*Destaque Argentina Crossovers Ford

Ford EcoSport 2018 chega à Argentina com opção de motor diesel e tração 4WD

novo-ford-ecosport-2018-impressões-NA-95 Ford EcoSport 2018 chega à Argentina com opção de motor diesel e tração 4WD

Apresentado no Salão de Buenos Aires, em junho deste ano, e lançado no mercado brasileiro no final de junho, o novo Ford EcoSport 2018 acaba de fazer a sua estreia na Argentina. A linha do crossover compacto, que passou por mudanças no visual, acabamento interno, equipamentos e conjunto mecânico, com quatro versões de acabamento, três motorizações, dois câmbios e dois sistemas de tração.



O Ford EcoSport 2018 na Argentina conta com o novo 1.5 litro Dragon de três cilindros a gasolina, com 125 cavalos de potência, associado a um câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades. Há também o 2.0 litros de quatro cilindros a gasolina com injeção direta de combustível, que rende 172 cv, com transmissão automática e tração 4WD nas quatro rodas. O destaque, porém, fica por conta do 1.5 Duratorq de quatro cilindros a diesel, de 102 cv, com transmissão manual.

novo-ford-ecosport-2018-impressões-NA-106 Ford EcoSport 2018 chega à Argentina com opção de motor diesel e tração 4WD

Entres os equipamentos, todas as versões do carro saem de fábrica com controle de estabilidade, controle de tração e assistente de partida em rampas. No entanto, somente os modelos FreeStyle e Titanium oferecem sete airbags (disponíveis em todas as configurações do novo EcoSport no Brasil). A variante Titanium dispõe ainda de faróis bi xênon, rodas de liga-leve de 17 polegadas, interior em dois tons e teto solar elétrico.

Confira abaixo os preços do Ford EcoSport 2018 na Argentina:

EcoSport S 1.5: 370 mil pesos
EcoSport SE 1.5: 389 mil pesos
EcoSport SE 1.5 AT: 408 mil pesos
EcoSport SE 1.5 Diesel: 416 mil pesos
EcoSport SE 2.0 AT: 428 mil pesos
EcoSport FreeStyle 1.5: 420 mil pesos
EcoSport Titanium 1.5: 453 mil pesos
EcoSport Titanium 1.5: 482 mil pesos
EcoSport FreeStyle 2.0 AWD: 498 mil pesos
EcoSport Titanium 2.0 AT: 510 mil pesos

No mercado brasileiro, o Ford EcoSport 2018 está disponível nas versões de acabamento SE, FreeStyle e Titanium. As duas primeiras usam o motor 1.5 litro flex de três cilindros, que rende até 137 cavalos de potência e 16,2 kgfm de torque, com câmbio manual ou automático de seis velocidades, enquanto a última é dotada do 2.0 litros fles de quatro cilindros (com injeção direta de combustível) de até 176 cv e 22,5 kgfm, somente com transmissão automática. Os preços variam de R$ 73.990 a R$ 93.990.

  • Augusto Brum

    Agora me bateu uma certa invejinha dos hermanos… Achei essa configuração perfeita

    • leandro

      Meu coração balançou aqui tb, se chegar um AT diesel 4×4 acho q vai entrar na minha garagem…
      Essa semana olhei o renegade diesel, mas o mais barato passou a ser o custom que não tem opcional de 7 AirBags, subindo para o longitude o preço dispara

      • Augusto Brum

        Não sei qual é o obstáculo que a Ford Brasil tem pra vender a Eco Diesel por aqui mas seria um concorrente muito interessante para o Renegade, eu acho que seria uma melhor compra por causa do custo x benefício. Se eu tivesse dinheiro e estabilidade, certamente compraria uma EcoSport Diesel AWD!!

        • leandro

          Acho q o obstáculo é técnico.. colocar uma caixa “reduzida” para atender a legislação brasileira numa plataforma do New Fiesta…
          O Renegade por outro lado foi concebido já em sua plataforma pensado na versão diesel com câmbio AT9, mas se os números mostrarem que a versão diesel do Renegade está indo bem com certeza a concorrência corre atrás

          • Matheus Conrado

            um controle de tração bem elaborado também funciona.. foi assim que a MB conseguiu uma brecha pra homologar as ML diesel…

            • leandro

              Mas se tratando da Ford não podemos esperar… Não conseguiram nem colocar uma central multimídia no New Fiesta Hatch, muito menos Ecosport 4×4 AT, quem dirá um 4×4 AT diesel

              • Paulo Lustosa

                Se tratando de Ford BR

  • Catucadao

    aqui é tração diantera se não me engano

  • Cleidson

    Por que não convertem os preços pra reais. Quanto vale um peso? Não sei se está caro ou barato.

    • Fanjos

      EcoSport S 1.5: 370 mil pesos HuE$ 67.597.05
      EcoSport SE 1.5: 389 mil pesos HuE$ 71.068.25
      EcoSport SE 1.5 AT: 408 mil pesos HuE$ 74.539.45
      EcoSport SE 1.5 Diesel: 416 mil pesos HuE$ 76.001.01
      EcoSport SE 2.0 AT: 428 mil pesos HuE$ 78.193.35
      EcoSport FreeStyle 1.5: 420 mil pesos HuE$ 76.731.79
      EcoSport Titanium 1.5: 453 mil pesos HuE$ 82.760.72
      EcoSport Titanium 1.5: 482 mil pesos HuE$ 88.058.86
      EcoSport FreeStyle 2.0 AWD: 498 mil pesos HuE$ 90.981.98
      EcoSport Titanium 2.0 AT: 510 mil pesos HuE$ 93.174.32

      • Rafael Santos

        Acrescenta tb que o salário mínimo na Argentina são 2 mil reais.

  • dallebu

    Ontem fiz test drive na Freestyle 1.5 AT, um generoso test drive diga-se de passagem, quase meia hora, com direito a cidade e estrada.
    O acabamento interno melhorou bastante apesar de algumas rebarbas no no forro da porta, e até nos lugares mais escondidos, como entre os bancos e o console central, colocaram um revestimento pra esconder os trilhos e estrutura dos bancos.
    A batida das portas melhorou também, pois os trincos são novos e adicionaram neles um batente em borracha macia (tinha uma Eco antiga pra comprarar). Ao motor e câmbio dou nota 7/10, ao sair da inércia e em baixa velocidade o carro tem agilidade, mas quando tá embalado e você aperta mais o acelerador, tome-le redução, e mesmo assim o desempenho é só honesto e o barulho (bonito) invade um pouco a cabine. Com o câmbio no modo Sport as marchas são seguradas por mais tempo e as reduções ocorrem com bem menos pressão no acelerador. Passando por ruas esburacadas o carro é bem silencioso e confortável, sem barulhinho algum.
    Andando de boas o silêncio também é muiot bom.
    No caminho de volta, com um trecho de estrada a 100/110 e outro de cidade com trânsito leve, zerei o computador de bordo e dirigi normalmente, como se fosse no dia-dia, e ao chegar á concessionária estava marcando exatamente 13 km/l. Gostei, mas compraria com câmbio manual.

    • alexandre

      Pois é, meu amigo, tenho um NFiesta 1.6 mt q é muito prazeroso de dirigir. Fiz um td na nova Eco, 1.5 mt e o carro me surpreendeu positivamente. Motor estilo moto, sobe de giro rápido. É hj minha opção de troca no NFiesta.

  • Douglas

    A Ford deveria vender aqui a versão diesel, era só colocar tração 4×4 que a legislação permite, como no Renegade.

    • vicegag

      Com reduzida.

      • JCosta

        Pode ter a primeira marcha reduzidíssima, que já configura redução. Basta reescalonar. Não precisa de um equipamento adicional.

        O problema é falta de vergonha mesmo. No Brasil, o consumidor aceita pagar muito e levar pouco.

  • pgoytaca

    Não que eu pretenda fazer isso, mas qual o custo é burocracia de importar um carro do mercosul? Digo isso como pessoa física. Já pensou uma eco a diesel aqui no br? Ou então aqueles corro Japas usados que vendem no Paraguai. ..

    • Felippe2010

      Só pode importar se for 0 Km, usado sem chance

  • Luciano Assunção

    Aqui no Brasil bem que poderiam lançar a versão diesel também, vide o Renegade.

  • cefaf

    Por que não uma versão Titanium 4×4?

  • Gabriel Brito

    É 4WD ou AWD? Na chamada diz uma coisa, nos preços diz outra. São coisas diferentes

  • Marcus Mendes

    Os motores 1.5 à Gasolina ou a Diesel ficariam muito bons no Fiesta ou no Ka.

  • Iran Borges

    O focus podia ter um interior dual color assim… dá muito mais requinte e é agradável.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend