Comprando e Vendendo

Fique atento na hora de comprar um carro usado

nova-s10- Fique atento na hora de comprar um carro usado

Saiba o que é preciso verificar antes de fechar negócio para fazer a escolha certa



Sueli Osório

Um carro usado pode ser uma ótima opção para quem não tem dinheiro suficiente para adquirir um modelo zero-quilômetro ou para quem teria recursos suficientes para comprar um automóvel novo ‘pelado’, mas prefere um modelo mais equipado.

Mas, antes de concretizar o negócio, é bom ficar atento a algumas dicas para não ter dor de cabeça com o veículo depois.

Em primeiro lugar, é necessário checar se o automóvel não foi roubado ou clonado, se não está alienado e se não tem nenhuma pendência, como multas ou falta de pagamento do IPVA.

“Atualmente, há empresas que fazem laudos técnicos dos veículos e verificam até se já passaram por algum sinistro”, avisa o engenheiro mecânico Rubens Venosa. Uma dessas empresas é a Dekra, que oferece um serviço que analisa mais de 70 itens, como quilometragem adulterada, histórico de acidentes, roubo ou furto em aberto, multas, recall, numeração de motor, chassi, entre outros.

O consultor automotivo Francisco Satkunas, conselheiro do SAE, alerta que se deve olhar o estado geral do carro, mas lembra de que é preciso ter mais flexibilidade com um veículo usado. “Às vezes é necessário abrir mão de certas preferências, como a cor desejada, em favor de um automóvel em melhor estado de conservação.”

Satkunas orienta também que o comprador preste atenção aos equipamentos. “É melhor comprar um carro com 30 mil quilômetros rodados que tenha ar-condicionado do que um que tenha 10 mil quilômetros sem ar”, exemplifica.

O que observar

Venosa lembra que nem sempre um carro limpinho e brilhando é sinal de bem conservado. “Não vá só pela aparência, às vezes pequenos riscos na pintura não significam nada”, avisa.

Satkunas recomenda que se preste atenção ao estado dos pneus, da parte traseira – para checar se o suporte do para-choque está bem alinhado, por exemplo, o que é sinal de que o carro não sofreu colisão traseira grave.

Se possível, coloque o carro num elevador para saber se não há cicatrizes na parte de baixo, feitas por pedras, por exemplo, o que pode indicar que o carro rodou muito na terra.

Interior

Do lado de dentro, é bom prestar atenção no estado dos bancos, como afundamento da espuma, o que indica que o automóvel tem quilometragem alta. “Veja se há desgaste maior do lado direito do banco traseiro, que é o lado da calçada, e é indício de que o carro era usado como táxi”, adverte Satkunas. “Também se deve observar os pedais de freio e embreagem, ver se o volante e a manopla de câmbio têm marcas, e fazer o cruzamento dessas informações com a quilometragem marcada no hodômetro, para ver se batem. Se não, evite comprar o carro, que pode estar muito mais rodado do que o hodômetro mostra”, orienta o conselheiro da SAE.

Outra dica é levantar o tapete e a borracha da porta para ver se não tem barro ou lama, indício de que o veículo passou por enchente.

Também é bom dar uma olhada no manual do carro e checar se as revisões no período de garantia foram feitas na concessionária, ou se há ordens de serviço de uma oficina mecânica.

Se for comprar o veículo em uma loja e não direto do proprietário, procure saber quem foi o antigo dono para obter informações de como cuidava do carro, se rodava na terra, se houve colisões. “Minha recomendação é, sempre que possível, comprar direto do proprietário,” diz Venosa.

Dê uma volta

Depois de analisar o veículo por fora e por dentro, é recomendável dar um volta e sentir o seu rodar. “Coloque o carro numa rua plana, solte o volante e veja se não muda de direção sozinho, o que aponta que ele está desalinhado”, recomenda Satkunas.

“Acelere mais forte ao trocar de segunda para terceira marcha e veja se a embreagem não trepida ou patina”, aconselha Venosa.

Mesmo após todos esses cuidados, sempre é recomendável levar o carro até o seu mecânico de confiança antes de ‘bater o martelo’. “Tem muitas coisas que podem ser maquiadas no carro na hora da venda, por isso é bom que o mecânico faça uma checagem final, inclusive indicando o que tem de ser revisado ou trocado no veículo para que você saiba o quanto vai gastar com ele”, diz Satkunas.

 

 

  • Gaf1991

    Legal muito valido . O NA podia fazer tipo o usado do mês , dando dicas de carros com valores , e os defeitos naturais de tais carros , as qualidades e tal . Seria maneiro ! Fica a dica !

    • Gaf1991

      Pessoal do NA , Éber até outra dica que acho que muitos leitores como eu gostariam é de mecanicos que prestem nos grandes centros , isso sim acharia uma mão na roda , porque está dificil encontrar alguém bom de verdade para tratar dos usados . Se nas css a maioria já não está prestando muito , que fará os particulares …

      • O problema é comprovarmos pessoalmente que tais mecânicos seriam mesmo bons. Porque publicar alguma coisa se baseando no relato de outros seria arriscado.

        • Gaf1991

          É verdade . Puxa , mas se puderem tentem fazer essa coluna de usados , dando informações sobre os mesmos , problemas cronicos e o que vistoriar e tal . Seria muito legal mesmo ! Mas que tá dificil encontrar um bom mecanico isso está …

        • ArthurCobain

          E o Sr. ADG?

          • kikofar

            Realmente… em 2013 até agora não tivemos vídeos do ADG para o NA. O que aconteceu Eber?

            • ArthurCobain

              http://www.youtube.com/user/ADG0068/videos?view=0
              A cada dia um novo vídeo, recomendo o canal.

            • CharlesAle

              E espero que não tenha,muito arrogante e metido a sabe tudo,além de tirar onda de quem não sabe,por isso foi escurraçado do Oficina Brasil…

          • abussade

            Estava nos EUA.
            Mas me parece que ele gostaria de ver na página principal um período maior de tempo com as notícias.

          • msouza91

            pergunta no clube do Marea sobre o senhor ADG, pra um cara que tem uma oficina especializada em Fiat e se julga especializado em Fivetech, acho que ele tá com o filme bastante queimado…

            • Edson Roberto

              Porque?

              O pessoal eu vejo até hoje enviando carros de outros estados na oficina dele. Como eu não acompanho em si a oficina dele, ele fez algo nesse sentido para se queimar ?

        • JonathanAbud

          Acho que você poderia abrir uma área no site, tipo "dicas do leitor", sendo divididos por estado. Nesta área, os leitores poderiam indicar seus locais de confiança e os locais que eles recomendam. Nesta área, os leitores também poderiam indicar bons carros seminovos que tenham visto por acaso, alguma oferta regional de carro novo quem sabe. Isso ajudaria a aproveitar as oportunidades que temos próximos a nós, além de poder ter alguns lugares de confiança para levar nossos veículos. Para uma pessoa que vai ter o primeiro carro, e não sabe nem onde pode levar, isso seria de grande ajuda.

          • Edson Roberto

            Na verdade isso existe no forum do NA…

      • msouza91

        até acontecia antes isso aqui, com alguns depoimentos de um certo mecânico, que ficou sem credibilidade após alguns incidentes, inclusive em alguns clubes e fóruns de uma marca em específico, vc pode xingar a mãe, mas não fale no nome desse cara…

        acho que se acontecesse, deveria ser com apenas um mecânico, que seja mais imparcial possível

      • thales_sr

        Rapaz, é só perguntar aqui nos comentários do NA! Toda hora aparece um falando em "mecânico de confiança"! rsrsrs

  • msbiel13

    muito útil , vou comprar um carro usado daqui a alguns meses , bom olhar essas dicas

    • Gaf1991

      Eu tb achei ! Mas meu medo atualmente é sobre mecanicos bons … Eu estava até querendo trocar meu carro de uso urbano por um usado mais antigo , mas automatico e tal , mas cadê mecanico bom para manter bem o usado

  • Felipe_Henrique

    Ótima iniciativa… Sempre útil pra galera que sempre comenta aqui que foge dos carros 0km pra dedicar o valor a um carro seminovo, seja mais completo ou mais potente…
    Como já foi citado aqui, difícil na hora de comprar um seminovo ou usado, é encontrar um mecânico de confiança e com disponibilidade.

  • Gueu

    Acabei de comprar um Uno Way 0km. Minha primeira opção era um C4 Hatch 2010, mas na Dekra aqui de Salvador eles disseram que não tinham como informar se o hodômetro tinha sido adulterado, e como desconfiei q estava mto barato para a baixa quilometragem (27000 km/R$ 31.000) , acabei ficando com o Okm…

    • Absinthe666

      amigo era só ligar o carro no Scanner da CSS e checar a km gravada na central, quase sempre a adulteração é feita somente no painel mas fica gravada a real na central eletrônica do carro
      se eles deram essa desculpa era porque eles mesmo devem ter alterado, pratica infelizmente comum e nunca punida no Brasil, por mim quem altera KM era para ser considera estelionatário pois busca vantagem econômica através de informações falsas

      • JonathanAbud

        Outra coisa que muita gente nem se atenta a olhar é o manual do veículo, na parte de revisões. Pode não dar certeza, mas tem casos que dá para identificar que foi voltada a quilometragem. Recentemente acompanhei um amigo que foi comprar um civic, muito bom por sinal, porém ao olhar a quilometragem do painel, estava abaixo do valor que estava na ultima revisão. Conversei com o vendedor e ele disse: "É porque tem concessionárias que botam o valor da próxima revisão" ai teve uma conversa, negociamos e ele reduziu o valor do carro. Para quem não sabe, isso dá multa e pode levar até a cadeia (claro que isso é o que está escrito, não o que realmente acontece…).

        • PEDRO_HAWK

          E você aceitou esta desculpa? Faço revisões de três carros em concessionária (um é meu, outro da minha mãe e outro da minha cunhada) e NUNCA vi isso. E caso visse, não aceitaria.

          Quanto era a diferença da quilometragem indicada na última revisão e a constante no odômetro? Uns 100km?

          • JonathanAbud

            Na verdade eu só estava olhando um carro com meu amigo para ele, não para mim. A diferença era de uns 6.000 km. Claro que eu não aceitaria. Também nunca vi uma desculpa tão descarada como essa que o vendedor deu. Como meu amigo ainda assim achou bom negócio, ele comprou o carro. Eu disse ao vendedor a mesma coisa que você. Sempre faço as revisões em concessionária e nunca vi essa de anotar a próxima quilometragem para revisão, até porque isso está no manual, e informa uma margem de erro para mais ou menos km.

      • RomuloMadruga

        Ouvi falar muito sobre isso, porém fui em concessionárias Chevrolet, Volks e Fiat, e conversando com os mecânicos, os mesmos me informaram que o scanner dificilmente pegaria o "tombo", pois a alteração é feita direto na central do carro.

        • Edson Roberto

          Não é verdade.

          Talvez por ter vivido em oficinas e também ver como funcionam nas concessionarias, inclusive ter informações diretas de montadora, posso te garantir que há a possibilidade.

          Quando se mexe na central mudando a quilometragem, há um item que foi desenvolvido para não ter a possibilidade de exclusão: Historico. Todas as marcas tem um historico do que fora realizado e se alguma advertencia apareceu. Não falo da advertencia de um problema em que depois de resolvido, é apagado, falo do historico em que o modelo registra de tudo que ocorreu. Esse não tem como ser apagado e é por ele que é possivel pegar o erro.

    • mmcinza

      Lembro uma vez que comprei um carro novo e coloquei o semi-novo na troca, isso foi na Ford Mix, em São Caetano. Uma semana depois voltei lá para ver uma outra coisa e lá estava o meu ex-carro com 20.000km a menos. Falei com a vendedora e ela ficou com cara de m…
      Outro amigo meu, vendeu a RAV4 semi-nova que tinha na Toyota Caltabiano e lá baixaram 40.000km do carro. Sem contar que apagaram todo o histórico de revisões do carro.
      Bandidagem total.

      Eu só compro semi-novo de particular.

      • epicentro01

        Eu entreguei um Megane 2008 com 142.000Km em uma CSS que o repassou para uma garagem daqui da minha cidade (HP Veículos – Jaraguá do Sul). O cara da garagem baixou "só" 100.000Km no Megane e o vendeu uma semana depois, colocando R$ 16.000,00 sobre o preço que me pagou no carro, pois quando o dono da garagem foi avaliar o Megane, falou que não podia pagar mais no carro devido a alta Km.

  • Enzo

    As vezes compra-se um usado por não pactuar com os preço abusivos cobrados por um zero km.
    Sempre faço esses procedimentos citados acima com um item a mais: olhar a data de fabricação de todos os pneus inclusive o estepe.
    Fazendo todos esse procedimento com certeza fará um bom negocio.

    • rodrigomalc

      Verdade Enzo. Vejo que alguns "especialistas automotivos" aqui nos comentários do NA só criticam preço de carro 0km, qualidade, motores e blablabla… mas quando vão comprar um carro, correm pra VW pra comprar um Gol 1.0 básico 0km.

    • Filipe_GTS

      Os usados também têm preços abusivos… Os nossos usados são vendidos a peso de ouro, estão entre os mais caros do mundo.
      Veja como um Hilux diesel com 1 ano de uso não desvaloriza quase nada.
      Só têm preços bons quando comprados direto do particular.

  • dudupruvinelli

    Muito bom o texto, mas lembrando que quilometragem alta não é tudo. Há muitos carros que são usados majoritariamente em estradas sendo muito melhor que alguns carros de uso intenso, no dia-a-dia. Tem a diga do ADG também: [youtube 6QYj8idJUOQ http://www.youtube.com/watch?v=6QYj8idJUOQ youtube]

    • ricpts

      Esse é o cara que vive dando dicas na internet, mas que depois de muita pesquisa comprou um UNO e depois ficou reclamando que nunca mais compraria um carro da FIAT? kkk… Realmente, tem muita credibilidade. Ainda mais quando o tema é escolha de carro para comprar… rsrs

      • carrosempre

        Esse caro gosta de ganhar "audiência" nas custas de críticas a programas e terceiros. Lembro até hoje, elogiou muito o câmbio Dualogic e até recomendou a compra, depois de um certo tempo fez um vídeo criticando o mesmo e falando sobre sua manutenção.

      • msouza91

        só pra constar, ele tem uma oficina especializada em Fiat…

        • Edson Roberto

          Mais especificadamente, preparada para mexer com Fivetechs…rs

      • Caio

        Hoje ele anda de Alfa Romeo usado… bem melhor que o uno 0km que ele tinha… Não quero defender o cara, mas ele pelo menos mostra bastante conhecimento técnico nos videos dele e sempre comprova o investimento em novas ferramentas para a oficina dele… se pelo menos isso a maioria fizesse, já estaria bom… Talvez ele comprou o Uno na primeira fornada e realmente não tinha muita experiencia anterior para recriminar o carro…

        • Didi_RJ

          É eu sempre acompanho os videos dele no youtube…pelo menos desta forma aprendemos um pouco sobre mecânica e somos menos enganados em
          nossas cidades pelos mecânicos…a respeito da uno…eu lembro que ele reclamava da 'batida de pino'…e sobre o dualogic…a opnião dele é igual a minha
          é um câmbio bom…mas quando da problema de projeto.

        • Edson Roberto

          Só que justamente veja que contradição… um mecanico que compra um carro novo de mercado.

          Ainda que seja um carro dito confiavel, por tudo que ele passa na oficina, não é possível ter uma noção das qualidades e defeitos de um produto? Como pode ter comprado um carro que sequer conhecia e por ser mecanica deveria lidar com carros de lançamento que geralmente dão problemas? Esquisito não ?

      • CharlesAle

        Quer um exemplo de alguém que cospe no prato que come???o individuo acima!!!!!não perco meu tempo com seus videozinhos,para mim,quando vejo,é do DR Carro,esse fim tem moral e coerência….

  • Leandro1978

    Mas os usados não eram perfeitos?…rs… Brincadeira, muito boas as dicas.

  • Alan_Brito

    Acredito que, pelo perfil das pessoas que comentam aqui, uma grande parte (senão a maioria) se interessa por carros usados/seminovos. Então, nada mais justo que haver uma atenção maior a esse público sim! Prefiro 1000x pegar um usado completo que um 0km capado!

  • glauber

    comprei uma fielder seg top 2008 com 180.000 km e o carro parece zero ,os bancos de couro parece que ninguem sentou

    • Filipe_GTS

      Não só sentaram como peidaram muito

      • Edson Roberto

        isso se não fizeram outras coisas…rs

  • Matheus_P

    Carro usado é sempre uma polemica. Eu nao gosto, mesmo q pareca bom, a sensacao de q algo tenha acontecido no passado sempre fica assombrando as ideias. Mas, considero otima opcao qdo se conhece o dono. Aí sem duvidas!

    • Filipe_GTS

      Exatamente como menciona o especialista.
      Compra-se usado quando de particular (aí presume-se que o dono é conhecido)
      Em garagem nunca

  • Magno270

    segui todas as dicas , comprei uma Saveiro Trooper ano 2010 , esta linda de lata , pintura perfeita , original , com 67 mil kms rodados , comprei usada em uma concessionaria Volkswagen a Original de Guarulhos … mas ela começou a vazar combustivel pelos 4 bicos injetores , e claro a luz da injeçao no painel fica acesa e ela estava falhando .. levei na concessionaria , ja que tenho a garantia de 3 meses , ficou 7 dias la , quando voltou , ela estava exatamente do mesmo jeito que entrou .. achei um absurdo eles nem terem mexido nela e ficado com ela 7 dias …. levei la novamente , ficou mais 15 dias la , quando peguei , o rapaz disse " agora ela esta nova , gastamos muito com ela " … voltou , ficou 3 dias boa , agora a luz voltou a acender denovo , mas nao tem vazamentos e o motor nao falha … pelo que notei , trocaram todo o sistema de bicos (flauta e 4 bicos) e o reservatorio de partida a frio que estava vazando … mas vou levar denovo la pra ver se eles resolvem … complicado pq sei que se eu levar no meu mecanico , ele vai resolver de imediato o problema , mas vai me cobrar por isso , mas eu levo la na CC por causa da garantia , mas eles soh empurram com a barriga …

    • JonathanAbud

      Já verificou no scanner o motivo do acendimento da luz? Normalmente quando é feito algo em garantia, peço nota fiscal do que foi trocado, até mesmo do óleo utilizado…

    • PEDRO_HAWK

      Devolva enquanto é tempo. Após os três meses da compra você assumirá o bucho. Está na cara que isso nunca será resolvido.

    • Sr_Andante

      O que irrita muito nessas concessionárias é o papo furado deles. "Gastamos muito com ela". Só que o cliente gastou muito mais, está com o Direito e com a razão, e depois ainda está gastando seu tempo e paciência com pequenos golpes ! Boa sorte com seu carro amigão. Também tive usado de css e realmente não podemos confiar, tem muita coisa ruim ali que eles tentam empurrar.

    • TvaxQuivax

      por isso que não gosto de garantia, você paga, e logo vê o resultado, ou manda fazer, se ficra bom paga, se não.. melhor coisa você com poder de consumidor bom $$ na mão.

    • Mc_

      Amigo desculpe, mas um carro de 2 anos com quase 70 mil km rodados?? Não adianta nada a o carro ter a pintura nova se o dono já deu a volta ao mundo com ele

  • JonathanAbud

    Recentemente, antes de trocar de carro, elaborei um checklist básico para analisar os carros:

    CHECKLIST PARTE EXTERNA
    – Verificar estado da lataria (Alinhamento)
    – Verificar estado da lataria (Pintura)
    – Verificar estado dos Faróis
    – Verificar Lâmpadas
    – Verificar estado dos pneus e rodas
    – Verificar calotas das rodas
    – Verificar Amortecedores
    – Verificar estado da antena

    CHECKLIST MOTOR
    – Verificar vazamentos
    – Verificar motor através da entrada de óleo
    – Verificar nível de óleo
    – Verificar líquido do sistema de arrefecimento
    – Verificar nível do líquido do sistema de arrefecimento
    – Verificar nível do óleo da direção
    – Verificar nível do óleo de freio
    – Verificar barulho do motor ao ligar
    – Verificar escapamento (Fumaça, barulho e ferrugem)
    – Verificar reação do motor ao simples toque do acelerador
    – Verificar reação do motor ao acelerar bruscamente
    – Verificar ferrugem no radiador

    CHECKLIST PARTE INTERNA
    – Verificar estado dos bancos
    – Verificar ferrugem abaixo dos bancos
    – Verificar extintor (Vencimento)
    – Verificar estado dos pedais
    – Verificar estado manopla de marcha
    – Verificar estado do volante
    – Verificar funcionamento do som (Rádio)
    – Verificar funcionamento do som (CD e outros)
    – Verificar funcionamento dos alto falantes
    – Verificar estado dos tapetes
    – Verificar velocímetro e manual
    – Verificar chave
    – Verificar chave reserva
    – Verificar funcionamento do ar condicionado parado
    – Verificar funcionamento da direção hidráulica
    – Verificar funcionamento da trava elétrica em todas as portas
    – Verificar funcionamento do vidro elétrico em todas as portas
    – Verificar funcionamento retrovisores elétricos
    – Verificar luzes de advertência acesas no painel
    – Verificar computador de bordo
    – Verificar abertura do porta malas
    – Verificar assoalho
    – Verificar tampa do chassi
    – Verificar ferramentas e estepe

    CHECKLIST TEST DRIVE
    – Verificar barulhos em pista irregular
    – Verificar alinhamento da direção
    – Verificar freios
    – Verificar freio de mão em aclive
    – Verificar funcionamento do ar condicionado
    – Verificar medidor de consumo do computador de bordo

    Não diria que está 100% mas já é uma ajuda pra não ficar sem noção…

    • JPaulo10

      Bem legal sua lista, Jonathan, mas meio complicado tanto detalhamento porque existem muitas variáveis.
      Por exemplo. um carro desalinhado, com bancos surrados, é menos negócio do que um com pneus meio-uso e rádio com defeito?

      O pessoal de 4×4 fora de linha (tipo Ranger MWM) faz uma coisa interessante: eles costumam pagar avaliação numa ccs da marca, a fim de terr uma melhor visão das condições do carro e seus problemas, para negociar melhor o preço. Muitas vezes, os defeitos são de solução fácil ou barata, compensando o negócio.

      • JonathanAbud

        Meu checklist é um tanto trabalhoso mesmo para se verificar, mas acredito que atenda a maior parcela de carros que costumo olhar e outras pessoas também. Quanto ser mais negócio ou menos, ai vai de cada um, por exemplo, se eu olhei 3 carros e cada um tiver algum ponto negativo, eu descrevo a falha no checklist. Ao final das avaliações, meio que faço uma pontuação geral do carro, daí tiro qual deve ser melhor negócio.

        No seu exemplo, eu levaria em consideração o valor que teria que desembolsar para "levantar" o carro e deixa-lo em ótimo estado. É meio difícil dizer qual é mais negócio só pelos pontos negativos, por isso que, como disse antes, meio que pontuo cada ponto para cada carro que vejo. A avaliação da css acho muito interessante também, mas só quando você já escolheu o carro que deseja e quer ter a certeza de como ele está. O checklist é a peneira e a avaliação seria o laudo técnico para concretizar a compra.

        • Edson Roberto

          Sei que vc citou como avaliação de lataria… mas te digo que, quem for leigo, olhará o estado de limpeza e não se orientará a ver detalhes como: Borrachoes das portas: Geralmente podem ser escondidos por de baixo dela muitas coisas, abrir o capô para verificar alinhamento entre peças e olhar as colunas.

          Geralmente se encontram quando o carro é ruim nesse aspecto, um desalinhamento ou solda não original que fica explicita. O meu carro usado, sofreu batidas na porta traseira direita, traseira e na frente.

          Entretanto, comprei o carro. Só que um detalhe: Ele tem os 4 air bags funcionais, a lanterna foi trocada e o antigo dono sincero, não ocorreu desalinhamento do carro e ainda, as batidas foram consertadas com exito. A unica coisa que me incomodou que estou para arrumar é o parachoque traseiro que devido ao conserto ter sido com massa, ela ficou dura e eu ao encostar descascou a pintura. Vou aproveitar para realinhar, já que com a encostada ele ficou desalinhado. Entretanto, é o que eu digo, esse carro tem 12 anos, é original de 137000 km rodados e tudo já fora realizado.

          Acho que as vezes não se encontra um carro perfeito, mas digo que de funcionamento, é um carro que não me deixa na mão. Confesso que foi um achado. Haverão alguns que vão dizer absurdos de ter sido batido e tal, eu mesmo tive que comprar uma nova capa da luz de neblina dianteira esquerda porque pegou uma pedra, mas se olhar o estado geral e por ser usado, sem queima de pintura e a mecanica impecavel que foi o mais importante, ninguem acredita.

          Como eu disse, acho que é bmo detalhar seu checklist iria ser interessante.

          • JonathanAbud

            Muito interessante essa sua colocação. O meu checklist ainda está meio superficial. Ainda falta alguns detalhes como verificar as ferramentas do carro, extintor, validade dos pneus, etc… e pontos mais detalhistas como você mesmo citou. Sobre comprar um carro que já foi batido, ao meu ver, não é algo que criticaria se, no geral, as batidas tiverem sido bem reparadas, não houver alteração na estrutura do carro e se o estado geral do carro estiver bem cuidado, ainda mais se for um carro que raramente seja fácil de encontrar…

            PS: Nem carro 0km você encontra perfeito. Sempre vai ter algum ponto que possa melhorar, então o melhor a se fazer é pegar um carro que tenha tudo que lhe interessa e que você pode conviver com os pontos negativos que ele tem.

            • Edson Roberto
              • JonathanAbud

                Tem muito carro mais novo que o seu e que não tem o mesmo estado de conservação. Pelas fotos o que dá pra ver é que, apesar de ser batido, esteticamente não percebi nada que impediria a compra do carro. 12 anos, mas ainda mais luxuoso, seguro, bonito e completo que muito carro atual. Parabéns pela compra. Hoje, se eu fosse pegar um 2º carro mais antigo eu pegaria um omega, acho muito bonito os que vieram de 2000 em diante. Muito caro para manter seu carro em dia? Muita dificuldade para encontrar peças?

                • Edson Roberto

                  Para peças do exterior do carro são caras e realmente mais dificeis de achar. Claro que na concessionaria se acha com facilidade, mas é um roubo.

                  Sobre a parte mecanica, é MUITO barato. Para se ter ideia, gasto R$120 em oleo colocando filtro de oleo. (uso oleo sintetico 10w40)

                  Sobre peças de parte mecanica, tudo é muito pratico. Na Argentina onde existiu produção dos Xsaras (o modelo que vinha ao Brasil era francês mas as peças atendem), são faceis de importar e tem até importadores. Mas na prorpia concessionaria, uma série de peças originais são baratas. Para citar um exemplo: Havia uma mangueira para o filtro de ar que estava rasgada e o antigo dono me disse que como não encontrava foi passado silver tape. Eu procurava usadas (mas inteiras) e similares. (genericas)

                  Genericas esquece, não existe. Já usadas, me pediam cerca de R$250 a R$300. Eu fui na concessionaria e comprei uma original por R$170. Em contrapartida, qdo cometei de peças externas serem caras… é …. Parachoque R$900, Farois R$250 CADA (e na internet se acha o conjunto por esse mesmo valor só que existem 3 modelos… um monoparabola e 2 bi parabolas que tem o tipo de mascara diferentes). Uma peça cara que no meu saiu, é do pomo do cambio automatico. (emborrachado) R$210!!!

                  Entretanto, foi feito cabeçote com R$600, troca de bomba de combustivel por R$110 (com mão de obra inclusa), entre outros itens que considerei barato pelo porte do carro.

                  Para se ter ideia, tive de comprar um catalisador novo. Na concessionaria pediram R$2800 e eu comprei GENUINO por uma revendedora que faz para Citroen por R$450. Um Astra como comparativo, não se compra Genuino por menos de R$1000.

                  É um carro que exige cuidados. Apareceu um probleminha, arruma. Se fizer isso, ele será barato de manter. Mas já cito, o meu é 2.0 16v automatico, então o consumo de combustivel tende a ser maior que os carros de mesma potencia atuais.

                  Abraços!

    • wbianchi

      legal seu checklist
      principalmente pq nao precisa manjar de carro pra fazer

  • fredcdb

    Claro que o carro que vc conhece e compra do dono é mais vantajoso.

    Mas comprar um carro de um desconhecido, sem saber como ele cuidou do carro, chega a ser mais perigoso que comprar em loja. A loja tem obrigação legal de dar garantia, e voce ainda consegue usar o Código de Defesa do Consumidor a seu favor. Já o particular não te dá garantia nenhuma.

    • JonathanAbud

      E devemos lembrar também que a garantia não é apenas de motor e caixa de marcha como eles dizem. O veículo em geral é coberto por 90 dias pela garantia legal, e em caso de vício oculto, ainda tem um prazo após a detecção para exigir o direito, não me recordo quanto.

      Vantagem de particular conhecido: Preço e procedência
      Vantagem de loja: Garantia

      • Absinthe666

        sempre bom, aqui em Fortaleza a Ford vende usados Ford com 15 meses de garantia, comprei o meu lá e não precisei usar, mas só em saber que o carro tem garantia já ajuda
        de particular somente se o preço for bem abaixo mesmo, afinal sempre tem algo para ser feito, com a grana economizada da para dar um tapinha na manutenção e rodar bastante

        • PEDRO_HAWK

          Sou de Fortaleza e pulei uma fogueira numa concessionária Ford. Estava de olho num Focus Sedan Ghia de um particular (anuncio na webmotors). Ofereci um valor e ele ficou de pensar. Quando vi nos classificados, uma concessionária tinha um do mesmo jeito (apenas sem a central multimídia). Fui lá olhar. Carro 2009 com 24.000km. E ainda com esses 15 meses de garantia Era bom demais pra ser verdade. Escavuquei mais a fundo e eis o que descobri:

          – A garantia é dada pela concessionária, mas o serviço é terceirizado em uma oficina próxima. Segundo o gerente me informou, é que lá eles tem muita demanda. Sei…

          – Capô desalinhado. "Mas isso a gente ajeita rapidinho!". Ok.

          – Dei o ultimato: pra fechar o negócio, queria passar ele no CheckAuto (um site que dá uma varredura no carro – se foi sinistrado, recuperado, queixa de roubo, etc). "Não precisa! Este veículo foi comprado aqui e todas as manutenções foram feitas aqui". Pedi as OS. Me levaram até o consultor pra mostrar na tela do computador. Passando bem rápido, nanana… "Opa, o que foi isso? Parachoque…", "não foi nada não…".

          Falei pro vendedor que só fecharia negócio se me mostrassem bem pormenorizadamente o que foi feito. Ele topou. Pra que? Carro foi batido. E feio. Motor de partida, radiador, faról, servo freio. Até o vidro da porta do passageiro também foi trocada. "Mas foi tudo feito aqui com peças originais". "Ok, vou pensar…"

          Fechei com o particular. Carro com 45.000km com todas as revisões em concessionária. Não me arrependo. É só ver o que um colega acima falou sobre uma Saveiro que comprou em concessionária que eles estão só empurrando com a barriga pra sair da grande garantia de 3 meses. Essa da Ford eram 15 meses. Seria só mais tempo pra me enrrolar, até porque, depois dos 3 meses eles me tratariam feito lixo, visto que, legalmente, o direito de desfazer o negócio já tinha passado.

          • Absinthe666

            rapaz o serviço é terceirizado na oficina o daminão, fica bem ao lado da CSS e o serviço dos caras é mil vezes melhor do que da CSS, sem burocracia, posso ficar assistindo aos reparos, posso levar peças, considero uma das poucas oficinas de Fortaleza em que confio e eles não metem a faca, não achei nada ruim o serviço ser feito lá, se duvidar até prefiro,
            tenho péssimas lembranças da Ford Crasa, uma vez mandei retirar uns arranhões e desamassar um para-lama la, confiando que na CSS sairia perfeito, me entregaram o carro todo sujo de areia colada na pintura, fiz uma confusão e me deram um polimento, o carro ficou lindo, mas antes de sair fiz outra inspeção e descobri uma bolha em uma das portas pintadas, fiz outra confusão, queriam fazer o serviço novamente, neguei e acabei saindo sem pagar a porta e o polimento, economizei uns 400 reais, mas sai de la extremamente puto com o descaso da CSS que não sabe mexer nos próprios carros, sem falar que la eles tem costume de colocar óleo 20w50 mineral nos carros que usam 5w30 sintético na hora que saem da garantia

            Também chequei todo os histórico do meu carro no sistema e tinha todas as revisões certinhas e nenhuma troca ou pintura de lataria, até hoje so alegria, no máximo troquei pneu e partes da suspensão traseira, fora o tradicional óleos e filtros

            • JonathanAbud

              Companheiro, você me salvou. Ia fazer as revisões do meu carro na Crasa. Pode me informar onde fica essa sua oficina de confiança?

              • Absinthe666

                cara fica na mesma rua um pouco mais a frente, Rua Cariré, 26 (Esq. com Duque de Caxias) Farias Brito – Fortaleza-CE
                Fones: (85) 3281-3464 / 3281-2584, agora vai cedo, la sempre é lotado hehe

          • JonathanAbud

            Que coincidência, também sou de Fortaleza e recentemente comprei um Focus Hatch. Você chegou a ver o Focus que tinha na Jaysa a venda? Qual foi a concessionara que você mencionou ai?

            • PEDRO_HAWK

              Não, não vi esse da Jaysa.

              Não ia mencionar, mas já que você perguntou, é a CRASA mesmo. Não houve má-fe, mas a verdade é que se eu não exijo ver os reparos feitos eles nem mencionariam. Se o consumidor for esperar pra ser respeitado, vai ficar… esperando.

              E aí, tá gostando do Foca? Estou adorando. Apesar do meu ser 2.0 e automático, o meu tá fazendo 9.2 aqui na cidade. Deus abençoe os motores monocombustíveis. Na estrada fiz 11.8. Esperava mais, mas foram vários "kicks-down" pra ultrapassar com segurança.

              Abraço!

              • JonathanAbud

                Companheiro, antes tinha um Vectra. Não me arrependo de ter feito a troca. Estou gostando, e muito do carro. O meu é 1.6 GLX. Estou fazendo em média, segundo o PC, 11.4 km/l na cidade. Só não esperava que desse tanto trabalho lavar carro preto. Estava até agora a pouco tirando as manchinhas de água que fica na lata.

                Coincidentemente também fui a Crasa ver um Focus, mas já estava se encaminhando a venda. Era um prata, mas não cheguei a ver.

                • PEDRO_HAWK

                  O meu também é preto. Lavo dia sim, dia não. Como foi usado, é um dos contras explicados no post: não poder escolher a cor.

                  Se bem que dos carros que comprei zero também gostaria de ter escolhido outra cor, mas isso é uma outra história.

                • CharlesAle

                  Jonathan,um macete para evitar isso é lavar com a chapa do carro fria,e usar shampoo de criança,isso mesmo,shampoo infantil,de preferência com glicerina,além de não ter ácidos(é pra criancinhas)portanto não manchar a pintura,faz sabão e lava muito bem,não precisa ser o caríssimo shampoo Jonhson,pode ser de uma marca mais barata…..

                  • JonathanAbud

                    Eu lavei o carro na sombra, e o único momento que liguei o carro foi pra tirar da garagem para lavar. Passei shampoo automotivo, enxaguei, usei jato, passei flanela para retirar o excesso e ai ficaram as marcas de água. Tive que passar outra flanela no carro todo e ir "lustrando" ele. Bem cansativo, mas vale a pena. Da próxima vou tentar sua dica. Obrigado ;)

      • Filipe_GTS

        Na loja eles ajeitam pra durar só 3 meses… aí que tá a bucha.
        Tem 5 anos pra cobrar na justiça depois, mas gasta com advogado e a nossa justiça é lenta. Até vc receber já se desfez da bomba

  • pumagtb

    É complicado comprar carro usado, sempre tem algo á desejar mas sabendo comprar e tendo paciência pode valer a pena sim. Eber e equipe cria uma sessão de Download no site envolvendo mecânica, pilotagem, segurança,off-road, etc. Não sei se é possivel mas iria enriquecer muito o site, valeu!

    • CharlesAle

      boa…

  • jkpops

    comprar carro de locadora é uma fria a maioria das locadoras dão um tombo na quilometragem até parece que esses uninhos e celtinhas que rodam em compahias telefonicas são vendidos com apenas 30 mil km originais … fora que os motoristas que conduzem esses carros detonam sem d´mesmo pois alegam que o carro é de locadora mesmo quem compra que fica com a bomba… http://onibusbrasil.com/foto/1260680/

    • CharlesAle

      Mas muitos Unos são vendidos em leilões,tamanha deterioração do carro,além de furos no teto(suporte da escada)via os sempre quando ia no Freitas leilões….

  • FrankOff

    No site do Detran-Pr tem como consultar se o carro teve sinistro e foi objeto de indenização integral, a informção é fornecida pelas seguradoras. Fica no menu veiculos/serviços/consultas

  • LuccasVillela

    Das duas vezes que comprei usado, comprei num CSS que eu conheço aqui no Rio e passei a confiar, já tive problema com um 307 AT que minha mãe comprou lá e eles trocaram o carro depois de tentar consertar e não conseguirem.

    Achei justo. Passamos a confiar muito mais neles. E agora, comprei meu C3 XTR, usado, lá mesmo, com muito medo, mas tá tudo direitinho… Ainda assim, carro usado pra mim é muito complicado, nunca confio 100%.

  • Nasckar

    Eu só compro carros semi-novos, no máximo com 2 anos de uso, e eu sou daqueles que se pode chamar de "chato" na hora de comprar um usado. rsrsrsrs!

  • jonasperola

    Uma coisa tenho em mente, a quilometragem é o de menos( mas é um ponto a ser observado), não me supreende, vai do cuidado que o dono tem com o carro apenas isso, cuidado é o grande diferencial (revisões em dia), independente se a quilometragem estiver alta ou não.

  • Hoosier 559

    Comprei um Corsa há uns 5 anos usado, quando olhei o carro estava praticamente OK, interior muito bom e parte mecânica também, mas depois de algum tempo percebi uma deformação na coluna A do lado direito, algumas rachaduras na longarina e os pneus comiam em escamas. Descobri que o carro tinha batido forte do lado direito, maquiaram e venderam. Gastei um dinheiro com alinhamento técnico e parte mecânica e hoje está OK, o carrinho anda bem e está comigo até hoje.

    Avaliem bem o estado mas não se prendam muito há alguns detalhes, lembrem-se que o carro é usado e convém gastar algum dinheiro pra arrumar ele, pois sempre têm alguma coisa a fazer.

    • JoaoPauloGT

      Engraçado é meu tio quando vai comprar um carro usado, olha ele de todos os lados e ângulos e bate nele em todos os lugares pra ver se tá original, segundo ele. kk

      • Absinthe666

        é uma boa, se o reparo foi porco e cheio de massa batendo tu consegue ver a diferença na lata, o barulho é totalmente diferente
        outra dica boa é passar o dedo em todas os encaixes do carro de cima a baixo para ver se não há deformações ou desalinhamento

  • anderson_sp

    Tem coisas que são básicas, olhar os desgastes dos pedais, se o volante está "esfarelando", banco chapado, borrachas se soltando, diferença de tonalidade de cor, faróis e lanternas novos em um carro já bastante rodado (se for o caso), bater a km do hodômetro com a média de idade do carro, alguma restrição no doc e por aí vai, estas empresas que fazem revisão do carro, revelam até o histórico do veículo se foi roubado/sinistro/furto/colisão, é uma boa pois a Porto Seguro por exemplo tem algumas restrições referente a isso se for fazer seguro por ela, vale a pena pagar pra eles darem uma olhada no carro antes de bater o martelo.

    • Fernando

      Prezado Anderson_sp, tenho um Classic 2009/10 tirei 0km, pois trabalho com o carro diariamente embora rodo em media 1000 km por mes e quando o carro estava com 30000km o volante estava "esfarelando" levei na CSS aqui em Ribeirão Preto e me disseram que se o carro fica no sol (muito ou pouco) é normal pois não é de couro. Então o volante "esfarelado" não serve como parametro para carro conservado, se preocupe com motor e lataria pois os custos de reparo são bem superiores.

  • W_Costa

    Eh devido toda essa complexidade que envolve a compra de um carro usado que acabei desistindo e comprei zero.

    • PEDRO_HAWK

      É pra quem tem tempo e conhecimento. O trabalho é grande, mas é recompensado quando se acha um bom negócio.

      • Absinthe666

        exatamente, meu primeiro carro é usado e demorei 6 meses, fiz uns 20 test-drives e visitei várias lojas, economizei cerca de 10mil reais em relação ao 0km
        ja estou com o carro a quase 2 anos e ainda não gastei 2mil em manutenção e revisões. para mim um tremendo negocio, hoje tenho um carro completo, pouco rodado e com motor 1.6

      • W_Costa

        Pois é, passei quase um ano inteiro pesquisando, tinha alguns carros já definidos, mas aquele fantasma sempre me assolava a mente dizendo, "como descobrir se já bateu?" Não tem como mesmo, hoje existem serviços muito bem feitos (pra esconder e maquiar somente, pois sempre fica uma sequela no chassi após um sinistros), daí você vai percebendo que o carro come pneu demais, consome demais, ou seja, descobre da pior maneira que algo está errado, sei pois já passei por isso com meu ex-carro (usado) e fiquei meio que traumatizado, por isso acabei indo de novo, até porque estava visando um usado na faixa dos 30 a 35 mil (médio de preferência), mas as taxas de juros (pois compro financiado) foi outro fator decisivo pra mim, ficando apenas com 200 reais nas parcelas entre um novo (de 40 a 45 mil) e o bendito usado.

  • EuMeSmObYmYsElF

    na real, todos nós sabemos mais ou menos o que olhar quando for comprar um usado.. alguns itens fatalmente esquecemos mas sabemos o básico a ser olhado, o que procurar… o difícil é encontrar um vendedor ou proprietário que concorde que façamos todos esses testes..

  • joao silva

    comprar carro usado no BR e 1 fria

  • Danilo

    Pessoal, eu to pensando em comprar um HB20 1.6 Comfort Plus, mas no consórcio, pois não estou precisando de carro agora… Com o valor total do crédito (45 mil incluindo taxa de administração) daria pra eu comprar um Civic 09/10, um Corolla ou qualquer outro médio, hatch ou sedã, mas usado.

    O problema é que o médio dá muito mais gasto (combustível, pneu, ipva, dpvat, manutenção) o que me preocupa a médio prazo.. Qual vocês acham que é a melhor opção (HB20 1.6 Comfort Plus 0km ou um sedã/hatch médio usados que gasta muito mais)??

    • Filipe_GTS

      O HB20 1.6 já é um carro bem completo e vai te satisfazer. Não invista dinheiro em algo usado se pode comprar um 0km já de boa qualidade… A não ser que seja um carro de um conhecido seu, parente ou amigo, de único dono e notavelmente impecável…

      • W_Costa

        Concordo com o Fellipe Danilo, se pode pagar um zero, vai correr o risco de pegar um usado?! Cuidado que o barato pode sair caro (como você mesmo já sitou), vai de zero e seja feliz, comprar usado você tem 50% de chances de entrar numa fria, com o novo esse percentual é bem menor, rsrsrsrs, pense que também tem outros bons carros nessa faixa de preço (se você não gostou do HB20), e conselho meu, não se iluda com garantia estendida (3 a 5 anos e tal) que te deixa escravo das CCs, em alguns casos o custo é muito elevado e não vale a pena.

    • TvaxQuivax

      porque não compra um carro do porte do hb20, usado, e guarde o dinheiro para ir viajar, poupança algo do tipo? Com certeza, mesmo com eventuais gastos irá sair em conta.

    • Mc_

      Eu acho que o usado compensaria se ele custasse menos do que o valor do 0km. Por exemplo, ao invés de gastar 45 mil no HB20, você compraria um Corolla 08 por 35 mil e sobraria 10 mil reais pra arrumar o que fosse preciso e ainda bancar a manutenção, gasolina e IPVA por um tempo. (enquanto que no HB, esses 45 mil são só valor do carro, não incluindo os gastos dele). Agora um Corolla de 45 mil X HB20 de 45mil, é claro que o Corolla vai dar mais gasto.

      Eu pessoalmente não trocaria um Honda/Toyota por um Hyundai nacional recém lançado rs. Não por questão de preconceito a marca, mas porque quando um carro começa a ser fabricado, é nesse primeiro ano que a montadora observa todos os problemas e falhas apresentados pelos primeiros donos e faz a correção no ano seguinte. E eu falo isso com propriedade porque comprei um usado que, por acaso, era do ano de lançamento. Herdei todos os problemas e peças incompatíveis que a 1 fornada apresenta. O próprio HB20 já recebeu várias alterações de acabamento em poucos meses de produção. Tem gente que pegou o carro no final do ano passado e já está num veículo desatualizado. (lista do que eles mudaram de um ano pro outro https://www.noticiasautomotivas.com.br/exclusivo-c…. Ou seja, o que garante que a Hyundai não resolva fazer isso de novo? Ou um belo recall?

      Então, se sua principal preocupação em comprar um carro são os gastos que ele pode gerar, ou você escolhe um 0km que já tenha um certa tradição no mercado e você tem certeza no que está se metendo ou um usado com uma margem reserva pra arrumar aquilo que não funciona muito bem.

  • carrosempre

    Não consigo comprar carro usado. Desde do meu primeiro carro (Palio Young), sempre procurei 0km. Seja por questões de medo ou uma sensação de "carro velho".

  • Lucas Veigas

    Levem numa mecânica ou um mecânico de confiança para analisar e pronto.

  • Louis

    Quando for comprar um usado, é bom reservar uma grana extra para uma primeira revisão (óleos, filtros, verificação de freios), quase sempre tem algo para fazer. E se for feita uma boa revisão inicial, pode-se ter um carro quase novo por uns bons anos.

  • freemontshit

    A verdade é q o sr ADG virou youtubestar!!!
    Viaja as custas do povo q o idolatra para EUA, dono da razao.
    Disse q ia se dedicar mais aos videos.
    Oficina agora é só fama…..

  • Magno

    entao pessoal , pra comprar a Saveiro , eu dei minha Courier na troca , me obrigaram a fazer o Checkauto na Courier e fizeram tbm na Saveiro , tudo perfeito na Saveiro , inclusive a Courier deu que estava rachada a longarina traseira , mas eles nem ligaram muito pq ela eh ano 2000 e a CC nao pega carros dessa idade ,eles passariam pra uma outra loja … sobre a pergunta do amigo , nao sei o que fizeram , pq nao pedi a nota (burrice minha) , nao sei se passaram no scanner , mas como disse , o carro foi duas vezes na concessionaria e na primeira voltou com os mesmos problemas , na segunda resolveram , mas a luz da injeçao acende e nao apaga mais , mas nao falha nem vaza .. .. quanto eu checklist do amigo , ela passaria em quase todos … com excessao da suspensao que esta fazendo muitos barulhos encomodos … os amortecedores estao otimos , mas o barulho eh como se tivesse algo batendo embaixo … na suspençao dianteira .. de resto o carro esta PERFEITO , muito bem cuidado , interior impecavel , exterior impecavel , 4 pneus novos Continental , tudo funciona perfeitamente , tem manual , chave reserva e tudo , nota fiscal de quando era zero km … soh essa luzinha da injeçao que teima em ficar acesa … antes da Courier eu tive uma Strada Adventure 1.8 flex , que somente qdo ficava muito tempo no transito , ela acendia a luz da injeçao , e falhava a ponto de o motor ficar querendo morrer e ela ficava totalmente sem força , desligava e ligava ela voltava ao normal , mas se continuasse no transito ela voltava a falhar , se saisse do transito ela ficava normal … vendi ela sem consertar …

    • pmoraesm

      "os amortecedores estao otimos , mas o barulho eh como se tivesse algo batendo embaixo … na suspençao dianteira .."

      Pode ser caixa da direção. Se for, se prepare para a facada.

  • tonimaroni1

    Outra dica para evitar dor de cabeça, todo usado que compro, troco todos os filtros, lubrificante de acordo com o fabricante, correia dentada, limpeza de bicos e radiador com fluido e faço alinhamento-balanceamento mesmo que o antigo dono diga "acabei de trocar tudo". Verificação da suspensão e sistema de freio tb entre outros. Verificação do estepe e recalibração dos pneus e mando fazer uma cristalização na pintura. Dependo do carro pode ficar entre 400 e 600, mas compensa cada centavo. Ai só alegria, nunca tive dor de cabeça.

  • Filipe_GTS

    Que coincidência a foto e o tema.
    Conhecido meu comprou um S10 LTZ Diesel ano 2012 e bateu o carro, de frente, com 3.000km rodados.
    Agora ele pegou outra igual e a batida está a venda, na concessionária, por um valor razoavalmente abaixo do preço da zero e com essa quilometragem ínfima.
    Aí vem o vendedor: "o carro é igual zero, tem cheiro de novo, tá na garantia, pode levar!"

    • W_Costa

      É sobre isso que eu estava me referindo no meu post mais acima, e me prevenindo dessas armadilhas que acabei indo de zero km.

      • wilbernasser

        Procure "carro zero batido" no Google. É divertido.

  • dudupruvinelli

    Esse post fala sobre usado vs. novo! É de confiança! http://autoentusiastas.blogspot.com.br/2012/09/ca

  • Natair

    Olá, sou revendedor de carros usados aqui em Goiânia, e minha sugestão e que antes de fechar o negócio, 1= peça pra uma pessoa de confiança que conheça de estrutura de carro pra avaliar pra você , 2= leve num mecânico de confiança, 3=
    faça uma varredura na documentação como; vistoria no Detran, vistoria especializada (aqui em Goiânia tem ex: dekra, 3 visão), porque são especialistas diferentes ( não confio em clinico geral) Agora sim pague a pessoa, de preferencia trasnferencia do dinheiro pra conta da pessoa, nunca em dinheiro vivo. Um Abraço.

  • PRCarvalho

    A reportagem começa preconceituosa. Quem compra carro usado não é porque não tem dinheiro e sim porque não gosta de jogar dinheiro fora. Os caros perdem em média 15/cento pós sair o portão da concessionária . Comprei um carro com 4000km, economizei R$ 13000,00 num carro de R$ 60000,00.

    • Edson

      Se você comprou um carro assim tão novo, com tanto desconto, não desconfiou de nada??? O carro pode ter tido um sinistro e o cara resolveu vender… ou o carro tem um problema crônico… sei lá… pode ser muita coisa.

  • Diggo

    Embora meus últimos dois carro foram novos, eu cogito comprar um semi-novo mais equipado, talvez um conversível como o 308CC ou mesmo um BMW Série 3 ou Mercedes Classe C.

  • daviddiniz

    Meu carro tem 2 anos e cerca de 11mil km rodados, mas o hodometro total marca cerca de 3mil km rodados como se faz nessa situação?

  • Alexandre

    Eu adoro os pseudo especialistas em carros usados! Agora que o Brasil tem alguns carros mais ou menos… E ja tem um monte de especialista! Se o Brasileiro não fosse tão porco com seu carro nossos carros durariam mais e hoje seria mais barato adquirir um csrro zero. Maldito que comecou a moda dos 100.000 kms o carro nao presta mais… Agora 50.000 kms o carro nao presta mais!!! Carro que presta é carro bom, com manutenção e com bons equipamentos de segurança!

    • pmoraesm

      "Se o Brasileiro não fosse tão porco com seu carro nossos carros durariam mais"
      Meu amigo, já morei no exterior e viajo bastante, posso te garantir que brasileiro é um dos povos que mais cuida do carro. Os problemas são:

      1. Todo carro vendido no Brasil, exceto os importados (os de verdade, não esses produzidos no mercosul ou mexico e "adaptados" pro mercado brasileiro), são de pior qualidade por causa dos barateamentos de custo que as montadoras fazem por aqui.

      2. Submetemos nossos carros à um verdadeiro rally, com nossas ruas esburacadas e asfalto de quinta categoria.

  • wilbernasser

    O mesmo povo que não aceita andar de carro usado é o que viaja em avião com 15 anos de uso.

    Desgaste tem solução, chama-se "manutenção".

  • Adriano_Silva

    Matéria muito boa, mas vale redobrar todos esses cuidados se o veiculo em questão for um utilitario ou um importado, devem ser consideradas duas ou três opiniões no minimo antes de feixar negocio

  • Romis_gtr

    Carro usado é bom, desde que você tenha uma reserva pra quando você fechar a aquisição, já levá-lo para uma revisão….

  • Magno270

    carro usado se resume a uma unica palavra .. SORTE . vc pode comprar e levar pra fazer a revisao que for no profissional mais gabaritado do Brasil , se ele tiver um problema , esse problema vai aparecer … talvez vc compre e ele nao de problema nenhum no primeiro mes , logo depois ele pode dar algum problema , como minha Saveiro , com a luz da Injeçao acendendo que qdo comprei , eu andei , e nao estava acesa …

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend