Elétricos Ford Mercado SUVs

Ford confirma vinda de Mustang Mach-E na CES 2020

Ford confirma vinda de Mustang Mach-E na CES 2020

O que acontece em Vegas, fica em Vegas? No caso da CES 2020 e, mais precisamente do mercado automotivo, não exatamente. Sem o Salão de Detroit para aquecer o frio dos states, a feira de produtos eletrônicos tornou-se um mini salão automotivo, mas que tem sua importância, ainda mais nos tempos de eletrificação e condução autônoma.


No primeiro caso, o interesse é brasileiro, já que a Ford confirmou que pretende vender carros elétricos no mercado nacional, mas não disse abertamente que o Mustang Mach-E será a bola da vez, porém, o jornalista Jorge Morais – para o site UOL – apurou que realmente o SUV eletrificado chegará ao Brasil.

Ford confirma vinda de Mustang Mach-E na CES 2020

Oficialmente, de acordo com o jornal Estadão, a Ford quer mesmo vender um elétrico por aqui, o que deve ocorrer por volta de 2022. Porém, as chances do Mach-E são maiores por um motivo muito importante, sua produção é feita em Cuautitlán Izcalli, no México.

Dessa forma, fica mais próximo do Brasil, embora não precise ser realmente feito lá para não pagar o imposto de importação, eliminado para carros elétricos desde 2015. De qualquer forma, o Mustang Mach-E feito no México tem um custo menor do que se fosse fabricado nos EUA, o que ajuda no preço por aqui.

Ford confirma vinda de Mustang Mach-E na CES 2020

Feito sobre uma plataforma elétrica dedicada, o Mach-E usa o nome do Mustang como forma de criar uma nova linha de performance para o futuro. O crossover está sendo vendido nos EUA nas versões Select (US$ 43.895), Califórnia Route 1 (US$ 52.400), Premium (US$ 50.600), First Edition (US$ 59.900) e GT (US$ 60.500).

Esta última já está esgotada, de acordo com a Ford. O Mustang Mach-E tem potências de 259, 285, 338 e – especula-se – 465 cavalos na GT, que pode ir de 0 a 100 km/h entre 3 e 4 segundos.

Ford confirma vinda de Mustang Mach-E na CES 2020

Além do Mach-E, a Ford prepara um segundo SUV elétrico, que terá plataforma MEB da VW e terá layout inspirado também no Mustang, mas deverá ser menor e mais barato que o elétrico mexicano. O local de produção, a princípio, será na Alemanha.No Salão do Automóvel 2020, a data exata da chegada deve ser anunciada.

[Fonte: Estadão/Jorge Moraes-UOL]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Fanjos

    Por muito menos já teve Herege queimando na fogueira no passado!

  • Gustavo

    Cara, eu gostei. Só achei que está faltando alguma coisa na traseira. A “TV” no painel também achei um pouco exagerada.

  • Marcelo Monteiro

    Que carro mais lindo vai vender muito aqui no Brasil, mas infelizmente não é perfeito, né gente, pois é… temos que alertar a montadora que este TABLET no meio do painel ficou ridículo !! Estragou toda beleza interior do carro, poderia ser algo mais moderno como a Land Rover, que até Áudio já copiou. Então ta na hora de alguém avisar o pessoal da Ford Mustang ai, tomara que até chegar ao Brasil eles já tenham mudado este painel horroroso, outro penalty que vi foi no porta malas quando sobe a porta, a tampa protetora sobe junto, não era mais eficaz recolher assim como a do Q8 faz ?? Mas… tirando estes dois erros grosseiros o carro esta espetacular. Esta de parabéns a Ford, se corrigir esses unicos 2 erros nao tenho duvidas que vai ser o mais vendido da categoria aqui no Brasil

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email