Cupês Elétricos Esportivos EUA Ford SUVs

Ford pode converter Mustang e Bronco em submarcas

Ford pode converter Mustang e Bronco em submarcas

Ford, Mercury e Lincoln. Por muitas décadas, essas foram as principais marcas do legado de Henry Ford, mas nos anos 80 e 90, a montadora americana adicionou alguns fabricantes europeus, como Volvo, Aston Martin, Jaguar e Land Rover, chegando até o controle acionário da japonesa Mazda.


Contudo, tudo (ou quase) isso se diluiu e hoje a Ford conta apenas com a Lincoln como divisão de luxo, tendo a Mercury encerrado suas atividades. Ainda assim, parece que o fabricante de Dearborn quer voltar a identificar alguns produtos em linhas separadas, quase exclusivas.

Ford pode converter Mustang e Bronco em submarcas

Quando surgiu o Mustang Mach-E, que nem deveria ser um crossover e muito menos ostentar o nome clássico do pony car, as coisas começaram a tomar um novo rumo. Ao mesmo tempo, a Ford buscava um rival para o Wrangler e decidiu trazer de volta o nome Bronco.

Nesse ponto, a Ford já planejava converter esses produtos em submarcas. Isso parecia muito óbvio, olhando de fora, quando surgiu também o Bronco Sport. Com o Mustang fazendo dobradinha junto ao Mach-E, o caminho para essa ideia parecia bem lógico. Rumores de derivados do crossover elétrico também estavam surgindo.

Ford pode converter Mustang e Bronco em submarcas

Agora, fontes internas da Ford confidenciaram ao site americano Autoweek que a ideia da Ford é mesmo ter duas submarcas. “O objetivo é que os veículos com o Mustang sejam os mais orientados para o desempenho das duas submarcas”, disse o informante.

“Quem sabe qual é o prazo nessa atmosfera de Covid em que estamos, mas sim, estamos vendo mais elétricos, híbridos, sedãs, crossovers, cupê elétricos, conversíveis elétricos, tração traseira e tração nas quatro rodas, você escolhe. Provavelmente, haverá uma briga por uma caminhonete chamada Mustang”, disse, com uma risada.

Bronco e Mustang

Ford pode converter Mustang e Bronco em submarcas

Por ora, o que dá para notar é que Bronco (curto e longo) e Bronco Sport atuarão mais no fora de estrada, com um apelo semelhante ao da Jeep com Wrangler e Compass, nessa ordem. Já o Mustang com o Mach-E focam na performance, mas com gasolina e eletrificação.

Um terceiro elemento na linha Bronco pode ser um SUV compacto para concorrer com o Renegade, supostamente um sucessor do EcoSport. Da mesma forma, a picape Maverick pode-se utilizar do estilo dessa linha para ser a opção picape. Também não descartamos ver uma picape Bronco nos moldes da Jeep Gladiator.

Ford pode converter Mustang e Bronco em submarcas

Na linha Mustang, o pony car pode e deve manter-se purista com no máximo uma versão híbrida, enquanto um fastback de alta performance com derivados cupê e conversível, seriam 100% elétricos. Sobre uma picape Mustang, a era das “Ute´s” se extinguiu no continente dos marsupiais. Difícil crer nisso. O que você acha?

[Fonte: Autoweek]

 

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • leomix leo

    Gosto da Ford, mais que triste fim…

  • leomix leo

    Nessa Pandemia, várias outras vão sucumbir…

  • Andre Cupertino

    Não tem dinheiro nem pra manter a principal…

    • Rafael Morozini

      Tio Sam tem …

  • TchauQueridos

    Achei que Mustang já fosse. Tanto que nem logo da Ford tem!

  • Martini Stripes

    Acho uma ideia sensata.
    Pesquisas já mostravam que as pessoas estavam cansadas de marcas convencionais, então quando aparece coisa nova é mais interessante do que as 4 grandes. Precisamos lembrar que conforme uma geração morre, a nova pensa diferente.
    Utilizar Mustang para os esportivos e colocar um Mach E foi muito inteligente.
    E tenho certeza que a marca Bronco se sairá muito melhor do que tentar emplacar novos Ecosport e Escape (EUA).

    Por aqui, não me arrisco dizer nada, apesar de Ecosport ter inaugurado o segmento, ele caiu em desgosto e está defasado. Veremos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email