Europa Ford Montadoras/Fábricas

Ford fecha mais uma fábrica na Europa, agora no Reino Unido

Ford fecha mais uma fábrica na Europa, agora no Reino Unido

Bridgend, no Reino Unido, conta com 1.700 funcionários, que deverão dispensados em 2020. Essa é a data de fechamento dessa unidade da Ford inglesa que produz motores da linha GTDI (EcoBoost) para a Jaguar Land Rover e parte da gama da marca.


Com o fim do contrato de fornecimento de propulsores para as duas britânicas controladas pela Tata, a demanda caiu. O anúncio do fechamento rapidamente foi explicado no parlamento como não tendo relação com o Brexit, que é a saída do país da União Europeia, atrasada mais uma vez.

Diante do aumento dos custos de produção com por conta da saída do principal cliente da fábrica, a Ford diz que ficou insustentável a manutenção dessa planta inglesa, que se juntará à francesa que produzia transmissões. A empresa diz lamentar a demissão desses empregados, mas mantém a decisão de manter-se no país mesmo com o Brexit.

Por ora, o futuro da Grã-Bretanha ainda é incerto com o Brexit, visto que o governo adiou mais uma vez a saída do bloco e o temor de sobretaxas alfandegarias no comércio com o continente fez com que várias montadoras anunciassem o fechamento de suas principais plantas,


Isso é tal como ocorreu com a Honda em Swindon, onde 3.500 pessoas trabalham. Ela será fechada em 2021. Em Sunderland, na Nissan, o processo de esvaziamento de investimentos e produção deve levar ao mesmo destino. Outros fabricantes têm destino a produção de novos carros para o continente, como a própria Jaguar Land Rover, que foi até para o Leste Europeu.

A MINI, por exemplo, já tem planos da BMW para ir para a Holanda no caso do Brexit sem acordo com a União Europeia. A PSA, por ora, não vê uma saída do país da mesma forma como antes.

A ideia de manter a Vauxhall com fábrica no país isolado comercialmente é interessante, visto que sem concorrentes, a marca inglesa pode até mesmo crescer internamente. Por aqui, a Ford mantém o cronograma de fechamento de Taboão com duas propostas de compra.

[Fonte: UOL]

 

Ford fecha mais uma fábrica na Europa, agora no Reino Unido
Nota média 4 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • TchauQueridos

    Mais uma fábrica fechada devido ao protecionismo, altos impostos e não podemos esquecer dos sindicatos que vivem fazendo greve!

    • Deealt Noubeza ( ͡° ͜ʖ ͡°)

      O anúncio do fechamento rapidamente foi explicado no parlamento como não tendo relação com o Brexit, que é a saída do país da União Europeia, atrasada mais uma vez.

      Diante do aumento dos custos de produção com por conta da saída do principal cliente da fábrica, a Ford diz que ficou insustentável a manutenção dessa planta inglesa, que se juntará à francesa que produzia transmissões. A empresa diz lamentar a demissão desses empregados, mas mantém a decisão de manter-se no país mesmo com o Brexit.

      Por ora, o futuro da Grã-Bretanha ainda é incerto com o Brexit, visto que o governo adiou mais uma vez a saída do bloco e o temor de sobretaxas alfandegarias no comércio com o continente fez com que várias montadoras anunciassem o fechamento de suas principais plantas,

      Isso é tal como ocorreu com a Honda em Swindon, onde 3.500 pessoas trabalham. Ela será fechada em 2021. Em Sunderland, na Nissan, o processo de esvaziamento de investimentos e produção deve levar ao mesmo destino. Outros fabricantes têm destino a produção de novos carros para o continente, como a própria Jaguar Land Rover, que foi até para o Leste Europeu.

      A MINI, por exemplo, já tem planos da BMW para ir para a Holanda no caso do Brexit sem acordo com a União Europeia. A PSA, por ora, não vê uma saída do país da mesma forma como antes.

      A ideia de manter a Vauxhall com fábrica no país isolado comercialmente é interessante, visto que sem concorrentes, a marca inglesa pode até mesmo crescer internamente. Por aqui, a Ford mantém o cronograma de fechamento de Taboão com duas propostas de compra.

      ora vamos, reclame direito.

      • th!nk.t4nk

        Isso é só metade da história. A Ford não fechou a fábrica diretamente por conta do Brexit, mas indiretamente a saída do UK da Uniao Europeia pesou muito sim, ao tornar muito difícil achar um parceiro pra mantê-la em funcionamento.

        • Luis Burro

          Acho q tlvz ela ñ fosse achar msmo e ñ compensaria mantela do mesmo jeito!

        • David Rodrigues

          Não necessariamente. Se esta planta produzia apenas partes para Tata (Jaguar/Land Rover) é natural ter prazo de validade as operações. Não queira comparar o custo de produção da Tata na Asia com o continente europeu. Alias o mundo automobilístico hoje gira na Asia e isto é irreversível.

      • R. Rover

        Evidentes que os incompetentes e corruptos políticos conservadores não vão admitir que foi por causa do Brexit.

    • Matafuego

      Ué, vai manter a fábrica aberta se não tem ninguém para comprar os motores?

    • Junoba

      Leia a matéria, foi fechada por causa que a JRL não vai mais comprar os motores da Ford.

    • Mr. Pennybags

      Foi feita uma análise de quais fábricas tinham mais “desafios” e as fecharam. Então foi por causa do que vc falou TAMBÉM.

  • Gilberto Mariani

    Operações deficitárias sendo fechadas, normal!

  • Tibúrcio

    Pois é… Bolsonaro tá demais!
    A culpa é do governo dele, não da Ford que tomou decisões ruins!

    • Deealt Noubeza ( ͡° ͜ʖ ͡°)

      a fábrica só foi fechada por que o custo era alto, devido ao cliente principal ter saído do país.

    • Luis Burro

      E ele tá fazendo algo???
      Até agora só vi o decreto do porte de arma e dos pontos passarem pra 40 no código de trânsito…pra mim isto é controle vegetativo de população!

      • vitor henrique

        Ágora faz sentido o seu nome ser luis burro.

        • Luis Burro

          Votou nele né?Pois é mais tá fazendo mais sentido pra ti agora!

  • th!nk.t4nk

    Apesar dessa não ir diretamente pra conta do Brexit, está relacionada sim com a situação de incertezas sobre o Reino Unido. Em outros tempos seria muito mais fácil achar um parceiro pra continuar operando a unidade, mas dessa vez ninguém está com coragem de colocar dinheiro num país que está pra deixar o maior bloco comercial do mundo. Enfim, sinto muito pelos britânicos, que continuam vendo a indústria de seu país debandar por conta de um governo totalmente perdido e um eleitorado manipulado pelo medo.

    • R. Rover

      Se não me engano, a Honda também está saindo do País.
      Evidentemente que se tratam de danos (colaterais ou não) da equivocada política conservadora da Inglaterra.
      E deve vir muito mais por aí.

      • Samuel Jesus de Sousa

        Cara vc é muito chato, só comenta política ao invés de carros. E isso aí não é política liberal… Liberalismo de Chicago e Austríaco não pregam isso… Você tem que saber de um assunto antes de opinar

    • David Rodrigues

      O maior bloco comercial do mundo…. meu amigo desce do carrossel. O mundo hoje gira muito mais no entorno da Asia do que na zona do euro…..

      • th!nk.t4nk

        David e quem falou da zona do Euro? O maior bloco comercial do mundo (zona de tarifa zero) é hoje justamente Japao (Ásia) + UE. Isso é fato. Mesmo a China fica pra trás no volume financeiro.

  • Marcus Vinicius

    A Jaguar /Land Rover devia comprar essa fábrica de motores da ford

    • Junoba

      Mas, por qual motivo, sendo que a JRL não quer mais estes motores ?

    • David Rodrigues

      Fim de ciclo. Isto vai para Asia…. como muitas outras estão fazendo a tempo.

  • Samluzbh

    Uai, lá num tem sindicalista pra fazer baderna contra o fechamento não???

  • Vae Victis

    eliminação do B-Max. Feito.
    eliminação do C-max. Feito.
    eliminação do Ka Plus: em novembro.
    A Ford deixará de existir na Europa.

    • Mais pra frente é capaz de só existir SUV e Picape. Nesse momento, resolvem fazer uma fusão com a FCA.

    • Bruno Briner

      Você se esqueceu do Mondeu.

  • kirig

    Ford se Fordendo

  • Luis Burro

    O q os ingleses tavam com a cabeça qndo votaram pelo brexit?Tomara q a Escócia consiga permanecer e deixe o resto se relando esnobes!

  • Hodney Fortuna

    O caso europeu em geral está é muito preocupante! Nenhuma notícia fala mas, o que tem motivado decisões corporativas é o balançar ideológico e cultural promovido internamente na Europa há mais de dez anos. É o multiculturalismo que está levando um temor sério entre essas empresas.

    • David Rodrigues

      Jogar em forma de bloco esgarçou muito a relação destes países da zona do euro. Eu acredito que o Reino Unido foi o primeiro… teremos mais terremotos nos próximos anos. Nesta zona a única que se beneficia é a Alemanha … as demais não sabem o que é superavit já faz décadas. Posso estar enganado, mas a França não tem um superavit desde 1978… estamos em 2019. rs

      • Hodney Fortuna

        A França é o país mais estagnado economicamente dessa zona.

      • th!nk.t4nk

        O leste europeu foi a regiao que mais se beneficiou com a UE. Veja o crescimento destes países nos últimos 10 anos. Veja a taxa de desemprego na regiao (entre 2 e 5%). Veja a quantidade de fábricas abrindo nestes países. Veja a quantidade de investimentos diretos da UE que eles receberam. Todos estes, mais Holanda e Alemanha, foram os que mais se beneficiaram com a UE. Os que ficaram próximos do zero a zero sao França, Espanha, Itália (sendo que este último é 100% por ter tido péssimos governos na última década). Numericamente a maior parte da Europa se beneficiou e muito com o bloco, essa é a realidade.

  • gtry

    Fordismo, vender carro pior por mais dinheiro…se fodeu

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email