*Destaque Crossovers Ford Lançamentos

Ford Edge Titanium Elite 2019 agrega detalhes exclusivos e mais equipamentos

Ford-Edge-Titanium-Elite-2019-2 Ford Edge Titanium Elite 2019 agrega detalhes exclusivos e mais equipamentos

Reestilizado recentemente, o Ford Edge 2019 será oferecido em uma série de versões exclusivas. Além da configuração esportiva ST, o crossover médio oferecerá também a variante Titanium Elite, que será uma das atrações da marca no Salão do Automóvel de Chicago entre os dias 10 e 19 de fevereiro nos Estados Unidos.



Como o próprio nome indica, o novo Ford Edge Titanium Elite 2019 tem como base a versão de acabamento Titanium, que inclusive é a única disponível na linha do modelo no Brasil. Entre os diferenciais, há uma série de detalhes visuais cromados, carroceria com opções de pinturas exclusivas e rodas de liga-leve de 20 polegadas. Há ainda um novo para-choque dianteiro com desenho diferenciado.

Ford-Edge-Titanium-Elite-2019-2 Ford Edge Titanium Elite 2019 agrega detalhes exclusivos e mais equipamentos

De resto, o modelo segue o mesmo padrão das demais versões. A linha 2019 do Ford Edge se diferencia pelos novos faróis redesenhados com iluminação em LED, grade dianteira com novo formato octogonal, para-choques redesenhados, novo capô e novas lanternas traseiras. O interior recebeu retoques no console central e um novo seletor de mudanças de marcha ao invés da convencional alavanca de câmbio.

Entre os equipamentos, todas as variantes do Ford Edge 2019 saem de fábrica com sistema de farol alto automático, monitoramento de pontos cegos, alerta de colisão frontal, assistente pré-colisão, controle de cruzeiro adaptativo com Stop & Go, entre outros.

Ford-Edge-Titanium-Elite-2019-2 Ford Edge Titanium Elite 2019 agrega detalhes exclusivos e mais equipamentos

A versão Titanium Elite usa um motor 2.0 litros EcoBoost (turbo) de quatro cilindros a gasolina, que consegue desenvolver 254 cavalos de potência e 37,9 kgfm de torque. Ele está associado a uma nova transmissão automática de oito marchas, que segundo a marca melhora ainda mais o consumo de combustível do carro.

A linha 2019 do Ford Edge deve chegar ao mercado brasileiro no fim deste ano ou no início do ano que vem. A gama atual do carro oferece um motor 3.5 V6 a gasolina de 284 cavalos e 34,5 kgfm, com câmbio automático de seis velocidades e tração dianteira. A única versão é a Titanium com teto solar panorâmico e DVD player, que custa R$ 249,8 mil.

Galeria de fotos do novo Ford Edge Titanium Elite 2019

COMPARTILHAR:
  • EDDI

    Caro heim ….?
    Imagina depois a desvalorização ….se é como o Focus….

    • igomd

      Desvalorização de todo o segmento é muito alta.
      A questão é sue não é ( não deveria) ser um carro para trocar todo ano, mas sim und 3, 5 anos.

    • FocusMan

      O Focus não perde muito valor nas ultimas duas gerações. O primeiro sim perdia muito.

  • Nando Alves

    A ford deveria usar o EcoBoost 2.3 de 350cv, o mesmo do Focus.

    • Randy Marsh

      a versão sport deste carro usa a 2.7 ecoboost.. imagina ai

  • Cleidson

    Elite? Só falta a versão LTZ agora.

    • ObservadorCWB

      Chevrolet na cabeça. Custa 2X uma “super nhécoSport”. E ficou com design Hyundai. O que me divirto é que os vendedores ainda insistiam em dizer que não havia o carro a pronta entrega pois era “sucesso” de vendas…kkkkk

  • É um belo carro, mas custa quase o dobro dos concorrentes. Além da versão anterior estar queimada no mercado devido à falta de peças.

    • ObservadorCWB

      No lançamento, junto com o Fusion da época, ficou mais de um ano com a CMM exibindo mapas dos EUA ou Canadá….e só aceitando comandos em Inglês ou Francês….. não dá para entender a engenharia da FORD.

    • igomd

      Nessa faixa o consumidor não pensa “ vou comprar um Ford”
      Audi Q5, XC60, Discovey, Jaguar

      Se o consumidor mora no interior do país fatalmente ele compra uma SW4

      • RRodrigo Souza

        vale lembrar que tem muitas BMW seria X nas ruas vendendo razoavelmente

    • Randy Marsh

      Comprei a minha usada e não me arrependo. Tenho 289 + 10cv da admissão esportiva sob meu comando todo o dia.

  • igomd

    Pelo preço que a Ford cobra se o comprador mora numa grande capital ele compra um Volvo XC60, Audi Q5, RV Discovery, Evoque e muitos outros.

    Problema não é o carro em sí, mas o fato de pagar R$250 mil num Ford

  • Evandro

    Esse conjunto mecânico é o mesmo do Volvo?

    • Matheus Ulisses P.

      Não amigo, não tem absolutamente nada em comum.

      • Evandro

        Achei por conta da potencia e do cambio que ao meu ver é o mesmo do meu em números, mas deve ser só coincidência msm….

    • Wilson Junior

      É o mesmo do EDGE desde 2011….
      Super atual….SQN

      • Randy Marsh

        não é não. diminuíram até o peso em 300kg (só em perder 300kg, já mudou muita coisa) da Edge gen 1.5. Foi totalmente re-estilizado, interior novo, novo motor da versão sport, o motor v6 agora tem injeção direta..

        • Wilson Junior

          Amigo, me referi a única versão que está sendo vendida no Brasil motor v6 e câmbio de 6 marchas, mesmo conjunto mecânico desde 2011.

          • Randy Marsh

            Eu vi o carro e já fui fazer o teste drive. O carro é todo Novo, inclusive até a plataforma é a mesma do fisionomia. Agora o motor tem 11 anos no mercado americano e por incrível que pareça anunciou hoje sua aposentadoria. O hedge modelo 2019 já vem apenas com a versão ecobosst

      • Evandro

        Ah sei lá, não conheço, mas acho que essa mecânica que existe lá fora, já avançou bastante, então pra mim, por mais que possam me criticar, não me parece tão velha assim, duro é aqui no Brasil que temos umas “coisas” que a décadas é praticamente o mesmo….

  • Felipe Junqueira Netto Branco

    Ela atualmente vem apenas na versão awd. Quanto ao preço,Alto,ela busca um cliente mais discreto e que procura conteúdo ao invés de status,mais ou menos a mesma coisa da Touareg.
    Quem já teve Land Rover vai lembrar também das manutenções caras,que na Edge são absurdamente mais baratas. Eu mesmo prefiro um top de uma marca generalista do que um de entrada de uma premium. É questão de gosto,e um carro de nicho. Mas que poderia vir com os motores Ecoboost,Isso é verdade.

  • Mayck Colares

    Gostava mais do desenho anterior

    • Robinho

      eu tbm, esta frente não me agrada…e o preço tbm…rsrsrs

    • Diego

      É… parece um EcoSportão.

      • thi

        vcs são chatos com isso..o q é q tem? q tesão é esse de uma mesma marca ter tanto carro diferente..pow cara se não gostou tem n infinidades de carros ai pra escolher

        • Traveller

          Comentário desnecessário

  • Estevão Gonçalves

    Nessa faixa de preço, vou de Audi Q5.
    Que a Ford seja competitiva no preço para a linha 2019

  • th!nk.t4nk

    Essas telas embutidas num buraco no painel parecem da década passada. Mas curiosamente no Brasil é a preferência do povo (talvez justamente pelo atraso no setor automotivo).

    • Wilson Junior

      Vale lembrar que a EDGE não é fabricada no Brasil (Canadá), então a super tela não é exclusividade do defasado mercado brasileiro.

      • th!nk.t4nk

        Sim, tem carro defasado no mundo todo. Mas pelo menos lá há opçoes mais atuais com preço competitivo, e logo logo a Ford atualiza o Edge também. É um ótimo carro apesar disso (e da central porca que a Ford usa, mas dá pra espelhar o celular e problema resolvido).

        • O Sync3 é bem melhor que a central anterior.

          • th!nk.t4nk

            Tive um Fusion do modelo atual, o Sync 3 continua horrível. É lento, bugado e com péssima experiência de uso. Nunca vi um navegador levar tanto tempo pra recalcular uma rota, chega a ser ridículo. Nao conheço uma central pior que a da Ford, até os sistemas da PSA e Opel são mais sólidos.

            • Entendi. Eu não cheguei a usar, só li a respeito da versão 3 ser melhor que a 2. Uma pena saber disso.

            • FocusMan

              Não acho isso não. Sinceramente das centrais todas que usei, a Sync 3 é a mais rápida. Talvez você tenha tido uma versão bugada.

      • Randy Marsh

        Só para vc ver. Mesmo desse jeito super atrasado continua sendo o crossover deste segmento mais vendido nos EUA. E ainda vai lancar a versao ST 3.5 ecoobost em 2019

    • Mr. Pereba

      Impressionante como você tenta justificar tudo com o atraso do brasileiro. Esse carro não é brasileiro e tem vendas insignificantes no Brasil. Nessa faixa de preço aqui no Brasil, os brasileiros “atrasados” escolhem opções muito mais modernas a nível de painel (marcas alemãs e Land Rover, principalmente). E o mais irônico é que você disse no post abaixo que tem bastante desse carro (Edge) onde você mora. Vai entender…

      • th!nk.t4nk

        Ué, uma coisa não interfere na outra. O painel pode ser antiquado e a central ruim, mas o carro em si continua sendo bom no geral e valer a pena. A diferença é que apenas no Brasil as pessoas têm uma nítida preferência por painel com jeitão antigo (sempre elogiando e comentando a respeito), enquanto no exterior criticam bastante o visual datado. Mas o veículo em si vende pelo ótimo custo x benefício, assim como o Kuga (que também tá bem ultrapassado já).

    • lucas

      cara, eu prefiro a tela embutida do que o ipad das benz e dos audis. acho melhor para visualizar e mais bonito. A tela dupla da benz q surgiu com a classe S é fenomenal mas a tela do meio meio que sai pra fora, não acho tão bonito. Acho q é questão de gosto e não atraso. Atraso é comprar fiat por 60k manual, Ford por 250k, etc

  • REDDINGTON

    Nunca vi um carro desses zero rodando…vejo alguns da primeira geração e só.

    • th!nk.t4nk

      Tem bastante onde moro, mas nessas fotos super produzidas ele tá mais bonito. Ao vivo é um caixotão bem sem graça.

  • Lukoh

    Gostei do câmbio giratório…

    Tomara que vire padrão em modelos mais baratos e de outras marcas tb.

  • Gurgelando

    DVD player? É sério isso?

  • Vattt

    Um belo carro com preço ridículo praticado no Brasil!!!

  • Elizangela Oliveira

    Vi dois desses (modelo novo)na rua até hoje!!!

  • Piston head

    Acho que entre VW, Gm, Fiat e Ford a última é a única que ainda consegue fazer carros comuns com originalidade.

  • Miguel

    Não entendi a vantagem de ter um motor turbo e outro V6 com potência e torque similares…

    • Edson Fernandes

      Na verdade ele é melhor equipado que a versão Titanium.

      Só os farois do Titanium vendido aqui já demonstram que esse é mais completo.

    • Randy Marsh

      a curva de torque do turbo começa aos 1500 rpm, já a V6 a 3500rpm. o torque do turbo é maior. agora imagine a versão sport com 2.7 ecoboost e 340cv de potencia

    • Joel Silva dos Anjos

      O motor V6 3.5 litros morrerá na versão 2019. Ficam o 2.0L e o 2.7L (que também é um V6), ambos ecoboost. O novo Lincoln Nautilus, que até o MKX tinha a versão V6 de 3.7L, terá as mesmas motorizações do Edge.

    • Randy Marsh

      A elasticidade do motor e confiabilidade. É um motor bem consagrado nos EUA e equipa carros como F 150 e Ford mustang V6

  • Alessandro Rodrigues

    Até hoje não vi um exemplar dessas 2016 rodando pelas ruas. Os 230k foram demais. Mas ok, em mais 4 anos esse carro vai pra 60 mil e compra quem não tiver juízo.

  • Traveller

    Acabaram com o carro. De frente, parece a ecosport…

  • Jorge

    Na versão elite você consegue encontrar peças na concessionaria? ou também tem que esperar meses?
    Já seria um bom atrativo.

  • Erivelton Freitas

    Aquele carro que, vale no máximo, R$ 150.000 e olhe lá, e a Ford vendendo por R$ 250.000. Não é atoa que eu nunca vi um na rua. Afinal, por esse preço, pessoal ta bem de Range Rover Evoque e C&A.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email