Ford História Sedãs

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos
Focus Fastback

Desde 2015, o Focus Sedan não se chama mais Focus Sedan. Ele foi rebatizado pela Ford como Focus Fastback, como uma tentativa de mudar o posicionamento de mercado do três-volumes e atrair consumidores mais jovens.

Já vamos logo adiantando que essa estratégia não deu certo, tanto é que o Ford Focus Fastback nunca chegou a vender bem e ocupar as primeiras posições no ranking de vendas do segmento e, para piorar, foi descontinuado no primeiro semestre de 2019.


Por outro lado, o Ford sempre foi um carro digno de nota, sobretudo em termos de tecnologia, conforto, estabilidade e segurança. Mas a falta de tradição da marca não jogou a seu favor.

Confira abaixo todos os principais detalhes do Fastback:

Focus Fastback – história

Focus Sedan vira Focus Fastback em 2015

Até em meados de 2015, a versão três-volumes do Ford Focus se chamava simplesmente Ford Focus Sedan.

Todavia, com a chegada da linha reestilizada do modelo médio da marca norte-americana no segundo semestre daquele ano, o sedã passou a se chamar Ford Focus Fastback.

Notoriamente, este novo nome foi usado pela Ford como uma mera estratégia de marketing. Na realidade, o termo “fastback” é usado para designar automóveis sem muita ligação com o Focus sedã, como os muscle-cars mais icônicos da Ford.

Todavia, o Ford Focus Fastback possui um certo caimento suave do teto na parte traseira. De acordo com os executivos da marca norte-americana, a coluna “C” do carro tem um desenho mais inclinado e dá uma sensação de continuidade com a linha do porta-malas.

Além disso, este novo nome fez parte de um novo posicionamento do Focus sedã no mercado, que a partir daí quis seduzir consumidores mais jovens, na faixa dos 35 anos, que se consideram jovens demais para adquirir um sedã médio de “tiozão”, mas maduros o suficiente para partir para algo diferente de um hatch médio.

Para entregar um apelo diferenciado para estes consumidores, o Focus Fastback adotou um visual mais agressivo e também alguns recursos inéditos, como paddle shifts atrás do volante para troca manual de marchas.

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos

Nova central SYNC 3 para o Focus Fastback em 2016

As primeiras mudanças do então novo Ford Focus Fastback surgiram em setembro de 2019. Na época, o modelo estreou sua linha 2017 com direito a novos equipamentos de série.

A principal novidade foi a adoção do sistema multimídia SYNC 3, dotado de tela sensível ao toque de oito polegadas, pareamento com smartphones via Android Auto e Apple CarPlay, processador mais rápido e acesso a comandos via toques na tela ou reconhecimento de voz.

O SYNC 3 estreou como equipamento de série para o Focus Fastback SE, Titanium e Titanium Plus.

Os preços do sedã variavam de R$ 82.690 a R$ 107.390.

Focus Fastback fica mais em conta em 2017

Com as vendas em baixa, o Fastback recebeu seu primeiro ajuste de preços em julho de 2018. Desta vez, ele ficou mais em conta em até R$ 5,9 mil. A versão de entrada SE 2.0 automática passou a ser comercializada com preço inicial de R$ 81.900.

Já o modelo intermediário SE Plus teve seu preço reduzido em R$ 5.940, passando a custar R$ 89.900. O Titanium e o Titanium Plus foram reajustados em menos R$ 4.940, agora disponíveis por R$ 99.900 e R$ 105.900, respectivamente.

Nova redução de preços para o Focus Fastback em 2018

Já em julho de 2018, exato um ano após seu último reajuste, o Ford Focus Fastback tornou a ficar mais barato. Ele recebeu reajuste de R$ 2,5 mil, passando a ser comercializado com preços entre R$ 85,2 mil e R$ 107,5 mil.

O Focus Fastback Titanium foi de R$ 104,3 mil para R$ 101,8 mil, enquanto o Focus Fastback Titanium Plus passou de R$ 110 mil para R$ 107,5 mil. Esses preços ainda eram maiores que os do último reajuste promovido pela Ford, mas neste intervalo de um ano, o sedã ficou mais caro.

Focus Fastback novamente mais barato em 2019

A terceira e última redução de preços na linha Ford Focus Fastback foi anunciada em janeiro de 2019. O modelo ficou mais em conta em até expressivos R$ 10.510. Todas as versões ficaram mais em conta em pelo menos R$ 9.810.

No caso do Ford Focus Fastback SE 2.0 automático, a redução foi de R$ 10.210, passando a custar R$ 74.990. O Focus Fastback SE Plus, por sua vez, teve reajuste de R$ 10.010, indo para R$ 80.990.

No caso do Titanium, houve redução de R$ 9.810, caindo para R$ 9.810, ao passo que o Titanium Plus recebeu redução de R$ 10.510, agora por R$ 96.990.

Fim de linha para o Focus Fastback em 2019

Todavia, foi em maio de 2019 que o Focus Fastback deu o seu adeus no mercado brasileiro. Naquele mês, o sedã foi descontinuado na linha de produção da Ford em General Pacheco, na Argentina, de onde era importado para o País.

Desde então, restaram apenas unidades de estoque nas concessionárias que foram vendidas com descontos.

Além do Focus Fastback, a Ford deixou de vender neste ano os modelos Focus hatch, New Fiesta hatch e New Fiesta Sedan.

Agora a marca vai focar em SUVs compactos e médios, como a nova geração do EcoSport que deve chegar nos próximos anos e também o Escape, o SUV do Focus, esperado para 2020.

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos

Focus Fastback – detalhes

Num segmento liderado por modelos como Toyota Corolla e Honda Civic, o Ford Focus Fastback nunca foi uma referência em vendas. A Ford bem que tentou: mudou o nome, o visual, aprimorou o interior e recheou o carro de novos recursos, mas ele seguiu na lanterninha.

E isso é uma ótima notícia para você que busca por um Fastback no mercado de seminovos e usados! Ele já saiu de linha e agora é vendido a preços tentadores nas revendas e garagens.

É possível encontrar o Focus Fastback Titanium Plus 2018, o mais completo da época, por algo em torno de R$ 70 mil.

Trata-se de um carro ideal para quem busca por um modelo confortável, seguro e potente para o dia a dia e boas viagens. O visual do modelo ficou mais agressivo e, ao mesmo tempo, mais “classudo” em sua última reestilização, com formas inspiradas no irmão maior Fusion.

Do lado de dentro, o motorista e passageiro dianteiro se sentem bem por conta do painel com desenho moderno e envolvente. Todos os comandos estão próximos das mãos do condutor e são intuitivos.

O modelo ganhou também a central multimídia SYNC 3 com tela de oito polegadas e espelhamento de smartphones, que é rápida e comunicativa.

Porém, devido ao entre-eixos de 2,5 metros, o Ford Focus três-volumes não acomoda tão bem quatro adultos.

Os ocupantes de trás viajam com um certo aperto, muito por conta também da largura de 1,82 metros, o que impossibilita acomodar três adultos no banco traseiro.

O porta-malas, por sua vez, tem capacidade para 421 litros, um dos menores do segmento.

Entre os equipamentos, o Focus topo de linha pode ser encontrado com recursos como Park Assist, sistema de frenagem automática de emergência, faróis bi xênon adaptativos, teto solar elétrico, sistema de som Sony, banco do motorista com ajustes elétricos, acabamento interno em couro, ar-condicionado de duas zonas, entre outros.

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos

Focus Fastback – versões

O Fastback foi comercializado no Brasil nas seguintes versões:

  • Ford Focus Fastback SE 2.0 Powershift
  • Ford Focus Fastback SE Plus 2.0 Powershift
  • Ford Focus Fastback Titanium 2.0 Powershift
  • Ford Focus Fastback Titanium Plus 2.0 Powershift

Focus Fastback – equipamentos

Ford Focus Fastback SE 2.0 Powershift

Segurança: airbags frontais, freios ABS com EBD, faróis e lanterna de neblina, faróis com Follow me Home, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas, assistente de frenagem de emergência, alarme volumétrico, monitoramento da pressão dos pneus, Isofix, chave programável com funções de segurança (My Key), encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, entre outros.

Conforto: sensor de estacionamento traseiro, ar-condicionado manual, direção elétrica, banco traseiro bipartido e rebatível, vidros, travas e retrovisores externos elétricos, vidro do motorista com abertura com um toque para baixo, descansa-braço integrado ao console central, sensor de chuva, faróis com acendimento automático, chave canivete com controle remoto, volante com ajuste de altura e profundidade, saída de ar para o banco traseiro, entre outros.

Visual e acabamento: volante revestido em couro, tapetes de borracha, detalhes internos cromados, rodas de liga-leve de 16 polegadas, faróis com acabamento cromado, grade dianteira em formato colmeia, aplique preto na coluna das portas, console central com porta-objetos, console central com porta-óculos, entre outros.

Tecnologia: sistema de som com entradas USB e auxiliar, conexão Bluetooth, comandos de voz, quatro alto-falantes e dois tweeters, Assistência de Emergência, AppLink, retrovisor interno eletrocrômico, computador de bordo, entre outros.

Ford Focus Fastback SE Plus 2.0 Powershift

Segurança: agrega airbags laterais e de cortina, sistema de estabilidade preventivo, retrovisores externos com repetidores de seta, rebatimento elétrico e aquecimento, entre outros.

Conforto: ganha ar-condicionado automático de duas zonas.

Visual e acabamento: traz moldura cromada nos faróis de neblina dianteiros, bancos revestidos em couro, alavanca de câmbio em couro e bolsa porta-revistas atrás dos bancos dianteiros.

Tecnologia: oferece ainda central multimídia SYNC 3 com tela sensível ao toque de oito polegadas, Android Auto, Apple CarPlay e câmera de ré.

Ford Focus Fastback Titanium 2.0 Powershift

Visual e acabamento: se diferencia por dois porta-copos adicionais, descansa-braço central traseiro, luzes de cortesia dianteiras e traseiras em LED, detalhes cromados extras no painel, grade frontal com barras cromadas, lanternas em LED e teto solar elétrico.

Tecnologia: ganha partida do motor por botão, chave presencial e sistema de som premium Sony com cinco alto-falantes e quatro tweeters.

Ford Focus Fastback Titanium Plus 2.0 Powershift

Segurança: traz assistente de frenagem autônoma, assistente de estacionamento automático, sensor de estacionamento dianteiro e faróis bi xênon adaptativos com regulagem de altura automática e lavadores.

Conforto: adota banco do motorista com ajustes elétricos em seis posições.

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos

Focus Fastback – preços

Como o Fastback não é mais oferecido como 0 km, nos restam apenas exemplares seminovos e usados do modelo.

Confira abaixo os preços médios de exemplares de anos variados conforme a Tabela Fipe:

  • Ford Focus Fastback SE/SE Plus 2.0 Powershift 2016: R$ 57.220
  • Ford Focus Fastback SE/SE Plus 2.0 Powershift 2017: R$ 59.760
  • Ford Focus Fastback SE/SE Plus 2.0 Powershift 2018: R$ 62.400
  • Ford Focus Fastback SE/SE Plus 2.0 Powershift 2019: R$ 70.870
  • Ford Focus Fastback Titanium/Titanium Plus 2.0 Powershift 2016: R$ 58.370
  • Ford Focus Fastback Titanium/Titanium Plus 2.0 Powershift 2017: R$ 63.720
  • Ford Focus Fastback Titanium/Titanium Plus 2.0 Powershift 2018: R$ 70.180
  • Ford Focus Fastback Titanium/Titanium Plus 2.0 Powershift 2019: R$ 81.350

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos

Focus Fastback – motor

Debaixo do capô, o Ford Fastback esconde o mesmo motor encontrado nas versões mais caras do Focus hatch e também no crossover compacto EcoSport, este último na variante Storm 4WD.

Trata-se do 2.0 Duratec, dotado de tecnologia bicombustível, quatro cilindros, 16 válvulas, duplo comando de válvulas variável e injeção direta de combustível.

Este propulsor consegue desenvolver 176 cavalos de potência quando abastecido com gasolina e 178 cv com etanol, a 6.500 rpm. Já o torque é de 21,5 kgfm e 22,5 kgfm, respectivamente, a 4.500 rpm – a marca diz que 88% da força, ou seja, 19,8 kgfm já está disponível a partir de 2.750 rpm.

O sedã foi ofertado somente com a transmissão automatizada Powershift de seis velocidades e dupla embreagem, que devido ao numeroso histórico de problemas, já não é nem utilizado mais na linha atual da Ford.

Focus Fastback – consumo

De acordo com as aferições do Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), os números de consumo do Fastback 2.0 Powershift são os seguintes:

  • Consumo de 6,7 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada com etanol;
  • Consumo de 9,7 km/l na cidade e 13 km/l na estrada com gasolina;
  • Notas “C” na comparação relativa na categoria e na comparação absoluta geral.

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos

Focus Fastback – desempenho

Segundo a Ford, o Focus sedã pode acelerar de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos e atingir velocidade máxima de 206 km/h.

Com isso, dá para notar que, mesmo não tendo um motor turbo a exemplo de modelos mais modernos como Chevrolet Cruze e Volkswagen Jetta, o Ford Focus Fastback 2.0 não faz feio quando o assunto é desempenho.

Na tocada do dia a dia, o motor 2.0 litros flex aspirado responde bem e se mostra pronto para as mais diferentes situações. Na estrada, ele também entrega uma boa dose de desempenho, sobretudo em retomadas.

O câmbio automatizado Powershift de dupla embreagem, apesar das críticas e das falhas constantes, se apresenta como um bom aliado do motor 2.0 flex e também não faz feio quando o assunto é desempenho, entregando respostas rápidas conforme o necessário.

Vale lembrar que o Ford Focus Fastback dispõe de paddle shifts atrás do volante para trocas manuais de marcha, o que pode agradar àqueles que buscam por uma tocada mais esportiva.

Há também a opção de trocas por meio de um nada prático botão na alavanca de câmbio.

Ainda na mecânica, o Ford também agrada quando o assunto é estabilidade e conforto ao rodar. Ele dispõe de suspensão multilink, um sistema ainda moderno e que inclusive está sendo abolido por diversos sedãs médios atuais como forma de reduzir custos.

Na dianteira, a suspensão também se mostra valente e filtra bem as irregularidades do solo.

Ele é equipado de fábrica também com direção elétrica.

Focus Fastback: preços, motor, consumo, desempenho, equipamentos

Focus Fastback – garantia e revisões

A Ford comercializava o Focus Fastback com garantia de fábrica de três anos, sem limite de quilometragem.

Ou seja, caso você esteja à procura de um modelo seminovo, dê prioridade pelo menos para exemplares de ano 2018, que ainda possuem pelo menos dois anos de garantia – caso o antigo proprietário tenha feito as revisões em dia.

E por falar em revisões, a marca dispõe de revisões a preço fixo com valores disponíveis em seu site. Confira os custos das revisões do Ford Fastback:

  • Revisão de 10.000 km ou 12 meses: R$ 449
  • Revisão de 20.000 km ou 24 meses: R$ 719
  • Revisão de 30.000 km ou 36 meses: R$ 659
  • Revisão de 40.000 km ou 48 meses: R$ 1.232
  • Revisão de 50.000 km ou 60 meses: R$ 552
  • Revisão de 60.000 km ou 72 meses: R$ 920
  • Revisão de 70.000 km ou 84 meses: R$ 552
  • Revisão de 80.000 km ou 96 meses: R$ 1.232
  • Revisão de 90.000 km ou 108 meses: R$ 659
  • Revisão de 100.000 km ou 120 meses: R$ 760

Sendo assim, as seis primeiras revisões custarão ao bolso do proprietário um total de R$ 4.531. Por outro lado, as revisões até os 100.000 quilômetros, que totalizam 10 idas à concessionária, totalizam R$ 7.734.

Focus Fastback – ficha técnica

Motor

2.0 Direct Flex

Tipo

Dianteiro transversal, Etanol e Gasolina

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm³

1.999

Válvulas

16

Taxa de compressão

12:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência máxima

175 cv com gasolina e 178 cv com etanol a 6.500 rpm

Torque máximo

21,5 kgfm com gasolina e 22,5 kgfm com etanol a 4.500 rpm

Transmissão

Tipo

Automatizado de seis marchas e dupla embreagem

Freios

Tipo

Discos ventilados (dianteira) e discos sólidos (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora e molas helicoidais

Traseira

Multilink, independente com molas helicoidais

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 17 polegadas

Pneus

215/50 R17

Dimensões

Comprimento total (mm)

4.538

Largura sem retrovisores (mm)

1.823

Altura (mm)

1.469

Distância entre os eixos (mm)

2.648

Capacidades

Porta-malas (litros)

421

Tanque (litros)

55

Carga útil (kg)

486

Peso em ordem de marcha (kg)

1.414

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,29

Focus Fastback – fotos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Robinho

    muito triste em saber o que a Ford fez com este carro, pra mim um dos “Sedans” mais bonito ja feito aqui, sempre foi meu sonho de consumo.

    • Luis Burro

      Reclamavam da segunda geração do desenho traseiro mto comum mas ñ via nd de anormal, achava só q ele podia ter um espaço interno melhor aproveitado pelo tamanho!

    • Henrique Ferreira Lima

      A Ford errou com o câmbio do carro, mas o mercado foi a pá de cal no médio, que nunca foi destaque, mas teve seu prestígio nos médios. Pena que os SUVs chegaram limando bons carros do mercado mundial

  • Mauro Moraes

    Ótimo carro, mas sucumbiu à onda dos Suvs. Acho que não teremos nada equivalente da Ford no seu lugar.

  • Emanuel Martins

    Realmente um dos sedans mais bonitos. Se não fosse esse câmbio powershift, talvez tivesse vendido mais.

    • Robinho

      pois é…uma pena…

  • Fernando

    É um carro muito bonito… pena que o câmbio automatizado prejudicou a fama do Focus.

    • MarcosGojira

      a mesma história do Stilo, do Bravo e vários outros automatizados… Lindos, porém sem confiança.

  • Antonio_Brust

    Todo mundo reclama, todo mundo lamenta a saída do Focus do mercado, mas ninguém ia lá fechar negócio.

    • Tyrion Lannister (vagnerclp)

      Eu, o Chapolim Colorado! Comprei um, mas a versão Hatch e com câmbio manual ( perdi desempenho por ser 1.6), mas só ando no modo tiozão mesmo, então está ótimo.

    • RKK

      Com o Powershift ficava difícil…

  • El Gato!

    Taí um carro que falo com conhecimento de causa.
    Comprei o meu Fastback SE Plus 15/16 zero km, ficando três anos com o carro e rodando 49 mil km. Vendi no mês passado, por 10% abaixo da FIPE, com um sorriso no rosto (de alívio).
    Resumidamente: um excelente carro com um péssimo câmbio. Quando adquiri o carro, sabia da fama do PowerShift… foi um risco programado. Na época, fechei negócio por um valor que ficava cerca de 20 mil reais a menos do que Civic ou Corolla com o mesmo conteúdo. É um carro com nível de acabamento superior a média da categoria, excelente lista de equipamentos, motor forte e econômico que em nada honra uma suposta fama de gastão, além de lindo… é o sedan médio mais bonito do mercado na minha opinião. Ou melhor… era.
    Entretanto, o PowerShift e suas falhas me irritaram tanto que me desfiz do carro. Meu perfil é de consumidor que compra carro zero e fica com o modelo por vários anos… mas não consegui fazer isso com o Focus. Fiquei na mão por duas vezes, com o carro indo para a css na plataforma. Após uma suporta “reprogramação”, o câmbio voltou a apresentar superaquecimento em duas ocasiões.
    Tenho uma carta da Ford, extensível ao atual proprietário, com a formalização da garantia do câmbio por 10 anos a partir da data da compra. Mas não posso ficar com medo a cada vez que vou viajar. Perdi a confiança no carro. Não tenho um carro para levar a cada seis meses na css por problema mecânico. Lamentável.
    Vou retirar meu carro novo esta semana e, após três modelos da marca na sequência em casa (Ka, Fiesta, Fastback), abandonei a Ford.

    • Gustavo

      Opa, tudo bem? Só por curiosidade, qual você está pensando em pegar no lugar do Focus? Estou numa situação semelhante e to com MUITOS, mas MUITOS receios em outros da categoria.
      Forte abraço.

      • El Gato!

        Oi Gustavo!
        Cara, esse processo decisório não é dos mais fáceis, e passa por particularidades caso a caso. Ou seja, um atributo que pode ser relevante para mim, pode não ser para você. Mas enfim… eu investi um pouco mais e subi de categoria. Mas se eu fosse ficar nos sedans médios, possivelmente ficaria com um Civic EXL (custo x benefício) ou um Gli (compra emocional).

      • azardo

        Meu cunhado ia trocar por um outro Focus pois o dele apesar de pouco tempo de uso estava com alta quilometragem, ao saber que estava saindo de linha e que a Ford queria empurrar a Ecosport pra ele, conseguiu um desconto legal da Jeep, comprou por CNPJ e agora vai pegar uma Compass…

    • Pedro Henrique Trajano

      Amigão, me diz uma coisa: você aconselharia um Fastback manual de olhos fechados, para quem curte muito um câmbio manual?

      • El Gato!

        Depende!! Em termos mecânicos, sim! De olhos fechados! Mas pelo que me recordo, a opção MT só é disponibilizada na versão de entrada. Ou seja, duas coisas para você analisar: um provável casamento, e a perda de diversos itens das versões mais caras.
        Abraço!

        • Pedro Henrique Trajano

          Realmente. Lembrei que o com cambio manual em versões mais caras só existiu até a versão de 2015, antes da reestilização.
          Então, eu pegaria um pré reestilização manual.
          Valeu pela dica. Abraço.

      • Leonardo

        Se não me engano o fastback não saiu manual.

        • Ernesto

          Eu ia comentar isso.

        • Leonardo Lima

          Eu tenho um. Não foi comercializado ao público, mas foi produzido para venda a frotistas, locadoras principalmente. O meu é um SE Plus 1.6 2014, proveniente da frota da Ford.

    • EDU

      Que triste . Chega uma hora q realmente cansa. Como ja comentei aqui tenho um tio que tem um sedan 1.6 aut 2014 com mais de 130 mil km que nunca deu pau no cambio . Sorte. Ja a Edge que temos aqui uma limited 12 tem aquela historia de uma hora perder o freio por causa da quebra da membrana que fica dentro do hidrovácuo. A Ford faz a doida e nada de recall para isso.

    • CharlesAle

      Ainda o acho extremamente bonito em sua categoria… Só lamento o PS. Foi uma covardia o que fizeram com esse carro..Não merecia tal câmbio..

  • Piston head

    Que carro lindo. Alguém sabe onde foram feitas as fotos do modelo bege?

    • El Gato!

      Se bem me lembro, são fotos do lançamento do carro, durante a apresentação do modelo para jornalistas. O evento aconteceu na Serra Gaúcha (Gramado / Canela).

  • Luis Burro

    Bizarro ver o mercado brasileiro e o q ele se tornou: primeiro q ele nunca foi um médio msmo como o Mondeo e a faixa etária dele sempre foi esta de 35 ao redor…eu só queria saber o qnto de espaço ele perdeu pro antecessor e q era sua principal reclamação referente diretamente a ele (o powershift é só o câmbio em si e poderia ser mudado),pq ele realmente perdeu espaço ou reclamavam em relação aos concorrentes q ofereciam um pouco mais?

  • Pedro V.

    O caso do Focus é a síntese da burrice da Ford BR. Eita montadora lerda!

  • Pedro Henrique Trajano

    Falta de tradição da marca? Você tá louco Leonardo Andrade? Isso é uma ofensa das brabas!

    • Robinho

      pensei a mesma coisa, dizer que o carro era pouco vendido, que tem um cambio problemático, ok, mas falar falta de tradição, sei não…

      • Pedro Henrique Trajano

        Pois é, tremendo desrespeito.

    • azardo

      Falar de falta de tradição pra uma marca que está presente no BR desde o início do século passado? conta outra! Gostem ou não da Ford, uma coisa que não dá pra dizer é que ela não tem tradição.

      • Pedro Henrique Trajano

        Justamente!

  • RKK

    Carrão com o motor Duratec 2.0 Direct-Flex ! Pena não ter ganhado o câmbio automático AT6 com conversor de torque como o Ecosport e Ka.

    • Robinho

      meu amigo tem um com PS, tive o prazer de dirigir, é um carro fantástico, uma pena msm os problemas do cambio…

  • Fanjos

    O cambio podre matou qualquer chance desse carro, no primeiro ano quando a Ford viu que deu ruim deveriam ter feito como a VW e tirado o cambio de linha e colocado o cambio do Fusion no lugar, com certeza venderia muito mais do que vendeu, tanto do Hatch quanto do Sedan, eu mesmo seria um possível comprador na época, mas assim que soube da bomba quera o cambio, passei longe e fazia qualquer um que quisesse compra-lo passar longe tambem, e muita gente fez isso.

    • CharlesAle

      A Ford teria vendido muitos mais carros(Fiesta, ecosport, focus) se não fosse o bendito PS..Eu nunca vi um caso de um câmbio queimar tanto a imagem de uma linha de carros como foi o PS…

  • Daniel

    Tem carro q eu sempre quis ter e não pude. Carro que nunca quis ter. Carro que quero ter e não sei se terei. Porém, o único carro que sempre quis ter e nunca tive coragem é o o Focus Powershift.

  • Felipe S. Rangel

    carro que eu curto muito!

  • Janderson von Neumann

    Em casa temos um Titanium plus, além de Fusion Titanium 2015, um Fiesta Titanium também 2015 e um Vectra Elite 2010, de todos o carro que mais gosto é o Focus, simplesmente maravilhoso, é um carro pra quem gosta de carro, pra quem curte dirigir, esperto, econômico, confortável, estável, lindo, etc… Um carro ótimo para a cidade e estrada, podem falar o que quiser, mas esse eu não troco mesmo, nunca.

    • th!nk.t4nk

      Entre Focus e Astra (Vectra), definitivamente o Focus é muito mais gostoso de dirigir. Eu não chegaria ao ponto de dizer que é um carro fantástico como tantos estão dizendo aqui, mas é um dos mais prazeirosos de guiar nos segmento sim (entre os populares, só perde pro Golf, e fica próximo do Mazda 3 atual). Pena que a confiabilidade mecânica e eletrônica da Ford não colabore, como sempre. O maior inimigo da Ford são eles mesmos.

    • CharlesAle

      É um carro extremante equilibrado, com muitas qualidades. A se lamentar, só a fama do PS..

  • Janderson von Neumann

    Em tempo, carro é questão de sorte também, pois nunca tive problema algum com eles, o Focus e o Fiesta com o câmbio powershift se comportam exemplarmente, os únicos problemas que tive com o Focus foram dois, quando estava com 6 meses notei que os faróis embaçavam muito a ponto de ficar gotas de água em um dos lados, mal falei e trocaram os dois em garantia, e isso que são com Xenon, faróis caros, e esse ano a bateria original foi para o espaço, falaram que ia dar pau no sistema eletrônico, câmbio,etc…troquei em casa mesmo, isso que ele ficou um mês quase jogado na garagem, troquei liguei o carro e tudo normal, vida que segue.

  • RicardoVW

    O legal desse Focus é que ele assume ser um fastback e não finge ser um sedã como alguns por aí!
    Afinal, qual é a diferença entre cupê, fastback e hatch?
    Cupê é um fastback de 2 portas!? Tipo o Cerato Koup.
    Fastback é um sedã de vidro alongado e traseira curta!? Tipo esse Focus da matéria.
    Hatch a tampa de porta ergue junto com o vidro!? Tipo o Escort e o Audi A5.

    • th!nk.t4nk

      Cupê tem o caimento do teto contínuo até a traseira. Antigamente todo cupê era 2 portas, mas isso acabou há um tempinho. Note que tanto os cupês quanto os fastbacks normalmente têm hatches (ou seja, a tampa traseira abre junto com o vidro), mas o fastback não tem o caimento do teto tão acentuado e com isso a altura no banco traseiro não é tão prejudicada. Um fastback que não abre a tampa junto com o vidro traseiro (como o Focus) é um desperdício enorme, feito pra cortar custos.

      • RicardoVW

        Humm! E o Escort? Era um hatch fastback?

        • th!nk.t4nk

          Fastback com hatch (porta), sim. “Hatch” significa que o vidro traseiro abre junto com a tampa, só isso (por isso são considerados 5 portas). Há fastbacks com e sem hatch (como é o caso do Focus). Abrir o vidro junto faz uma diferença absurda pra colocar volumes grandes no porta-malas, mas gera um custo a mais. Acho lamentável que tenham cortado esse recurso nessa versão do Focus.

          • RicardoVW

            Se não me engano, os Passats antigos tinha versão que o porta-malas abria junto com o vidro e versão que não!

  • Mário Bortone

    Eu comprei um plus Hatch 1.6 manual. Recomendo.

  • Marcos Fischer

    O melhor sedan na sua categoria. Na minha opinião supera Corolla, Civic e Cruze.

    • Ernesto

      Para ser o melhor, o câmbio não deveria dar pau, né?

      • MarcosGojira

        pois é, e mesmo sem o câmbio ele continua sendo inferior a todos esses citados em acabamento e espaço interno.

        • Ernesto

          Acabamento eu não acho ruim, mas o espaço interno realmente é um demérito do Focus.

    • Jones Correa

      Prefiro ele a os outros médios. Reclamam do PS, mas as trocas são suaves e rápidas. Não tenho queixas. Tenho um 2018. Andei no Civic e no Corolla na época. Em questão de dirigibilidade o Focus dá um banho. Espaço interno não tem problema, pois somos em 3 aqui em casa. Família com 4, 5, 6 pessoas não condiz mais com a realidade.
      Achei também econômico na estrada, mesmo com motor 2.0. Injeção direta ajuda muito nisso e no desempenho, que aliás nenhum aperto em qualquer ultrapassagem.

  • Fabio Vieira

    Com a porcaria do câmbio PoweShift não tem carro que sobreviva.

  • Paulino Lino

    Acho esse carro extremamente bonito, em todos os ângulos!

  • Aragones

    Tive um GLX 2009 2.0 Duratec. Melhor carro que já tive em termos de dirigibilidade. Agora realmente o espaço interno para que viajava atrás era horrivel.

  • Rogério R P Jessy

    Focus sempre foi um excelente carro mundialmente falando mas não tem como negar, a ultima geração com o PS matou o carro, muitos falam que quem matou o carro foi o mercado mas não é verdade, o mercado matou os Hatch, tanto que Corolla e Civic estão aí até hoje, eu mesmo quase comprei um Focus Hatch 16/16, mas apos pesquisar muito não tive coragem, seria uma loteria, igualmente para o Golf DSG, todos que dirigem esses carros elogiam muito mas tem a possibilidade de dar problema e eu não quis arriscar, fiquei com o Golf Tiptronic, mesmo sem as trocas super rápidas do DSG o TIP não faz feio e com a vantagem de não dar dor de cabeça.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email