EUA Europa FCA Ford

Ford e Maserati: visões bem distintas mantêm motores potentes em dia

Ford e Maserati: visões bem distintas mantêm motores potentes em dia

Eles quase coincidiram na data, mas ambos chegaram nos primeiros dias de julho. De onde lado, um gigante que você pode comprar e fazer com ele o que quiser. Do outro, uma usina de energia com recursos de fazer inveja, retirados da Fórmula 1.


Em visões bem distintas, Ford e Maserati colocaram em pauta suas pretensões com motores a combustão, que vêm sendo amplamente ameaçados pelo crescimento dos carros elétricos e determinação de algumas nações em bani-los nas próximas décadas.

Godzilla

Ford e Maserati: visões bem distintas mantêm motores potentes em dia

No caso da Ford, o propulsor não é exatamente algo novo, mas é recente. Gigante, o enorme V8 7.3 apelidado de ‘Godzilla’, mostra que o mercado americano está longe de extinguir seus dinossáuricos propulsores a gasolina de tamanho descomunal.

VEJA TAMBÉM:

Equipamento da Ford F-250 Super Duty e F-350 Super Duty, o Godzilla certamente era cobiçado por clientes comuns, ávidos em botar as mãos sobre esse monstro, adaptando-o para outros carros, especialmente os clássicos dos anos 50 ou 60… Assim, a Ford Performance Parts converteu o V8 7.3 em um “crate”.

Ford e Maserati: visões bem distintas mantêm motores potentes em dia

Com 436 cavalos e 65,4 kgfm, o Godzilla não impressiona tanto em números, mas realmente o faz em sua concepção. Este Big Block de fábrica pode ser comprado por US$ 8.150 e vem com o necessário para ser instalado em outros veículos, incluindo componentes eletrônicos, escape, adaptador de transmissão e tudo mais.

Plug and play, o V8 Godzilla tem bloco de ferro, comandos com balancins e injeção eletrônica, sendo feito para durar. Para quem busca mais potência, haverá um supercharger de 3.0 litros para alcançar 600 litros e um kit de preparação para chegar aos 700 cavalos.

Nettuno

Ford e Maserati: visões bem distintas mantêm motores potentes em dia

Cruzando o Atlântico Norte, na península itálica, o Nettuno usou seu tridente novamente e disso saiu um poderoso V6 3.0 para mover um novo bólido italiano, o Maserati MC20, que pretende reafirmar a posição da marca de luxo.

O V6 Nettuno tem 90 graus com duas velas por cilindro (Twin Spark) e construção em alumínio, tem pré-câmara de combustão e é a primeira vez que isso é usado em um motor de produção seriada, segundo consta.

Em regimes de trabalho mais suaves, essa pré-câmara usa uma das velas para manter a combustão em nível inferior, ampliando-a por um duto com a segunda vela, obtendo assim um rendimento elevado como um todo.

Tendo dupla injeção (direta e indireta), o V6 3.0 Nettuno possui dois turbocompressores de rotor duplo e entrega 629 cavalos a 7.500 rpm e 74,2 kgfm entre 3.000 e 5.500 rpm.

Ford e Maserati: visões bem distintas mantêm motores potentes em dia

Com giro máximo de 8.000 rpm, ele despejará sua força no esperado superesportivo da Maserati, que diz que seu novo motor é um desenvolvimento independente da Ferrari. No entanto, nem todo mundo está convencido disso.

Nascido com polêmica, o V6 Nettuno seria na verdade um desenvolvimento sobre os motores Ferrari F154 V-8 e Alfa Romeo 690T, de acordo com o site Road & Track, que teria observado semelhanças construtivas entre os três.

Segundo a publicação, todos os detalhes levam a crer que a Maserati utilizou o bloco dos F154 e 690T para fazer o Nettuno, não criando um propulsor do zero, “protegido por patentes internacionais”, como leva a crer. De qualquer forma, não deixa de ser um belo engenho tecnológico com ‘DNA’ respeitável.

 

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Vinícius

    Dane se o motor ser inspirado em outro da Ferrari, o que importa é a potência e o torque colossais

    • Rbs

      . . . Sem falar no berro dessas crianças!!

  • Nairon

    Dois belos motores e ótimas notícias para quem gosta de carro.
    Com certeza o da Ford é mais importante, pois é um motor que podemos comprar. Não se enganem com a potência baixa, pois o motor gera esses 436cv sendo “estrangulado”, por coletores de escapamento ruins, corpo de borboleta pequeno, comando manso, programação da ECU para economia, etc… Com certeza um motor que se consegue extrair 550 – 600cv facilmente, só com algumas peças de aftermarket.

    • Matheus Ulisses P.

      Um motor que podemos comprar e, principalmente, confiar!

      • mjprio

        Basta ver como os restauradores de antigos, dos programas da Discovery Turbo, compram esses motores com extrema facilidade, na caixa, novinhos

    • mjprio

      Isso é verdade. Nos programas da Discovery Turbo eu vejo os caras comprando LS3 da GM, Coyote da Ford e Mopar da Dodge feito pão na padaria

  • Thiago

    A Maserati sempre foi famosa por usar projetos de motores antigos da Ferrari aliada a carros com defeitos graves de projeto.

    • mjprio

      Que ela usava a xepa da Ferrari eu sabia, mas esse lance de ter falhas graves eu nunca tinha ouvido

      • Thiago

        Câmbio que dá problema e caixa de direção nos modelos mais antigos, fora a manutenção cabulosa.
        Se bem que já tem quattroporte por 100 pila, mais barato que corolla.
        Agora o ronco é fenomenal, um dos mais bonitos que já escutei.

        • Edson Fernandes

          Sem duvida é uma das mais bonitas sinfonias de todos os tempos.

        • Nairon

          Realmente é fenomenal… Já vi algumas acelerando a fundo. É um urro muito lindo, alto, de dar arrepios.

    • Paulo Lustosa

      Os motores são os mesmos das Ferrari da época, mas com virabrequim cruzado e comando de válvulas específico pro motor ser mais suave em todas as faixas de giro. Sobre a falha em câmbio, só com o Cambiocorsa, que era o mesmo F1 das Ferrari, com os ZF 6HP e 8HP nunca ouvi falar de falha de câmbio.

  • Cromo

    Quero ver fotos dessa câmara de combustão do Maserati e de seu turbo de rotor duplo.

    • Wesley

      Joga no Youtube Maserati Nettuno que tem vídeo da apresentação do motor mostrando todos os detalhes

  • Dead Lock

    Revisor, mudar de 600 litros para 600 Cv ou HP no seguinte trecho: “…haverá um supercharger de 3.0 litros para alcançar 600 litros”

  • Marco

    No texto está escrito sobre o motor Ford: “Para quem busca mais potência, haverá um supercharger de 3.0 litros para alcançar 600 litros e um kit de preparação para chegar aos 700 cavalos.”
    Minha dúvida: é o mesmo motor? O aspirado tem 7,3 litros, aí o redator coloca que haverá um de 3.0 litros, turbinado. Ou o compressor é medido em litros, e seria um superchager de 3,0 litros acoplado no motor 7,3?
    Para mim, referem-se a motores diferentes? Ou houve erro de revisão, assim como na parte que fala sobre alcançar 600 litros?

    • Paulo Lustosa

      Medida de supercharger é em litros.

  • dallebu

    3.0 de 630 CV, 73 kg de torque e 8.000 rpm… Gostei kkkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email