*Destaque Ford Hatches Preços Sedãs

Ford Focus 2018: versão SE ganha motor 2.0 e parte de R$ 83.600

ford-focus-2017-vermelho-toscana Ford Focus 2018: versão SE ganha motor 2.0 e parte de R$ 83.600

O Ford Focus 2018 ganhou a versão SE com motor 2.0, ampliando assim a gama de opções do segundo hatch médio mais vendido do país, que em 2017 vendeu 4.756 unidades, perdendo para o Chevrolet Cruze Sport6, que emplacou 7.328 exemplares. A novidade é que, além do motor maior no SE, também este passa a dispor opcionalmente da multimídia SYNC 3, que tem Android Auto e Apple CarPlay, recebendo agora integração com o Waze.



Fernando Pfeiffer, gerente de Produto da Ford, diz: “Essa nova configuração oferece um custo-benefício mais atraente, com preço de R$ 83.600. Antes, essa motorização era oferecida apenas a partir da SE Plus para o hatchback”. Outra novidade são os espelhos retrovisores com rebatimento elétrico, que passam a ser de série nas versões SE Plus 1.6 e 2.0, além da Titanium 2.0.

No Ford Focus Fastback 2018 (sedã), que em 2017 vendeu 6.163 unidades, a multimídia SYNC 3 passa a ser oferecida em todas as versões, exceto a SE 2.0, onde é opcional. Os acréscimos nos preço são de R$ 1.180 e R$ 1.210, respectivamente hatch e sedã. Apesar de ser uma versão de entrada, a SE oferece um bom pacote de equipado para o Ford Focus 2018.

ford-focus-2017-vermelho-toscana Ford Focus 2018: versão SE ganha motor 2.0 e parte de R$ 83.600

Além do motor 2.0 Duratec Direct Ti-VCT Flex com até 178 cv e transmissão de dupla embreagem e seis velocidades, o Ford Focus SE 2.0 2018 oferece controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, controle de torque vetorial em curvas, controle de estabilidade preventivo, alerta de pressão dos pneus, duplo airbag, Isofix, rodas de liga leve aro 17 polegadas, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor eletrocrômico, faróis de neblina, ar-condicionado, trio elétrico, direção elétrica, chave eletrônica MyKey, alarme, assistente de emergência e o SYNC 3 como opcional.

ford-focus-2017-vermelho-toscana Ford Focus 2018: versão SE ganha motor 2.0 e parte de R$ 83.600

Como um todo, o Ford Focus 2018 pode ter ainda – dependendo da versão – frenagem automática de emergência, estacionamento automático, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré, faróis bi-xênon adaptativos, som premium da Sony, navegador GPS, bancos em couro, tela de multimídia de 8 polegadas, chave com sensor de presença, botão de partida, airbags laterais e de cortina, ar condicionado dual zone, retrovisores com rebatimento elétrico, controle e limitador de velocidade, banco do motorista com ajuste elétrico, teto solar elétrico, entre outros.

Além do motor 2.0 Duratec Direct Ti-VCT Flex, o Ford Focus 2018 ainda mantém nas versões SE e SE Plus o motor Sigma 1.6 Ti-VCT, que entrega até 135 cv, mas sua transmissão é manual de cinco velocidades.

Confira abaixo os preços do Ford Focus 2018:

  • Focus SE 1.6 2018 – R$ 76.100
  • Focus SE Plus 1.6 2018 – R$ 86.900
  • Focus SE 2.0 AT 2018 – R$ 83.600
  • Focus SE 2.0 AT c/ SYNC 3 2018 – R$ 84.780
  • Focus SE Plus 2.0 AT 2018 – R$ 92.100
  • Focus Titanium 2.0 AT 2018 – R$ 103.490
  • Focus Titanium Plus 2.0 AT 2018 – R$ 109.190
  • Focus Fastback SE 2.0 AT 2018 – R$ 84.120
  • Focus Fastback SE 2.0 AT  c/ SYNC 3 2018 – R$ 85.330
  • Focus Fastback Titanium 2.0 AT 2018 – R$ 102.900
  • Focus Fastback Titanium Plus 2.0 AT 2018 – R$ 108.190

COMPARTILHAR:
  • Lucas086

    O que o powershift não faz, a 1.6 é mais cara que o 2.0 powershift.

    • vitimsl

      Pensei o mesmo aqui rsrs. No geral, é um excelente carro, mas não arriscaria um PS. Não duvido que a Ford resolveu o caso, mas o sistema está muito queimado no mercado.

      • Debraido

        O que temos em casa, Fiesta PS, deu for de cabeça no começo. mas foi solucionado. Esse Focus está com o CxB imbatível no segmento.

        • João Martini

          Ainda mais que na vida real te vendem titanium Plus na faixa dos 93-94k. Preço de cruze LT. O carro é show. Eu teria um sem medo de ser feliz.

      • Lucas086

        Também não arrisco não, mas o carro é bom demais, pena o câmbio.

        • CharlesAle

          Compraria sem medo. O sistema DCT é tendência mundial, até Bugatti usa..No Brasil, o sistema teve problemas de adaptação, assim como houve quando chegaram o a injeção eletrônica, o cabeçote 16V. etc. Diria que hoje até há muitas oficinas que fazem reparos sem problema algum..

          • Bons Carros

            Eu adoro o Focus, mas só compraria manual. Eu não compraria um Focus automatizado por causa da desvalorização, que é enorme. Quando um carro pega fama de “mico” no mercado de usados não tem jeito.

      • Rodrigo Sanvido

        Compraria um PS 2018 sem medo… solucionaram os problemas e dão 10 anos de garantía…
        O PS é uma obra de engenharia!!!

        • Bons Carros

          O problema é que esse câmbio é considerado “mico” no mercado de usados. Desvalorização monstruosa.
          Segue reportagem do Jornal do Carro/Estadão de Dezembro sobre o assunto:
          “…Essa caixa de câmbio, que tem um grave problema de fábrica, “queimou o filme” do Fiesta no mercado. O Jornal do Carro já visitou lojas de usados e é consenso: o Fiesta Powershift é um carro muito difícil de revender.”
          “…O Focus, que por muito anos foi o hatch médio mais vendido, também perdeu mercado por causa de problemas com o Powershift. E, quanto aos donos dos três carros com essa transmissão, só resta lamentar na hora da revenda. Porque, no mercado de usados, é quase um consenso: o câmbio Powershift é um dos maiores micos dos últimos tempos…”

          • pedro

            Estadão entende de carro, exatamente igual eu entendo de vinho, ou seja, nada.

            • Bons Carros

              Se entende eu não sei, mas que as revendas rejeitam esse câmbio é um fato. Uma pena.

      • leandro

        No geral a galera aqui tem mania de falar mal sem nunca ter tido um PowerShift, o meu Fiesta Sedan comprei 0km e já tá com 107 mil km sem nenhum reparo no câmbio e funcionando liso igual quando tirei novo… Um câmbio delicioso de dirigir e deixa o carro um espetáculo.. pro preço dele nenhum brasileiro pode comprar um carro mais divertido sem gastar mais, mas é só pra quem gosta de dirigir.. pra quem tem 1.0 e só vem aqui pra escrever bobagem realmente não presta

        • Uislei

          Estou com minha Ecosport 1.6 PS e, passados quase 2 anos, não tive um problema com esse câmbio. Fiz 2 viagens Salvador – Natal, dirigindo por quase 12h e em nenhum momento ele bateu fofo. Tive um Agile com o Easytranco e não suportei 2 anos com ele, de tão ruim que era. Até o meu finado Fluence teve uma ocorrência (parou de funcionar saindo de uma sinaleira em aclive).

          • Robinho

            na minha familia tbm duas Ecos 1.6 PS e ate agora tudo tranquilo.

        • vitimsl

          Eu tive dois Focus, um 1.6 flex mk1,5 e um 2.0 flex mk 2,5, ambos MT, dois excelentes carros. Dirigi um sedan 2014 2.0 PS e achei excelente também. Mas não é preciso ter um modelo para saber alguns pontos críticos. Todos os PS deram problema? Não, mas a incidência de pane neste sistema é muito maior que nos seus concorrentes (falando em transmissão). Tenho um amigo que trabalha em concessionária Ford e ele afirma que a taxa de problema caiu drasticamente com as novas revisões do sistema, mas que, no início, o PS foi uma lástima. “Cá” entre nós, um câmbio não pega uma fama ruim assim atoa… Obs: hoje tenho um novo Ka 1.0. Todas as vezes que fui na concessionária fazer revisão, tinha algum modelo com PS para ser reparado. Triste realidade.

          • leandro

            Vc diz q ele tem maior incidência de pane que a concorrência, então por favor vc poderia me dizer o valor dessa incidência e o da concorrência?
            Além disso na css onde vc faz revisão normalmente fazem um tour detalhando os defeitos de cada carro ali?

            • vitimsl

              Não, não tenho números exatos. Como autoentusiasta, além de trabalhar no ramo automobilístico, conheço muitos mecânicos, donos de auto-peças, e falo muito sobre carros com amigos e familiares. Além disso, existem sites confiáveis na Internet, com opinião de proprietários, que podem nos auxiliar quanto a isso. A própria Ford assumiu que o PS apresentava falhas. Eu nunca ouvi falar de problema em carros praticamente novos da Honda, tanto Fit quanto Civic, por exemplo (falando de câmbio AT). Quanto ao Fiesta, na primeira resposta que recebi no meu primeiro comentário, já temos em exemplo. E sim, normalmente faço um tour nas oficinas que frequento rsrs, apenas por curiosidade mesmo rsrs (autoentusiasta, lembra)… Como eu disse no outro comentário, acredito que a Ford resolveu sim o problema, mas não compraria hoje devido a resistência do mercado – tenho medo de perder mais dinheiro que o normal ao tentar vender um PS. No mais, são carros excelentes, inclusive o seu exemplar mexicano – que o mesmo continue lhe proporcionando alegrias.

              • ViniciusVS

                Justamente, até a Ford assumiu o erro, menos os donos de carros com câmbio PS.

                Parece que a galera tem medo de não conseguir Passar a bomba pra frente, o que é tarde demais pois esse sistema está queimado no mercado e só vai melhorar quando a ford abandonar esse câmbio.

                • leandro

                  Me mostra onde a Ford assumiu o erro?? Onde exatamente tem uma carta dela especificando qual componente do câmbio possui vício de fabricação?

                  Meu carro é tão difícil de passar pra frente que com essa km alta a Ford vai pagar 44500 reais (tabela dele 49 mil) na troca com uma EcoSport… Pode perguntar pra qualquer revenda de auto se New Fiesta fica muito tempo parado no pátio independente do câmbio

                  • ViniciusVS

                    Que legal

                    • leandro

                      Mimimi

              • Rafael Lima

                Eu ja fiz “tour em oficinas” quando deixei o carro pra revisão, perfeitamente normal quando o cliente quer saber o que está acontecendo

            • pedro

              Boa! Tem uma placa dizendo o problema de cada um. kkkk #sqn

          • Gustavo Adriano

            @vitimsl tu poderia me dizer quais eram os respectivos consumos dos Focus que você teve? Já vi vários comentários de gente elogiando, mas também já gente metendo o pau falando que o motor bebe demais, pergunto isso porque sempre quis comprar um Focus, porém sempre tive o pé atrás…

            • vitimsl

              Gustavo, considero o 1.6 rocam flex “beberrão” e o 2.0 Duratec flex equilibrado (sempre com câmbio manual). No meu uso diário, circuito com 70% cidade, ambos faziam entre 9,5 e 10 km/l de gasolina e entre 7 e 7,5 no etanol. Como o desempenho do 2.0 é muito superior, o 1.6 fica com consumo muito elevado neste caso. Tive um Bravo 1.8 também, que fazia em torno de 0,5 km a menos com um litro. Hoje tenho um novo Ka 1.0 e ele faz, nas mesmas condições, entre 15 e 15,5 km/l na gasolina e entre 10,5 e 11 no etanol, guiando como se deve guiar um 1.0. Obs: uso bastante o ar condicionado.

              • MauroRF

                Tive exatamente os carros que você teve (atualmente, tenho o Ka 1.0 do modelo mais recente e uma Eco 2.0 que estou para pegar). O 1.6 flex Rocam (tive um Focus GLX 2008 1.6) eu achava gastão para a cilindrada, mas eu gostava do desempenho dele com álcool (com gasolina ficava fraco). Já o 2.0 (Focus GLX 2012) eu tive quando morei no interior de SP, cidade média, então lá eu fazia, dentro da cidade, 7,5, até 8 km/l com etanol tranquilamente. Atualmente, estou de volta ao ABC (Santo André), e aqui o trânsito é mais carregado. No Ka, tenho feito 11-12 km/l na gasolina, com etanol, fica na casa dos 8 km/l (mínimo) até 10 no máximo. As variações ocorrem devido ao trânsito (mais carregado/mais livre), uso alternado do ar-condicionado (não é sempre que ligo) e ao “pé” (tem hora que piso mais, em outros momentos, conduzo bem de leve). Na estrada, já consegui incríveis 21 km/l no Ka (média de 100-110 km/h, ar desligado, em rodovia de pista dupla) com gasolina e 14,5 com álcool (mesmas condições de rodagem).

                • vitimsl

                  Mauro, o meu 1.6 era um GLX 2009, os chamados “última série”. Pouca gente sabe, mas eles são mais fracos que os 2008 (105/110 CV). Mesmo assim. O desempenho era bom, pecava mesmo no consumo. O problema era o ar condicionado… Tinha a potência de um freezer, gelava muito, mas “capava” bem uns cavalinhos do motor. Um excelente carro, achei mais acertado que o mk2,5. Quem tem um Ghia 2008 manual (147 CV), tem um carraço em mãos.

                  • MauroRF

                    Pois é, eu sabia disso, rs. Na verdade, a potência com gasolina já era 105 cv no que eu tinha, mas com etanol, o meu 2008 tinha 113 cv. Não sei se o torque caiu também no 2009. Quando eu viajava, colocava sempre álcool, pois com gasolina e ar ligado e carregado, na estrada, ficava fraco. E eu lembro que, com gasolina, ele ligava a ventoinha direto.

                • Edson Fernandes

                  Mauro, seu Focus 1.6 tinha a embreagem pesada?

                  • MauroRF

                    Opa, Edson! Não, não era pesada não. Aliás, eu o vendi com 80 mil km com a embreagem normal. Esse Focus 1.6, de todos os carros que tive, é o que mais tenho saudade até hoje. Fui pra cima e pra baixo com ele, eu trabalhava em Sampa e ia de Santo André a Sampa todo dia com ele entre 2008 e 2011, pegava estrada para visitar o sogro no interior, e sempre com muita maciez, conforto e a suspensão irretocável. Não deu nenhum probleminha nesses 70 mil km, nem lâmpada queimada. Lembro de ter pago 47 mil em abril de 2008, era o GLX “completo”, em um pacote que incluía rádio com CD, MP3 e entrada auxiliar, rodas de liga (que eu achava lindas) e airbag duplo (sem ABS). O acabamento não batia nada quando vendi.

              • Gustavo Adriano

                De fato o Duratec parece ser a melhor escolha neste caso. Obrigado pelo seu parecer!

            • Thiago

              Tenho um Focus 2.0 Duratec MT hatch 10/10, o carro com lotação máxima mais as bagagens e o ar-condicionado funcionando consigo 13 km/l na rodovia entre 110-120 km/h, sem passageiros e bagagens dá 14 km/l, tudo na gasolina (moro na fronteira do Brasil com o Paraguay, só ponho gasolina do Py, R$ 2,50 o custo do litro, nos finais de semana sempre tem promoções e cai para 2,30 mais ou menos, depende o humor do dono).

            • pedro

              O consumo está dentro do normal, eu faço entre 9,5 e 10,5 km/l na cidade, dependendo da moderação do pé. Mas ele é bem econômico em rodovias, eu fiz 15 km/l quando fiz uma viagem para São Paulo, com duas pessoas magras dentro, fiquei impressionado. Quatro pessoas e malas já fiz várias viagens para o Paraná e Rio Grande do Sul e fiz em torno de 12,5 km/l. Tenho o 2.0 PS.

        • CharlesAle

          Sem dúvidas. É o melhor sistema para ter trocas automáticas e preservar a potência e consumo do motor.

        • Louis

          “a galera aqui tem mania de falar mal sem nunca ter tido um PowerShift”
          É exatamente para isso que a internet é útil, pesquisar antes de comprar e ver a incidência de reclamações. Se um produto tem alto índice de reclamação, pra quê eu vou pagar pra ver? Eu procuro pesquisar bem antes de comprar um produto, se tiver muita reclamação, eu evito.

          • leandro

            Sim, esse conhecimento que você se embasa se chama Fake News

            • Edson Fernandes

              Aquele que tem relcamação na quatro rodas, aquele que a Ford mandou apagar um topico de forum do Clube com inumeros donos do carro com problema? Esse tbm é tudo fake news?

              • leandro

                Vc tem um PowerShift? Se não a conversa acaba aqui

                • Edson Fernandes

                  Preciso ter um carro para saber dele?

                  Então se vc não optar por um produto mesmo sem conhece-lo, vc simplesmetne não pode citar opiniões?

                  Eu vou continuar citando SIM e sequer preciso de link, porque afinal citei canais importantes onde vc tbm deve ter conhecimento.

                  • leandro

                    Isso tem nome: ignorância

                    • Edson Fernandes

                      Tem sim, pesquisa, analise e escolha. Se isso pode não ser pra ti, para mim serve. Não a toa é como sempre faço as escolhas inclusive conhecendo e rodando com o produto, além de por vezes ter experiencias ao meu redor. Tudo isso conta na hora de adquirir um produto.

                    • Ernesto

                      Edson, sugiro você e a outros monitorarem os comentários do leandro e ver o que ele escreve em outras matérias, sobre carros de outras marcas. Vamos ver se ele opina ou não. Pois pelo que ele falou, só quem tem o carro pode opinar.

                    • leandro

                      Tá aí o desafio, pode procurar! (Só não vale opinião sobre estética e design, pois isso é questão de gosto pessoal)

                    • leandro

                      Deve ser outro petista igual o maluco lá de baixo…
                      Olha a situação: vc vem falar que meu carro não presta e tem defeito, apenas suas convicções estão corretas uma vez que você é um excelente leitor e juiz da internet. Minha experiência de 3,5 anos e 107 mil km rodados não vale nada… Claro que com essa km meu carro já tem algum desgaste na embreagem, afinal ela é um consumível, nunca tive um carro manual que a embreagem durou mais de 140 mil km…
                      Mas pode ir lá, vai sentar no seu tribunal (teclado) e sair dando suas sentenças (baboseiras), enquanto isso eu feliz da vida sem trocar uma única marcha (e vc debreando seu 1.0)

            • Ernesto
              • leandro

                Resumo da notícia pra quem não quer abrir o link:
                “Procon-SP notificou a montadora, que nega necessidade de fazer recall. Fiesta, EcoSport e Focus afetados terão garantia maior”
                Só vi notícia boa pra quem é proprietário

        • silvio silva

          Então tenho que gastar 90 mil p ter o direito de opinar ?

          • leandro

            Sim. Uma opinião sem evidências não passa de um palpite

            • Daniel

              Evidencia é o que não falta em relação aos problemas com PS.

              • leandro

                Me mostre

                • Daniel

                  Google it!!!!
                  Ou, simplesmente vá numa concessionária Ford e visite a oficina. A ultima vez que fui (novembro/17) Tinha 4! PS baixado pra troca prematura de embreagem, tudo em garantia, ou seja, a Ford reconhece que o problema é de fabrica/projeto.
                  Detalhe que só tinha 7 carros na oficina, os outros 3 eram Ford Ka fazendo manutenção de rotina (já que são todos manuais).

                  • leandro

                    Já tá inventando

                    • Daniel

                      Aham… to inventando tudinho… meu objetivo aqui é queimar o PS, eu ganho muito dinheiro com isso!

                      Além disso, comprei varios Ford com PS (atraves de laranjas pelo mundo todo), inseri defeitos neles e abri reclamações no procon. Também subornei o pessoal do procon na investigação e dei um dinheiro pra Ford assumir o defeito, fazer os reparos (dos defeitos que eu causei, lembra?), e ainda hackeei o site do procon pra incluir um arquivo falso em nome da Ford.

                      https://quatrorodas.abril.com.br/noticias/ford-admite-falhas-no-powershift-e-anuncia-reparos-gratuitos/

                      https://quatrorodas.abril.com.br/noticias/procon-de-minas-gerais-vai-investigar-falhas-do-cambio-powershift-da-ford/

                      http://www.procon.sp.gov.br/pdf/resposta_notificacao_ford.pdf

                    • leandro

                      Vc leu o conteúdo dos links? Me mostra um único lugar onde está escrito que o PS possui vício de fabricação e precisa ser reparado

                    • Daniel

                      Pior cego é o que não quer ver!!!
                      Vc leu o documento da Ford? Falha na vedação que permite vazar oleo e estragar os discos de embreagem.
                      Além disso, tem a questão do modulo eletronico, que fez a Ford aumentar a garantia para 10 anos (nesse documento que mandei, foi o da primeira vez, que aumentou pra 5 anos).

                      Vc deve é o unico ser do universo que fica teimando que o PS não dá problema. Isso pq o carro do seu papai não deu problema ainda (ou ainda não perceberam, né?)

                    • leandro

                      Vc parece petista, estou enganado?
                      Olha a situação: vc vem falar que meu carro não presta e tem defeito, apenas suas convicções estão corretas uma vez que você é um excelente leitor e juiz da internet. Minha experiência de 3,5 anos e 107 mil km rodados não vale nada… Claro que com essa km meu carro já tem algum desgaste na embreagem, afinal ela é um consumível, nunca tive um carro manual que a embreagem durou mais de 140 mil km…
                      Mas pode ir lá, vai sentar no seu tribunal (teclado) e sair dando suas sentenças (baboseiras), enquanto isso eu feliz da vida sem trocar uma única marcha (e vc debreando seu 1.0)

                    • Daniel

                      Vc é doente, né? Sei que a crise tá brava… mas, não deixe de tomar seus remedios!

                      Tem um monte de relato aqui de dono de PS com problema, tem registro na internet, reportagem de várias revistas e sites. Tem processos no procon, na justiça.RESPOSTA DA FORD assumindo o problema que causa desgaste prematuro da embreagem! Aumento da garantia (primeiro pra 5 anos, depois pra 10 anos!).
                      Mas, não, quem está certo é vc! A Ford só aumentou a garantia pq ela é boazinha, né?

                      E, sinto informar, tirando o BR800 (que é de coleção), nenhum carro aqui em casa tem embreagem. Até estamos comprando um agora, mas é pra minha irmã que está tirando CNH aprender, depois sabemos que ela vai querer trocar por um automatico tbm. (E, não vai ser PS) talvez um Ford com AT6 mesmo.

                    • leandro

                      Me mostra 1 processo que a Ford perdeu ou 1 carro que não teve conserto

                    • Daniel

                      Faz o seguinte:
                      Me mostre 1 processo que a Ford ganhou e não precisou fazer o reparo!

                      E, vc acabou de assumir que carros tiveram que ser consertados (e só se conserta o que deu problema!)

                    • leandro

                      Agora me mostra uma única marca de automóveis que nunca precisou fazer um reparo em garantia

                    • Felipe Faria

                      Esse leandro deve ter um cargo alto na Ford, só pode…

                    • Daniel

                      Não, a Ford não contrataria alguém tão doente… hehehe

                    • Daniel

                      pq eu tenho que mostrar isso?
                      Eu nunca aleguei isso!
                      Vc é que está alegando que PS não quebra e que quem diz que quebra é mentiroso, petista* e debreador de 1.0!

                      Eu já provei que PS dá problema e que é vicio de fabricação, tanto que a FORD assumiu e a Justiça julgou procedente quem se achou lesado por problemas no cambio.

                      Até agora vc é o único que não provou nada e fica tentando colocar palavra no teclado dos outros.

                    • leandro

                      Provou com várias evidências científicas! Até artigos internacionais

                    • Daniel

                      A unica coisa que vc comprovou é que tem que ser muito doente pra comprar PS!

      • Daniel

        Também não arrisquei… apesar de ser tentador os preços perto da concorrencia.
        O Focus é um carro muito bom e o comportamento do PS (quando funcionando direito) é muito bom tbm.
        Mas, como gato escaldado tem medo de água fria….
        Bom, passei grande dificuldade pra vender meu C4 2.0 AT8 (4 marchas), apesar de eu sofrer com o cambio e a Citroen, mesmo sabendo que trocaram tudo e agora tá tudo novo e funcionando, a desvalorização é brutal e foram 6 meses anunciados pra tentar vender… sendo que a solução foi entregar (por menos ainda) na concessionária para trocar por um carrinho popular pra minha irmã.
        Não queria passar por isso na hora de revender um Focus PS…

    • No_Name

      Tem que comparar o SE 1,6 com o SE 2,0 e o SE Plus 1,6 com o SE Plus 2,0.

      • Lucas086

        São 3 a mais. Se fosse o mesmo preço, até podia dizer que a pessoa ficava em duvida entre equipamentos e câmbio aut mais motor… mas a 1.6, mesmo com equipamentos a mais, custa 3 mil a mais.

        • No_Name

          Onde você tá vendo isso?
          SE 1,6 R$ 76100 — SE 2,0 R$ 83600.
          SE Plus 1,6 R$ 86900 — SE Plus 2,0 R$ 92100.

          • Lucas086

            Eu vi que tem uma versão aut 2.0 mais barata que a versão mais cara com motor 1.6… certeza que se fosse outra situação, isso não aconteceria.

    • pedro

      É mais cara porque é mais equipada, apesar do motor mais fraco. Esse é a lógica.

    • Alexandre Viotto

      Não é mais cara, mas é muito próxima no preço…

    • Brasileiro

      Essa versao 1.6 é Plus, por isso é mais cara que a 2.0 SE

  • No_Name

    A Ford anda fazendo cada trapalhada nessas mudanças de catálogo…
    Há uns 6 meses ou mais já existia a linha 2018 do Focus nas css e me lembro perfeitamente que não tinha o rebatimento dos espelhos, não tinha diferença nenhuma para o 17/17. Agora “lançam” (de novo) com rebatimento, é froids. Fizeram isso com o Ka também, já tinha o 18 disponível há um tempão e depois lançaram outro com alguns equipamentos a mais de série. Lambança isso.

  • Mario

    Um super carro! CxB excelente! Mas fiquei na dúvida! Pagar 71k num pseudo-golf ou 85 no Focus! A dúvida já passou!

    • No_Name

      Não entendi. Por mais novo e “cool” que seja o Polo, o Focus é melhor.

      • MauroRF

        Claro, o Focus é um médio, suspensão multilink, não dá para comparar (sem desmerecer o Polo, claro).

    • Geruzzus Filho

      Eu ficaria com o “Pseudo-Golf”. Acho o Focus belíssimo e teria um fácil, mas o Focus já tem modelo novo lá fora e aqui ainda traz o PS, que mesmo tendo sido resolvido e melhorado, o mercado já disse que não quer mais esse câmbio; e em equipamentos, o Polo traz um excelente pacote já no Comfort com Tech II que fica devendo pouco para o Focus e a High completa menos ainda. Além disso, o Focus mesmo sendo médio, nem tem um espaço interno tão maior que o Polo. A diferença mesmo ficaria com o 2.0 de 178cv, 50cv a mais que o 200TSI, porém, esse TSI faz bonito em qualquer situação.

    • Martini Stripes

      13k faz diferença, IPVA seguro e manutenção de 2 anos.
      E olha que sou Fã de Focus, tive 2 Ghia 2004 e 2009 MT. Acho o carro lindo, só não tenho $

    • Ernesto

      Pra quem tem esse valor extra de 14K, Focus. Mas sinceramente eu não pegaria Focus por causa da má fama do powershift.

  • Fanjos

    PowerShit…. Esquece

    • Luciano RC

      Ta esquecido.

  • Renato Almeida

    E o Powershift não sai. É o que me faz descartar a Ford na busca por um carro com transmissão automática.

    • Miranda

      Vai de Fusion, a opção pra quem prefere esse cambio. Eu tenho o automatizado PS e me atende muito bem, principalmente na economia de combustível.

    • leandro

      E pra quem quer um carro gostoso de dirigir nada melhor que um dupla embreagem

      • Luciano RC

        O problema é ele ser defeituoso. Ou coloca uma caixa banhada a óleo ou coloca o cambio AT6 do Eco.

  • Fabio Marquez

    Sou doido com um desses, mas não tenho interesse mais em carro manual muito menos arriscaria ficar com carro parado por conta do “PowerShit”….

    • spampolha

      Eu já queria um 2.0 manual.

      • No_Name

        Me too. Os argentinos têm, em qualquer versão. E parece vender razoavelmente bem, responde por uns 30% ou mais do mix de vendas.

      • MauroRF

        Imagina um desses manual hoje, 178 cv…

        • Eduardo Sad

          Um motor 2.0 desses, um câmbio manual de 6 marchas e a conhecida Dinâmica do Focus! Era um conjunto pra matar a pau! Entusiasmo puro

          • vitimsl

            Realmente, a versão ideal…

      • Rafael

        Também! Quem gosta de manual está ficando limitado a pouquíssimas escolhas nos segmentos superiores.

  • afonso200

    tanto plus que nem sei mais, kkkkk

  • Wellington Myph13

    Eu enxergo isso como antecipação da Ford frente ao Golf 2018 que deve receber o 1.0 TSI AT6 e deve partir de 86990,00… Cruze precisa se mexer, porque 2018 vai ser um pouco mais complicado…

    Ou pode ser apenas maiores formas de ofertas do Powershift pra acabar logo e colocar o AT6 igual a Ecosport…

    • Ducar Carros

      Creio que essa versão foi para enfrentar o Polo Highline. Entre o Focus 1.6 e o Polo Highline, alguns consumidores poderiam ficar tentados pelo Polo, pela diferença de preço.

      O Golf 1.0 TSI AT6 ainda não tem nem data certa de lançamento.

      • Wellington Myph13

        Deve ter um pouco de cada nessa oferta.
        Chamar clientes do Polo Highline, chamar clientes do Cruze Sport6, chamar clientes do Golf 2018 TSI200 e por fim ajudar a desovar o Powershift.

        Já estamos em 2018 e o Golf não tem modelo 2018 a venda, um modelo fabricado aqui. Pode esperar que até fevereiro deve aparecer. No lançamento do Virtus já deve surgir alguma informação.

    • Daniel

      Com o Cruze 1.4T a 89990 nas promoções (já vi a 87990!) Fica complicado querer o Golf 1.0TSI AT6 pelo mesmo preço (lembrando que o seguro do golf sempre vai sair maior). Se o Polo 1.0TSI AT6 tem o mesmo consumo do Cruze 1.4T AT6, a tendencia é o golf 1.0At6 ser mais beberrão…

      • Wellington Myph13

        Mas a questão não é o motor nem o consumo.
        89.990,00 é real, mas 87.990 era quando ainda tinha 17/17… Depois esse preço sumiu.
        Mas um Golf com preço similar, câmbio AT, já atrai os fãs da marca e equilibra a briga.
        Hatches médios só se mantém de venda de fans de dirigibilidade e marcas…

        • Daniel

          Tem essa questão dos fãs mesmo… mas não acho que seriam suficientes para vendas expressivas…
          Até hoje, só vi 1 Golf 1.0 TSI, e foi antes de lançar, estava fazendo testes na Rodovia dos bandeirantes

          • Wellington Myph13

            A quatro rodas levantou que a venda do 1.0 TSI representa 37% das vendas do Golf, é até considerável por ser manual… Com a versão AT mais barata que as dos concorrentes (afinal oferta é oferta, se o Cruze chega no 89 o Golf chega nos 84) ele certamente melhora as vendas, não pra liderar, mas deve empurrar o Focus pra baixo.

            • Daniel

              37% de meia duzia, né? pq o golf está vendendo qse nada (vi um comentario que em Dezembro, vendeu mais Prius do que Golf – sim, consideram o prius um hatch medio)
              Claro que essas vendas baixissimas são reflexos da versão automatica custar mais de 100mil iniciais. Talvez a versão 1.0 AT roube mais vendas do 1.4 AT e MT do que dos concorrentes… Mas, só lançando pra gente descobrir! :)

          • Leo

            Como se diferencia visualmente o Golf 1.0 do 1.4 – no caso do Comfortline?

            • Daniel

              O 1.4 tem o S e o I do logotipo em vermelho… o 1.0 só tem o I vermelho

  • IPZ.4

    Como gostaria que houvesse a opção de um 2.0 MT. Compraria fácil, passaria por cima desse melodrama a respeito do Powershift e seria bastante feliz.

    Tenho um Hatch médio e pretendo ficar na categoria, onde tenho mais satisfação e diversão ao dirigir. SUVs são lentos, lerdos e pesados, embora confortáveis. Mas conforto eu deixo para o sofá de casa, quero diversão e menos transferência de peso.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      conhece o GM Tracker 1.4 turbo? Não acho nada lerdo

  • Ricardo Blume

    Uma grande pena este segmento dos hatches médios estar definhando como o que aconteceu com as peruas até morrer de vez. Chegará a um ponto que não valerá mais a pena investir nele e sim dar prioridade a outros com os SUVs.

  • Janderson von Neumann

    Cada dia que eu dirijo o Focus ou o Fiesta com esse câmbio mais apaixonado eu fico, não compro outro carro que não tiver câmbio Powershift, ou compro carro manual ou DCT, outro câmbio não obrigado.

  • Felipe Junqueira Netto Branco

    Tive uma Eco PS 2.0 que nunca apresentou problemas,mas que próxima dos 3 anos e 50 mil km começou a ficar estranho o câmbio,como se a embreagem patinasse nas saidas em baixo giro. Ela era 2.013,época dos câmbios problemáticos. Troquei no Fiesta Ecoboost,que é delicioso de andar,e o câmbio parece outro,perfeito.

  • Natán Barreto

    Aqui no Rio eu vejo Focus com uma certa frequência. O Cruze Sport6 até hoje não vi um da atual geração

  • Marcus Vinicius

    Nova geração do fiesta não chegou por causa dele

  • Marcelo Henrique

    Vende o 2.0 manual argentino que deve vender mais que o PowerShift.

  • Cristian Dorneles

    A Ford solucionou o problema do Power Shift.

    De maneira brilhante.

    O chama agora de “dupla embreagem”.

    Trabalho brilhante.

    • Lucas086

      Isso mermo kkkkkkk

  • Afonso

    Tive bastante sorte com o meu titanium plus 2017, depois,de,ficar 100 dias na concessionárias para arrumar a powerbomba, ele foi roubado, tomei uma garrafa e REd para comemorar ford nem grátis.

  • Afonso

    Tive bastante sorte com o meu titanium plus 2017, depois,de,ficar 100 dias na concessionárias para arrumar a powerbomba, ele foi roubado, tomei uma garrafa e REd para comemorar ford nem grátis.

  • Silvio

    Ótimo, Ford!
    Aproveite o embalo e lance a SE 2.0 com câmbio manual, tira 4 mil do preço do AT, e vamos ser felizes!

  • NYC_Man

    Eu tenho muita vontade de ir na concessionária aqui perto de casa e comprar o Fastback que fica anunciado na porta.
    Tem um excelente custo benefício.
    Tenho um amigo próximo que comprou e não gostou.
    Por 2 vezes o carro deixou na mão, precisou ser guinchado.
    Deve ter sido azar.
    Mas sei lá.

    • Cosi fan Tutti

      Cambio powershit

  • Isaac Ferreira Santo

    11 versões. Isso que mata.

  • Luciano RC

    Quando a Ford colocar um AT6 de verdade, eu pego um Titanium Plus.

  • Hoffmann

    Com o PowerShit se estivesse de graça ainda estaria caro!

  • Daniel

    Sim… essa “sensação de carro médio” é realmente algo dificil de relatar com palavras ou numeros. Só dirigindo mesmo!
    Eu gostei bastante do Polo… como compacto!
    Por mais equipado que seja, não troco meu Cruze por ele. Até consideraria, se fosse BEEEEM mais economico, mas, não é o caso. O Polo 1.0 TSI AT6 tem feito as mesmas médias que consigo no meu Cruze 1.4T AT6… Num carro mais potente, confortavel e equipado.

    • Ernesto

      Trocar um Cruze pelo Polo só se você estiver precisando de dinheiro, não é? Afinal, a diferença de preço é bem razoável.

      • Daniel

        Na verdade, é que agora vou passar a rodar uns 4mil km/mes para ir para o trabalho (transferi o trabalho pra Sampa, mas estou morando na minha casa no interior), dai imaginei que um 1.0TSI supereconomico poderia ser interessante. (perderia em conforto e desempenho, mas custaria beeeeem menos). Como o consumo é praticamente identico ao de um carro mais potente e pesado, fico com o meu maior conforto mesmo.
        Claro que (principalmente na hora de pagar o IPVA! :( ) o polo teria um custo operacional mais baixo… Mas, por enquanto, essa diferença não compensa o conforto perdido.
        Que venham Bolt, Leaf, e-Golf e cia para me deixar feliz! :)

  • Raphael Pereira

    Por mais que seja mais equipado, 70 mil num Argo é insano ao lado desse Focus SE de 70, o mesmo vale pro Polo.

    • Ernesto

      O Focus SE de R$76.100,00 tem câmbio manual.

      • Raphael Pereira

        Sei bem, mas nao deixa de ser opçao interessante, um medio na faixa dos compactos, mesmo que mais equipados. Eu compraria, nao faria tanta questão de cambio AT.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email