Europa Ford Mercado Montadoras/Fábricas SUVs

Ford EcoSport 2018 começa a ser produzido na Romênia para atender Europa

EcoSport-Romênia-4 Ford EcoSport 2018 começa a ser produzido na Romênia para atender Europa

O Ford EcoSport 2018 começou a ser produzido em Craiova, Romênia. O SUV compacto da marca americana agora oficialmente se fixa pela primeira vez no continente após anos de importação da Índia, passando a ganhar mais uma linha de montagem, expandindo assim seus horizontes em nível global.



Feito inicialmente em Camaçari-BA, o Ford EcoSport 2018 agora é feito também na Índia, Tailândia, Rússia e China. A nova posição fabril na Romênia, onde era feita a minivan B-MAX, coloca o utilitário esportivo de projeto brasileiro ao alcance dos mercados do ocidente europeu, bem como do oriente, atendendo 56 mercados do Reino Unido até o Turcomenistão, apesar deste último estar próximo da produção russa. Até a África do Sul será alcançada pela produção romena, substituindo a importação indiana.

EcoSport-Romênia-2 Ford EcoSport 2018 começa a ser produzido na Romênia para atender Europa

Craiova também produz o motor EcoBoost 1.0, bastante premiado na Europa e que aqui equipa somente o New Fiesta. A planta recebeu um bilhão de euros em investimentos a partir de 2008 e agora terá sua capacidade concentrada para ampliação das vendas do Ford EcoSport 2018 em toda a Europa.

Para a Ford, a produção do modelo é estratégica no cenário europeu, pois as vendas de SUVs na região cresceram mais de 30% em 2016 De janeiro a setembro, os emplacamentos desse segmento subiram 27% nos 20 maiores mercados do bloco. Com 4 mil empregados, a planta romena coloca o EcoSport 2018 na disputa por um lugar ao sol na região.

Já com facelift, o Ford EcoSport 2018 recebeu algumas modificações para atuar no velho continente, entre elas a versão ST-Line, com um visual mais agressivo, rodas de liga leve aro 18 polegadas, personalização de diversos itens, entre outros. O SUV compacto tem ainda seis airbags, multimídia SYNC 3 com Android Auto e Car Play, sistema de som premium, acabamento em couro, bem como piloto automático, câmera de ré, sensor de ponto cego, 12 cores externas e opção biton, entre outros.

EcoSport-Romênia-3 Ford EcoSport 2018 começa a ser produzido na Romênia para atender Europa

Na mecânica, o destaque é mesmo o motor 1.0 EcoBoost com 100 cv, 125 cv ou 140 cv. Além disso, o EcoSport 2018 ganhou um novo motor diesel da Ford, o 1.5 EcoBlue com 125 cv. Há outra opção diesel 1.5 TDCi com 100 cv. Em alguns casos há opção de câmbio automático de seis marchas e de tração nas quatro rodas. Por lá, o modelo não porta estepe na tampa traseira, podendo ser escolhido um kit de reparos ou mesmo o suporte exterior com estepe.

O Ford EcoSport 2018 ainda não completou seu ciclo de expansão e em breve chegará ao mercado americano, importado da Índia, ampliando assim o lineup doméstico do fabricante de Dearborn. No entanto, por ora, a marca não propõe um produto intermediário entre o SUV brasileiro e o americano Escape, que tem 4,52 m. A próxima geração do pequeno provavelmente terá um aumento importante no entre-eixos e no bagageiro.

  • Alfredo Araujo

    Esse Eco ficou bonito… não me entendam mal… Mas ao olhar por um na rua… eu tive q olhar 3 vezes para saber q é um “novo” Ecosport.
    Para um carro q já está a vários anos no mercado… isso não é legal.

    • leandro

      Mas o novo conjunto mecânico deu um pequeno fôlego pra ele. Querendo ou não a versão freestyle é um ótimo custo x benefício, consegue-se fartos descontos nessa versão chegando na casa dos 12% e oferece um carro bastante sincero (e apertado).
      Hoje entre os SUVs compactos ele seria minha primeira escolha.
      Em breve vai sair a opção titanium 1.5 e também a freestyle 2.0 4×4 AT. Vai ampliar ainda mais o leque de cobertura

    • yurieu

      É que para nós, que vivemos no país mais atrasado da face da Terra, a Ford desepeja esse Ecosport há décadas e não entrega nada novo no mercado. Nos EUA, Europa, com um volume maior de modelos e de vendas, você nota melhor a mudança por se tratar de um mini carro.

  • Rodrigo

    Projeto brasileiro para o mundo!
    Excelente!

    • vicegag

      O projeto é brasileiro, mas parece que a Ford Índia é quem lucra mais, antes era para a Europa, agora para os EUA, a Ford Brasil não poderia exportar com mais vantagens para a terra do Tio Sam? Êta paiseco verde amarelo.
      E olha, acho que os gringos vão receber a Eco antes que nós recebamos o Mustang, dois Fords com anos de promessas.

      • Rodrigo

        Paiseco mesmo, onde o cidadão mesmo diante do êxito insiste em procurar algo pra por defeito ou reclamar.

        • vicegag

          Não adianta ter os louros da criação, se quem lucra com isto é outro, vivemos num munto capitalista e globalizado, não deu o lucro esperado, fecho e vou produzir noutro lugar ( vide a Chery que está vendendo sua participação ), águas passadas, não movem moinhos, é a triste realidade.

          • Rodrigo

            Quer dizer então que o EcoSport feito aqui não dá lucro… só lá na Índia.
            A planta de Camaçari trabalha um full capacity. Esquece que ela atende ao mercado da América Latina? Não é só mercado interno!

            • vicegag

              Eu não disse que não dá lucro ( que também pode ser interpretado como vantagem). Entendo que deveria sim o Brasil se incumbir de suprir os EUA, e não a Índia, pois parece que só podemos produzir para terceiro mundo, mas como a Índia deve perder a exportação para a Europa a Ford achou por bem deixar os EUA por conta dos indianos.

              • FocusMan

                Existe motivos para não ser feito no Brasil. Não é o motivo que você está falando e a culpa é do governo, não da Ford.

      • FocusMan

        Acho que você deveria estudar mais para entender os motivos antes de sair criticando. A internet está cheia de gente sem noção, arrotando besteiras, gritando coisas sem sentido como se expressar revolta sem fundo de verdade, ainda mais na internet, fosse mudar algo no país.

    • th!nk.t4nk

      O projeto não é brasileiro. Nem o novo, nem o antigo. São baseados no antigo Fusion (o MPV europeu, nao confundir com o sedã americano), um carro que já existia anteriormente. No Brasil houve simplesmente um desenvolvimento em cima do trabalho já feito pela Ford européia.

      • Tibúrcio

        Claro.
        Estou há mais de 15 anos na área de desenvolvimento do Produto da Ford Camaçari jogando baralho.
        Aliás, a diretoria global da Ford mente ao afirmar que o projeto foi desenvolvido aqui.
        Já explicaram isso a você iuma vez, mas parece não ter prestado atenção.
        Qual é a dificuldade em aceitar isso?
        https://www.noticiasautomotivas.com.br/ford-ecosport-tira-de-cena-minivan-b-max-para-ser-fabricado-na-europa/

        • carroair30

          O problema nao é quem fez o projeto,o maior problema do ECO é que a concorrencia chegou chegando balançando a zorra toda,com tantas opçoes e todas com muito mais espaço que a ECO,sempre vai ficar a segundo plano pois o preço se equivalem aos seus concorrentes,e tem mais,a ECO pesa a IDADE e os prpblemas mecanicos causado pelo famigerado cambio utilizado

          • Josê Fagundes

            A ecosport não usa mais powershift

        • yurieu

          Vamos trazer mais modelos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        • th!nk.t4nk

          Aham, vamos ignorar a existência do Fusion MPV. O Eco é simplesmente uma versão levantada de um carro que já existia na Europa (até o exterior é idêntico, nem isso foram capazes de alterar). Mas beleza, pode insistir :)

          • Rodrigo

            Sabes mais do que a própria Ford.
            Então tá!

        • FocusMan

          Ligue não ele é apenas um Brasileiro revoltado que seja acha melhor porque mora na Alemanha.

      • FocusMan

        Antes de comentar, pense…

        O projeto é Brasileiro! Esse projeto foi completamente gerenciado e desenvolvido por nós em Camaçari. Muita gente sem ver a família por meses, muitas noites sem dormir, muita gente perdeu cabelo e ainda temos que ler esse tipo de comentário desnecessário na internet..

        Mas Brasileiro prefere botar defeito em tudo feito no Brasil… alias nem no Brasil você mora mesmo né?

        • Edson Fernandes

          Focus, vamos com calma nos comentários…

          • FocusMan

            Não falei nada demais Edson.

        • th!nk.t4nk

          FocusMan, leia meu comentário acima e responda. O carro já existia na Europa. Sim, concordo totalmente que foram feitas milhares de adaptaçoes pra virar o Ecosport. Sim, isso é o desenvolvimento de um veículo. Mas não, não é um projeto “totalmente brasileiro”. É uma “adaptação totalmente brasileira”, assim como tantos outros carros “feitos no Brasil”. Se você for de fato engenheiro de desenvolvimento de produto, sabe do que estou falando.

          • FocusMan

            Não foi não. O Termo adaptação é pejorativo no caso do modelo atual do Ecosport e do Ka. São produtos genuinamente brasileiros.

            O projeto B515 não foi feito com base em nenhum outro carro. Todo o TopHat como é chamado o upperbody do carro foi feito e desenvolvido pelo Brasil e o underbody ou plataforma, que é derivada do Fiesta, foi modificada pelo time brasileiro também.

            O Ford Fusion, que deu origem ao modelo Brasileiro, tem o design muito parecido com o primeiro Ecosport? Sim… tem mas a construção é diferente. Esse carro foi desenvolvido nos EUA, e haviam mais de 500 brasileiros por lá fazendo o carro com os americanos.

            • th!nk.t4nk

              Cara, tem muito Fusion MPV nas ruas ainda. É absolutamente idêntica a carroceria. Nao tem essa de “semelhante”. O carro já era vendido aqui na Europa 1 ano antes de surgir o Eco no Brasil. É ctrl C, ctrl V no desenho. E a parte de baixo como você mesmo disse foi simplesmente adaptada no Brasi. É desenvolvimento sim, concordo, mas nao é “100% brasileiro” como os funcionários tanto insistem em repetir.

              • FocusMan

                Você está falando que o body side outer é parecido né? Observe que as portas são outras.

                Um carro não é feito por uma pessoa desenhando no paintshop não meu amigo.

                E a conversa era sobre o B515, Ecosport desenvolvido no Brasil.

              • Por isso que eu falo que aqueles clones chineses não são clones, como o da LandWind em relação a LandRover. Se o kra ta dizendo que tem diferença entre o Fusion MPV e a Ecosport, então aqueles clones chineses também são bem diferentes.

          • FocusMan

            Cara eu trabalho no projeto. No time de projeto de carrocerias. Diversas pessoas que comentearam aqui também. Precisa falar isso pra você para de dizer que não foi a gente que fez o trabalho e parar de sofrer de sindrome de vira-latas só porque você mora na alemanha?

            • th!nk.t4nk

              Eu nunca disse que nao foi feito nada no Brasil. Apenas afirmei que nao foi “100% desenvolvido no Brasil”, como os funcionários pregam. E nao é só o Eco, nem só com a Ford. Essa é a realidade.

              • FocusMan

                Você trabalha na Ford? O EcoSport atual foi todo feito no Brasil. Reconheça e admita que temos capacidade de fazer. Além do projeto, a concepção também.

              • FocusMan

                Fale pela empresa que você trabalha alias, na Ford o Centro de desenvolvimento responsavel é quem toca o programa. A Ford tem no mundo Um Centro nos EUA/México, um Centro na Inglaterra, um em Koln Alemanha, construiu um em Channai na India e existe um em Chongqing na China que trabalha em conjunto com o centro da Austrália. Todos esses centros são aptos para desenvolver veiculos completos.

    • Um projeto brasileiro dando lucros excelentes aos Yankees kkkk Parabens ao todos os envolvidos!

      • Rodrigo

        “Parece” que a Ford é americana…
        O centro que desenvolveu o carro é brasileiro.
        E pelo o que sei, a Ford não é uma companhia filantrópica!
        Me pagam em dia, e isso é bom!

        • Se o Ecosport é um projeto brazuca tecnicamente o JAC T40 também o é, mesmo desenhado na Itália!

          • Rodrigo

            Leigos…
            É… você tem razão.

      • FocusMan

        Se você não sabe a operação da Ford do Brasil é independente da americana.

        • Independente mas continua sendo americana, ou alguma empresa brasileira comprou a Ford Brasil e eu não estou sabendo?

          • FocusMan

            Não, mas muito dinheiro fica por aqui, investido e gerando muito dinheiro para a comunidade envolvida.

            • Não vi nenhuma melhora nos indices da Bahia, que continua sendo um estado super desigual. Se melhorou lá foi apenas pra uma elite que vive disso, como na maior parte do país, sacrifica-se a população pra uma elite se manter rica.

              • FocusMan

                Você falou muita besteira agora.

                Muita mesma… A pessoa que te escreve no momento, possui dignidadade justamente por causa dessa empresa. Diversos colegas, idem…

                A cidade de Camaçari e Lauro de freitas que o diga.

                Trabalham mais de 1500 engenheiros aqui e mais de 10 mil pessoas ligadas a indústria. O Salário Base de um operador na planta é maior do que o de um advogado em início de carreira e de muitos outras pessoas que fazem faculdade.

                Se isso não é modificar a sociedade em torno da empresa, me diga o que é.

                • Então vcs vivem numa ilha de prosperidade em volta de um estado que tem os maiores índices de pobreza do país, junto com Alagoas, Maranhão, e outros estados próximos. Eu não falei besteira, voce esta olhando o próprio umbigo e de seus “colegas”, eu estou olhando do estado inteiro. Mas parabéns por isso ocorrer, é bom que segura os nordestinos ae na sua região, pois o sudeste já está muito cheio e não suporta mais emigrantes.

                  • FocusMan

                    Seu preconceituoso… Denunciando seu comentário jocoso.

                  • Banido por preconceito no comentario.

  • Leo

    Impressionante o Ecoboost 1.0 chegar aos 140cv!

    • Robinho

      pois é, um carro com este peso.

  • Peter Bishop

    Sucesso afinal !

  • Thiago André

    O EcoSport brasileiro não vai ganhar o 1.0 ?

    • Doyle

      Como esse Ecosport atual vai durar até 2020, acredito que mais para frente, quando a idade do modelo pesar, a ford use o 1.0 125CV do Fiesta no Eco como coringa

      • Edson Fernandes

        Eu já não acredito nisso.

        Essa geração já recebeu o que tinha para receber. Um motor 1.5 bem potente para a categoria (e tinha em “ficha técnica” potencia proxima do 2.0 anterior… mas 4kgmf de torque a menos… e tem agora o 2.0 com injeção direta).

        Se for ter novos motores, apenas numa nova geração mesmo. Lembrando ainda que se olhar seus concorrentes diretos, o unico que tem motor nos conceitos atuais é o Tracker. Os demais sempre com motorização aspirada e até sem injeção direta (que é o caso novamente do Tracker e tbm do Eco 2.0).

        A necessidade de atualização é para melhorar espaço interno e também porta malas do Eco frente aos concorrentes. (e aí sim, talvez quem sabe o motor turbinado).

  • Hernán Diego Ceccarelli

    1.0 EcoBoost com 100 cv, 125 cv ou 140 cv. Donde estan estos motores en el mercosur ??? Cuando brasil va a abandonar el alcohol, es una verguenza que nadie usa y estamos condenados a motores ASPIRADOS OBSOLETOS.

    • Edson Fernandes

      O Brasil não vai abandonar o etanol. Mas a Ford nunca atualiza pra valer os produtos com o que tem lá fora. Sempre a conta gotas e pioraram a versão de entrada do ka.

  • Clodoaldo Nascimento

    Também bom,rapaziada para acabar,com a briga e acharmos um culpado,o projeto é do Lula,kkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend