EUA Ford Segurança Tecnologia

Ford investe em crash-test com balões!

ford-investe-em-crash-test-com-baloes-1 Ford investe em crash-test com balões!







A Ford quer mesmo reduzir seus custos de produção e desenvolvimento de novos modelos e sistemas. Para isso, a marca lançou mão de uma série de testes de ruido elétrico e testes de impacto de veículos contra veículos ou contra obstáculos.

Os testes que antes custavam várias unidades de alguns modelos da marca americana, agora poderão realizar alguns destes testes sem nenhum prejuízo para a montadora. A Ford está investindo US$10.000 em balões com sensores de medição.

ford-investe-em-crash-test-com-baloes-2 Ford investe em crash-test com balões!

Estes balões tem o formato de um carro, inclusive com desenho da grade e faróis, para serem colididos com os carros de verdade.

Isto seria cômico se não fosse trágico, visto que agora serão balões que medirão os efeitos de impactos e outras medidas para se evitar e minimizar os efeitos de uma batida.

Sensores que medirão a distância entre o carro e outro objeto, radares de navegação, capacidade de frenagem, entre outros parâmetros, serão analisados pelos balões eletrônicos da Ford.

ford-investe-em-crash-test-com-baloes-3 Ford investe em crash-test com balões!

Isto lhe passou uma certa insegurança? Não se preocupe, pois lá nos EUA a Ford não iria se dar ao luxo de reduzir os custos para ter modelos menos seguros e assim faturar em cima dos consumidores americanos, como acontece em outros mercados que conhecemos muito bem.

Fonte: Ford.



  • Luis.J.R.

    E nem se fala nisso!He brasil.

  • Luis

    Não sei não hoje em dia fazem de tudo pra diminuir os custos de produção!

  • kaique

    Teste com bexiga poodi!

  • DBS

    Seja educado nos seus comentarios.

    É a FORD usando a tecnologia para não precisar do dinheiro do contribuinte para tapar os seus buracos. Uma hora dessas algum executivo chefe da GM ou Chrysler deve estar com muita vergonha! ou não…

  • kaique

    No brasil vão usar pastel de vento

  • lacerdanetto

    É uma brincadeira interessante.

  • wotan

    Simplesmente Ridículo, isso só pode ser uma pegadinha.

  • wotan

    To brincando não é pegadinha não… Acho que se deve fazer na Europa também…

  • tscarani

    Incrível como é só aparecer uma tecnologia nova que tem brasileiro idiota atrasado criticando…

  • Zamboni

    Muito boa a do pastel de vento !! hahahahaha Aqui no Brasil vão encher um balão de água, assim quando ele estourar já fazem o teste de entrada de água no interior do véiculo…hahahaha

  • Cdjian

    Bem bolado na minha opinião, assim eles podem investir mais nos sensores e esse pegam informações mais fieis.

  • wotan

    se um dia eu for atropelado espero que seja por um carro-bexiga como este.

  • Ferdinand

    Seja educado nos seus comentarios.
    Bom pelo menos lá fazem algum tipo de teste….
    Já aqui $#@#¨#$$¨#$@

  • JohnnyHGT

    [Comentario #141565 sera citado aqui]

    Voce não tem bom senso para perceber que seria impossivel um crash-teste com balão se aproximar da realidade de uma colisão com veiculos verdadeiros e determinar todas as variaveis envolvidas no acidente, de paineis que se soltão em direção a cabeça do motorista até bancos que se partem com a força inercial do impacto, tal como a dinamica dos motores que podem invadir espaço dos passageiros.

  • dafo

    Demorou para encontrarem um forma de acabar com a destruição de tantos carros. É a tecnologia sendo utilizada em prol da segurança e do meio ambiente.
    PARABÉNS FORD!!

  • Fernando

    Ninguém aqui comparou a eficiência dessa tecnologia com a dos crash-tests, logo não podem dizer que não presta…

    Pelo o que eu vejo, esse carro é um Lincoln e dou minha cara a tapa que eles não vão deixar um modelo desses entrar num mercado em que segurança em automóveis é LEI de forma abrasileirada…

  • Diguinho

    Aqui no Br vão colocar sacolas! kkkk

  • Diguinho

    Enquanto isso no BR: ford investe em crash-test com sacolas!kkkkkkkkkkk

  • Diguinho

    Seja educado nos seus comentarios. Enquanto isso no BR: ford investe em crash-test com sacolas!kkkkkkkkk

  • Diguinho

    Enquato isso no Brasil:ford investe em crash-test com sacolas!kkkkkkk

  • rivo

    Se fosse uma fabricante chinesa ou coreana fazendo isto, lá se vinham as piadinhas dos sábios, mas como é a Ford é sinonimo de tecnologia…

    Pode até sair algo de bom daí, mas se for trocar os testes convencionais só por este é de lascar.

  • João andré

    Seja educado nos seus comentarios.
    é logico que isso é seguro, ninguem é louco de colocar a reputação de um empresa de cerca de 100 anos, por uma questão de economia barata, enquanto a ford se moderniza e procura outra formas de se manter no mercado, vide boa aceitação de modelos europeus que ela esta levando para os EUA, a crysler fica lançando um v8 atraz do outro, e a gm esta a beira de quebrar, a ford ta se desenhando para depois de 50 anos voltar a ser lider no mercado americado, e isso não vai acontecer em 1 ano, mais talves daqui a 10, pois é a unica do trio de aço que não precisou de empretismo do governo, tem produtos de grande aceitação no mercado europeo, como o focus e o fiesta verve, e busca novas tecnologias, apara reduzir custo,

    Mas USA não é o brasil, la segurança é só o procipal fator ou seja, ninguem vai brincar com isso, e o carro da foto é um licoln, ou seja o que a de mais sofisticado na ford, carros que competem diretamente com a cadillac, eles não jogariam um marca dessas no lixo por 10 mil dollares, ninguem é idiota a tal ponto

  • tscarani

    [Comentario #141682 sera citado aqui]

    Você é engenheiro? Sabe a tecnologia dos balões? Ah, não, né. Então vai se informar antes de vomitar desinformação.

  • JohnnyHGT

    [Comentario #141890 sera citado aqui]

    Não precisa xorar não, contra fatos não existem argumentos, e não precisa de ser nenhum engenheiro ou gênio para perceber isso…

  • Alex

    Bom, como só tem engenheiro cabuloso e bem informado aqui, quem sou eu pra dar opinião?

  • Mauricio

    Comentario #141682 sera citado aqui]

    Caro colega, se vc ler atentamente o texto vai perceber que os “carros-bexiga” serão utilizados apenas para medir a força de impacto, poder de frenagem, medição de distância de um objeto, etc. Antigamente isso era feito com carros reais, o que causava um prejuízo sem necessidade. Esses testes com “carros-bexiga” não serão feitos para garantir a integridade dos ocupantes.

    Já os crash-tests (que visam segurança dos ocupantes, testando airbags e deformação da carroceria) continuarão existindo com carros reais, pois para esses não tem como realmente simular uma colisão que não seja contra um objeto sólido e maciço.

    Procure se informar antes de criticar, ok?

  • Mauricio

    [Comentario #141682 sera citado aqui]

    Caro colega, se vc ler atentamente o texto vai perceber que os “carros-bexiga” serão utilizados apenas para medir a força de impacto, poder de frenagem, medição de distância de um objeto, etc. Antigamente isso era feito com carros reais, o que causava um prejuízo sem necessidade. Esses testes com “carros-bexiga” não serão feitos para garantir a integridade dos ocupantes.

    Já os crash-tests (que visam segurança dos ocupantes, testando airbags e deformação da carroceria) continuarão existindo com carros reais, pois para esses não tem como realmente simular uma colisão que não seja contra um objeto sólido e maciço.

    Procure se informar antes de criticar, ok?


Send this to a friend