashiro

    No futuro só restarão os suves e as picapes

    • Raimundo A.

      Se o futuro for assim, então prefiro usar busão porque depender de veículos com características que só os tornam caros para fazerem de conta que atendem uma proposta, é melhor não ter.
      Eu não vejo graça pagar caro por veículo pequeno, mas também não vejo graça só ter medito a aventureiro como se isso fosse garantia de maior resistência quando não passa em boa parte dos casos uma forma de lucrar mais.

      • Rick76

        O futuro é esse mesmo. Transporte coletivo ou compartilhado.

        • Alexandre Nozawa

          antes virá a onda das vans e minivans

    • Dudu Pimentel

      Os compactos comum e premium tb.

    • Queen Almeera

      visite “Fighting with My Family” todos os filmes neste site !! clique no blog aqui: SERIESNEW002.BLOGSPOT.COM

    • Jr

      Talvez isso seja só mais uma modinha, como outras que chegaram e depois passaram

    • Alexandre Nozawa

      Kiyoshi você conhece o mercado japonês? Viu os tipos de carros que fazem sucesso por lá?

    • Calferr

      Uma pena mesmo. A moda SUV, carros que cobram mais para oferecer menos parece não arrefecer tão logo. Para quem gosta de uma pegada mais esportiva ao dirigir, vai ficando cada vez mais órfão.

  • Raimundo A.

    Eu já esperava algo do tipo com relação ao Cruze. Embora por aqui ele venda bem, temos aquela situação que um produto para atender a vários mercados e uma minoria responde bem, não cria condições de garantir a sua continuidade.
    Some isso a disparada de preços dos médios hatch e sedan com todas as vantagens que tem, tem perdido terreno para SUVs compactos em versões mais caras porque querendo ou não, veículo maior ruim ou não traz mais status que um mais baixo, infelizmente na mente de muitos.
    Se o Cruze cair fora, poderiam trazer o Monza, mas este pode não surtir o mesmo efeito numa possibilidade com maior margem de lucro do tipo forçar o Prisma NG, se realmente for bom, ter uma versão com o 1.4T como pretende a VW com o Virtus e ao meu ver poderá ter mais demanda que o Jetta básico.
    Por outro lado, sim, um SUV entre o Tracker e o Equinox é uma opção, mas montar este último na unidade onde faz o Cruze seria algo interessante ao meu ver. O Equinox tem potencial para crescer sem depender de quota e com versões mais em conta.

    • Vinicius LMS

      O Cruze também é vendido na China e o Monza está abaixo dele, acredito que pelo menos na Ásia ele pode ganhar nova geração e talvez a Chevrolet venda aqui, dependendo do que acontecer com o mercado.

    • Marcelo Dias

      De onde você tirou que o Cruze vende bem?

      • Gran RS 78

        Ele sempre fica em segundo ou terceiro lugar, brigando com o Civic. Se isso não for vender bem o que seria então?

    • TchauQueridos

      Vender 1 décimo de Corola é vender bem?

      • Calferr

        Amigo, então vc está mal de matemática. O Corolla vende em média 4.000 unidades/mês, e é um fenômeno em termos de liderança na categoria, o Cruze vende em torno de 1.600 un/mês , pelas minhas contas, vende em torno de 40% do rival. A questão é que na categoria de sedans médios, só vende mesmo Corolla, Civic e Cruze, nesta ordem, todos os outros vendem algo em torno de 400 a 500 un/mês. No mês passado, o Jetta vendeu pouco mais de razoáveis 1.200 un, vamos ver se é uma tendência de alta, ou foi um mês atípico.

  • delvane sousa

    Eu gosto de sedans, mas cada vez teremos menos opções com essa onda de SUVs. Pelo menos o Corolla resiste bravamente. Pena que não gosto dele.

    • Geraldo Xavier

      Resiste pois a Toyota não tem suv pequeno. Resiste porém caiu demais nas vendas. Resiste porém os sedãs compactos estão tomando lugar dos médios até se aproximando em espaço. Triste fim dos sedãs médios que custavam entre 60 e 70 mil a pouco tempo atrás e hj passam de 100

      • Fernando Gabriel

        Perfeito seu comentário, Geraldo. Estão matando os Sadan’s médios para empurrarem Suv’s e Sedan’s Compactos, pelo mesmo preço de antes. Um exemplo atual é um Virtus contra um Jetta.

        • Geraldo Xavier

          O novo prisma vem aí pra matar de vez cobalt e cruze.

          • Gran RS 78

            Amigo, pode até matar o Cobalt, mas duvido muito que um dono de Cruze troque por um Prisma, mesmo sendo esse
            novo que será lançado, pois é um produto muito inferior ao Cruze em todos os sentidos.

            • Fernando Gabriel

              Em um mercado como o nosso, não duvido de nada mais, tem gente trocando Jetta por Virtus, só porque tem saida de ar na traseira. Claro que ainda tem compradores lúcidos, mas estão sendo raros…

              • Gran RS 78

                Só mataria o Cruze se a GM parasse de vender o modelo no Brasil, ou se ela lançasse o Novo Prisma com outro nome, aí poderia até pegar alguns clientes menos avisados, como foi o caso do Virtus, que muitos nem sabem que se trata do Polo sedan.

        • mjprio

          Ontem eu vi foi o Jetta Comfortline a preço do modelo básico (99.9b mil táokeis)com taxa diferenciada. A “mão coçou” pra levar um kkk

      • Alexandre Nozawa

        Você e tantos outros precisam aprender a entender como a indústria funciona, eles operam em dólares. 100mil reais é menos dos 30mil dólares praticados lá fora (e ainda tem os impostos) Os nossos carros são depenados em relação aos estrangeiros porque precisam contabilizar ainda os altos impostos ou seja, ele precisa custar próximo ao praticado lá fora descontado os impostos, então no meu caso por exemplo não reclamo em ter um Corolla sem teto-solar ou outro acessório porque ao menos a Toyota opera aqui no Brasil.

        • Geraldo Xavier

          Disso eu sei. O meu comentário é que a Toyota ainda resiste com vendas do Corolla no Brasil somente por falta de um suv pequeno. Suv a Toyota tem o srv e o rav 4 só que custam muito caro.
          Vou pegar o exemplo da Honda que vende pouco Civic pois quando o cliente chega na css vê o hrv ou o fit bombado custando menos que o Civic ele acaba comprando os suv em detrimento do Civic. Se a Toyota fizer um suv pequeno acabou Corolla no Brasil

          • Alexandre Nozawa

            Sabe o quê? Ainda insiste em acharem os preços injustos, parecem bebês chorões. O C-HR vai custar acima do Corolla e estão adiando o lançamento do SUV com a mesma estratégia de quando lançam um sedan antes do hatch porque hatches e SUVs vendem mais exatamente porque o perfil do publico alvo no mundo inteiro esta mais interessado em facilidade de acesso ao interior, mas cabeças duras insistem em chorar e pedir a volta do Monza, Escort tsc tsc… é por terem essa mentalidade falida que a indústria está passando por cima desse publico que estacionou no tempo.

            • Geraldo Xavier

              Estou reclamando de preço?
              Quem está igual um bebê chorão falando de preço é você. Me mostra aí aonde eu falo que o preço de algum carro é injusto?

              • Alexandre Nozawa

                ora vc está chorando na primeira postagem que sedans custavan 60 e hoje passam de 100

                • Geraldo Xavier

                  Chorando não. Saudades da época que custavam em 60 e 70 mil e ofereciam até menos que sedãs compactos hoje oferecem. Hoje estão muito melhor equipados tanto em tecnologia e em segurança com motores turbo, controles eletrônicos, câmbio at de 6 marchas ou cvt, central multimídia, multiplos air bags. Lógico que tem que custar mais caro. Saudade da época que os médios custavam o mesmo que compactos hj.

                  • Alexandre Nozawa

                    “Triste fim dos sedãs médios…” tu choramingas de tristeza rsrsrs O seu post é só melancolia, compreensível que é difícil pra alguém que viveu a evolução dos Mavericks, Opalas, Santanas, Monzas, Vectras, Omegas, esse mundo todo sucumbir. O pior é tudo isso acelerar por conta da crise econômica, portanto o mais triste agora é o povo aí que está perdendo empregos no setor. Quanto aos carros, adoro a idéia de “abastecer” o carro na tomada, feliz em poder assistir uma nova era.

                    • Geraldo Xavier

                      Ômega 4.1 6 cilindros sai da frente

                    • Alexandre Nozawa

                      … e o chão tremendo a cada acelerada, vai dar saudades mesmo. Tenho saudades é do Landau… mas feliz ao menos tivemos uma experiência que gerações inteiras não terão.

  • Marcus Fumagalli

    Se ressuscitar o Monza será o prego do caixão… Infelizmente vai ter que focar em SUV de shopping msm, aliás, já era pra ter focado.

    • Alexandre Nozawa

      Exatamente, a geração atual está nem aí se um dia existiu um bom carro chamado Monza… essa coisa de revirar túmulos é uma das causas do fracasso da Ford, lenta demais para lançar produtos novos e romper com o passado. Agora foram obrigados a romper bruscamente, ao menos alguém entendeu o recado, talvez dê tempo.

      • Calferr

        Sei lá galera, acho que aqui no Brasil, o chamado Efeito Manada é bem mais acentuado. Se os SUVs são uma modinha passageira ou não, eu não sei, mas não é possível, de uma hora pra outra as pessoas que gostavam de peruas, sedans, hatches médios desaparecerem sem mais nem menos.

        • Alexandre Nozawa

          Nos Estados Unidos, caminhonetes são líderes há muitos anos. No Japão, os veículos mais vendidos são vans e mini-vans. Essa onda em prol de utilitários é bem antiga, só não pegou na Europa porque o europeu faz compras pequenas, famílias são pequenas e comem migalhas feito pombos. O resto da Ásia acompanha o Japão, estão dominados por compactos e minivans. A indústria não foca mais em mercados locais, eles querem uniformizar a linha de produção globalmente. No máximo eles criam produtos individuais para a China porque um modelo que vende x em outros mercados, vende 20x por conta da densidade populacional. Não nego o efeito manada no Brasil, mas acredite, não é só isso, a indústria precisa prever o comportamento do publico anos à frente. O efeito manada “ajuda” mas por sí só não convence. No Brasil assusta porque uma família que andava de GOL agora pode ter acesso a um Renegade ou HR-V por conta do crédito ou outros meios “lícitos” digamos assim.

  • Domenico Monteleone

    Por aqui não são os Suvs que matam os sedans, é a incompetência em vencer o Corolla, todo mundo sabe pq ele vende muito mais que os outros, mas ninguém consegue ou não quer investir. Meu palpite´e que existe uma chance do Monza pintar por aqui.

    • Raimundo A.

      O Monza está abaixo do Cruze até na China. Se o Monza for receita de sucesso, então estamos reforçando a tese relatada a Renault sobre ofertar produtos mais simples com algum destaque, no caso espaço interno, é receita de sucesso.

      Talvez por isso o Onix e o Prisma vendam tanto. São uma receita requentada em vários pontos ofertando o que o povo com menor renda quer que é CMM bacana.

      • Speed Racer

        Esse Monza é nada mais um Cobalt para nosso mercado, não substitui o Cruze que é muito mais carro.

        • Raimundo A.

          Eu sei disse e não o coloco como sucessor do Cruze porque não é como disse acima na China. Poderia ficar acima do Prisma NG, mas vendo o quanto o Virtus GTS poderá alcançar em preço, pode ser sair mais em conta a GM fazer o mesmo e ainda assim não seria uma opção ideal para atender clientes do Cruze. Uma coisa é um veículo ser feito para atuar como médio e outra é um compacto ter recheio para atingir um público de veículo médio.

    • Cincinato

      Se o Monza vier com um bom marketing eu também acho.
      Mas tem que ser uma p… Propaganda. Eu gostaria que o Monza viesse também, vamos torcer.

      • TchauQueridos

        Não sei porque a alegria…só fazer qualquer porcaria e por nome de Monza….

        • Alexandre Nozawa

          A Ford também enrolando com o relançamento do Escort, para um grande público que não está nem aí com nomes ou se foi lenda um dia. Taí, vai perder marketshare e veremos se virá forte com elétricos ou morre de vez.

    • Fernando Gabriel

      Como não são os Suv’s que matam os Sedans médios? Basta ver quais foram os carros mais vendidos de Fevereiro que está lá: Primeiro vem os de Entrada (Onix, Ka, HB20) Depois vem os Suv’s (Renegade, Compass, Creta) e então, em 17′ Posição, aparece Corolla. Ou seja, é um segmento praticamente morto, só compra quem conhece esse tipo de carro, pois a maioria, compra Suv pelo status, porque o vizinho tem, porque todo mundo tem e por aí vai.

      • Cosi fan Tutti

        Mas o Corolla sempre esteve no top 10, só saiu agora pq vai entra nova geração. É um fenômeno, vende mais que todos os outros sedans do mercado somados, é um case de sucesso estrondoso não só aqui, lembra da choradeira na época que GM, Ford e Chrysler tavam quebrando em 2008 e pediram ajuda ao governo, na época o Bush falou que eles tinham de aprender a fazer Corollas.

        • Alexandre Nozawa

          O Corolla precisa se reinventar mais ainda, além de virar híbrido ou ele some também porque os números estão caindo, o mesmo digo para o Civic que apesar de ser um modelo emblemático para a Honda, não está se mexendo o suficiente, e até perdeu o timing lançando uma geração que não foi bem aceita nos Estados Unidos (a anterior), a vantagem do Corolla é essa regularidade ao longo de décadas em sintonia com o público-alvo que hoje não quer saber mais de outro carro.

      • saulo

        Nao sao as SUV’s que matam os sedans, sao os preços, como aconteceu com os hachts, nao foram os sedans que mataram os hatchs, foram os preços, vide golf 1.4 a quase 110 mil…..vai querer colocar culpa nas SUVS’s??? Sem contar que gosto é gosto, se vc acha que um SUV tendo o mesmo preço de um sedan é melhor, então compra o SUV, se nao, compra o sedan.

        • Fernando Gabriel

          É fato que a maioria dos donos de Sedans migraram para os Suvs. Golf é um caso a parte, pois além de ser um Hatch médio, a VW é que está fazendo questão de matá-lo com essa política de preços, igualmente ao Up!.Portanto, não é o preço em si a causa, mas a preferencia do mercado, já que tem muito Suvinho custando mais que Sedan e oferecendo menos, mas como voce mesmo disse, gosto é gosto, não é?

          • Lucas de Lucca

            T-Cross completa a 125k por exemplo…

            • Fernando Gabriel

              E um Cruze por 92 mil. Lembrando que o T-Cross é baseado no Polo.

    • saulo

      Concordo, nao sao as SUV’s que matam os sedans, sao os preços, como aconteceu com os hachts, nao foram os sedans que mataram os hatchs, foram os preços, vide golf 1.4 a quase 110 mil…..vai querer colocar culpa nas SUVS’s???

    • TchauQueridos

      Bota incompetência nisso!!!

    • Alexandre Nozawa

      O brasileiro é maltratado no pós-vendas, e a Toyota apesar de estar tbm entrando em decadência nesta área, ainda tem a seu favor a robustez da sua mecânica. Seus carros dificilmente apresentam problemas graves antes dos 50-60.000km e chegam facil aos 100.000km apenas com o basico das manutenções (no motor, a troca de bicos ou do suporte da correia). O Corolla agora tem a seu favor o híbrido como novidade, mas no meu caso se entrarem com o C-HR troco o meu por ele sem pensar duas vezes.

  • Adriano Feroli

    Tenho um Cruze HB Lt …muito bom carro. Uma pena ver essa mudança de rumos da GM. Creio que o Cruze ainda tem uns 3 a 4 anos de mercado no Brasil, considerando que vão atualizar o modelo esse ano como modelo 2020. Mas após a reestilização é muito provavel o fim do Cruze em 2022/2023.

    • Rick76

      Queria ficar com o meu sedan LTZ2 mais uns 3 anos. Ano que vem “queimo” ele.

      • MauroRF

        Você tem um carro excelente em mãos, principalmente no quesito recursos de segurança.

      • Fernando Gabriel

        Creio que fará isso pelo temor de talvez ele encerrar a produção na AL, mas acredito que irá sentir saudades dele, se migrar para qualquer Suv ou para Corolla e Civic.

      • Gran RS 78

        Porque “queimar” um belo carro desse? Não é porque esse modelo irá parar de ser produzido que compensa vende-lo só por isso, pois é só ver a quantidade de Vectra que ainda rodam por aí, e até os preços se estabilizam com o tempo, ou até mesmo aumentam, pois quem quer um carro desse tipo, não terá muitas opções no mercado de usados.

  • Cincinato

    Pelo jeito somente a China tera todas as opções de carros, perua, Hatch medio sedan, além é claro dos SUVs.

    • Leonardo

      Europa tbm lá ainda tem as wagons da vida coisa não muito comum na China

    • Alexandre Nozawa

      pesquise o mercado japonês. após a onda dos SUVs será a vez dos vans e minivans, para matar o sonho do povo que ainda sonha com Monzas e Escorts

  • T1000

    Engraçado que o Corolla e Civic não saem de linha.
    Desde o Vectra a GM não sabe mais vender sedan médio.

    • Natán Barreto

      Cruze vende muito bem pros padrões atuais

      • Bruno Carvalho

        Concordo, porem os volumes baixosbdos padrões atuais talvez não se justifiquem por muito mais tempo. Restará somente Corolla e Civic, se sobreviverem…

        • Gran RS 78

          O Corolla tbm sentirá uma enorme queda nas vendas, quando a marca lançar um suv compacto no Brasil. Pode anotar o que eu estou dizendo.

      • Fernando Gabriel

        Creio que ele não esteja em melhor posição por ser feito na Argentina e por ter o Start Stop teimoso que não desliga, pois é grande fonte de reclamação de quem possui, porém é econômico, confortável e com bastante tecnologia, muito superior a qualquer Suv de shopping.

        • Gran RS 78

          Sem contar que anda que é uma beleza.

        • Annita Fingenberg

          Apesar de ter caído de nível em relação a qualidade do interior, ainda dá um show nesses suvs de shopping. Eu gostava dessa moda SUV, até passar uma semana com uma HRV e ver que ela nada mais é que um FIT alto. Não tem nada que transmita luxo, é tudo simples, e a suspensão alta não é lá tão eficiente assim pra passar nas crateras brasileiras.

          • Daytona

            Pegou um dos piores exemplos de suspensão dos SUVs que é o da Honda.
            Anda num Compass e compara a absorção de irregularidades com um Hatch.
            Eu acho Fit e HRV bons carros, mas Fit está uns 15k acima do que deveria e HRV uns 25k (o resto do mercado está por ai também)

          • Marcelo Ecosta

            A Honda tem suspensões das mais duras e desconfortáveis, não dá para se balizar por ela neste quesito.

        • Helio Natori

          Fernando Gabriel, vc tem duas opções para religar o Cruze, soltar e apertar o pedal do freio rapidamente, ou colocar no ponto morto.

          • Fernando Gabriel

            Olá Hélio, sim, além deste detalhe, também há a forma de manter ele em modo sequencial, para inibir o start stop, mas ambas opções não passam de “macetes” para enganar o sistema, pois efetivamente, não há um desligamento manual do sistema. A GM sabe que errou nisso, por isso, o facelift do Cruze 2020 comtempla agora o botão de desligamento do start stop no console.

    • Fabão Rocky

      A questão tbm é q as marcas Toyota e Honda viraram sinônimo de ostentação, ainda mais depois q essas marcas se instalaram aqui no BR. O caboclo q tem 100k p/ comprar um sedan, vai preferir dizer q tem um Toyota na garagem, ou um Honda. Até mesmo o próprio Vectra na época já tinha perdido suas vendas p/ o Civic q vendia mais do q Corolla naquele tempo.

      • Marcelo Ecosta

        O Vectra C tinha um design inferior aos outros dois, tanto por fora quanto por dentro, o que o tornava menos atrativo, alem da fama de econômicos que os japoneses tinham, contra a fama de beberrões dos GM da época.

        • Fabão Rocky

          Concordo. O Vectra B tinha design superior. Os carros da GM sempre foram beberrões, mas agora estão econômicos.

      • Alexandre Nozawa

        o dia que você passar por todas as demais marcas e se sentir lesado, torrar muita grana em oficinas, vai acabar comprando um Toyota (novo ou usado) só para entender que o povo compra um carro que não quebra (ou mil vezes menos que qualquer outra marca) e não para ostentar. Quando chegar esse dia você se sentirá idiota por não ter mudado logo para um Toyota.

        • Fabão Rocky

          Não preciso meu amigo. Já tive um Corsa Hatch 2003, usei por 5 anos e nunca quebrou, apenas manutenção. Depois Tive outro Corsa sedã Maxx 2007, fiquei c/ ele durante 3 anos e depois outro sedã 2009 Premium, fiquei c/ ele durante 6 anos. Todos esses 3 Corsas q eu tive nunca quebraram, só me deram felicidade e alegria, apenas manutenção em dia. Um vizinho meu aqui já teve 2, nunca quebrou tbm. Apesar de não ter fama de inquebrável como a Toyota, os carros da GM tem uma ótima confiabilidade mecânica. O Gol q tinha aquela fama de inquebrável, tive um G3 q foi o meu primeiro e último, só me dava dor de cabeça. E olha q sou chato c/ manutenção.

          • Alexandre Nozawa

            5 anos, 3 anos, 6 anos, parabéns. Bom aqui em casa um dos Corollas é 2003, ou seja, 16 anos e só trocamos a correia e o suporte, limpeza de bicos, só isso de manutenção no motor. Ficasse 16 anos com esses Corsas podíamos comparar.

            • Fabão Rocky

              N precisa meu amigo. O comprador do meu Corsa 2007, tenho contato c/ ele até hj. Ele ainda continua c/ o Corsa e cuida mto bem dele, ou seja, já são pelo menos 12 anos de uso e ele ainda aguenta mtooooo!!!

              • Alexandre Nozawa

                Tivemos Corsas em casa e problemas de vazamento de óleo eram constantes com 3, 4 anos mas se o seu amigo aguentou esse carro de 12 anos, consertando, e ele aguenta conserta-lo mais, só posso parabeniza-lo pela paciência porque nenhum se compara com um Corolla, isso não é opinião só minha, qualquer mecânico confirma.

              • Fernando Gabriel

                Não se estressa com ele não, Fábio. Ele acha que o dele é o melhor veículo da galáxia, querendo menosprezar o seu e o seu pensamento.

                • Alexandre Nozawa

                  Tssss… virou pessoal, sobre esse ruído acima, vou explicar, a gente pisa numas coisas até virtualmente e depois gruda nao sai mais, um saco viu. Neste tópico estou apenas opinando sobre sedãs e dei como exemplo o meu sedan. Ruim é quando o cara não tem sedan médio e pensa que sabe tudo sobre sedans médios rsrsrsrs…

                  • Fernando Gabriel

                    Neste topico esta apenas criticando e ofendendo os demais. Porque todo chato nao percebe que é chato e continua chateando sem parar? Que coisa..kk

                    • Alexandre Nozawa

                      Bom, esta é a sua interpretação sobre as minhas postagens, aceito perfeitamente mas se você acha chato o que escrevo, então por que responde sobre eles? esse grude não descola… rsrsrsrs

                    • Fernando Gabriel

                      Leia novamente, chato não é o que voce escreve. Questão de interpretação.Vi que é novato em discussões na net ou talvez já tenha sido banido por ter “abusado” das regras de bom convívio, e esteja com um perfil secundário. O problema dos espertos, é que se acham inteligentes.

                    • Alexandre Nozawa

                      OK amigo não irei mais te contrariar, seu psiquiatra me mandou um WhatsApp xD

                • Fabão Rocky

                  Verdade amigo, esses toyoteiros acham q a única marca q presta no mundo é a Toyota e o resto é lixo, aí começam a inventar um monte de mentiras a respeito de outros carros só p/ dizer q o Toyota dele é o supra-sumo.

                  • Alexandre Nozawa

                    hahaha!!!! Quando o seu ex-Corsa chegar a 16 anos quero saber quantas peças do motor foram trocadas. No Corolla foram trocadas 2 peças (correia e suporte) e limpeza dos bicos. O resto é mimimi de haters da Toyota.

    • Fernando Gabriel

      Talvez seja porque a Linha de cada uma (Toyota e Honda) seja menor em comparação a GM, ou seja, podem até vender pouco, mas gastam pouco também, enquanto a GM tem uma linha inchada, ao qual depende do baixo lucro obtido no Onix, quando na verdade o melhor lucro seria no Cruze, S10, Equinox, etc…

    • Gran RS 78

      O Cruze vende mais que o antigo Vectra. O que não está ajudando é o fim de linha para o Cruze nos Eua, que irá atingir outros mercados tbm.

    • TchauQueridos

      Faz tempo que GM não acerta em nada!
      Onix é o pior do mercado e ainda vende Corsa com nome de Onix…

      • Fernando Gabriel

        Onix tem algo do Corsa, com exceção do motor?

    • Alexandre Nozawa

      A Toyota ao menos está fazendo a sua parte e lançando o Corolla híbrido para se defender de SUVs gastões, a Honda está tentando compensar a diferença do Civic para o Corolla com as vendas do HRV… se o Civic não “correr”… some também

  • CarloAndreiDiniz

    A crise no mercado automotivo está descarada, parcerias que ninguém imaginava, compartilhamento de plataformas, cancelamentos de modelos que ninguém espera, não é mais nas entrelinhas está acontecendo algo bem sério, e a indústria automotiva está em uma situação insustentável, veremos os próximos capítulos dessa novela.

    • Adriano

      Concordo com tua leitura. É uma mudança mais profunda do que apenas SUVs x outros modelos. Aguardemos, mas o processo está em ritmo mais acelerado do que nunca.

    • Claudio Fiorini

      Concordo plenamente. Muitos não estão enxergando o que está acontecendo. Estamos iniciando uma enorme transformação na indústria automobilística. Não é questão de Suvs ou outra coisa. O carro como patrimônio individual está caminhando para o desaparecimento. Agora é o transporte elétrico, autônomo e compartilhado. Adeus ostentação. Graças a Deus.

    • Sergio c

      Pois é, não sei se procede, mas li hoje que a fábrica da FORD que fechou em SBC tem contra si 2408 processos na justiça do trabalho de lá……… Não tem empresa que resista a isso, chega a ser uma máfia de advogados trabalhistas correndo atrás de qualquer furo na legislação p meter contra as empresas.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Daqui uns tempos vai existir só SUVs, desde SUVs subcompactos (tipo um Kwid e JAC T20) até os SUVs grandes como SW4 e Trail Blazer, tudo será resumido só em SUV, ainda terá pick ups por causa do trabalho. Vai enjoar tanto ver esse tipo de carro que a tendência é voltar as peruas (Save de Wagons)

    • Alexandre Nozawa

      observe o mercado japonês, sedans só não acabam por conta dos taxis mas a tendência é que acabem também como estao fazendo em NY com a invasao silenciosa dos utilitários yellow cabs.

  • mjprio

    Como um apaixonado pelos sedãs, pelo conforto, design e comportamento dinâmico, fico revoltado com essas notícias. O mercado automotivo está fadado a chatice

    • Alexandre Nozawa

      Para pessoas como você que estão chateados, terão que torcer para um dia acontecer um “movimento retrô” que traga os sedans de volta, porque aqui no Brasil ainda teremos que passar pela onda dos compactos que virarão vans e minivans, estilo SPIN da GM.

      • mjprio

        Pois é. Nao tenho muita esperança nisso.

  • Rogério R.

    Tudo indica que teremos o Monza de volta.

    • Foonoslew

      Eba!

    • Gran RS 78

      O pior é que será um produto inferior ao Cruze, mas com certeza custará o mesmo que ele.

      • TchauQueridos

        Não sei porque a alegria…só fazer qualquer porcaria e por nome de Monza….
        Doce ilusão…

  • Henrique

    Que pena, sou das antigas, e vou continuar torcendo o nariz para essa “modinha”. Eu gosto e de pilotar, de sentir prazer ao dirigir, algo que um SUV nunca irá me proporcionar…..

  • rodrigosr

    Temo pelo triste dia que terei de optar entre um SUV ou um Corolla.

    • Alexandre Nozawa

      já estou na fase seguinte, de deixar o Corolla e garanto que o Corolla também está com os seus dias contados.

  • Felipe Gonçalves

    Essa onda de SUV’s vai durar até a próxima crise no EUA, GM e Ford deverão fechar ou fazer carros menores que seus SUV’s as pressas.

    • Gran RS 78

      Mas eles vendem bastante suvs grandes e se isso voltar a acontecer, eles comprarão suvs médios.

    • Alexandre Nozawa

      provavelmente, e nessa hora as empresas japoneses talvez se dêem bem porque possuem bons projetos de carros pequenos e “espaçosos”.

  • Speed Racer

    É, agora é assim, ou vc compra um SUV ou vc compra um SUV. Quem gosta de eficiência, prazer em dirigir, menor consumo, menor custo de manutenção e um desempenho melhor vai ficar a ver navios.

    • Julio Alvarez

      Mas você tem o Mach 5, pode ficar despreocupado.

      • Mr. Pennybags

        Qto será q ele tá fazendo por litro?

    • Alexandre Nozawa

      você está ficando velho, assim como a indústria automobilística que está quase falindo (GM e Ford) apenas isso.

  • Alexandre Maciel

    GM e Ford, para mim, estão riscadas da lista no Brasil. Simplesmente acham que todo mundo quer comprar essas porcarias com banco alto, falsos suv’s com plataforma de carro compacto e preço de carro médio. Vou manter meu hatch pelos próximos 4 anos e 4 meses e, caso a VW continue disponibilizando o mesmo, será o jeito comprar outro. É o quarto carro que possuo, todos de marcas diferentes, e, pelo visto, parece que não haverá alternativa para quem não quer partir para esses utilitários de shopping.

    • Fernando Gabriel

      Mas o problema não são elas, é o mercado.Com a onda Suv, excelentes modelos Sedan e Hatch estão sendo descontinuados.Se tivessem um desempenho melhor em vendas, com certeza não estariam saindo de linha, mas para venderem melhor, o mercado tem que comprar e o mercado só quer Suv atualmente.

      • Alexandre Nozawa

        O mercado japonês, com ou sem suas particularidades é um bom exemplo ou termômetro do que está por vir em vários setores da economia. Procure e analise os carros que fazem sucesso por lá.

    • Gran RS 78

      Mas o problema não são as marcas e sim os consumidores que só querem comprar suvs. Eu comprei em janeiro um Cruze sport6, mas na concessionária tinha tbm um Tracker, toda da minha família queriam que eu comprasse um Tracker, pois é um suv, vc dirigi alto etc. A maioria esmagadora não quer mais saber de carros “baixos”, ou mesmo acreditam que um suv compacto tem mais “presença” que um hatch ou mesmo um sedan com o mesmo preço. Infelizmente pagaremos o pato pelas escolhas erradas de pessoas que não presam pelo prazer de dirigir um bom sedan ou hatch médio, pois só estão preocupadas em “aparecer” para o vizinho com um suv na garagem.

      • Fernando Gabriel

        Melhor escolha que voce fez, sem dúvidas. Deixou o Onix de salto alto na Loja (Tracker) e levou para casa um Médio de verdade (Cruze). Pena que a maioria não pensa assim de forma racional e vamos vendo o mercado ficar ruim, com péssimas opções.

        • Gran RS 78

          Valeu Fernando.

      • Alexandre Nozawa

        Antigamente pensava igual você, que a onda SUV era “moda”, principalmente porque acompanhei de perto a evolução do Ecosport que popularizou a escolha de utilitários ou semi-utilitários como carros para o dia-a-dia de meros mortais que não podiam ter uma Land Rover ou Pajero. Eu que nunca fui fã de SUV já considero a troca de um sedã médio por um, por uma questão de praticidade. O Corolla é tão bom que detalhes como o porta-malas pouco prático ou a buraqueira das nossas ruas e estradas acabam se tornando muito irritantes. O nível de exigência vai subindo também, se você tem um Palio velho vai achar ridículo eu reclamar de porta-malas de 400 litros ou se as rodas aro 17 fazem um estrondo ao cair em buracos. Vizinho tem um HRV e antes dele ele tinha um Duster. Você acha que ele comprou o HRV “pra aparecer”? Claro que não, é uma evolução natural, além disso ele tem casa em praia, precisa de um carro mais alto mesmo. Portanto é bom rever seus conceitos antes de você afirmar que ” fulano comprou um SUV para aparecer” isso pode não ser verdade, eu comprovo. Sedans passaram a não preencher os requisitos que o público deseja, é apenas isso.

        • Gran RS 78

          Alexandre, eu concordo que os suvs passaram por uma evolução desde a primeira geração do Ecosport, mas esses modelos nunca terão o prazer de dirigir ou mesmo estabilidade que um sedan ou hatch médio proporcionam. Outro ponto que quero destacar, é que a altura de alguns modelos como o HRV, Renegade e Tracker, principalmente na dianteira, raspam até mais do que alguns sedans, pois o spoiler desses pseudos suvs são bem baixos.
          A minha critica é justamente pelo fato das montadoras simplesmente acabarem com certos segmentos, justamente por causa dessa onda dos “suvs”, que na verdade continuam sendo modelos derivados de modelos compactos, portanto inferiores a modelos médios, e muitos acreditam que um HRV aguenta mais as buraqueiras que um Civic, mas isso é pura ilusão, inclusive com vários relatos de consumidores indignados, pois relatam que a suspensão do HRV sempre chega ao fim dos curso ao passar por lombadas, ou por serem duras demais.
          O ponto que eu quero chegar é que as marcas estão substituindo modelos melhores por modelos inferiores e cobrando mais por isso, justamente por serem considerados mais robustos, ou que enfrentam qualquer coisa, o que é uma tremenda mentira, que infelizmente os consumidores estão aceitando isso numa boa.

          • Alexandre Nozawa

            Ótimo, houve uma evolução aqui no debate! Você agora admite que existe um público que deseja um SUV porque “imagina”que se comporta como um utilitário porém é “ludibriado” pelas montadoras. Ou seja, essa “onda SUV” não surgiu em decorrência APENAS por modismo, ou vontade de ostentar pro vizinho. São também consumidores insatisfeitos cada qual por seus critérios, digamos assim, e que vão atrás de um produto como outro qualquer outro que “promete” mas não cumpre. Quando tiraram o “Monza”, criaram seu substituto o Vectra que nada mais era um Astra “bombado”e existia um gap de preço para o finado Monza, percebi claramente que havia chegado a era “disruptiva” digamos assim na relação das montadoras com o público. Dalí em diante as montadoras aprontaram tanto que percebi que não adianta ter “raiva” deles, o que você pode fazer é simplesmente banir a montadora das suas opções, e nunca mais comprei GM pra não incentivá-los a continuar ludibriando o povo.

    • Alexandre Nozawa

      Você mora aonde? Aqui SP amanheceu alagada. Não é por acaso que a onda SUV chegou para ficar. Qualquer centímetro a mais do chão ou na altura dos pneus ajuda para passar por obstáculos ou buracos. E a cada alagamento as buraqueiras só pioram, tenho pena dos meus 17″ perfil 50 do Corolla, por isso penso em SUV sem medo de parecer “utilitário de shopping”.

      • Alexandre Maciel

        Em Fortaleza e aqui qualquer chuva causa alagamento. Se o cidadão for usar isso como critério vai ter que comprar big foot porque esses “suv’s” também não têm tanta altura livre do solo.

        • Alexandre Nozawa

          Sim, como disse, quem não tem cão caça com gato. Um montinho qualquer que o seu carro não puder transpor, pode significar uma grande perda. Imagina eu perco um Corsinha rebaixado numa rua alagada, rebaixo nunca mais certo?

  • Tom Costa

    O mercado de sedãs daqui a 10 anos no Brasil se limitará a um ou outro carrinho de entrada e importados alemães. SE os de entrada resistirem. Passo tanta raiva em trânsito que daqui a 2 anos nem carro mais quero.

    • Alexandre Nozawa

      Sedans compactos podem resistir mais um pouco mas serão substituídos também por hatches e mini-vans.

  • Fanjos

    Estou começando a considerar que SUV é doença, um câncer corroendo o mercado inteiro

    • Mr. Hater

      Não apenas estão corroendo mercados inteiros como estão acabando com empregos.

      • Alexandre Nozawa

        Depende, no caso da Ford por exemplo, se a Caoa comprar a fábrica de SBC, uma parcela dos funcionários será absorvida. Se há aumento nas vendas de SUVs, ou pseudo SUVs, haverá a necessidade de novos turnos que absorverão esses desempregados. No caso brasileiro estamos numa crise econômica então a recuperação das vendas e contratações de funcionários será muito mais lenta. A Ford encerrou também a fábrica de caminhões, que tem pouco a ver com a onda SUV, foi incompetência da Ford mesmo.

  • Marcello Gois

    Eu sabia! Se quiser um sedan que não irá sair de linha, ele tem que ser o Corolla ou o Honda Civic. ( Acho que a produção desses dois não será encerrada nunca!

  • Alvarenga

    Mau sinal. GM indo pelo mesmo caminho da Ford. Os “gurus”de Michigan devem estar enxergando um futuro bem desafiador pela frente !

    • Jr

      Semana passada a Ford fechou uma fabrica na França e ontem saiu um boato que ela vai fechar duas fabricas na Rússia, algo muito estranho esta acontecendo

  • FearWRX

    O futuro está condenado a ser somente de shopping, eu não serei uma dessas pessoas, sou muito feliz com meu sedã e a perua e por mim, minha garagem será sempre assim, essas merd* alta jamais entrará em garagem minha.

    • Alexandre Nozawa

      até o seu sedan ficar alagado, num passeio a SP como foi a noite de ontem… aí talvez comece a pensar em SUV… mas perderá um bom dinheiro… como moro em SP, um SUV ou um 4×4 entram nas minhas opções.

      • FearWRX

        eu sou gente e tenho cérebro ainda, e enquanto eu raciocinar jamais irei comprar essas merd* alta que so faz volume e bebe mais que muito esportivo

        • Alexandre Nozawa

          hahaha, boa, por isso ainda estou com o Corolla, e o híbrido que vão lançar dele não me atrai tanto como atrairia um C-HR híbrido ou diesel.

        • Alexandre Nozawa

          nem híbrido?

  • Eskarmory .

    Cadê o interceptor para dar uma surra nesses SUVS??

  • Gran RS 78

    Suvs, Suvs e suvs. Inacreditável que só teremos esse tipo de carro daqui para frente. O que mais me revolta é que um sedan médio ou hatch médio é muito mais interessante e tbm melhor em acabamento e rodagem que qualquer suv compacto, que ainda por cima custa mais que eles. Meus pêsames para quem compra suvs, pois estão decretando o fim de vários (melhores) segmentos que eles e pagando mais por um carro inferior.

    • Alexandre Nozawa

      Sou designer então na nossa profissão costumamos tentar no início, compreender o público, desnudando o assunto, se livrando de todos os chavões possíveis. Tenho um sedan, não estou aqui apenas para defender SUVs. Um sedan pode não ser o melhor carro para um determinado local mesmo numa cidade asfaltada como São Paulo. Basta ver as enchentes de hoje. Se coloque na posição de um proprietário de um BMW ou um Corsa que perde seu carro por não poder sequer fugir do local passando por uma guia um pouco mais alta que o normal. Com os devidos recursos que cada um deles pode acessar, poderão preferir carros mais altos, e com o passar dos anos tentarão adquiir SUVs de verdade. Vamos agora usar um chavão, quem não tem cao caça com gato. Esses caras não estão comprando SUVs “para ostentar”. É bom abrir a cabeça para realidades que hoje não te alcançaram.

      • Gran RS 78

        “Esses caras não estão comprando suvs para ostentar”, vc não pode generalizar, mas a grande maioria compra sim para aparecer para o vizinho, o mesmo vale para camionetes, pois a grande maioria nunca irá levar nada na caçamba, nem encarar fortes atoleiros. Como eu disse em outro post, a maioria desses “suvs”, que nada mais são do que modelos derivados de compactos, acabam tento problemas para passar por enchentes, ou mesmo por lombadas ou valetas, pois a frente da maioria deles é baixa, como qualquer carro compacto, como por exemplo o HRV e Renagade, que muitos donos reclamam sobre isso.

        • Alexandre Nozawa

          Pra não ficarmos só na teoria, imagina o meu susto quando a minha irmã trocou um C3 por um Renegade porque ela se sente mais protegida dos buracos. Que fossem rodas maiores já eram suficientes mas um SUV de verdade seria muito grande para ela, e ela nao precisava de um Troller. Você acha que ela deveria fazer upgrade do C3 por um sedan? Qual?

          • Gran RS 78

            Avise ela para tomar cuidado com a frente do Renegade, que é mais baixa que o do C3. Os suvs dão essa falsa impressão de serem mais robustos que hatchs, mas isso só fica na teoria. Pelo preço que ela pagou por um Renegade, ela comprava fácil um Cruze, Virtus, Jetta, Civic ou Corolla, que são muito superiores ao Renegade, mas gosto é gosto, e o dinheiro é dela, então ela faz o que bem entender.

            • Alexandre Nozawa

              Que é “o gosto e o dinheiro dela” a gente já sabe rsrsrs perguntei o que você faria “racionalmente” se fosse fazer upgrade do C3 p/ um sedan. Um Renegade pneus 215/65/R16, Corolla pneus 205/55/R17, qual o mais indicado para as buraqueiras de SP? Não adianta vir com outros carros rsrs vc me deu opções, escolhi Corolla como sedan.

              • Gran RS 78

                Não gosto do Corolla, mas prefiro mil vezes ele que um Renegade, que como eu disse, ele é mais baixo até que o Corolla. Já que vc está falando que ela queria escapar dos buracos por isso que ela comprou um Renegade, nesse caso era mais indicado para ela um Ecosport Storm, que é mais alto e tem tração 4×4, fora que a suspensão dele é multibraços tbm na traseira.

                • Alexandre Nozawa

                  Aonde você viu que o Corolla é mais alto que Renegade?
                  Renegade dependendo da versão tem 223-209mm de altura segundo o fabricante mas uns 190mm de vão real do chão para o escapamento.
                  Corolla a fabrica estabelece como 144mm (está na página oficial)

                  Se você acaba de sugerir o Ecosport para a minha irmã então você é mais um desta discussão que confirma que existem seres vivos que optam por SUVs de shopping invés de sedans, segundo critérios racionais, e não por modismo.

                  • Gran RS 78

                    O Renegade que vc citou o vão livre bom é o diesel, mas o flex, tem sim a frente mais baixa que um Corolla , é só ver nas ruas o que eu estou dizendo. Quanto ao Ecosport que eu citei, se a sua irmã queria um carro mais alto, dei ele como exemplo, mas eu já notei que vc tem a sua cabeça, e acha que a solução seria um suv, eu tenho outro pensamento, então é melhor pararmos por aqui, pois cada um tem uma preferência. Seja feliz com suv que eu serei feliz com meu hatch médio/sedan médio.

                    • Alexandre Nozawa

                      Se pegar a distância do chão até o chassis visível embaixo da porta, o Corolla tem +200mm de altura, mas a altura verdadeira não dá para enxergar “na rua”, no “olhômetro” como você diz, costuma ficar na altura do escapamento, portanto a dúvida persiste. Os paralamas, parachoques do Renegade enganam também, mas numa eventual manobra de emergência, nem contam, você passa por cima e até voltam ao formato original, o que não ocorreria num Corolla. Enfim estou apenas debatendo aqui com você porque me instigou com essa informação mas deixa pra lá, eu ficaria mais feliz com dados concretos.

                • Fernando Gabriel

                  Gran, é perda de tempo tentar dialogar com esse cara, ele discorda de tudo, detona suas opiniões e seus veículos e ainda acha que Suv é a salvação para alagamentos em SP ao invés do poder público atuante. Deixa ele ir com o Suv de preferência em uma rua alagada de um metro pra ver se passa.

  • Foonoslew

    Talvez se tivessem continuado o Vectra teria sido melhor…

  • Alexandre Nozawa

    Tenho um Corolla porque gosto de sedans japoneses, porém acho o porta-malas pouco prático principalmente pelo sistema “pescoço-de-ganso” e insuficiente ou no limite em espaço para quem tem família e viaja (o mesmo digo para a suspensão que é resistente mas um pouco dura nas versões mais novas). Se posso comprar um veículo com porta-malas maior pelo mesmo valor, é claro que optaria por um SUV, principalmente se for o único carro da família, ele me servirá para ir às compras e viajar sem medo da buraqueira das estradas. Não é apenas moda, é uma questão de custo x beneficio também, não tiro a razão do povo seja daqui ou dos EUA, principalmente lá onde as pessoas mal cabem nos sedans compactos ou médios (Cruze e Focus sao considerados compactos). Outra razão para americanos preferirem caminhonetes e SUVs é o perigo de colisão com animais na estrada, o fato do comércio dispor de muitas vagas em estacionamentos, portanto razões não faltam para preferirem carros maiores. Aqui no Brasil temos um outro contexto até cultural (ostentar através de carros novos ou grandes) mas tirando a nossa dificuldade em estacionar SUVs nos grandes centros, temos um mercado cada vez mais parecido que põe em primeiro lugar a praticidade ante à beleza de um sedan.

    • Fernando Gabriel

      A maioria dos Suv’s possuem porta malas com espaço muito menor do que os Sedã’s, então, não creio que seja esse o atrativo.

      • Alexandre Nozawa

        Me acha um SUV com “pescoço de ganso” onde voce precisa se preocupar em nao amassar o conteúdo. qualquer SUV é mais alto que o Corolla, eu disse SUV, não wannabe. E por acaso SUV tem a diesel, Renegade, Compass… sedan a diesel só na Europa.

      • Alexandre Nozawa

        Me acha um SUV com “pescoço de ganso” onde voce precisa se preocupar em nao amassar o conteúdo. qualquer SUV é mais alto que o Corolla, eu disse SUV, não wannabe. E por acaso SUV tem a diesel, Renegade, Compass… sedan a diesel só na Argentina, Europa.

        • cepereira2006

          Esse pescoço de ganso incomoda mesmo. E quando aberta ao máximo o porta malas muitas vezes não deixa entrar certos objetos um pouco maiores, que até caberiam no carro mas não entram nem pela porta nem pelo porta malas. Tenho um sedan médio, a dirigibilidade é excelente, é o melhor carro que já tive, mas realmente não tem a praticidade de carregar carga que tem um hatch ou mesmo um suv de shopping. Uma coisinha um pouco maior para levar para a praia já não cabe. Para mim esse é o mal dos sedans.

          • Alexandre Nozawa

            Sim parece que o público entende que o acesso fácil compensa o tamanho. E olha que existem soluções simples como o do C4 Lounge onde o pescoço-de-ganso entra no revestimento então teoricamente impede que você coloque qualquer objeto no curso da engenhoca. Obvio que seria melhor um sistema telescópico, com amortecedores, portanto se o Corolla não evoluir nesse quesito, não adianta inventar design mais agressivo ou trazer híbrido porque o cliente pula para um SUV híbrido, aliás as vendas do Corolla também estão caindo mundo afora. Cruze idem, o curso do pescoço de ganso parece menor que o Corolla mas ainda incomoda. Enfim, se levar a patroa ou se ela participar da compra do carro, será muito difícil ficar com o sedan porque para uma mulher, além de carro bonito, ela quer muita praticidade.

          • Alexandre Nozawa

            Hoje em dia não adianta descrever o que te incomoda viu, precisa desenhar e depois explicar o desenho com um desenho e depois explicar esse desenho.

        • Fernando Gabriel

          A Maioria dos Suv’s são os compactos com salto alto. Porta malas desse tipo de carro nunca foi excelente, sempre foi classificado de mediano a ruim, pescoço de ganso dos Sedãs é incômodo, mas não é vilão a ponto de tornar o espaço diminutivo assim. Faça uma experiência antes de trocar seu Corolla por um Suv, alugue um por uma semana, utilizando para o dia a dia, indo ao supermercado, viajando com a família, etc…É a melhor opinião que poderá obter desse tipo de carro.

          • Alexandre Nozawa

            Bom, já que não entende então vamos desenhar? Compare o porta-malas do Focus Sedan e do Hatch, qual é mais “prático” apesar de terem tamanhos semelhantes? OBVIO que é o do hatch, você conta com a opção de levantar ou mesmo tirar o tampão bagageiro, bom se não entende isso, se afirma que o pescoço de ganso não é vilão, que o porta-malas de um SUV é mais prático, se não entende isso, você faz parte da minoria porque o “resto” do povo ao menos entende e está comprovado pelas vendas. Sou dono de um sedan que se ele continuar com esse pescoço de ganso simplesmente optarei por outro carro. A sua opinião realmente se mostrou irrelevante porque não consegue refutar a minha tese. O pescoço de ganso atrapalha em muito, sim, só que você não deve ter um carro com ele portanto é incapaz de compreender. Não vou trocar o Corolla por qualquer SUV, sou um pouco mais exigente, por isso aguardo o C-HR e quando lançarem, a troca é quase certa passando o primeiro ou o segundo ano para estabilizar os fornecedores.

            • Fernando Gabriel

              Desculpe, não entendo mesmo, um desenho torto dessa forma, fica difícil mesmo de entender. Estamos comparando Sedã com Suv.Aí voce vem e coloca o hatch de um Sedã no meio. E quer que pareça que a ergonomia do Hatch de Sedã, é a mesma do Suv.Em termos de comparação própria e real, utilizei um Cruze, um Onix, uma Tracker e uma Ecosport.Em termos de espaço para bagagem, a escala foi: Cruze, Onix, Ecosport e Tracker. Como assim os Suv’s são práticos e principalmente espaçosos para bagagem?Por causa do pescoço de ganso do Sedã? Pode até roubar espaço, mas nunca ao ponto de ter um mesmo de um Suv. E sobre eu pertencer a minoria (que alías, temos muito adeptos aqui) que não acompanha o boom de vendas dos Suv’s, lembre-se que as vezes, nem tudo que vende muito é bom ou o melhor, ser a maioria, não isenta de erros ou de falta de sabedoria.

              • Alexandre Nozawa

                Nesses últimos posts você foge do foco, eu desde o primeiro post comento sobre porta-malas e acesso a ele, coloquei o exemplo de um sedan e um hatch médio sobre? o porta-malas, é claro, principalmente porque são eles que estão entrando em extinção, percebe? Em momento agum comento sobre ergonomia, como colocou o assunto agora, é você que quer insinuar que estou mudando de assunto. Parece mesmo dificil para você entender que eu sou o público alvo que poderá em breve estar trocando um sedan para SUV, e certamente não é o seu caso, você é incapaz de aceitar isso porque é quase certo que não tem um sedan médio, você realmente opina sem fundamento algum. Eu vim de um hatch médio para sedan médio e penso em trocar por um SUV, e não vou trocar por “moda” como andam comentando aqui, expus as minhas razões com conhecimento e vivência, e os motivos dos SUVs e caminhonetes estarem dominando nos EUA porque também visitei aquele país e perguntei aos proprietários. Enfim acho razoável que uma pessoa sensata aceite os argumentos de alguém que está no público alvo desse segmento, portanto tenha primeiro um sedan médio e depois volte a debater comigo ok?

                • Fernando Gabriel

                  Caro amigo, vejo seus post’s em impor sua opinião como supremacia absoluta. No final da sua postagem agora, dirige a mim, como: “portanto tenha primeiro um sedan médio e depois volte a debater comigo ok?” Demonstrando total falta de compostura, pois já postei antes que fiz teste REAL de quatro modelos ao qual eu tive, portanto, antes de TENTAR inferiorizar o conhecimento de alguém dizendo que a pessoa possui ou não algo, tente saber mais a respeito daquilo ou se abstenha a ficar quieto do que postando coisas sem sentido, pra não ficar feio. Boa sorte no seu mundo Japones.

                  • Alexandre Nozawa

                    Você apenas está provando a todos que além de você não ter um sedan médio no dia a dia, é incapacitado para compreender e opinar o porquê de um porta-malas ou o acesso a ele pode ser decisivo na escolha de um outro tipo de carro. É você quem insiste em impor a sua opinião no debate que eu iniciei: a de que o acesso e litragem do porta-malas é irrelevante. Por este motivo sugeri que adquira um sedan médio com pescoço de ganso e depois de anos com o carro em perfeitas condições comece a se irritar com isso porque digamos , o carro é tao bom em todos os demais aspectos principalmente por ser um Toyota (e vou buscar um SUV da marca, híbrido de preferência) e se torne o único defeito dele. Você me acusa daquilo que você comete: passe a aceitar opiniões de quem realmente vive o problema e ponto final, eu (e milhões ao redor do mundo que possuem um sedan médio ) achamos o acesso ao porta-malas fundamental. Aceite que dói menos, assim passará menos vergonha.

                    • Fernando Gabriel

                      Assim como vários donos de Toyota Corolla e Hilux que acham que tem a última bolacha do pacote supra sumo power magic do universo, voce dá indícios que se acha o sabichão, por ter um sedã da marca, doido para partir para um Suv e por isso insiste em impor seus motivos. A insistência com “pescoço de ganso” chega a ser hilária. Sua prepotência em dizer que não tenho um sedã médio no dia a dia, é o fim, não me conhece, não sabes que carros tive e quais eu tenho, minhas opiniões são sinceras e baseadas, não em achismos ou em redomas de vidro de marcas e modelos. Cresça mentalmente, é o melhor que podes fazer em benefício da humanidade.

                    • Alexandre Nozawa

                      Nossa, humanidade!!! Quanto drama!!! Quem agora ficou hilário? Tá vendo que você aponta pra mim mas está olhando para o espelho? :D Mais uma vez, você acha que estou impondo… quando é você quem quer impor que o que escrevi não é relevante. Pasmem, acho que nem desenho adiantaria. Apenas aceite a minha opinião, não fique rastejando no meu post cara… estou ficando com pena. Não viu que tem outro cara neste tópico que concordou comigo? Corolla é o melhor sedan médio na minha opinião, se não for para você, paciência, é assim que a coisa funciona. Quero carros melhores para mim, ja apareceu nesta página um cara que achou o Corsa o melhor carro para ele, eu aceitei e não fiquei respondendo como você rsrsrs… Sem drama cara, não fui encher o saco em tópico criado por você, mas você está se remoendo a cada resposta porque quer. Já me mandou boa sorte, agora pede para eu crescer mentalmente, eu até vou tentar viu? Porque você creio que não tem mais conserto, mais uma vez, é apenas a minha opinião.

    • Rodrigo

      Você vai mudar de ideia rapidinho quando colocar na ponta do lápis: gastos com combustível, substituição de peças de desgaste natural, manutenção / revisão e seguro. Os SUVs deveriam sim ser opção pra quem definitivamente quer um carro mais alto, porém não deveriam substituir modelos que atendam boa parcela da população e que já se consolidaram como bons players.

      • Alexandre Nozawa

        Quando a Toyota lançar o C-HR provavelmente não estarei mais de Corolla e quem sabe até você tenha se rendido aos SUVs. Por enquanto escolhi o Corolla por tudo isso que você comenta e muito mais. Mas já viu os tipos que compram SUV? Eles só querem saber de carro largo (aparentemente ou não), acesso rápido ao porta-malas que também dependendo do modelo tem menos litragem mas sem a proteção ou com os bancos retráteis fica mais amplo e permite o manuseio muito mais fácil do conteúdo. Já viu mulher comprando carro? Ela analisa acessos. Já vi uma mulher trazendo um carrinho de bebê e enfiou em todos os carros da concessionária, escolheu claro um Ecosport apesar dele ter porta-malas pequeno, pra ela se tem acesso fácil, é sinônimo de porta-malas grande. Voltando lá fora, pra provar que não é moda… um Edge (que aqui custa R$230.000) nos Estados Unidos vale US$30.000 concorre com os sedans e são carros populares, lá ninguém ostenta com um Edge. O seu pensamento e do outro aqui embaixo fez os sedans fracassarem porque não compreenderam a tempo o que o público realmente quer. A Ford criou o Ecosport, foi um sucesso de vendas e não soube se defender nem de um Duster que caiu na graça do povo mesmo sendo um projeto mais modesto. E ainda tem outros motivos locais, por exemplo o povão que andava com a família inteira dentro de um Gol, conseguiu aquele jeitinho pra ter um carro maior, parecido com o do patrão. Basicamente é isso que aconteceu.

  • Luis Burro

    Esta geração do Taurus é a mais bonita e foi ela q inspirou o formato hexagonal da grade pro restante da linha!

  • Muito estranho… esse súbito encerramento de plataforma pode significar uma mudança para outro projeto completamente novo como carros elétricos… eu acredito que GM e Ford vão surpreender o mercado com vários lançamentos de elétricos para concorrer com Leaf, Prius e os híbridos. Quando o mercado virar, quem só tiver carro movido à combustão vai ficar que nem os fabricantes de máquina de escrever em 1990, com um entulho caro de se produzir e de se manter.

  • Lucas de Lucca

    Eu já estava louco pra vender o meu, agora então. A questão é: o que comprar?

    • Louis

      Corolla 2020

      • Lucas de Lucca

        Busco um hatch (o meu Cruze é), que seja turbo e 1.4 pra cima, logo o Corolla não cogito no momento. Vou esperar o Polo GTS dar as caras pra ver o que acho, se não realmente não sei, pois as opções estão escassas.

        • Felipe Rocha de Assis

          Golf GTI usado.

          • Alexandre Nozawa

            Golf GTI é um bom carro mas é bom calcular o seguro dele antes de fechar, principalmente se for usado.

            • Felipe Rocha de Assis

              Ou até mesmo uma bmw 125iM.

  • Alexandre Nozawa

    São Paulo alagada hoje e ainda tem gente que insiste que a onda SUV é “modismo” ou “pra ostentar pro vizinho”… é por isso que a indústria automotiva precisa passar por cima desse público que parou no tempo e sonha ainda com o retorno de Santanas, Monzas e Escorts.

    • Fernando Gabriel

      Compra um bote. Suv pra passar em rua alagada com mais de um metro só na sua cabeça.kkk

      • Alexandre Nozawa

        Ué, acabou de dizer que sou chato e aparece em minhas respostas? Putz alguém têm tira-grude?

        • Fernando Gabriel

          Já vi que seu Rivotril acabou. Seu Toyota não passa na enchente para chegar na farmácia?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email