Finanças Mercado Montadoras/Fábricas

Financiamento em bancos das montadoras ainda tem taxas menores que outros bancos

financiamento-2-1024x682 Financiamento em bancos das montadoras ainda tem taxas menores que outros bancos

Ao financiar um carro, as taxas de juros no Brasil ainda são menores nos bancos das empresas fabricantes do que nos bancos de varejo. A informação é da Agência Autodata, com dados do Banco Central. No começo deste mês de agosto a menor taxa era da BMW Financeira, com 12,33% ao ano.



Bem perto da BMW Financeira estão as taxas do Banco Mercedes-Benz e do Banco PSA, com 12,68% e 13,15% respectivamente. No lado dos bancos de varejo, a menor taxa era quase o dobro da primeira taxa, 20,46% com a Alfa Financeira.

Marcelo Prata, da plataforma Canal do Crédito, comenta que “os bancos das montadoras são focados nos financiamentos de veículos enquanto os de varejo atendem clientes dos mais variados perfis para diferentes produtos. Por esse motivo seu risco é maior e, consequentemente, a taxa de juros é mais alta. É como se os bancos das montadoras se autofinanciassem e, por esse motivo, podem praticar taxas de juros mais agressivas”.

É claro que muitas vezes é necessário fazer uma pesquisa mais profunda, pois a taxa no banco da montadora pode ser menor, mas muitas vezes a empresa só faz o financiamento atrelado a um preço maior de venda do carro, o que no final das contas acaba deixando o preço final similar do que você pagaria se tivesse um bom desconto no carro e financiasse por fora.

Ne cenário geral do crédito no país, como as vendas se aqueceram, o volume na concessão de crédito ainda deverá aumentar esse ano, de acordo com a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras. A estimativa é que esse ano serão liberados R$ 90 bilhões perante R$ 82 bilhões do ano passado.

Apenas no primeiro semestre deste ano o volume liberado foi 18% maior que no primeiro semestre de 2016.

  • carroair30

    TAXA DE JUROS ….BRASIL MOSTRA A SUA CARA QUERO VER QUEM PAGA……………….

  • Louis

    Paguem meus juros.

  • D136O

    isso que a Selic já ta abaixo de 10% aa.

  • cefaf

    Se a pessoa não precisa mesmo e pra ONTEM de um carro necessariamente 0km, não vejo razão alguma para se jogar dinheiro fora num financiamento.

    • REDDINGTON

      É isso aí fecho com vc. E se vc precisar MUITO financiar: De o máximo de entrada e divida o mínimo possível. Mas brasileiro não olha isso, os caras preferem se exibir e se endividar. Meu primo trabalha no Bradesco e disse que nunca viu tantos carros tomados por falta de pagamento cara. Questão de prioridade na vida, escolhas.

      • João Cagnoni

        No meu bairro tem um pátio gigante de leilões de carros, de uns tempos pra cá ele ficou completamente lotado.

    • Gabriel Torque

      Financiar um carro é a maior burrice

      Uns acham investimento e ficam a vida toda pagando parcelas, nem terminaram de pagar já dão o antigo de entrada e ganham mais uns anos de financiamento

  • Alexandre

    Já financiei dois carros (ambos usados) pelo Itaú e neste segundo consegui taxa de 1,2% (valor total já considerando juros compostos e taxas). Ou seja, depende muito do score que o consumidor tem perante as instituições.

    • João Cagnoni

      Quantos % de entrada e valor do carro? O Itaú não financia mais carros “usados” (com mais de 5 anos de uso).

      • Alexandre

        Entrada: 62%
        Valor: R$ 102.500,00
        Data de compra: 09/2015

        • João Cagnoni

          Existem alguns fatores determinantes na hora do cálculo da taxa. Existem várias lojas que oferecem taxa zero a partir de 60% de entrada, mas eles compensam aumentando o valor do veículo sem que o cliente perceba. Certamente você não conseguiria essa taxa financiando um veículo de 40 mil com 20% de entrada, que é a realidade da maioria das pessoas.

          • Alexandre

            Por isso eu mencionei: score. A matéria apenas mostrou a média (o que é super válido)…

  • Zé Mundico

    Não se trata apenas de comparar taxa por taxa, pois há outros fatores envolvidos.
    Como citado abaixo, cada consumidor tem um perfil e histórico que é avaliado pelos bancos, afinal emprestar dinheiro é uma atividade de risco.
    Outra coisa é o valor do bem financiado e da entrada. Modelos diferentes da mesma montadora podem ter juros diferentes.
    O mais importante: embora apresentando valor nominal inferior, algumas financeiras enchem a mão na cobrança de “taxas” que cobram por fora. Tem taxa de abertura de cadastro, taxa de avaliação, taxa de despesas cartoriais, taxa do despachante, taxa de “remessa online” (já vi essa presepada!!) e todo tipo de taxa que inventam para morder o bolso.
    A criatividade desse povo não tem limites.

  • REDDINGTON

    Fiz uma simulação um dia. CRV 40 mil financiado no “Banco Honda” 10 mil de juros em 24x. Financiando o mesmo valor numa IX 35 20 mil de juros em 24x…

  • João Cagnoni

    “O desconto é maior se eu não comprar” – Julius Rock

    • REDDINGTON

      CARA KKKKKKKKK POUCOS VÃO ENTENDER KKKKKKKKKKKKK VC MITOU!!!!!!!!!!!!!!!! RI ALTO JURO

    • Michel

      “Everybody haaaaaaates interest rate”

  • Lucas086

    Financiar um carro na Toyota ou Honda o cara tem que ter coragem, um conhecido fez uma simulação de um Cruze LT e um Corolla GLI , mesmo valor financiado e mesmo prazo, a diferença deu mais de 5 mil reais… por isso a Chevrolet vende a rodo, taxa boa e prazo grande, se a parcela cabe, o povo compra.

    • Cristiano

      Vende a rodo Onix, Prisma e Cobalt, onde quase todos são financiados mesmo. Foi noticiado que contrataram até consultoria pra tentar entender porque o novo Cruze não vende o esperado. Mas todos devem imaginar o motivo disso, e como vc mesmo demonstrou não é por conta da taxa de juros.

      • Lucas086

        A Toyota é mais caro e o custo é maior, então quem compra quer status, e hoje é status ter um Toyota ou Honda.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend