Etc Ford Montadoras/Fábricas

Ford descontinua a produção de veículos com motor “SuperCharger”

Acabou mesmo. Este mês. O motor Super Charger equipava o Fiesta e a EcoSport, tinha 95 cv e tinha um compressor mecânico. Ele foi lançado em 2002, época que era interessante por causa do IPI. Agora, com várias mudanças nos impostos, os carros com motores um pouco maiores estão interessantes, fazendo com que o Super Charger tenha de sair de cena.

Um problema crônico que os donos reclamavam era o ruído muito alto e o consumo elevado. Um amigo meu mesmo costumava dizer que o Fiesta dele fazia 8, 9 na cidade. Graças a estes problemas, o motor nunca empolgou de verdade os consumidores.

Segundo informações da assessoria de imprensa da montadora, as peças de reposição para o propulsor Supercharger continuarão disponíveis em sua rede. Agora, o Fiesta fica disponível em duas opções de motorização, 1.0 e 1.6 Flex. O mesmo acontece com o EcoSport, cujos propulsores são o 1.6 Flex e o 2.0. A montadora não confirma, mas deverá lançar seu 1.0 bicombustível no segundo semestre. Segundo semestre? Agora não precisa mais, todos que tem carro “flex” estão desanimando mesmo. Bom, este ocupará o lugar deixado pelo Supercharger.

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend