*Destaque Ford Mercado Pickups

Ford F-150 tem peças registradas no Brasil – Será que vem?

ford-f-150-2017-v6-ecoboost-1 Ford F-150 tem peças registradas no Brasil - Será que vem?

Diversas peças da picape F-150 foram registradas pela Ford no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial – e publicadas na revista do órgão governamental. O pedido de registro da montadora americana compreende vários itens que fazem parte do veículo, entre eles faróis, grade, lanternas, para-choques, rodas, para-brisa, entre outros.



Consultada pelo site G1, a Ford disse que “não comenta especulações e lançamentos futuros”. A negativa é de praxe na indústria automobilística, afinal, a marca não vai querer adiantar um lançamento dessa envergadura, já que significaria o retorno da empresa para um segmento que ela deixou há poucos anos atrás com a antiga F-250, que era feita em Taboão, São Bernardo do Campo-SP.

De porte superior ao segmento médio de picapes, que medem em torno de 5,3 metros, a Ford F-150 tem mais de 6 metros de comprimento na versão com cabine dupla, estando ainda um pouco abaixo da RAM 2500 vendida aqui pela FCA com preço de R$ 264.900. Esta última, porém, é considerada um caminhão leve por causa de seu peso bruto total e obriga o condutor a ter CNH categoria D.

ford-f-150-2017-v6-ecoboost-1 Ford F-150 tem peças registradas no Brasil - Será que vem?



Isto não acontece com a Ford F-150 e nem com a RAM 1500, que foi mostrada pela FCA no último Salão do Automóvel, chamando muita atenção do público e da imprensa. Nos EUA, a picape com o oval azul vende centenas de milhares de unidades anualmente, o que contribuiu para que a empresa ousasse construir sua carroceria em alumínio, o que obrigou uma mudança até na indústria americana desse metal.

Com tecnologias como chassi de aço de alta resistência, grade ativa e transmissão automática de 10 marchas, a Ford F-150 utiliza motores V6 Cyclone 3.3 e 3.5 aspirados, além do V8 Coyote 5.0, o mesmo usado no Mustang GT vendido por aqui. Além disso, a sensação é o uso do EcoBoost V6 2.7 com 330 cavalos ou 3.5 com 370 cavalos.

ford-f-150-2017-v6-ecoboost-1 Ford F-150 tem peças registradas no Brasil - Será que vem?

Na F-150 Raptor – igualmente mostrada no mesmo evento brasileiro – a potência deste sobe para 450 cavalos. Mas e no Brasil? O mais provável, se vier, é o uso do V6 3.0 Power Stroke, que nada mais é que o PSA Lion usado pela Jaguar Land Rover (AJD-V6), mas com 254 cavalos e 61 kgfm. O bom é que esse V6 diesel já tem assistência no Brasil (JLR, no caso) e o câmbio de dez marchas é o mesmo do Mustang.

A única questão seria o preço. Atualmente a Ranger alcança até R$ 190.990. Se for para concorrer mais adiante com a RAM 1500, se por acaso isso motivar a Fiat Chrysler a importa-la, o preço poderia ficar entre esse patamar da Ranger e a RAM 2500, algo em torno de R$ 230 mil ou pouco acima para uma versão dedicada ao mercado brasileiro, no caso com cabine dupla, tração 4×4 e algum luxo.

[Fonte: G1]

 

 

COMPARTILHAR:
  • octavio cesar godoy

    Sei lá, bonita, linda, mas e o preço?

    • salgado

    • 1 Raul

      Brasil, né?

    • RRodrigo Souza

      uma fala do Vin Diesel no velozes e furiosos no rio de janeiro “ISSO AQUI É O BRASIL” kkk virá acima do preço da ranger top de linha, entrao se a ranger termina em 190 mil , a f150 partirá de 195 mil aproximadamente ou apartir de 200 mil

  • Saintclair Paiva

    Do jeito que o as ruas e estradas brasileiras andam abandonadas creio que o mais viável seria trazer a F-150 e RAM-1500 agora, pois daqui uns 15 anos vão precisar trazer a F-350 e em 2050 só trator vai passar nestas vias.

  • Vitor

    Acho que há espaço no Brasil para a volta das caminhonetes grandes. Só que a F 150 seria muito mais uma caminhonete ostentação.
    Até os anos 90 as D20 e F100 eram de uso misto, mas não faziam feio no trabalho pesado. As de hoje tem potência pra isso, mas sobram mimos, tecnologia e preço pra colocar esses veículos no trabalho, é mais racional comprar uma F 350.
    Falta uma picape grande com verões mais focadas no uso misto e trabalho com valores menos caros.
    RAM e F 250 são pra desfile e caras demais, mesmo pra que tem uma boa condição financeira.

    • Delto Sampaio

      jamais trabalharia com uma ram, manutenção de um carro desses é pesada demais nesse país bananalis

    • Renato Duarte

      a F350 / F4000 estão aí justamente pra serem usadas pra trabalho. Tem a Hyundai HD80 recém lançada também, fora as versões chassi cabine da Renault Master, Fiat Ducato. Mercado e concorrentes pra isso tem ….

  • Nicolas_RS

    Isso sim que é uma picape de verdade!

  • Lucas

    Se vier por menos de R$ 250 mil acredito que venderia bem, até pq com essa grana a galera compra SW4 (??). Espero que realmente venha.

    • André Luis Versiani

      Exatamente, SW4 vende muito por este preço, se vier vai vender bem com certeza, ao menos aqui no Nordeste SUVs e Picapes vendem muitooo, mesmo modelos Land rover e Jaguar passando dos 300K reais se vê a rodo nas ruas aqui em Natal.

      • Maycon Farias

        Estão esquecendo que a SW4 quase não tem concorrentes, já pickup são várias das médias que atendem muito bem. SW4, Corolla e Hilux nem podem ser comparados e relação de vendas, eles navegam sozinhos com uma fidelidade de quase 100%.

      • Lucas

        Pois é, aqui no interior de SP (próximo ao MS) o que mais se vê são Tombilux e a SW4. Mas alguns fazendeiros já importam essas picapes por conta própria, já vi na estrada e em exposições agropecuárias.

    • yurieu

      Assim com uma S10 que tem um design altamente duvidoso, made in Brazil, já chega a 190 mil reais.

      • Lucas

        A S10 e todas as outras picapes estão nessa faixa (bem alta) de preço.

  • Ricardo Alexandre

    Tomara que seja verdade essa notícia, e á Ford traga realmente este outro ícone da industria automobilística mundial para o Brasil, ao lado do outro grande ícone já lançado com muito sucesso aqui o Mustang. À Ford Brasil precisa ser mais ousada no mercado nacional, trazendo seus grandes ícones do mercado mundial para cá. Parece que ela está acordando para á realidade do mercado nacional. Como já disse, tomara que seja verdade.

  • afonso200

    que tragam, pois vai vender bem , cada canto tem um CCS Ford……quero ver essas belezuras andando por aqui, pq nos EUA é em cada esquina

  • Henrique Guedes da Silva

    Isso e pick-up

  • No_Name

    Só para proteger dos chinas não tentarem trazer seus clones pra cá.

  • Vinicius Maciel

    se tivéssemos a ALCA, ja estaria aqui. favor abrir o mercado

    • Emilio

      Na época em que ainda se discutia a ALCA, eu achava que seria uma p*ta ideia desde que os EUA não fizessem embargos a aquilo que nós somos competitivos. Acredito que nos dias de hoje uma ALCA seria ótima para o Brasil, especialmente porque as relações comerciais amadureceram e a imposição não é mais uma alternativa sob pena de quebras nos tratados. Eu acredito numa área de livre comercio com a america do norte, bem negociado que todos ganhem até pq nossos ‘parceiros’ do sul não agregam muito.

      • Renato Duarte

        O México era pior que o Brasil quando se falou na ALCA,, o Brasil não aceitou,, o México ficou com nossa vaga e hoje é o melhor país latino na industria. Lembre-se sempre,, toda cirurgia tem seu risco…

    • yurieu

      Todos os meus professores de história nos bombardeavam de duríssimas críticas contra a Alca(e eu estudava nas melhores escolas). Na minha cabeça de criança, eu imaginava que meus pais iam morar na rua, que o Brasil seria devastado, que não teríamos comida, que a Amazônia ia virar um deserto, etc.

      • Vinicius Maciel

        MENTIRAM PARA VOCE! AO MESMO TEMPO FALARAM QUE SE ALINHAR A CUBA, VENEZUELA, BOLIVIA, EQUADOR SERIA BOM PARA NOS. EM TEMPO, OLHE O CHILE, MEXICO, ENFIM. JA DIRIAM NOSSOS PAIS: ANDE COM QUEM É MELHOR QUE VOCE, MEU FILHO

  • Osmar

    Pela iniciativa, é um grande passo para seu lançamento no Brasil. É um aceno ao mercado, que chegará antes da RAM-1500. Se isto acontecer, levará uma considerável vantagem nas vendas. Quem chegar primeiro vai sair ganhando, e muito!

  • Osmar

    Pela iniciativa, é um grande passo para seu lançamento no Brasil. É um aceno ao mercado, que chegará antes da RAM-1500. Se isto acontecer, levará uma considerável vantagem nas vendas. Quem chegar primeiro vai sair ganhando, e muito!

  • Delto Sampaio

    Que venha, podemos sonhar com uma usada daqui quem sabe uns anos kkkkk

  • J_Eduardo

    Penso que pode ser apenas para evitar que alguma marca chinesa use o visual dela por aqui, nada mais do que isso. Eu não vejo espaço para ela no mercado nacional, at Por que o carro de imagem já chegou e é o mustang.

  • Joaquim Grillo

    Tem gente achando que essa pick up é uma S10 ou uma F-250 da Ford kkkk vcs que não conhecem não tem ideia de como isso é maior que essas pick-ups deveria se chamar cam-up por parecer mais um caminhão

  • Pedro Henrique Trajano

    Meu coração quase parou agora com essa notícia!

  • Diego HONORATO

    Seria legal ter essa categoria de volta. Mas acredito que esses registros sejam apenas para se proteger das milhares de copias xing ling dela que existem na China..Inclusive a Jac se não em engano tem uma,

  • Maycon Farias

    Seria um marco histórico, porem nessa faixa de preço as vendas são pífias e poderá levar anos até nós entusiastas ver uma ao vivo. A própria Ram 2500 só vi uma 3 por um longo longo tempo. Poderiam lançar hoje mesmo, mas é carro de milionário por aqui.

    • Esquilo Tranquilo

      Basicamente hoje qualquer carro lançamento ta virando carro de milionário kk

      • Maycon Farias

        Verdade kkkk

  • yurieu

    Em nome de Jesus Cristo, Abençoa!! Vamos fazer uma corrente(não corrente de whatsappp) e orar para esse milagre acontecer. Talvez Jesus venha dirigindo ela do Céu.

  • Emanuel Schott

    Ou tá pensando em produzi-la aqui ou atualizar a F350 e F4000 com o visual da F150.

  • Osmar Soares de Araujo

    Pela iniciativa, é um grande passo para seu lançamento no Brasil. Também é um aceno ao mercado, que chegará antes da RAM-1500. Se isto acontecer, levará uma considerável vantagem nas vendas. Quem chegar primeiro vai sair ganhando, e muito!

  • Osmar Soares de Araujo

    Pela iniciativa, é um grande passo para seu lançamento no Brasil. Também é um aceno ao mercado, que chegará antes da RAM-1500. Se isto acontecer, levará uma considerável vantagem nas vendas. Quem chegar primeiro vai sair ganhando, e muito!

  • osmarsa

    Pela iniciativa, é um grande passo para seu lançamento no Brasil. Também é um aceno ao mercado, que chegará antes da RAM-1500. Se isto acontecer, levará uma considerável vantagem nas vendas. Quem chegar primeiro vai sair ganhando, e muito!

  • osmarsa

    Pela iniciativa, é um grande passo para seu lançamento no Brasil. Também é um aceno ao mercado que chegará antes da RAM-1500. Se isto acontecer, levará uma considerável vantagem nas vendas. Quem chegar primeiro, seja RAM-1500 ou F-150, vai sair ganhando, e muito!

  • osmarsa

    Pela iniciativa, é um grande passo para seu lançamento no Brasil. Também é um aceno ao mercado que chegará antes da RAM-1500. Se isto acontecer, levará uma considerável vantagem nas vendas. Quem chegar primeiro, seja F-150 ou RAM-1500, vai sair ganhando, e muito!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email