Europa Ford SUVs Tecnologia

Ford EcoSport ganha motor 1.0 EcoBoost de 140 cv

ford ecosport 2016 europa 1

O Ford EcoSport 2016 ganhou uma nova opção no mercado europeu, a versão Titanium S. Além disso, o SUV compacto importado da Índia ganha uma nova opção de motor, o 1.0 EcoBoost com 140 cv.

O motor é o mesmo usado no Fiesta europeu, agregando assim mais performance do Ford EcoSport, que já dispõe da versão 1.0 EcoBoost de 125 cv, além das opções 1.5 Ti-VCT de 112 cv e diesel 1.5 Duratorq com 95 cv. Outra novidade é a melhoria do acabamento com novas tonalidades e materiais, bem como reposicionamento do freio de estacionamento manual.

Aqui, terra natal do Ford EcoSport, as opções continuam centradas nos motores 1.6 Ti-VCT (recentemente introduzido) e 2.0 Duratec, ambos Flex. No entanto, em 2016, a marca americana deve introduzir finalmente o 1.0 EcoBoost com 125 cv, cuja tendência será substituir o 1.6 e quem sabe também o 2.0, utilizando essa versão mais potente apresentada na Europa.

Agradecimentos ao Roberto Medeiros de Araújo.





  • há! Pegadinha do Mallandro!

    • Willian Ricardo Rodrigues

      que raiva desse mano q escreveu a matéria. Padrão de Qualidade NA.

      • Nao culpe a materia. Culpe quem gosta de motor defasado, e ainda aplaude pagando 80 mil mangos. O importante é que tem peça em cada esquina, e todo mecanico sabe mexer. Ah mas tem consumo elevado em relação a esses motores downsize. E daí? Quem liga pra consumo, que ande de mobilete. [ironic]

        • Zoran Borut

          A crítica não foi ao carro ou ao motor, mas ao título da matéria que deixa margem para pensar que se trata do Eco brasileiro – como costuma acontecer com capas de revista e suas manchetes ambíguas.

          • 0terceiro

            “Aqui, terra natal do Ford EcoSport…”

            O Eco é brasileiro, só é montado também lá fora, hehe

            • DTF

              O pior é ser melhor fora do que aqui…

              • Rafael Trindade

                Estamos acostumados com isto, não é mesmo? :)

          • Eu sou crítico dessas manchetes que visam aumentar cliques, mas não é o caso dessa: Na home, a tag “Europa” está clara.

            • dogmarley

              hahaha a galera que deu de anta, e tá culpando o site…
              coitada da anta

            • Felipe Faria

              Eu vi a matéria pelo Facebook, vim seco achando que era aqui no Brasil :(

              • Talvez fosse melhor no Face escreverem: “Europa: Tal mudança nunca sairia no Brasil porque a gente não merece mesmo”… Heheheh…
                No Facebook não deve ter tag…. Aí é cruel mesmo…

                • DougSampaNA

                  se nós não merecemos, então quem não nos merece como cliente é a montadora né? Não dá pra inverter as coisas e aceitar como normal! Eu não aceito e não compro Eco peladex!

          • DougSampaNA

            Yahoo é mestre em chamadas de titulo dúbias ou incompletas…kkkk

        • João Cagnoni

          Eu não me assustaria em ler seu comentário sem o “[ironic]” no final. As pessoas se acostumaram com os nossos lixos. E como você mesmo disse: além de comprar, aplaudem.

        • Sassá

          “Ainnnn o mundo não é como eu quero, upupupupup is the very good best.”

    • BillyTheKid

      Eu já aprendi como funciona: se o título da notícia é sobre algo bom, certamente a notícia não é sobre o Brasil.

      • Felipe

        Mas a matéria tem a tag “Europa”, rs… Como toda matéria que envolve outro mercado também tem tags.
        Não precisa abrir o link pra saber, mas concordo que se tivesse no título seria mais adequado.

        • Gustavo73

          Esse tag me salvou

          • what_the_hell??

            Tb vi que se tratava de notícia da Europa!
            Mas quem viu pelo celular realmente entrou achando que era tupiniquim! E o que custa inserir um “Na Europa” no título?

            • Gustavo73

              Eu vi pelo celular, e por uns segundos fiquei animado. Mas vi a tag antes. E concordo com o “na Europa” os comentários focariam no carro e no motor.

        • BillyTheKid

          Acessando pelo site sim, mas eu quase sempre vejo novas noticias pelo meu leitor RSS, e por lá não aparecem as tags.

      • Augusto

        Pqp, mandou muito bem. História da minha vida…

    • Robinho

      aff cai na pegadinha tbm

  • Bittencourt

    E assim que termino de ler o título da matéria (sem abri-la) penso: “Na Europa”.
    Bingo!
    Triste realidade a nossa…

  • Cada povo tem o carro que merece. Enquanto no Brasil> “nao tiro racha no farol, mas adoro pagar caro”.

    • Robinho

      kkkkkkk, boa!

    • Lucro lucro… Ainda usando os comentários contra sua opinião, distorcendo o que foi dito. Se o motor do carro é mais fraco que outro é natural que seja mais barato? Sim, e não vi ninguém discordar disso. Mas e se o de motor mais fraco tiver equipamentos que outros não tem? Ah, então ele pode custar um pouco mais. E isso acontece em todos os países. Você pode pegar um 308 com motor mais fraco na França, e com os mesmos equipamentos de um Megane ele ser mais barato. Quando equipado, ele custará mais, mesmo tendo motor mais caro. Isso que foi falado do Renegade e você ainda não entendeu. Ele compensa o motor mais fraco que os concorrentes com equipamentos, robustez e acabamento. Só isso.

      • what_the_hell??

        Se ele se referiu a um relato sobre o renegade, concordo com o Lucro Brasil.
        O relato deixava claro que só poderia discordar do autor (e achar o motor 1.8 manco no renegade) quem quisesse fazer “racha em semáforo”! E nisso eu concordo com Lucro que, por mais q o Renê tenha suas qualidades, cada mercado tem o que merece! Por isso nos EUA não se vende Renê com esse motor fiat!
        Eu fiz o teste e achei o desempenho inadequado e nem por isso sou piloto de semáforo! Numa subida, mesmo o carro vazio, ele tinha que se esgoelar pra subir! Por isso que o comentário do feliz proprietário do Renê foi muito infeliz! :))

        • Bom, vamos lá:

          Primeiro, ele respondeu o meu comentário que fazia alusão ao amaciamento e não ao comentário do Rodrigo. Tudo bem, engano, isso não muda nada… O comentário foi esse:

          “..Posso dizer que o motor 1.8 Flex do Renegade é suficiente. Utilizo o meu há 6 meses, já rodei 9000km e estou mais do que satisfeito.Não é carro para tirar rachinha e nem se arriscar sem necessidade.
          Usando direito, é uma excelente opção! Assim como o HR-V e o 2008 também!..”

          Repare que ao se referir ao carro, em momento algum ele diz que o desempenho do carro é ótimo… Exemplificar que não é carro para tirar racha é só para dizer que o desempenho não é lá essas coisas. Quanto ao comentário do Lucro, vamos lá:

          “…Um show de comentarios aqui abaixo em relação ao motor, “nao ando pra ficar tirando rachas no farol”. kkkkkkkkk. Se o carro custasse ate 60 mil, eu até entenderia. Mas nao é o caso, e tem apenas o pior desempenho do segmento pelo preço que cobra, mas dá pra mostrar pro vizinho, e isso que importa…”

          Aqui ele reduz o que o carro custa à motorização. E os equipamentos? E a estrutura, que segunda a própria Ford é mais robusta que seu filhote, a Eco? E em que momento o Rodrigo coloca a questão estética ou de status do carro? É com esse tipo de pensamento que você corrobora? Ou seja, ou o carro anda bem ou é para mostrar para o vizinho?

          E curioso que usa como argumento que o carro não é vendido com esse motor no EUA como argumento, como se o que acontecesse lá fosse chancela do que é certo ou errado para outros países que tem necessidades diferentes. Lá eles tem o Jetta 2.0, que aspirado, que também não é expoente de desempenho, sendo tão suficiente quanto o FCA. Então, o mercado americano merece esse motor? E temos caso de Punto, Bravo, Golf… Vendido com motorização similares ao mais fracas que aqui na Europa… Mas desses exemplos ninguém fala, não é? Voltamos a discussão:

          “..A cada dia que passa, vejo que a Dilma não caiu de paraquedas. Foi eleita democraticamente de fato. Cada país com seus governantes eficiente ou deficiente (rouba mas faz), impostos que volta ou imposto que nao volta (pago o que pedem), e seus carros baratos eficientes ou carros caros (mas com motor “suficiente”)..”

          De novo ele considera que o custo de um carro deve considerar a motorização e mais nada… E se ele for mais equipado, tiver a estrutura melhor? Tem que custar menos porque o motor é menos eficiente? Então um Jetta TSI deveria custar mais caro que um Azera nesse raciocínio? E ainda liga isso à eleição da presidente, mas que teve resposta lá mesmo.

          “…A demais, fico com 1.4 turbo vendido nos outros mercados (especialista de internet e de país desenvolvido). E antes que alguem me fale dos 1.6 em países europeus, compare a qualidade da estrada, gasolina, e o preço com base no salario medio (sem fazer a linda conversao de moeda pra dizer que banana custa caro….)…”

          Fica? Legal. Em qual concessionária do Brasil ele comprará o modelo?

          E gostaria de saber o que tem a ver com o salário médio com o prçeo do produto. Sempre faço a pergunta para quem diz que a conversão é burra mas nunca ninguém respondeu, e já que concorda com ele faço a você: Se o preço de um produto tem que ser ditado pelo salário médio do país vendido, quanto esse carro custaria na Bolívia? Que conta inteligente é essa que despreza o custo de produção de um produto?

          “.. A Chevrolet estava certa em socar 1.8 no Cruze, e nao o 1.4 turbo (rejeitado pelo povao do “suficiente”). Idem para volkswagen, corretissima em socar 2.0 de ferro, pois o 1.4 tsi do é luxo. Em breve o lançamento Golf 1.6 com eixo de torção. S.u.f.i.c.i.e.n.t.e pra massa explorada e que aplaude a cada lançamento. rs…”

          Da próxima vez que quiser colocar o que se tem lá como parâmetro para discussões aqui, vamos ter a discussão em inglês?
          Você está no direito de concordar com a visão preconceituosa, cheio de silogismos e frases feitas de quem acha que o Brasil vai ser melhor quando todo carro for V8 consumindo como up! Há gosto para tudo…

          Abraços.

          • O seu problema é estar acostumado com tranqueiras. Voce usa control c, control v, mas adiciona um V8……… Nao sabia que 1.4 turbo era V8. Vivendo e aprendendo.

            Voce ignora tambem que o Golf 1.2 é TSI com desempenho superior aos 2.0 com mijolina.

            Nao entende porque nao pode fazer conversão de moedas? Mesmo estando no Brasil, isso é de praxe nos foruns que importa produtos. Mas no dia que voce morar em outro país, vai entender melhor.

            Quanto aos equipamentos, voce nao deu control c, control v no post que eu falei sobre isso. Mas eu mesmo vou dar aqui:
            “Deixo bem claro que nao sou contra ao carro, muito pelo contrario, tem qualidades de sobra, mas o preço cobrado em detrimento do baixissimo conjunto mecanico, é a minha maior critica.”

            Chega a ser bizarro essa discussão. Carro de 80 mil com desempenho de 1.4 aspirado, e tem quem defende (graças a Deus que nao sao todos). Isso me lembra quando veio a onda de airbags e muita gente postava dizendo “airbags para que? O mais importante é ser prudente, nao dirijo para tirar rachas”. E quando veio ABS: “frescura de quem nao sabe dirigir”. Coincidencia ou nao, os mesmos comentarios em relação a esse motores dignos de pena. “Ahhhh, mas tem estrutura e equipamento”. Nao sei no que isso vai fazer de diferença com 5 pessoas, esgoelando, e ter pagado 80 mil. Quando me falaram que o Golf 1.4 TSI por 68mil era caridade da Volks, eu tive que rir. Mas vejo que hoje eu estava errado, de fato é caridade mesmo para esse povao que acha que um carro com desempenho de 1.4 e consumo de 2.0 por 80 está bom demais.

            Ah e só para eu encerrar (nem foi reply no meu post), quando chegou a onda de cambios automáticos, o que mais escutei do povao acostumado com carroças foi: “cambio automatico é pra gente que nao sabe dirigir, nao quer sentir a pegada do motor, povo barbeiro”.

            Cada tecnologia que implementam vem sempre acompanhado dos comentaristas que nunca tiveram acesso. Depois reclamam que só tem coisa defasada no Brasil, e ficam puxando saco dos europeus. Cada povo tem o que merece, alias, cada povo tem o que EXIGE pelo alto preço cobrado. Quando começar a chegar os turbos ano que vem em diversos carros brasileiros, já imagino que em 2017 isso será o obvio, até lá, vai ser o mesmos comentarios previos sobre o cambio AT, airbag, e ABS. “frescura”. kkkkkk. Até quand o March veio com direção eletrica teve muita gente dizendo: “quem sabe pilotar, nao precisa de eletrica, e nem hidraulica.” kkkkkkkkkkk

            E por ultimo, já que estamos falando do Renegade, o Japao que tem TODAS as vias até 50km/h, e as estradas expressas ate 80km/h, a Jeep lança o Renegade com 1.4 Turbo, e 2.4 Tiger. Cada povo tem o que merece. Como dizia meu cunhado “Carro completo do Brasil, para mim é o basico”.

            • “…O seu problema é estar acostumado com tranqueiras..”

              Com todo respeito. Fale isso para suas negas. O que você conhece da minha vida moleque? Gosto de muitas coisas boas, independente se finlandeses, haitianos, norte americanos ou japoneses gostam delas ou não. Mas considero carro como meio de transporte. Como muitos deles aliás.

              “..Nao entende porque nao pode fazer conversão de moedas? Mesmo estando no Brasil, isso é de praxe nos foruns que importa produtos. Mas no dia que voce morar em outro país, vai entender melhor….”

              Muito pelo contrário, sou a favor de fazer a conversão. Pelo mesmo indicador que é usado para comprar matéria prima que faz o carro: A conversão direta. Quanto é a tonelada do aço chinês, que constrói o Golf na Alemanha, o do México e aqui? Será que antes de vender eles calculam quanto é o salário médio do brasileiro para determinar por quanto vai vender para cada país? Se usar salário médio, o Golf na Bolívia pagaria o custo de produção?

              Você tem que entender que desempenho é UM critério de escolha do carro, mas apenas um. E se o critério for segurança? Acabamento? Então você está me dizendo que o Golf com 85 Cv tem desempenho de carro 2.0 aqui? Ahan…

              Pelo seu critério então mais vale uma Duster 2.0 que um Renegade? Se o critério for só desempenho…

              Você é um dos melhores comentaristas daqui, mas está perdendo a humildade… Entãoorar lá fora faz você entender mais a necessidade dos outros que não moraram? “..Cada tecnologia que implementam vem sempre acompanhado dos comentaristas que nunca tiveram acesso..” Sério, e daí? Cara, todo mundo conhece seus comentários aqui, essa demonstração de “eu sou o foda” é infantil e desnecessária… Você sinceramente não precisa disso..

              “.. “Ahhhh, mas tem estrutura e equipamento”. Nao sei no que isso vai fazer de diferença com 5 pessoas, esgoelando, e ter pagado 80 mil..”

              Sério que eu tive que ler isso? Não adianta ter estrutura um carro? Nesses países que você morou as pessoas pensam assim? Ou seja, o carro pode estar desmontando na pista mas se tiver ultrapassando todo mundo pela esquerda, ah terá válido a pena… E você já pensou que quem comprou esse carro pode simplesmente nunca colocar 5 pessoas? Eu fiquei com meu Gol 1.0 3 anos, coloquei muitas vezes na pista e NUNCA sofri com falta de desempenho dele. Na maioria das vezes era só eu e no máximo eu e minha mulher… Mas claro, deveria ter comprado um carro maior, mais caro e que gastasse mais quando eu andasse sozinho para uma eventual ocasião que nunca aconteceu em 3 anos eu não tivesse que passar perrengue. Francamente…

              O resto não dá nem para comentar… Você deve estar respondendo o post de outras pessoas ou acreditando que por achar que desempenho não é a única coisa no carro eu devo defender obsolescência em carro, ter preconceito contra novas tecnologias.. As pessoas por limitação cognitiva tem necessidade de te encaixar em um determinado grupo de padrão de comportamento e acreditar que você tem todos os comportamentos daquele grupo. Se eu falo que acho a motorização de um carro suficiente eu defendo direção hidráulica, sou contra câmbio automático. Lembra do Petismo que você citou no post original? Você está pensando que nem eles. Se eu não gosto deles automaticamente sou coxinha, falta água em casa, Não gosto de nordestino nem de gays, votei no Aécio…

              • Parei de ler quando usou o termo “moleque”; abrçs

                • Peço desculpas pela ofensa. Mas seria bom parar de usar esses silogismos de que quem não concorda com uma idéia, com certeza concorda com outra. Se eu acho que o Jetta tem motor suficiente obrigatoriamente não tenho um Golf GTi? Ou votei na Dilma? Sou a favor de direção hidráulica em detrimento da elétrica? De onde vem essas idéias?

            • E na verdade, retificando o que disse e por matéria do próprio NA, o Golf 1.2 tem sim um bom desempenho. No mais, não retiro uma vírgula.

      • Concordo. Mas se atente ao meu ponto de vista. 308 nao custa a bagatela de 80 mil (please nao faça a conversao de moeda), nao tem desempenho de carro 1.4 com consumo de 2.0. Entendeu o meu ponto de vista? Por isso eu disse no outro topico que um Focus 1.6 nao vejo problemas. Idem pro seu exemplo 308. Rapaz, voce sabe que eu nao gosto que misturem categorias, tipo hatch com crossover, mas veja que com 80mil temos Golf 1.4TSI, 308 THP, Focus 178cv. Esses nao sao esportivos, e vem com motor digno. Com 80 mil reais (alcança mais de 100mil) o povao nao pode ter esse pensamento de “compensou”. Alias li no outro site que devido a muitas criticas, a Jeep vai atualizar o 1.8 para o final do ano que vem.

  • Frederico

    E aqui no Brasil só depois da copa da Rússia de 2018!

    • Andres Francisco

      Só depois da do Qatar em 2022.

      • BorisAWD

        vcs sao muito otimistas

        • Andres Francisco

          Tb acho kkkkkkkkkkkkkk

  • Junoba

    Quando eu li o título eu tinha certeza que é pra Europa. Então pra confirmar eu li a tag acima:
    ■Europa
    ■Ford
    ■SUVs
    ■Tecnologia

  • invalid_pilot

    Já tivemos a Ecosport 1.0 Supercharger e foi um baita de um mico, mas acho que se lançassem com o Ecoboost a história seria bem diferente

    • Rafael Ribeiro

      O supercharger era bem problemático, além do mercado de 12 anos atrás ser bem diferente do atual.

    • Robinho

      sim, era msm

  • Rodrigo

    O EcoSport é bonito mesmo! Esse motor pode dar uma ajudinha no Brasil, já que anda perdendo espaço para os outros concorrentes que são bem superiores!

  • gustavo

    1.0 EcoBoost com 140 cv.!!! Fantástico coloca ele no Fusion.

    • Clovislauro

      Na Europa tem Fusion (Mondeo) com 1.0 125cv. Deve ser melhor que nosso 2.5 Frex.

      • gustavo

        Quero ver se presta !! pensa num Jetta com o motor do Up tsi.

        • Gustavo73

          Com a versão do Golf Confortline 115 cv(gasolina) e 20,1 kgmf.
          Edit: Bluemotion e não Confortline.

          • Edson Fernandes

            Eu teria FACIL um Jetta 1.0 TSI mas não tenho o atual 2.0 flex.

            • Gustavo73

              Também teria, mesma potência e mais torque. Cheganfo antes e por uma faixa mais ampla de rotação. Na Europa tem um vídeo comparando o Focus 1.6 16v vs o 1.0 ecoboost. Pra quem está antenado não é surpresa o resultado.

              • Edson Fernandes

                E o melhor: Com uma economia absurda de combustivel!

                Minha mulher com o Fluence tem feito o circuito dona-de-casa … sabe quanto de consumo? 4,7km/l…. ao menos como roda pouco vai “só” 1/4 de tanque.

                • Gustavo73

                  4,7km/L? Doeu até no bolso agora. Ainda bem que roda pouco. Mas no etanol ou gasolina?

                  • Edson Fernandes

                    Etanol! Se fosse gasolina eu ficaria preocupado…rsrs

                    Mas da forma que ela roda, não poderia ser diferente. O motor não chega a funcionar na temperatura correta.

                    Mas doi no bolso sim…rs

                • Gustavobrtt

                  normal, motor frio, na cidade gasta muito. motor grande ainda, que precisa de mais combustível pra esquentar… vish…
                  Tem um vídeo de um corolla fazendo 6km/l com gasolina. Mas o cara mora a 5minutos do trabalhao. Nessa brincadeira de ir ao trabalho, voltar para almoçar, ir ao trabalho denovo e voltar no fim do dia, dá este consumo medonho.

                  • Martini Stripes

                    Na cidade meu Corolla fazia 6,4 na gasolina e 5,5 no álcool. Na pista, 14 e 10,5

                  • Edson Fernandes

                    Nossa… se fosse só para rodar esse pouco, eu teria um carro mais simples.

                    É que eu tenho viajado a trabalho e o carro fica com ela… por isso ela roda pouco. Mas a ideia de compra foi rodar bem com o carro mesmo no transito de SP e claro, em rodovias.

                • BorisAWD

                  Aí vc tá presumindo um pouco. O peso extra do jetta pode ser adequado pro 1.4 e 2.0 TSi, mas no 1.0 teria q ser testado

                  • Edson Fernandes

                    Presumindo?

                    Vamos lá… o torque do motor 2.0 para atingir no alcool 18,4 é a 4000rpm. Antes disso vai quanto? O motor 1.0 turbo na hipotese de ser 17,3 de torque já começa a partir dos 1500rpm. Vc teria duvida em qual já tem mais torque desde o arranque?

                    só que esse 1.0 de 120cv (117cv na realidade) tem 20,3kgmf. Ele andaria mais que o flex de cara.

                    • BorisAWD

                      Edson, eu questionei o peso.
                      o Jetta tem mais de 1350kg, o UP é uma pena
                      Eu entendí o que voce quis dizer, mas mesmo o 1.0T ser melhor que o EA 111 2.0, a questao é o peso do carro.
                      Vai andar melhor que o 2.0asp sim, mas o 1.4 deve ficar melhor

                    • Edson Fernandes

                      Sem duvida! Mas o curioso no Jetta qdo equipado com transmissão automatica, foi que em uma subida realmente ingrime perto de minha casa sofreu para vencer. Mas qdo eu digo de sofrer, foi aquele carro em que pisando moderadamente ou pisando até o fim de curso, suou para subir.

                      O carro anterior que tive, um C3 conseguia subir em primeira marcha com certa faclidade (mas também, trocou de marcha, ferrou…rs)

                      O meu fluence atual, sobe ela com força e adquirindo velocidade! (curiosamente como é paralelepipedo, ele fica piscando o controle de tração porque pela força ele chega a pequenas destracionadas controladas pelo ASR e vc sente as cortadas da injeção, mas desenvolve velocidade… porém o cambio CVT ajuda né…. ele fica preso em 4000rpm e vai embora).

                      Então em situações do cotidiano, creio que o 1.0 por atuar com o limite de torque bem cedo, também conseguiria entregar um compromisso de melhor respostas desde o arranque inicial. Que foi o caso testado.

        • Martini Stripes

          Pense vc meu caro.
          Olhe quanto tem de torque e potência. Atenderia qualquer cidadão comum. Mas aqui, o importante e falar que o carro anda forte, mesmo que vc não ande forte.

          • gustavo

            Esse negocio de andar forte e vaidade, eu quero saber se a montadora vai colocar um motor compatíveis com o tamanho e peso do carro, e da capacidade de carga do carro !!

            • Martini Stripes

              Novamente. Veja quanto tem de torque.

              • gustavo

                Torque na roda com o peso do carro,na pista ? na pratica a coisa muda de cena.

      • PEDAORM

        0 a 100 em ~ 12s

      • João Cagnoni

        Melhor em que? Somente em consumo/emissões. Lá tem o 1.0 de 125cv pq a gasolina é um absurdo (muito mais caro que aqui) e é um veículo de entrada.

        • Clovislauro

          Basicamente é o mesmo carro mas muito mais econômico e menos poluidor. Só isso já o faz melhor. 2.5 deve gastar o dobro da gasolina. O 1.0 faz de 0 a 100km/h em 11,8 seg., o 2.5 não faz muito menos que isso. Se tivéssemos essa opção aqui, certamente escolheria o 1.0.

          • gustavo

            Esse tempo e aferido pela montadora Ford ?

  • Clovislauro

    Com esse motorzinho de 140cv e sem estepe pendurado até pensaria em uma, hmmmm, não, pensando bem, melhor um Focus com esse motor.

  • V12 for life

    Que pegadinha essa, já tava pensando e rever minha opinião sobre a Eco.

  • Bruno_O

    coloque um cambio AT que preste e melhore a qualidade e acabamento, enquanto baixa uns 5k em cada modelo, q aí talvez vira concorrência pra HR-V

  • CharlesAle

    Eu acredito que, com o acirramento da concorrência, se a Ford lançasse a Eco com 140 CV seria melhor que 125! Pelo menos o argumento da potência seria ótimo para os vendedores.. Todo caso, esse 1.0 Turbo, se for potente e econômico já será uma boa.E, se não me engano, a QR elegeu a Eco como a mini SUV de custo mais baixo para seus proprietários.

    • Deadlock

      Eles vão trazer o de 125 cv para continuarem a vender o 2.0 mais caro, se trouxessem o de 140, teriam que descontinuar o 2.0, ou colocar injeção direta/turbo nesse motor, mas aí o carro não ia aguentar.

      • Rafael Ribeiro

        Não aguentar porque se ele tem a mesma mecanica do focus mk 2,5? meu deus é cada coisa que se lê

    • Gustavo73

      Podem trazer o 1.0 Ecoboost de 100 e 125 cv, e.o 1.5 de 150 cv.

      • Martini Stripes

        Também acho melhor.
        Deixa o de 100 pra ka, e fiesta de entrada, coloca o 125 no fiesta topo e eco de entrada e 1.5 ecoboost na eco e focus, por fim, 1.5 de 180 no focus.

        • Gustavo73

          Mesmo na Europa o 180 é limitado para alguns mercados. Aqui poderia equipar o Fusion e alguma versão diferenciada do Focus.

          • Martini Stripes

            Deixaria no titanium e nas versões Sedan. O Hatch começaria com 1.0 140 e iria até o 1.5 180. Nada de versão especial.

            • Gustavo73

              O 1.0 de 125 teria o mesmo desempenho a diferença seria só na velocidade final, mas seria mais econômico. O mesmo com o 1.5 de 150 e de 180, já que a diferença é grande na potência máxima, mas no torque e faixa de rpm não diferem muito. O 1.0 de 125 tem desemoenho melhor que 1.6 Sigma de 135 o mesmo com o 1.5 de 150 e o 2.0 GDi. Invlusive o 1.5 já poderia ser.importado assim comono 2.0GDi já é.

              • Martini Stripes

                Eu sei, mas o povo não sabe, então precisaria ter um numero maior pra ter mais venda. Só por isso.
                Quanto a importar, quando uma empresa vende algo ela é obrigada a prestar serviço, talvez trazer agora ficaria ruim para suprir peças. Talvez virão todos num pacote de 1 a 2 anos a partir do ano que vem. Começando pelo 1.0 e indo até o 1.5. O Fusion tem volume de vendas menor, por isso passível de importação do 2.0.

  • Carolina Vieira

    Quando bati os olhos nesse título, pensava que era uma notícia relacionada ao Brasil. Foi essa tag que me salvou de ser “trollada”.

  • JPaulo10

    Albuquerque.
    Todo ano a mesma promessa,

  • Ricardo

    140cv num 1.0!

  • Diego Mello

    1.0 140 cv, isso é bruxaria ou tecnologia? Não acredito nesta potencia

    • Rafael Ribeiro

      Motor da Formula 1 é 1.6 com mais de 700cv.

      • João Cagnoni

        Alguém sabe o torque de um carro de F1? Deve ser péssimo, pois o carro precisa de 15 mil rpm pra atingir o pico de potência. Edit: encontrei aqui, parece que é “só” 40kgfm… É pouco para um esportivo, é um pouco a mais que um Golf GTI que tem 35, mas o carro de F1 pesa só uns 500kg.

        • Lucas Irrthum

          É sério que você está comparando números de potência entre um Golf GTI e um carro de fórmula 1? Eu acho, só acho, que existe uma GRANDE diferença de projeto e, principalmente, de uso. Você já ouviu falar em aerodinâmica? Aderência? Eficiência?

          • João Cagnoni

            Sim, concordo com você. Tem diferença de rotação, aerodinâmica, aderência e diferença, mas não de torque…

            • Lucas Irrthum

              Você já analisou a curva de torque de um carro de f1? Olhar apenas o número é fácil. E outra, um Opala SS 4.1 tem 31 kgfm de torque. Isso quer dizer que o Golf GTI, deixa de ser um esportivo? Porque o Golf tem praticamente o mesmo torque de um carro produzido há 20 anos atrás (para falar dos últimos)? E porque um F1 tem apenas 8 kgfm a mais? Isso quer dizer que os carros da F1 são mancos? Me ajuda aí campeão, você é o típico piloto de ficha técnica.

              • João Cagnoni

                A lei da física é uma só… Não to falando que um opala ou Golf GTI anda igual um F1, só acho curioso como o carro da F1 é relativamente “fraco” mas consegue andar muito por causa do baixo peso e aerodinâmica.

                • Lucas Irrthum

                  Agora você finalmente disse algo que faz sentido.

        • Rafael Ribeiro

          só que um f1 chega a 200 por hora em menos de 2 seg eu acho AHAHAHHA.

          • João Cagnoni

            hahaha… 200 não, mas 100 chega (acho que é 2.6s de 0-100)! Mas se colocar 1 saco de cimento dentro do carro, acho que sobe pra 4.

            • Rafael Ribeiro

              não cara, é bem menos. vários pilotos já disseram e no top gear também. 2.6 no 0-100 é tempo de gtr e veyron. Um carro de formula 1 leva pouco mais de 3seg pra fazer 0-200

              • João Cagnoni

                F1 está longe de ser o carro mais rápido já produzido. Existem várias limitações no regulamento. F1 faz 2.6s 0-100 e 3.9s 0-200. Existem alguns carros à venda que fazem o 0-100 mais rápidos que a F1: LaFerrari, Tesla Model S P90D, 911 Turbo S, entre outros…

    • Lucas Irrthum

      Bem vindo à era downsizing, meu caro.

    • Martini Stripes

      Só não ganha dos 190cv por litro do 45 AMG, mas está ficando bom.
      Ao meu ver todo carro deveria ser híbrido.

  • Alessandro Desativando

    Gosto dessas iniciativas. Aqui no Brasil, nem pensar em estampar o 1.0 na tampa traseira, pois isso atrapalharia demais as vendas pela ignorância do povo em geral. Poucos sabem apreciar essa tecnologia empregada nesses motores. Tenho medo só de ter que se vender um rim para se dar manutenção nesses motores. Fui possuidor de um focus 2011 que me assustou com preço de peças e serviços. Serviços porcos além de tudo.

  • gveralonso

    Não trocaria o 2.0 por não ter opção automática…

    • Edson Fernandes

      E se houvesse?

      • gveralonso

        Bom, não sei se a Ford faria para o mercado brasileiro uma versão automática dele, mas, acredito que o Ecosport pode virar o SUV mais potente da categoria apenas com o 2.0 directflex do Focus de 178cv.

        • Edson Fernandes

          Eu tbm acredito nisso. Seria um bom apelo comercial alias para o Ecosport em um facelift futuro.

  • Leandro Santos

    Esse motor de 140 CV em todos os carros da Ford seria legal. Ainda mais se fosse num automatico de vdd.

  • Lucas de Lucca

    Quando li o título abri o sorrisão, mas aí li a tag Europa abaixo e veio o desgosto. Pelo menos fui feliz por 2 ou 3 segundos rsrs

  • Thalles

    cai no dibre

  • DTF

    Achei que fosse no Brasil!!!!! Pegadinha do Mallandro mesmo…

  • Alvaro Guatura

    A Ford do Brasil deve se mexer, Renegade e HR-V mandaram um abraço

    • Robinho

      eu acho que vai, o problema é que a Ford é muito lenta.

  • Rafael Ribeiro

    Só aqui em casa a ford ta perdendo 2 compradores pro eco. Eu tenho uma xlt 2.0 AT 2011 e meu pai tem uma igual de outra cor. Tanto eu quanto ele queriamos pegar uma nova, mas esse cambio powershit e a opção de apenas automatizado na 2.0 ta quebrando nossa expectativa. Onde moramos a estrada é bem ruim além de ser uma cidade de interior com 30mil habitantes, então o fato da eco ser alta ajuda, e sempre tivemos ford e nunca tivemos problema. É meu segundo ford (tive um fiesta 1.6 rocam 2004 que era do meu pai e que rodou 190mil antes de eu vender), e eu queria continuar nela, mas enquanto esse cambio bosta não sair fica dificil. E eu não tenho condições de ter ranger, fusion ou edge pra ter um aut de verdade.

    • Doyle

      compra a manual 1.5 de 135CV. Esse motor consegue chegar a uns 12KM/L de autonomia, muito melhor que renegade e HR-V, sem falar da estabilidade impressionante da ecosport, melhor que os rivais. O plástico é simples mesmo, pois é um SUV do fiesta, carro de entrada

      • Danilo Fernandes

        Estabilidade da Eco melhor que as rivais?? Da onde você tirou isso??

      • Sassá

        ??????????????????

      • Rafael Ribeiro

        o meu também é bem simples, mas estive comparando e conversando com um cara da css, e ele me disse que o acabamento da atual consegue ser muito pior que a da antiga. Quanto a economia, a minha 2.0 aut faz até 14km/l na estrada. Acho que vou ficar com ela até essa crise passar. está com 50mil km apenas.

    • Martini Stripes

      Iria de Renegade 1.8, se puder o 2.0 diesel, sem dúvida.

      • Rafael Ribeiro

        de 1.8 de jeito nenhum. Eu conheço muito bem esse motor da fiat. ALguns tios meus tem a strada adventure 1.8 e já me emprestaram o carro. Bebe muito e é bem fraco. Isso que tá me afastando do renegade. Eu to quase pegando uma tucson isso sim.

        • Martini Stripes

          Então, esse novo motor tem cabeçote variável, é uma evolução do motor já. Procure pela matéria de um proprietário de um 1.8 aqui no NA, não achei beberrão.

  • Doyle

    a ford, aqui , tem que colocar o 2.0 com injeção direta, aquele do Focus. Ecosport 178CV. As versões de entrada coloca o 1.0 140cv

  • Compro Vidro de Perfume Vaziou

    Vai chegar aqui só em 2018 olhe la !!

  • Filipi

    finalmente faz juz ao ”Eco” do seu nome, só que apenas la fora.



Send this to friend