*Destaque Ford Hatches Manutenção

Ford Ka – defeitos e problemas

Ford Ka - defeitos e problemas

Dando continuidade à nossa série com a “verdade nua e crua” sobre os automóveis mais vendidos no mercado brasileiro, a bola da vez é o Ford Ka. Assim como os outros modelos mais emplacados por aqui, o hatch compacto da marca norte-americana apresenta alguns relatos de supostos defeitos da parte de seus proprietários, que segundo eles, parecem ser crônicos e muitas vezes não são solucionados pelas concessionárias.


Selecionamos abaixo os principais defeitos e problemas relatados pelos proprietários em fóruns e grupos especiais (como o Clube do Novo Ka) e, sobretudo, no Reclame Aqui. Confira:

Embreagem com ruído

Um dos principais problemas que estariam assolando a vida dos proprietários do novo Ford Ka é a embreagem que apresenta ruídos. Conforme mostram os relatos registrados por diversos donos do modelo em um grupo dedicado e também no Reclame Aqui, dizem que o novo Ka costuma apresentar um ruído (uma espécie de assobio) na embreagem ao engatar a marcha a ré e também uma leve dificuldade ao engatar as demais marchas.

Para resolver o problema, a Ford promove a substituição de parte do conjunto de embreagem, o que inclui o disco e o platô, que costumam durar mais de 60 mil quilômetros. No entanto, em alguns casos a marca realizou a troca dos componentes, mas poucos mil quilômetros depois o problema voltou a aparecer emitindo o mesmo ruído de antes. Ao que tudo indica, seria o caso de um problema nas próprias peças usadas pela fabricante.


Garantia ineficiente

A garantia da Ford é uma reclamação de diversos proprietários de modelos da fabricante norte-americana. Para piorar a situação dos problemas apresentados, muitos donos de Ka acabam enfrentando complicações também na própria rede de concessionárias da marca. Há relatos de dores de cabeça que se iniciam desde à central de atendimento da empresa e se estendem até às oficinas das próprias revendas.

Na maior parte dos relatos, diz-se que os concessionários da Ford não conseguem identificar os problemas apresentados pelo novo Ka, apresentando uma série de desculpas. E, em algumas vezes, quando esses defeitos são constatados, há uma longa espera pelas peças de substituição para os exemplares.

Fora isso, há reclamações a respeito do resultado do serviço prestado pelas concessionárias. Segundo os proprietários, a Ford não estaria realizando um contato pós-serviço e o único desejo da marca é que o cliente responda uma tal de pesquisa de satisfação. Todos esses relatos foram registrados em fóruns e também no Reclame Aqui.

Ford Ka - defeitos e problemas

Infiltração de água na cabine

As chuvas também parecem ser motivo de preocupação para alguns donos do Ford Ka de terceira geração. Problemas de infiltração de água na cabine são relatos recorrentes em algumas unidades. Em um dos relatos, após uma forte chuva, o assoalho na parte entre o banco do motorista e o banco traseiro ficou praticamente inundado de água. A Ford chegou a identificar o defeito e realizou a substituição das peças responsáveis, mas o problema teria voltado a aparecer novamente e no mesmo lugar.

Um dos proprietários chegou a relatar que enfrenta há três meses o problema de infiltração no porta-malas num volume tão elevado que é preciso remover a água com um balde. Por conta disso, o compartimento de bagagens do carro começou a apresentar ferrugens. Ele chegou a comparecer sete vezes na concessionária, mas acabou não tendo o seu problema resolvido.

A maior parte dos casos envolve justamente o porta-malas. Segundo outro dono de um Ford Ka, o problema de infiltração acontece no difusor traseiro, que fica por trás do para-choque. A peça não teria uma vedação suficiente para impedir a passagem de água. O procedimento necessário seria a substituição da peça ou aprimorar a vedação com silicone.

Peças desalinhadas

Assim como a garantia ineficiente, as peças desalinhadas na carroceria e também no acabamento interno são alvos de reclamações nos automóveis mais recentes comercializados pela Ford. O problema seria tão sério que já afetou até modelos mais caros da linha da marca, como é o caso do Focus de terceira geração. Também vimos relatos de um problema sério com o EcoSport, que apresentaria um desalinhamento visível na tampa do porta-malas. E com o novo Ford Ka a situação não é diferente.

Em diversos casos, os proprietários repararam peças desalinhadas por todas as partes, o que inclui o capô, os para-choques, as portas, os faróis, as lanternas e outros componentes menores. Alguns casos mostram que a Ford foi capaz de solucionar tal problema nas concessionárias. No entanto, em outros, a revenda informou que o alinhamento já estava no limite e que não era possível realizar nenhum reparo para aperfeiçoar os encaixes das peças, por exemplo.

Sendo assim, caso você esteja planejando adquirir um Ford Ka 0 km (ou qualquer outro modelo da Ford), o recomendado é verificar minuciosamente todos os principais encaixes das peças da carroceria e também do acabamento interno para verificar se está tudo nos conformes. Além de prejudicar a estética, peças mal encaixadas podem ocasionar ruídos e outros problemas futuramente.

Ford Ka - defeitos e problemas

Problemas na partida

Há ainda relatos de problemas na partida no novo Ford Ka. Em um dos exemplos, após cerca de três meses de uso, o proprietário do hatch compacto relata que o veículo já não consegue iniciar o funcionamento do motor normalmente. O veículo “morre do nada” após a primeira partida e, após isso, não liga mais.

Já em outro relato também registrado no Reclame Aqui, um exemplar com pouco menos de 19 mil quilômetros rodados não dá partida, de maneira intermitente. Ao ligar o carro, ele simplesmente não demonstra nenhuma reação, mesmo tentando por mais de 10 vezes consecutivas e retornando a chave à posição inicial.

Este problema é imprevisível, segundo os proprietários, e ocorre algumas vezes ao longo do dia, sem nenhuma influencia da temperatura ambiente, temperatura do motor ou também da posição do carro. Neste caso, o proprietário resistiu longos nove meses para resolver o defeito.

Ruídos internos

Esse problema é comum em praticamente todos os carros compactos comercializados no mercado nacional. No caso do Ford Ka, os relatos na internet indicam problemas de ruídos internos em boa parte dos componentes da cabine do veículo. Entre os relatos, um certo carro apresentava barulhos nas quatro portas, o que segundo o concessionário era um problema em uma peça responsável por travar a porta, que estava com folga.

Já em outro, houve ruídos no painel, mais precisamente na região do sistema de som. Entretanto, tal defeito acabou sendo ignorado pela concessionária da Ford, de acordo com o relato do dono do carro, que informou que o carro estava bastante rodado (com cerca de 50 mil km em um ano e meio) e, portanto, não poderia ser coberto em garantia. Por fim, em outros exemplos, proprietários relataram ruídos na região do final da porta até a coluna B, nos dois lados da carroceria, sobretudo ao passar por buracos, pisos irregulares e lombadas.

Ford Ka - defeitos e problemas

Suspensão traseira com pancada seca

Assim como estaria acontecendo com o Hyundai HB20, o Ford Ka também estaria apresentando uma suspensão traseira com pancada seca em diversos exemplares, conforme relatos dos proprietários. Segundo um dos donos, ao passar com o carro em desníveis a velocidades de aproximadamente 40 km/h, ocorre uma espécie de pancada seca na traseira. Na concessionária foi informado que o amortecedor direito estava com curso reduzido e substituíram o mesmo. O problema, porém, não foi solucionado.

Já em outros casos, as concessionárias também constataram alguma anomalia no conjunto de suspensão traseira do carro. Entretanto, a maior parte deles relata que se trata de algo característico do novo Ka e, que muitas vezes, não é solucionado pelo pós-venda.

Ford Ka – defeitos e problemas
Nota média 5 de 1 votos

  • Ricardo

    Tem um aqui onde trabalho, em pouco tempo de uso já apresentava ruídos internos e panis elétricas no painel.

  • Basil Sandhurst

    Aguardando Fanjos chegar aqui com a sua ex-periência de proprietário de um…rsrsrs
    Abs

    • Fanjos

      Contei lá em cima

  • Cleidson

    Tenho um desde o lançamento, minha única reclamação são as portas que pra fechar tem que bater com muita força. Muita força mesmo.

    • Roberto Lânguido

      Sinal de desalinhamento da carroceria.

    • Guilherme Batista

      Isso é realmente bizarro e acredito que seja o maior motivo para aparecerem outros ruídos internos nas portas

    • MauroRF

      O porta-malas tem que bater com mais força para fechar, senão não fecha mesmo, já as portas fecham normalmente, sem precisar bater com força. O meu é 17/18.

    • Fabio Marquez

      Andei em um de lançamento, notei que as portas fechavam com dificuldade. O problema talvez não seja alinhamento e sim as borrachas de vedação grossas demais, meu Up! também apresentava o mesmo problema.

    • Thairony Holz

      Já passava por esta situação e fiz “descobertas.
      No meu caso, descobri que as portas lacravam muito bem, e com isso a passagem de ar ficava trancada e dificultava o fechamento.
      Faça um teste!
      Deixe a janela um pouco aberta, e tente fechar a porta.
      Se for o caso, podes ver na concessionária que eles podem fazer “furos” na borracha da porta, para melhorar a passagem de ar no fechamento!

      • Jonathan Simecek

        Tenho um KA+ 2015 e procede mesmo seu comentário, as portas são um pouco difíceis de fechar, mas é somente a última, a do motorista tem que bater um pouco mais forte porém se o vidro estiver aberto ou outra porta aberta vai de Boa, não fiz esses furos e deixei normal pois achei o habitáculo mais silencioso que alguns concorrentes e furando fiquei com medo de “estragar” isso. Ford poderia implementar aquela abertura automática do vidro de alguns centimetros ao abrir a porta similar ao celta…

        • Thairony Holz

          O meu não possui Interface, mas acho que nos com esta opção facilita, pois voce não precisa fechar o vidro se este estiver aberto.
          Meu pai possuia a versão do ká anterior, e tinha o sistema apenas na porta do motorista, e era notável a eficácia.

  • lgustavomp

    Ford Ka com piscina de série

    • MauroRF

      kkkkkkkkkkk, para ajudar a refrescar seu verão.

  • tiago

    Parece bem mais grave que a situação do HB20 exposto ontem. Uma pena, pois recentemente fiz longas viagens com um HB20 e o consumo não surpreendeu.

  • Leonardo Poletto

    Tenho um modelo 1.0 SE retirado 0km em 25 de Novembro de 2014, modelo 2015.
    Tive e tenho todos os problemas listados.
    Nas duas últimas revisões reclamei de barulho anormal no motor, como se fosse uma “batida de pino”. Os sábios mecânicos da concessionária insistiam em dizer que era ruído característico normal do motor 3 cilindros.
    Hoje o carro tem 40.000 km´s e esta na concessionária com o motor aberto, pois o tal “ruído característico” era um defeito nos pistões do motor, o qual estavam batendo saia.
    O carro saiu da garantia em 25 de Novembro de 2017, e dei entrada na concessionária 20 dias após o fim da garantia, porém acionei a Ford solicitando o reparo por tratar-se de defeito oculto.
    Adivinha? A Dona Ford não aprovou o reparo em garantia!!!
    Existem inúmeros relatos na internet de proprietários com o mesmo defeito, o mesmo “ruído” no motor…
    Apesar de ter gostado do carro no que tange comportamento dinâmico, conforto e dirigibilidade, FORD NUNCA MAIS !!!

    • Já ouvi muitos relatos sobre a soltura dos tecidos do forro das portas. Eles são procedentes?

      • marcos souza

        Isso era no focus mk3, não?

        • Não, era no Ka Mk3, mesmo. Acho que foi um problema mais restrito à primeira leva do modelo.

      • Leonardo Poletto

        Sim, na primeira revisão de 6 meses na época foram trocados os dois forros de porta. Depois nunca mais tive problemas.

      • Nos antigos era bem normal, nos novos não sei informar.

      • Wanessa Lima

        Procede sim. Aconteceu no meu, fiz a troca pela garantia na 2ª ida à concessionária (na 1ª ida deram um migué e colaram as porcarias, q logo voltaram a soltar de novo).

    • Caio Augusto

      Estranho que esse motor tem como base o europeu tão premiado e chega aqui assim…

      • Leonardo Poletto

        Pois é Caio. Quando me decidi por comprar este carro, pensei a mesma coisa sobre o projeto deste motor. Mas infelizmente após 40.000 kms com manutenção em dia, me decepcionou. Quanto a consumo, potência, desempenho, não há o que reclamar. Porém a durabilidade… Estou indignado, como pode um motor com apenas este KM bater saia de pistão?!?!?!
        Foi meu primeiro e último Ford, infelizmente, pq mesmo com todos os problemas anteriores, eu gostava do carro. Mas agora não confio mais na mecânica dele.

        • Geraldo Xavier

          O motor do EcoSport foi reprovado no teste da quatro rodas. E isso com 60 mil km

        • MauroRF

          Triste isso, pois o motor gasta pouco e anda bem.

    • Roberto Lânguido

      Só quero ver quando chegar um “verdade nua e crua” sobre o câmbio powershift.
      Vai dar o que falar.

    • Danillo Barros

      Tive um renault Symbol que teve que trocar as pastilhas de freio aos 20k km, mandei trocar e liguei na Renault cobrando explicações, ele ligaram de volta e e me devolveram o valor das pastilhas em peças ou serviços na css…
      Fiquei muito satisfeito com o que a Renault fez.

  • th!nk.t4nk

    Eu me pergunto o que acontece na fábrica baiana, que até hoje não conseguem montar carros alinhados.

    • Djalma

      Os caras de Camaçari estão aprendendo a montar carro ainda, isso já faz uns 12 anos. O que foi relato de problemas com a geração anterior da Ecosport é brincadeira! E na maioria problema de control de qualidade! O hermanos tinham o mesmo problema com o Focus, vinha cheio de defeitos de acabamento, teto solto, mas parece que melhoraram. Quem sabe a fábrica baiana da Ford, daqui uns 10 anos, consegue montar carro direito.

      • Fabio Oliveira

        O que vocês acham de um lugar que, quando o feriado cai numa quarta feira, precisam jogar pra segunda ou sexta porque se mantiver o feriado na quarta tem funcionário da linha de montagem que falta a semana inteira?

        • Djalma

          E semana que vem e a outra, esquece!

        • FocusMan

          Xenofobia é aqui… Fique com inveja que você não mora num lugar onde todo mundo ama.

          • th!nk.t4nk

            Todo mundo ama? Cara, repensa isso aí haha. Salvador mesmo é um caos, violenta pra caramba e haja falta de educação. Nao é à toa que a Bahia é um dos estados com maior êxodo, o que mais tem é gente caindo fora.

            • FocusMan

              hahaha ai ai viu.

      • Draga

        Nao é só carros feito na Bahia não, vide o Fusion do Mexico, Focus da Argentina, Fiesta de SP…

        • Djalma

          Defeito é outra coisa, o KA tem ddefeitos mesmo; o Fiesta acho que é mais questão de qualidade do material de acabamento, e rebarbas. O Focus eu até mencionei que soltava o teto no modelo antigo, mas pelo que sei no modelo novo não tem esse problema. Fusion realmente não conheço para comentar a respeito.

      • Julio Magalhaes

        Realmente pode tá aprendendo isso ainda. Agora pegar mulher de otario como você, isso é bem feito!

      • FocusMan

        Nunca aconteceu isso de teto solto no Focus. O que era relatado era um material de baixa qualidade que afundava se aplicasse muita pressão.

        • Djalma

          Sério? Para ver como tem nego que inventa as coisas,pois já vi muitos relatos aqui e em outros sites.

          • FocusMan

            Pois é uma invenção bem cabeluda. Não conheço um caso real.

    • Jok Jok

      Oh meu rei … Pra que a pressa?…

  • Mr. Pereba

    Essa questão de problemas na partida ocorre também com o Fiesta. Meu cunhado tem um e de vez em quando o carro fica lá sem “sinais vitais”. Depois de um tempo ele tenta novamente e o carro liga normalmente. A concessionária não conseguiu identificar o problema. Sorte dele (ou da Ford) que ainda não aconteceu isso numa situação de emergência.

    • MauroRF

      Aconteceu isso com minha cunhada uma vez. Ela tem um Fiesta S 1.5. No caso dela, foi porque ela trocou de combustível e logo parou de usar o carro, sem rodar aqueles 10 minutos recomendados no manual.

    • pmol30

      Tenho uma Courier 1.6 Rocam 2011 tirada 0Km, e até hoje ela tem esse problema relatado no Ka, as vezes ela só da partida quando ela quer, mesmo tentando varias vezes.
      E a Css nunca conseguiu sanar.

  • Eu já ouvi falar bastante de soltura do tecido que reveste as portas do novo Ford Ka. Alguém sabe se procede essa queixa?

    • Roberto Lânguido

      Sim. Todos os proprietários de KA que eu conheço sofreram com o problema.
      Solta o tecido das portas dianteiras (as traseiras não tem revestimento).

      O Ford Focus também tinha uma reclamação da soltura do revestimento do teto, não sei se arrumaram.

      • Caio Augusto

        As traseiras tem revestimento na versão SEL

    • Caio Augusto

      O meu é umuka 17/18 e soltou do lado do passageiro dianteiro e a css trocou sem questquest em garantia

    • MauroRF

      Os primeiros soltavam bastante, o meu com quase 1 ano, estão íntegros.

    • Jonathan Simecek

      Sim, procede, no acabamento de plástico da porta dianteira tem uma area de tecido de uns 15cm por 10 que soltava Sim, o meu foi trocado na primeira revisão pela CSS sem custo e está ok a 2 anos.

  • Roberto Lânguido

    “Peças desalinhadas

    Assim como a garantia ineficiente, as peças desalinhadas na carroceria e também no acabamento interno são alvos de reclamações nos automóveis mais recentes comercializados pela Ford. O problema seria tão sério que afeta até modelos mais caros da linha da marca, como é o caso do Focus de terceira geração.“

    Os carros da Ford vendidos no Brasil não devem ter controle de qualidade:
    Peças desalinhadas, gaps, problemas de pintura, plásticos mal encaixados no interior, acabamento de baixa qualidade, revestimentos soltando, etc.
    Uma pena.

  • Eduardo Almeida

    Lixo, absolutamente, um lixo total.

  • HashTag

    Bom, tenho um SEL 1.5 2015 que está só com 5mil Km. Problema mecânico nunca tive. Só o acelerador que tem um comportamento estranho às vezes. Qdo se troca de marcha e se acelera “na casquinha”, a borboleta demora para abrir, o carro fica tipo uns 3 segundos sem acelerar e depois vai. A pancada na suspensão parece ter a ver com o tipo de batente do amortecedor que não deve ser hidráulico. Em lombadas, buracos, etc, o amortecedor parece que retorna muito rápido e dá aquela pancada mesmo. O meu painel tem uns leves ruídos de vibração quando se sai com o carro em primeira, em rotações baixas. Além disso ocorrem uns estalos na traseira quando a carroceria torce ou vibra (tipo piso de paralelepípedo), que ainda não consegui identificar. Parecem ser das portas traseiras balançando ou por folga na fechadura ou nas dobradiças. Quando o tanque está entre cheio e 1/4, dá para ouvir levemente o ruído do combustível “balançando” no tanque ao manobrar. Engraçado que conforme o nível vai caindo, o ruído some. Vou mandar ver essas coisas na próxima revisão e vamos ver se eles resolvem alguma coisa. De maneira geral o carrinho é muito agradável de dirigir, silencioso e tem um ótimo comportamento dinâmico. Só a ergonomia para mim é um pouco estranha. Tenho 1,90m e acaba que o curso da embreagem fica muito longo para o meu ajuste do banco. Mas se chego para a frente, fica muito apertado. Além disso, a cabeça fica exatamente na coluna B, ou seja, se eu levar uma pancada forte na lateral, é rezar para não ter um traumatismo craniano.

    • RVS

      Com relação à aceleração que mencionou: peça para atualizar o software da injeção electronica na concessionária. Vai resolver.

    • Fabio Perineto

      😨que lixo

    • MauroRF

      Infelizmente, como ele é fraco em absorção de impactos laterais, se você levar uma pancada, não será só traumatismo craniano… Veja o vídeo do LatinNcap.

      • HashTag

        Não precisa nem ver o vídeo. Aqui no Rio, no ano novo, morreu um casal de argentinos que estavam num Ka+ e foram atingidos na lateral por uma Ranger. O cara errou e roletou o cruzamento. Resultado: Dois mortos e dois hospitalizados. Na verdade, eu penso no traumatismo craniano só para me consolar mesmo porque o risco potencial é ir para a cidade do pé junto.

    • Vinicius Batista

      Em relação ao barulho no tanque, li no forum do Ka, que o motivo é porque o tanque não tem quebra ondas.

  • Fanjos

    Bom eu tenho (tinha) um Ka.
    O carro não me deu problema, fora a tomada que venho queimada, depois arrumei e mesmo assim eu achava que demorava um pouco demais para carregar mesmo com o carregador turbo que carregava bem mais rápido no Cruze mais ok.
    O maior problema é a Ford mesmo em outubro arrombaram o meu carro para roubar uma sacola, forçaram com um pé de cabra a porta e estouraram o vidro, a Ford levou 2 SEMANAS!!! para conseguir um misero Ford, porque de acordo com a concessionaria não existe peça de reposição em SP, tudo tem que vir de encomenda la da PKP DA BAHIA!!!! E pelo jeito vem “naquela” velocidade…
    Arrumei, e no dia 22 de dezembro um cetáceo bateu no meu carro porque estava brincando no celular, e meu carro esta lá até agora, e a cada hora me dão um prazo diferente, ou seja péssimo atendimento, lentos e enrolados.

    Agora sobre o Ka 1.5 SE Plus, é um bom carrinho que comprei para usar quase que exclusivamente na cidade, me levar até o trabalho, ele faz em media de 9 a 10 km (gasolina) na cidade sempre com ar condicionado, anda muito bem, é macio, bancos macios (bem melhores que do Up), o som é razoável e tem pelo menos os controles do radio no volante, o painel é simples mas bonitinho, o carro não tinha barulhos somente um “nhec” do lado do cinto do motorista que mandei apertar o parafuso quando foi arrumar o vidro.

    • zekinha71

      Carro com essa kilometragem leva uma porrada, já corta a vontade de manter, já vem a vontade de passar nos cobres

      • Fanjos

        Já esta passado, chegando o Polo eu entrego ele, esse carro esta zicado demais, é praga da minha ex só pode.

        • MauroRF

          Putz, livre-se desse Ka. Parece o City que eu tive. Com 3 mil km, um energúmeno dum motoqueiro furou o vermelho e cacetou minha porta. Arrumei e, meses depois, outro me estoura o retrovisor. Depois eu mesmo raspei feio a roda em um dia de chuva forte, não vi a guia e… Falei “vou vender isso logo”.

          • Fanjos

            Quando começa a Zica é melhor largar mão mesmo =/

            • MauroRF

              rsrs, verdade!

        • MauroRF

          Quando pegar o Polo, cuidado com a escolha da próxima namorada, kkkkk.

          • Fanjos

            Benzer na igreja de São Judas, depois passar no templo budista e so para ter certeza tomar uma bênção Terrero de Umbanda …quem sabe ai um deles resolve

            • MauroRF

              Haha, blinde-se mesmo!

    • T1000

      Pqp que mal olhado da p o r ra.

    • Gnull

      Baah que tristeza.
      Tenho um 2015 1.0. O único defeito que tem é os barulhos internos, principalmente esse do cinto. Mas só aparecem em estradas de terra ou paralelepípedo. No mais, gosto muito do carro.

  • Guilherme Batista

    Aqui em casa já são quase 6 anos com Ford, não é questão de preferência, mas de oportunidade, tivemos um Fiesta Rocam, Focus e agora temos Ka 2015 e New Fiesta 2014. Participo dos principais grupos e fóruns desses modelos e apesar de estar bem satisfeito com os veículos, posso dizer que a maioria dos problemas citados ai no Ka são realmente comuns.
    Como também sou mecânico acabo resolvendo os problemas por mim mesmo, mas dos problemas citados, só tenho problemas com a concessionária (é impressionante o quão ruim é o atendimento) e problemas de ruído nas portas e o fechamento das mesmas. Aproveito pra deixar meu relato.

    No meu caso o ruído das portas foi causado justamente pela css que trocaram o tecido (veio com problem a de fábrica) e não encaixaram tudo direito. Também é bom observar o cinto de segurança. Quando ele não está recolhido totalmente, ele bate nas portas. Arrumei abrindo a porta por mim mesmo e reencaixando tudo.

    O problema com css não consigo resolver e também sei que se algumas estão trocando os amortecedores em garantia de quem reclama da suspensão.

    As portas tem que fazer muita força pra fechar, é estranho pois são leves e mesmo assim tem que bater forte, talvez seja devido ao alinhamento da carroceria. De fábrica é assim.

    O problema do carro não ligar já aconteceu comigo mas no Fiesta. Coincidência ou não foi logo depois da bateria original ter ficado ruim (depois de mais de 3.5 anos de uso) e tive que colocar uma bateria de marca ruim e de 48 ah. O carro não dava a partida, não dava nenhum erro e nem nada. Simplesmente não acontecia nada ao girar a chave. Tentei ligar o carro sem apertar a embreagem (os modelos da ford precisam disso) e o carro quase deu a partida. Fiz o procedimento umas 4 vezes e depois fiz o procedimento correto e o carro pegou. Depois coloquei uma bateria de marca boa e de 60 ah e nunca mais tive o problema.

    O maior problema que acho do Ka (e também do Fiesta) é o alarme que desativa se virar o tambor da chave. Isso é inadmissível, aqui em BH já virou moda arrombar esses carros e roubar o step. Resolvi isso tirando o miolo da chave de ambos os veículos.

    Apesar de tudo sou bem satisfeito com os carros, nenhum é perfeito mas atende bem todas as minhas expectativas de custo x benefício e principalmente de desempenho.

    • MauroRF

      Meus últimos Fords foram todos questão de oportunidade. Era sempre a melhor oferta, a melhor condição, o que oferece mais por menos. Mesmíssimo caso da EcoSport que peguei começo de janeiro: não tinha nenhum carro, dentro da proposta e do nível de equipamentos/tecnologia dela, que oferecia o que ela oferecia pelo preço. O problema é lidar com o pós da Ford, que é fraco mesmo.

  • Essa série de reportagens também poderia abordar carros de marcas premiun menos vendidos. Tem bastante conteúdo na internet sobre marcas como Volvo e Land Rover, dentre outras.

    • FocusMan

      Vai chover reclamação dos Volvo e JLR… pós venda é horrível.

  • Calibra vermelho 95

    ” Segundo os proprietários, a Ford não estaria realizando um contato pós-serviço e o único desejo da marca é que o cliente responda uma tal de pesquisa de satisfação. ”

    Confirmo! Tive um Fiesta Rocam 2009 comprado 0 km, e anos depois participei de uma pesquisa de satisfação sobre o pós-venda. Fiquei feliz na época e pensei “Que bom a Ford fazer essa pesquisa, assim vai melhorar o pós-venda dela que é bem fraco”. Pois bem, passou-se quase 10 anos e o pós-venda da Ford…….piorou!!! A pesquisa era pra inglês ver! O atendimento no pós-venda continuou péssimo nas 3 ccs que visitava além de peças escassas e CARÍSSIMAS.
    Continua assim Ford que um dia vc vai estar em apuros no Brasil se não mudar a qualidade dos carros e do pós-venda! Depois não reclame!

  • Mario

    Brasileiro é muito ‘reclamão’!!! Querem um super carro??? Comprem um super mini-golf super 1.0 super tsi super mega plus.

    • Fabio Perineto

      😂🤣

    • MauroRF

      Vamos ver como a VW vai tratá-lo no pós-venda. Isso pode fazer a diferença.

    • Ernesto

      Chora bastante porque o Polo está vendendo bem! KKKKKKKKKKK!

  • Frank

    Tenho um modelo KA Sedan 1.5 SEL, retirado 0KM em março/2015. Atualmente está 36000km.
    Já tive problemas em ligar o carro apenas uma vez, mas o causa era o combustível, abastecido em posto de estrada. Coloquei um pouco de gasolina em um posto de confiança, consumi, reabasteci novamente e o problema acabou. Por desencargo de consciência, solicitei a limpeza dos bicos na concessionária, que aliás, sempre me atenderam muito bem, em todas as revisões.
    Com relação ao barulho das portas dianteiras, tem uma borrachinha comprida na parte inferior que se solta muito fácil na limpeza do veículo. Comprei umas novas, que aparentemente tem a base mais rígida, e nunca mais deu problema. As portas e tampas de porta-malas e do motor, sempre fecharam muito fácil e não há desníveis com as demais partes da carroceria.
    O carro realmente bate seco quando passa rápido por um buraco profundo.
    O painel atualmente apresenta pequenos barulhos apenas quando estou em ruas de paralelepípedo.
    Até o momento, não tive problemas de infiltração e nem de embreagem.
    No mais, o carro é muito bom! Econômico, estável, silencioso e sempre disposto, quando solicitado.

  • Calibra vermelho 95

    Todo dono de Ka relata “probleminhas” e “defeitinhos” que enchem o saco. Se virem as pesquisas de satisfação no BestCars , carrosnaweb, icarros etc, verão que a nota geral do Ka é bem baixa.
    Esqueçam aquela Ford dos anos 80 e 90 de acabamento primoroso. Depois do Ecosport G1 e Fiesta 2002 a Ford só foi ladeira abaixo. A Ford tinha que entrar em crise no Brasil de novo pra aprender a voltar a fazer carros!

    • MauroRF

      Vamos ver agora. Comprei uma Eco dessa 2018, e o acabamento está bem primoroso. Vamos ver depois de mais rodada como estará. Mas, vc está certíssimo, até o começo de 2000, a Ford tinha bom acabamento. Até o Fiesta antigo era bem acabado. Depois do Fiesta 2002, começou a ladeira abaixo.

    • th!nk.t4nk

      Olha que os Fords dos anos 90 também eram problemáticos em acabamento. Lembro do Escort Zetec que soltava a forraçao do assoalho, e das portas que eram ridículas pra conseguir fechar. Ah e os botoes do painel que simplesmente às vezes saíam na mão? O negócio já era nojento antes, infelizmente.

  • Peerre

    No aguardo dos defeitos do Up!.
    Principalmente do TSI!

    • Geraldo Xavier

      Pela ordem de vendas. Vai demorar pra chegar no up

      • Ducar Carros

        O próximo deve ser o Gol (4° em 2017, 6° em janeiro), o Polo (4° em janeiro) está muito recente para avaliar os problemas. O Prisma foi 5° em 2017 e continuou em janeiro nessa colocação, está bem estável.

        • Ernesto

          Pelo que li, a ordem será baseada nas vendas de 2017.

    • Fabio Perineto

      Espera sentado

      • MauroRF

        Os caras esmerilham o carro sem dó, o que vejo de up TSI por aí sendo esgoelado não tá no gibi. E esses caras depois vão colocar qualquer óleo. E para piorar, já vi esses ups em postos de gasolina suspeitos, aqueles com gasolina bem mais barata. É só reparar. Um motor desse, com injeção direta, requer mais cuidado. Espero que isso não aconteça, mas você sabe como é brasileiro com manutenção. Cara, sem brincadeira, nunca me esqueço quando, em 2007, eu estava na fila de abastecimento do Carrefour de São Bernardo do Campo, um cara na bomba do meu lado estava com seu Fusion se achando, com aquela cara de botando banca, e eu escutei ele dizendo “coloca 20 de gasolina e depois completa com álcool”. KKKKKKKK, como??? Em um Fusion a gasolina? Eu não me contive, sério, e ri alto. Ele percebeu e ficou sem graça.

  • Bruno Costa

    Tenho um SEL e é um bom carro. Tem realmente problemas, mas pelo que cobra é o mais honesto no que oferece, na minha opinião. O acabamento é bem fraco, faz ruído (o meu tem só 7000 km) mas eu já esperava isso, dá pra ver que é um carro barato. O pior é realmente esse defeito na partida que a Ford jura de pé junto que é normal. O carro nunca deixou de pegar, mas dá pra ver que ela dá uma falhada principalmente nos dias frios. Isso pra mim é crônico e a Ford é irresponsável em não tratar. De resto, acho que é tudo bom, nada fora do normal, mas nada ruim também. O motor é bem dimensionado, não nega fogo e nem bebe muito, o câmbio não é justo igual um VW mas também não é molengóide igual os Fiat e o espaço interno é o melhor da categoria pra mim, mesmo que da Sandero, que apesar de grandalhona é super mal aproveitada. Não compraria outro, principalmente por causa da Ford que é um lixo de marca. Todo mundo que reclama de pós venda das outras marcas nunca entrou numa Ford, parece que tudo que ela faz é de favor, que você não está pagando por nada. Não recomendo de forma nenhuma. Mas se você for passar longe das css e comprar um usado pra fazer manutenção por fora, recomendo mesmo, gosto bastante do carro e ele te cobra menos pra oferecer o mesmo que os outros.

  • Na época estava com intenção de trocar de carro. Estava entre up! e o Ka, fui conhecer na css… Deus me livre! TODAS as unidades expostas estavam com peças desalinhadas. Mas não se tratavam de situações somente para os olhos mais atentos, era gritante a situação. Internamente então…Nussss
    To feliz com o up! (MPI), 4 anos e só alegria: Bonito (subjetivo), anda bem, consome pouco, seguro barato (no meu perfil)..

    • Guilhe

      A Fama do desalinhamento da FORD já vem de longe e ainda hoje não resolveram.

  • zekinha71

    A Ford comprou o sistema de partida da Lada, o carro funciona quando quer.
    Quando eu tinha um Laika dependendo do lugar que eu ia e o tempo que ia ficar, simplesmente deixa ligado, porque se desligasse tinha que esperar 30 minutos pra funcionar novamente.

  • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

    Tivemos 1 aqui, da primeira safra de Nov 2014, com menos de 3 meses deu problema no compressor do ar, levamos em um css aqui da Lapa (Superfor) e enrolaram pouco mais de 30 dias quando o prazo era por volta de 1 semana, o carro não ficou lá, mas ficou esse tempo andando sem poder ligar o ar, depois ainda durante os 3 anos e na garantia teve “problema” no acabamento de uma borracha no vidro do parabrisa que se descolou e uma lâmpada traseira da lanterna que queimou e queriam cobrar apenas R$ 40 nela, lembro que chiamos pelo valor irreal e na hora de devolver o carro arrumaram colando a borracha e trocaram a lâmpada de graça, o que eu achei algo de pouco caso foram entregar o carro sujo sem ao menos terem jogado uma água com detergente neutro pra fazer uma “mentira” e deixar o carro mais apresentável na entrega, coisa que uma css Hyundai (Hyundai Ermano Marchetti) praticamente vizinha quando levamos o HB20 do meu irmão lá só faltaram lamber o carro na entrega, além de limparem o carro por dentro e por fora, ainda passaram um pretinho e o carro ficou parecendo que tinha saído do lava rápido, enfim, de volta a falar sobre o carro, era um carrinho bom, de dirigibilidade boa que não deu dor de cabeça grave (enxaqueca), mas tem muita coisa pra melhorar como falaram aí nas questões de alinhamento e principalmente acabamento que algumas são heranças de outros carros da Ford como o acabamento do apoio do braço que ouço falar que ele sai desde da época do Fiesta chorão, acho o HB20 bem mais cuidado nestes pontos fracos do Ford, mas a dirigibilidade é inferior.

    • Guilherme Batista

      Como proprietário de um Ka e dirijo um HB20 quase todo dia por causa do trabalho, eu te digo que é melhor passar essas dores de cabeça como Ka do que ter o HB20 no dia a dia.

      No final das contas o desempenho e dirigibilidade é algo que você encara todo dia e o Ka é bem melhor nisso.

      • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

        O Ka é bom pra dirigir por causa da direção elétrica (HB20 hidráulica) e o acerto de suspensão é bem melhor no Ford que no HB20, o que eu gostava no HB20 era o acabamento e interior bem mais aconchegante que no Ka, se olhar o painel do HB20 e depois o do Ka chega a dar um desânimo, mas no geral era um carrinho bom, foi trocado por um Sandero Stepway 17.

        • Guilherme Batista

          Sim, visualmente o painel do Hyundai é melhor, mas quando você precisa ficar 5 ou 6 horas na estrada, várias vezes por mês, é melhor agradar o corpo do que o olho

        • Nicolas_RS

          Não é por nada não, mas você tem anemia ? Não quero faltar com respeito, mas a direção do HB20 é super leve, tenho um Fox que é “pesado” perto do HB20 e eu considero uma pluma para dirigir o Fox !

          • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

            Não é questão de anemia, se você vai manobrar um carro com direção elétrica é muito mais fácil e cômodo que direção hidráulica que é mais pesada, se dirigir ambos a diferença é nítida que a do Ka é melhor, o Sandero Stepway tem direção hidráulica mas nem parece de tão pesada, e não é questão de anemia, basta dirigir ambos que verá a discrepância de peso, isso no dia a dia cansa.

            • Nicolas_RS

              Mas no caso seria manobrando o dia inteiro ? pq para mim não cansa, eu tirei carteira em um Palio que nem direção tinha, Direção Hidráulica para mim é mais do que suficiente, o que ao ver o ponto negativo é que tira um pouco da potencia do motor.

          • Wellington Myph13

            Dirigibilidade do Ka é superior a do HB20… O que vai mudar a opinião de cada um é como ela se sente dentro de cada habitáculo…
            Eu andei 100km em um Ka alugado pra trabalhar um dia e ele é super confortável, cambio levemente mais alto que os demais, bancos confortáveis, direção na medida certa… E peguei o HB20S do meu cunhado pra andar um dia, andei 30km só, mas foi suficiente pra notar que o carro encanta por fora, na ergonomia dos botões e de se acomodar no banco, mas ao Dirigir, você sente a diferença… Ele não encanta no rodar, é um bom carro pra levar de A a B sem reclamação, mas pra quem GOSTA de dirigir, é outra história… Eu rodo quase 100km por dia só em cidade porque trabalho de representante, e por gostar de carro sou bem chato nesse quesito, talvez o colega ali também seja.
            Só andando em um pra você entender.

      • Nicolas_RS

        Sei…Conta outra dentinho… HB20 é infinitamente melhor que o KA !

  • Ademir Neni Antão Pereira

    Todos esses defeitos foram realmente encontrados em boa parte dos carros. Porém de 2017 para cá foram todos solucionados. O meu não tem nada disso.

    • alexandre

      Mais ou menos… Tive um 14/15 e agora estou com um 17/18 com 1000 km rodados e te afirmo que pra fechar as portas e a tampo do porta-malas de primeira, só com ajuda do martelo de Thor. Mas esse desleixo na montagem é logo esquecido quando o comparamos, ma mesma faixa de preço, com os demais veículos disponíveis no mercado. Entre um e outro Ka, tivemos aqui em casa um Up! tsi Move que, apesar de ser um foguete em retas, perdia em dirigibilidade e conforto de rodar para o Ka.

      • Ademir Neni Antão Pereira

        o meu é um TECNO. está com 1300km

  • Flávio Pedroza

    Nunca tive um KA, mas já tive um Fiesta e posso confirmar a questão da garantia ineficiente.

  • vitimsl

    Tenho um Ka 1.0 SE 2015/2016, hoje com 33000 km.

    Sobre o ruído na embreagem, acredito que é comum em Ford’s. Tive um Focus 2.0 2012 comprado 0km e um 2009 1.6 Rocam comprado com 56000 km e todos eles faziam um ruído durante a marcha ré, quando precisava aplicar mais força na manobra (morros, veículo pesado, etc.). Com isso, nem cheguei a reclamar na concessionária.

    Sobre garantia, não posso reclamar de nada. Troquei a junta da tampa de válvulas aos 3000km (pequeno vazamento), os cabos que ligam a alavanca de câmbio ao trambulador aos 5000km (eles começaram a ranger) e os amortecedores traseiros aos 30000km (batidas fortes com o veículo um pouco mais pesado). Além disso, fizeram a regulagem das portas e retiraram alguns pequenos ruídos sem nenhum questionamento. Confesso que, diante de tanta reclamação que vejo na NET sobre atendimento Ford, fico surpreso com o atendimento da concessionária da minha cidade – muito bom.

    Não tive problemas com infiltração de água na cabine.

    Sobre peças desalinhadas, o meu veio bem melhor que alguns 2015, mas não estava perfeito. Na minha opinião, os 2016 em diante não foge muito do padrão dos concorrentes. O meu teve as portas reguladas em função de ruídos.

    Não tive problemas com a partida.

    Sobre ruídos internos, o meu começou apresenta-los após 18000km, mas saliento que a minha cidade não contribui nenhum pouco com isso. Muitos deles consegui sanar facilmente, e hoje ele está legal quanto a isso. Dos populares que andei, do mesmo nível do Ka, considero que ele está na média.

    Sobre a suspensão traseira, de fato existe o problema e, como disse acima, os amortecedores foram trocados e o problema não mais se manifestou.

    Não tive problemas com o forro da porta.

    Recomendo o carro. Anda bem para um 1.0, tem um consumo muito bom, excelente dirigibilidade e é confortável. Confesso que fiquei decepcionado com o teste de segurança, mas no geral o carro agrada. Espero que a Ford mude, de fato, a estrutura do carro na linha 2019.

  • MauroRF

    Tenho um (à venda, tinha praticamente vendido, mas o cara deu pra trás porque não saiu o financiamento dele, então continua à venda, kkkkkkk). SE 1.0 17/18. Disso tudo relatado acima, o meu, com 13.300 km, faz esse nhec nhec desde os 6 mil km. Na revisão dos 10 mil, eu relatei isso, e tiraram o barulho. Porém, quando estava com aproximadamente 12700 km, começou a voltar a fazer. Ele faz quando se passa em valetas, lombadas, quando você sai de uma garagem dando ré, por exemplo, e o carro dá aquele pulinho de quando sai da guia e entra no asfalto e em buracos mais profundos. É nesses casos que faz e vem lá de trás. E as pancadas secas, idem, passou em um buraco, lombada ou valeta com mais velocidade, pá, faz o barulho. Curiosamente, aquela reclamação de virar escola de samba com pouca km não aconteceu comigo. Internamente, não faz nenhum ruído de peça batendo, rangido, estalo, nada. Em relação a infiltrações e não pegar motor, não tive nenhum desses problemas. Inclusive, quando estive no meio do ano passado no interior de SP (Itapetininga, cidade bem fria no inverno), eu o abasteci com etanol de propósito e levantava cedo para ver se pegava, pegou na primeira todos os dias, com temperaturas ambientes de 10 graus ou menos, em garagem aberta, gelada. Peça desalinhada tem internamente, carroceria não está desalinhada. Barulho de embreagem, nada também. Não sei se tive sorte ou se deram uma melhorada na linha 18. Eu adquiri assim que lançaram a linha 18, foi um dos primeiros.

  • Leo Barreto

    Embreagem trocada (segundo eles) nas revisões de 10,20,30 e agora na de 40 de novo o mesmo ruido ao engatar a marcha ré. A pancada seca na suspensão traseira é tão alta se você estiver a 80km/h vai tormar um susto. Pontos de ferrugem no no cofre do motor e dobradiças do porta-malas (apenas 2 anos de uso). O carrinho tem atributos: A direção elétrica é bem leve, o nível de ruído é aceitável, tem bancos confortáveis e acesso fácil aos controles, 2 USBs, boa quantidade de porta trecos/copos. Na estrada o carro é muito esperto e econômico, mas esses defeitos recorrentes irritam e tiram o brilho do carro.

  • Luciano Barbosa

    Tenho um New Fiesta 1.5 SE, e tenho esse problema de ficar sem “sinais vitais” quando giro a chave. No meu caso já descobri. O problema é que a bateria está formando muito material branco ao redor, e o segredo é tirar os cabos da bateria, limpá-los e ligar. Resolvido o problema. Já fiquei na rua 2x. A sorte é que arrumo chave para fazer isso..

  • Henrique

    Carro honesto no geral.

    A minha primeira impressão com o Ka não foi das melhores. Justo na época que estava para adquirir um carro 0km, no início do ano de 2016.

    Passei 2 semanas com 2 Ford Ka diferentes de uma locadora em Porto Velho/RO.

    O primeiro estava com apenas 30 km e o segundo com 40 km. Depois de ter rodados aproximadamente 1300 km com os 2 veículos entre cidade e estrada. O que mais me incomodou foi peças da lataria totalmente desalinhadas e acabamento interno. (Peças mal encaixadas, rebarbas, o acabamento de plástico da caixa de câmbio saiu na minha mão praticamente depois de tentar colocar no lugar pois simplesmente saiu do lugar).

    Muito barulho de plástico batendo dentro do carro. Logo desconsiderei como possível compra, infelizmente.

    Tomara que a Ford resolva os problemas neste próximo facelift.

  • Luis Burro

    É,achar o problema com o carro parado e só a descrição é complicado.Acho q a concessionária deveria disponibilizar o técnico pra dar uma volta com o dono e só assim tlvz entender o fato.

  • Luis Burro

    Muito boa esta iniciativa,até q enfim um lugar q fale dos carros na vida real e não só a propaganda decorada de cada marca.

  • Alexandre Maciel

    Verdade incontestável: a Ford, fabricante, é péssima em pós-venda, para dizer o mínimo. Elogiável, em contrapartida, aqui em Fortaleza, o atendimento do autorizado mais antigo.

  • Robinho

    Ainda é minha primeira opção para trocar o carro da minha mulher…ja que todos tem qualidades e defeitos, ao menos gostamos dele.

  • Alvarenga

    Não adianta chorar, qualquer carro é a mesma coisa. Ou voce da sorte na hora que faturam um pra voce ou da azar. Loteria pura. O que eu mais torço é pra que não venha com problema estrutural porque ai o reparo é dramatico. Troca de peça mecanica é moleza, substituiu tá novo, mas peça de estrutura ja era, pode vender e pegar outro.

  • Hernande Cruz

    Minha irmã tem um com 3 anos e 70 mil km rodados, até agora o únicos defeito foi com a bateria um amortecedor, e outro na ventoinha. Para mm defeitos normais de uso. Carro bom pena que não tem automático.

  • Anderson Trajano

    Tive (e tenho) carros da Ford a muitos anos. Sou fã do comportamento dinâmico e do conforto. Alguns dos problemas citados como dificuldade de partida, infiltração de água e grilos, não são problemas específicos do KA, mas da maioria dos carros dessa categoria. Na minha opnião, o Ka padece dos mesmos problemas da linha Ford atual, ou seja, montagem porca, peças de qualidade duvidosa e sempre desalinhadas. Só olharem a Eco nova, mesmo um carro projetado em fabricado atualmente, mantém os mesmos defeitos de toda a linha. Outro problema crônico é o pós venda. A Ford BR nunca teve, não tem e nunca terá um programa de qualidade de pós venda no Brasil. Isso é histórico ….

    • Ernesto

      Olha, minha mulher tem um Fox 15/16 e não tem esses problemas de dificuldade de partida, infiltração de água e grilos. O anterior, um 12/13 sim, esse tinha grilos, mas não tinha problemas de partida ou infiltração. E sinceramente, não vi reclamação, principalmente de partida e infiltração, nas matérias dos defeitos e problemas dos HB20 e Onix.

  • Yargo Martins

    Ah, Ford… Uma caixinha de estresses…

    • Robinho

      na verdade qual montadora (tirando Toyota e Honda…acho) não é? ja tive carros de todas as marcas tradicionais e todas sem exceção me deu alguma dor de cabeça, inclusive a tão elogiada VW que por azar meu acho…meu Voyage foi de longe meu pior carro, ficou mais tempo na CSS do que em casa…

  • Ricardo Blume

    Considerar ruídos internos não deve-se levar em conta, principalmente, quando falamos de carros da categoria do Ka, pois são todos iguais. Fico imaginando quando o NA fizer o Defeitos e Problemas do Kwid. Meo Deos!

  • Jok Jok

    Pra mim a Ford: equilíbrio dinâmico e conforto excelente em qualquer modelo. Entretanto a construção e pôs venda deficiente ofuscam o brilho da marca.

  • Bryan Silva

    Esse “barulho” da embreagem não é barulho, apenas o funcionamento. Acho que nesse aspecto, a matéria deu uma mancada, porque as embreagens da concorrência também dão para ouvir. Por outro lado, o maior calcanhar de aquiles da Ford é o barulho interno, que chega a ser desagradável e a marca não conserta, mesmo depois de várias e várias visitas na concessionária.

    • Ananias Anacleto

      Será mesmo que é apenas o funcionamento?? Tenho uma lata velha de um Clio com 148.000km, que está na segunda embreagem e nunca fez ruído algum ….. nesse caso minha lata velha é mais “avançada” que os carros modernos que fazem barulho na embreagem?

  • Eduardo Alves

    Olá sou leitor assíduo e gosto muito dos comentários tenho um Ka Sedan 1.0 14 primeiro da minha cidade Campos RJ, hoje ele com 82.000 km sou Motorista Uber todos problemas que relatam porem indico alinhar a traseira pois o eixo traseiro esta empanado faz 3 anos que aguardo reparo já trocaram 1 vez e não resolvem trocaram amortecer e melhorou.
    Ruído motor estou usando óleo 0w20 melhorou muito e viagem consigo media 18/1 cidade ar ligado 13/1
    Pneus trocados por Michelin uso 36 libras já rodaram 50.000 antes originais não passou de 30.000
    Portas pra fechar corretamente somente uso wd e sempre antes usar, passo pincel pra retirar poeira e pó de minério.
    Amigo está correto trocar bateria por uma de 60.
    Cinto segurança desfiando trocado.
    Manopla de.câmbio estragou trocada.
    Agora aguardo solução do problema eixo e direção dura. E troca amortecedores dianteiros.
    A verificar eletroventilador queimou.
    Na revisão não estão colocando pecas corretas filtro combustível virado ao contrário e não é o modelo original.
    Na troca filtro ar condicionado não instalam direito e ele fica todo enfrentado e não funciona direito.
    Filtro Ar Motor trocam com antecedência. E no geral satisfeito pra trabalho e aguardando o modelo automático.

  • Ricardo

    Esse tipo de matéria e bom pra desencargo de consciência , nós sempre pensamos que é só o nosso carro/marca que dá problema …

  • Jean Lehn

    Quando os Fords passaram a serem fabricados em Camaçari a qualidade foi la embaixo, compare um Fiesta antes e depois Camacari, não entendo alegam ser uma das plantas mais modernas do mundo e os carros saem todos tortos!

  • Thiago André

    Agora não sei amigos, depois do relato de vcs fiquei na dúvida. Estou interessado no Ka 2015, HB20s 2014 ou Onix 2014 fiquei na dúvida agora de qual seminovo comprar. Estava mais interessado no Ka pois é modelo mais atual, agora fiquei até com receio de comprar. Desses modelos seminovos que citei quais me indicam? Atualmente tenho um Siena Fire Celebracion 1.0 2008/09 seminovo que comprei em 2010 e até hoje o carro é maravilhoso sem nunca apresentar qualquer defeito, somente sigo manutenção em dia é gasolina em posto de confiança.

    • Luconces

      Pela segurança eu iria de HB20, até agora deve ser o único mais seguro deles. Isso até testar.

      Onix levou zero estrelas.

      Ka levou zero também.

      • Ernesto

        Pensei o mesmo.

  • Henry

    Temos um, porta motorista e passageiro ruim fechar, as vezes ruidos internos. Pos venda ruim.Sem outros problemas

  • Antonio Lima

    Temos um aqui 17/18 comprado a 6 meses que meu Deus, agora na época do carnaval no quesito “bateria” é nota 10. Uma barulheira….. Ainda bem que o resto da lista não apresentou nenhum defeito.

  • Thairony Holz

    Sou proprietario de um Ford Ká SEL Laranja desde Outubro de 2014.
    Nenhum dos problemas apresentados eu tive. Meu pai e irmão também tem o mesmo carro, e a situação é a mesma.
    Meu carro está hoje com 112 mil km rodados.

    Quando tive um problema de ruidos, pois andava demais em estrada de chão, solicitei a concessionária e eles prontamente se dispuseram a verificar. Desmontaram todos paineis e remontaram com mais reforço, e desde lá nada mais de problemas. (O serviço foi gratuito, sem custos).

    Acho que o maior problema das reclamações do carro são os cuidados que os donos dos mesmos tem com o veículo, e em quais “oficinas” levam para fazerem as manutenções. Sempre fiz os serviços e revisões na concessionária, e nunca tive problemas. Sempre com um ótimo atendimento como vem sendo desde 2011 quando entrei na família Ford.

  • mjprio

    Um problema comum a Ka e Onix – zero estrela no teste de colisão

  • Lucas Gonçalves

    Estive na duvida de comprar um Ka ou um Etios… Acho que vou para o Toyota mesmo.

    NA, faça uma reportagem dessa para o Etios também

  • Wanessa Lima

    Dos problemas citados só não aconteceram ruídos na embreagem e problemas na partida do meu (KA 2015 1.0), AINDA. De resto…

    Suspensão – sim, levei na css e não trocaram. Agora a garantia acabou, tô me programando p/ trocar o par no final do ano.

    Infiltração – sim, portas do motorista, esquerda traseira e porta-malas – essa última chegando a INUNDAR o compartimento do estepe-, a das portas resolvida na css (apenas após eu levar um vídeo mostrando como um conhecido resolveu o problema no carro dele), do porta-malas foi por fora (reforcei a vedação do difusor traseiro com silicone).

    Ruídos internos – sim, um clássico. Resolvido parcialmente por fora (EVA e fita isolante pra todo lado, rs).

    Desalinhamentos – sim, outro clássico. Não resolvido.

    Garantia ineficiente – SIM, conforme os itens supracitados.

    E ainda tem um EXTRA: Depois de 3 anos (30000 ou 40000 km rodados), o ELETROVENTILADOR do KA dá pau! É batata! Prestem atenção, donos de Ford KA 2015: a vida útil desse bichinho é de aprox. 3 anos. Uma vergonha, meu carro superaqueceu 2x nessa brincadeirinha (sorte q já estava praticamente na garagem do prédio onde eu trabalho). Me parece q nos modelos mais novos já não ocorrem esses problemas (subdimensionamento? oi?). FACADINHA no bolso p/ trocar esse bagulho.

    Enfim, o carro é gostoso de dirigir e tudo mais, mas vejam o tanto de dor de cabeça (e facadas no bolso) q tive nesses 3 anos. Passei 5 anos com meu primeiro Ford Ka (2010) e não tive tantas dores de cabeça. Depois dessa, Ford nunca mais! Pecam na montagem dos carros (vício oculto p/ car***io) e no pós-venda.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email