_Destaque Europa Ford Segredos-Flagras

Ford cria nova camuflagem para esconder veículos de testes (vídeo)

ford-camuflagem-3d-brick-1

Os veículos de testes, geralmente protótipos, completos ou mulas – carrocerias de modelos correntes sobre plataforma nova – são disfarçados para que espiões e curiosos não descubram as novidades que estão sendo guardadas a sete chaves pelo fabricante.

Geralmente utiliza-se fitas ou películas para disfarçar os veículos, além de placas plásticas ou feitas de materiais leves. Mesmo assim, a maioria dos projetos é revelada total ou parcialmente por conta de detalhes que não podem ser ocultados.

A Ford, pensando em esconder ainda mais seus futuros modelos, criou um novo padrão de camuflagem, chamada “3D Brick”. Esse disfarce cria uma ilusão de ótica para confundir os curiosos e impede que curiosos com câmeras digitais ou espiões da indústria consigam focar com perfeição os detalhes do veículo.

ford-camuflagem-3d-brick-2

Pesquisa na internet

Inspirada na natureza e em ilusões de ótica populares na internet, a nova camuflagem cria um padrão caótico com milhares de pequenos cilindros pretos, cinzas e brancos combinados de forma aparentemente aleatória. Isso dificulta a definição das linhas externas do carro, seja olhando diretamente ou através das milhões de fotos e selfies publicadas na internet.

A Ford quer evitar que pessoas comuns ou aquelas ligadas aos fabricantes rivais possam definir as linhas do produto, de acordo com Lars Muehlbauer, gerente de Camuflagem da Ford Europa. O trabalho de sua equipe é esconder o que os designers criaram para os novos carros.

Feita em vinil adesivo superleve, o 3D Brick demora dois meses para ser elaborado para um determinado produto. A Ford explica que o desenvolvimento de um novo carro é um processo rigoroso e que parte dele inclui testes de rodagem em ruas e estradas comuns, simulando as condições do dia a dia dos clientes.

ford-camuflagem-3d-brick-4

Antes de chegar às ruas, o 3D Brick é testado dentro do campo de provas da Ford e, se aprovado, é aplicado aos carros de teste. O criador do padrão anunciado pela marca americana é Marco Porceddu, engenheiro de protótipos de Desenvolvimento de Produto da Ford Europa.

Ele explica que pesquisou ilusões de ótica na internet e criou um padrão que pode ser copiado e sobreposto várias vezes, criando assim não só uma ilusão de ótica, mas também um efeito 3D.

A camuflagem não impede que o carro seja visto e chama a atenção em praticamente todos os lugares. Mas consegue desestruturar as formas, a superfície e a cor do veículo, retardando a capacidade do cérebro de reconhecer suas características chaves pelo olhar.

ford-camuflagem-3d-brick-5

Martin Stevens, professor da Universidade de Exeter, Inglaterra, diz que “essa ilusão de ótica brinca com a habilidade de medir a profundidade e as sombras, dificultando a visão das formas e características do carro – um truque usado na natureza para escapar ou esconder algo”.

Agora é esperar para ver os resultados. Mesmo o novo material 3D Brick não deve desestimular os curiosos e também os espiões profissionais, seja da indústria ou aqueles que trabalham para a imprensa automotiva.

Enquanto a Ford tenta esconder seus segredos, outras marcas se utilizam da camuflagem para benefício próprio, “expondo” seus veículos de forma a conseguir a atenção dos curiosos e espiões. Geralmente nessa fase, a engenharia d projeto já está definida e o marketing começa a assumir o controle.

https://www.youtube.com/watch?v=Dm-LjCsGX7g







Send this to friend