*Destaque Europa Ford Hatches

Ford Ka+ 2018 na Europa adianta facelift global e ganha aventureiro Active

ford-ka-2018-europa-6 Ford Ka+ 2018 na Europa adianta facelift global e ganha aventureiro Active

Feito em Sanand, Gujarat, na Índia, o Ford Ka+ 2018 se adianta em relação aos equivalentes brasileiro e de seu país de origem no que diz respeito ao novo design de meia vida proposto pelo fabricante americano. Aqui e na Índia, o compacto da Ford apareceu apenas em versão aventureira, a FreeStyle. Porém, no mercado europeu, toda a gama do produto foi atualizada.



O Ford Ka+ 2018 chama atenção pelo uso de assinatura em LED nos faróis, bem como grade hexagonal com elementos estéticos diferentes em cada versão, além do para-choque já visto com molduras laterais envolventes e faróis de neblina, podendo ou não ter frisos cromados. Na traseira, o para-choque tem molduras laterais unidas por um friso plástico, mas com desenho mais simples que nos FreeStyle e Active, este último é a mesma versão vendida na Europa. As rodas de liga leve são novas e de aro 15 polegadas.

ford-ka-2018-europa-6 Ford Ka+ 2018 na Europa adianta facelift global e ganha aventureiro Active

Falando nesta versão aventureira, que tal como aqui, brigará com o conterrâneo Dacia/Renault Sandero Stepway, o Ford Ka+ Active 2018 reproduz exatamente o mesmo visual das versões indiana e brasileira. Para-choques com molduras pretas (traseiro exclusivo), faróis com máscara negra, protetores centrais em cinza, rodas de liga leve exclusivas, barras longitudinais no teto, molduras nas saias de rodas e base das portas, entre outros, surgem como um diferencial estético importante. A pintura especial é chamada Canyon Ridge e a suspensão foi elevada em 18 mm, mais que os 15 mm aqui.



ford-ka-2018-europa-6 Ford Ka+ 2018 na Europa adianta facelift global e ganha aventureiro Active

Por dentro, o Ford Ka+ 2018 agrega mudanças no painel, que agora passa a dispor de multimídia SYNC 3 em uma tela de 6,5 polegadas. Esta vem com Android Auto, Car Play, AppLink, Assistente de Emergência, câmera de ré e navegador GPS integrado. O hatch ganhou também sensores de chuva e crepuscular, bem como ar-condicionado automático, entrada e partida sem chave, para-brisa aquecido QuickClear, mas opcionalmente o MyKey. As versões Active e Ultimate tem outras opções de personalização do interior. O painel de instrumentos agora tem fundo texturizado.

ford-ka-2018-europa-6 Ford Ka+ 2018 na Europa adianta facelift global e ganha aventureiro Active

Na mecânica, o Ford Ka+ 2018 adiciona o novo motor 1.2 Ti-VCT de três cilindros, que faz parte da família Dragon e poderá ser oferecido por aqui também. A Ford revelou que este terá de 70 cv a 85 cv, mas na Índia ele entrega cerca de 97 cv e 12,2 kgfm. A empresa apenas se limitou a dizer que o tricilíndrico oferece 10% a mais de torque entre 1.000 e 3.000 rpm em comparação com o antigo motor a gasolina. A Ford também diz que ele tem consumo acima de 20 km/l.

ford-ka-2018-europa-6 Ford Ka+ 2018 na Europa adianta facelift global e ganha aventureiro Active

Com diesel, o Ford Ka+ 2018 recebe um novo motor Duratorq 1.5 TDCi de 95 cv e quase 22 kgfm entre 1.750 e 2.500 rpm. O consumo médio prometido é de 27 km/l e a emissão de CO2 fica em 99 g/km. Um novo câmbio manual da Getrag e com cinco marchas deve reduzir a fricção durante o funcionamento, gerando mais conforto e economia. Por ora, não haverá opção automática no mercado europeu.

Ford Ka+ 2018 – Galeria de fotos

COMPARTILHAR:
  • pdias

    Olha, esse carro na Europa não deve ser igual ao modelo brasileiro…. foi péssimo no Latin NCap, imagina o Euro NCap…. vamos ver até onde a covardia vai (deixar melhor um carro para a Europa e desdenhar o cliente sulamericano)…

    • Luiz Rippel

      Logicamente não e. Por lá ele recebe reforços estruturais (ou seja por fora e igual) que garantem mais segurança.

    • Josê Fagundes

      Lá ele tem 4 estrelas

      • No_Name

        Aqui também pode receber 4 estrelas se ganhar airbags laterais, reforços nas laterais e ESP na maioria das versões. No impacto frontal, o brasileiro e europeu são bem semelhantes na proteção.

        • th!nk.t4nk

          Tudo bem, mas aqui na Europa é carro de entregador de pizza. Só roda dentro da cidade, e o limite é 50 km/h. O problema é no Brasil mesmo, onde isso aí é carro da família toda e o povo vai a 120 km/h descer a serra.

          • Luiz Fabri

            O limite mínimo é a metade da máxima, ou seja, 60km/h. O problema são os motoristas mal educados e aqueles que se acham velocistas. Não vejo problema um carro desse descer uma serra ou subir, o motorista só precisa saber o limite do seu carro.

  • Adriano Rebeca

    O design ficou muito bom, convincente e o posicionamento da central multimídia está bem melhor que aquela “tv de tubo” do Fiesta nacional.

    • th!nk.t4nk

      Melhorou mil por cento. Vai ter gente dizendo “mimimi parece tablet no painel”, mas a realidade é que essa posiçao elevada tem ótima ergonomia. É isso que interessa no fim das contas.

      • No_Name

        Embora tenha sido uma adaptação também (o ideal seria como no EcoSport/novo Fiesta europeu), está bem melhor do que se tivessem colocado a “tv de tubo”. Poderiam ter feito assim para o Fiesta 2018 brasileiro.

  • Mayck Colares

    Vamos ver quantos equipamentos a mais (segundo a matéria) que o Ka da Banania:
    -Rodas aro 16
    -Ar digital
    -Aquecimento dos bancos
    -Apoio de braço no banco dianteiro
    -Sistema de aquecimento do para-brisa
    -Central multimídia
    -Câmera de ré
    -GPS
    -Espelhamento de celular
    -Sensor crepuscular
    -Sensor de chuva
    -Entrada é partida por botão
    -6 air bags
    -Faróis em LED
    -Seta nos retrovisores
    -Piloto automatico

    • No_Name

      – Computador de bordo mais sofisticado
      – Chave de desativação do AB do passageiro
      – Start/Stop
      – Porta malas melhor acabado
      – Volante e manopla das marchas em couro
      – Regulagem elétrica da altura dos faróis
      – Lanterna de neblina traseira
      – Sistema anti capotamento integrado ao ESP

    • FocusMan

      A Roda é aro 15. Não cabe roda 16 no Ford KA.

      • Mayck Colares

        Apareceu 16 na matéria, por isso até coloquei ali entre parênteses, também acho q eles erraram parece o mesmo tamanho da anterior.

      • No_Name

        Conheço uma pessoa que colocou as rodas do Fiesta Titanium sem problemas nesse Ka. O Ka que não aceitava rodas maiores era o de 1a geração, só cabia até 14″, mais que isso era preciso fazer modificações. Mas essas rodas do Ka da notícia estão parecendo 15″ mesmo.

        • FocusMan

          Elas cabem mas no escussionamento máximo da suspensão elas pegam. Trabalhei no projeto para tentar colocar as rodas 16 e elas não cabem.

  • Diego

    Deveriam melhorar a tecnologia embarcada do veículo, adoção da injeção direta e start-stop, nenhum modelo ainda ofereceu a injeção direta sem turbo compressor, honestamente essas modificações estéticas são insignificantes particularmente falando, o modelo anterior eu considero até mais bonito e com desenho limpo.

    • Ederson Lima

      Turbo esta na moda, é sinônimo de potencia e start-stop ninguém merece, foi a pior tecnologia já criada em todos os tempos. Não tem nada de economia, tanto q nem se falam mais nisso!

      • th!nk.t4nk

        Desculpa, mas tá falando sério? O start-stop é sensacional. Diminui consideravelmente o consumo na cidade e funciona perfeitamente bem, tocou no pedal o carro já está pronto pra arrancar. Qual seria sua reclamação?

      • Tygra

        Olha, realmente! Nada é maís estupido do que esse start-stop. Até agora não vi nenhuma vantagem, a prometida redução do consumo é relativa, isso porque na verdade vc apenas faz um empréstimo, ou seja, deixa de pagar agora (em forma de redução do consumo) para pagar na troca da bateria, segundo informações custa mais de mil e quinhentos reais. É o famoso seis por meia dúzia. Além disso, ele afeta a eficiência do ar condicionado, que para um país tropical como o nosso significa um grande desconforto. Também tem o incômodo provocado pelo liga e desliga constante em congestionamentos. Jamais vou comprar um carro com esse sistema, porque mesmo que exista a possibilidade de desligar, teria que arcar com o custo de substituição da bateria sem usar o virtual benefício.

        • Tosca16

          Tendo a opção de desativá-lo, OK; e mesmo assim, com a economia relativa pra quem vive no circuito predominantemente urbano é sim uma economia considerável no fim do mês… Mas tem que avaliar, se no seu uso diário a economia será maior que o custo da manutenção do sistema, e outros mais que tem que ser levado em consideração.

        • CharlesAle

          Quando se Lê “opinião do dono”, de tracker e novo cruze, o start stop e reclamação geral.. Por não poder desligá-lo, da irritação em manobras, onde ele desliga no meio da manobra, e até do consumo, que nao vale a pena por seus dissabores causados..

          • th!nk.t4nk

            Mas aí o problema tá nos GM, me desculpe. No meu carro (que nao é um GM) o start-stop desativa automaticamente quando estou com o ar-condicionado ligado. Nunca aconteceu de desligar o carro no meio da manobra, jamais! Sinceramente, o problema nao tá na tecnologia, mas na implementaçao porca de certas marcas.

        • RRodrigo Souza

          todos os carros que serão lançados virao com start/stop , alguns possuem botão para desativar, mas vai ter uma hora que não terá para aonde fugir no quesito carros novos

        • FabioH

          Pra mim já é automático: entrar no carro, sentar no banco, afivelar o cinto, dar partida e DESLIGAR o start-stop.

    • th!nk.t4nk

      Start-stop é de série. Já a injeção direta nao vale a pena, encareceria demais o modelo (e ele já é super econômico de qualquer forma).

    • MauroRF

      Sim, oferece sim, o Focus 2.0 da terceira geração e a Eco Titanium 2.0 atual são injeção direta sem turbocompressor.

  • Antonio

    Ford! Agora vai!

    • carlos rodrigues

      Tem tudo pra melhorar. Se eles colocam esse motor dragon 3cc, 1.5 com AT6, vai ficar bem interessante.

  • Matheus Santos

    Vamos torcer que a Ford tenha acordado e traga este carro do mesmo jeito para o Brasil, nem que ela tire alguns equipamentos. Ficou um excelente facelift, bem melhor que o do Fiesta brasileiro.

  • Ricardo

    É uma pena que o Ka tenha perdido sua proposta original!

    • Josê Fagundes

      Continua um city car. Só que agora comporta pessoas. O antigo comportava anões

      • Ricardo

        Mas essa era a proposta, assim como hoje são o QQ e o Mobi. O Up, apesar de ter o mesmo porte, dizem que é bem mais espaçoso.

    • Tosca16

      O primeiro KA era feio, mas foi revolucionário no seu tempo… da segunda geração pra cá continuou bom, só que menos ligado a proposta original.

      • CharlesAle

        Meu colega tem um Ka endura, desde 99. Não vende por nada nesse mundo. Não acha nada mais econômico no mercado. Gasta como uma cg 125, segundo ele!

        • No_Name

          Reguladinho é bem econômico mesmo, faz uns 15 km/l na cidade, mas é um motor que é “louco” pra fundir se não for muito bem cuidado, e como os brasucas não são exemplos nisso…

          • Paulo Lustosa

            Isso é verdade, tanto que os engenheiros da Ford ficaram sem entender a adoção desse motor, que já estava em fim de carreira em detrimento do CHT, que eles pra adotarem no Ka fizeram uma série de modificações no qual tinha em ordem de 10cv a mais em relação ao Endura de cilindrada equivalente

    • Caio

      Acho uma pena mesmo. Apesar de ser um carro pouco adequado aos desejos do público brasileiro, o KA de primeira geração era excelente para sua proposta.

  • No_Name

    Falando em Sandero… Depois do fiasco no teste do alce lá na Europa, agora teve um Stepway lá na Argentina que tombou numa gravação de comercial… Depois dizem que o teste do alce não serve pra nada…

  • Rodrigo

    Tem uma informação incorreta na matéria!
    O Ka europeu não é fabricado em Craiova! É fabricado em Sanand, na Índia!

    • Josê Fagundes

      É fabricado em Craiova junto com o Ecosport europeu

      • Rodrigo

        Desculpe, mas não é.
        Em Craiova (Romênia) se fabrica o EcoSport.
        Em Sanand (Índia) se fabrica o Ka para o mercado local e para a Europa.
        Em Chennai (Índia) se fabrica o EcoSport para o mercado local e EUA.

        • No_Name

          Isso. Possuem planos de levar o Ka europeu para a Romênia, mas por enquanto ele é indiano mesmo.

  • HugoCT

    O Argo deveria ter vindo com uma grade dessas, mas a fiat ……

  • Lucas086

    Ficou bonito, principalmente o interior e esse motor novo 1.5 se chegar mesmo ,vai ficar um foguetinho.

  • Vinícius

    Engracado que as mudanças nesse “novo Ka” seguiram a linha das mudanças do novo Fiesta e me lembro que no caso do Fiesta a maioria criticou. Sinceramente, não achei que mudou muito esse Ka, por tratar-se da versão européia ainda, pode se imaginar que o brasileiro será mais simples em acabamento, ou seja, nenhuma mudança animadora.

    • Ricardo Santos

      Na verdade as mudanças importantes no brasileiro vão ser mecânicas: motor 1.5 do Eco e câmbio automático.

  • Apesar de ser um facelift de meia vida, acho que a tampa do porta-malas merecia uma atualização…

  • mas essa moda de aventureiros não vai acabar nunca? São ridículos

  • Sergio Santos

    hummm, kd o Velocímetro digital???

    • Thiago André

      Esperava o mesmo painel do EcoSport

  • Ricardo Santos

    Um sedã com o 1.5 automático, ar digital e esse acabamento eu consideraria com carinho. Pena que o preço deve ir para a estratosfera.

  • Tosca16

    Ainda caberia uma versão “Sport” com o 1.0 EcoBoost; só pra fechar a gama de opções do modelo…

  • FocusMan

    NA conserta a matéria por favor, o KA+ é produzido na planta de Sanand, India estado de Gujarat.

    Em Craiova apenas é produzido o Ecosport.

  • Razzo

    Felizmente a Ford não destruiu o bom design do Ford Ka atual (só a grade ficou um pouco estranha), e ganhou também a necessária central multimídia no painel (com aparência melhor que a do Fiesta). Falta agora só a confirmação do motor 1.5 Dragon com câmbio AT6 (conversor de torque), piloto automático e reforço da coluna B lateral no Brasil.

  • Adriano Cardoso

    Se custasse no máximo 45.000 reais seria um ótimo negócio.

    • Josê Fagundes

      quem dera se fosse só o Ka que fosse caro. HB20 e Onix são mais caros q ele

  • Fabio Marquez

    Está ai um carro que consideraria como próxima compra, tudo dependendo da presença de ESP e um cambio AT de verdade, poderia até ser acoplado ao “velho” SIGMA

    • MauroRF

      Precisa melhorar principalmente na segurança, além de câmbio AT, Sync 3 etc.

  • Diego

    Gosto da ideia de um hatch da Ford mesmo que ela seja popular no caso do Ka, o problema é que ela mesma não tá nem ai para o próprio produto, exemplo disso é o mal acabamento , tecnologia dos anos 90 , e segurança péssima. Fica difícil comprar um troço desse ao menos aqui no Brasil.

  • Thiago André

    Ford perdeu oportunidade de colocar o mesmo painel de instrumentos do EcoSport no KA. Esse painel é muito bobo, simples e com aquele digital que parece aqueles relógios de camelos.

  • Natán Barreto

    Feio igual ao brasileiro.

  • Thiago André

    A Ford vai manter o Ka com desenho atual e vai concorrer com o Mobi, Kwid, Onix Joy.

    • RRodrigo Souza

      mas fica tranquilo pois é o facelift apenas, ai esse fica mais uns 2 anos ou 3 e depois eles lançaram a versão toda nova

  • Thiago André

    Esperava o mesmo painel do EcoSport. E até mesmo painel digital que seria bem vindo. Painel atual é simples de mais.

  • Ivan claudio dias florencio

    Onde está o LED no farol? o DRL é onde fica junto com osfaróis de neblina.

    • RRodrigo Souza

      pode vir a ser aquele,detalhe aparentemente cromado no farol,para ficar tipo a faixa da ecosport da versão anterior, ou pode não ter, igual o polo novo só dem o drl no milha da versão top, isso tinha que ser algo obrigatório em todas as versões já que vai ser tornar uma obrigatoriedade o uso de luz diurna

      • Ivan Claudio Dias Florencio

        Aquela faixa cromada é só enfeite mesmo, o DRL só vai para exportação ele funciona em conjunto com os faróis de neblina, pode olhar nos vídeos, no Brasil não vai ter DRL.

        • RRodrigo Souza

          o polo por exemplo não tem, acho que se é para colocar a lei,eles tem que fazer isso em todas as series dos carros,das mais baratas até as tops , ou coloca dentro do farol em todas as versões ou coloca próximo do milha mas tem que ter em todas

      • Ivan claudio dias florencio

        https://youtu.be/i_TA1PYAmiA veja esse vídeos a luzes diurnas acesas

        • RRodrigo Souza

          em qual tempo, pois só vi a lanterna de posição padrao e o neblina, não vi uma especie de day light tipo ecosport

          • Ivan Claudio Dias Florencio

            O que estão acesos no vídeo não é o farol de neblina e sim a luz diurna, são duas lâmpadas uma pequena tipo luz de ré e outra hb7. Vou tentar mandar uma foto.

          • Ivan claudio dias florencio

            aos 3:42 desse vídeo da para ver no Ka exportado para Argentina o funcionamento da luz diurna, veja a lâmpada pequena que acende ela é a luz diurna. https://youtu.be/k3ybEzz-sLM, no 2019 é a mesma coisa, no mais pode esperar que o Ka Brasileiro vai revolucionar em Segurança e mecânica, pena que nenhuma versão vai vim com DRL.

            • RRodrigo Souza

              então eu vi agora esse vídeo e achei zuado a idea, o certo seria uma lâmpada a parte para fazer a função diurna, , tipo o c3 da foto abaixo tem que ser algo separado combinado com o desenho do carro

              http://media.citroen.com.br/image/99/5/c3_2018.262995.jpg

              • Ivan Claudio Dias Florencio

                Também acho Rodrigo, mas assim o custo é menor, mas a idéia foi boa.

                • RRodrigo Souza

                  eu acho que poderia colocar na moldura ,dai vamos utilizar o carro e a luz acende, quando precisando do neblina ela fica mais forte, e quanto passar alguns meses o produto queima e o valor é mais caro do que se tivessem colocado um a parte. pois as vezes um produto deste pode custar uns 30 reais por exemplo para a fabricante, ai quando vamos repor o produto custa mais de 300,

  • FabioH

    Cara de carro chinês

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email