Argentina Ford Híbridos SUVs

Ford Escape Hybrid chegará à Argentina em 2020 – Brasil espera chance

Ford Escape Hybrid chegará à Argentina em 2020 - Brasil espera chance

Lá ele é chamado Kuga, mas sairá da linha de montagem americana, onde o Ford Escape Hybrid é fabricado também. Nessa mesma versão, o SUV de porte médio chega ao mercado argentino em 2020, sendo lançado agora, mas ainda sem preços divulgados.


O Ford Escape Hybrid para a Argentina aposta na tecnologia híbrida para compensar seu preço e atender um perfil de cliente que busca mais tecnologia embarcada. Com maior eficiência energética, o SUV é um rival direto do Toyota RAV4 Hybrid, que é vendido no Brasil.

Aliás, o mercado nacional ainda aguarda oferta semelhante da Ford, uma vez que o Escape – ao ser lançado – atraiu a atenção da Ford local a ponto de levar um pequeno grupo de jornalistas em sua estreia nos states. Com possibilidade de chegar, o SUV deve se colocar diante do japonês, que vem tendo bons números de vendas por aqui, mesmo sendo apenas híbrido.

Ford Escape Hybrid chegará à Argentina em 2020 - Brasil espera chance


Da mesma forma que na Argentina, o Ford Escape Hybrid não deve ter opção plug-in por aqui, devido a falta de infraestrutura e também por conta do custo maior.

O utilitário esportivo tem motor Duratec 2.5 de ciclo Atkinson e propulsor elétrico, entregando 200 cavalos de forma combinada (120 cavalos no elétrico) e câmbio automático de 8 marchas.

Com algumas vantagens tributárias, não exatamente por causa da importação americana, taxada naturalmente em 35%, mas por conta de sua tecnologia híbrida.

Ford Escape Hybrid chegará à Argentina em 2020 - Brasil espera chance

O Ford Escape Hybrid é um carro bem sofisticado, tendo acabamento em couro, teto solar panorâmico, rodas de liga leev aro 19 polegadas e cluster digital, entre outros.

Custando a partir de US$ 28.255 nos EUA, o Ford Escape Hybrid deve custar aqui entre R$ 170 mil e R$ 200 mil, atuando na mesma faixa do rival da Toyota.

Abaixo dele, o Territory atuará como intermediário, ficando acima do EcoSport. Com produção na Argentina, após importação chinesa, este SUV mais barato terá propulsão flex.

Ford Escape Hybrid chegará à Argentina em 2020 – Brasil espera chance
Nota média 5 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Sino Weibo

    Finalmente dona Ford, que venham Explorer e Bronco também. Podiam aproveitar e fazer um suvinho na base do Ka também, quem sabe vende.

    • Esse “suvinho” sobre a base do Ka é o Ecosport.

      • Sino Weibo

        O EcoSport é feito na base do Fiesta.

  • TheuAMG

    Pqp o marca enrolada essa. Traz logo Ford. O carro tem tudo pra fazer sucesso.

    • Robinho

      e bota enrolada nisso…

    • Juliano De Bortoli

      Lembrei do Edge com o motor 6 cilindros velho e ineficiente que trouxeram há pouco. Viu algum nas ruas? Lembrei também do Ecosport, que iniciou um segmento no Brasil e que não evoluiu, ficando muito atrás da concorrência e perdendo o seu espaço. A Ford tem sido lenta e com muitas estratégias furadas, vamos ver as próximas…

  • th!nk.t4nk

    Praticamente no mundo todo esse carro é chamado de Kuga, inclusive na Argentina. Por que só no NA chamam de “Escape”?

    • Acredito que sempre que foi ‘ventilado’ trazer pra cá, foi pensado como Escape, seja por ser feito nos EUA (e que usa esse nome na américa toda, exceto Arg), ou até pelo nome que poderia gerar piadas desnecessárias à Ford.

      • th!nk.t4nk

        Olha que “Ford Escape” é excelente pra gerar piadinhas em português também heim 😁

        • Acredite… é mais com o Kuga uga do que com o Escape da Ford…rs

    • FocusMan

      você já viu o novo? trabalhei no projeto dele, foi um salto grande

      • th!nk.t4nk

        Entrei mas não andei. Espero que esteja mais silencioso. O anterior tinha muito ruído de rolagem na estrada.

        • FocusMan

          E achou o acabamento dela ruim? Ficou muito bom ao meu ver.

      • Rapaz, vc por aqui?

        Faz tempo que não te vejo aqui. Vc está no Brasil ou atualmente fora?

        Me lembro que vc dizia sobre seus projetos poderem se concretizar fora do país. E sobre a Ford? Eu sempre peguei informações com amigos da empresa, mas… vc tbm sempre dizia.

        Abraço.

        • FocusMan

          Fala Grande Edson e ai tudo bem? Ando por aqui mesmo no Brasil. Sem tempo de comentar nos sites também devido a correria.

          Grande abraço!

    • Olha, precisamos olhar os rivais diretos e perceber que no Brasil os demais não fogem mto disso. Vc citou a Tiguan.

      Ainda que exista a versão R-Line com o otimo motor 2.0 TSI, temos as versões 1.4 que a depender de qual versão, pode ser bem mais simples tbm. E eu acredito que seja esse nicho que a Escape/Kuga iria vir.

      Sobre o Sync3: Acredite… tem centrais mto piores! a da Hyundai é um exemplo. O do 3008 ainda que tenha otimos indicadores, é uma central que nem sempre lhe responde de imediato. A da VW por exemplo, se vc não tem as versões que te tão um GPS nativo, se usar o WAZE, ele trava a central. (tem sido alvo de reclamações nos modelos Polo, Jetta(até comfortline) e Tiguan. Operação em sí é rapida, mas qdo trava, a tela fica congelada e o som saindo, mas qualquer função tem um atraso consideravel nessas condições.

      Se vc mantém o radio em funcionamento, em algum momento ele reinicia sozinho. Outra forma é desligando o carro para isso.

      Sobre preço: Parece que o movimento em ter um carro hibrido que não tenha a performance como o ponto alto, é mais considerado aos clientes que um motor mais forte. Me parece um movimento atual do mercado brasileiro. E aí colocam como versão de topo do produto.

      • Juliano De Bortoli

        No entanto um híbrido plug-in pra mim é algo indispensável. Na cidade tem como rodar somente elétrico, com um custo pelo menos de 1/3. Na estrada usa-se os 2 de acordo com a necessidade. Jamais trocaria o meu carro por um somente híbrido.

        • Olha, meu tio tem um Fusion hibrido. Duas situações para uso de motor a combustão na cidade: Precisar de uma potencia especifica para andar mais rapido ou pq a bateria ficou com carga baixa.

          Com meu tipo de uso (que só testei) o motor a combustão só ligou qdo eu realmente quis acelerar forte.

          Nos demais usos, eu só literalmente rodei com o motor elétrico. E mesmo com as pisadinhas que eu dei, meu consumo na cidade foi de 15,6km/l. Só como referencia na gasolina, meu Fluence faz 8km/l atualmente. (ou seja, o dobro de economia)

          Meu tio mesmo em seu consumo longo, marcava 17,2km/l e ele dizia que o minimo que ele fazia era 17km/l. Na estrada a média não muda disso (sendo na cidade mais economico pq na estrada a entrada do motor a combustão é maior)

          Eu sinceramente não sei onde vc acharia um posto de recarga, mas conforme a experiencia do meu tio com o carro (que tinha 20000km rodados na epoca), eu teria um hibrido comum que me atenderia perfeitamente. Confesso que existem dois contra o Fusion pra mim que é seu tamanho e altura. Nos lugares onde antes, fariam diferença e eu viveria raspando ele. E como posso andar na cidade com meu carro que já é grande, encontrar lugares para estacionar seria outro problema.

  • Felipe Gonçalves

    Ford do Brasil sempre teve a faca e o queijo na mão e prossegue com medidas erradas, Ford Kuga seria uma excelente aposta no mercado brasileiro, querendo ou não apesar de todas as trapalhadas da Ford Brasil o brasileiro tem um enorme prestígio pela marca, mas parece que por aqui a montadora se auto sabota, infelizmente, ou seja, duvido que venha esse carro.

    • Toyo_Highlander fan

      Concordo! Bem que oFord Puma poderia ser o perfeito substituto do Ecosport por aqui.

  • Marcus Vinicius

    O escape Hybrid Norte – Americano se for vendido no Brasil deverá ficar acima do SUV Territory chino.

    • Toyo_Highlander fan

      Pelo menos esse Escape é um legítimo Ford, bem diferente do Territory que não passa de uma bagaça chinesa que de Ford só tem mesmo o emblema.

  • p3drov

    Conhecendo a Ford BR, o mais provável é que essa chance Escape do Brasil…

    • Robinho

      kkkkkkk, infelizmente…

  • Henrique12

    Novo Ford Escape, para você “escapar” da Argentina.

  • Ermenegildo Arimatéia

    Se vier para o Brasil, vai roubar as vendas de todos os concorrentes diretos: TRAV4, CRV, Tiguan, Equinox, 3008.

  • leitor

    Nos EUA o Escape está mais próximo do Edge. Esse aí parece um Focus aumentado, alguma coisa pra cima, quase nada de largura e comprimento.

  • Toyo_Highlander fan

    Poxa Ford! Contrata um analista político para tua equipe de projetos e vendas! Aposta primeiro num país que está a ser uma nova venezuela do que no Brasil?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email