Ford Ka 2013: versões, equipamentos, preços, consumo, manutenção

Ford Ka 2013: versões, equipamentos, preços, consumo, manutenção

O Ford Ka 2013 é uma das opções de carros compactos no mercado de usados para quem busca por um veículo de dimensões compactas e manutenção barata. Concorrente de populares como Fiat Uno Mille, Renault Clio, Chevrolet Celta e Gol G4, ele está disponível entre os usados a preços acessíveis.


A linha 2013 do Ford Ka foi anunciada pela marca em 2012 e trouxe apenas algumas mudanças pontuais. Este modelo já conta com o visual atualizado da segunda geração e oferece também a opção da versão Ka Sport, que cativa pelo visual mais agressivo e o motor 1.6 flex.

Além disso, o Ka 2013 foi a última linha da segunda geração antes da chegada do novo Ford Ka de terceira geração — que é vendido atualmente.

Abaixo, você pode conferir tudo sobre o Ka 2013:

Ford Ka 2013 – novidades

Anunciado em maio de 2012, o Ford Ka 2013 chegou às concessionárias sem grandes novidades. Como o carro já havia passado por bons retoques no visual, no acabamento interno, na lista de equipamentos e na gama de versões, a linha 2013 não teve mudanças significativas.

A única novidade foi a redução de preço, influenciada pela redução do IPI. Naquele mesmo mês, o governo cortou o IPI dos carros nacionais com motor 1.0, caindo de 7% para zero. Para tal, as montadoras tiveram que se comprometer a não demitir funcionários e dar descontos no preço de tabela dos carros.

Com tal medida, o Ka 2013 passou a ter preço inicial de R$ 21.240, se posicionando então como o carro mais barato do Brasil naquela época.

Tal preço correspondia à versão mais básica do popular, equipada apenas com o básico, como painel de instrumentos com conta-giros, faróis com máscara negra, lanternas traseiras com lentes translúcidas, rodas de aço de 13 polegadas com calotas, alerta de manutenção programada, entre outros.

Quando equipado com opcionais, o que inclui ar condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, rodas de liga-leve e sistema de som My Connection com entrada USB e conexão Bluetooth para celulares, seu preço subia para R$ 27.650.

Na outra ponta da gama, havia o Ford Ka Sport com motor 1.6 8V Rocam, com preços a partir de R$ 33.450. Este modelo se diferenciava por recursos como direção hidráulica, ar condicionado, vidros e travas elétricas de série, além de itens estéticos como spoilers, saias laterais, aerofólio traseiro e adesivos exclusivos.

Ford Ka 2013: versões, equipamentos, preços, consumo, manutenção

Ford Ka 2013 – detalhes

Em julho de 2011, a segunda geração do Ford Ka recebeu suas primeiras mudanças significativas. Para se enquadrar no padrão Kinetic de linguagem visual da marca no Brasil e no restante do mundo, o carro adotou alterações no visual, melhorias no acabamento interno e novos equipamentos.

A dianteira adotou um para-choque totalmente novo, marcado por uma grade trapezoidal no centro e um detalhe vazado com o logotipo da Ford no topo. Os faróis receberam máscara negra, ao passo que os faróis de neblina adotaram uma nova moldura na cor preta.

Ele passou a contar também com retrovisores com repetidores de seta nas versões mais caras, além de novas rodas de liga-leve de 14 polegadas como opcional.

Na traseira, ele trouxe lanternas com novas lentes translúcidas escurecidas, aplique preto com refletores na base do para-choque e uma nova régua (mais larga) na tampa do porta-malas.

Por dentro, as mudanças ficaram por conta dos novos tecidos nos bancos e portas, painel de instrumentos com novo grafismo e acabamento prateado nas saídas de ar, manopla do câmbio e maçanetas.

O grande destaque, porém, ficou com a nova versão Sport, com visual esportivo e motor 1.6. Ele era equipado de fábrica com volante esportivo, bancos tipo “concha” inspirados nos do Mustang, rádio My Connection de série, rodas de liga-leve exclusivas de 15 polegadas, aerofólio, spoilers, saias laterais e faixas esportivas na carroceria.

Na mecânica, adotou mudanças na suspensão traseira, com borrachas no batente superior, para diminuir o ruído de rolagem.

Por conta dessas mudanças do Ka 2012, o então novo Ford Ka 2013 não trouxe qualquer outra mudança a não ser a redução de preço, influenciada pelo IPI – conforme comentamos no tópico acima.

O Ford Ka atendia e ainda atende bem quem busca por um automóvel prático para o uso dentro da cidade. Ele só desagrada por contar com configurações com apenas duas portas, o que era motivo suficiente para vários consumidores desconsidera-lo numa compra – partindo para modelos como Uno Mille, Clio, Celta e Gol G4.

Ford Ka 2013: versões, equipamentos, preços, consumo, manutenção

Ford Ka 2013 – versões

A Ford comercializou o Ka 1.0 em quatro configurações diferentes. Ele podia ser encontrado nas variantes Ka, Ka Fly, Ka Pulse e Ka Sport, sendo as três primeiras com motor 1.0 flex e a última com o 1.6 flex, a única da gama com esta motorização.

Abaixo você pode conferir todas as versões do Ka 2013:

  • Ford Ka 1.0
  • Ford Ka Fly 1.0
  • Ford Ka Pulse 1.0
  • Ford Ka Sport 1.6

Ford Ka 2013 – equipamentos

Ford Ka 1.0

Equipado de série apenas com faróis com máscara negra, lanternas traseiras escurecidas, painel de instrumentos com conta-giros, relógio digital integrado ao hodômetro, para-sois com espelho para motorista e passageiro, para-choques com pintura na cor da carroceria, alarme de manutenção programada por tempo ou quilometragem, chave única para ignição e abastecimento, console central com porta-objetos, apoios de cabeça dianteiros e traseiros com ajuste de altura, banco traseiro com encosto rebatível e desligamento automático dos faróis e luzes junto com a ignição.

Como opcional, podia receber itens como alarme antifurto, ar condicionado, vidros elétricos e travas elétricas das portas e tampa do porta-malas.

Ford Ka Fly 1.0

Recebe recursos como vidros elétricos, travas elétricas, aquecedor e vidro traseiro com limpador e desembaçador.

Como opcional, podia receber direção hidráulica.

Ford Ka Pulse 1.0

Oferece de fábrica o kit Class, composto por ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos e travas elétricas.

Como opcional, podia receber rodas de liga-leve de 14 polegadas, sistema de som MyConnection e airbag duplo frontal para motorista e passageiro.

Ford Ka Sport 1.6

Versão mais completa da linha, conta com os itens do Ka Pulse, mais sistema de som MyConnection, faixas decorativas no capô, no teto e na tampa do porta-malas, faixas laterais com a nomenclatura Sport, spoiler dianteiro, saias laterais, aerofólio, rodas de liga-leve de 15 polegadas com desenho exclusivo, pintura na cor London Gray e pneus 195/55 R15, entre outros.

Tinha como opcional somente o airbag duplo frontal para motorista e passageiro.

Ford Ka 2013: versões, equipamentos, preços, consumo, manutenção

Ford Ka 2013 – preços

O Ka ano/modelo 2013 pode ser uma boa compra no mercado de usados, sobretudo por conta do seu preço relativamente acessível. Com menos de R$ 20 mil, dá para estacionar um exemplar do popular na Ford na sua garagem.

Conforme os preços divulgados pela Tabela Fipe em outubro de 2020, os valores atuais do Ka 2013 entre os usados são os seguintes:

  • Ford Ka 1.0 2013: R$ 18.800
  • Ford Ka Sport 1.6 2013: R$ 23.950

Como dá para reparar, há uma diferença de preço considerável entre as configurações do Ka. Porém, vale ressaltar que a Tabela Fipe considera todas as versões do Ford Ka 1.0 (de entrada, Fly e Pulse) no preço médio, enquanto o Sport 1.6 é um modelo único, já com todos os equipamentos (com exceção do airbag) e o motor 1.6.

Para efeito de comparação, por R$ 24,8 mil (em média) você pode encontrar exemplares do Ford Fiesta Hatch 1.6, irmão maior do Ka, que ganha em espaço interno, refinamento e equipamentos (ele pode contar com freios ABS, por exemplo).

Por outro lado, o Fiesta tem desvantagem frente ao Ka pelo comportamento dinâmico e desempenho, que são melhores no popular da Ford.

Ford Ka 2013 – cores

O Ford Ka 2013 pode ser encontrado no mercado de usados nas seguintes cores da carroceria:

  • Azul Noronha
  • Branco Ártico
  • Laranja Ibiza (exclusiva do Ka Sport)
  • Prata Geada
  • Preto Ebony
  • Vermelho Bari

Ford Ka 2013: versões, equipamentos, preços, consumo, manutenção

Ford Ka 2013 – motores

O Ka 2013 é equipado com os motores da família Zetec Rocam, encontrado também em outros modelos da Ford, como o Fiesta Rocam e Courier. Há o 1.0 Zetec Rocam flex e o 1.6 Zetec Rocam flex, ambos com quatro cilindros e oito válvulas, além de comando simples de válvulas no cabeçote, balancins roletados, injeção multiponto e acelerador eletrônico.

No caso do Ka 1.0, são 69 cavalos de potência com gasolina e 73 cavalos de potência com etanol, a 6.000 giros. Isso rende uma relação peso-potência de 13,7 kg/cv com gasolina e 12,9 kg/cv com etanol. Já o torque é de 9 kgfm com gasolina, a 4.750 rpm, e 9,4 kgfm com etanol, a 5.000 rpm.

Ele está acoplado a uma transmissão manual de cinco velocidades.

Na configuração topo de linha Ford Ka Sport, há o motor 1.6 Zetec Rocam. Este modelo é capaz de desenvolver 102 cavalos de potência com gasolina e 107 cavalos com etanol, a 5.500 rpm, resultando numa relação peso-potência de 9,5 kg/cv com gasolina e 9 kg/cv com etanol.

Seu torque é de 14,5 kgfm com gasolina e 15,3 kgfm com etanol, a 5.500 rpm.

O Ka 1.6 também utiliza um câmbio manual de cinco marchas.

Ford Ka 2013 – consumo

De acordo com os números divulgados pelo Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), os números de consumo de combustível do Ka 1.0 e do Ka 1.6 são os seguintes:

Ford Ka 1.0

Etanol

  • Consumo de 8,1 km/l na cidade;
  • Consumo de 9,2 km/l na estrada.

Gasolina

  • Consumo de 11,6 km/l na cidade;
  • Consumo de 13,5 km/l na estrada.

Ford Ka 1.6

Etanol

  • Consumo de 7,8 km/l na cidade;
  • Consumo de 9,8 km/l na estrada.

Gasolina

  • Consumo de 10,1 km/l na cidade;
  • Consumo de 13,8 km/l na estrada.

Ford Ka 2013: versões, equipamentos, preços, consumo, manutenção

Ford Ka 2013 – desempenho

Abaixo, você pode conferir os números de desempenho do Ford Ka 2013 com motor 1.0 flex e 1.6 flex com etanol, conforme os dados de fábrica divulgados pela Ford:

Ford Ka 1.0

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 14,8 segundos;
  • Velocidade máxima de 162 km/h.

Ford Ka 1.6

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 11,2 segundos;
  • Velocidade máxima de 181 km/h.

Ford Ka 2013 – manutenção e revisões

Como manda o padrão do segmento de carros populares no Brasil, o Ford Ka 2009 tem manutenção barata e descomplicada. Isso é reforçado pelo fato de que ele compartilha os motores Zetec Rocam com outros carros da marca no País, como o Fiesta Rocam e também a picapinha Courier – que assim como o Ka, foram extintos das concessionárias.

Os motores do carro têm peças de reposição no mercado a preços um tanto quanto acessíveis e também com boa disponibilidade. Todas as boas oficinas no território nacional conseguem realizar a manutenção adequada, desde a periódica até uma mais complicada em caso de problemas mais sérios.

Entretanto, é preciso ficar em alerta quanto à válvula termostática dos motores do Ford Ka. Como é comum entre os Zetec Rocam, a válvula termostática original ou paralelas feitas de plástico podem apresentar defeito, provocando vazamento de água na região da peça no propulsor do hatch popular.

A peça com defeito pode gerar superaquecimento do motor. Caso o motorista não observe o aumento da temperatura do conjunto no painel de instrumentos e pare o carro de imediato, além de não solucionar o problema no período adequado, o motor pode até fundir.

Verifique se o exemplar do Ford Ka 2013 usado que você está analisando para adquirir já teve esse problema e está utilizando uma nova carcaça de válvula termostática, de preferência em alumínio, que costuma ser mais resistente e pode eliminar dores de cabeça relacionadas a isso.

Ford Ka 2013: versões, equipamentos, preços, consumo, manutenção

Ford Ka 2013 – ficha técnica

Motor

1.0 8V Zetec Rocam

1.6 8V Zetec Rocam

Tipo

Dianteiro, transversal, gasolina e etanol

Dianteiro, transversal, gasolina e etanol

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

999

1.598

Válvulas

8

8

Taxa de compressão

12,8:1

12,3:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Multiponto

Potência Máxima

69 cv com gasolina e 73 cv com etanol, a 6.000 rpm

102 cv com gasolina e 107 cv com etanol, a 5.500 rpm

Torque Máximo

9 kgfm com gasolina, a 4.750 rpm, e 9,4 kgfm com etanol, a 5.000 rpm

14,5 kgfm com gasolina e 15,3 kgfm com etanol, a 4.250 rpm

Transmissão

Tipo

Manual de 5 marchas

Manual de 5 marchas

Freios

Tipo

Disco sólido (dianteira) e tambor (traseira)

Disco sólido (dianteira) e tambor (traseira)

Direção

Tipo

Não-assistida / hidráulica

Não-assistida / hidráulica

Suspensão

Dianteira

Tipo McPherson, com molas helicoidais

Tipo McPherson, com molas helicoidais

Traseira

Tipo Twist-Beam, semi-independente auto-estabilizante

Tipo Twist-Beam, semi-independente auto-estabilizante

Rodas e Pneus

Rodas

Aço de 13 polegadas ou aço de 14 polegadas

Aço de 14 polegadas

Pneus

165/70 R13 ou 175/65 R14

175/65 R14

Dimensões

Comprimento total (mm)

3.836

3.836

Largura sem retrovisores (mm)

1.643

1.643

Altura (mm)

1.440

1.440

Distância entre os eixos (mm)

2.452

2.452

Capacidades

Porta-malas (litros)

263

263

Tanque (litros)

45

45

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

467

455

Peso em ordem de marcha (kg)

936

968

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

ND

ND

Ford Ka 2013 – fotos

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.