Condução autônoma Elétricos EUA Finanças Ford Mercado Montadoras/Fábricas SUVs

Ford anuncia US$ 7 bilhões para focar em elétricos e utilitários esportivos

ford-fusion-hybrid-2017-NA-9 Ford anuncia US$ 7 bilhões para focar em elétricos e utilitários esportivos

A Ford mudanças em sua estratégia de produtos em nível global. A ênfase agora são os carros elétricos e autônomos, bem como os utilitários esportivos. Para o primeiro caso, a empresa criou o Team Edison, uma equipe dedicada ao desenvolvimento de veículos movidos por energia, sendo estes 100% elétricos ou híbridos plug-in.



Além disso, a empresa tem como missão lançar 13 modelos elétricos até 2022, bem como híbridos plug-in diversos, incluindo uma versão da picape F-150 e do Mustang. Nos elétricos, fala-se em um crossover elétrico de porte compacto. Podemos aí vislumbrar uma alternativa plugada ao EcoSport talvez, visto que a GM prepara um equivalente elétrico do Buick Encore sobre a base do Chevrolet Bolt.

Nos EUA, a Ford está empenhada em lançar a Nova Ranger 2019, bem como o SUV Bronco até 2020. Além disso, a empresa fechou uma parceria com a Lyft para o compartilhamento de carros autônomos, bem como serviço de entrega de pistas com a Domino´s, utilizando carros sem motorista. Fora do país, a Ford fechou uma parceria com a Zotye para carros elétricos de baixo custo e negocia com a Mahindra a produção também na Índia.

De seu orçamento, a Ford anunciou que US$ 7 bilhões serão focados essencialmente no desenvolvimento de carros elétricos, autônomos e compartilhados, assim como em utilitários esportivos. Além disso, a montadora americana anunciou um plano estratégico de redução de custos de US$ 14 bilhões até 2022, sendo um corte de 50% nos gastos atuais. A engenharia de produto terá corte de US$ 4 bilhões, enquanto os gastos com materiais serão enxugados em US$ 10 bilhões.

A Ford revelou que atualmente a margem de lucro de 6% em suas operações como um todo não são suficientes para a montadora se sustentar. Assim, o plano visa ampliar os ganhos para 8%. Outro ponto abordado pela empresa no sentido de cortar gastos é a simplificação da gama de produtos. No Brasil, por exemplo, o Fusion tem cinco versões básicas com suas configurações sem opcionais, mas imagine que globalmente, o modelo tem nada menos que 35 mil configurações possíveis! Isso inclui também pintura, revestimentos e outros acessórios.

E é isso o que a Ford quer acabar, com tanta opção. Assim, a missão é que ele tenha apenas 96 opções. Os modelos Ford Escape e Explorer apresentam 2.302 e 1.168 configurações, respectivamente. A Ford quer 228 no primeiro e 672 no segundo, mas apenas 26 no Ford Focus, que hoje tem 360 possibilidades de configuração. Na mesma proporção que caem as configurações possíveis, a Ford amplia a conectividade em seus carros, que irá atender 90% da gama até 2020. De modo geral, a empresa só está respondendo ao mercado, onde as vendas de carros tradicionais está em queda, com SUV e elétrico/autônomo/compartilhado em expansão.

  • João Cagnoni

    Pra quem acha pouco o lucro de 6%, a receita da Ford foi de 119 bilhões de reais em 2016 e o lucro 5,2 bilhões.

    • th!nk.t4nk

      Pois é, a margem atual das montadoras é pequena, por isso compensam com alto volume. E como a tendência é que essa margem diminua mais ainda, só sobreviverão as mega-montadoras, com altíssimos volumes.

  • kabul

    Pessoal do Noticias Automotivas, pow… bem que vocês poderiam trabalhar mais com o instagram, a única coisa que vocês fazem lá é compartilhar suas notícias de modo automático, so sai a imagem de capa, o título e umas hashtags…

    Tenta voltar o conteúdo de vocês pro insta um pouco, ficaria legal acompanhar por lá também :)

  • zekinha71

    Legal a Ford fazer serviço de entrega de pistas.

  • 1945_DE

    Talvez agora saia o novo Ecosport.

  • Luis Burro

    Enxugar a linha,entao vai passar a oferecer mais equipamentos de serie?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend