Ford Maverick Raptor? Projeção dá uma ideia de como ela seria

Ford Maverick Raptor? Projeção dá uma ideia de como ela seria

A picape Ford Maverick já tem uma rival no mercado americano e não é a Fiat Toro. A Hyundai Santa Cruz Turbo tem quase 280 cavalos e disposição para jogar areia no caminho da menor das picapes do oval azul.


Então, para a Ford ter uma Maverick Raptor é quase como um estalar de dedos. Pensando nisso, o fórum Maverick Truck Club fez uma projeção com várias cores dessa proposta mais radical para a picape média que sairá de Hermosillo.

Ford Maverick Raptor? Projeção dá uma ideia de como ela seria

Com grade diferenciada, onde o nome Ford em preto chama atenção, a Maverick Raptor traria ainda metade do enorme conjunto ótico em lentes escurecidas.

Já o para-choque viria com a parte inferior preta, com faróis de neblina quadrados e conexão com saias de rodas pretas. Estribos, maçanetas e retrovisores pretos, rodas de liga leve exclusivas e pneus de uso misto fariam parte do pacote na visão do fórum.

Ford Maverick Raptor? Projeção dá uma ideia de como ela seria

No mercado americano, esse visual poderia vir acompanhado do EcoBoost 2.3 de quatro cilindros com 280 cavalos pelo menos, o que daria para peitar a Santa Cruz Turbo. Contudo, ainda dá para este motor ir até 315 cavalos.

Mas, vamos dizer que a Ford se contente com uma Maverick Raptor de 280 cavalos, uma vez que a próxima Ranger Raptor poderá ter um V6 com 330 cavalos.

Com isso, a Stellantis poderia se animar em ter uma variante da RAM 1000 nos states com motor 2.0 Turbo do Jeep Wrangler. Daí, já seriam pelo menos 274 cavalos para deixar a picape pernambucana em pé de igualdade com as rivais americanas. Daria certo?

Ford Maverick Raptor? Projeção dá uma ideia de como ela seria

Mas, de volta à Hermosillo, o que sairá de lá no momento é uma Maverick mais comedida, usando motor 1.5 EcoBoost de 183 cavalos e 2.0 com 248 cavalos.

Para outros mercados, o diesel EcoBlue 2.0 se faz necessário, podendo dispor de 160 a 238 cavalos se desejar. Aqui, com 213 cavalos ela bateria a Fiat Toro 2022 com seu Multijet 2.0 atualizado de 203 cavalos.

[Projeção: Maverick Truck Club]

 

Ricardo de Oliveira
Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

Deixe um comentário