Ford Governamental/Legal Montadoras/Fábricas

Ford: Bahia já procura marcas chinesas interessadas na fábrica

Ford: Bahia já procura marcas chinesas interessadas na fábrica

O governo da Bahia já está em busca de compradores para a fábrica da Ford em Camaçari, que foi fechada imediatamente pela montadora americana, assim como Taubaté, no Vale do Paraíba. A planta da Troller no Ceará fecha no quarto trimestre.


De volta à Bahia, o governador Rui Costa (PT) vai buscar montadoras chinesas interessadas em adquirir a fábrica da Ford para manter a produção de veículos no estado e garantir que a mão de obra especializada não se perca.

Rui Costa já entrou em contato com a Embaixada da China no Brasil, objetivando o interesse de fabricantes daquele país. Além disso, o governador vai criar um grupo de trabalho com a Federação das Indústrias da Bahia, de modo a buscar alternativas para a planta da Ford.

Já o Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, estima que o impacto com o fechamento da fábrica será de 10 mil empregos na região, incluindo naturalmente fornecedores e sistemistas.

Com repercussão internacional, o fechamento das fábricas da Ford no Brasil também teve reflexos nas mais diversas áreas da economia nacional.

Na busca de internet, a marca adicionou um anúncio informando que a empresa não está saindo do país, conforme o link a seguir, onde há um FAQ sobre o assunto.

Em relação à Bahia, a fábrica de Camaçari produz “250 mil veículos por ano, 912 veículos por dia ou 1 veículo a cada 80 segundos”, de acordo com a Ford. Isso sem contar a planta de motores que fica localizada no complexo industrial.

Bastante automatizada, essa linha de produção de motores será vital para um aumento de nacionalização de produtos do futuro proprietário.

Marcas como Changan, BYD e Geely estão em expansão para fora da China e essa fábrica da Ford, diferente de Taboão, parece bem mais atrativa para uma operação brasileira.

Além disso, os incentivos fiscais regionais foram estendidos até 2025, o que torna a planta mais interessante para quem está chegando. Das marcas citadas, apenas a BYD tem fábrica no Brasil, em Campinas, onde faz chassis de ônibus elétricos.

[Fonte: CNN Brasil]

 

 

 

Avatar

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

                                                  Quem somos

                                                  O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

                                                  Notícias por email