Crossovers Europa Ford Projeções

Ford Evos ganha força como nome do crossover de Fusion e Mondeo

Ford Evos ganha força como nome do crossover de Fusion e Mondeo

O nome não é totalmente desconhecido. Evos foi a identificação que a Ford utilizou em 2011 no conceito que deu origem ao Fusion/Mondeo da geração atual. Agora, essa designação volta às manchetes internacionais por conta de registros recentes do fabricante americano.


De acordo com o site espanhol Motor.es, a Ford planeja substituir três modelos vigentes por um único, que será um crossover e seu nome poderá ser Evos. O motivo é que a marca registrou essa designação na Europa, além de “Mondeo Evos” na Austrália e Nova Zelândia.

O projeto, de codinome CD542 deve gerar um crossover com porte médio-grande para substituir Mondeo, S-Max e Galaxy na Europa. Contudo, se observarmos os rumores nos EUA de um fim certo para o Edge após 2022, este produto pode assumir sua posição no mercado norte-americano.

Ford Evos ganha força como nome do crossover de Fusion e Mondeo

Outro ponto que corrobora com isso é o fato do veículo estar sendo testado por lá também, usando um Ford Mondeo Wagon como mula, sugerindo que haverá um Mondeo Active, porém, isso se aplicaria mais a uma versão aventureira – devidamente com tração integral, é claro – da perua atual e não um carro novo.

Assim, com o nome Fusion na América do Norte, ele poderia manter o produto nos EUA, México e Canadá, apenas o convertendo em crossover, assim como no caso do Mondeo na Europa e China, onde obviamente será produzido.

Isso também permitia abater as minivans S-Max e Galaxy, porém, a Ford ficaria sem um veículo para sete lugares na Europa. A saída pode ser a importação chinesa do Equator, revelado não oficialmente na China.

Ford Evos ganha força como nome do crossover de Fusion e Mondeo

A princípio, a produção do Mondeo Evos seria feita na Europa, ocupando assim as dependências de Valência, Espanha, de onde saem também Kuga, Transit e a S-Max.

Contudo, falando em custos, fazê-lo no México sairia mais barato e ele não teria problemas em chegar ao mercado europeu. Porém, a mudança impactaria na operação espanhola.

[Fonte: Motor.es/Projeção: Kolesa]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

        Quem somos

        O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

        Notícias por email